Page 1

INFORMATIVO

Sã o V i c e n t e PUBLICAÇÃO MENSAL DA PARÓQUIA SÃO VICENTE FÉRRER - FORMIGA-MG

Bíblia

ANO XIX - Nº 247 - SETEMBRO de 2011

Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus

“É PRECISO SAIR DAS SACRISTIAS E IR AO POVO”

(PE. DEHON) “Discípulos de Pe. Dehon, queremos fazer da união com Cristo, no seu amor pelo Pai e pelos homens, o princípio e o centro de nossa vida” (Cst. SCJ 17)

Palavras de Amor e Vida do nosso Deus

Entre em contato conosco: Pça. São Vicente Férrer, 27 - Centro - Caixa Posta 58 - 35.570-000 Formiga-MG - Fone (37) 3322-2131 E-mail: formiga.psvf@diocesedeluz.org.br

Aconteceu Encarte- Setores Maria Aparecida P. da Cruz

p. 09 Maneira prática de se ler a Bíblia Ruy Martins

p. 02

A caminhada no deserto pelos hebreus Lurdinha Gomes

p. 03

Confrontar nossas vidas com a de Cristo Wanda Picardi

p. 03

Mau hálito- Nunca mais!

p. 06

Espaço Infantil

Bíblia: Instrumento do Jovem

p. 04

P. 06

Marquinhos Coelho

Rádio Cor www. radiocorfm.com.br

“P ela vida, grita a TERRA. “Pela Por direitos, todos nós.” Vitória Ramos

p. 04

Lúcia Giarola

106,5 FM

p. 05

(37)3321-1977


02

Setembro de 2011

Editorial

PE. AURÉLIO PEREIRA, SCJ

M

ês da Bíblia. Somos convidados a conhecer e aprofundar alguns capítulos do livro do Êxodo: Cap. 15 a 18. São capítulos que tratam de temas centrais na vida de um bando de exescravos que tem a dura tarefa de transformar-se em um povo, de pessoas que eram propriedade de seus senhores e que passam a possuir e explorar uma terra, tornam-se proprietários. Há uma mudança radical de perspectiva. Há um caminho a ser trilhado, com avanços e recuos, com nortes e desnorteios. Conquistas são alcançadas, metas atingidas, quedas experimentadas, pecados repetidos. Muitas vezes a tentação de voltar ao passado, mesmo que de escravidão, parece ser mais atraente do que continuar caminhando à frente. O Êxodo, a caminhada do povo de Deus é ilustrativa e pedagógica. Ilustra a caminhada pessoal e a das nossas comunidades. Por vezes, também nós repetimos os mesmos acertos e desacertos que o povo hebreu cometeu, dando a impressão de caminharmos sem motivo, sem rumo. Deus, porém, tinha naquela época e tem hoje os motivos e a meta muito claros em seu coração. Lá no êxodo Deus queria levar o povo a constituirse em uma nação soberana, fraterna e a possuir uma terra onde corre leite e mel (Ex 3,8). Para nós hoje a proposta é seguir os passos de seu filho Jesus, Caminho, Verdade e Vida que nos levarão à casa do Pai onde tem um lugar preparado para cada um de nós. (Jo 14,1-6) INFORMATIVO

São Vicente Praça São Vicente Férrer, 27 - Formiga-MG CEP: 35.570-000 - Fone: (0xx37) 3322-2131 psvf@paroquiasaovicenteferrer.com.br Fundador: Pe. Cláudio Weber scj Data de Fundação: 01/10/1990 Editor Responsável: Pe. Aurélio Pereira, scj Digitação e Diagramação: Samuel Oliveira Pieroni Redação: Equipe Informativo São Vicente Tiragem: 10.000 - Distribuição: Gratuita Impressão: FUMARC - (0xx31) 3249-7400 As matérias disponibilizadas nesta edição são de responsabilidade de seus autores.

Como emagrecer! JOSÉ LUIS DOS SANTOS Aposto que você se sentiu atraído(a) pelo título acima! A mesma atração leva inúmeras pessoas às academias, às caminhadas nos finsde-tarde e, para os mais corajosos, corridas até mesmo nas madrugadas mais frias. Tudo na vida precisa de um objetivo. O pedreiro precisa ter em mãos uma planta para atingir o objetivo traçado pelo engenheiro, que ouviu do seu cliente como imaginava sua casa própria, objetivo antigo e conjunto. O padeiro p r e c i s a objetivar fazer deliciosas quitandas e bolos que mais v e n d e m , porque os clientes não comprarão o que ele “imagina” ser gostoso. O padeiro pode até detestar quaisquer rosquinhas e preferir uns sequilhos com cobertura de chocolate, mas os clientes querem comprar rosquinhas. Objetivos opostos que não podem sobreporse. O padre tem o objetivo de pregar as verdades do Reino, introduzido por Jesus Cristo, há quase 2000 anos. O padre não pode reescrever o objetivo do Reino; no máximo, ele pode (e deve) ser bastante criativo ao traduzir belas verdades evangélicas – seculares, para um mundo digital e globalizado: ninguém aguenta padre que fica repetindo homilia. Esse objetivo do padre precisa ser absorvido pelo povo de Deus que, por sua vez, tende a disseminar o que ouviu e aprendeu. Objetivos cristãos que evangelizam ambientes. O objetivo do jogador de futebol é colocar a bola no fundo da rede. Se esse objetivo não fosse do time, nenhum deles venceria uma partida sequer. De jogador em jogador a bola segue rumo à meta final até todos gritarem juntos (nem todos): goooooollllll!!! Objetivo realizado. Chegamos ao que interessa a milhares de leitores: objetivo de

MANEIRA

PRÁTICA DE

SE LER A

BÍBLIA

RUY perder peso. Muito fácil, você tem que querer e traçar objetivos e metas, tais como, até a data tal, eu perderei 10 quilos. Agora vem o “pulo do gato”, os 10 quilos não sairão correndo do seu corpo só porque os despreza. Eles são insistentes, pegajosos, gordurosos e o pior é que são “chatos”. Dispense a preguiça, alimente-se sadiamente, sem gorduras, frituras e com pouca carne vermelha. Muita água e pouco açúcar. Tornese amigo da balança, ela é compreensiva, embora pareça sarcástica. Dê-lhe um a b r a ç o periodicamente e , aproveitando esse ensejo, olhe o número da intensidade do seu abraço que ela, naturalmente, acusa. Cuidado, não a agrida jamais porque você ainda vai querer beijá-la. Objetivos traçados e conselhos dados, vem a pergunta “o que isso tem a ver com o contexto?” A resposta é “TUDO”. Se você não se comportar como um cristão de objetivos será apenas mais um que não fará a menor diferença, apenas volume nas celebrações. O Reino precisa de voluntários e não de números. Objetive ser um pregador nos seus locais de convívio, aproximando-se do Senhor a cada dia. Passo a passo, momento a momento, o caminho se faz. Siga todos os conselhos acima e você verá como vai sentir-se melhor como pessoa e, com certeza, bem mais leve, de peso e coração. Outro dia eu vi uma lista de metas e objetivos, timidamente depositada num guarda-roupa, lá em casa... Ousada e possível, levíssima quando for concluída, basta querer, senão... É melhor parar, estou pegando “pesado”! Blog do autor: http:// pesdomensageiro.wordpress.com.

Neste mês de Setembro, comemoramos o mês da Bíblia. E para nós, cristãos católicos, ela deve ser o livro por excelência, justamente porque aí está o centro de nossa fé e tudo o que precisamos para vivêla bem. Mas a sua leitura não deve ser feita de qualquer maneira. Primeiro, porque a Bíblia não é um livro qualquer, mas é, sobretudo, a Palavra do próprio Deus. Também não é um livro que se deva ler ou estudar para exibir conhecimentos, mas é uma leitura que pressupõe a fé de quem a lê. Sabemos que não é um livro simples e que guarda muitas peculiaridades. São 73 livros que têm características próprias, tais como gêneros literários diferentes entre si e que não foram escritos para uma época ou geração, mas para todas as gerações de todos os tempos. Para uma leitura adequada, temos que tomar alguns cuidados: com a leitura fundamentalista, que significa ler a Bíblia ao pé da letra, sem levar em conta a possibilidade de um sentido simbólico e figurativo ou com o uso de versículos isolados que podem ser mal interpretados fora do seu contexto. É sempre muito positivo buscarmos auxílio em tantos livros e textos de diversos autores que podem nos ajudar no crescimento da leitura bíblica. O ideal é que dediquemos um tempo, todos os dias, para a leitura da palavra de Deus. Ao ler o trecho escolhido, devemos ter em mente algumas perguntas que nos ajudem a entender, a interpretar o texto e a trazê-lo para nossa realidade. Por exemplo: Quem escreveu? Quando escreveu? Porque escreveu? A quem se dirigia? O que o autor queria dizer? Quais são os personagens? Existem símbolos? O que eles representam? O que Deus quer dizer pra mim hoje? Muitas Bíblias trazem notas de rodapé que podem nos ajudar nas respostas. Para aqueles que desejam ler toda a Bíblia, recomenda-se começar pelo Novo Testamento, lendo, dos Evangelhos até a carta de Judas. Pode-se, ainda, entremear meditações dos livros sapienciais do AT, como os Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Sabedoria e Eclesiástico. Depois sim, partir para o Antigo Testamento (ou 1º Testamento), lendo, primeiro, os livros do Pentateuco: Gênesis, Êxodo e Números (salte o Deuteronômio e o Levítico); depois os livros históricos de Josué a 2º Macabeus e, por fim, os profetas, de Isaías a Malaquias. Por fim, o Apocalipse. Nossa leitura deve ser orientada pela oração, pela humildade e intimidade com Deus, escolhendo hora e local adequado. Outra dica interessante é seguir a chamada Lectio Divina (Leitura Orante da Palavra) que consiste em 4 passos: a Leitura, lenta e silenciosa; a Meditação, descobrindo o que o texto quer me dizer; a Oração, o que o texto me leva a dizer a Deus; e a Contemplação, a hora de formular um compromisso de vida. Pois, como bem diz São Tiago em sua carta “sede praticantes da palavra e não meros ouvintes” (Tg 1,22). Boa leitura a todos!


03

Setembro de 2011

A CAMINHADA NO DESERTO PELOS HEBREUS

LURDINHA GOMES

1 – Cl 1,9-14; Sl 97; Lc 5,1-11 2- Cl 1,15-20; Sl 99; Lc 5,33-39 3 - S. Gregório Magno- Cl 1,2123; Sl 53; Lc 6,1-5 4 – XXIII Dom. Comum- Ez 33,79; Sl 94; Rm 13,8-10; Mt 18,15-20 5 – Cl 1,24-2,3; Sl 61; Lc 6,6-11 6 - Cl 2,6-15; Sl 144; Lc 6, 12-19 7 - Cl 3,1-11; Sl 144; Lc 6,20-26 8 - Natividade de N.Senhora- Mq 5,14 ou Rm 8,28-30; Sl 70; Mt 1,1-16.18-23 9 - S. Pedro Claver- 1Tm 1,1-2.1214; Sl 15; Lc 6,39-42 10 – 1Tm 1,15-17; Sl 112; Lc 6,43-49 11 - XXIV Dom. Comum- Eclo 27,3328,9; Sl 102; Rm 14,7-9; Mt 18,21-35 12 - Santíssimo Nome de Maria1Tm 2,1-8; Sl 27; Lc 7,1-10 13 – S. João Cisóstomo- 1Tm 3,113; Sl 100; Lc 7,11-17 14 – Exaltação da Santa Cruz- Nm 21,4-9; Sl 77; Fl 2,6-11; Jo 3,13-17 15 – N.Senhora das Dores- Hb 5,7-9; Sl 30; Jo 19,25-27 ou Lc 2,33-35 16 – S. Cornélio e S. Cipriano1Tm 6,2c-12; Sl 48; Lc 8,1-3 17 – S. Roberto Belarmino- 1Tm 6,13-16; Sl 99; Lc 8,4-15 18 - XXV Dom. Comum- Is 55,6-9; Sl 144; Fl 1,20-24.27; Mt 20,1-16 19 -S. Januário- Esd. 1,1-6; Sl 125; Lc 8,16-18 20 – Sto. André Kim Taegón, Paulo Chóng Hasang e Comps.- Esd. 6,78.12.14-20; Sl 121; Lc8,19-21 21 – S. Mateus- Ef 4,1-7.11-13; Sl 18; Mt 9,9-13 22 – Ag 1,1-8; Sl 149; Lc 9,7-9 23 – S. Pio de Pietrelcina- Ag 1,15-2,9; Sl 42; Lc 9,18-22 24 – Zc2,5-9.14-15;Jr31,10-13;Lc9,43-45 25 - XXVI Dom. Comum- Ez 18,2528; Sl 24; Fl 2,1-11; Mt 21,28-32 26 – S. Cosme e S. Damião- Zc 8,1-8; Sl 101; Lc 9,46-50 27 – S. Vicente de Paulo- Zc 8,2023; Sl 101; Lc 9,51-56 28 – S. Venceslau e S. Lourenço Ruiz e Comps.- Ne 2,1-8; Sl 136; Lc 9,57-62 29 - Arcanjos S Miguel e S. Rafael- Dn 7,9-10.13-14; ou Ap 12,7-12; Sl 137; Jo 1,47-51 30 - São Jerônimo- Br 1,15-22; Sl 78; Lc 10,13-16

No livro do Êxodo, está a narrativa de um grupo de hebreus que conseguiram se libertar da opressão do Egito. Contada por eles, de geração em geração, foi bem mais tarde, elaborada e registrada para a posteridade. É uma fonte sempre nova essa caminhada no deserto, o “como” e “porquê” foi feita. Os fatos que antecederam a caminhada são bastante conhecidos: o nascimento de Moisés, sua fuga para Madiã, o chamado do Senhor na sarça ardente, o encontro de Moisés de Javé no monte Horeb. O livro do Êxodo contém 40 capítulos, encerra com prescrições litúrgicas e construção do santuário. Vamos nos ater nos capítulos acima citados (15 a 18), através dos quais vemos as dificuldades , necessidades e conflitos da caminhada pelo deserto. Depois de 3 dias de caminhada, os israelitas se desesperam pela falta de água. Em Mara, a água amarga fez o povo se rebelar contra Moisés. O Senhor indicou ao líder um madeiro que, tocado na água, tornou-a doce e bebível. E hoje? Está faltando a água da vida- a bênção de Deus em muitas situações. O Senhor fez chover pão do

céu- o maná- para saciar a fome da multidão; como continuassem a murmurar, o Senhor enviou codornizes para que se saciassem de carne. O sol, o calor, a sede e tantas outras dificuldades fizeram o povo a provocar o Senhor: “O Senhor está ou não no meio de nós?” (17,7). E hoje? Quais são as nossas murmurações? Como procuramos resolver nossas necessidades? Murmurar é válido, quando reinvidicamos o direito de viver com dignidade e justiça... o que era o deserto para Israel? Era o lugar de encontro entre o ser humano e a diversidade. O povo acreditava, de coração, que conseguiam sobreviver, graças à proteção de Javé, na caminhada. Aprenderam várias lições: a importância da partilha, o valor da comunidade, o respeito às leis de Deus. Permaneceram? Tiveram sua recaídas e também seus fracassos...(que não os tem?!..) No cap. 17, vemos a vitória sobre os amalecitas: sabemos que, para aquele povo, qualquer um outro, como outros deuses e origens eram considerados “estrangeiros”, “ímpios” e “idólatras”.

Seus deuses e adorações eram como que afronta a Javé. Daí, os conflitos, as guerras. E hoje? O nome de Deus continua sendo usado para justificar e legitimar atos de violência e até guerras contra povos e culturas! Nossa reflexão termina com a descentralização da autoridade de Moisés, a conselho de seu sogro Jetro. (e o livro continua...) Que depois de uma caminhada com o Senhor, saibamos agradecer-lhe pela sua bênção, pela nossa vida e pela sabedoria de saber partilhar diariamente com nossos irmãos!

CONFRONTAR NOSSAS VIDAS COM A DE CRISTO WANDA PICARDI A Igreja, no mês de setembro, nos convida a celebrar a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada. Nós, católicos, somos chamados a vivenciar aquilo que Deus nos diz por meio de sua Palavra contida na Bíblia. Mas como vivenciá-la? Para que a Palavra de Deus ressoe em nossas vidas, devemos conciliar o binômio oração-ação confrontando a nossa vida com a de Cristo e fazendo como nos sugere Pe. Dehon, ter em uma das mãos a Bíblia e na outra um jornal. A Bíblia, para ter o conhecimento daquilo que Cristo viveu e pediu de nós; e o jornal, para saber dos fatos marcantes do mundo. A partir dessas leituras e de um confronto entre elas, poderemos discernir sobre o que é

contrário ou não àquilo que Deus nos pede e, assim, perceber o que há de errado em nossas vidas e na sociedade e, posteriormente, denunciar e alterar o que não está em conformidade com a doutrina cristã. É importante ter conhecimento da Palavra e dos fatos marcantes da história humana para transformar a vida das pessoas; agindo dessa forma, faremos como Pe. Dehon, que foi um homem de fé profunda, comprometido com a realidade da sociedade em que viveu e, com muitas iniciativas e obras, combateu os males de sua época e aplicou o que a Igreja ensinava, na sociedade francesa do século XIX. Dehon foi um homem que atualizou a Palavra na sua existência,

lutou por justiça social, fundou patronato, jornais e uma família religiosa dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Temos outros exemplos, como: Teresa de Calcutá, João Paulo II, Helder Câmara, Irmã Dulce e muitos outros confrontaram suas vidas com a de Cristo. Como eles, nós também podemos fazer o mesmo, para tanto, precisamos de conhecimento da Palavra e dos fatos atuais, para denunciar os sofrimentos e dores da humanidade.

Vista-se bem...para ser bem visto R. Barão de Piunhi, 53- Formiga Fone: 3322-1308 - Fax: 3322-1843


Setembro de 2011

BÍBLIA: INSTRUMENTO DO JOVEM

MARQUINHOS COELHO

Queridos jovens, sabemos que os bons livros sempre nos são viáveis, pois, sempre, neles, aprendemos várias lições para o nosso dia a dia. Mas um dos livros dos quais temos conhecimento e, infelizmente, preferimos deixar em uma instante ou sendo mais um adorno para enfeitar nossas salas de estar e, muitas vezes, nem tomamos conhecimento é o que verdadeiramente nos traz PALAVRAS de consolação, de incentivo, de VIDA, o ALIMENTO real para nossas vidas; este Livro nada mais é do que o mais vendido no mundo: a BÍBLIA. Talvez por sabermos que ali existem palavras que cobram a nossa condição de cristãos, preferimos deixá-la de lado. Não percebemos que Nela estão os maravilhosos ensinamentos que o nosso próprio Deus nos propõe. Questionamos, muitas vezes, “que ela foi escrita pelos homens”. Não há dúvidas, mas foram homens que tiveram sua inspiração no Espirito Santo. A mente de Deus está centrada totalmente nestas

Palavras de Vida Eterna. A sua doutrina é completamente santa, é justa, com histórias que vão além da verdade. As palavras nela contidas são palavras que alimentam o nosso dia a dia, guiam o nosso ser, fortalecem nos momentos mais difíceis de nossas vidas. Pode ter certeza de que, a Bíblia é o carro que nos direciona ao caminho do bem, da verdade, da simplicidade, do verdadeiro amor ao próximo. Portanto, podemos garantir e afirmar que o maior presente, que Deus nos deu, após sua Santa Eucaristia, foi, de fato a, Bíblia. É com ela que está a verdadeira certeza da VIDA ETERNA. Nela nós temos, como seu grande tema, o nosso CRISTO SALVADOR. Aquele que se propôs a se entregar sem pedir nada em troca. Aquele que foi 100% humano e 100% Divino. É, meus queridos, as palavras da Santa Escritura, são verdadeiras lâmpadas que iluminam nosso caminhar, que nos fortificam e nos impulsionam a ir adiante, sem medo, pois sabemos que Ela é o

nosso Escudo diante da batalha que enfrentamos a cada dia contra aquele que quer nos ver longe do amor sublime de Deus e do próximo. E eu te convido a ler, diariamente, a Palavra de Deus, pois nela você encontrará, com certeza, a segurança, a riqueza, um paraíso de glória que o levará a ter sempre um coração manso e humilde. Uma vida cheia de amor e pronta para praticar a santidade. Só quem ama a Deus e ao próximo pode entender, de fato, o que Deus fala e propõe na Bíblia e na vida. Nela nós teremos um coração pronto para a conversão. Pensemos bem e reflitamos: A Bíblia não chegou até nós prontinha, como imaginamos. Ela chegou até nós através de muitas lutas, de alegrias, de esperança e da fé de um povo (Ex 3,7). A Bíblia deve ser, sim, o nosso verdadeiro Instrumento de luta. Meus queridos, “A palavra de Deus esta na Bíblia e na vida. Precisamos estar com os olhos bem abertos para enxergá-la e com os ouvidos bem abertos para entendêla.”

“PELA VIDA, GRITA A TERRA. POR DIREITOS, TODOS NÓS VITÓRIA RAMOS Falariamos horas e discutiriamos outras tantas, se começássemos a dissertar acerca dos Movimentos Sociais e seus desdobramentos. As Associações de Bairro, os Conselhos Comunitarios, as Associações de Catadores, os Sem Teto, os Sem Terra, os Sindicatos...Caracterizados pelo desejo de igualdade de oportunidades e direitos, os movimentos sociais se destacaram na decada de 70 e 80, como ferramenta de transformação social e politica em tempos de ditadura do governo militar, e do sonho de liberdade. As lideranças vindas dos movimentos sociais desse periodo, são em grande parte, combativas, visionarias, sonhadoras com a justiça e preocupadas com o bem comum, e muitos destes, passaram pela censura, pela repressão militar e a tortura. As causas da luta, embora sejam outras, ainda movem muitos de nossos lideres para uma ação transformadora. As questões ambientais, climaticas, educacionais, de qualidade de vida, de

saude, não são menos importantes do que as daquele período. Em todo mês de setembro há mais de 15 anos, é realizado em Aparecida no dia 07, o Grito dos Excluidos, em sua 17ª Edição, o tema “Pela vida, grita a TERRA. Por direitos, todos nós!” é pertinente diante de tantas agressões, em nome de um desenvolvimento a qualquer preço. Leva às ruas e comunidades organizadas, o lamento de quem vê a terra como mãe e sente pela devastação sem critérios, o uso exacerbado de agrotóxicos, a exploração com fins de enriquecimento rápido, sem considerar o tempo da natureza. as questões de gênero, o acesso aos direitos basicos de saúde, água, educação, lazer, moradia digna, produção e soberania alimentar, sustentabilidade, cultura, emprego, não são discutidos conforme deveriam. O combate às exclusões são bandeiras constantes e de diversas modalidades. Num estado democrático,

CASA 505 Temos o presente que você procura pelo preço que você deseja.

Fone: 3321-2877

do pluralismo das ideias; a inclusão ainda é vista de modo estrábico. Em recente Entrevista publicada na edição “Os movimentos sociais no Brasil: novos atores sociais?” A socióloga Maria da Gloria Gohn brilhantemente afirma: “Enquanto houver injustiças sociais e desigualdades socioeconômicas, haverá movimentos sociais, e não são apenas os ‘sem’ que protestam, os ‘com’ estão ameaçados”. O Grito dos Excluidos de 2011, nos chama à reflexão sobre o acesso aos direitos. Direito à liberdade de expressão, à alimentação, à educação diferenciada de acordo com as realidades e as culturas, à participação política, à inserção nos programas sociais, às politicas publicas.No sistema capitalista que vivemos, corremos o risco de não mais identificar os movomentos sociais em detrimento da necessidade de nos mantermos sempre ocupados. Ouçamos o Grito!....

04

BÍBLIA E CATEQUESE TÚLIO MARCOS “Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, Senhor. É luz para o meu caminho.” É o que diz o Salmo 119,105. E na vida do catequista esta lâmpada deve guiar seus passos e mostrar o reto caminho, orientando-o de modo seguro para que faça uma evangelização que produza frutos. Se o catequista tem contato permanente com as Sagradas Escrituras, vai aprendendo a perceber a presença e os recados de Deus na sua história e na de seus catequizandos. E vai constatando aos poucos que Ele se manifesta de modo admirável. Deus fala-nos hoje, como falou àqueles que na Bíblia registraram os acontecimentos da sua comunicação ao povo daquela época. E na caminhada desta vivência a catequese vai se tornando cada vez mais uma CATEQUESE BÍBLICA. A Catequese Bíblica ajuda-nos a ligar fé e vida; questionamos, exigindo mudança, resposta e conversão. Por isso podemos afirmar que a Catequese Bíblica é transformadora. É libertadora. A Palavra de Deus que transforma e liberta é o centro da catequese. Queridos catequistas, que esta reflexão possa nos ajudar a viver a Palavra de Deus com amor fiel e generoso, lembrando-nos da recomendação de Tiago em sua carta: “Sede praticantes da Palavra e não meros ouvintes.” (Tg 1,22).

Minas Comercial Materiais de Construção Ltda Rua: Av. Guiomar Garcia Neto, 205, Centro

Fone: 3322-2960


05

Setembro de 2011

Ele é digno de toda a Glória!

ANDRÉ LUIZ SILVA Nos ritos iniciais de nossas celebrações, há um canto antiquíssimo, utilizado desde o século IV, “pelo qual a Igreja, congregada no Espírito Santo, glorifica e suplica a Deus e ao Cordeiro” (IGMR, nº 53). É o HINO DE LOUVOR, ou, como popularmente chamamos, o “GLÓRIA”, momento em que, reconhecendo a grandeza de nosso Deus, prestamos a Ele nosso louvor. O hino de louvor possui uma forma própria. Não pode ser substituído por qualquer música que, simplesmente, contenha as palavras “louvor” ou “glória”. A letra precisa ter muito mais conteúdo do que isso. Deve ser aquela contida no missal romano (que costuma vir nos folhetos de missa). No Brasil, a CNBB admitiu como litúrgica a letra da conhecida canção

“Glória a Deus nos altos céus”. Entretanto, muitos cantos hoje utilizados NÃO são adequados à ação litúrgica: “Glória, Glória, Aleluia”, “Canto louvores ao Pai”, “Eu louvarei, eu louvarei”, “Glória, Glória ao Pai Criador, ao Filho redentor e ao Espírito: glória”, “Glória a Deus, Glória a Deus, Glória ao Pai...”, dentre outros. Durante algum tempo, pensava-se equivocadamente que esse hino fosse um canto de aclamação à Trindade Santa. Atualmente, não há mais dúvidas de que deve ser, antes, um canto de exaltação ao Deus-Pai e a Cristo Jesus. Aliás, esse canto foi entoado, pela primeira vez na história, quando nasceu o Menino-Deus, o que nos

ajuda a compreender melhor de que se Litúrgica no Brasil”, p. 132). Mas, trata, verdadeiramente, de um canto em reconheçamos, fica mais santo e belo homenagem ao Cristo. quando muitas vozes se unem num só A melodia deve ser sempre canto. Para isso, a prática demonstra alegre, coerente com uma atitude de que melodias com refrão favorecem quem reconhece a presença do amor muito mais a participação da de Deus em sua vida e, por isso, canta assembleia. glórias a Ele. Podem ser usados todos Finalizando, relembro que a os instrumentos, especialmente os de liturgia não utiliza esse hino no Advento percussão; tudo, é claro, com harmonia e na Quaresma, certamente, porque e equilíbrio. A recomendação é de que um canto tão festivo não condiz com seja cantado integralmente, sem a espiritualidade proposta para esses interrupção, porque normalmente hinos tempos. Talvez, este fato seja um bom se entoam assim. Também podem ser incentivo para executá-lo sempre executadas as frases, alternadamente, cantado. Afinal de contas, hinos não em dois grupos, como, por exemplo, em se falam, mas se cantam. diálogo entre ministério de música e povo. Segundo a CNBB, em ocasiões Leia mais sobre Liturgia em: festivas, o grupo de música poderá http://novocaminholiturgia.blogspot.com cantar este hino sozinho (cf. “A Música

ESPAÇO INFANTIL

Setembro- Mês da Bíblia

Intenções do Papa Bento XVI para 2011

Olá, garotada! Vamos ver se vocês conhecem algo sobre os livros que revelam a História do Amor de Deus por todos nós. Preencha a cruzadinha bíblica:

1 - O quinto livro do Novo Testamento é chamado ATOS DOS __________________. 2 - O primeiro livro da Bíblia chama-se ______________. 3 - Este livro está logo depois dos Salmos, no Antigo Testamento. 4 - O segundo Evangelho foi escrito por _______________. 5 - O libertador do Povo de Deus que estava escravo no Egito, foi _______________. 6 - Os Evangelhos contam a história do Filho de Deus: __________________.

Setembro 2011

Geral: Ensino de valores autênticos Por todos os professores, para que saibam transmitir o amor à verdade e educar segundo valores morais e espirituais autênticos.

Missionária: Testemunho do Evangelho na Ásia Para que as comunidades cristãs, disseminadas pelo continente asiático, proclamem o Evangelho com fervor e testemunhem a beleza deste através da alegria da sua fé.


Setembro de 2011

Pastoral do Batismo

Batizados nas Comunidades Matriz no 2º e 4º Domingos às 09:30h Santo Antônio no 3º Sábado às 19:00h N. S. Lourdes no 2º e 4º Domingos às 08:00h Santa Luzia no 1º Sábado às 19:00h Imaculada no 3º Domingo às 08:00h São Geraldo no 3º Domingo às 09:00h Rosário no 3º Domingo às17:00h

Encontro para Pais e Padrinhos em Setembro Dias 01 e 02 São Geraldo 5ª e 6ª Feira às 19:00hs Dias 15 e 16 Nossa Senhora de Lourdes 5ª e 6ª Feira às 19:00hs Dias 24 e 25 Rosário Sábado às 14:00hrs

Obs: Mães, procurem fazer o encontro antes do nascimento de seu bebê, para seu maior proveito e comodidade e, se possível, procurem não levar crianças.

FARMÁCIA

de Deus Deus

LÚCIA GIAROLA

06

MAU HÁLITO- NUNCA MAIS! “ UMA ESPÉCIE DE MADEIRA NÃO ADOÇOU O AMARGOR DAS ÁGUAS? ESSA VIRTUDE CHEGOU AO CONHECIMENTO DOS HOMENS.” ( ECL O 38,5). CLO

Três em cada dez pessoas brasileiras sofrem com esse problema desagradável. Todo mundo tem um “bafinho” com maior ou menor intensidade, em algum momento do dia. Logo ao acordar, por exemplo, a boca e o nariz exalam enxofre, uma substância que resulta na diminuição da produção de saliva e da proliferação de bactérias durante o sono. “Esse mau hálito é temporário, ele vai embora após a volta da salivação. Outros odores provocados por jejum, cigarro, bebida e uso de cebola e alho desaparecem com a interrupção desses hábitos.” Palavra de Silvia Brito da Clínica do Hálito, Rio de Janeiro. Ela também afirma que, quando o mau hálito é permanente, deve ser investigado, pois pode indicar existência de doenças como diabetes e câncer. Rodrigo Bueno (cirurgião dentista de São Paulo) diz que a maioria dos casos tem a origem na boca, em placas de bactérias na língua, dentes e amígdalas. Se o mau cheiro for constante, procure logo um dentista. Mas, se é temporário, ponha em prática as dicas a seguir e garanta um hálito fresco e perfumado. ALIMENTOS - Coma verduras, frutas e legumes ricos em vitaminas e minerais e água, que auxiliam na hidratação, na produção de saliva e na limpeza bucal, retirando restos de alimentos e células mortas. ESPECIARIAS – Gengibre, cravo da índia, salsinha, hortelã. FRUTAS – ricas em fibras, maçã, abacaxi, laranja, mamão. VERDURAS E LEGUMES – Cenoura, aipo, tomate, beterraba, alface, pepino. Mas, lembre-se de comer a cada três horas, senão o corpo, para recuperar energia, começa a queimar gordura do sangue, produzindo cheiro ruim. EVITE COMER ALHO E CEBOLA- Quando ingeridos crus, seus odores caem no sangue e participam das trocas gasosas no pulmão e saem pela boca e nariz. Mas não esqueça, eles são poderosos anti-cancerígenos e bons para o coração. Para prevenir o bafo, consuma-os cozidos. BEBA ÁGUA- Esse líquido é essencial para proporcionar umidade às mucosas, limpar a área e manter a salivação. Tome dois litros por dia. Bebidas como chá (sem açúcar) estão liberados. Aposte em chá verde (Cameliasinensis), erva doce, hortelã e dente de leão. BOCA REFRESCANTE O DIA TODO – Dica de cientistas e nutricionistas. De manhã, bochecho de erva doce. Ferva duas colheres de chá de erva doce numa xícara de chá de água. Deixar amornar, coar e colocar uma colher de álcool de cereal. Bochechar. Após o almoço, chá verde (Cameliasinensis) sem açúcar. Essa erva consegue diminuir os compostos sulfúricos da boca. E um estudo nos Estados Unidos, na Universidade de British Columbia, descobriu que os polifenóis existentes na erva ajudam a expulsar as bactérias da boca.

Procure sempre orientação de um especialista em saúde!

À tarde, mastigue um cravo da índia (bactericida) ou lascas de gengibre (antisséptico) ou balas de menta ou chicletes, mas, sem açúcar, pois ele aumenta a produção de saliva. À noite, com estômago vazio, beba sucos próprios que evitam a proliferação de bactérias, exemplo: hortelã e abacaxi com gotas de limão;água de coco com gotas de limão; couve, pepino e limão; couve, beterraba e limão. Estas bebidas não devem ser adoçadas. Com boca refrescante, nada melhor do que um sorriso. Sorrir é bom demais!

Viação Campo Belo Transportes de passageiros, cargas, encomendas e turismo Formiga São Paulo B.Horizonte Campo Belo


07

Setembro de 2011

DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES DE SETEMBRO ADELIA DE FATIMA CARVALHO ADEMIR RIBEIRO DA SILVA ADIENE RODRIGUES DE OLIVEIRA ADRIANA ROSARIA JOSINO ADRIANO ANTONIO DA SILVA ADRIANO MENDONCA BOTTREL ADRIANO RODARTE FERREIRA AGDA ADELIA REIS AGDA MARIA PARREIRA AGNELO B. DA COSTA ALDINA MARIA DA SILVA ALESSANDRA MACEDO DE SA ALEXINA E FAMILIA ALICE JOSEFA DE MENESES ALICE MARIA DAMASCENO AMILTON GONCALVES FERREIRA ANA ALVES BELO ANA CAETANO DE CASTRO ANA EMIRENA FERREIRA BATISTA ANA LUCIA LEAO FRAZAO ANA LUIZA BARBOSA ANA MARIA DONIZETE RAMOS ANA MARIA RIBEIRO ANA PAULA DA SILVA RODRIGUES ANA PAULA SILVA ANAIARA ALVES OLIVEIRA ANDREA CARVALHO DA CUNHA ANDREA CONCEICAO SILVEIRA ANGELA MARIA CANDIDA ANGELA MARIA GASPAR ANGELO GARCIA NOGUEIRA ANTONIO EUSTAQUIO FERNANDES ANTONIO MARTINS FILHO APARECIDA DE SA SILVA ARISTEU FERNANDES LIMA ARLETE HELENA ANSELMO ARMANDO MORAIS DA SILVA AURELIO TEODORO FILHO BALBINO RIBEIRO DA SILVA BARBARA EUFRASIO DE MORAIS BARBARA GABRIELA DOS SANTOS BEATRIZ RIBEIRO BEATRIZ RODRIGUES COSTA BELO BELCHORLINA PEREIRA DE MENDONCA BELMIRO JOSE DA SILVA BIANQUINI APARECIDO ORICIO CARLOS ALBERTO FRADE CARLOS GIOVANI GOMES CARLOS NUNES FARIA CARLOS ROBERTO DA SILVA CARMELIO DA CUNHA FERREIRA CARMEM LUCIA DE FARIA RIBEIRO CELIA CRISTINA LENTZ SILVA CELIA MARIA PEREIRA CELIA MARTA CORDEIRO DA TRINDADE CELINA NASCIMENTO CIRLEY MARIA DE OLIVEIRA CLAUDIO JOSE DE MENDONCA CLEUSA MARIA SILVA BORGES CLEUZA MARIA DA SILVA CONCEICAO TEIXEIRA COSTA CONSUELO DAS GRACAS SILVA DALVA AP GARCIA DAS CHAGAS DANIELA DE ASSIS DANIELA DE CARVALHO GARCIA ARANTES DANIELA ROSALIA NASCIMENTO DARCI FERREIRA DAURI CANDIDO DA SILVA DERLAINE DE FATIMA SILVA DEYVA CRISTINA DOS SANTOS DIEGO VAZ FARIA COSTA DIMAS CARVALHO SILVA DIOCESIO FRANCISCO DE ASSIS DIONE JOSE VIGILATO DISLENE MARIA NAZARIO AMARAL DIVINA MALAQUIAS FERREIRA DOMINGAS BARBOSA DOS SANTOS DOUGLAS ENIO DA SILVA DULCE DE CASTRO EDGAR CLEMENTINO RIBEIRO EDIVANIA DA SILVA CRAVO EDNEIA MARIA RIBEIRO CORREA ELESSANDRO MARCOS SILVA E LILIA ELIANA FIGUEIREDO TEIXEIRA DE PAULA ELISANE ASSIS FARIA ELISETE APARECIDA VESPUCIO ELIZABETH GERALDA GREGO E SOUZA ELIZABETH MARIA GOMES DE OLIVEIRA ELIZABETHE DAVI GOMES ELLIANE SILVA REIS ELZA ARANTES ELZA MARIA ENEIDA APARECIDA SILVA ENI MARIA FERREIRA BELO ENILDA BATISTA DE PAULA EUDER RONAM DA SILVA EUSTAQUIO ARAUJO EUSTAQUIO JOSE DE OLIVEIRA EUZA DE FATIMA FERREIRA EVERALDO CARLOS RAMOS FELIPE MAJELLA RAMOS FERNANDA ROCHA FERNANDINA LIMA FERREIRA FILOZINA DA SILVA FLAVIO ALBERTO DOS SANTOS FRANCISCO JOSE DA SILVA FRANCISCO MARINHO DOS SANTOS GABRIELA RODRIGUES DAMASCENO GELIZA GONCALVES GEORGE LUIZ DA MATA GERALDO DE MARIA APAR. GONCALVES GERALDO RIBEIRO RAMOS GERALDO VICENTE DOS SANTOS GIANE CONSUELO DA CUNHA SILVA GISLENE MARIA DE OLIVEIRA

GLECIANY RENATA DA SILVA GRUPO A CAMINHO DE DEUS HEBERT LEAL DA SILVA HELIO ALVES DA CUNHA HELIO AUGUSTO FAVARINI HELIO DE OLIVEIRA HELIO GARCIA CUNHA HENRIQUE ALVES MENDONCA HILDA ARANTES ILSON FERNANDES IMACULADA APARECIDA SALES INELZIRA GONCALVES DA SILVA INES MARIA TEIXEIRA CASTRO IOLANDA OLIVEIRA DA SILVA IRACI DAS GRACAS ALMEIDA IRENE LIMIRO DE CAMARGOS IRENE SILVA DE OLIVEIRA IRENE SIQUEIRA DE CARVALHO COSTA ISABEL APARECIDA LOPES PINHEIRO ISABEL CANTO BARBOSA BELO ISMAIL AMELIA DA SILVA ITAMAR ANTONIO RIBEIRO IVANIR DA COSTA IZABELA ELMIRA DOS SANTOS L ARANTES JACKSON CARVALHO DE OLIVEIRA JADERGUDSON FREITAS JADERSON TEIXEIRA E CASSIA JAIR MIRANDA DA SILVA JAIRO NEUNATO DA SILVA JANY HIGINO PEREIRA JAQUELINE CRISTINA SANTOS VIEIRA JAQUELINE LANGSDORFF DA SILVA JEFERSON GONCALVES DE MELO JESSIKA BRENDA PINHEIRO JOAO DE CARVALHO JOEL AFONSO DE OLIVEIRA JOEL BEIJO DA SILVA JOSE ANTONIO RIBEIRO JOSE ARIMATEIA MOURA JOSE BERNARDINO RIOS JUNIOR JOSE CESAR CANDIDO JOSE DOMINGOS DA CUNHA JOSE ELIAS DE LIMA JOSE FERREIRA DE SOUZA JOSE GERALDO DA CUNHA JOSE GERALDO DE CASTRO JOSE GERALDO MESSIAS JOSE LEVINDO PAIM JOSE LOPES JOSE LUIS DE ABREU JOSE MARIA DA SILVA JOSE MARTINS SOBRINHO JOSE MESSIAS ARANTES JOSE OTAVIO PEREIRA JOSE PEDRO DE OLIVEIRA JOSE RIBEIRO DA SILVEIRA JOSE VILELA COSTA JOSIANE CRISTINA SILVA JULIANO EUSTAQUIO EUFRASIO JURACY CAMARGO MELO JUSSANA KELI DE ALMEIDA REIS KELLE NARA DUARTE MENDES KENIA APARECIDA SILVA KENNEDY JOSE DA SILVA LAIS COUTO SILVA LAZARA APARECIDA SILVA LETICIA CRISTINA DA SILVA LEUDES LUCIA RODRIGUES LIDIANE DE MEDEIROS LIDIANE MARIA SANTOS SILVA LIGIA DE ALMEIDA SILVA LILIANE SALES CARDOSO LINDAMARA SILVA FERREIRA LISLEY APARECIDA DE FARIA LIVIA GUIMARAES PIRES LOURDES MARCAL DA SILVA LUCIA HELENA CASTRO CRUZ LUCIA NASCIMENTO SILVA LUCIANA FREITAS FARIA LUCIANA TERESINHA FERREIRA ALVES LUCIANE VALADAO MELO VAZ DE CAMPOS LUCIENE ARAUJO DE CAMPOS LUCIMAR ROSA DE SOUZA LUCINEIA JULIA DE OLIVEIRA LUCY LAUDARES DE OLIVEIRA LUIZ ALBERTO DA SILVA GOMES LUIZ CANDIDO DE MOURA LUIZ CARLOS FERREIRA JUNIOR LUZIA MACEDO DA CONCEICAO MADALENA GONCALVES DO COUTO MAGDA MARIA SILVA MAGNO JOSE DE SOUSA LEAO MARCELO FELIPE PEDROSA MARCELO SOBREIRA DA SILVA MARCIA DE OLIVEIRA MENDONCA MARCIA HELENA DE FARIA MARCIA RODRIGUES DE OLIVEIRA MARCIA VOIETA RIBEIRO E FAMILIA MARCIO LOPES JUNIOR MARCIO LUIS TEIX.E ANA GERALDA TEIX MARCO AURELIO BELO MARCOS JOSE DE MORAIS MARCUS MORAIS MARCY APARECIDA GONZAGA MARGARIDA MARIA DA SILVEIRA MARIA ADELINA GARCIA VIEIRA MARIA ALICE SANTOS MARIA ALVES DE OLIVEIRA MARIA APARECIDA BORGES MARIA APARECIDA DA SILVA MARIA APARECIDA DA SILVA MARIA APARECIDA DA SILVA MARIA APARECIDA DE BRITO MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA MARIA APARECIDA DE SA

MARIA APARECIDA DO CARMO COSTA MARIA APARECIDA MENESES MARIA APARECIDA SANTOS PINTO MARIA APARECIDA SOUTO MARIA APARECIDA TERRA MARIA CAJUBI MARIA CELIA ROCHA RICARDO MARIA CONCEICAO RIBEIRO OLIVEIRA MARIA DA CONCEICAO DA SILVA MARIA DA CONCEICaO PATRICIO MARIA DA CONCEICAO PATRICIO MARIA DA CONCEICAO S RODRIGUES MARIA DAS GRACAS SILVA MARIA DE FATIMA DE OLIVEIRA MELO MARIA DE FATIMA MOTA MARIA DE FATIMA TEIXEIRA OLIVEIRA MARIA DE LOURDES ALVES BELO MARIA DE LOURDES SILVA MARIA DO CARMO SILVA MARIA DO ROSARIO RAMOS ARAUJO MARIA ERNESTINA DA MATA FONSECA MARIA FELICIO ESTEVAO MARIA GENI DE SA MENDONCA MARIA GLORIA DO COUTO MARIA GLORIA DO COUTO MARIA GUILHERMINA MAIA VIANA MARIA HELENA VILELA MARIA INES DOS SANTOS MENDES MARIA INES PASSOS PEREIRA BUENO MARIA INES ROGAL MARIA IRENE DE SOUSA MARIA IRENE DE SOUZA MARIA IRMA DE MENEZES MARIA JOSE HIPOLITO MARIA JOSE MACEDO FERREIRA MARIA JOSE VIEIRA MARIA LUCIA ALVES LEONEL MARIA LUIZA COELHO DE CASTRO MARIA MARGARETH DABLIOGLO BARBOSA MARIA MESSIAS ABREU MORAES MARIA NAZARE DA SILVA ROCHA MARIA RAIMUNDA FELIX MARIA RESENDE GUIMARAES PASSOS MARIA RITA FRADE SANTOS MARIA SALETE PEDROSA MARIA SIRLEY PEDROSO COUTO MARIA VERA CRUZ DA SILVA FONSECA MARIA VITORIA FERNANDES CARDOSO MARIA ZELIA NASCIMENTO DE SOUSA MARILIA MARTA DE CASTRO E CASTRO MARINA VANIA GOMES MARLENE DE SOUZA MARLI ALVES DE OLIVEIRA MARLI ARANTES DE PAULA MARLI DE CASTRO LOBATO MARTA HELENA LAUDARES SOUZA MARTA RIBEIRO COSTA MAURI ALVES CARDOSO MAURICIO BALBINO DA SILVA MAURICIO RIBEIRO SILVA MAURILIO JOSE DOS SANTOS MICHELE NEVES DE OLIVEIRA MICHELLE CHOLODOVSKIS MACHADO MICHELLE DE OLIVEIRA MIGUEL ARACANJO ALVES MILER J SILVA E JAQUELINE SILVA OLIVEIRA MIRLENE JEANE MARIA SILVA MONICA REGINA DE ARANTES NEIVA APARECIDA FELIX ALVES NELCY LUIZ MAIA SILVA NELMA FERREIRA DA SILVA NELMA FERREIRA SILVA NELSON AMANCIO DE OLIVEIRA NELSON PORPHIRIO NEUSA APARECIDA SILVA NEUSA GOMES NILTON GARCIA DE OLIVEIRA NILTON JOAQUIM DO COUTO OLANDINO ANTONIO DE SENA OLAVO VERISSIMO MIRANDA OLGA FERREIRA DE FARIA ONOFRE ALVES TEIXEIRA OSMAR JOSE RODRIGUES OSVALDO SANTOS DO COUTO PATRICIA DE CASTRO NEVES PAULA NAIRA COSTA SILVA PAULO HENRIQUE RESENDE SANTOS PAULO MARCIO DE SENA PAULO ROBERTO DO NASCIMENTO PAULO SERGIO MACEDO PAULO SIMAO DE MELO PEDRO JOSE MENDONCA CUNHA PLINIA MARA FONSECA RAIMUNDO FERREIRA DE OLIVEIRA RAMON ELEUTERIO GONTIJO RAQUEL APARECIDA SILVA REALINA MARIA DOS REIS REGINA APARECIDA MENDONCA REGINA DE SOUZA ANASTACIO REGINA DE SOUZA ANASTACIO REGINA EDUARDO LIMA REGINA MARIA DE MENDONCA CELESTINO RICARDO JOSE DA FONSECA RITHELLY APARECIDO DOS REIS ROBERTO LOPES FIGUEIREDO ROBSON SAVAGET GONCALVES RONALDO MACHADO COSTA ROSA DE FATIMA FERNANDES TAVARES ROSANA APARECIDA SANTANA ROSANA PAULA DE CASTRO FERREIRA ROSANE APARECIDA MELO MACHADO ROSANGELA PEREIRA COSTA MENEZES ROSELI DA SILVA OLIVEIRA ROSIANE C. FERREIRA RUBENS ANTONIO PARREIRA RUTH PEREIRA DA SILVA

SALVADOR DA SILVA RAMOS SANDRA APARECIDA CALIXTO M RIBEIRO SANDRA LUCIA SANTOS SANDRA VENANCIO VILELA SANDRO MACIEL DE CASTRO SAYMON HENRIQUE GOMES SEBASTIANA ROSA DE MACEDO SEBASTIAO ALVES FILHO SEBASTIAO JOSE GALDINO SELMA FONSECA SILVA SERGIO EDUARDO DE SOUZA SERGIO EDUARDO SILVA DANTAS SERGIO LUIZ MUNIZ SHOP 26 SILVANA MARIA MENDONCA MOREIRA

SIRLEI APDA. MENDONCA DA SILVEIRA SIRLEI MARIA DE OLIVEIRA SIRLENE FRANCISCA DO COUTO SILVA SOLANGE CAMPOS ALMEIDA TEREZA AMALIA BRITO TEREZINA DE PAULA NASCIMENTO THAIS COUTO SILVA THAIS CRISTINE DA MATA SALVIANO VALDETE ALVES RIBEIRO VALTER FONSECA PEREIRA VANDERLEI DE CASTRO FARIA VANIA CRISTINA TAVARES VANIA MARA DE SOUSA PINHEIRO VANIA SILVA FERREIRA VERA APARECIDA SILVA

VERA LUCIA MARQUES VERA LUCIA PULHEZ CASTRO VICENTINA DIONISIA MEDEIROS VITORIA CARDOSO LEAO VITORIA SUELI MARTINS SILVA VIVIANE APARECIDA DE MENEZES WAGNER MELO SILVA WALLACE BATISTA DE OLIVEIRA WANDERLANE APARECIDO DA SILVA WANIA MARISA DA SILVA ALVES WILSON JOSE DA SILVA WILSON JOSE DOS REIS ZANONE AMARAL PASSOS ZELIA RODRIGUES NUNES BARBOSA ZILDA FERREIRA GOMES

É bom lembrar!!!

Agenda Paroquial de Setembro

Data 01

Q

02 03

S S

04

D

05

S

06

T

07

Q

08

Q

09

S

10

S

11

D

12

S

13

T

14

Q

15

Q

16

S

17

S

18

D

19

S

20

T

21

Q

22

Q

23

S

24

S

25

D

26

S

27

T

28

Q

29

Q

30

S

Hora 19:00 19:30 20:00 19:30 19:30 19:30 05:00 8/ 12h 8/ 17h 08:00 09:00 14- 15h 17:00 18:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 20:00 19:30 19:30 19:30 19:30 13:30 20:00 13/ 17h 09:00 19:30 09:30 19:30 19:30 19:30 07:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:00 19:30 19:30 19:30 19:30 20:00 19:30 19:15 19:00 09:00 15:00 08/ 12h 14:00 08/ 17h 09:00 13:00 13- 17h 19:30 14:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 14:00 20:00 20:00 15:00 18:00 19:30 09:00 07:30 08:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 -

Local

Atividade Past. Criança: Reunião Mensal- Coord. Comunidades Imaculada: reunião com coordenadores de Setor MESC: Reunião geral Santa Luzia: Reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Jovens EAC: Reunião semanal Santa Luzia: Oração das 500 Ave Marias ECC: Reunião do Conselho Diocesano XXIII Domingo do Tempo Comum Encontro de Formação Litúrgica Imaculada: Missa da Catequese Santa Luzia: Conferência Vicentina Confraria do Rosário: adoração ao Santíssimo e reunião Divina Misericórdia (Missa) rosário: Reunião dos MEP Santa Luzia: reunião dos Coroinhas Rosário: Celebração Regional- setores 12-13 e 15 Imaculada: Celebração setorial N. Sra. de Lourdes: EAC- reunião semanal RCC: Grupo de Oração Rosa Mística (Noite de Louvor) Past. do Dízimo: Reunião mensal (entrega de carnês) Santa Luzia: Grupo de Oração Imaculada: reunião com coordenadores de setor ECC: Reunião semanal Santa Luzia: Conferência Vicentina Natividade de Nossa Senhora NOSSA SENHORA DA GUIA (Rodrigues) Santa Luzia: reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Oração EAC: reunião semanal Aniversáio natalício do Pe. Alceu Luiz Weber MESC: encontro de espiritualidade MEP: Continuação do estudo sobre os Atos Rosário: saída da imagem de N.Senhora para os setores Paróquia: Dia de Foemação e Espiritualidade XXIV Domingo do Tempo Comum MDJ: 11-12: Promoção Santa Luzia: Conferência Vicentina Santo Expedito: II Etapa MIssão Jovem Vox Dei (Missa) N.S. de Lourdes: Reunião da Diretoria Administrativa Santa Luzia: Reunião dos Coroinhas Imaculada: Celebração de setor N. Sra. de Lourdes: EAC- reunião semanal 13-16: Retiro Espiritual dos Dehonianos Santa Luzia: Grupo de oração Exaltação da Santa Cruz CPAE: Reunião do Conselho Econômico CPE: Reunião do Conselho Com. de Evangelização RCC: Noite de Louvor ECC: Reunião semanal Santa Luzia: Confeência Vicentina Past. Batismo: Encontro de preparação p/ pais e padrinhos Santa Luzia: reunião dos MESC Santa Luzia: grupo de Jovens Santa Luzia: Reunião do CCE Santo Expedito: reunião do CCE- Conselho Com. de Evangelização Santo Antônio: reunião CCE- Conselho Com. de Evangelização Past. da Acolhida: reunião Past. Familiar: reuniaõ mensal MCC: Cursilho masculino de jovens Imaculada: Reunião dos MESC Past. Batismo: Encontro de preparação p/ pais e padrinhos Pe. Antônio Vilas Boas- Aniverário Natalício Imaculada: reunião com coroinhas Rosário: Celebração da Vida Reunião da Comissão Diocesana da Pastoral Familiar MCC: Cursilho Masculino para jovens XXV Domingo do Tempo Comum Santo Antônio: Celebração da Vida: Past. da Criança Catequese: Encontro de Formação para Catequistas Santa Luzia: Conferência Vicentina Congregados Marianos: Retiro Espiritual Confraria do Rosário N. Sra Lourdes: Celebração do Setor Vicentinos: Reunião do Conselho Central c/ Cons. Particulares Imaculada: Celebração de setor N. S. de Lourdes: EAC: reunião semanal Santa Luzia: Grupo de Oração MCC: Serenata ECC: Reunião semanal Santa Luzia: Conferência Vicentina Santa Luzia: reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Jovem MCC: Cursilho Feminino de Jovem EAC: Reunião semanal Sto. Expedito: Renião equipe de Liturgia ECC: Encontro de Casais com Cristo (1 Etapa) MCC: Cursilho Feminino de Jovem ECC: Encontro de Casais com Cristo (1 Etapa) Santa Luzia: Pastoral da Criança Santa Luzia: Pastoral da Acolhida Terço Vocacional MCC: Cursilho Feminino de Jovem Past. do Batismo: Encontro de preparação para pais e padrinhos Catequese: Módulo- Formação de Formadores catequese XXVI Domingo do tempo Comum ECC: Encontro de Casai com Cristo (1 Etapa) Past. do Dízimo: Domingo de Dízimo Rosário: reunião do CCE- Conselho Com. de Evangelização Missa Vocacional Santa Luzia: Conferência Vicentina Apostolado da Oração (Encontro na Paróquia Sto. Antônio) MCC: Cursilho Feminino de Jovem e (Encerramento) Vicentinos: reunião Ecafo no Conselho Particular S. Camilo Irmandade do SSmo. - Retiro Espiritual Past. do Batismo: Encontro de preparação para pais e padrinhos Catequese: Módulo- Formação de formadores catequese Imaculada: Celebração de setor N. S. de Lourdes: EAC- reunião semanal São Vicente de Paulo (Vicentinos) N.Sra. de Lourdes: Reunião mensal do CCE Santa Luzia: Grupo de Oração MCC: Reunião Apres. Neos Sto. Expedito: reunião dos MESC Catequese: Reunião c/ coord. da Catequese paroquial Sto. Antônio: reunião Equipe de Liturgia Sto. Antônio: reunião MESC ECC: Reunião semanal Santa Luzia: Conferência Vicentina Santa Luzia: Reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Jovens EAC: Reunião semanal

Responsável

Santo Antonio Imaculada Salão Paroquial Igreja Sta. Luzia Igreja Sta. Luzia Salão Paroquial

Past. da Criança Soraia Lurdinha Gomes

Dores

ECC- Diocesano

Foranias

Charles e Fernanda

Igreja e Salão Paroquial Salão da Igreja

Catequese Imaculada Florentina Rachel

Setores Setores Salas/ N.S Lourdes

Setor/ Liturgia Soraia Coord. do EAC

Salão Paroquial

Past. do Dízimo

Setores Sala

Soraia Coord. ECC

Charles/ Fernanda

Salão Paroquial

Salão Paroquial Salão Paroquial Setores Salão Paroquial

Lurdinha Gomes Dalvinha Coord./ Liturgia/ setor CCE MDJ Patrick

Setores Salas/ N. S. Lourdes Cenáculo Varginha

Soraia Coord. EAC Dehonianos

Casa Paroquial Salão Paroquial Sala de reuniões Sala

Pe. Aurélio Pe. Aurélio Equipe RCC Coord. ECC

N. Sra. de Lourdes

Past. do Batismo

Sala de Reuniões Salão Paroquial Salão Paroquial Casa Paroquial Salão Imaculada N. Sra de Lourdes

Coord. geral Florentina Past. Familiar MCC Sandra/ M. Graças Past. do Batismo

Imaculada Salão da Igreja

Ângela Past. da Criança

Casa Pastoral

MCC

Past. da Criança Foranias

Maria Pains

Não marcaram Sala de Reuniões

Congr. Marianos Florentina

Salão Paroquial Setores Salas/ N. S Lourdes

Soraia Coord. EAC

Sala

Coord. do ECC

Casa Pastoral Salão Paroquial Sala de reuniões Salão Paroquial Casa Pastoral Salão Paroquial Escola Pio XII

MCC Charles/ Fernanda Coord. Liturgia Coord. ECC MCC Coord. ECC Past. da Criança

Comunidade Casa Pastoral Rosário Piumhi (C. Retiros)

Past. Vocacional MCC Past. do Batismo

Salão Paroquial Comunidades Salão da Igreja Matriz

Coord. ECC Past. do Dízimo Coord. e Diretoria Past. Vocacional

Sto. Anto. do Monte

Forania L. Prata

Salão Paroquial Rosário Piumhi(C. Retiros) Setores Salas/ N.S Lourdes

Coord. Irmandade Past. do Batismo Soraia Coord. EAC

Casa Pastoral Salão Paroquial Sala de reuniões Sala de reuniões

Coord. paroquial Eliana Coord. ECC

Salão Paroquial

Charles/ Fernanda


Setembro de 2011

SEMANA

TRÍDUO NACIONAL DA

EJC EJC-- ENCONTRO

RETIRO

DE

FAMÍLIA

DE JOVENS COM

CATEQUIST AS TEQUISTAS

CRISTO

08


PUBLICAÇÃO

05/09

MENSAL

DA

PARÓQUIA

SÃO

VICENTE

FÉRRER

-

FORMIGA

-

MG

ANO

XIX

247

-

SETEMBRO

de

2011

Bíblia: Alimento e força para a caminhada

MARIA APARECIDA PEREIRA DA CRUZ ACOLHIDA ANIMADOR: Irmãos e Irmãs,setembro chega, trazendo para nós a Bíblia, pois ele é o Mês da Bíblia.A Bíblia é um trabalho maravilhoso , feito pelos homens , com a inspiração de Deus e que deveria fazer parte da vida diária de todos nós ,como um manual , uma diretriz de vida. Iniciemos nosso encontro, cantando :Em nome do Pai... PEDIDO DE PERDÃO: ANIMADOR: Sabemos que é nosso dever de cristãos conhecer a Bíblia , apreciá-la e fazer dela nosso guia , mas quantas vezes a deixamos de lado por “ falta de tempo “ ou, simplesmente, porque dizemos que não a entendemos.Peçamos perdão a Deus pelas nossa desculpas nem sempre sinceras e pelo fato de nem tentarmos entendê-la.Que o Espírito Santo nos ilumine , para que , perdoados , possamos nos convencer de que a Bíblia é o grande tesouro da nossa fé. LEITOR 1 : Bíblia , Palavra de Deus ,conceito que aprendemos .Ela é a Palavra de Deus , mas é a comunicação de Sua vontade e de Sua presença libertadora para todos que a procuram .Ela é o caminho que nos orienta , que nos faz sermos filhos de Deus e mais fraternos com nossos irmãos. TODOS: A Bíblia é a palavra certa nas horas incertas. LEITOR 2 : Por que não dizer que a Bíblia é a esperança nas nossa dúvidas? Ela é a voz do próprio Deus que quis estar sempre presente em nossa caminhada , orientando os nossos passos e direcionando a nossa vida para o bom caminho ,para a felicidade eterna.Quantas vezes nós mesmos dizemos aos outros que a Bíblia é uma prova de amor escrita , mas a ignoramos.

TODOS :Às vezes até a colocamos em um lugar de destaque em nossas casas , mas lá a deixamos sem uso. LEITOR 3 : Todas as passagens da Bíblia nos mostram uma verdade vivida por um Deus que nunca desistiu de suas criaturas , por mais que nos afastemos dEle , seguindo , tantas vezes ,por caminhos tortuosos , que não nos levam a lugar algum , já que nosso ponto de origem e nosso destino foram e serão sempre Deus.A Bíblia é o alimento para nossa vida e para nossa alma. TODOS: A Bíblia é o alimento e a força necessária para vencer todas as tentações. LEITOR 1: Na segunda carta de São Paulo a Timóteo, ele diz que : “Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar , para corrigir , para educar na justiça , a fim de que o homem seja perfeito , preparado para toda boa obra .”Aí nos vem, então, a pergunta :Por que tantas pessoas que dizem ler a Bíblia continuam com os corações fechados e cegos a todos os ensinamentos deixados por Deus?” TODOS: A Palavra de Deus , mexendo conosco ,nos incomoda , nos inquieta interiormente. LEITOR 2 : Somente lendo , estudando e conhecendo a Bíblia é que estaremos sempre nos transformando , pois ela nos leva a tomar uma atitude , a assumir uma ação concreta , que transforme não só a nossa vida, mas todos os que estão a nosso redor. TODOS : A Bíblia é nossa fonte de vida, e vida em plenitude. PALAVRA DE DEUS:

ANIMADOR: Não dá para entender que uma pessoa que procura ler a Bíblia , que participa de uma celebração , de um encontro , onde a Palavra é proclamada ,continue sendo a mesma pessoa. C a n t e m o s : To d a B í b l i a é comunicação ... Ouçamos 2ª Carta a Timóteo 3,14-17 PARTILHA: ANIMADOR: Nesse trecho de São Paulo a Timóteo , vemos o maior ensinamento para nossa vida. 1. Comentemos :Tu , porém , permanece naquilo que aprendeste. 2. 2. O que nos dá a entender:Desde pequeno sabes as sagradas letras. 3. Qual é a finalidade da Bíblia para o cristão ? PRECES: TODOS: Oração da Bíblia: Obrigado , Senhor , pela Tua Palavra , que se fez carne e habitou entre nós .Obrigado , porque nos deste ouvidos para percebê –la , olhos para enxergá-la e coração para amála.Obrigado, porque, por ela , não

mais vivemos na escuridão , não mais andamos sem esperança , não mais teremos que lutar sozinhos.Obrigado , porque ela nos dá a certeza de que nos amas e nos esperas em tua casa,Senhor , é sob tua Palavra que devemos lançar as redes e construir, aqui na terra , Teu Reino de Justiça. Amém! ENCERRANMENTO: ANIMADOR : Em toda a Sagrada Escritura está esta Presença amorosa do Deus que não se cansa de confiar em nós e que nunca se cansa de nos fazer voltar ao Seu convívio ,nunca nos abandona.Levemos às nossa famílias , a certeza de que a Bíblia nos leva a Deus. Até o próximo encontro. Vamos em paz e que Deus nos acompanhe. CANTO: Eu gosto de escutar...


Setembro de 2011

12/09 ACOLHIDA ANIMADOR: Amigos , quando nos reunimos , é hora de falarmos com Deus , através da oração , da reflexão , mas, na realidade , é Ele que fala conosco , quando abrimos a Bíblia e ali encontramos todos os ensinamentos necessários para uma vida digna e cheia do Espírito Santo. Invoquemos o Santo Espírito:Vinde Espírito Santo ...Em nome do Pai...

Bíblia: Livro da Vida para sustentar a vida de quem nela se agarra ou por ela se orienta.Mateus disse :”Não só de pão vive o homem , mas de toda palavra que sai da boca de Deus.” TODOS: “A Palavra de Deus é vivas, eficaz e mais penetrante que uma

entusiasmo a Boa Nova anunciada por Jesus e gritar ao mundo , sem medo ,com as palavras inspiradas de Bento XVI: “Vale a pena abrir as portas para Jesus , pois ,quem deixa Cristo entrar não perde nada do que faz a vida livre , bela e grande.” Enriqueçamo –nos mais com o

TODOS: Senhor , tende piedade de nós !

TODOS: A Bíblia serve de alimento espiritual para a Igreja e para as pessoas e ajuda o povo de Deus na sua caminhada em busca de um mundo melhor . LEITOR 2: Há quem considere a Bíblia como uma bússola ou um mapa que orienta sua vida ou até uma carta escrita por Deus,na qual revela seu amor para com o ser humano.Ela é alicerce seguro e firme

Santo , nos iluminar para que entendamos. 1. Como explicar :As coisas que olhos não viram , nem ouvidos ouviram , são as que Deus nos preparou? 2 .Comentemos: As coisas nos foram dadas gratuitamente por Deus e nós como respondemos a isso? PRECES: ANIMADOR: Rezemos juntos: Ó Deus , nosso Pai e amigo , vossa Palavra sempre nos guia e acompanha nossos passos.Despertai em nós a sede de ouvi-la e meditá-la , noite e dia.Amém! Peçamos a Maria que nos dê o gosto pela leitura da Bíblia :Ave Maria ,Salve Rainha,Mãe do Bom Conselho,rogai por nós!

PEDIDO DE PERDÃO: ( alguém levanta a Bíblia) ANIMADOR: Diante da Bíblia , Senhor ,pedimos perdão.Perdoe-nos pela falta de vontade de Te conhecer , pelo n osso pouco entusiasmo pelo tesouro que temos em nossas mãos , por não fazermos esses ensinamentos chegarem a outras pessoas pelas nossas mãos.

LEITOR 1: Setembro é o Mês da Bíblia, e a Igreja escolheu este mês porque o dia 30 de setembro é Dia de São Jerônimo e foi ele quem traduziu a Bíblia dos originais (hebraico e grego) para o latim que , naquela época , era a língua falada no mundo e usada na Igreja , como o foi até bem pouco tempo .A Bíblia é , hoje , o único livro que está traduzido praticamente em todas as línguas do mundo e que está em quase todas as casas.;

E-2

espada de dois gumes ,ela sonda os sentimentos e pensamentos mais íntimos.”

acolhimento da Palavra de Deus , semente que produz frutos na vida dos cristãos,discípulos de Jesus.

LEITOR 3: A Bíblia é chamada Palavra de Deus por estar vinculada a Jesus e, assim como Ele , ela é humana e divina. Humana por ser fruto de muitos autores e refletir seus ensinamentos e suas culturas.Divina , por nos revelar Deus e seu plano,Sua natureza e sua atividade de salvação no mundo , com a proposta de amor a toda a humanidade.

TODOS: Que o Senhor nos perdoe por lermos a Bíblia somente com os olhos da razão e não com nosso coração.

TODOS: A Bíblia nos guia, continuamente, rumo à plenitude daquele que nos chama ,consola , adverte e educa. LEITOR 1: É preciso que nos deixemos inundar pela sabedoria que sai da boca de Deus ,acolher com

PALAVRA DE DEUS : ANIMADOR: Abrindo a Bíblia, você não abre um livro estranho , mas, sim um livro que fala de você , de sua vida , de sua caminhada rumo ao Reino de Deus.Por isso é preciso colocar “ vida “ na nossa leitura diária da Bíblia. Cantemos : Jesus está aqui... Ouçamos: I Coríntios 2-9,13 PARTILHA: ANIMADOR: São Paulo nos faz entender que as coisas do Alto , só Deus pode , através do Espírito

ENCERRAMENTO: Queridos Irmãos , na Bíblia encontramos nossa inspiração para a Missão que nos espera em nossas casas , em nossas famílias,pois, por meio dela, somos todos missionários , enviados por Jesus para construirmos juntos o Reino de Deus e a sua justiça. CANTO: Buscai primeiro o Reino de Deus...


E-3

Setembro de 2011

19/09

A cartilha da caminhada chamamos a esta etapa de Cartilha da Caminhada , um título que lembra nossa caminhada de hoje e nossa preparação para uma vida de fé.Os judeus tiveram muitas dificuldades:crises,dúvidas,mas também soluções, o que não difere muito da nossa vida de Igreja hoje. TODOS: Que Jesus nos dê forças nesta nossa caminhada sobre a terra, rumo ao Reino de Deus.

ACOLHIDA ANIMADOR: Caros Irmãos e Irmãs, estamos celebrando o mês da Bíblia e, neste ano , a Igreja Católica Apostólica Romana escolheu para a base dos trabalhos relacionados com a Bíblia o Livro do Êxodo , de maneira especial os capítulos de 16 a 18.É nesse clima de querer saber sempre mais sobre a Bíblia e sua influência na vida da Igreja, que iniciamos esse encontro, cantando: Em nome do Pai... PEDIDO DE PERDÃO: ANIMADOR: Por não nos esforçarmos pela leitura diária da Bíblia, TODOS: Perdão , Senhor ANIMADOR: Por não procurarmos aprender com quem sabe mais que nós, TODOS: Misericórdia , Senhor ANIMADOR: Por não divulgarmos a Bíblia como Livro por excelência, TODOS: Senhor , tende piedade de nós. LEITOR 1: A Bíblia é, por vezes, mais reverenciada que conhecida.Depois de muito esforço por parte da Igreja , houve um progresso no conhecimento e no uso da Bíblia,isto porque os Biblistas fizeram uma opção pelo povo.Mas ainda há muita

ignorância , muito desconhecimento da mensagem principal da Bíblia: o conhecimento de Deus e as bases da Igreja.A Bíblia vem sendo “construída” sobre as necessidades e os avanços de cada fase do povo de Deus.É por isso que ela nos convida a descobrir o que Deus quer comunicar a nós. TODOS: O Livro do Êxodo narra momentos de aflição que o povo judeu sofreu na sua caminhada pelo deserto. LEITOR 2: No Livro do Êxodo há duas idéias entrelaçadas : a libertação e o direito a uma terra;uma sem a outra não tem valor.Também no Novo Testamento temos dois ideais que se concretizaram : a redenção feita por Jesus e a construção de um novo Reino , mais amplo e definitivo. TODOS: Quando fazemos a leitura orante, nos transportamos para o deserto e fazemos juntos a caminhada. LEITOR 3: O conteúdo que a Igreja quer que examinemos neste Mês da Bíblia vai da libertação do povo até o recebimento da Lei .Por isso

LEITOR 1: Os judeus foram libertados e comemoraram a vitória ,mas tinham ainda muitos obstáculos a transpor. Faltava água e a que conseguiram não dava para beber,era amarga. Na Bíblia, a água aparece como fonte de vida e de morte.Até hoje é assim.Às vezes a água nos falta , ou vêm as enchentes , ou a água que vem não é saudável.E o povo resmungava. TODOS: Quantas vezes já resmungamos também, achando que Deus não está nos dando atenção! Moisés não resmunga: vai ao dono de todas as águas, e Deus lhe ensina a purificá-la, e esta água está relacionada com os mandamentos.Deus se faz presente como a cura , como um caminho saudável,pois Ele só deseja o melhor para todos.De novo o povo reclama:”Não devíamos ter saído do Egito,queres nos matar de fome e sede. E, mais uma vez, Moisés recorre a Deus, que lhes envia o maná e as codornizes.Nós também, às vezes, queremos voltar atrás,procurar soluções mais fáceis.Disso tudo podemos tirar pelo menos duas lições importantes. TODOS: E quais são elas? LEITOR 3: A 1ª é que os recursos da natureza são para ser usados e não abusados.O que nos faz mal é a ganância cumulativa e não a partilha,esta é a segunda lição.Diz o Livro do Êxodo que é lícito colher

em dobro, na 6ª feira, para descansar no sábado.Deus nos quer como uma família onde todos cuidam de todos. TODOS: Deus nos quer partilhando tudo,os trabalhos e os resultados deles. LEITOR 1: Moisés arcava com todas as decisões sozinho, até que sua família se reuniu para ajudá-lo.Família unida , trabalhos divididos.Devemos aproveitar o exemplo em nossas pastorais , onde se dividem a tarefas com o mesmo objetivo: servir à Igreja,revelando novos talentos. TODOS: O Espírito de Deus repousa sobre seu povo! PALAVRA DE DEUS: ANIMADOR: O Livro do Êxodo nos ensina muito.Esse povo que caminhou tanto , errou tanto ,acertou tanto ,mas acabou aceitando a vontade de Deus. Cantemos : Põe a semente na terra... Ouçamos : Livro do Êxodo 16,3-8 PARTILHA: ANIMADOR: 1 .Hoje vamos comentar as diferenças e semelhanças do povo de Deus e nós ,povo de Deus, HOJE. PRECES: ANIMADOR: Por um momento ,em silêncio,peçamos a Deus que nos conceda tudo aquilo de que mais estamos precisando,seja material,seja espiritualmente. (silêncio) Agora vamos colocar a mão no ombro do companheiro e rezemos:O Senhor o abençoe e o guarde,lhe mostre a sua face e lhe seja favorável e lhe conceda a paz. ENCERRAMENTO:ANIMADOR: Que o Deus da Paz,da justiça,da solidariedade nos abençoe e nos faça caminhar na esperança e na luz da Palavra.Vamos em Paz. CANTO: O povo de Deus...


Setembro de 2011

26/09

E-4

Dízimo: Fruto da Palavra e da Criação

ACOLHIDA ANIMADOR: Amigos , sejam bem-vindos ao nosso último encontro do Mês da Bíblia . Hoje nosso olhar se volta para a gratidão a Deus , por tudo o que de graça Ele nos dá , inclusive a Sua Palavra.E é através do dízimo que podemos demonstrar essa nossa gratidão. Iniciemos, cantando : Em nome do Pai ... PEDIDO DE PERDÃO : ANIMADOR : Senhor Jesus , pela nossa ganância , pelo nosso desejo de “ter” sempre mais , não nos preocupando com o “ser” e com o próximo e as necessidades da Igreja, perdoai a todos nós e dainos a vontade de contribuir com o dízimo.Amém!

espírito de eternidade que é o próprio Deus. TODOS: O dízimo é fruto do coração de Deus. LEITOR 1: O dízimo é a partilha da vida e, sem ela, o ser humano seria um miserável.A miséria e a fome no mundo são o resultado da ganância do ser que não saber repartir.Se o mundo respeitasse a Palavra de Deus, ele seria um paraíso , mas o que se vê é sua destruição por causa dessa ganância.O ser humano precisa voltar para Deus , pois , do

sobre a necessidade de contribuir com o dízimo.Em Provérbios, vemos:”Honra ao Senhor os teus bens e com as primícias de toda a sua renda .” Em Levítico, encontramos :”Também todos os dízimos da terra , quer dos cereais , quer dos frutos das árvores pertencem ao Senhor.” Não é diferente em Deuteronômio : “ Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolhe do campo.”Ainda poderíamos citar muitas outras passagens sobre esse mesmo tema.

LEITOR 1: Todos sabemos que o mundo foi criado por Deus , com todas as criaturas que nele habitam .Ele criou tudo a partir da Palavra .Ele fez a vida como uma teia de fios que se entrelaçam e em que uns dependem dos outros.Diz o Salmo 33,6 :”Pela Palavra de Deus foram feitos os céus , pelo sopro de sua boca , tudo quanto os enfeita .É o sopro de vida . É uma energia que penetra no mais profundo da Criação . A Terra é um pequeno espaço do Universo , no qual Deus nos colocou para nossa morada e para tirar nosso sustento. TODOS: Deus é o artista que cria a vida , obra de Sua Mão. LEITOR 2: O ser humano participa da criação quando colhe os frutos com o suor de seu trabalho .Desse trabalho e do que lhe rende , ele reserva uma pequena parcela para devolver ao Criador . Isto é o dízimo .Tudo pertence ao Senhor tudo que Deus criou é Seu .Nós apenas colhemos o que plantamos e aí devolvemos essa pequena parte ao Senhor. TODOS: O dízimo serve para que nos tornemos mais humanos. LEITOR 3: Quando o Criador fez a Terra, ela estava vazia e sem forma, ou seja , sem vida. Deus soprou o Seu Espírito e nos deu a oportunidade de podermos participar de Sua Criação .A criação é fruto da vida, e a vida é fruto do

Céu , o Senhor humanidade.

observa toda a

TODOS: Deus caminha conosco , Ele é nossa proteção e nEle temos nosso sustento.

TODOS: Dar o dízimo é uma forma de aprender que Deus ocupa o primeiro lugar na nossa vida.

TODOS: Tudo o que fizermos deve ser para o bem de todos.

PALAVRA DE DEUS ANIMADOR: Irmãos, é muito importante para todos o significado e o valor do dízimo que ofertamos, e nós devemos dar sem constrangimento e com alegria , pois de onde vem tudo o temos e tudo o que somos ? Deus ama quem dá com alegria por isso é preciso refletir com honestidade a nossa doação. Cantemos : Aleluia,aleluia , a minha alma abrirei,aleluia,aleluia , Cristo é meu Rei! Ouçamos :1 Coríntios 9 -13,14

LEITOR 3: Na Bíblia encontramos muitas passagens que nos orientam

PARTILHA: ANIMADOR: São Paulo nos exorta

LEITOR 2: Na Criação recebemos tudo de graça e o que o Senhor pediu foi apenas que fôssemos fiéis ao Seu Plano de Amor.Uma das formas concretas dessa fidelidade é o dízimo.Ele não é uma invenção dos homens , mas um mandamento do nosso Deus.O dízimo é a palavra que transforma as pessoas por dentro e por fora.

a revermos a obrigação que temos de cuidar das coisas da Igreja. 1.O que ele quis dizer com “administram o que é sagrado” ? 2.Como podem os que servem a Igreja “viver do Evangelho”? Até onde vai nossa responsabilidade aí? PRECES: ANIMADOR: Peçamos ao Senhor que nos dê a coragem para nos desprendermos das coisas terrenas e o gosto pela oferta do dízimo . LEITOR 1: Para que Vossa Palavra nos ensine o caminho da libertação e da doação , rezemos TODOS: Senhor, sede nosso Caminho. LEITOR 2: Para que Vossa Palavra faça crescer em nós a solidariedade, rezemos TODOS: Senhor , mostrai-nos a Verdade LEITOR 3: Para que Vossa Palavra nos tire das trevas e do individualismo rezemos TODOS: Senhor , guiai a nossa Vida. TODOS: Deus Pai , Vós que tudo sabeis , fazei-nos sábios para que possamos usar com prudência , justiça , solidariedade e honestidade os bens que nos destes . Amém! ENCERRAMENTO ANIMADOR: Para nós que refletimos sobre o dízimo e sua importância, ficam algumas lembranças:o dízimo ajuda a nos conscientizarmos da nossa responsabilidade de cristãos ,influi na nossa autoestima , ajuda a administrar as prioridades da vida , faz aumentar em nós a confiança na providência divina. SEJAMOS DIZIMISTAS . Vamos com Deus e , saudemo –nos uns aos outros e até a próxima ,se Deus quiser. CANTO : Paz , paz de Cristo ....

informativo_-_setembro_-_ed_247_-_2011  

informativo_-_setembro_-_ed_247_-_2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you