Page 1

em foc o Ano 2 | Edição nº 06 | Julho, Agosto e Setembro

Em 2018, o evento realizou mais de 14 mil procedimentos preventivos na capital e interior. Pág. 04

viver bem

rede credenciada

Ioga e seus benefícios. Pág. 19

Amafresp avança em novo modelo de pagamento. Pág. 10

1


ÍNDICE ABRE ASPAS Pág. 03

ESPECIAL Pág. 04

EDITORIAL

GESTÃO Pág. 08

Filiado(a),

REDE CREDENCIADA

O Amafresp em Foco, publicação trimestral que traz informações do seu plano de saúde, apresenta novidades. Agora, o periódico está dividido por seções para tornar sua leitura mais prática, dinâmica e agradável.

Pág. 10

INSTITUCIONAL Pág. 10

PREVENÇÃO Pág. 12

RAIO-X Pág. 14

ARTIGO Pág. 18

VIVER BEM Pág. 19

EXPEDIENTE Amafresp em foco Diretoria da Amafresp: Renato Pei An Chan Analista de Comunicação: Fabieli de Paula Soares Assistente de Redação: Giselle de Melo dos Santos Designer: Thiago Gesteira Circulação: outubro e novembro 2018 Tiragem: 9.090 exemplares Impressão: Grupo Pigma E-mail: amafresp@afresp.org.br

ANS- N o 31763- 2

2

No total, são 10 seções variáveis: “Abre Aspas”: seleção de depoimentos; “Entrevista”: perguntas e respostas destinadas a apresentar o ponto de vista de profissionais da área da saúde; “Especial”: grande reportagem; “Gestão”: matérias relacionadas à gestão da Amafresp; “Institucional”: textos sobre a Amafresp; ”Opinião”: artigo escrito por um médico ou especialista sobre diversas temáticas da área; “Prevenção”: reportagens sobre as medidas preventivas; “Raio X”: números da autogestão; “Rede Credenciada”: conteúdo a respeito da rede credenciada da Amafresp; e “Viver Bem”: reportagens sobre temáticas como qualidade de vida, bem-estar e medicina alternativa.

Além dessas novidades, a edição tem como destaque a matéria “20 anos de Campanha Saúde”, que traz a cobertura desse importante evento, que ofereceu mais de 14 mil procedimentos preventivos na capital e interior neste ano. Veja também a matéria sobre a ioga e seus benefícios, a reportagem “Apague o cigarro e viva melhor” e detalhes do programa Amafresp Presente. E não deixe de ler o artigo “Desvios no Eixo da Saúde”, escrito pelo médico auditor Dr. Carlos Roberto Ramos Pereira. Esperamos que, com esse informativo, você esteja mais próximo do plano e possa cada vez mais interagir conosco. Saber sua opinião é muito importante para que possamos trazer melhorias e facilidades para a autogestão. Participe por meio das nossas redes sociais ou nossos canais de comunicação. Contamos com sua colaboração!


abre aspas “Quero ressaltar a atenção especial, carinho e respostas imediatas da colaboradora Rosângela. A Amafresp é sinônimo de excelência em virtude de profissionais como ela e sua equipe. Agradeço por toda a dedicação a mim e à minha família durante estes anos.” Marcia Pires Palhuca - Filiada de São João da Boa Vista

“Sou filiada à Amafresp e não troco esse plano por nenhum outro. Minha mãe, falecida há mais de dois meses, utilizou muitas vezes o plano e sempre foi muito bem atendida. Agradeço especialmente à Filomena e ao hospital HCor. Aproveito a oportunidade para apontar melhorias no atendimento do Home Care. Infelizmente, o serviço é terceirizado, o que faz com que sua qualidade seja muito discrepante em comparação com a Amafresp”. Gisele Guilherme - Filiada da capital Amafresp: Agradecemos sra. Gisele pelos apontamentos. A partir deles, tomaremos possíveis providências para a resolução desses problemas e aprimoramento de nossos serviços.

“Neste ano, coloquei duas próteses, uma em cada joelho. Foram duas cirurgias bem-sucedidas no Hospital 9 de Julho. Fiquei muito satisfeito, pois, após dois dias de cada procedimento, sendo que um deles foi realizado em janeiro e o outro foi feito em abril, já estava andando, o que melhorou minha qualidade de vida. Quero registrar a dedicação do médico Claudio Gholmia, excelente ortopedista da Clínica Uniort, credenciada à Amafresp, lugar em que também realizei minhas sessões de fisioterapia.” Francisco Carramenha e Costa - Filiado da capital

“Venho agradecer o atendimento e a orientação recebidos de toda a equipe da Amafresp, em especial da Rosângela, do Dr. Walter e do pessoal da hospitalidade: Filomena e motoristas. Para nós do interior essa ajuda é fundamental. A orientação e o auxílio foram e continuam sendo essenciais para o sucesso da minha cirurgia e, agora, de meu acompanhamento. Parabéns e obrigado a todos!” Luiz Magnusson - Filho de filiado de Sorocaba

Envie suas sugestões, elogios, críticas e dúvidas para amafresp@afresp.org.br 3


especial

20 ANOS DE CAMPANHA SAÚDE A foto do Jornal da Afresp acima remete ao dia 7 de abril de 1998, data especial para a medicina preventiva da Amafresp, em que ocorreu o oferecimento de vacinas, consultas oftalmológicas, avaliação de pressão arterial, entre outros procedimentos. O evento, realizado no Dia Mundial da Saúde daquele ano, foi um sucesso e deu origem à tradicional Campanha Saúde. Assim começa essa história de sucesso, que, nestes 20 anos, já proporcionou a aplicação de mais de 90 mil doses de vacina da gripe e de pneumonia aos filiados da Amafresp. Os filiados que passaram pela campanha sempre a elogiam por possibilitar a imunização contra a gripe sazonal e gripe A – H1N1, a realização de exames preventivos e a orientação sobre a importância da prevenção. Além disso, fazem questão de registrar seu depoimento. Para a filiada Glades Sumilda Zarza, que compareceu à Campanha Saúde na sede da Afresp, ocorrida em 17 e 18 de abril, a ação é uma das medidas mais inteligentes da Afresp, por-

Já o filiado Fábio Di Roberto, de Campinas, participa todos os anos da campanha. “Essa é uma excelente iniciativa da Amafresp. Sempre venho e trago meus filhos”, disse. A filiada de Osasco Danieli Bragança também ficou satisfeita com a Campanha Saúde 2018. “Além do atendimento excelente e do carinho, gostei muito da assinatura digital. Fico cada dia mais contente”, contou. Por falar em carinho, a encarregada do setor de Prevenção, Ticiana Melosi Soria, responsável pela organização do evento há mais de 15 anos, falou sobre a necessidade de muito comprometimento e dedicação: “A Campanha Saúde começa a ser preparada sempre no ano anterior e requer o trabalho de diversos profissionais. Sem dúvidas, é uma medida que só vem crescendo e se consolidando ao longo destes 20 anos”.

Vacina Gripe

Vacina Pneumo

Perfil Lipídico

Glicemia

Pressão Arterial

Oftalmologia

IMC

Circ. Abdominal

Gordura Corporal

TOTAL

Sede

1737

81

276

271

274

167

164

118

164

1434

Pinheiros

159

11

63

62

70

-

39

37

38

309

Tatuapé

366

40

76

69

80

-

45

42

43

355

Centro

621

32

176

183

161

-

127

125

125

897

Lapa

262

30

71

72

70

-

40

39

39

331

Gde. SP, Litoral e Interior

3615

490

866

927

713

-

585

460

436

3987

6760

684

1528

1584

1368

167

1000

821

845

7313

Cidade

4

que por meio dela é feita a prevenção. “O dia da vacinação é extremamente importante não só para os associados, mas também para a Amafresp”, comentou.


Neste ano, a Campanha Saúde imunizou 6.760 filiados contra a gripe, 684 contra a pneumonia e realizou aproximadamente 7.313 exames preventivos, totalizando 14.757 atendimentos. Veja os números detalhados na tabela. Em 2018, a Campanha Saúde contou novamente com a parce-

ria do Hospital Beneficência Portuguesa (BP), do Grupo NotreDame, do Centro Oftalmológico São Paulo e da gestora Univers (Drogasil e Droga Raia). O diferencial desta edição foi o envio de confirmação do associado na ação de prevenção à saúde via e-mail e SMS. O sistema de disparo foi desenvolvido pelo departamento de Tecnologia da Informação (T.I.) da Afresp

INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO A encarregada do setor de Prevenção destacou que a ausência de compromisso dos filiados com o período de inscrição e o não comparecimento à campanha são fatores que impactam no custo assistencial da Amafresp: “As vacinas são compradas de acordo com o número de participantes inscritos. É realizado todo um planejamento, mas infelizmente sempre temos que comprar doses extras para atender aqueles que por algum motivo não se inscreveram. E essas vacinas “de última hora” têm o valor maior, o que eleva os custos da campanha”, disse. Ela ainda alertou que, em algumas localidades, muitos filiados não aproveitam a estrutura do evento e depois procuram clínicas credenciadas, nas quais o custo por dose chega a ser duas vezes maior, fato que, consequentemente, traz acréscimo para a cota da autogestão.

ACOMPANHE NOS GRÁFICOS OS RESULTADOS DA CAMPANHA SAÚDE 2018 COLESTEROL TOTAL (1528)

COLESTEROL HDL (1528)

CÁLCULO LDL (1528)

TRIGLICÉRIDES (1528)

GLICEMIA (1584)

PRESSÃO ARTERIAL (1368)

IMC (1000)

CIRC. ABDOMINAL (821)

ALTERADO NORMAL

5


confira as fotos da campanha saĂşde

6

s e d e


R e g i o n a i s

7


gestão AMAFRESP IMPLANTA NOVO SISTEMA DE AUTORIZAÇÃO A Amafresp, buscando modernizar seus processos, iniciou a implantação de um novo sistema de autorização de atendimentos aos filiados. Essa é a primeira entrega de outras mudanças a serem realizadas nos próximos meses no processo de autorização de procedimentos.

cio, esse sistema permitirá consultar toda a documentação e histórico do processo de autorização de maneira digital. “A partir desse novo sistema, tudo será digital e eliminaremos o uso de papel, garantindo mais sustentabilidade, agilidade e economia”, disse.

O novo sistema foi desenvolvido pelo departamento de Tecnologia da Informação da Afresp e automatizará as solicitações de autorização, o que agilizará o atendimento na sede e Regionais. Para o coordenador operacional da Amafresp, Alexandre Palá-

Já a assistente administrativa da Amafresp, Cintia Cavalcante, elogiou o novo sistema. “Com essa implantação, nosso trabalho foi automatizado. Além disso, melhoramos a qualidade da comunicação com outros setores da Amafresp”, concluiu.

FILIADOS RECEBEM NOVO CARTÃO DA AMAFRESP Todos os filiados receberam o novo cartão de identificação da Amafresp, já que a validade do anterior expira em 31 de outubro.

terceiros. Em caso de necessidade de emissão de segunda via, será cobrada uma taxa de expedição.

Além do novo formato, a novidade é que agora os cartões não possuem data de validade. “O novo modelo de carteirinha está adequado para atender às normas da Agência Nacional de Saúde (ANS) e aproveitamos a oportunidade para fazer com que nossa rede credenciada passe a utilizar o sistema eletrônico de autorização, pois, desta forma, é possível avaliar a elegibilidade do usuário perante os prestadores. Além disso, a medida proporcionará mais economia ao plano, porque não há mais a obrigatoriedade de renovação a cada dois anos”, explicou o diretor da Amafresp, Renato Chan.

Na hipótese de não recebimento do novo cartão, o filiado deve entrar em contato com o departamento de Inscrição da Afresp, por meio dos telefones: 3886-8840/8836/8868 ou por meio do e-mail: inscricao@afresp.org.br.

Junto ao cartão, os filiados à Amafresp ainda receberam o Manual do Filiado, que tem como objetivos esclarecer as principais dúvidas e conscientizar o usuário sobre o melhor uso do plano. “Este manual é informativo, sucinto e de fácil leitura. Os direitos e obrigações completos podem ser consultados no Regulamento da Amafresp, disponível para consulta no site www.amafresp.org.br”, ressaltou Chan. Para agilidade em seu atendimento médico, a nova carteira também estará em breve disponível no aplicativo Amafresp Saúde. Basta baixá-lo em seu celular ou tablet e fazer o login informando o número da carteirinha e senha de acesso, que é a mesma da área restrita. Pronto! Desta forma, o titular, dependente ou agregado terá acesso à carteirinha digital, que pode ser apresentada em qualquer hospital, médico ou laboratório da rede credenciada, acompanhada com o RG original. Cuidados com o novo cartão O cartão do filiado à Amafresp é de uso pessoal e não pode ser emprestado a

8


VOCÊ SABE DA IMPORTÂNCIA DE GUARDAR SEUS EXAMES? USO CONSCIENTE: FIQUE DE BEM COM SEU PLANO DE SAÚDE Não deixe de buscar os resultados e guardar seus exames! O histórico de saúde é muito importante.

• Leve os exames anteriores, com data inferior a 6 meses, em suas consultas. • Não se esqueça de levar o pedido devidamente preenchido e carimbado no dia em que for realizar os exames. • Volte ao médico e apresente os resultados. Dê continuidade ao tratamento. • Receituário com múltipla escolha não é aceito pela Amafresp. • Se tiver recebido exames em formato digital, leve login e senha ou baixe o arquivo em seu celular. • Guarde seus exames! Lembre-se: os exames são passíveis de cobrança de coparticipação a partir do 4º exame (inclusive).

Risco e exposição: fazer exames sem necessidade não ajudará na investigação de seu caso, pelo contrário, poderá trazer complicações e riscos para sua saúde.

mes realizados anteriormente auxilia na economia de tempo e dinheiro, além de refletir positivamente na redução de custo do plano.

Custo dos Exames: a realização desnecessária de exames também resulta em custo. O aproveitamento do histórico de exa-

Usar o plano de saúde com responsabilidade faz bem à saúde de todos!

9


rede credenciada AMAFRESP AVANÇA EM NOVO MODELO DE PAGAMENTO

“Essa nova forma de cobrança busca trazer previsibilidade e controle de custos, além de maior eficiência em todo o processo de auditoria das contas. O ganho de eficiência permitirá à equipe de auditoria médica se concentrar na qualidade dos indicadores do atendimento prestado ao paciente e no grau de resolutividade do tratamento”, explicou o diretor da Amafresp, Renato Pei An Chan.

De maneira inédita entre os planos de saúde de autogestão, há um ano, a Amafresp estabelecia com o Hospital Beneficência Portuguesa (BP) uma nova forma de pagamento do custo de atendimento, denominada “diária global”, que contempla pagamento a preço fechado de procedimentos mais comuns. No mês de agosto, a equipe do hospital foi recebida na Associação para celebrar a data, realizar um balanço preliminar do novo processo e discutir novas ações conjuntas para o ano de 2019.

O diretor Renato Chan ainda ressaltou o trabalho de sua equipe no detalhamento da composição de diversos pacotes de tratamento médico, especificando quantidade e qualidade de materiais para os 70 tipos mais comuns de procedimentos.

EXPANSÃO DO MODELO Com o objetivo de ampliar a ação, no mês de agosto, a Amafresp firmou novos acordos com os hospitais Samaritano e Santa Catarina, ambos da capital.

institucional CONHEÇA A VISÃO E A MISSÃO DA AMAFRESP A Amafresp, considerada uma das melhores autogestões do Brasil, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), há 51 anos, mantém uma relação transparente, ética e comprometida com os Fiscais e seus familiares. Neste ano, a diretoria da Amafresp elaborou seu Planejamento Estratégico. Conheça a missão e visão do seu plano.

Missão: oferecer o melhor serviço de saúde aos nossos associados por meio de práticas eficientes de gestão, políticas de prevenção, relacionamento e atendimento de excelência. Visão: ser referência como plano de assistência à saúde no segmento de autogestão.

10

“Temos uma grande preocupação com o controle de custos e qualidade do atendimento, então, nossa intenção é expandir esse modelo de pagamento e fortalecer o relacionamento de parceria com todos os hospitais que demonstrem interesse no projeto, inclusive com os do interior”, concluiu Chan.


FILIADOS PODEM ACOMPANHAR SEUS GASTOS COM ASSISTÊNCIA MÉDICA NO APP AMAFRESP SAÚDE

Você sabia que a Amafresp disponibiliza o extrato de utilização no Aplicativo Amafresp Saúde? Nesse extrato, é possível verificar os atendimentos prestados ao filiado e à sua família. É importante ressaltar que esse informativo também se encontra no portal da Amafresp (área restrita). O extrato de utilização da Amafresp é uma fonte muito importante de informação para o filiado. Por meio desse extrato, os filiados podem verificar de perto e com total transparência as contas pagas pelos atendimentos, além de contribuir com nosso plano ao informar sobre cobranças com as quais não concorda. Os filiados, independentemente da idade, podem visualizar apenas seus próprios atendimentos. Já a utilização dos menores de 12 anos poderá ser acessada pelo responsável financeiro.

11


prevenção APAGUE O CIGARRO E VIVA MELHOR!

O consumo de tabaco é uma das principais causas de mortes em todo o mundo, matando sete milhões de pessoas por ano, segundo levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS). O número é alarmante e, de acordo com a organização, gera gastos absurdos para a economia, totalizando mais de US$ 1,4 trilhão em custos de saúde e perda de produtividade.

ponta do cigarro. “Os malefícios do tabaco se estendem também àqueles – adultos e crianças - que involuntariamente inalam o fumo dos mais próximos e aprendem que fumar é algo natural, aumentando as chances de se tornarem fumantes no futuro”, explica o médico auditor da Amafresp, Walter Lyrio do Valle.

Os especialistas são unânimes em afirmar que prevenir o início do fumo é a forma mais eficiente de combater o tabagismo e todas as consequências negativas relacionadas a ele. Conforme a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, feita pelo IBGE e realizada em 2015, 18,4% dos jovens no ensino fundamental já experimentaram cigarro, e um a cada 14 jovens de 18 a 24 anos são tabagistas. Essa prevalência sobe para 10,4% entre adultos de 24 a 44 anos e para 12,7% entre adultos de 45 a 64 anos. No geral, entre 1989 e 2015, a prevalência caiu de 34,8% para 10,4%, o que significa redução de 70%.

Não é novidade que a inalação da fumaça pode causar efeitos sérios em curto e longo prazo, como problemas respiratórios e aumento do risco de câncer de pulmão. Porém, apesar da absorção respiratória, o maior risco que o tabagismo traz é para o sistema cardiovascular. “Em conjunto com outros fatores de risco, como o sobrepeso, sedentarismo e alterações do colesterol, o tabagismo aumenta o risco de a pessoa desenvolver doenças como a aterosclerose, que pode causar o infarto e derrame”, explica Dr. Walter.

Um estudo britânico publicado pela Sociedade Europeia de Cardiologia diz que abandonar o tabaco é benéfico em qualquer idade e nunca é tarde demais para parar. A análise demonstra que a expectativa de vida de um fumante em comparação com a de um não fumante é de até 10 anos a menos, o que é reduzido quanto maior for o tempo da cessação do tabagismo. Os números são alarmantes e preocupam ainda mais quando pensamos tanto nos fumantes ativos quanto nos fumantes passivos – aqueles que ‘apenas’ inalam a fumaça que sai da

12

O médico da Amafresp recomenda a avaliação do risco cardiovascular frequentemente, incluindo a análise do estilo de vida, exames laboratoriais e orientação quanto ao risco do tabagismo, bem como a definição de estratégias para buscar sua cessação. Para os que não fumam, não iniciar o vício é o caminho ideal. Já para os que desejam parar de fumar, a tarefa pode se tornar mais fácil com o estabelecimento de metas claras e objetivas, além da adoção de um tratamento e uma postura decidida sobre os benefícios que podem ser obtidos em longo prazo.


PACIÊNCIA E DETERMINAÇÃO Parar de fumar não está na lista de missões impossíveis, mas está entre uma das mais difíceis que alguém possa enfrentar. Ainda que seja difícil, é possível parar de fumar. Quando uma pessoa deixa de fumar, os resultados são surpreendentes: •

Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal.

Após 2 horas, não há mais nicotina no sangue.

Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza.

Após 2 dias, a pessoa passa a sentir melhor os cheiros e sabores.

Após 3 semanas, a respiração fica mais fácil e a circulação melhora.

Após 5 a 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou.

A gerente da Amafresp, Rosângela Lázaro, conta que começou a fumar quando tinha 15 anos e que, na época, o hábito era considerado “descolado” e estava na idade da autoafirmação. “Fumei por 23 anos da minha vida, até o dia em que comecei a sentir nojo do odor do cigarro”, disse. Percebendo esse incômodo e ciente de todos os malefícios do vício, Rosângela marcou uma data para parar de fumar e iniciou o processo. “Comprei adesivos de nicotina e, com paciência e muita determinação, no dia 09 de julho de 2010, abandonei o cigarro”. Ela ainda falou que os primeiros 15 dias foram muito difíceis, mas, devido à sua persistência, superou o vício. Hoje, Rosângela vive muito bem sem cigarro, inclusive pratica exercícios com regularidade e está com a saúde em dia. “Todo dia 09 de julho eu comemoro mais um ano de vida sem cigarro e acredito que, assim como eu consegui, qualquer um pode, basta acreditar”, finaliza.

Fonte: Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

CONHEÇA O PROGRAMA AMAVIDA! De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), por volta do ano 2020, as doenças crônicas não transmissíveis serão responsáveis por 80% dos problemas de saúde que afetam a humanidade. Diante desse prognóstico, fica evidente o quanto é essencial adotar cada vez mais medidas preventivas e de conscientização para mudanças de hábitos e autocuidado. Buscando atuar de maneira estratégica e propiciar uma adesão dos filiados a essa ideia, a Amafresp lançou em outubro o programa Amavida.

Chan ainda ressaltou a importância do autocuidado: “É importante que nosso filiado tenha consciência de que ele é o responsável pela sua própria saúde. Estamos aqui para prestar a assistência, mas é preciso que ele se cuide no dia a dia”.

O programa Amavida oferecerá um conjunto de ações programáticas e integradas que objetivam: a promoção da saúde; a prevenção de riscos, agravos e doenças; a compressão da morbidade; a redução dos anos perdidos por incapacidade e o aumento da qualidade de vida.

A coordenadora de Prevenção da Amafresp, Ticiana Melosi, acrescentou que o programa irá valorizar a qualidade de vida, desde o momento em que o paciente está saudável até uma condição em que precise de tratamento contínuo. “Os procedimentos envolvem gerenciamento da saúde e acompanhamento personalizado”, afirmou.

O diretor da Amafresp, Renato Pei An Chan, explicou que o conceito do Amavida está associado à visão holística e plena sobre a área da saúde, com oferecimento de um cuidado integral e humanizado. “Esse programa irá contribuir para a Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças. Queremos que a Amafresp seja um plano de saúde e não um plano de gestão doenças”, disse.

A primeira ação do programa aconteceu no dia 31 de outubro, quando foi realizada uma palestra, seguida de um chá da tarde, para tratar sobre a prevenção e o tratamento do câncer de mama. O evento foi realizado na sede da Afresp e transmitido ao vivo pelo Facebook da Amafresp.

13


raio x PERFIL DEMOGRÁFICO

19.847 BENEFICIÁRIOS

Distribuição das vidas por faixa etária

EVOLUÇÃO MENSAL DOS

Distribuição de sinistro por faixa etária

Exceto reciprocidade | Agosto de 2017 a Julho de 2018

MAIORES OFENSORES

14

Agosto de 2017 a Julho de 2018

| Maiores usuários | Beneficiários Classificados por % no Custo Operacional Total


CUSTOS ASSISTENCIAIS

*

Contumaz: pessoas que fazem uso da rede em demasia, sem nenhum critĂŠrio. | Agosto de 2017 a Julho de 2018

15


FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO Taxa mensal em consulta efetiva por beneficiário

Média de Exames por beneficiário no mês

Média de Terapias por beneficiário no mês

16


EVOLUÇÃO DA COTA EM 2018 JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

19.838.163,32

16.512.049,49

15.835.477,44

19.335.591,64

18.120.651,58

18.535.215,47

19.485.450,01

19.187.843,18

ENCARGOS TRIBUTÁRIOS (2)

68.797,41

57.090,84

55.383,94

62.127,01

75.452,21

79.762,86

75.239,49

65.627,68

DEVOLUÇÃO DE COTAS (3)

2.904,70

4.318,00

825,19

3.322,97

6.122,78

10.683,80

5.529,41

659,65

TAXA ADMINISTRATIVA (7%) (4)

1.244.062,90

1.388.671,43

1.155.843,46

1.108.483,42

1.353.491,41

1.268.445,61

1.297.465,08

1.363.981,50

RECEITA RECIPROCIDADE (5)

898.342,93

778.988,04

481.279,94

645.219,76

1.057.368,96

814.875,31

65.196,15

1.588.106,31

64.515,63

280.309,69

93.710,39

137.529,82

113.877,38

358.187,78

852.786,15

133.576,63

20.191.069,77

16.902.832,03

16.472.539,70

19.726.775,46

18.384.471,64

18.721.044,65

19.145.701,69

18.896.429,07

35.638,20

35.644,50

35.640,90

35.641,90

35.725,60

35.761,70

35.781,30

35.853,90

VALOR REAL DA COTA (9)

566,56

474,21

462,18

553,47

514,60

523,49

535,08

527,04

VALOR DA COTA COBRADA (10)

505,00

514,00

514,00

514,00

514,00

520,00

526,00

526,00

CUSTOS DE ATENDIMENTO (1)

RECEITAS DIVERSAS (6) SALDO (7) QUANTIDADE DE COTAS (8)

Notas explicativas: 1. Representa o total gasto com despesas assistenciais, reembolso, ressarcimento ao SUS, tributos dos prestadores retidos na fonte pela Amafresp 2. Encargos tributários próprios da Amafresp (INSS autônomos + COFINS) 3. Devolução de valores cobrados em excesso 4. Em virtude do uso da estrutura física e de pessoal da Afresp, é repassado à associação o montante de 7% dos valores dos custos assistenciais da Amafresp 5. Receita proveniente das associações de outros estados por conta da utilização dos serviços da Amafresp por seus filiados 6. Receitas com origem na cobrança de coparticipação, franquias e diferença de tabela 7. Saldo = (1)+(2)+(3)+(4)-(5)-(6) 8. Total de cotas ativas na Amafresp 9. Valor real da cota = (7)/(8) 10. Valor efetivamente cobrado em mensalidades

MAIORES PRESTADORES NO GERAL

Agosto de 2017 a Julho de 2018

17


artigo DESVIOS NO EIXO DA SAÚDE Por Dr. Carlos Roberto Ramos Pereira, médico auditor A fraude é predatória em toda a cadeia de planos de saúde, haja vista o número de operadoras que fecharam suas portas nos últimos anos, em sua maioria por má gestão, acompanhada de fraudes. É condenável qualquer atitude deste tipo! Pois o princípio dos bons profissionais deve ser essencialmente caráter, ética e competência. Somente desta forma o mercado se manterá saudável. Para se ter uma ideia do impacto econômico provocado pela má gestão na saúde, segundo um cálculo do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), R$ 22,5 bilhões dos gastos de operadoras de planos de saúde no País em 2017 foram desperdiçados por consequência de fraudes e procedimentos desnecessários. Isso representa 19% do total de despesas das operadoras, que somaram R$ 117,24 bilhões. O IESS identificou ainda que 18% das contas hospitalares apresentam itens indevidos e entre 25% e 40% dos exames laboratoriais não são necessários. No fim, alguém acaba pagando pela ineficiência e desonestidade, pois tudo isso acarreta o encarecimento de planos de saúde e tratamentos.

matologistas, igualmente, fazem isso no que se refere à utilização de imunobiológicos. E muito mais, essa cadeia é enorme no Brasil. Em recente viagem à Europa, onde por um período de minha vida residi e estudei, comentei esses fatos existentes no Brasil e não fui acreditado, pois essa realidade é simplesmente irreal para eles. Nos EUA, temos relatos de comissões dadas a médicos pela utilização deste ou daquele material de implante, fato que foi severamente reprimido e levou alguns médicos e fornecedores de material de implante às barras dos tribunais, com prisões decretadas. Não restam dúvidas de que, com as fraudes, todos – pacientes, planos de saúde e o sistema como um todo – acabam perdendo mais do que “ganhando”, pois o desperdício do dinheiro que as empresas gastam com a fraude poderia ser revertido em custos menores nos planos de saúde, favorecendo os beneficiários e empresa. Afinal, se isso não existisse, os resultados seriam bem melhores para todos.

Para combater os prejuízos provocados pelos fraudadores – que só abalam a imagem das operadoras e dos corretores –, as empresas do segmento devem agir com o rigor da lei, tanto para os profissionais do setor como para o cliente. É necessário investir na transparência dos processos e julgamentos, com regras mais definidas e prazos mais eficientes. Uma boa forma de esclarecer e evitar a má conduta é orientação via informativos físicos e eletrônicos. A tecnologia também pode ser uma aliada das instituições e pacientes na transparência das transações nos procedimentos de saúde, pois ajuda muito no cruzamento de informações entre os beneficiários e as instituições. A criação de mecanismos e aplicativos pode auxiliar neste processo. Fraudes, sim fraudes, em diversas especialidades médicas. Órteses, próteses e materiais especiais (OPME) hipervalorizados para daí se tirar polpudas comissões. Hospitais que cobram uma grande comissão para que determinado material de implante seja utilizado em suas dependências. Por exemplo, há relatos da coBuscar trabalhar com uma rede credenciada enbrança de 30% do valor, em forma de desconto na xuta, certificada e que seja bem avaliada pelos nota fiscal para que esses materiais sejam utilizados. filiados e pela administração da Amafresp é uma das principais ações em andamento para evitar Médicos que, com a desculpa de que seus honorários que os efeitos de práticas danosas do setor de são baixos, exigem dos fornecedores de OPME polpusaúde atinjam a saúde financeira da Amafresp. das comissões, que não raro chegam a 40% ou 50%. Dentistas com formação em bucomaxilofacial igualmente exigem comissões para utilização deste ou daquele material, que podem chegar, pasmem, a 60%. Oncologistas que, com acordo financeiro com a indústria farmacêutica, aceitam igualmente altos valores pela prescrição ou indicação de um determinado produto oncológico. Reu-

18


viver bem

IOGA E SEUS BENEFÍCIOS A palavra ioga vem de “yuj”, que, em sânscrito, significa “unir” e “integrar”. Portanto ioga é União e abrange muito mais do que exercícios e posturas físicas. Essa prática é um conjunto de conhecimentos que surgiu há mais de 5 mil anos, na Índia, tendo como base filosófica grandes princípios universais de evolução humana, observâncias e disciplinas pessoais, meditação e práticas de Asanas (posturas físicas) e Pranayamas (exercícios respiratórios). Quem pratica ioga muitas vezes é visto como alguém tranquilo, mas esse não é o único benefício da atividade. Segundo o terapeuta Shams Sabbagh, além da harmonização geral do organismo, a ioga aumenta a disposição, flexibilidade, a força e inteligência muscular. Benefícios no plano emocional e na saúde também são visíveis, na opinião do especialista. “Com a prática periódica, observam-se melhoria no humor e o fortalecimento dos sistemas imunológico, endócrino e hormonal, além do reequilíbrio da massa corporal”, destaca Sabbagh. Mas como isso acontece? Considerada uma terapia complementar e de prevenção a inúmeras enfermidades, a prática de ioga combina posturas e técnicas respiratórias. Juntas, essas duas vertentes promovem as mudanças profundas que trazem

benefícios aos praticantes. A concentração para os movimentos e a atenção à respiração correta promovem mudanças físicas e emocionais, contribuem para o autoconhecimento, harmonia interna, relaxamento e hábitos de vida mais saudáveis. Benefícios da Ioga • Melhora a postura e o fortalecimento muscular. • Ajuda a enxergar a vida de uma forma mais consciente, pensando nas atitudes para planejar um futuro. • Diminui dores nas costas. • Aumento da disposição. • Melhora e reforça a autoestima, a autoimagem e a força de vontade. • Proporciona equilíbrio emocional. • Regula o funcionamento dos sistemas digestório e respiratório. • Melhora a forma de nos relacionarmos conosco, com os outros e com o mundo. • Aumenta a flexibilidade. • Estimula a circulação sanguínea. • Fortalece o sistema imunológico. • Melhora do humor. • Aumenta a capacidade de concentração e a criatividade.

19


Profile for afrespsp

Amafresp em Foco - Edição 6  

Amafresp em Foco - Edição 6  

Profile for afrespsp
Advertisement