Page 1

12

Fé e Vida

Ação e Missão • Abril/Maio/Junho 2009

Um novo céu e uma nova terra "Certa vez, um jovem resolveu sair de casa. Disse aos pais que nada queria de herança. O que realmente desejava era a liberdade e o conhecimento. Queria andar livre e conhecer o mundo, saber muitas coisas sobre a vida. E lá se foi o jovem, pobre e livre, cheio de sonhos e expectativas sobre o mundo, a vida, a humanidade. No caminho, o jovem encontrou um homem já bastante idoso que lhe perguntou sobre aonde pretendia ir. Ao saber que o rapaz queria conhecer o mundo e sentir a sensação de liberdade, o velho lhe aconselhou, dizendo: O mundo que encontrares poderá não ser o mundo dos teus sonhos. E com certeza não é este o mundo que Deus sonhou para nós. E o moço ouviu estas palavras e seguiu sua viagem. Em todos os lugares por onde o jovem andava, a injustiça e a miséria, o sofrimento e o abandono, a discriminação e a dor humana o comoviam profundamente. O jovem percebeu que o mundo era perverso e que era difícil de viver aquilo que ele mais queria: a liberdade. Então parou e perguntou: Como posso ser livre se tudo depende do dinheiro? Como andar livremente se a violência assus-

ta e espanta as pessoas? Como pode ser que, com tanto conhecimento e com todas as formas de saberes e pesquisas, a humanidade ainda não sabe o que fazer para resolver seus problemas? Neste momento, lembrou das palavras do velho que havia encontrado lá no início do caminho: O mundo que encontrares poderá não ser o mundo dos teus sonhos. E com certeza não é este o mundo que Deus sonhou para nós.

Levantou os olhos, e lá estava o velho vindo em sua direção. O jovem fez questão de que o homem parasse para conversarem. E lhe disse: O senhor tinha razão. Este não é o mundo dos meus sonhos. Em resposta, disse o velho: Claro que não. E este também não é o mundo que Deus quer. E entregou ao jovem a Bíblia. E o rapaz começou a ler a Palavra e a dialogar com as pessoas que encontrava na rua. Com isso, percebeu que o sonho de Deus é que o mundo fosse diferente daquele que seus olhos enxergavam. Compreendeu que o desejo de Deus é que não haja fome, guerras e nenhum tipo de sofrimento e exploração humana e ambiental.

Ao encontrar novamente o velho, o jovem lhe falou: Claro que este não é o mundo dos meus sonhos. E também estou absolutamente certo de que todo mal que acontece não é da vontade de Deus. A Bíblia mostra que Deus quer o bem de todas as pessoas, quer um mundo pleno de justiça e de paz, de respeito e de cuidado para com a natureza. E, diante do sereno e silencioso olhar do velho, o jovem continuou falando e perguntando: Um outro mundo é verdadeiramente possível? E o velho, cheio de respeito diante da angústia do jovem, lhe diz: Um outro mundo é possível se tu continuares firme no propósito de construí-lo. Saiba que Deus não quer fazer tudo sozinho. Quer que sejamos seus companheiros e companheiras na luta fiel e amorosa, dando testemunho da nossa esperança". O nosso compromisso é nutrir e cuidar da vida. Criar novas formas de relações entre as pessoas e com a natureza. Nosso compromisso é ser companheiros e companheiras de Deus para construir o Reino. Orides Bernardino - Fonte: CEBI - A Palavra na vida nº 252, p.30

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


Abril/Maio/Junho 2009 • Ano 5 • Nº 27

Crianças recebem Jesus pela 1ª vez na Eucaristia PÁGINA 3

Momentos que marcaram a Semana Santa na Paróquia PÁGINAS 6 e 7

Padre Jorge fala um pouco sobre sua vida PÁGINA 8

Um novo céu e uma nova terra PÁGINA 12

Aproveite os meios de comunicação que a paróquia oferece

Rádio União FM 87.9 MHz

Programa Semeando Esperança - 11 às 12 horas

Pela internet

www.pauloapostolo.com.br

(

Pelo telefone

Pelo jornal Ação e Missão

(47) 3434-1091

jornalmissao@yahoo.com.br


2

EDITORIAL

Rezar mais para rezar melhor Quanto menos rezamos, menos vontade temos Para aprender a rezar é preciso simplesmente rezar muito, saber recomeçar indefinidamente a rezar sem se cansar, mesmo se não há resposta imediata, mesmo se não há nenhum resultado aparente. Para o mal de deixar a oração, não há outro remédio senão recomeçar. Precisamos sair da inércia e retomar o nosso relacionamento com Deus, ainda que não tenhamos gosto para já. As pessoas muito ativas ajudariam mais a Igreja, deixariam Deus mais satisfeito, se além de darem um bom exemplo, se entregassem mais a vida de oração. Nossas ações e trabalhos devem ser um transbordamento da nossa vida de oração, senão corremos o risco de estar apenas cumprindo cargos e não fazendo a vontade de Deus. Para alcançarmos esta realidade tão importante em nosso dia a dia é necessário treino, disciplina e principalmente perseverança, quanto menos rezamos, menos vontade temos de rezar, então, vamos fazer o oposto a isso, e assim, quanto mais rezarmos mais teremos vontade de rezar. Sem dúvida poderemos sentir o quão cada trabalho, cada atividade, cada reunião serão mais proveitosas e positivamente diferentes à partir desta experiência. Nesta 27ª edição do nosso jornal paróquia Ação e Missão convido a todos para que juntos, nos unamos nesta grande missão de fazer de nossa vidas um transbordamento de nossa oração, dessa forma teremos uma paróquia mais santa, uma diocese mais ungida e consequentemente um mundo melhor. Isa Gonçalves

EXPEDIENTE

Opinião

Ação e Missão • Abril/Maio/Junho 2009

AÇÃO E MISSÃO – Jornal da Paróquia São Paulo Apóstolo – Rua Ponte Serrada, 440 – Comasa – Joinville/SC – Fone: (47) 3434-1091 E-mail: jornalmissao@yahoo.com.br Jornalista Responsável: Ruy Ferrari MTB 22251/SP. Coordenação: Padre Vilnei Carlos Pscheidt. Equipe Pastoral da Comunicação: Isa Gonçalves, Padre Vilnei e Maurici. Responsáveis pelo Patrocínio: Isa Gonçalves. Projeto gráfico e diagramação: Girardi Junior Editora (3028-4877) – Impressão: Grafinorte. Tiragem: 3.000 exemplares.

Para anunciar no Ação e Missão ligue: 3434-1091 ou pelo e-mail: jornalmissao@yahoo.com.br

MENSAGEM DO PÁROCO Padre Vilnei Carlos Pscheidt

Que a benção e a graça de Deus nosso Pai, o amor e a misericórdia de Jesus Cristo, a ternura e os dons do Espírito Santo estejam com todos vocês. É com muita alegria no meu coração de sacerdote, irmão, pai, amigo, que direciono as minhas palavras a cada um dos nossos paroquianos (as), e de modo muito particular quero nessas breves palavras direcionar as nossas santas mulheres que fazem parte de nossa vida, e demonstram pelo seu afeto e carinho, o Deus de ternura e de bondade, do qual lembramos delas nesse mês de maio. De modo muito carinhoso, lembramos de nossa amada e querida mãe, que desde o ventre materno, nos trouxe a esse mundo, gerando uma nova vida, fazendo-se junto com o Criador o seu papel de gerar novas vidas a este mundo, participam portanto, da obra da criação Divina. São

elas que nos ensinam a viver, andar, falar e principalmente a amar. A nossa eterna gratidão daquelas que nos conhecem, em nossos sentimentos palavras e ações. Com um coração de mãe, eternamente seremos filhos pequenos, do qual o cuidado de mãe nunca nos faltará. Lembrar também as mulheres que viram cada um de nós crescer, seja elas nossas irmãs, avós, tias, primas, vizinhas, quem tivemos o nosso primeiro contato, conversas, diálogos nossas brigas e assim por diante, com certeza elas nos marcaram muito em nosso crescimento pessoal e comunitário. Lembrar também as nossas mulheres educadoras, a começar pelas mães, professoras, trabalhadoras, esposas, mestras, doutoras, religiosas, catequistas, aquelas que nos ensinaram a sermos gente de caráter, moral, educados, alfabetizados, evan-

gelizados e sermos pessoas aberto para a vida e o amor. Que Deus recompense em dobro tudo o que as mulheres realizam entre nós, e sejam verdadeiramente respeitadas em sua dignidade de ser essa presença amorosa e de ternura, e saibamos valorizá-las no seu modo de ser e de viver em nossa vida cotidiana. Que a grande Mãe de Deus e nossa mãe, que se fez pequena, Maria Santíssima, interceda por cada uma das mulheres. Amém.

MENSAGEM DO BISPO

Jovens rumo a Maringá A 10ª edição do Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ) será em 2012 e vai ser realizada em Maringá. A escolha da cidade foi definida em reunião da coordenação nacional da Pastoral da Juventude (PJ). A cidade, que superou Belo Horizonte na preferência, será a primeira da região sul do país a receber o evento. O ENPJ é um momento em que a Pastoral da Juventude reflete, discute, partilha e celebra sua vida e sua história. O encontro é realizado a cada três anos e reúne representantes dos jovens de todas as dioceses do Brasil. "Será um espaço onde juntos reafirmaremos a opção de evangelização da juventude tecendo linhas e orientações pastorais que guiarão nossos trabalhos", explica o membro da coordenação nacional, Claudinei de Lima. Além da própria juventude, a escolha da cidade tem o apoio do arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti, dos padres, religiosos e, também, de entidades da cidade como o Maringá Convention & Visitors Bureau. A última edição do ENPJ foi realizada em janeiro deste ano, em Natal, RN, e foi

marcada por momentos de espiritualidade, estudo e missão. Como resume o bispo responsável pelo Setor Juventude da CNBB, Dom Eduardo Pinheiro da Silva, o objetivo foi "reforçar a identidade da própria PJ e provocá-la para novos horizontes". "Jovem evangelizando jovem" - Adotada praticamente em todos os países da América Latina, a Pastoral da Juventude surgiu no Brasil na década de 70 e é definida como a ação organizada da juventude, em comunhão com a Igreja, evangelizando outros jovens. De acordo com a pesquisa nacional, "Vida dos Grupos de Jovens" - realizada em 2006, pelo Instituto Casa da Juventude, de Goiânia, com o apoio do Setor Juventude da CNBB - a Pastoral da Juventude possui aproximadamente 50 mil grupos, 53% do total de grupos de jovens católicos no país. O Ano da Juventude ainda palpita nos corações dos jovens da Diocese de Joinville. Com certeza, o entusiasmo ainda não acabou. Mas, devemos encontrar sempre caminhos novos para que continuem se organi-

zando e fortalecendo seus grupos, além de se abrirem para eventos novos que os ajude na construção de suas vidas. Queremos que os jovens sejam protagonistas na evangelização, ou seja, atores importantes e não apenas receptores das coisas do Reino. Como diz o Concílio Vaticano II: "Os jovens devem converterse nos primeiros e imediatos apóstolos dos jovens, exercendo o apostolado, a pastoral entre os seus próprios companheiros, levando em conta o meio social em que vivem". O jovem tem a capacidade de se comunicar e chegar a outros jovens. A Igreja quer formar jovens que sejam fermento do Evangelho na sociedade, e não jovens "fermentados" por uma sociedade em que o poder, o ter e o prazer são os valores supremos. Caros jovens, façam de conta que o Ano da Juventude ainda não terminou. Por isso, ânimo, coragem, vida sempre nova, entusiasmo e esperança que não decepciona. Estamos com vocês, neste "Jovens rumo a Maringá"! Vão se organizando desde já. Que Deus vos abençoe! Dom Irineu Roque Scherer

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


Aconteceu

Abril/Maio/Junho 2009 • Ação e Missão

Nova coordenação dos coroinhas da comunidade São Paulo Apóstolo em seu 1º encontro dia 18 de abril. Sejam bem vindos Roberto e Ana

Dia 14 de março ocorreu o Encontro Comarcal Espiritualidade nos Capuchinhos para os interessados em trabalhar com a Pascom teve participação de nossa paróquia

11

Encontro Paroquial Paulo Apóstolo da RCC, dia 18 de abril, na comunidade São Paulo Apóstolo

No último dia 22 de março, aconteceu o Batismo da primeira criança na comunidade São Paulo Apóstolo. No foto, Júlia Carara sendo batizada

Retiro com os Tios do Rejaaf, no dia 29 de março. Momento de muita Fé e amizade

Retiro de Espiritualidade e integração com os Tios do Rejaaf, dia 29 de março

Jornal Ação e Missão Evangelização através da informação

Bonelli Acessórios para Cortinas

Para anunciar ligue

Rua Avencal, 930 - Comasa

(47) 3455-0526

Fone: 3434 0881

R. TENENTE PAULO LOPES, nº494 - BOA VISTA

FONE 3434 0538

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


10

Dízimo

Ação e Missão • Abril/Maio/Junho 2009

Um pouco da História da Festa das Tendas Até ao século XIII a.C. , os povos que habitavam Canaã celebravam as suas festas seguindo o ritmo da natureza e agradeciam aos deuses os frutos da terra. A festa das Tendas pretendia agradecer os frutos das colheitas do Outono, sendo sobretudo uma festa das vindimas. Tem a sua origem nas cabanas em que as pessoas viviam durante as colheitas, longe das suas casas. Era uma época de grandes alegrias, festejos e danças, mas tendo um caráter sagrado. A festa das tendas também era a festa da peregrinação em que o povo se reunia para relembrar os antepassados que moraram em cabanas quando saíram do Egito. À noite era, aceso candelabros de ouro no Templo e o povo saia em procissão levando tochas, iluminando assim a cidade inteira, celebrando os grandes feitos do Senhor, libertador do seu povo, pessoas de todos os lugares reuniam-se para louvarem e adorarem a Deus recordando suas origens . "Somente Deus o faz, este Deus que ampara mesmo nas tendas aqueles que se rendem a Ele em total devoção e lealdade. Jesus é, pois, a verdadeira tenda de Deus, a verdadeira morada de Deus no meio dos homens. Entrando na sua tenda, atravessaremos com segurança o deserto da nossa peregrinação na terra." Que esta 8ª edição da Festa das Tendas em nossa paróquia nos renove a alegria e unidade de coração para assim bem servimos o Deus da Vida, que ampara desde sempre o seu povo !

Venha participar da Semana Bíblica Paroquial 2009! Dias: 19,20 e 21 de maio Tema: Ano Catequético Assessor Padre João Ilson LOCAL

HORÁRIO

Comunidade São Paulo Apóstolo

8 às 10 horas

Comunidade Papa João XXIII

15 às 17 horas

Comunidade São Francisco de Assis

19h30 às 21h30

Vamos participar das festas nas Comunidades Divino Espírito Santo

FESTA DAS TENDAS 2009 LOCAL: COMUNIDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS • DIA 21 DE JUNHO HORÁRIO

ATIVIDADE

08:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 às 14:00 14:00 14:00 14:30 15:00 15:30 15:45

TODA A F ABERTURA COM A SANTA MISSA ESTA SERÁ TRA NSMITIDA CORAL ITALIANO PELA RAD IO DANÇA ALEMÃ UNIÃO 87 ,9 FM DANÇA GAÚCHA TEATRO VILA NOVA APRESENTAÇÃO MÚSICA SERTANEJA AO VIVO RÁDIO UNIÃO 87.9 FM DANÇA DA QUADRILHA TENDAS NA FESTA DAS UIDAS IB CAPOEIRA TR IS D SERÃO E TEATRO GBR ALIMENTAÇÃO S A ENCERRAMENTO/ ANO PAULINO GULOSEIM TE! GRATUITAMEN ENCERRAMENTO/TORNEIO CPJ

DIA

HORÁRIO

O QUÊ

14/05

19:30

Tríduo

15/05

19:30

Tríduo

16/05

19:30

Tríduo

17/05 (Festa) 9:00

Procissão

10:00

Missa

12:00

Almoço

14:00

Bingo

DIA

HORÁRIO

O QUÊ

21/05

19:30

Tríduo

22/05

19:30

Tríduo

23/05

18:00

Tríduo

São José

24/05 (Festa) 9:00

Procissão

10:00

Missa

12:00

Almoço

14:00

Bingo

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


Catequese

Abril/Maio/Junho 2009 • Ação e Missão

3

Crianças vivem grande emoção durante a Primeira Eucaristia "Estou sentindo uma grande emoção em saber que está chegando a hora de receber Jesus pela 1ª vez. Em relação a minha família fico feliz demais por todo apoio recebido sempre para que este momento acontecesse em minha vida e principalmente feliz por ter meu pai presente pela primeira vez numa data especial." Lucas Felipe Pereira

" Estou emocionada e ansiosa em receber Jesus pela primeira vez. Sinto-me feliz pela confraternização que teremos em família, e aproveito para agradecer em 1º lugar a Deus, também a meus familiares e a minha catequista que foi minha avó, que mesmo tendo passado pela perda de uma filha em abril de 2008 não desistiu, e continuou com a nossa turma. Também fiquei muito feliz e agradeço também ao padre Vilnei por ter participado dos ensaios juntos conosco." Gabrielly André Marcelino

"Sinto-me emocionado por saber que irei receber Jesus pela primeira vez na eucaristia e também muito feliz porque teremos uma reunião de família para comemorar este dia tão especial. Agradeço a minha catequista por ter me ajudado nesta caminhada." Bruno Miguel Moraes

"Estou feliz, pois, além de receber Jesus pela primeira vez teremos em minha família uma confraternização para juntos comemorar este dia. Agradeço primeiramente a Deus, também a minha mãe que neste dois anos sempre perseverou ao meu lado e a todos os catequistas pelo apoio e carinho. Quero agradecer especialmente ao padre Vilnei que participou dos ensaios e pela atenção especial que deu a mim e a todos nós." Djeniffer Monique B. da Silva

"É para mim um momento muito importante em saber que vou receber mais um sacramento, principalmente o sacramento da eucaristia que será nos dado nas duas espécies, corpo e sangue de Jesus. Estou feliz pela confraternização que teremos em família. Aproveito para agradecer aos catequistas, a minha mãe e também ao padre Vilnei que esteve presente nos nossos ensaios. Também quero agradecer muito a Deus pelo seu amor por nós."

Encontro com os pais, uma parceria na missão de evangelizar as criaças!

Arielly Losso Freitas

Catequese, comunidade Nossa Senhora do Rocio Pais e catequizados participaram de três encontros na comunidade Nossa Senhora do Rocio. Os acessores falaram sobre temas que envolvem a catequese: o que é catequese renovada hoje; a importância dos catequistas, trabalhar dentro dos encontros esses temas, também a importância e necessidade da presença dos pais, com seus filhos na caminhada de Igreja; trabalhar todos juntos com fé, coragem e ação para uma catequese melhor Coordenadora: Ivani Strapzzon

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


4

Ação e Missão • Abril/Maio/Junho 2009

Grupos Bíblicos de Reflexão

Formação para animadores do GBR Ser animador de Grupo Bíblico de Reflexão é um ministério muito bonito de nossa Igreja, mas não basta o carisma e a boa vontade, é preciso formação e estudo. Você é convidado a participar das formações que acontecem na paróquia, na comarca e na diocese. Participe sempre! Preocupe-se com sua própria formação permanente! Quem não participa de encontros e reuniões, não aprende a ser participativo e comunitário, corre o risco de ser autoritário, de querer resolver as coisas por si mesmo e assim acaba tornando-se limitado naquilo que o próprio Deus espera de seu trabalho e doação. Além de formação e estudo, é preciso muita espiritualidade e santidade. Quem anima um Grupo Bíblico de Reflexão, é convidado a ser um "parceiro" de Jesus Cristo, na Sua escola de oração, reflexão e ação, como

foi o grupo de Jesus com os Apóstolos. Você é importante para nossa Igreja. Obrigada por este trabalho de formiginha, que faz uma diferença imensa em nossa comunidade igreja. As missas nos setores, os encontro da semana sempre bem preparados, o sorriso no rosto , a dedicação e todo amor entregues a este trabalho sem dúvida são muito apreciados por Deus que sabe que temos animadores que realmente entenderam a importância desta missão. Nossa Paróquia São Paulo Apóstolo tem sido sempre bem representada porque VOCÊ faz sua parte para que o Reino de Deus aconteça ! Que Deus ilumine sempre os nossos grupos, que a união e a esperança façam sempre parte de nossas vidas ! Lenir e Verônica, Coordenadoras paroquiais dos Grupos Bíblicos de Reflexão

5º Encontro Comarcal dos Animadores dos Grupos Bíblicos de Reflexão Igreja cheia, todas as Comunidades de nossa Paróquia estiveram representadas neste evento. Estávamos ansiosos por mais uma oportunidade de ir, ouvir e apreender , para assim melhor servir, verbos estes que Irmã Meri, uma Catequista Missionária, nos ajudou a refletir, no intuito de continuar a Missão de Jesus de Nazaré.Somos preciosos para Deus, e Ele confiou-nos dons e capacidades gratuitamente, acreditando e confiando em cada um de nós, para a concretização de sua aliança com o seu povo. Nós animadores e coordenadores de grupos bíblicos de reflexão, somos chamados a sermos missionários em nosso grupo, fazendo que em cada reunião semanal a Boa Nova seja anunciada, despertando nos corações o desejo de seguir este caminho.Foi desse jeitinho simples que Ir. Meri nos ensinou que para sermos verdadeiros cristãos, devemos "cheirar" como Deus, e para isso precisamos "cheirar" Deus.Onde poderemos "cheirar" Deus?Na oração, na palavra, nas atitudes e no servir o próximo. Ser cristão é centrar nossa vida em Deus, é ser o "Bom Pastor" é amar a vida e ter compromisso com ela, é o zelo e não o poder, è o amor compreensivo e não o inte-

Missa na comunidade Nossa Senhora Aparecida A primeira missa de setor deste ano na comunidade Nossa Senhora Aparecida aconteceu na casa da D. Iracema de Oliveira Farias, no dia 10 de fevereiro e foi presidida pelo padre Vilnei. O Sr. Isidoro Lohn que é um dos coordenadores dos grupos bíblicos nesta comunidade partilhou que " o sacrifício de cada pessoa vale a pena , pois trabalhando em comunidade aprendemos a ser cristãos mais autênticos e aprendemos a fazer a vontade de Deus, e os grupos bíblicos são um grande meio para isso".

Tânia Mara Costa, coordenadora do GBR da comunidade São Paulo Apóstolo resse. Ser o "Bom Pastor" é ser ternura, firmeza, brandura, ser caminho, ser paz e ser verdade, ser amor e ser irmão, ser Pastor é "ser" Jesus para o próximo, é enxergar o mundo através dos olhos de Deus.Gostaria de agradecer a todos os animadores dos Grupos Bíblicos de Reflexão pela sua disponibilidade e doação. Tânia Mara Costa

Missa na comunidade São José No último dia 21 de abril, na comunidade São José, aconteceu mais uma missa dos grupos bíblicos de reflexão, desta vez na casa do Sr. Adelar e D. Eliane, que fazem parte do grupo Nossa Senhora de Fátima, que tem como animadora a Sra. Tainá. A missa foi presidida pelo nosso pároco , padre Vilnei e teve uma boa participação.

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


Pastoral Familiar

Abril/Maio/Junho 2009 • Ação e Missão

9

Casais, invistam em seu matrimônio, pois, o amor é um embrião que precisa crescer! "Viver na superficialidade", esta é uma das frases que nos marcaram nos encontros. Nosso relacionamento como casal e como família melhorou ao longo das semanas e hoje dialogamos e nos conhecemos melhor." Valério e Adriana – Capela São José, Pastoral Familiar

"Geralmente, em meio a tantos afazeres e correria do dia a dia, não paramos para conversar abertamente sobre relacionamento conjugal, esse curso nos proporcionou reavaliar momentos e situações que precisavam ser faladas abertamente com toda sinceridade de coração. Tivemos que voltar ao passado e nos perdoar, para assim viver o presente e também refletir sobre o que queremos e devemos fazer para ter uma relação melhor no futuro."

Tem sido uma bela experiência este "cursos para casais" que está sendo ministrado para vários casais que fazem parte de nossa paróquia. Com uma metodologia toda voltada para o resgate do diálogo, e claro dentro de valores cristãos, o curso leva o casal a resgatar, para si tal valor e assim melhorar, e muito seu relacionamento. Já foram montados 2(dois) grupos, um em 2008 sendo que 10 casais participaram e o outro foi agora em 2009, que contou com a participação de 9(nove) casais. A experiência de fazer estas 6(seis) semanas do curso, é realmente positiva e importantíssima na vida do casal, nós aqui da paróquia São Paulo

Apóstolo, estamos felizes demais com o trabalho e o indicamos, na certeza de que esta iniciativa entre tantas que existem em prol do casamento, é uma das mais ricas e frutuosas. Queremos partilhar alguns depoimentos de casais que

vivenciaram estes dias, na intenção de suscitar nos corações dos casais, o desejo de também buscar este curso, para que possamos ter sempre mais e mais casais que vivam com autenticidade e alegria o sentido real de suas vidas .

Lúcio e Lene – Capela Papa João XXIII, Pastoral Familiar

"O curso nos ajudou perceber o que está certo e o que precisa se melhorado em nosso casamento, aprendemos que não devemos deixar nosso relacionamento cair na rotina, e que é muito importante cultivar nosso amor." Maurici e Elaine – Capela Papa João XXIII, G.B.R. e Pastoral da Comunicação

Volnei e Rosileni – Matriz São Paulo Apóstolo, Pastoral Familiar

Segundo grupo do Curso de casais paroquial

"Estamos completando 27 anos de casados, sempre de muito bom relacionamento, porém neste curso de casais, descobrimos que ainda temos muitos pontos a melhorar em nosso dia a dia, principalmente no que diz respeito a diálogo, pois, através do diálogo franco e aberto podemos solucionar a maioria dos problemas e programar melhor nossa vida."

LYCRI

MALHAS Lycra - Renda - Malha Elanca - Cotton e toda linha de ginástica e aviamentos para Moda Íntima e Praia

Fone: (47) 3434-2607 Cel. 8406-2330

Fone/Fax: 47 3434-2481

Rua Pasteur, 583 - Iririú

Rua Tenente Paulo Lopes, 504 Boa Vista - Joinville/SC

dvpservicos@brturbo.com.br dvpservicos@zipmail.com.br

"Só temos agradecer pela oportunidade. Estávamos em meio a uma crise, e mau conversávamos , pensávamos até em desistir de tudo, porém, na mesma semana que começamos o curso, já ficamos impressionados de como as coisas começaram a mudar. Muitos casais se separam, nem sabem porque, e é só a falta de diálogo e o saber "ouvir com o coração". Agora estamos sabendo valorizar as qualidades um do outro e aceitando com paciência as diferenças. Valter e Viviane – Comunidade Nossa Senhora dos Navegantes, Pastoral da Juventude

João e Maria – Capela Papa João XXIII, Coordenação CPC

Filmagem em Geral, Limpezas de fitas, fotos, transferimos sua filmagem de fita para DVD

"Mesmo já tendo participado de outros retiros e formações para casais, este curso nos ajuda ou a manter nosso casamento ainda com mais harmonia, e com certeza se chegar a crise, irritação ou qualquer outro problema, estaremos melhor preparados para enfrenta-los."

Rua Victor Konder, 1145 Lateral Papa João XXIII Bairro Iririú Fone: (47) 3437-1318 Fone/Fax: (47) 3473-9213

Panificadora e Confeitaria

BOTEGA Encomenda de Bolos, pães, doces em geral

www.centaldeusinagem.com.br contato@centaldeusinagem.com.br

SERRALHERIA

BITENCOURT Ferramentaria, projeto e execução Dispositivos, moldes, matrizes Ferramentais para fundição

Fone: 3434-0390

NBR ISO 9001

Rua Max Bohem, nº 843 Bairro Espinheiros Joinville - Santa Catarina

Rua Albano Schimidt 4182 Boa Vista - Joinville Fone/fax: 3027-1187

Portas de rolo Pantográficas Grades - Portões Cercas - Janelas Esquadrias de Ferro Reformas em Geral

Fone (47) 3434-2140 Rua Maracujá, 330 Boa Vista

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


8

Especial

Ação e Missão • Abril/Maio/Junho 2009

ENTREVISTA PADRE JORGE WALTER DE SOUZA

"Eu vim para que tenham vida"(Jo 10,10) Nesta primeira edição do jornal Ação e Missão após a chegada do Padre Jorge Walter de Souza, queremos apresentar para a paróquia um pouco de sua vida. Então,o convidamos para uma entrevista onde ele responde algumas perguntas que nos farão conhece-lo melhor Ação e Missão – Padre Jorge, conte-nos sobre sua família e como nasceu sua vocação. Pe.Joge – Minha família é do interior(agricultores) Éramos em treze irmãos, eu sou o oitavo irmão. Meus pais são falecidos. Após atingir a idade de 17 anos trabalhei num viveiro de mudas de pinus e eucalipto, após um ano, no final de 1978 quando completei 18 anos, saí da empresa para entrar no seminário. AM – Há quanto tempo o senhor é sacerdote e qual seu lema sacerdotal ? Pe.Jorge – Fazem 18 anos que fui ordenado sacerdote, no dia 14 de julho de 1991, na paróquia São João Batista em Garuva. Como diácono eu já atuava como administrador. Após ser ordenado padre pelo bispo Dom Gregório Warmiling, fui nomeado pároco e meu lema de ordenação é "Eu vim para que todos tenham vida"(Jo 10,10). AM – Quais as paróquias ou comunidades que o senhor já trabalhou ? Pe.Jorge – Já trabalhei em várias, a primeira foi a paróquia São João Batista de Garuva, onde como já partilhei fui pároco. Também trabalhei na paróquia Nossa Senhora das Graças em São Francisco do Sul. Em Barra Velha na Paróquia Divino Espírito Santo. Também trabalhei em Blumenau na paróquia Imaculada Conceição e no Santuário Nossa Senhora Aparecida. Trabalhei em Campo Alegre na paróquia Santíssima Trindade e

vós, avós, pais nasceram e se criaram na roça, então, eu trago daí minhas raízes e culturas. AM – Quais seus sentimentos e expectativas como o vigário paroquial em nossa paróquia? Pe.Jorge – Que eu me converta cada vez mais para estar no meio do povo. Que o espírito de Pentecostes e das primeiras comunidades aumentem em nossas famílias união e testemunho de nós padres.

“Peço que rezem e valorizem os padres, que nos ajudem a sermos peritos em Deus a favor da vida e da esperança”

em Jaraguá na Paróquia Santíssima Trindade. Meus últimos trabalhos antes de vir para cá foram na paróquia Imaculada Conceição do Boa Vista e em seguida trabalhei no Seminário Menor de Joinville auxiliando a todas as paróquias. AM – Em sua vida sacerdotal o que o senhor diria que foi mais importante? Pe.Jorge – Foi e é o trabalho direto com o povo nas pastorais e movimentos. AM – Dentro de seus inúmeros trabalhos como sacerdote qual deles o senhor descreveria como

sendo o que mais lhe ajuda a crescer como sacerdote? Pe.Jorge – Foram os trabalhos nas comunidades eclesiais de base, Ceb’s, grupos de família e os grupos bíblicos de reflexão. AM – O que o senhor diria aos jovens que hoje sintam-se chamados a vida sacerdotal. Pe.Jorge – Que não tenham medo. O caminho se faz caminhando com Deus a nossa frente. AM – Sabemos que o senhor gosta da natureza, do campo, contenos um pouco sobre isso. Pe.Jorge – Meus tataravós, bisa-

AM – O que o senhor pensa sobre os meios de comunicação a favor da evangelização? Pe. Jorge – O que mais comunica hoje não são somente nossas palavras, mas para sermos melhores evangelizadores discípulos e discípulas de Jesus, dar o nosso testemunho de humildade, devemos investir por montar esta pastoral que é extremamente importante para nossa igreja. AM – Qual a mensagem que o senhor deixa para os leitores do jornal Ação e Missão? Pe. Jorge – Peço que rezem e valorizem os padres, que nos ajudem a sermos peritos em Deus a favor da vida e da esperança. Que todos imitemos São Paulo Apóstolo, grande missionário, pois, pelo batismo somos chamados para que todos tenham vida. Participem com suas famílias nas comunidades e nos grupos bíblicos de reflexão. Deus os abençoe! Amém Aleluia!

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


Jovens

Abril/Maio/Junho 2009 • Ação e Missão

Ministério de música Um Só Coração Tudo começou em maio de 2005, através do Pedro, que hoje não faz mais parte do nosso ministério, mas com certeza foi uma peça fundamental na nossa história por todo o seu empenho e carinho conosco. Ele já cantava em outros grupos e foi lançando alguns convites. De repente, ali estavam alguns de nós, que até então, em sua maioria não tinha contato, se reunindo para servir a Deus através da música que é nossa paixão em comum. Começamos tocando nas missas e aos poucos, fomos sendo convidados a animar alguns encontros paroquiais. Hoje, nossa missão expandiu, e depois de muitas mudanças, Deus tem nos chamado a evangelizar os jovens, animando vários retiros da juventude como o REJAAF, caminhada e despertar vocacional. O nome "Um Só Coração", do qual leva o nosso ministério, foi inspirado pela Bruna (irmã da Gisele do vocal), que no início sempre participava de nossos ensaios. Havíamos orado antes, mas nenhum nome havia até então despertado tamanho interesse quanto este, sugerido por ela. E hoje, esse nome reflete aquilo que queremos ser junto com Jesus, Um Só Coração. Nós, jovens, estudamos, trabalhamos, temos nossa vida pessoal, nossa família, precisamos nos dedicar ao estudo da música e outros compromissos, e apesar de tudo isso levamos nossa missão com muita seriedade, não estamos ali para fazer a nossa vontade e sim a de Deus.

Integrantes do Ministério “Um Só Coração” Sempre temos claro que nossa música é para chegar ao coração da juventude e promover uma transformação e na verdade, essa transformação acaba ocorrendo dentro de nós mesmos. Não somos perfeitos, temos nossas diferenças, nossos defeitos, mas batalhamos para oferecer o nosso melhor pra Deus. Hoje, pela graça de Deus, o grupo é composto pela Adogleani(Gogui), nossa tecladista, a Sonia (Soninha) vocal, o André Luis(Deco) no violão e guitarra, o Beto(Chinelo) na bateria, por fim, o nosso novo integrante que também se chama André no Baixo e eu, Gisele, no vocal. Temos ainda alguns membros, dos quais nos recordamos com carinho, em especial a Graça (Greyce) no vocal e violão, a Tatiane e Katiane (Tati e Kati) no vocal, o Fernando(Galdério) no baixo, o Marcos(Marcolino) na batera e o próprio Pedro (Vô Pedro) no vocal. Todos estes ainda nos deixam mui-

tas saudades, mas em contrapartida, o Senhor enviou outros, não que viessem a substituí-los, porque cada um teve um brilho especial dentro de nossa história, mas para somar e certamente porque também tem um propósito para eles e para o grupo através dos dons deles. Este ano, estamos completando 4 anos de Ministério Um Só Coração e estamos muito felizes em servi-lo. E você, jovem, que se sentiu desperto a também conhecer o amor de Deus e servi-lo através de seu dom, com sua música, com sua arte, venha trocar uma idéia conosco, porque vale apena, isso nos faz não melhores que os outros, mas diferentes... Não há tamanha alegria do que estar entre amigos que nasceram pela fé, fazendo algo pelo que se é apaixonado, a música, para aquele que realmente merece todo a nossa honra, glória e louvor: Jesus Cristo.

Formação para Lideranças Jovens Aconteceu nos dias 22 e 23 de março uma formação para lideranças de grupo de jovens promovida pela Comarca Norte, dirigida por jovens do centro Salesiano Dom Bosco. Todos os coordenadores de juventude e outros jovens de nossa paróquia foram convidados à participarem desta formação já que é uma oportunidade de formação, amadurecimento e crescimento para os grupos de jovens. O conteúdo da formação baseou-se nestes temas: ● Evangelização da juventude

no Brasil (história, estrutura, organização, metodologia dos grupos) ● Protagonismo Juvenil, participação na comunidade, espiritualidade e grupos de jovens ● A pessoa do líder/coordenador de grupo ● Documento 85 da CNBB: Evangelização da juventude Além dos temas explorados, a formação ofereceu momentos de recreação e integração entre os participantes. Rafaela Bosse

"Jovem evangeliza jovem" a frase principal desta formação na qual nós coordenadores e líderes tivemos um único objetivo: reconhecer e anunciar Jesus Cristo, a esses jovens que precisam muito de apoio e atenção. Foram dois dias maravilhosos de muito aprendizado através da realidade de cada grupo, novas experiências, trocas de informação. Com certeza cada jovem que participou sabe que a sua missão a partir de agora é buscar essas ovelhas como o próprio Deus fez. Danielli Joaquim

Representantes dos grupos de Jovens de nossa Paróquia

TORNEIO DE FUTEBOL PAROQUIAL 30e 31

maio

5

Forme sua equipe e venha participar ! Inscrições com coordenadores dos grupos de jovens de sua comunidade!

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


6

Ação e Missão • Abril/Maio/Junho 2009

Semana Santa na paróquia

A semana Santa na paróq Comunidade Papa João XXIII

Comunidade São Paulo Apóstolo

Domingo de Ramos “Como não aclamá-Lo Rei, se Ele fez-se Servo dos servos”

Procissão do Senhor Morto Foi com sua morte que reacendeu-se a chama da vida

Via Sacra Na caminhada da Vida é que celebramos nossa caminhada rumo ao calvário que se faz até nossa ressurreição

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”


Semana Santa na paróquia

Abril/Maio/Junho 2009 • Ação e Missão

7

quia São Paulo Apóstolo

Vigília Pascal Na noite Santa da Páscoa, cinco catecúmenos renasceram pelo Batismo na força do Espírito Santo através do Crisma e no alimento da Eucaristia

Domingo, dia da Ressurreição do Senhor Como não Crer na Vida, se Jesus Ressuscitou!

2009 - ANO CATEQUÉTICO: “CATEQUESE, CAMINHO PARA O DISCIPULADO”

Paroquia São Paulo maio  
Paroquia São Paulo maio  

jornal maio sao Paulo Apostolo

Advertisement