Page 1

INFORMATIVO

Sã o V i c e n t e PUBLICAÇÃO MENSAL DA PARÓQUIA SÃO VICENTE FÉRRER - FORMIGA-MG

ANO XIX - Nº 248 - OUTUBRO de 2011

Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus

“É PRECISO SAIR DAS SACRISTIAS E IR AO POVO”

(PE. DEHON) “Discípulos de Pe. Dehon, queremos fazer da união com Cristo, no seu amor pelo Pai e pelos homens, o princípio e o centro de nossa vida” (Cst. SCJ 17) Entre em contato conosco: Pça. São Vicente Férrer, 27 - Centro - Caixa Posta 58 - 35.570-000 Formiga-MG - Fone (37) 3322-2131 E-mail: formiga.psvf@diocesedeluz.org.br

Aconteceu

Encarte- 08

Rádio Cor

106,5 FM

(37)3321-1977

Não sejamos individualistas, vivendo uma fé intimista, mas na missão de juntos construirmos a Igreja, coloquemo-nos como discípulos-missionários de Jesus Cristo. Bento XVI


02

Outubro de 2011

Editorial

PE. ALCEU LUIZ WEBER, SCJ

J

esus falou que veio para dar nos “vida em plenitude” (cf. Jo 10,10). Também a Igreja Católica no Brasil tem a Ecologia entre suas prioridades pastorais. Outubro é o Mês das Missões. A Igreja nos apresenta o tema “Missão e Ecologia” para nossa meditação e prática neste mês. O ser humano é apenas como um grão de areia na imensidão do universo. Todavia, somos um grão que guarda em si a vida e o amor. E quem ama, cuida. A natureza é nossa mãe! É possível alguém não respeitar sua própria mãe? Na verdade, falta-nos consciência ecológica. Devemos sim, cuidar melhor da mãe natureza. E ela agradece. O pôr do sol é tão lindo, isto é, quando olhamos para o que Deus criou ficamos estupefatos. Por outro lado, é tão triste olhar para o lixo que jogamos todos os dias em nossas ruas da cidade e da natureza. Hoje em dia é chic tratar bem a natureza. É muito mais chic ainda ter gestos concretos de cuidado com o meio ambiente: não jogar papel no chão, economizar água, não pisar na grama, não queimar capim seco... Uma norma bem simples e ao alcance de todos para cuidar do nosso planeta é praticar os 3 “Rs”: Reduza, Reutilize e Recicle! Assim, estaremos ajudando o meio ambiente e a nós mesmos. Mário Quintana dizia que o “segredo é não correr atrás das borboletas; é cuidar do jardim para que elas venham até você”. Ainda há tempo, cuide bem da natureza! INFORMATIVO

São Vicente Praça São Vicente Férrer, 27 - Formiga-MG CEP: 35.570-000 - Fone: (0xx37) 3322-2131 psvf@paroquiasaovicenteferrer.com.br Fundador: Pe. Cláudio Weber scj Data de Fundação: 01/10/1990 Editor Responsável: Pe. Aurélio Pereira, scj Digitação e Diagramação: Samuel Oliveira Pieroni Redação: Equipe Informativo São Vicente Tiragem: 10.000 - Distribuição: Gratuita Impressão: FUMARC - (0xx31) 3249-7400 As matérias disponibilizadas nesta edição são de responsabilidade de seus autores.

Sóbrio e sombrio JOSÉ LUIS DOS SANTOS Queria rir de mim mesmo, sem ouvir minha risada escandalosa. Queria ouvir a vida subindo uma escada que me desse acesso ao inimaginável. Jogar a toalha no chão e pedir ao juiz que acabasse com a luta, humildemente derrotado por meus descuidos. Ceder às pressões, algemar minhas emoções e calar minha mudez incontida. Dizer o que sou e amar o que gostaaria de ser. Eu queria, de repente, nada mais que “ser”. Queria amar o sujo, detestar o luxo, embriagar-me com a água que cai da cachoeira dos meus erros, enxugar minhas lágrimas debaixo dela, com um lenço que mal coubesse na palma da minha mão. Lançar-me no abismo, abrir minhas asas e voar rumo ao horizonte, perdido, agonizante, sorridente, amante... Queria conter minhas vontades, num breve instante de sobriedade, embriagado pela sensatez de amar quem não deve ser amado. Ver-me um com todos e ser o louco que nunca acham que sou ou já fui. Queria correr, suar, ganhar músculos até chegar a um ponto de não querer mais olhar-me no espelho. Queria ajudar a todos que me pedem um jornal para juntar dinheiro e, assim, comprar um bolo de aniversário, pipocas para estourar, arroz para matar a fome, guaraná para perder o gás, queria, talvez, sentir-me capaz. Subir numa motocicleta, sentir o vento me beijando, louco pela ironia de ser um amante que não pode amar. Entrar em ruas sem saída e não ter um GPS para me ajudar. Queria ouvir um bem-te-vi em pleno centro de uma grande cidade, ser um cachorro vira-latas debaixo da calçada de um Fórum de Justiça. Queria ser negro, branco, mameluco, mestiço... Queria ser tudo e perceber, ao final, que pouco sou.

Queria voltar atrás e não fazer nada daquilo que não fiz. Se não fiz, havia um motivo para isso, que fosse minha ignorância, minha má vontade ou meu desprazer. Queria andar sem saber aonde ir, queria encontrar alguém por aí, mesmo que esse alguém fosse eu mesmo, voltando de um momento de sombras e dúvidas, vivido na minha mais pura intimidade. Queria jurar aquilo que é difícil de cumprir, pedir sem vergonha da negação, julgar o rico em vez do pobre, ser mais eu do que qualquer outra pessoa que me ame. Vestirme normalmente, sem critérios, grife, orgulho ou opiniões de gente que nem conheço, com corpos maravilhosos, dizendo, sem nada dizer e sem me conhecer, que aquela marca é a melhor que eu poderia escolher. A beleza serve mesmo para ser contemplada e não para ajudar a pensar e “quase” ponto final. Queria amar sem limites, pegar o primeiro voo e ir para Angola, missionar minha incerteza de que gosto daqueles que de mim precisam, sem ter nojo das suas histórias. Queria ser eles, por alguns segundos apenas, porque eu não seria humano o suficiente para vestir-me com toda honra as suas humildes vestes. Queria acordar amanhã e saber que nem só de flechas vivem os índios e nem só de dó vivem os humanos mais abastados. Queria olhar o vínculo que existe entre mim e o desespero e ter a menor noção de que eu posso fazer algo por quem não pode fazer nada por mim. Queria ser eu, sempre... mais missionário, pouco sóbrio e menos sombrio. Blog do autor: http:// pesdomensageiro.wordpress.com.

CATEQUESE Nós crianças da catequese da Paróquia São Vicente Férrer plantamos esta árvore para simbolizar nosso compromisso de cuidar e proteger a natureza Sabemos como a natureza e tudo o que Deus criou é importante para a nossa sobrevivência e a sobrevivência de todas as pessoas. Propostas: Não queremos jogar lixo nas ruas, praças e rios, porque sabemos que isso é errado e vergonhoso pois a cidade é a casa onde moramos. Nós catequizandos da Paróquia São Vicente Férrer queremos dar bons exemplos e ensinar outras crianças a respeitar e amar a natureza. Nossa árvore será chamada de ‘’ÁRVORE DA VIDA”. Senhor Deus nós agradecemos tudo o que criastes. Muito obrigado!

ERRATA Informativo de setembro: Autores trocados; Texto da pág. 3- Confrontar nossas vidas com a de Cristo é de autoria de Túlio Marcos e o texto da pág. 4- Bíblia e Catequese é de autoria de Wanda Picardi


03

Outubro de 2011

JUVENTUDE! ESTA É A MINHA MISSÃO? MARQUINHOS COELHO

1 – Sta Teresinha do Menino de Jesus- Br 4,5.27-29; Sl 68; Lc 10,17-24 2- XXVII Dom. Comum- Is 5,1-7; Sl 79; Fl 4,6-9 3 - Bvs André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro e comps.- Jn 1,116;2,1.11; Cânt.Jn 2,2-5.8; Lc 10,25-37 4 – S. Francisco de Assis- Jn 3,110; Sl 129; Lc 10,38-42 5 – S. Benedito, O Negro- Jn 4,111; Sl 85; Lc 11,1-4 6 - S. Bruno- Ml 3,13-20; Sl 1; Lc 11,5-13 7 - N. S do Rosário- At 1,12-14; Cânt.Lc 1,46-55; Lc 1,26-38 8 - Jl 4,12-21; Sl 96; Lc 11,27-28 9 - XXVIII Dom Comum- Is 25,6-10; Sl 22; Fl 4,12-14.19-20; Mt 22,1-14 10 – Rm 1,1-7; Sl 97; Lc 11,29-32 11 - Rm 1,16-25; Sl 18; Lc 11,37-41 12 - N. S Aparecida Padroeira do Brasil- Est 5,1-2;7,2-3; Sl 44; Ap 12,1.5.13.15-16; Jo 2,1-11 13 – Rm 3,21-30; Sl 129; Lc 11,47-54 14 – S. Calisto I- Rm 4,1-8; Sl 31; Lc 12,1-7 15 – Sta. Teresa de Jesus- Rm 4,13.16-18; Sl 104; Lc 12,8-12 16 – XXIX Dom. Comum- Is 45,1.46; Sl 95; 1Ts 1,1-5; Mt 22,15-21 17 – Sto. Inácio de Antioquia- Rm 4,20-25; Cânt. Lc 1,69-75; Lc 12,13-21 18 - S. Lucas- 2Tm 4,10-17; Sl 144; Lc 10,1-9 19 - S. Paulo da Cruz- Rm 6,1218; Sl 123; Lc 12,39-48 20 – Rm 6,19-23; Sl 1; Lc 12,49-53 21 –Rm 7,18-25; Sl 118; Lc 12,54-59 22 – BV. Timóteo Giaccardo- Rm 8,1-11; Sl 23; Lc 13,1-9 23 – XXX Dom. Comum- Ex 22,2026; Sl 17; 1Ts 1,5-10; Mt 22,34-40 24 –Sto. Antônio Maria Claret- Rm 8,12-17; Sl 67; Lc 13,10-17 25 - Sto. Antônio de Sant’anna Galvão- Rm 8,18-25; Sl 125; lc 13,18-21 26 – Rm 8,26-30; Sl 12; Lc 13,22-30 27 – Rm 8,31-39; Sl 108; Lc 13,31-35 28 – S. Simão e S. Judas TadeuEf 2,19-22; Sl 18; Lc 6,12-19 29 - Rm 11,1-2.11-12.25-29; Sl 93; Lc 14,1.7-11 30 - XXXI Dom. Comum- Ml 1,14-2,12.8-10; Sl 130; 1Ts 2,7-9.13; Mt 23,1-12 31- Rm 11,29-36; Sl 68; Lc 14,12-14

O documento de nº 85 da CNBB: “Evangelização da Juventude”, é bem claro: “...Na juventude se encontram as sementes ocultas do Verbo. Entrar em contato com o divino da juventude é entender: sua psicologia, sua biologia, sua sociologia, sua antropologia com o olhar da ciência de Deus. O jovem necessita que falemos à ele de um Deus que é real dentro dele em seu modo juvenil de ser. A evangelização da Igreja precisa mostrar aos jovens a beleza e a sacralidade da sua juventude...” A cada momento, percebemos que os nossos jovens vêm à procura do novo. E este novo é a própria mensagem que nos foi imposta pelo Cristo, como diz São Paulo. Nós somos responsáveis pela MISSÃO DE EVANGELIZAR JOVENS. Porque o próprio jovem vem à procura deste novo que nada mais é do que o CRISTO RESSUSCITADO LIBERTADOR. Muitas vezes fechamos nossos grupos à novidade ou ao novo, com medo de perdermos nossa posição dentro deste grupo do qual participamos. O nosso egoísmo nos leva, muitas vezes, a não querer olhar para dentro do evangelho e vivenciá-lo. Justamente porque o próprio Jesus nos pede a maior das missões, no maior dos seus mandamentos, que está em Jo 15,12: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.” Quer missão maior

e mais linda do que esta, em podermos aprender a amar e perdoar, principalmente a quem menos desejamos? Se Cristo nos pede este amor, na sua totalidade, ele, então, não deve ser propagado apenas para alguns, e sim para MUITOS. A juventude quer passagem, sim, e é na sua totalidade e não apenas para um grupo pequeno de pessoas (jovens). Porque a missão do jovem é “EVANGELIZAR O JOVEM”! Esta é a grande proposta do Documento Evangelização da Juventude. Ter a juventude como uma prioridade da missão evangelizadora, é afirmar que se quer uma Igreja aberta ao novo. É amar cada vez mais a nossa juventude. “Amamos o jovem não só porque ele representa a revitalização de qualquer sociedade mas também porque amamos, nele, uma realidade teológica em sua dimensão de mistério inesgotável e de perene novidade.” (Evangelização da Juventude). Então, meus queridos, é hora de repensarmos os valores de nosso grupo, de cada um como pessoa. Estamos realmente sendo estes “JOVENS EM MISSÃO” que querem acolher uma juventude sedenta do amor de Cristo, que querem estar em Missão como Filhos de Deus? ou somos apenas jovens que se formam para si mesmos, não dando espaço para o “outro”, não acolhendo o outro

dentro da sua sacralidade, dentro do seu grupo de jovens? Afinal, Jesus jamais fechou o seu coração ao outro. A partir do momento que acolhemos Jesus em nossas vidas, acolhemos também o outro. Queridos, somos jovens em missão constante, não deixemos em que esta chama acesa pelo Divino Mestre se apague. Sejamos constantes missionários pois ser missionário significa decidir-se radicalmente pelo Reino de Deus. São Paulo, em sua carta aos Coríntios, dizia: “Anunciar o Evangelho é uma necessidade que se me impõe (I Cor 9,16). Que possamos colocar em prática as Palavras do Evangelho de Marcos: “Ide por todo o mundo e anuncia o evangelho a toda a criatura”. (Mc 16,15). Sejamos portadores da Boa Nova, e não nos fechemos em nosso mundinho de quatro paredes. Existe uma infinidade de jovens querendo conhecer também as palavras do Divino Mestre. Sejamos jovens que evangelizam jovens para fazer da nossa Igreja uma Igreja cada vez mais jovem e mais humana, tendo na sua centralidade a “SANTIDADE”. SE A JUVENTUDE VIESSE A FALTAR, O ROSTO DE DEUS IRIA MUDAR! Sugestão para leitura: DOCUMENTO Nº 85 da CNBB: “EVANGELIZAÇÃO DA JUVENTUDE”.

“JESUS O GRANDE MISSIONÁRIO DO PAI!” LURDINHA GOMES (Evangelho de S. joão)

O quarto Evangelho é, essencialmente, resposta à pergunta: “Quem é Jesus?” e à afirmação: “Jesus é o enviado do Pai.” Jesus não diz quem Ele é: diz donde vem e aonde vai. Jesus é aquele que vem do Pai e foi enviado por Ele: “ Dele venho e foi Ele que me enviou” (7,28). Vem ao mundo, enviado pelo Pai: “veio até os seus” (1,11). “”Tu me enviaste ao mundo” diz Jesus ao Pai (17,18) para recapitular a sua existência inteira.” Os discípulos chegam a conhecê-lo no momento em que alcançam saber que ele foi enviado: “eles conheceram que tu me enviaste” (17,25); da mesma maneira, Jesus se dá a conhecer ao mundo: “e assim o mundo creia que Tu me enviaste” (17,21). Alguém escreveu sobre a missão de Jesus: “no caso de Jesus, o que interessa não é a carta e ,sim, o próprio carteiro. Ele não traz carta: Ele é a carta. Ele não é mensageiro do Pai que traz uma mensagem do Pai: Ele é a mensagem”. O Pai não resolveu enviar presentes aos homens por intermédio de Jesus: envialhes o próprio Jesus. Ele se identifica com a sua missão; é o enviado e mais nada.

Toda a sua realidade consiste em desempenhar a função de intermediário, transmissor, comunicação entre o Pai e o mundo. Em Jesus, revela-se justamente o modo de ser humano que é o “ser missionário”. Em 17,18- lemos “Como me

enviaste ao mundo, assim eu os envio ao mundo.” E, após a ressurreição: “Como o Pai me enviou, assim eu vos envio” (20,12), o que quer dizer: “assim como o Pai me fez missionário, assim eu faço de vós missionários, transformo-vos em missionários.”

“O enviado de Deus se fez carne...” está no prólogo do Evangelho. A carne é a pessoa que vive e atua; a carne é a pessoa trabalhadora- já que o trabalho é a atividade própria do ser humano. O que é “trabalhar?” transformar o mundo, transformar os homens e pelos homens, também a natureza; é e exercer todas as forças humanas, mentais e corporais para produzir efeitos reais, concretos. E foi isto o que Jesus fez e faz. O missionário é um trabalhador que busca a eficiência, o resultado. Jesus transforma as pessoas e trabalha até conseguir esta transformação. Quando Jesus foi missionário do Pai? Quando Jesus trabalhou? Na cura do paralítico? Na multiplicação dos pães? Na conversa com Nicodemos? Ao ressuscitar Lázaro? – Sempre...sempre. “Meu Pai continua a trabalhar até agora, por isso eu também trabalho” (5,17). Que nós, missionários de hoje, tenhamos a consciência de que é nossa missão trabalhar pela “inovação da vida”, como fez Jesus; da vida do irmão, da natureza, do mundo em que vivemos.

Vista-se bem...para ser bem visto R. Barão de Piunhi, 53- Formiga Fone: 3322-1308 - Fax: 3322-1843


Outubro de 2011

COMEMORAÇÕES DO MÊS DE OUTUBRO RUY MARTINS

Neste mês de Outubro, em que celebramos o Mês das Missões, o Mês do Rosário e o dia da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, peço licença para lembrar e falar sobre dois santos muito importantes para nossa Igreja, que devem ser nossos exemplos de vida cristã e merecem nossa devoção e veneração. São eles: São Francisco de Assis (04/10) e Santa Terezinha do Menino Jesus (01/ 10). Todos nós conhecemos pelos menos um pouco da história de vida de Francisco de Assis, mas não custa relembrar quem foi ele e o que fez. Francisco nasceu Giovanni Bernardone na pequena cidade de Assis na região central da Itália em 1182. Filho de uma família muito rica, seu pai foi um grande comerciante da época, Francisco sempre foi um jovem inquieto, muito popular entre os amigos e que levava uma vida desregrada, regada a muitas aventuras, bebidas e festas. Em 1202 tornou-se soldado e durante uma guerra foi capturado e ficou preso. Ao sair viu-se muito doente e permaneceu assim durante longo período. Um belo dia, no entanto, Francisco foi tocado por Jesus Cristo e abriu os olhos para a necessidade de acolher e ajudar os mais

necessitados. Tomou uma decisão radical e resolveu abandonar tudo, família, riqueza e os prazeres para viver na extrema pobreza. Passou a ter uma vida itinerante junto à natureza, acolhendo os pobres e os leprosos, tão desprezados pela sociedade medieval, e pregando o evangelho. Numa época em que a espiritualidade, a religiosidade e até a própria Igreja encontravam-se em crise, Deus chamou Francisco para resgatar o equilíbrio espiritual e ser uma das colunas que passou a sustentar a Igreja. Ele fundou a Ordem dos Frades Menores que em pouco tempo tornou-se uma das maiores do cristianismo. Podemos destacar em sua vida, seu grande amor pela pobreza e pelos pobres, o amor à criação (natureza), a quem tratava por “irmãos” mas, sobretudo, uma vida intensa, de imitação literal de Jesus Cristo. Morreu em 1226 com o corpo cheio de feridas que

imitavam as chagas do próprio Jesus. Santa Teresinha viveu no século XIX. Nasceu em 1873 em Alençon (França) e morreu em Lisieux em 1897. Entrou para o convento das carmelitas, ainda bem jovem, aos 15 anos. Porém teve uma vida curta, pois faleceu aos 24 anos. Ela foi canonizada em 1925, é considerada a maior santa dos tempos modernos e foi proclamada doutora da Igreja por João Paulo II. Uma criatura fervorosa e de coração puro que viveu um intenso amor por Jesus, e que conseguiu atingir a plena maturidade da sua fé, apesar da pouca idade. Ela nos deixou uma preciosidade, um livro chamado “História de uma alma” no qual relata de forma minuciosa, histórias de sua vida de santidade e de amor a Jesus. Santa Teresinha é tida ainda como Padroeira das Missões. Recebeu este título em 1927 porque tinha um desejo muito forte de ser missionária. Procuremos imitá-los em sua vida de santidade.

desafiou os poderosos, inclusive seu próprio Pai, um rico comerciante de tecidos, fazendo com que se preocupassem com a pobreza, .Em pregações itinerantes, nos centros urbanos e desvinculado de núcleos religiosos fixos e instituições, buscou a igualdade e demonstrou que a alegria faz parte da fé. Recentemente, em Assembléia Geral da ONU, a Comunidade Internacional reconhece a necessidade de que se aplique ao crescimento econômico um enfoque mais inclusivo, equitativo e equilibrado, que promova o desenvolvimento sustentável, a erradicação da pobreza, a felicidade e o bem-estar de todos os povos”. Tantos séculos depois, uma Assembléia Internacional afirma, em resolução, que a Felicidade é importante e precisa ser medida na qualidade de vida de um povo, e mais: deverá fazer parte dos indicadores de eficácia nas polítcas públicas implantadas pelos governos.Francisco de Assis vivenciou esses principios, já no século XII, e

parece que previa a situação em que o Planeta se encontra hoje, em pleno século XXI!! A terra super-aquecida, degradada e “em dores de parto”... Francisco de Maria, Chico da Luzia, Kiko, Chiquinha, Chiquito. Chica da Carolina. Derivações de Franciscos e Franciscas... Retratam a devoção e a memória deste que foi exemplo de despojamento, do cuidado com a natureza e do povo simples. Que em cada família, de moradores rurais ou não, haja um Francisco, um Chico, que se preocupe com a natureza, os animais, e, principalmente, com a igualdade entre os humanos e que, como ele, saiba cantar: “Onde há dúvida que eu leve a fé, Onde há ódio que eu leve amor, Onde há ofensa que eu leve perdão, Onde há discórdia que eu leve =união, Onde há erro que eu leve verdade, Onde há desespero que eu leve esperança, Onde há trevas que eu leve luz, Onde há tristeza que eu leve alegria. Oh! Mestre! Que eu não busque tanto...”

“QUE EU NÃO BUSQUE TANTO...”

MARIA VITÓRIA RAMOS

Antes um pouco de Francisco, a história conta que a Europa vivia um período onde a espiritualidade era direcionada principalmente à prática dos monges que viviam enclausurados nos mosteiros, numa vida contemplativa. Era uma perspectiva pessimista e triste acerca da vida, como se a salvação fosse restrita a um pequeno grupo de eruditos, e os demais não tivessem esse privilégio. A partir desse jeito de pensar, a tendência era acreditar que os habitantes do céu eram, na maior parte, monges. Por volta do século XII, sinais de mudança começaram a se manifestar quando cresceu o otimismo para as coisas espirituais; as ações dos monges foram partilhadas com o povo simples, e a visão de um Deus benevolente acabou se sobrepondo à imagem de um Deus que pune e salva apenas alguns. Francisco é desse tempo e nasceu num período onde a abertura para uma nova proposta de caminhada era expressiva. Com seus exemplos,

CASA 505 Temos o presente que você procura pelo preço que você deseja.

Fone: 3321-2877

04

BOAS NOTÍCIAS DA CASA DIVINA MISERICÓRDIA Como é do conhecimento dos leitores deste nosso Informativo, a Paróquia São Vicente Férrer mantém uma casa de recuperação para dependentes químicos, desde 07 de Julho de 2010. Está situada na localidade de Padre Doutor, num imóvel cedido pela Prefeitura, em vias de transferência para a Associação Dom Couto, criada pela Paróquia para esta missão tão desafiadora. No dia 22 de Agosto, Pe. Aurélio celebrou, com os acolhidos daquela comunidade, a conclusão da terapia de um dos recuperandos, atendeu em confissão a todos, e marcando, com esta celebração, a ação de graças de todos os benfeitores e dirigentes desta instituição. É que se tinha conseguido algumas melhorias bastante significativas na obra: uma cobertura metálica do local de refeição dos acolhidos e a conclusão dos banheiros sociais. Agora se espera a entrega do veículo Gol que a Casa recebeu através de um deputado estadual, para os próximos dias. Isso permitirá uma prestação de serviços ainda mais eficiente. Outra conquista é a contratação de um psicólogo para o atendimento dos candidatos e dos internos. Para isso, será necessário contar com um apoio ainda maior da comunidade formiguense, para manter esse serviço terapêutico. Espera-se, inclusive, a participação dos católicos das demais paróquias da cidade, através do Dízimo social ou da inscrição como benfeitores mensais (através do telefone (37) 3322-3991). Assim se poderá avançar, ainda mais, rumo ao apoio que os dependentes químicos precisam e merecem para sua recuperação. CONTAMOS COM TODOS OS DE BOA VONTADE!

Minas Comercial Materiais de Construção Ltda Rua: Av. Guiomar Garcia Neto, 205, Centro

Fone: 3322-2960


05

Outubro de 2011

ANDRÉ LUIZ SILVA Atualmente, tem sido muito comum entoar os responsórios em nossas liturgias. Isso é excelente, pois os salmos, de fato, devem ser sempre cantados, respeitando-se, é claro, as orientações pertinentes para bem o fazer. O que muitos talvez não saibam é que o responsório não é o canto mais importante na Liturgia da Palavra, mas sim o canto de aclamação ao Evangelho. E por quê? Simplesmente porque no Evangelho é o próprio Jesus quem nos anuncia a boa-nova para nossa vida. É a Palavra da Salvação! Imagine se pudéssemos estar em cada uma dessas passagens que o Evangelho nos descreve, e que tivéssemos a missão de “fazer o acolhimento”, através de uma música, para o seu discurso. Como o faríamos? Penso que seria um motivo de grande honra e certamente um momento de grande alegria não só para

“Aclamai o Senhor Deus!” o Ministro de Música, mas também para todo o povo presente. Ora, temos o privilégio de poder fazer isso todos os dias do ano (exceto na sexta-feira santa): sermos “préanunciadores” do Cristo, quando cantamos para aclamar ao Evangelho. Por isso, há algumas orientações sobre a melhor maneira de se entoar este canto em nossas celebrações. Segundo a Instrução Geral sobre o Missal Romano, sempre deve conter o “Aleluia” exceto no Tempo Quaresmal. Isso porque essa palavra, que vem do hebraico (Hallelu-Jah), significa “louvai ao Senhor!”, expressão muito adequada para este momento litúrgico. “É cantado por todos, de pé, primeiramente pelo grupo de cantores ou cantor, sendo repetido, se for o caso; o versículo, porém, é cantado pelo grupo de cantores ou cantor”. (IGMR, nº 62)

Já a melodia precisa ser alegre e festiva, curta, indo da mesa principal até a mesa demonstrando uma verdadeira alegria em da Palavra). Para essas ocasiões, fica saudar o Senhor que nos falará. Para bem um canto menos “apoteótico” e tanto, vale o uso de todos os mais solene, mas sem nunca perder a instrumentos possíveis, inclusive os de alegria em acolher o Cristo Jesus que percussão, sempre lembrando que é a nos fala no Evangelho. voz que carrega a mensagem da música e, portanto, é esta que deve sobressair. A CNBB recomenda que se repita o VOCÊ SABIA? “Aleluia!” após a Proclamação do Evangelho, como já ocorre em alguns EVANGELIÁRIO é o livro que lugares. Também é importante lembrar contém os trechos dos evangelhos que muitos cantos contêm “Aleluia”, mas para os domingos e festas do Ano nem por isso são adequados a aclamar o Litúrgico. É levado no início da Evangelho. O ideal é cantar o refrão do celebração e mantido sobre o altar “Aleluia”, um solista entoar a antífona do até o momento de aclamação ao dia (normalmente um versículo do Evangelho, quando é feita uma Evangelho a ser proclamado), seguido breve procissão até a Mesa da novamente do refrão, para encerrar. Palavra. Finalizando, lembro que há celebrações Leia mais em: http:// com caráter mais solene, nas quais se novocaminholiturgia.blogspot.com costuma fazer, durante o canto, a procissão do Evangeliário* (normalmente

ESPAÇO INFANTIL

Missionários de Cristo

Intenções do Papa Bento XVI para 2011

Quer ser um (a) pequeno (a) missionário? Então, siga os passos de quem te ama incondicionalmente: Jesus Cristo!

Outubro 2011

Geral: Doentes terminais Pelos doentes terminais, para que os seus sofrimentos sejam aliviados pela fé em Deus e pelo amor dos seus irmãos.

Missionária: Crescimento da ajuda às missões Para que a celebração do Dia Mundial das Missões faça crescer no povo de Deus a paixão da evangelização assim como o apoio a toda a actividade missionária, pela oração e pela ajuda económica às Igrejas mais pobres.


Outubro de 2011

Pastoral do Batismo

Batizados nas Comunidades Matriz no 2º e 4º Domingos às 09:30h Santo Antônio no 3º Sábado às 19:00h N. S. Lourdes no 2º e 4º Domingos às 08:00h Santa Luzia no 1º Sábado às 19:00h Imaculada no 3º Domingo às 08:00h São Geraldo no 3º Domingo às 09:00h Rosário no 3º Domingo às 17:00h

Encontro para Pais e Padrinhos em Outubro Dias 11 e 12 Rosa Mística 5ª e 6ª Feira às 19:00hs Dias 20 e 21 Imaculada Conceição Sábado às 14:00hs e Domingo às 09:00hs Dias 24 e 25 Santa Luzia 4ª e 5ª Feira às 19:00hs

Obs: Mães, procurem fazer o encontro antes do nascimento de seu bebê, para seu maior proveito e comodidade e, se possível, procurem não levar crianças.

RETARDE O

FARMÁCIA

de Deus Deus

LÚCIA GIAROLA

06

ENVELHECIMENTO.

“BENDIZE, OH MINHA ALMA, O SENHOR E JAMAIS TE ESQUEÇAS TODOS OS SEUS BENEFÍCIOS.”(SALMO 102,4)

No Centro de Convenções do Parque Anhembi em São Paulo, foi realizado o XIX Congresso Internacional de Estética com Feira de Estética 2011. Entre as novidades, aparelhos ultramodernos para tratamento de pele e pesquisa sobre a combinação de células tronco extraídas do próprio corpo para preencher rugas e deformações do rosto. Foi mostrado, também, que estão em evidência tratamentos naturais com muito sucesso. Por ser simples e barato, o tratamento pode ser feito em casa, o que libera autoestima e estimula a pessoa a se cuidar e viver bem. Destacaram, também, que a alimentação ajuda a combater rugas e manchas, retardando o envelhecimento. É preciso, porém, haver mudança de hábitos alimentares.

Eis os alimentos que foram citados como coadjuvantes para evitar rugas e envelhecimento precoce. Abóbora: tem vitaminas essenciais para a pele que aceleram a cicatrização e revertem o envelhecimento; Açaí: tem antioxidantes que alinham as fibras de colágeno e protegem a pele contra radicais livres; Atum e peixes de água fria: contêm ômega 3 que retarda o envelhecimento e reduz linhas de expressão; Castanha do Pará: o que faz dela ótima aliada no combate às rugas e ao envelhecimento é vitamina E e o selênio, mineral com excelentes propriedades antioxidantes; Iogurte natural: é rico em cálcio, por isso ajuda a manter a saúde dos músculos, fortalecendo, inclusive, a pele; Romã: é a vedete do momento quando se fala em manchas e rejuvenescimento, pois contém ácido elágico, um antioxidante com poder de clarear a pele; Soja: por conter isoflavona evita que a pele se torne fina, fator que favorece rugas; Tomate: rico em licopeno, protege a pele contra os efeitos nocivos dos radicais livres, prevenindo manchas, rugas e flacidez; Uva: é riquíssima em substâncias antioxidantes, principalmente resveratrol (antienvelhecimento); Azeite extra virgem: uma colher de chá em jejum hidrata músculos e órgãos; Água: é preciso hidratar o corpo ( 8 copos diários);

OUTRAS ORIENTAÇÕES Evitar stress, liberar o corpo de toxinas e controlar o sono, pois esses são fatores que geram radicais livres que acarretam envelhecimento precoce. É importante, também, evitar óleos hidrogenados, gordura trans, óleos vegetais polinsaturados, pois causam inflamação. Foi salientado o benefício do azeite extra virgem para o combate de rugas. Evitar alimentos que provocam aumento de açúcar no sangue e possibilitam a produção de insulina, como alimentos industrializados cheios de açúcar, amido e conservantes que causam inflamação. O sol em excesso, falta de exercício e poluição envelhecem o corpo. É preciso favorecer o corpo para viver bem. Próximo assunto: meios de cuidar do corpo com receitas naturais. Aguarde.

Procurem sempre orientação de um especialista em saúde!

Viação Campo Belo Transportes de passageiros, cargas, encomendas e turismo Formiga São Paulo B.Horizonte Campo Belo


07

Outubro de 2011

DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES DE OUTUBRO ABILIO RIBEIRO DA SILVA NETO ADALTON BORGES LEAL ADERLA VILMA SOUTO ADRIANE CRUZ DA SILVA AFONSO DIAS RIBEIRO AIDA DA COSTA SILVA ALBERTINA VIEIRA DA SILVA ALBERTINO DE PAULA DA SILVA ALDETE TEIXEIRA ALESSANDRA APARECIDA FARIA SILVA ALESSANDRO GERALDO RAMOS ALEX RIBEIRO DE FARIA ALEXANDRE BATISTA DA SILVA ALVARINA DE FARIA ALVINA MENEZES VAZ AMBROSINA ALVES DE OLIVEIRA AMELIA GONCALVES PEREIRA AMELIA ROCHA GOMES AMIR SANTOS ANA CARLA DE CASTRO CUNHA ANA LUCIA FELIPE DE SOUZA ANA MARIA DE CASTRO GOMES ANA MELO DE OLIVEIRA ANA MOREIRA BARBOSA ANALICE DE JESUS SANTOS ANDREA APARECIDA ELIAS ANTONIA RODRIGUES SILVA ANTONIO EUSTAQUIO ALMEIDA ANTONIO MAGELA CARVALHO GARCIA ANTONIO MARCAL RODRIGUES ANTONIO SERAPIAO MENDONCA ANUAR TEODORO ALVES ARNALDO BARBOSA ARTHUR CHALTEIN DE ALMEIDA RIBEIRO ARTUR APARECIDO SILVA AUCELIA NOGUEIRA LIMA AURECY ELENA TOSCANO BARBARA VIEIRA BELMAR SARAIVA DANTAS BENITO PEREIRA BRUNO APARECIDO SOARES CAMILO JOSE FERREIRA CARLA RODRIGUES GOMES MENDONCA CARLAMARA DE CASTRO MALTA SANTOS CAROLINA GONZAGA RODOLPHO CELIA ALVES ALMEIDA CIDINHA CASTRO E CAMPOS SEGUNDO CINTIA SORAGGI STHOLER CLARA CECILIA DE ALMEIDA CLAUDIA BEATRIZ DALARIVA PACHECO CLAUDIA ROGERIA CRUZ CLAUDIO GERALDO SILVA CLAUDIO MAGNO MENESES CLELIA ARANTES MOURA SILVA CLEUSA MARIA DO ROSARIO TEIXEIRA DAGMAR F. LIMA DAMASCENO DAMIANE CORDEIRO COSTA DANIEL GERALDO DA FONSECA DANIELLA CAROLINE SOUZA DELMA COUTO PIRES DELMAR SILVA DOUGLAS BARBOSA MARTINS EDNA MARIA MOREIRA FELIX EDNA MARIA PEREIRA EDSON MARCOS PINTO EDSON RIBEIRO EDWIRGES ANTONIA ALVES ELAINE CRISTINA DE CASTRO ELAINE MARIA DE MORAES SOARES ELIDA APARECIDA SILVA TAVARES ELISA XAVIER DA SILVA ELIZANE DOS SANTOS RODRIGUES CASTRO ELIZANGELA APARECIDA FERREIRA ELZA DE ALMEIDA COUTO EMERSON LUIS DA COSTA FARIA EMERSON SILVA ENI LUCIA DE LIMA ENI LUCIA DE LIMA EUGENIO VILELA JUNIOR EXPEDITO CANDIDO DA SILVA EXPEDITO LUIS DA COSTA FABIANA APARECIDA DE FARIA FERNANDA SOUTO COSTA SOARES FERNANDO DA SILVA FONSECA FRANCISCA DOS SANTOS MELO FRANCISCO DE PAULA ALMEIDA FRANCISCO NAIM DE ASSIS GASPAR DE MORAES GERALDA FONSECA SILVA GERALDINA BRITO GERALDO ELIAS DE SOUZA GERALDO VECCI GIANE MARIA DO N. NEPOMUCENO GISANE DE MELO FARIA LOPES GISLENE APARECIDA DA SILVA GLAUCIA DO ROSARIO MEND. OLIVEIRA GLEIDES COSTA VAZ DE OLIVEIRA GUILHERME AUGUSTO PEREIRA GUILHERME DOS SANTOS GUILHERME RIBEIRO MACEDO HELDER ALVES PINHEIRO HELENA RAIMUNDA DE OLIVEIRA HENRIQUE CESAR FONSECA HILDA DE CARVALHO HORTENCIA ARANTES SILVA RIBEIRO ICLEA FRADE IEDA DE SOUZA CANTO IRAFRAN FERREIRA IRANY RODRIGUES MOURA

ISABEL MARIA DA SILVA DE FARIA ISAURA BOTTREL ISMAIL LIDIA GOMES ISRAEL RODRIGUES FERREIRA ITAMAR ROCHA IVONE APARECIDA DOS SANTOS JACIRA MORAES CARDOSO JAIME EUSTAQUIO DOS SANTOS JANDIRA CLARA DE PAIVA JANE MARIA DAS NEVES RANGEL SOUZA JANICE MARIA DA CUNHA JAQUELINE AZEVEDO GONCALVES JAQUELINE OLIVEIRA AZEVEDO JESUS JOSE TEODORO JOAO ANTONIO EUFRAZIO JOAO CRISPIM DA SILVEIRA JOAO DA SILVA JOAO JOSE DE SOUZA JOAO PAULO LIMA DAVI JOSE AGNALDO DA SILVA JOSE ANTONIO COSTA JOSE ANTONIO DA CUNHA JOSE CARLOS VELOSO JOSE FERREIRA ALVES JOSE GERALDO DA CUNHA JOSE GERALDO DOS SANTOS JOSE GERALDO PINHEIRO JOSE HONORIO SIMOES JOSE JULIO ROCHA NETO JOSE LOPES JOSE LUIZ DE OLIVEIRA GONCALVES JOSE MARIA MONTEIRO JOSE MARINHO SILVA JOSE NIVALDO BARBOSA JOSE PEDRO DE ASSIS JOSE ROBERTO VIEIRA JOSELY LIMA JOSIANE MARIA DE MELO JUAREZ LUIZ DE FARIA JULIANA MARIA OLIVEIRA SATIL JULIANA SOARES DO NASCIMENTO JULIANO LUIS DE OLIVEIRA E MONICA JULIO CESAR GONCALVES JULIO CESAR RIBEIRO DE ANDRADE JUNIA SILVA GARCIA JUSSARA GONZAGA DIAS KATIA FREITAS PEREIRA KELLY CRISTINA MARTINS SILVA KENIA CANDIDA PEREIRA LAIS LACERDA E SILVA LAURA MARIA PIRES LAVINIA FRANCISCA DO COUTO LAVINIA PEREIRA LOPES LEANDRA ALCANTARA LEANDRO ANTONIO VILELA CAMPOS LEILA AMALIA CUNHA LEILA MARIA DE PAULO RIBEIRO LENIMARES RIBEIRO BORGES LEOMAR JOSE DE SOUZA LEONARDA GARCIA DE CARVALHO LIDIANE APARECIDA FARIA OLIVEIRA LILIANE FRADE FERREIRA LINDEIA ANTONIA DE SOUSA LISIENE SOARES CARNEIRO LUCAS CAETANO LEAL LUCAS DE MELO MENDONCA LUCIANA CRISTINA CAMARGOS VELOSO LUCIANA RODRIGUES DE MOURA LEAO LUCIANO SOUZA ROSA LUCILA NASCIMENTO LUCIMAR APARECIDA DAMASCENO SILVA LURDINHA FONSECA LUZIA DE FARIA CARLOS LUZIA LOPES FERREIRA LUZIA MARCAL ALMEIDA MANOEL MESSIAS PEREIRA MARCELO CORREA DA SILVA MARCIO JOSE DA SILVA MARCIO JOSE MONTEIRO MARCOS ANTONIO DE MENESES MARIA ALBERTINA ROCHA MARIA ANITA FERREIRA DE SOUZA MARIA APARECIDA DA SILVA CUNHA MARIA APARECIDA DE MELO MARIA APARECIDA DE SOUZA NASCIMENTO MARIA APARECIDA FARIA MARIA APARECIDA FERREIRA MARIA APARECIDA FONSECA GARCIA MARIA APARECIDA LOPES FARIA MARIA APARECIDA PALHARES FERREIRA MARIA APARECIDA TEIXEIRA MARIA APARECIDA TERRA MARIA AUXILIADORA FERREIRA MARIA CARLINDA CAMPOS NUNES MARIA CLEUSA DA FONSECA MARIA DA CONCEICAO ALMEIDA CAMARA MARIA DAS DORES DA SILVA MARIA DAS DORES FERREIRA MARIA DAS DORES MORAES NERY MARIA DAS GRACAS PEREIRA DE SOUZA MARIA DE LOURDES DA SILVA MARIA DE LOURDES PEREIRA MARIA DO CARMO ARANTES COSTA MARIA DO CARMO SANTOS MARIA DO ROSARIO ALVES ROCHA MARIA DO ROSARIO DE POMPEIA ARAUJO MARIA DO ROSARIO PEREIRA

MARIA EMILIA RODRIGUES S. SILVA MARIA EULALIA GONZAGA DIAS MARIA FATIMA CASTRO FONSECA MARIA FERNANDES DE OLIVEIRA MARIA HELENA OLIVEIRA MARIA HILDA DE MENEZES MARIA IMACULADA BORGES BASILIO MARIA JACINTA MORAIS BARBOSA MARIA JOSE DA SILVA LEITE MARIA JOSE DE ALMEIDA MARIA LUCIA GONDIM MARIA LUCIA RODRIGUES MARIA MADALENA DE ASSIS MARIA MARTINS FERNANDES MARIA OLINDINA MENEZES DA CUNHA MARIA RAIMUNDA DE OLIVEIRA MARIA ROSARIA COSTA SILVA MARIA ROSARIO COSTA PEREIRA MARIA SOARES DA CUNHA MARIA TEREZINHA DE SOUZA MARIA VITORIA DE PAULA MARIANGELA PORTELA LIMA MARILENE TEIXEIRA DE MENEZES MARLENE CAMILO DA SILVA MARLENE MARIA DUTRA DE ARAUJO MARLI APARECIDA LEAL MARLI DA CONCEICAO NEVES MARLI DA SILVA MARLIZA GOMES REIS MAURI DO ROSARIO DE OLIVEIRA MESSIAS ALMEIDA DE OLIVEIRA MESSIAS CAETANO LEAL FILHO MESSIAS MORAES MICHELY DA COSTA SILVA MILTA CARDOSO MILTON DE MOURA MIRELA DA COSTA SILVA MIRIAN CANTO DE CASTRO MIRIAN TAGLIAFERRI MENEZES BELCHIOR MONICA HIGINA DE OLIVEIRA MONICA PAIM MOZART JOSE DA CUNHA NADEJE P. ARAUJO NAIR SILVA FERREIRA NATALIA APARECIDA DA SILVA NATALIA SILVA MOURA NEIDE APARECIDA RODRIGUES PEREIRA NEIDE DE FATIMA PEREIRA NEIDE MARIA CASTRO DE PAULA NEISA AUGUSTO NELCI R. SILVA NELMA LOPES NUNES NEUZA COELHO DA COSTA NEUZA MARTINS DA SILVA NEUZA ROSARIA SOUZA COUTO NEUZA SOARES SANTOS NOEMIA RODRIGUES DA SILVA OLAVO CAMARGO OLAVO CARDOSO FREIRE OLGA VIEIRA ARAUJO OLINDA MARIA BORGES LIMA OLIVIA MARIA MONTEIRO OLIVIA ROSA PACHECO OSVALDO FERREIRA DE MELO PAMELA APARECIDA LIMA PATRICIA CRISTINA DE MENESES PATRICIA CRISTINA OLIVEIRA PATRICIA MARIA DOS SANTOS PAULO CESAR INOSTROSA PAULO GONCALVES LIMA PAULO MARCIO GOMES DAVID PAULO VINICIUS SILVA PEDRO NOGUEIRA DE MENDONCA RAFAEL SOUTO GUIMARAES REINALDO DA SILVA RAMOS REJANE DE OLIVEIRA NUNES RENATO CESAR DA SILVA ANDRADE RENATO DE SOUZA JUNIOR RENATO GARCIA ROSA ROBERTO CARVALHO ROBSON DE CASTRO FERREIRA ROGERIO GUIMARAES PORTO RONALDO ROBERTO REIS ROSA APARECIDA FERNANDES ROSALIA APARECIDA CASTRO RIBEIRO ROSALINA RITA DE SOUZA ROSAN FATIMA DE SOUZA ROSARIA FATIMA SANTOS PEREIRA ROSELI DOS SANTOS RIBEIRO ROSELI MARIA DA SILVA ROSEMAYRE SANTOS ELIAS ROSIANE APARECIDA BARBOSA ROSIMEIRE SILVA MOURA RUI SOBREIRA DA SILVA SABRINA PARREIRA MELO SANDRA MARA DA SILVA SANDRO JOSE DA CUNHA SARAH SILVEIRA DA COSTA SEBASTIAO ALVES SILVEIRA SEBASTIAO ELIAS DE SOUZA SEBASTIAO FERRAZ SEBASTIAO PIRES VIANA SILMA DE OLIVEIRA PACHECO SILVIO EDUARDO FAVARINI SIMONE AMELIA SANTOS LOPES SIMONE TEIXEIRA ROCHA MENDONCA SOLANGE DE FATIMA VALADAO SONIA REGINA LEMOS SUELI DOS REIS SILVA

SUELI DOS REIS SILVA SUELI OLIVEIRA MARIANO TERESA RIBEIRO TEIXEIRA TEREZINHA APARECIDA SILVEIRA OLIVEI TEREZINHA DOS SANTOS CARVALHO TEREZINHA VESPUCIO DA SILVA VALERIA APARECIDA SILVA VANI DE SA VANIA APARECIDA DA SILVA VANIA MARIA FERREIRA ALVES VANIA MARIA FERREIRA ALVES VICENTE CARLOS DOS SANTOS VICENTE DE SOUZA VICENTE JOSE DA FONSECA

VITOR SIDNEY CASTRO MENESES VITORIA MARIA MENESES WALDESIO JOAO VIEIRA WALDIR TEODORO DE MELO WANDER BATISTA SOARES WANDERLI DE CASTRO JUNIOR WILSON DA SILVA WILSON DE PAULA FONSECA WIRLEY ANTONIO DA SILVA E SIMONE ZAIRA APARECIDA COSTA TEIXEIRA ZELINA SILVA LAUDARES ZILDA DUARTE DAMASCENO ZILDA MARIA ALMEIDA ZILEIA APARECIDA COUTO ALVES

É bom lembrar!!!

Agenda Paroquial de Outubro

Data 01

S

02

D

03

S

04

T

05

Q

06

Q

07

S

08

S

09

D

10

S

11 12

T Q

13

Q

14 15

S S

16

D

17

S

18 19

T Q

20

Q

21 22

S S

23

D

24

S

25

T

26

Q

27

Q

28 29

S S

30

D

31

S

Hora 20:00 05:00 07:00 08:00 09:00 14/15 17:00 16/18 18:00 19:30 19:30 19:30 20:00 19:30 09:30 19:30 19:00 19:30 19:30 18:00 19:30 20:00 19:30 19:30 19:30 19:30 14:00 13:00 09:00 09:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 18:00 19:30 09:00 15:00 14:00 07:00 09:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 07:00 19:30 19:30 19:30 19:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:00 18:00 19:30 20:00 20:00 19:15 14:00 20:00 09:00 08:00 19:30 19:30 18:00 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:30 19:00 19:30 19:30 18:00 19:30 19:00 19:00 13:30 09:00 -

Local

Atividade

Responsável

Conselho Central São Vicente Férrer MCC: Ultreya Santa Luzia: Oração das 500 Ave- Marias XXVII Domingo do Tempo Comum SANTO ANJO DA GUARDA (Raiz) Congregados Marianos (Participação na Missa) e reunião Imaculada: Missa da Catequese Santa Luzia: Conferência Vicentina Confraria do Rosário: Adoração do SSmo. e reunião Divina Misericórdia: Missa Irmandade SSmo: reunião e adoração/ participação Missa Rosário: Reunião dos MEP EAC: Reunião semanal (N. Sra de Lourdes) Santa Luzia: Reunião dos Coroinhas Santa Luzia: Grupo de Oração PAst. do Dízimo: reunião do Dízimo Imaculada: celebração setorial Dehonianos: Reunião Setor 4 Santa Luzia: Conferência Vicentina ECC: reunião semanal Past. Criança: Reunião Mensal- Coord. Comunidades Santa Luzia: reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Jovens Irmandade SSmo: Adoração e participação da Missa EAC: reunião semanal N. Sra. de Lourdes: reunião da Conferência MESC: Reunião mensal Past. Batismo: Encontro de preparação p/ pais e padrinhos Rosário: Volta da imagem para a Igreja NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO (Rosário) Semana Nacional da Vida e Dia do Nacituro Past. Batismo: Encontro de preparação p/ pais e padrinhos Rosário: Missa de N. Sra do Rosário: Festival de tortas Past. Familiar: Dia do Nascituro MDJ: Passeio MEP: Finalizar o Estudo sobre Atos Vicentinos: Reunião com os Conselhos Centrais (Diretoria) CCA, CJ, ECAFO e DECOM MESC- Comunidaes Rurais XXVIII Domingo do Tempo Comum MDJ: Passeio Santa Luzia:Conferência Vicentina N. Sra. de Lourdes: Reuniaõ da Diretoria Administrativa Santa Luzia: reunião dos Coroinhas EAC: reunião semanal Santa Luzia: Grupo de Oração NOSSA SENHORA APARECIDA (Baiões) Santa Luzia: Conferência Vicentina ECC: reunião semanal Santo Antônio: Reunião dos MESC Santa Luzia: Reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Jovens Irmandade do SSmo: Adoração e participação da Missa EAC: reunião semanal N. Sra. de Lourdes: reunião da Conferência

Rio de Janeiro Casa Pastoral Igreja Sta. Luzia

Vicentinos MCC: Cursilho

Matriz

Congreg. Marianos

Salão/ Sta. Luzia Igreja Matriz Divina Misericórdia Sala do ECC Salão Igreja N. Sra de Lourdes Igreja/ Sta Luzia Igreja Sta. Luzia Salão Paroquial Salão/ Imaculada Lavras Igreja Sta. Luzia Salão Paroquial Santo Antônio Igreja Sta. Luzia Igreja Sta. Luzia Igreja/ Matriz Salão Paroquial Salão/ N.S Lourdes Salão Paroquial São Vicente Férrer (Coord. Liturgia)

Vicentinos Florentina

São Vicente Férrer Igreja N. Sra. Rosário Matriz

Past. do Batismo Liturgia/ Coord. Past. Familiar Naiara

Casarão

Formiga

Salão Paroquial

Lourdinha Gomes

Imaculada: Reunião com os coroinhas Rosário: Celebração da Vida XXIX Domingo do Tempo Comum DNJ- Dia Nacional da Juventude (Diocese) Santo Antônio: celebração da Vida (Past. da Criança) Confraria do Rosário: Participação Santa Luzia: Conferência Vicentina Sto. Expedito: Celebração regional (setor) N. Sra. de Lourde: Celebração do Setor EAC: reunião semanal N. Sra de Lourdes: Celebração do Setor Satna Luzia: Grupo de Oração CPAE- Reunião do Conselho Econômico CPE Sto. Expedito: reunião da Catequese Santa Luzia: Conferência Vicentina ECC: reunião semanal Past. Batismo: Encontro de preparação p/ pais e padrinhos Sto. Expedito: CCE: reunião do Conselho de Evangelização Sto. Antônio:CCE Reunião do Conselho de Evangelização Past. Familiar: reunião mensal Santa Luzia: reunião dos MESC Santa Luzia: Grupo de Jovens Santa Luzia: reunião do CCE- Conselho C. de Evangelização MCC: Cursilho- 4 reunião do GED Irmandade SSmo: Adoração e participação da Missa EAC: reunião semanal Pastoral da Acolhida: reunião mensal N. Sra de Lourdes: reunião da Conferência Past. do Batismo: Encontro de preparação para pais e padrinhos Imaculada: Reunião dos MESC Santa Luzia: Pastoral da Criança Santa Luzia: reunião da Pastoral da Acolhida Terço Vocacional XXX Domingo do Tempo Comum Past. Dízimo: Domingo do Dízimo Santa Luzia: Conferência Vicentina Past. da Criança: de 23 a 29 comemora a semana do líder Catequese: Retiro Espiritual para catequistas Missão Jovem Vox Dei: Missa Festiva de Aniversário Missão Missa Vocacional Rosário: Reunião do CCE Vicentinos: reunião do Conselho Central/ Cons. particulares Primeiro Aniv. Missão Jovem Ministério Música, Equipe de Liturgia Curso de Atualização Teológico- Past. do Clero( de 24 a 27) EAC: reunião semanal: N. Sra de Lourdes Santa Luzia: Grupo de Oração Sto. Expedito: reunião dos MESC Catequese: reunião com as coord. da Catequese Paroquial N. Sra. Lourdes: reunião do CCE; Conselho Com. Evangelização Santo Antônio: Reunião da Equipe de Liturgia Santa Luzia: Conferência Vicentina ECC: reunião semanal Past. do Batismo: Encontro de preparação para pais e padrinhos Santa Luzia: Grupo de Jovens Santa Luzia: reunião dos MESC Irmandade SSmo: Adoração e participaçãoda Missa EAC: reunião semanal N. Sra. de Lourdes: reunião da Conferência Past. do Batismo: Encontro de preparação para pais e padrinhos Missa na Matriz- Pastoral da Criança (Semana do Líder) Ministério de Música Litúrgica: Oficina p/ Advento e Natal MDJ: Passeio Catequese: 6º Módulo Formação Diocesana p/ catequistas XXXI Domingo do Tempo Comum MDJ: Passeio Catequese: 6º Módulo Formação Diocesana p/ catequistas Santa Luzia: Conferência Vicentina EAC: reunião semanal: N. Sra. Lourdes

Imaculada Salão da Igreja

Ângela Past. da Criança

Formiga (Vicentão) Santo Antônio Missa/ Matriz Igreja/ Sta. Luzia Setores/ Sto. Exp. Setores/ N.S. Lourdes N. Sra. de Lourdes N. Sra. de Lourdes Igreja/ Sta. Luzia Casa Paroquial Salão Paroquial Sala/ Sto Espedito Igreja/ Sta. Luzia Salão Paroquial Igreja Sto. Antônio Sala/ Sto. Expedito Salas Reuniões

Pe. João Alysson Maria

Igreja/ Sta. Luzia Sala/ N. Sra. Lourdes Igreja/ Sta. Luzia N. Sra. de Lourdes Igreja/ Sta. Luzia Igreja/ Sta. Luzia Salão Paroquial Igreja/ Sta. Luzia Igreja/ Sta. Luzia Igreja Matriz Salão Paroquial Salão/ N. S Lourdes

Igreja/ Santa Luzia Igreja/ Santa Luzia Igreja/ Santa Luzia Casa Pastoral Igreja/ Matriz Salão Paroquial Salão Paroquial Salão/ N. S de Lourdes Igreja Sto. Antônio Igreja Imaculada Escola Pio XII Igreja Sta. Luzia Comunidades Igreja/ Sta. Luzia Igreja/ Matriz Matriz Salão Igreja Piumhy N. Sra. de Lourdes Sala de reuniões Igreja/ Sta Luzia Salão Paroquial Salas/ N. S Lourdes Sala de reuniões Igreja/ Sta. Luzia Salão Paroquial Santo Expedito Igreja Sta. Luzia Igreja Sta. Luzia Igreja Matriz Salão Paroquial Salão N. S de Lourdes Santo Expedito Igreja/ Matriz Piunhy Piunhy Igreja/ Sta. Luzia N. Sra. de Lourdes

Irmandade do SSmo Rachel Coord. do EAC Lourdes Castro Soraia Dehonianos Coord. ECC Past. da Criança Coord./ Liturgia Irmandade SSmo. Coord. EAC Lurdinha Gomes Past. do Batismo

Naiara

Coord. do EAC

Coord. ECC

Coord. EAC

Pe. Aurélio Pe. Aurélio Pe. Aurélio Coord. ECC Past. do Batismo Coord. geral Gilberto

MCC: Cursilho Irmandade do SSmo Coord. do EAC Florentina Past. do Batismo Sandra/ M. das Graças Past. Vocacional Pas. Dízimo Coord. Paroquial Past. Vocacional Coord. e Diretoria

Coord. Ministros Coord. Paroquial Coord. geral Eliana Coord. ECC Pastoral Batismo Irmandade SSmo Coord. do EAC Past. do Batismo Past. da Criança Música- André Naiara Coord. Diocesana Naiara Coord. Diocesana Coord. do EAC


Outubro de 2011

CERCO T JERICÓ DE RÍDUO

ENCONTRO

DE

FORMAÇÃO

E

ESPIRITUALIDADE

VISIT A PASTORAL- DOM FÉLIX ISITA

08


PUBLICAÇÃO

MENSAL

DA

PARÓQUIA

03/10 MARIA APARECIDA PEREIRA DA CRUZ ACOLHIDA ANIMADOR: Irmãos e Irmãs, sejam todos bem-vindos aos nossos Encontros do mês de outubro , tempo em que a Igreja se propõe a conscientizar os fiéis para o valor e a necessidade das Missões . Para sermos missionários, não é necessário sairmos pelo mundo pregando o Evangelho.Muito perto de nós , até dentro de nossas casas, estão as pessoas que precisam dessa evangelização. Cantemos : Em nome do Pai...

SÃO

VICENTE

FÉRRER

-

FORMIGA

-

MG

ANO

sacola de pano para nossas pequenas compras . Seria bom também devolvermos plásticos , isopor , fitas metálicas e lixo eletrônico para serem devidamente eliminados.Nossos alimentos vêm carregados de agrotóxicos; cada brasileiro consome, em média , 5,2 kg de veneno por ano.As reservas naturais estão se esgotando; o ar , a água e a terra estão contaminados por lixo

LEITO 1: Nosso planeta está envolto em uma camada de gases, que o protege das radiações ultravioletas do Sol e regula o calor da terra .Do total dos raios solares que a atingem, quase 50% ficam retidos na atmosfera, e o restante deveria voltar para o espaço.É o chamada “efeito estufa”, que tem a finalidade de impedir que a Terra esfrie demais. O homem vem interferindo nesse

TODOS : Senhor , tende piedade de nós !

TODOS : Também, milhões de sacos plásticos são descartados e ficam no solo, prejudicando–o. LEITOR 2: Produzimos montanhas de lixo que não sabemos como eliminar ou reciclar. Não nos custaria colocarmos mais coisas em uma só sacola plástica, em vez determos várias ou, até, levarmos de casa uma

248-

OUTUBRO

de

2011

Missão e Ecologia

PEDIDO DE PERDÃO: ANIMADOR : Por tantas vezes que deixamos passar ocasiões propícias para a evangelização e nos acovardamos , não temos coragem de deixar que Deus seja tudo em nossa vida e que precisamos mudar,perdoai-nos , Senhor!

LEITOR 1 : Como relacionar a ecologia com a nossa obrigação de missionários ? Espalhar os ensinamentos sobre a conservação da natureza faz parte da evangelização , pois ela é parte da Criação do Pai .Hoje sabemos que são muitas as coisas que agridem a natureza e que os homens , de braços cruzados , nada fazem para impedir. As grandes plantações de monoculturas deixam a terra exausta . Ela não consegue refazer–se, como nos tempos antigos , e nunca tem descanso . Para não interromper a produção, enche-se a terra de fertilizantes , agrotóxicos , transgênicos que a envenenam. Isso sem nos determos nos desmatamentos constantes e criminosos que sacrificam a biodiversidade e provocam a desertificação.

XIX

hospitalar, eletrônico ,nuclear , causando destruição irreversível na camada de ozônio. TODOS : Senhor , perdoai tanto descaso com Sua Obra. LEITOR 3 : Em abril de 1961 , o russo Yuri Gagárin , a bordo da nave espacial Vostok I , deu uma volta completa ao redor da terra e pronunciou a famosa frase :”Terra é azul!” Sem nenhuma nave espacial , Jó ,em seu Livro , capítulo 38 ,já sabia que a terra recebera de Deus “a nuvem como vestido .” Que podemos nós fazer para que a Terra volte a ser de um azul puro e celeste? TODOS: Deus , em Sua sabedoria , sempre nos revela Suas maravilhas; nós é que não queremos ver.

processo, perigosamente, provocando o aquecimento global.Colaboram para isso os gases exalados dos sprays , dos combustíveis , das hidrelétricas , dos produtos químicos ,etc. TODOS : Uma grande vilã do nosso ar degenerado é a devastação florestal. LEITOR 2 : Com a aumento da temperatura, aumentam-se o nível dos oceanos , provocado pelo degelo das grandes geleiras e, aí, vêm as tempestades , tsunames , maremotos , morte de peixes ,intensificação das chuvas com o alagamento das cidades, provocando ainda as grandes secas . Os líderes mundiais não chegam a um acordo ou não querem chegar , para tratar esses problemas;

se, cada um de nós fizer a sua parte , por pequena que seja ,podemos ajudar bastante .Com o trabalho de missionários de Cristo e da Obra de Deus , podemos levar até as pessoas o conhecimento do que é prejudicial e do que se pode fazer. TODOS: Fazei-nos , Senhor , missionários da natureza , amando-a e fazendo com que nossos irmãos a amem. PALAVRA DE DEUS ANIMADOR : O Papa João Paulo II , amante da natureza, dizia que o cristão tem a obrigação de cuidar dela.Ele disse : “ A Missão renova a Igreja , revigora a sua fé e identidade , dá a ela novo entusiasmo e nova motivação . Cantemos : Aleluia,aleluia,a minha alma abrirei .. Ouçamos : Mateus 28 , 19-20 . PARTILHA : ANIMADOR: 1. Até que ponto a reflexão de hoje nos envolveu no assunto da Missão X Ecologia? 2. O que você achou do texto lido ? 3. Qual será a nossa resposta? PRECES : TODOS : Nós Te pedimos , ó Senhor, por intermédio de Tua Mãe e nossa Mãe , Maria Santíssima ,que nos dê coragem e ânimo para lutar pela natureza , amando-a e respeitandoa e para levar até nossos irmãos , como verdadeiros missionários , o conhecimento e o amor a essa causa tão atual ,tão real e tão urgente ! Amém! Ave Maria ... Salve Rainha... Glória ao Pai ENCERRAMENTO : Animador : Amigos , levemos para nossas famílias, amigos e todos com quem nos relacionarmos, o nosso ideal de ecologistas missionários,lembrando, mais uma vez as palavras de João Paulo II : “A Missão do Cristo Redentor ,confiada à Igreja ,ainda está bem longe de seu pleno cumprimento.”Sejamos missionários e vamos nos dar o abraço da Paz. CANTO: Pelas estradas da vida ...


Outubro de 2011

10/10

E-2

Nossa Senhora Aparecida padroeira do Brasil

ACOLIHA ANIMADOR: Caros amigos, hoje é para nós um dia feliz. Poder falar de Maria e com Maria e dizermos a ela da fé que temos em sua intercessão , agradecermos e pedirmos graças é motivo de grande satisfação para todos nós . Iniciemos nosso Encontro, invocando a Santíssima Trindade e saudando Maria : Em nome do Pai ... Ó Senhora minha ... PEDIDO DE PERDÃO : ANIMADOR : Nossa Senhora Aparecida está presente em nossas vidas e em nossas casas pela sua Imagem . Ela está ali para nos lembrar que podemos contar com ela sempre , mas muitas vezes , mesmo assim , nós a esquecemos num canto da casa num canto do nosso coração.É por isso que agora pedimos ao Pai que nos perdoe por não termos para com sua Mãe o amor o carinho que ela merece. TODOS: Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós ! LEITOR 1 : Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil , nossa Mãe e Mãe de Deus é amada festejada por nós o ano todo , mas, principalmente, no 12 de outubro , dia dedicado a ela. Sua história é muito conhecida por todos nós; sua devoção é difundida por

todos os meios de comunicação. Mas, agora, vamos relembrar um pouco a sua Aparição.Foi em 1717. O Conde de Assumar, grande autoridade da época, ia passar por Guaratinguetá, e estava sendo preparado um grande banquete. A Câmara da cidade ordenou aos pescadores que tudo o que pescassem deveria ser levado para esse banquete para ele. E eles lançaram suas redes, mas não conseguiram pescar nada. Três deles : Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedroso foram os premiados do dia. TODOS : Que prêmio foi esse? LEITOR 2 : Encontraram a imagem de uma santa, sem a cabeça e, quando lançaram de novo as redes, a cabeça veio à tona.E ela se ajustou, perfeitamente, ao corpo encontrado. A partir desse momento, a pescaria se tornou abundante.Felipe levou a imagem e ficou com ela 15 anos , passando-a para seu filho Atanásio , que construiu um oratório para Nossa Senhora e, ali, reunia amigos e vizinhos para rezarem.Nesses encontros, com todas as rezas, conseguiam inúmeras graças, grandes milagres. Um desses milagres foi o de um escravo negro que, condenado à morte, pediu para

rezar, antes; suas correntes se abriram e Nossa Senhora o libertou . TODOS: Nossa Senhora Aparecida ,rogai por nós. LEITOR 3 : Hoje, no lugar daquela primeira Igreja, ergue-se a majestosa Basílica de Nossa Senhora Aparecida. Quando rezamos a ladainha, chamamos Maria de Mãe, com vários títulos, inclusive Mãe da Igreja. Maria foi proclamada Mãe da Igreja no dia 21 de novembro de 1964 , no encerramento do Concílio Vaticano II. Nesse dia, o Papa Paulo VI proclamou:”Para a glória da Virgem Maria e para nosso conforto , proclamamos Maria , Mãe da Igreja ,isto é , de todo o povo de Deus... e queremos com esse título suavíssimo , seja a Virgem doravante honrada e invocada por todo o povo cristão .” TODOS: Mas Maria já é Mãe da Igreja desde o “sim” que ela disse na Encarnação. LEITOR 1 : Maria ,Mãe da Igreja ,se tornou nossa Mãe quando, do alto da Cruz, Jesus lhe entrega a humanidade na pessoa de São João:”Eis aí o Teu filho” “ Eis aí Tua Mãe”. Nessa hora, Seu Filho Jesus agoniza ,morre , desaparece da vida, como um malfeitor , entre malfeitores e Maria acata a maternidade universal , para depois ver Seu Filho vencer a morte e ressuscitar. TODOS: Que Nossa Senhora interceda sempre por nós junto a Seu Filho! PALAVRA DE DEUS ANIMADOR: Hoje, vamos falar menos e rezar mais.Vamos ouvir o Evangelho e , depois, rezar o terço,pedindo a Nossa Senhora Aparecida aquelas graças que nos são mais necessárias nesse momento ,para nós e para nossas famílias. Cantemos: Viva a Mãe de Deus e nossa... Ouçamos: João 2 ,1-10. Maria , a Missionária por excelência , nos ajude e nos abra os olhos e ouvidos para vivermos o Evangelho de

Cristo. 1º MISTÉRIO: A Anunciação do Anjo :Que Maria nos anuncie uma vida nova , nos livre dos erros , principalmente dos erros de ‘MATAR’ a natureza. 2º MISTÉRIO: A visita de Maria à sua prima Isabel: Que Maria nos dê a graça da humildade e da disposição para o serviço a favor do irmão.Peçamos, também, o dom de sairmos do nosso egoismo e irmos às “ montanhas “ pregar o Evangelho. 3º MISTÉRIO: O nascimento de Jesus: Que renasçamos das cinzas do pecado para uma vida de amizade , solidariedade , amor ao próximo. 4º MISTÉRIO: A apresentação do Menino Jesus no templo: Assim, como Sua Mãe, O apresentou ao Pai. Pedimos a Ela que apresente ao Seu Filho nossas súplicas e necessidades e também nossas ações de graças. 5º MISTÉRIO:O encontro do Menino Jesus no templo.Que Maria promova o nosso encontro diário com Cristo e o definitivo, na eternidade. Salve Rainha. ENCERRAMENTO: Não só nesse dia 12 de outubro , mas em todos os dias da nossa vida , entreguemos nas mãos delicadas de Maria todos os nossos pedidos de vida ,saúde , paz , tranquilidade , segurança e proteção, para todos aqueles que amamos e para aqueles que ainda não amamos o suficiente. CANTO: Daí –nos a bênção , ó Mãe querida...


E-3

17/10

Outubro de 2011

Missão é louvar a Deus pelas maravilhas que criou

ACOLHIDA ANIMADOR: Baseados na ecologia, podemos louvar a Deus pelas maravilhas que Ele criou , porque , quando conservamos , amamos , defendemos a natureza , estamos prestando um grande ato de louvou a Deus . Iniciemos este Encontro, pedindo ao Espírito Santo que nos ilumine sempre , para entendermos o quanto a natureza é importante para nós , nossos filhos e netos: Vinde, Espírito Santo...Em nome do Pai ... PEDIDO DE PERDÃO: ANIMADOR: Nosso dever e obrigação é levar a todos o nome de Deus e o louvor a Ele pela Criação: essa é a nossa Missão.Pelas vezes que falhamos no papel de missionários , perdoai-nos, Senhor! TODOS: Senhor , perdoai-nos e dai-nos força para aconselhar os que agridem a natureza! LEITOR 1: A ecologia é a “arrumação da casa” e a ecologia na Missão é a “arrumação da casa para os filhos e filhas de Deus. Todas as religiões têm uma atitude de respeito e admiração pelo mundo em que vivemos. Vejamos algumas citações de diversas religiões : No Alcorão ,Livro Sagrado do Islamismo, encontramos :”Não enxergas que Deus compara uma boa palavra a uma árvore boa que tem raiz firme e os galhos altos no céu ,dando seus frutos com a licença do Senhor , todas as estações?” A religião japonesa ,xintoísmo , nos afirma : “A natureza é sagrada , estar em contato com a natureza , é estar perto da divindade.”

mostarda que alguém pegou e semeou no jardim ; cresceu ,tornouse arbusto e os pássaros do céu foram fazer ninhos nos seus ramos”. TODOS: Esse texto é do Evangelho de Lucas , capítulo 13. LEITOR 3: O Judaísmo , religião monoteísta, diz : “Deus disse a Adão :Eu criei todas as coisas e as criei para ti.Toma cuidado, portanto, para não destruir o meu mundo , pois se fizeres isso , não haverá ninguém que o faça depois de ti .’ E o Budismo ainda cita : “ Corta a floresta dos desejos , não cortes as florestas das árvores “ (Buda). TODOS: Muitas são as religiões espalhadas pelo mundo e todas exaltam a beleza da Criação! LEITOR 1: Em um Seminário sobre Bíblia e ecologia , em Rondônia , um número expressivo de jovens , embalados pelos estudos e pela esperança, deixaram a seguinte mensagem:” A Ressurreição também acontece em cada semente plantada , ou cultivada , em cada árvore preservada.” Nós, também, com a Missão da ecologia podemos ver acontecer a Ressurreição de cada irmão. TODOS: Senhor , daí-nos a graça de ressurgir a cada dia, com nossa irmã natureza! LEITOR 2: O ENCONTRO DE Maria Madalena com Jesus, no jardim,pode nos levar a cuidar melhor deste jardim no qual a humanidade vive hoje . Só falta que adotemos medidas concretas para serem postas em prática.

TODOS: Nossa religião também nos pede que nos aproximemos da natureza.

TODOS: Cuidar deste jardim é também cuidar do corpo ,Templo do Espírito santo!

LEITOR 2: Na Índia, professa-se o hinduísmo e o Krisna, aconselha :”Sou o perfume da terra , o calor do fogo , sou a vida de tudo o que veio .” O Cristianismo , a religião dos seguidores de Cristo ,tem mais de 2 bilhões de adeptos e está presente no mundo inteiro , o que nos diz ? “A que é semelhante o Reino de Deus , e com que poderei compará-lo? É como um grão de

LEITOR 3: Temos muitas medidas que podemos adotar e repassar , missionariamente , para nossos irmãos. Por exemplo: nos livrar dos vícios do cigarro , das drogas , das bebidas, do excesso de comidas; lutar para que diminuam a fabricação de objetos de plástico, a quantidade absurda de brinquedos , evitar o desperdício da água e da energia , não espalharmos lixo, mas o

recolhermos devidamente separado. Assim agindo e ainda em muitas outras coisas, damos o exemplo e levamos outras pessoas a nos imitarem, ainda que seja por vergonha. Tudo isto é um trabalho lento de mudança de costumes e de mentalidade. TODOS: Que tal plantarmos flores em nossos jardins e praças públicas? É lindo e purifica o ar. PALAVRA DE DEUS ANIMADOR: Às vezes , as palavras sobre o modo como usamos os bens naturais são duras e até ferem a sensibilidade.Mas, se formos lá, no Antigo Testamento, vamos ver que Deus já nos exortava sobre a natureza e seu uso. CANTEMOS Como são belos os pés do mensageiro! OUÇAMOS: Jó ,20 ,1-18 PARTILHA: ANIMADOR: 1.Será que Jó compara a ganância de hoje com a citação : Os seus filhos procurarão o favor dos pobres e suas mãos restituirão seus lucros ilícitos. 2.O que vimos no texto que nos chama a atenção para nossos problemas de hoje ?

PRECES : ANIMADOR: Por todas as Tuas maravilhas TODOS: Nós Te louvamos , Senhor! ANIMADOR: Pelas nossas florestas, serras e rios TODOS: Nós Te louvamos , Senhor! ANIMADOR: Pela nossa vida e a de nossos parentes e amigos TODOS: Nós te louvamos , Senhor! ANIMADOR: Por toda a Criação TODOS: Nós te louvamos , Te adoramos e Te damos graças , Senhor !Amém! ENCERRAMENTO: ANIMADOR: Não nos esqueçamos de que o que temos e somos nos foi dado de graça e de graça devemos passar aos irmãos. Até o próximo encontro ,se Deus quiser.


Outubro de 2011

24/10

E-4

Missão é cuidar da obra de Deus saqueada pela cobiça humana

ACOLHIDA ANIMADOR: Irmãos e Irmãs em Cristo, mais uma vez, reunidos para refletir , orar e partilhar as maravilhas que Deus criou , aqui estamos.Hoje sabemos que cuidar da obra de Deus é tentar conter os acessos de cobiça do homem que , com sua ganância e para seu prazer , acaba destruindo o que Deus nos deixou de herança e a Ele devemos a gratidão. Iniciando, cantemos : Em nome do Pai... PEDIDO DE PERDÃO: ANIMADOR: Senhor, perdoai a todos os que , por a ganância e cobiça, fazem com que a belíssima obra da Criação seja destruída, conspurcada e, perigosamente ameaçada . LEITOR 1: Em 1972 , um grupo de cientistas italianos alertava o mundo, depois de um estudo sobre Limites do Crescimento, e mostrava que o mundo não possui recursos ilimitados .Depois da Revolução Industrial, as pessoas passaram a viver mais e melhor .A população mundial cresceu , a economia aumentou , mas descobrimos que a terra , a água , os minérios ,o petróleo , não são suficientes e alguns desses bens já dão sinal de diminuição .As empresas exploram sem produzir , apenas extraem. E isso , que vem quase de graça , dá muito dinheiro. TODOS: E a sobrevivência de todos fica ameaçada. LEITOR 2: A pesca industrial destrói as reservas dos mares e prejudica a quem vive exclusivamente da pesca artesanal.Há menos peixes:reclamar com quem? As empresas se desculpam, dizendo que as águas são internacionais.Outra coisa que preocupa é que ninguém controla o comércio internacional de armas , nem a lavagem de dinheiro pelas drogas .A África está inundada de armas de pequeno porte , vendidas por grupos políticos. TODOS: O dinheiro é usado também para os gastos do terrorismo ! LEITOR 3: O consumismo atinge a todos. A publicidade enche nossos olhos: É preciso comprar um carro novo e essa extensa frota de carros aumenta o desperdício do

combustível.Será que nós , como missionários , poderíamos dar alguma solução ou , pelo menos, tentar ? Há lugares que já estão se conscientizando da situação de cobiça e ganância em que o homem vive . Não pensa em Deus nem na conservação de Sua Obra , mas só no seu prazer. Um exemplo de tentativa de melhora nos vem de Barcelona. Lá, há 100 estacionamentos de bicicletas. Você compra um cartão , por pequeno preço ,pode pegar qualquer bicicleta e ir onde precisa . Lá você deixa a bicicleta estacionada,mais adiante pode até pegar outra. Isso , na realidade, muda o estilo de vida , mais saudável ,menos trânsito engarrafado ,mais agilidade. TODOS: Que Deus nos ajude a encontrar saída para tantos problemas! LEITOR 1: Foi decretado, em 1986, o chamado “dia do excesso” , mostrando que está sendo devorada a herança pertencente às gerações futuras .Em 2010, já consumíamos quase 40% a mais do que a Terra pode repor. Só para mostrar que a situação é trágica, mas que o consumo não é o mesmo em todos os lugares do mundo, temos uma estatística :um africano gasta 51% da média mundial, o asiático 66%, o europeu l,74 da média , o latino americano pouco menos que a média, e o norteamericano 2,92 da média. TODOS: Nossa missão de cristão é , além de não desperdiçar , não deixar que os outros o façam. LEITOR 2: Precisamos estar informados sobre a gravidade da situação, sobre nossa responsabilidade pessoal; para isso, precisamos fazer um exame de consciência e ver aonde estamos indo além dos limites da consciência ecológica e da nossa consciência de cristãos missionários de Cristo. É preciso que nos inteiremos das iniciativas que acontecem ao nosso redor.Isso é Missão . Além da informação, é preciso que haja compromisso:se não mudarmos profundamente nosso estilo de vida , não evitaremos o desastre ecológico que coloca em perigo a própria sobrevivência da espécie humana.

TODOS: É preciso assumir e ter atitude! LEITOR 3: Será que, para viver bem , temos que ter sempre mais e mais bens ,trocados sempre , porque se estragam logo ou pela compulsão de adquirir o último modelo que o sistema nos impõe? Isto só gera destruição em todo o ciclo da extração das matérias primas e o crescimento dos lixões, onde jogamos nossos bens em desuso. A mudança de cultura da população envolve a participação dos meios de comunicação , que agem com toda a força , induzindo todos a ficarem cada vez mais ricos . TODOS: Vamos nos comprometer a não desperdiçar. PALAVRA DE DEUS ANIMADOR: É preciso guardar , amar e respeitar tudo aquilo que Deus nos deu de graça. A ganância e a cobiça não combinam com o Plano de Deus e não devem combinar com um cristão autêntico , engajado no sentido e na visão de um missionário.Faz parte da Missão espalhar o gosto pelas belezas da Criação. CANTEMOS: Jesus está aqui ... OUÇAMOS : Levítico 25.1-7 PARTILHA: ANIMADOR: l . Vimos os “conselhos de Deus” a Moisés:como podemos

relacionar esse “colher frutos” com nossa vida hoje? 2.Como explicar : “os frutos do sábado também serão seu alimento””? PRECES: ANIMADOR: Quem crê em Deus não fica parado : parte em Missão.Rezemos: TODOS: Jesus, vossa Igreja é missionária. Fazei de nós missionários cheios de entusiasmo e de fé. Dainos a graça de conseguirmos levar a todos o desejo de amar a natureza sem usá-la para nossa ganância , desfrutando seus bens com respeito e responsabilidade . Amém! Ave Maria... Salve Rainha.. Glória ao Pai ... ENCERRAMENTO: ANIMADOR: Somos, ao mesmo tempo, destinatários e mensageiros do Evangelho . Lembremos que a Igreja nasceu e se desenvolveu na missão de Cristo : nos salvar. Como a Igreja nunca pode se fechar em si mesma, nós também não podemos nos fechar, temos que ir ao encontro do irmão . Vamos evangelizar, começando pela Missão que podemos fazer em nossa própria família. Vamos nos dar o abraço da Paz . CANTO : Muito alegre eu te pedi o que era meu ...


E-5

Outubro de 2011

31/10 ACOLHIDA ANIMADOR: Amigos da comunidade ,estaremos , nesta semana, relembrando e homenageando nossos irmãos e irmãs falecidos. Se nos conscientizarmos de que a morte não é o fim e que Jesus prometeu “Aquele que crê em Mim , não morrerá , mas ressuscitará no último dia , Finados não será tão triste para nós.É como diz o Padre Marcelo Rossi no dia de Finados : “Saudade , sim ,tristeza , não .”Iniciemos, cantando : Com minha Mãe estarei.. Em nome do Pai... PEDIDO DE PERDÃO: ANIMADOR: Enquanto caminhamos nesta vida , nesta estrada tão cheia de obstáculos , peçamos a Deus o perdão de todos os nossos pecados, para entrarmos limpos na vida eterna, pois ainda temos tempo para isso. TODOS: Que as almas dos fiéis defuntos , pela misericórdia de Deus , descansem em paz !

Finados: Dia de Oração LEITOR 3: Às vezes, a gente vive uma existência falsa , porque não permitimos refletir e aceitar a morte. A dura realidade é que a morte faz parte da vida , é o fim do nosso curso vital , é uma invenção da própria vida em sua evolução . Morrer é uma experiência profundamente humana . Podemos até dizer que a morte confere um certo gosto pela vida, pois se tudo fosse indefinidamente repetitível, a vida se tornaria indiferente e até desesperadora . Portanto , a morte é um bem , uma manifestação do Salvador. TODOS: Dizia Santo Agostinho:” Nada mais horrível do que um eterno retorno“. LEITOR 1: A morte não se opõe à vida , mas , ao nascimento. Enquanto estivermos neste mundo, seremos “mortais” e só seremos eternos quando alcançarmos o Reino de Deus. Para quem crê na eternidade, a morte

pensarmos pelo lado racional ou filosófico, a morte nos repugna. TODOS: Buda escreveu : “O homem comum pensa com indiferença na morte de um estranho , com tristeza na morte de um parente e com horror na própria morte. LEITOR 2: A morte tem para nós conotações diferentes. Uma coisa é falarmos sobre ela e outra é pensarmos que ela realmente vem . Disse um pensador ( e é também nosso modo de ver a morte ) , “Quando morre o filho ou a mulher do próximo , todos dizem : é a lei da humanidade. Mas, quando morre o próprio filho ou a própria mulher, o que se ouve são gemidos , lágrimas e gritos . TODOS: De qualquer modo, devemos nos preparar para enfrentar a morte de modo que a vida eterna nos esteja assegurada.

LEITOR 1: A palavra finados vem do latim “fines”, que quer dizer “limites” “ extremidades” . E é nesse dia que somos convidados a nos lembrar dos que ultrapassaram os limites da vida terrena. Partiram do nosso convívio . A Igreja , desde os tempos mais antigos , faz com que nos lembremos daquelas pessoas que nos antecederam , que se foram desta vida e que hoje apenas vivem nos nossos corações e em nossa saudade.

TODOS: A morte representa para muitos o fim de tudo.

TODOS: Digamos como Santa Teresinha : “ Não morro , entro na vida “ PALAVRA DE DEUS ANIMADOR: Para morrer bem, é preciso viver fazendo o bem,pois levaremos daqui a vida que levamos. O bem é o passaporte para uma eternidade feliz, e o irmão que ajudamos será nosso avalista diante de Deus. Cantemos : Toda Bíblia é comunicação.... Ouçamos : Mateus 9,18-26 PARTILHA: ANIMADOR: 1. No pedido de um pai desesperado, há um resto de esperança. Jesus se levanta e vai . Comentemos. 2. O que significa para nós Jesus ter tomado a menina pela mão ?Ele poderia simplesmente ter dito : levanta ! PRECES: TODOS: Senhor Jesus, dai-nos a graça de viver santamente para que a nossa morte seja, realmente, uma passagem tranquila para a vida eterna. Não deixeis que a violência tome conta de nós ,protegei nossos filhos , amigos e parentes contra a morte violenta. Pegai-nos pela mão e conduzi-nos até Seu Reino de Paz e de Justiça .Maria , daí nos a graça de uma boa hora de morte .Amém! Ave Maria ..

TODOS: O dia de finados é dia de saudade , oração , reflexão e esperança. LEITOR 2: Para nós , a morte ainda é um assunto muito delicado , pouco compreendido e , muitas vezes , não aceito. A gente prefere viver como se a morte não existisse . Na nossa sociedade, hoje, a morte se faz presente das maneiras mais trágicas e violentas: guerras, calamidades, violência urbana e até domiciliar,drogas , eutanásia , aborto, acidentes. Para os adeptos da eutanásia, que chama essa crueldade de “morte digna” , a morte é maquiada, relegada aos hospitais, funerárias e até “eventos” religiosos.

ressurreição da carne e no mundo que há de vir e aí teremos um corpo glorioso , espiritual e habitaremos com Deus, na morada que foi para nós preparada. Sem fé, a morte é um absurdo,humilhação , tragédia , vazio, nada.

não é o fim mas a porta de entrada de uma vida em plenitude . Se pensarmos dessa maneira, chegaremos à conclusão de que a morte é a verdadeira libertação , uma bênção que livra a vida do tédio. Se

LEITOR 3: A Ressurreição de Jesus trouxe uma revolução em relação à morte , pois Cristo “matou a morte “. A fé nos garante que a morte não é uma aniquilação da vida , mas uma transformação. Cremos na

ENCERRAMENTO: ANIMADOR: Caros amigos, levemos a certeza de que a morte nos mostra o desapego, iguala e nivela todas as condições sociais, modera a ganância, ensina a fraternidade universal diante da fragilidade humana. Ao visitarmos os cemitérios, não levemos lágrimas , mas flores que alegram e muitas orações . CANTO ;Vós sois o Caminho ...


Outubro de 2011

E-6

Professor- Um missionário da Educação

JULIETA VOIÊTTA

Senti-me muito honrada quando fui convidada a escrever sobre o tema acima proposto, pois trabalhei 47 anos na educação como professora, supervisora, diretora e coordenadora pedagógica, e sempre me encantei com o trabalho do (a) professor (a) e com a educação como missão. Portanto, este artigo tem o objetivo de nos ajudar a refletir sobre a missão de ser educador. Atualmente, ser professor no Brasil é uma tarefa para poucos; é necessário mais que o dom de ensinar e o amor à profissão, que sob meu ponto de vista são requisitos fundamentais para exercer essa árdua, porém, nobre profissão. É preciso ser um verdadeiro missionário da educação.Para entendermos bem o sentido de ser missionário da educação, peço licença para usar algumas considerações feitas por João Batista Libânio, teólogo jesuíta, escritor e professor, que me pareceram bem pertinentes. Segundo ele, a verdadeira missão do professor se alimenta de uma mística. Falar de mística, em sentido próprio, implica referir-se à experiência de Deus, que gratuitamente se nos dá no mistério infinito de seu amor Ao falar de “mística do professor”, não se pergunta tanto pelo Absoluto de Deus, pelo seu mistério, porque este é o pressuposto fundamental de toda

mística. Quer-se saber a forma histórica dessa experiência e sua relação com Deus. Quando pensamos em professor, atemo-nos, em geral, ao mundo escolar. Na verdade, trata-se de vocação muito mais ampla. Começa em casa, continua na religião e alcança a cultura. Ser professor ultrapassa a simples funcionalidade de uma profissão ou competência. Por isso, importa articular com a missão a inspiração mística na vida do professor. À primeira vista, interpõe-se distância de significado entre os dois termos. A mística referese à presença ativa do Deus trino em nós. A missão, por sua vez, remete-nos para fora de nós. Dois movimentos opostos. A conexão profunda entre mística e missão vem também corrigir uma compreensão secularista de missão de professor. A mística ajuda o professor a ir a um nível mais profundo de sua vocação. Faz jus ao termo de “ser chamado” - vocação -, já não simplesmente por uma palavra puramente humana, mas por uma palavra humana que revela a presença de Deus. O chamado a ser professor pode vir de muitas vozes humanas que soam dentro dele. Ele se torna místico no momento em que percebe esse soar humano como sinal, sacramento duma voz mais profunda de Deus nele. E a

profissão de professor ascende ao grau de missão no momento em que essa voz divina se torna a última e mais profunda motivação do agir. O professor cristão assume na sua missão concreta a evangelização. E o maior desafio consiste em que ela alcance o jovem de hoje, inserindo-se em sua cultura (inculturação). Na missão de professor, inculturação significa um tríplice movimento. Em primeiro lugar, exige-se do professor que tome consciência clara de seu momento cultural próprio. Ele passou a infância e adolescência em universo cultural muito diferente. Precisa abandonar saudosismos. Em segundo lugar, como educador, defrontase com outros universos culturais diferentes, os dos alunos. Cabe-lhe esforço e dedicação para entender esses mundos sempre novos que estão a surgir. E, num terceiro momento, dá-se o embate da inculturação entre a identidade do professor e a do educando em vista de

mútuo crescimento cultural. E, no interior desse mundo cultural, deve anunciar o Evangelho. No fim do processo, tanto o educador como os alunos saem mais enriquecidos do mútuo encontro, formulando nova forma de pensar, falar e viver o Evangelho. Muito ricas as considerações de João Libânio, vocês não acham? Fazem-nos perceber claramente a beleza e a grandeza do professor (a) enquanto missionário (a) da educação. A Igreja e a sociedade dependem muito do trabalho missionário dos educadores e têm neles uma grande esperança. Neste dia 15 de outubro, queremos saudar a todos aqueles que têm a educação como uma m i s s ã o evangelizadora, libertadora e de transformação. P a r a b é n s , professores, pelo seu dia! Não se deixem abater, pois vocês têm nas mãos a maior ferramenta para a verdadeira liberdade e transformação da sociedade- A educação.

Maria na vida do catequizando WANDA PICARDI No mês de outubro, temos duas comemorações importantes: o mês do Rosário e o Dia da Criança. Pensei, então, em associar Nossa Senhora, o Rosário e a Criança. Levar o catequizando a conhecer Maria como Mãe de Jesus e nossa Mãe é um dos objetivos de nosso trabalho na Catequese. E ao fazer isso, é importante que despertemos nos catequizandos o desejo de conhecer a vida de Maria e também de louvar a Mãe de Jesus e invocá-la como medianeira de todas as graças. E o jeito mais fácil e tradicional de fazer isto, é a Recitação do Rosário. Podemos constatar que, ao longo da recitação do Santo Rosário, fazemos lembrança dos fatos mais importantes da vida terrena de Jesus e que a presença de Maria perpassa quase todos eles. Como levar a criança a conhecer esta oração tão eficaz? Como levar a praticá-la? Para a maioria dos adultos, a recitação do Rosário é uma

prática exaustiva. E muitos dizem que, mesmo rezando 1 terço, cansam e é monótono. Como, pois, atrair as crianças para esta “reza”? Acredito que a maneira de apresentar a oração vai motivar e suavizar a sua prática. Que tal começarmos falando do Rosário como ramalhetes de rosas que oferecemos à Mãe de Jesus ao longo dos dias da semana? Cada ramalhete é chamado de terço e é composto de 53 Ave-Marias, 5 PaiNossos, 1 Credo e 1 Salve Rainha. Cada oração é uma rosa oferecida a Nossa Senhora. Em cada terço rezado meditamos sobre fatos

importantes de um período de vida de Nosso Senhor e de Maria. E toda vida tem períodos de Alegria, de Luz, de Sofrimento e Glória. Por isso, na vida de Jesus e Maria temos: - Período de Alegria- Mistérios Gozosos; - Período de SofrimentoMistérios Dolorosos; - Período de LuzM i s t é r i o s Luminosos; - Período de Glória- Mistérios Gloriosos; E é esta meditação das passagens bíblicas da vida de Jesus que torna o terço importante. E para as crianças, principalmente estas passagens devem ser realçadas com criatividade pelo catequista. Quem

sabe uma ilustração com gravura ou uma dramatização rápida... E o que é importante, não se esquecer de tirar de cada meditação um exemplo concreto, para a vida de cada um de nós. Quanta coisa o terço nos ensina, se for meditado com fé, ao invés de ser automaticamente rezado!... É preciso saber perder tempo com as coisas de Deus. Por isto prezado catequista, gaste tempo explorando a récita do terço e do Rosário com as crianças. Não se esquecendo, no entanto, de respeitar a Psicologia das Idades. Saiba dosar o que fará a respeito, em cada encontro de catequese. Quem sabe se rezando 1 dezena em cada dia?... Se a meditação for bem feita, tudo valerá a pena, mesmo que você leve vários encontros para rezar 1 terço. Saiba de uma coisa importanteNossa Senhora não tem pressa de receber as rosas. O importante é elas chegarem bem viçosas em suas mãos.

informativo_-_outubro_-_ed_248_-_2011  

informativo_-_outubro_-_ed_248_-_2011