Page 1

Informativo da Paróquia

FEVEREIRO 2009 - ANO 2 - Nº13

www.igrejasantaluzia.com.br

2009 – ANO CATEQUÉTICO NACIONAL "Nosso coração arde quando ele fala, explica as Escrituras e parte o pão" (Lc. 24,32-35) Este é o texto iluminador para o ano catequético:

Senhor, como os discípulos de Emaús, somos peregrinos. Vem caminhar conosco! Dá-nos teu Espírito, para que façamos da catequese

Aprender a caminhar com o Mestre; Aprender ouvindo o Mestre; Aprender agindo com o Mestre. Tema: Catequese, caminho para o discipulado. Objetivo: Dar um novo impulso à catequese como serviço eclesial e como caminho para o discipulado. Nossa diocese assumiu o ano catequético Diocesano como Ano Temático. A paróquia Santa Luzia abre o Ano Catequético em sintonia com a Diocese e com forte motivação na evangelização em todos os espaços pastorais. Os catequistas, com atenção especial terão encontro paroquial no dia 08 de março no Morro do Amaral tendo como assessora Irmã Madre Luzia. Outras programações específicas já estão fixadas no plano paroquial. Será um ano de graça, caminhando com o Mestre que afirmou ser o CAMINHO. Deixe seu coração arder pelo caminho ao escutar a voz do Mestre que ensina e envia. Reconheça que as mãos estendidas se tornem partilha, os braços abertos são acolhida, a esperança teimosa torna possível o impossível. A CNBB, por meio da comissão Episcopal de Pastoral para animação Bíblico Catequético convoca todos os cristãos para este ano catequético nacional. Vamos entrar nesse grande mutirão catequético centrado na Iniciação Cristã e no discipulado missionário à luz do itinerário dos discípulos de Emaús. O Ano Catequético quer realizar-se em estreita relação com a Campanha da Fraternidade. O Ano Catequético quer ser um desper-

Oração para o Ano Catequético

caminho para o discipulado. Transforma nossa Igreja em comunidades orantes e acolhedoras, testemunhas de fé, de esperança e caridade. Abre nossos olhos para reconhecer-te nas situações em que a vida está ameaçada. Aquece nosso coração, para que sintamos sempre a tua presença. Abre nossos ouvidos para escutar a tua Palavra, fonte de vida e missão. Ensina-nos a partilhar e comungar do Pão, alimento para a caminhada. Permanece conosco! Faz de nós discípulos missionários,

tar de todos os cristãos para a importância do aprofundamento e do amadurecimento na fé, vivida no seio da comunidade, empenhada em irradiar a vida em Cristo para toda a sociedade. Brilhe a estrela da Esperança em cada coração para que iluminados Por aquele

que se Fé Caminho de Esperança, projetando a realização de um abençoado ANO NOVO! Irmã Clementina Fusinato – CF, Coordenadora Paroquial de Catequese

a exemplo de Maria, a discípula fiel, sendo testemunhas da tua Ressurreição. Tu que és o Caminho para o Pai. Amém!

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES PAROQUIAL DATA 01 07 07 08 14 14 17 a 19

EVENTO CPJ CPP Encontro Consolação e Esperança Encontro de Coordenadores de Catequese Seminário Diocesano da CF 2009 CPC Curso Diocesano do Clero

LOCAL Santa Luzia Santa Luzia São Miguel Santa Luzia Mitra Santa Luzia Vila Nova

HORARIO 08h 14h30 15h 14h 19h30 14h30

DATA 21 22 25 26 28 28

EVENTO Encontro para Casai Irregulares Retiro para lideranças Quarta-feira de Cinzas Reunião do Clero Sul e Secretárias Escola Catequética de Formação Momento de oração Mãe Peregrina

LOCAL Santa Luzia Seminário Diocesano Santa Luzia Cristo Ressuscitado Santa Luzia

HORARIO 08h 08h 19h30 18h 14h30


2

Informativo da Paróquia Santa Luzia • FEVEREIRO 2009

EDITORIAL

Feliz Ano Novo: para você um novo tempo

Feliz 2009 leitores deste Informativo! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Nesta edição, o Informativo da Paróquia Santa Luzia traz na capa uma matéria dedicada ao ano nacional catequético. Padre Inácio nos fala sobre o ano novo, novas esperanças. Nosso bispo dom Irineu se alegra com a preparação dos novos Diáconos e pede para que os Grupos Bíblicos de Reflexão sejam cada ano melhor e quem sabe seja um dos caminhos que nos levará a Salvação. Segurança Publica é o tema da campanha da fraternidade deste ano. Juliano destaca que a espiritualidade do músico é de extrema importância. Vamos conhecer as pastorais e movimentos que existem em nossa paróquia e também o drama que as famílias tem enfrentando por conta dos constantes alagamentos. Noticias de nossas comunidades também se fazem presentes. O informativo está cheio de coisas boas! Fiquem com Deus.

Coluna do Dízimo Oferte a Deus o que você tem de melhor Olá caro amigo dizimista! Estamos começando um novo ano. Quero desejar a você muita paz, muita saúde, muito amor, muito sucesso. Novo ano, novos desafios, novos projetos, e para que os mesmos se concretizem quero pedir a você dizimista que continue sendo justo, honesto e fiel dando a Deus aquilo que você tem de melhor. Aliás, por falar em dar o que tem de melhor quero contarlhe uma historinha. Leia-a com muita atenção pois ela é verídica: - Um homem rico resolve presentear um pobre por seu aniversário e ironicamente manda preparar uma bandeja cheia de lixo e sujeiras. Na presença de todos, manda entregar o presente e é recebido com alegria pelo aniversariante, que gentilmente agradece e pede que lhe aguarde um instante, pois gostaria de poder retribuir a gentileza. Joga fora o lixo, lava e desinfeta a bandeja, enche-a de flores, devolve-a com um cartão, onde estava escrita a frase: - "A gente dá o que tem de melhor". Você oferta o melhor para o Senhor, para a Igreja ou o pior fruto? Pense nisso! Juarez Pedro Borba, Coord. Paroquial Pastoral Dízimo

PADRE INÁCIO - PÁROCO

Estamos iniciando um novo ano, um novo tempo. Já escutei algumas pessoas dizer: "eu nunca pensei chegar até aqui, mas cheguei". Tudo são bênçãos e graças, são possibilidades de trilharmos novos caminhos e sermos mais felizes. Nascemos para a felicidade. Aproveitemos todo tempo que Deus nos dá. Que esta graça não seja em vão em nossas vidas. Eu desejo que você escolha ser feliz, que escolha os caminhos da justiça, do ser gente, humano, que tenha bons sentimentos, que acredite em você mesmo, você pode ser um vencedor (a). Que saibas acolher o outro e reconhecer que ele é alguém tão importante quanto você. Será que conseguimos amar os outros como amamos a nós mesmos? É verdade que se não nos amamos, temos poucas possibilidades de amar os outros, pois desconhecemos o amor. Podemos, todavia aprender com os que amam. Jesus Cristo tem muito a nós ensinar, olhemos para ele. Olhando para este novo ano onde as notícias não são nada animadoras no cenário econômico, onde o céu mais parece de brigadeiro do que azul, temos a tentação de desanimar. Do outro lado isso nos lembra o poeta que diz: é noite, ou seja, é escuro, mas meu coração se alegra porque o dia vai raiar. É preciso recomeçar, mesmo que tenhamos que trilhar o mesmo caminho, mas façamos de maneira diferente. Dê uma chance para você, mesmo que isto lhe custe, mas faça a experiência de ser feliz. Fazendo a experiência podemos comparar com a maneira como estava vivendo anteriormente. O desafio é recomeçar, iniciar uma nova trilha, ou seja, um novo jeito de viver, livrando-se daquelas coisas que nos desumaniza, nos faz sofrer. Você tem coragem de começar

a viver de uma forma diferente? Ou você é daqueles que todo ano promete: vou deixar de beber, fumar, vou começar a fazer minhas caminhadas, vou dar mais atenção para a minha família, mas diante da primeira dificuldade desiste? Se essa é a sua realidade, cuidado, com o tempo você poderá dizer: a vida não tem sentido, tudo é triste, então você corre o risco de fazer tudo aquilo que fazia para preencher o vazio interior e pior, vai tentar encher o vazio com o vazio, por isso a felicidade, a novidade não acontece na sua vida. Não esqueça que você nasceu para ser feliz, para ser vencedor e ajudar os outros a serem vencedores. Isto só acontecerá quando nos negarmos admitir que tudo está ruim, que tudo está em crise, que não é possível ser feliz. Não, você deve arregaçar as mangas e dizer para si mesmo: "eu vou trilhar este caminho e sairei vencedor, não importa as dificuldades, não importa o que dizem ou os que atrapalham". Nunca esqueças de que o Senhor está contigo, ele é a tua força e você será feliz trilhando os seus caminhos (Sl 127). A televisão mostrou as olimpíadas das pessoas especiais; você viu cegos correndo, jogando futebol, dançando, pessoas com deficiência competindo na natação. Se eles fizeram isto imagina o que poderás fazer, tendo mãos, pés, uma boa mente, e um coração cheio de boa vontade de amor? Portanto tome uma decisão: encha seu peito com um novo ar, uma nova esperança, deixe-se rodear por pessoas boas. Procure fazer algo que há muito gostaria de fazer, participe de sua comunidade, tenha momentos para você, no silencio do seu coração escute e agradeça ao Senhor e seja feliz. Seu eu sei para onde quero ir poderei chegar lá.

Diocese de Joinville prepara 25 novos diáconos O bispo diocesano de Joinville, dom Irineu Scherer está otimista com relação ao trabalho dos diáconos permanentes, principalmente por causa da preparação dos novos diáconos que iniciarão, em 2009, sua caminhada para obter o 1º grau do sacramento da Ordem. Em artigo assinado no começo de janeiro, dom Irineu destacou o número expressivo e a presença ativa dos diáconos em toda a Diocese de Joinville, enaltecendo especialmente os vinte e cinco novos candidatos que se preparam para a ordenação. Função do diácono é servir à Igreja Existem dois tipos de diáconos. O diácono transitório é aquele que recebe o Sacramento da Ordem no grau do diaconato para depois receber o segundo grau e tornarse presbítero ou padre, conforme costumamos dizer. O

diácono permanente sendo casado não pode ascender ao grau superior, ficando permanentemente como diácono. A função do diácono é o serviço. Faz parte do ministério do Cristo Servo. De modo geral o candidato é escolhido entre aqueles que se sobressaem na comunidade por sua espiritualidade e engajamento na paróquia, todavia, nada impede que alguém explicite ao pároco ou mesmo ao bispo diocesano sua vocação de servir à Igreja como ministro ordenado, visto que o diaconato é uma vocação. Por esta razão a esposa tem que autorizar por escrito e de viva voz, no momento da ordenação, que o Bispo tem a sua autorização irrevogável para ordenar seu marido. O Brasil conta hoje com cerca de 1.400 diáconos, que possuem sua organização própria dentro da CNBB, chamada de Comissão Nacional dos Diáconos, cuja organização se distribui também nos regionais e nas dioceses.

“No céu só entrarão aqueles que se reúnem para rezar, refletir, contemplar, glorificar e amar” Caros diocesanos, Desejo-vos um feliz ano de 2009. Que seja um ano que marque profundamente seu Grupo Bíblico de Reflexão. Cada ano deve ser melhor que o anterior. Nunca podemos nos acomodar. Observemos o que São Paulo nos diz: "Irmãos, não julgo tê-lo alcançado. Uma coisa porém faço: esquecendo o que fica para trás, lanço-me para o que está à frente. Lanço-me em direção à meta. É assim que nós devemos pensar [...]. Qualquer que

seja o ponto a que tenhamos chegado, continuemos na mesma direção" (Fil 3,12-14). O recente sínodo dos Bispos, em Roma, com o Papa, quis frisar mais uma vez a importância da Palavra de Deus na vida do cristão. Devemos conhecê-la sempre mais, pois "não se ama o que não se conhece". Alem disto, a Palavra de Deus deve ser colocada em prática, pois "não é aquele que diz Senhor, Senhor, que entrará no Reino dos Céus, mas aquele que faz a von-

tade de meu Pai que está no céu. Quando aquele dia chegar, muitos vão me dizer: Senhor, Senhor, em seu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo seu nome expulsamos muitos demônios e fizemos muitos milagres! Então o Senhor responderá: Nunca os vi. Afastai-vos de mim, vocês que fazem o mal!" (Mt 7,2123). Portanto, levemos a sério nossa participação nos Grupos Bíblicos de Reflexão. Quem sabe que não seja nosso caminho de

salvação eterna. No céu só entrarão aqueles que já na terra vivem em comunhão com os irmãos, que se unem e se reúnem para rezar, refletir, contemplar, glorificar e amar. Deus abençoa os simples e os que tem o coração aberto. Sob a proteção de Maria, estrela da nova evangelização, empenhamo-nos em fazer tudo o que Ele nos mandar, para sermos felizes por toda eternidade. Dom Irineu Roque scherer, Dispo Diocesano de Joinville


Informativo da Paróquia Santa Luzia • FEVEREIRO 2009

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2009 TEMA: Fraternidade E Segurança Pública LEMA: "A Paz é Fruto da Justiça" (Is 32,17) A CF é especialmente manifestada na evangelização libertadora, busca renovar a vida da Igreja a transformar a sociedade, a partir de temas específicos, tratados à luz do Projeto de Deus. O objetivo geral da campanha deste ano é suscitar o debate sobre a segurança pública e contribuir para a promoção da cultura da paz nas pessoas, na família, na comunidade e na sociedade, a fim de que todos se empenhem efetivamente na construção da justiça que se traduz na segurança para todos. Objetivos Específicos: ● Desenvolver nas pessoas a capacidade de reconhecer a violência na sua realidade pessoal e social, a fim de que possam se sensibilizar e se mobilizar, assu-

mindo sua responsabilidade pessoal no que diz respeito ao problema da violência e à promoção da cultura da paz; ● Denunciar a gravidade dos crimes contra a ética, a economia e as gestões públicas, assim como a injustiça presente nos institutos de prisão especial, do foro privilegiado e da imunidade parlamentar para crimes comuns; ● Fortalecer a ação educativa e evangelizadora, objetivando a construção da cultura da paz, a conscientização sobre a negação de direitos como causa da violência e o rompimento com as visões de guerra, as quais adotam a violência como solução para a violência; ● Denunciar a predominância do modelo punitivo presente no

sistema penal brasileiro, expressão de mera vingança, a fim de incorporar ações educativas, penas alternativas e fóruns de mediação de conflitos que visem à superação dos problemas e à aplicação da justiça restaurativa; ● Favorecer a criação e a articulação de redes sociais populares e de políticas públicas com vistas à superação da violência e de suas causas e à difusão da cultura da paz; ● Desenvolver ações que visem à superação das causas e dos fatores da insegurança; ● Despertar o agir solidário para com as vítimas da violência; ● Apoiar as políticas governamentais valorizadoras dos direitos humanos.

Famílias enfrentam o drama das cheias As constantes chuvas que vem castigando famílias de Santa Catarina também está deixando seu rastro de destruição em nosso bairro e arredores. Há anos que ninguém precisava se preocupar com alagamentos. Agora é só começar a chover para as pessoas levantarem seus moveis e rezar para a água não entrar nas casas. Tânia Regina Quintino é moradora da rua Edebrando Soares e vem enfrentando o drama das cheias "Há 18 anos que mora aqui nunca entrou água na minha casa, agora já entrou duas vezes. Matamos cobras, ratos que entraram com a chuva. É uma sensação de horror a água entrando e a gente não poder fazer nada. Perdi movéis novos". comentou Situação semelhante vive o casal Valdir e Rosa Góz moradores da Rua Atila Hurban "Em menos de um mês entrou água duas vezes em minha casa. Há 20 anos que moro aqui isto nunca aconteceu. É horrível, da vontade de fechar tudo e não voltar mais. Perdi máquina, centrifuga, guarda roupa. Há tempo estamos vendendo a casa, mas agora quem vai comprar? Está desvalorizada" desabafou Rosa. No dia 14 de janeiro cerca de mil pessoas participaram de uma reunião na igreja Santa Luzia para tratar desta problemática. Estavam presentes padre Inácio, pároco da comunidade, Sandro Silva, presidente da Câmara de Verea-

dores, Ingo Butzke, vice-prefeito, Lioilson Corrêa, secretário regional do Paranaguamirim, diversos vereadores, lideranças da comunidade, associação de moradores, Kennedy Nunes, deputado estadual, representantes da Fundema, Seinfra entre outros. Padre Inácio abriu a reunião falando sobre a necessidade de defender o interesse dos filhos de Deus. "Quando entra água na casa e atinge nossos bens,

há sofrimento e precisamos buscar soluções" disse. Durante a reunião, os moradores apresentaram os principais pontos de alagamentos e deslizamentos, fizeram solicitações e sugeriram ideias, para amenizar a situação da região. Após ouvir as solicitações, o vereador Sandro Silva se comprometeu na criação de uma Força Tarefa para cobrar ações em favor do bairro.

A Espiritualidade do Músico na Liturgia A tradição musical da nossa Igreja constitui um tesouro de valor inestimável que se destaca entre as demais expressões de arte, principalmente porque a música sacra está ligada às palavras, é parte necessária ou integrante da liturgia solene.(SC112) A Igreja continua e desenvolve essa tradição, São Paulo recomenda..."Recitai uns com os outros salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando ao Senhor em vossos corações". (Ef 5,19). Quem canta reza duas vezes... (Santo Agostinho, In Psal. 72,1). A espiritualidade do músico sem dúvida é de extrema importância, o Espírito Santo é quem nos dá essa capacidade. O progresso espiritual tende a união sempre mais íntima com Cristo. Esta união recebe o nome de Mística, pois ela participa do ministério de Cristo pelos sacramentos (Catecismo Igreja Católica 2014). O músico deve preparar seu espírito antes de exercer o seu dom, a vida de oração e adoração são alimentos para a Alma. Devemos vir a Missa não só quando vamos cantar ou tocar e sim, participar do momento mais importante da nossa vida, a comunhão com Deus deve ser plena. Confessar regularmente também faz parte para que o músico tenha o coração aberto a receber o corpo e sangue do Nosso Senhor Jesus Cristo. A vida do músico requer que negamos a nós mesmos e deixemos que o próprio Espírito Santo cante em nós, conduza, nos dê unção. Se você músico quer ter plena harmonia com Deus não basta apenas saber alguns acordes ou cantar bem, mas ser principalmente cristão, ser Igreja em qualquer lugar do mundo. Juliano Joaquim - Músico - Pregador julianojoaquim@gmail.com

3


4

Informativo da Paróquia Santa Luzia • FEVEREIRO 2009

Chamado ao sacerdócio

Retiro para Lideranças

No dia 13 de fevereiro o jovem Dionatan Alves de Oliveira (foto) inicia sua etapa vocacional no Seminário Divino Espírito Santo. Ele trabalhou na comunidade como coroinha, faz parte da equipe de Acólitos e sonoplasta. "Fiz duas experiências no seminário e sinto o desejo de ir ao encontro de minha vocação. Agradeço a todos que me ajudaram nos trabalhos que desenvolvi. Sentirei saudades. Peço suas orações por mim. A você jovem que sente em seu coração a vocação, não fique parado, vá atrás, não perca este chamado" finalizou. Os jovens João C. Bastos, da comunidade Nossa Senhora Aparecida e Juliano, da comunidade Senhor Bom Jesus, também ingressarão no Seminário neste mesmo dia. Desejamos aos jovens que perseverem no chamado vocacional.

No dia 22 de fevereiro das 8 às 16 horas acontecerá um retiro paroquial para as lideranças. O encontro será no Seminário Diocesano de Joinville. Todas as lideranças estão convocadas a participarem desde evento. (A coordenação)

Pesquisa do Informativo Agradecemos aos que participaram da pesquisa do informativo. As sugestões recebidas estão sendo avaliadas e estaremos incluindo no informativo na medida do possível. O ganhador do prêmio foi Miguel A. Soares da Comunidade São Domingos. "A gente se interessa em ler o informativo e contribuí com minha sugestão." comentou. A Pastoral da Comunicação está aberta para receber sugestões visando tornar nosso informativo sempre mais atrativo.

Vem ai o concurso de redação e desenho em comemoração ao Ano Catequético.

ACONTECEU NA COMUNIDADE

No dia 14 de dezembro 107 crianças receberam a Primeira Eucaristia na comunidade São Miguel Arcanjo.

Família buscando formação No dia 1 de dezembro de 2008 aconteceu a formatura do curso de teologia da paróquia Santa Luzia. Este dia foi muito importante para todos que após três anos de perseverança concluíram o curso. Neste curso tem participação de famílias como a de Ezenite que junto com as sobrinhas Lidia, Priscila e Thaís com o esposo Edimar se formaram. Zenilda que concluiu o curso no ano de 2007 e demais familiares estivem presente neste bonito momento. "Eu fui coroinha, minha mãe (Zenilda) foi ministra da eucaristia e meus primos e minha tia são ainda ministros da eucaristia. O curso ajudou a entender um pouco mais das coisas de Deus, tirou muitas duvidas. Vale a pena fazer teologia, quem tiver oportunidade não deve perder" comentou Lídia.

Santa Luzia realizou festa Nos dias 11, 12 e 13 de dezembro a igreja matriz Santa Luzia realizou tríduo com missa às 19h30 em preparação para a festa da padroeira. No domingo dia 14 houve missa festiva às 10 horas. Após foi servido um delicioso almoço com churrasco, galeto, salada e maionese. A tarde foi festiva com ação comunitária e sorteio de vários brindes. A coordenação agradece aos voluntários que trabalharam nesta festa e a presença de todos.

Venha conhecer as coisas de Deus! Estão abertas as inscrições da Escola de Teologia para Leigos na comunidade Santa Luzia. As aulas começam dia 2 de março das 19h30 às 21h30, sempre às segundas-feiras, com duração de 3 anos Participando das aulas você vai conhecer sobre Teologia da Revelação, Cristologia, Ordem e Matrimônio, Batismo, Liturgia entre outros temas.

Informe-se na secretaria da paróquia ou em sua comunidade. Participe!

As Pastorais e movimentos em nossa paróquia Jesus Cristo organizou uma equipe de discípulos que o ajudou muito a difundir o evangelho. A igreja continua usando o mesmo modelo e formando pastorais que ajudam na evangelização. A paróquia Santa Luzia conta com o precioso trabalho de suas pastorais e movimentos, pessoas comprometidas com a causa de Deus e dos irmãos. Há pastorais e movimentos bem articulados outras buscam se fortalecer. A paróquia conta com as seguintes pastorais e movimentos:

Catequese Grupos Bíblicos de Reflexão Grupo de Oração Pastoral Social Pastoral Familiar Consolação e Esperança Infância Missionária Acolhida

Liturgia

Comunicação

Ministro da Eucaristia

Dizimo

Pais e Padrinhos

Pastoral da Saúde

Apostolado da Oração

Pastoral da Pessoa Idosa

Pastoral da Criança

Grupos de Jovens

Grupo Vocacional

A coordenação convida aos que tem interesse em trabalhar nas pastorais e movimentos de nossa paróquia deixar o nome nas secretarias. Em nossos próximos informativos estaremos destacando os trabalhos que cada pastoral e movimento realiza.

Pastoral da Música Acólitos e coroinhas Clube de Mães Mãe Peregrina

Informativo da Paróquia Santa Luzia - Publicação da Paróquia Santa Luzia. Rua Monsenhor Gercino. 6767, Paranaguamirim - Joinville - Santa Catarina. Conselho editorial: Padre Inácio Giacomelli. Colaboradores: Pastoral da comunicação. Jornalista Responsável: Ruy Ferrari (MTB 22251/SP). Projeto gráfico e diagramação: Girardi Junior Editora Ltda. Impressão: Grafinorte. Tiragem: 2.000 exemplares. As matérias assinadas são de responsabilidade dos autores

Edição do mês de Fevereiro  

Jornal Paroquial do mês de Fevereiro da Paróquia Santa Luzia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you