Page 1

22 O DESPERTAR - 2016/2017


índice 3 ......................................... Editorial

Memória Anual 4-5 ...................................... setembro 6-7 ...................................... outubro 8-9 ...................................... novembro 10-11 ................................... dezembro 12-13 ................................... janeiro 14-15 ................................... fevereiro 16-17 ................................... março 18-19 ................................... abril 20-21 ................................... maio 22-23 ................................... junho

Ao longo do ano 24-25 ................................... Clubes/Projetos

Entrevista 26-28 ................................... Entrevista ao Diretor

Finalistas do 9.º Ano

O DESPERTAR - 2016/2017

29-31 ................................... Mensagem e fotografias Finalistas do 9.º Ano

02

Escola Básica Afonso de Paiva (escola-sede) Morada: Rua Dr. Francisco José Palmeiro 6000-230 Castelo Branco Telefone: 272 339 240 Telemóvel: 964 863 699 Fax: 272 339 249 Email: agrupamentoapaiva@gmail.com Página Web: http://www.afonsopaiva.pt/ Facebook: https://www.facebook.com/afonsodepaiva

FICHA TÉCNICA

Edição N.º 4, junho 2017

Propriedade: Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva Diretor: Rui Duarte Conceção do projeto e redação: Equipa de Divulgação e Comunicação do AE Afonso de Paiva – Alice Nascimento (coordenadora), Alexandra Lima, José Filipe, Júlio Diamantino, Luís Santos e Maria Goulão Colaboradores: Professores do AE Afonso de Paiva Créditos Fotográficos: Comunidade Educativa Design Gráfico e Paginação: Informarte, S.A. - Cátia Balhau Impressão: IMPRESS Tiragem: 1400 exemplares


EDITORIAL hegámos ao fim de mais um ano letivo com o mesmo sentimento de que cada ano é único e irrepetível, com a alma cheia do muito que se viveu, se ensinou e aprendeu. O espírito de descoberta, o desejo de proporcionar desafios e experiências estimulantes, de alargar o conhecimento e de fazer crescer o nosso mundo são o alimento de cada dia, de cada aula e das mais diversas iniciativas de que o Plano Anual de Atividades do nosso Agrupamento é o corolário. É com muito prazer que a Equipa de Divulgação e Comunicação do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva apresenta a 4.ª edição da revista “O Despertar”, uma publicação anual herdeira do nosso jornal com o mesmo nome e através da qual procuramos sintetizar essa riqueza de que são feitos tantos dias, semanas e meses. No papel apenas podemos deixar impressos alguns desses momentos, mas na nossa memória ficarão gravados muitos outros que nos fizeram crescer e aprender, nos fizeram rir e sonhar, nos trouxeram surpresas e conquistas, enfim, que fizeram de nós o que somos hoje e nos abrem o caminho para o que seremos amanhã. A revista “O Despertar” é apenas um dos rostos de um inovador projeto de comunicação. Por limitação de espaço, esta centra-se apenas no Plano Anual de Atividades, e de forma muito sumária. São já muitas e muitas centenas as publicações que foram sendo partilhadas nas nossas páginas: documentos de trabalho, notícias, reportagens, álbuns de fotografias, vídeos, livros digitais, artigos, uma newsletter semanal enviada a toda a comunidade educativa e que, na hora de concluirmos esta revista, já vai na sua 130.ª edição em quatro anos letivos, estando previstas mais algumas até encerrarmos o ano letivo. Procurámos sempre informar e partilhar, com o desejo de estarmos mais perto de todos, de valorizarmos o trabalho dos alunos e dos docentes e não docentes, e de reforçarmos a relação com a comunidade que servimos. Fizémo-lo com as inevitáveis limitações de quem continua a desempenhar a sua principal missão, o trabalho direto com os alunos, mas com a preocupação de sermos abrangentes e rigorosos. Na fotografia que acompanha estas palavras vemos os rostos de quem operacionalizou um projeto ambicioso, mas há nessa imagem uma grande ausência: todos os professores (e foram tantos!) que nos apoiaram com o seu trabalho, nomeadamente com os conteúdos que prepararam. Não esquecemos, também, o papel desempenhado por alguns encarregados de educação. A todos, o nosso sentido agradecimento. Agradecemos, muito especialmente, ao Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, Rui Duarte, que sempre nos garantiu todas as condições para cumprirmos a nossa missão, nos apoiou incondicionalmente e nos transmitiu sempre a sua total confiança, dando-nos uma autonomia que foi determinante para atigirmos os objetivos definidosa cada ano. Terminamos com um desejo: que esta edição desperte em cada um o desejo de descobrir o muito que ficou por dizer nas páginas que se seguem, mas que poderão encontrar nos outros espaços do Agrupamento, que são, também, os vossos. Que a vida, na escola e fora dela, se traduza sempre num contínuo e auspicioso DESPERTAR. A Equipa de Divulgação

O DESPERTAR - 2016/2017

C

03


Torneio de Abertura de Futsal

Convívio de Boas-Vindas

(Re)encontros felizes

aconteceu em

O DESPERTAR - 2016/2017

setembro 04

MEMÓRIA ANUAL

No dia 12 de setembro, já em pleno trabalho de preparação do ano letivo e após uma reunião geral de professores muito rica em partilha de informação e de boas práticas, celebrámos o nosso reencontro com o primoroso e sempre apetitoso lanche que a Direção oferece todos os anos ao Pessoal Docente e Não Docente do Agrupamento – uma forma sempre agradável de dar as boas-vindas a quem regressa e a quem se junta a nós pela primeira vez.

Crianças recriam a arte da primavera A arte, recriada pelos alunos da turma 1AP (4.º ano, EB Afonso de Paiva), alusiva à geometria da primavera, reuniu os desenhos que os jovens artistas realizaram no ano letivo de 2015/2016. O resultado inspirado dos nossos talentos representou um colorido elogio à primavera, surpreendendo pela qualidade e expressividade das obras expostas.


Exposição «Geometria na Primavera» Entrega da Bandeira Eco-Escolas

Visita da Coordenadora da RBE

Torneio de abertura de Futsal

A Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), Dra. Manuela Pargana Silva, acompanhada pela Dra. Isabel Mendinhos, também da RBE, visitou, no dia 14 de setembro, as bibliotecas escolares dos agrupamentos de escolas albicastrenses. A visita, alegre e animada, foi intensa e repleta de muitas e boas conversas, opiniões e troca de impressões, tendo sido sublinhado o importante papel da Rede de Bibliotecas Escolares em prol da leitura e do desenvolvimento das multiliteracias.

Inserido na Semana Europeia do Desporto e no Open Day do Desporto Escolar promovido em várias escolas do país, o grupo de Educação Física da EB Afonso de Paiva realizou um torneio de abertura de Futsal na tarde do dia 28 de setembro. Utilizando cinco mini campos exteriores, o torneio foi aberto a todos os alunos e alunas do 5.° ao 9.° ano e teve a participação de 25 equipas, tendo decorrido com enorme espírito desportivo.

Novo prémio pelo investimento num ambiente sustentável: a nossa Bandeira Eco-Escolas 2015-2016 No dia 30 de setembro, alunos e professores da EB Afonso de Paiva estiveram em Aveiro, no encontro nacional das Eco-Escolas, onde, mais uma vez, receberam este galardão referente ao ano letivo transato. Desta feita, foi, de novo, reconhecida a qualidade do trabalho realizado na sensibilização da comunidade para um desenvolvimento sustentável e na adoção de medidas que fomentem maior respeito e preservação do ambiente nos espaços escolares do Agrupamento.

O DESPERTAR - 2016/2017

Coordenadora Nacional da RBE visita a biblioteca

05


aconteceu em

outubro MEMÓRIA ANUAL Ambiente – Apanha da azeitona (EB Sarzedas) Arte – Na EB Afonso de Paiva – Exposição de retratos de autores literários (Ed. Visual, 2.º Ciclo); Projeto Lançadeira e reportagem da RTP (1.º Ciclo); Exposição “Objetos do quotidiano” (Ed. Visual, 8.º ano) Associação de Pais e EE – Início do programa de ocupação de tempos livres “Pequenos Grandes Artistas” Cidadania – Comemoração do Dia Municipal para a Igualdade: apresentação da peça “Lamento e Testamento de Maria Gomes”, de José Dias Pires; Campanha “Gota Solidária” nas escolas do Agrupamento Ciências Exatas – Semana dos sentidos no Jardim de Infância Quinta das Violetas Comemorações – Halloween nas escolas do Agrupamento; Concurso “Chapéus de Bruxa” (Inglês, 1.º Ciclo e Biblioteca Escolar); sessões de animação de leitura (Biblioteca Escolar) Desporto – Participação no simpósio internacional “Aprender no Século XXI – Mais Exercício, Maior Sucesso, Melhor Futuro” Leitura/Escrita/Literacia – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares (atividades diversas da Biblioteca Escolar) Saúde – Apresentação do Pojeto +Contigo; Dia Mundial da Alimentação: atividades na biblioteca da EB S. Tiago e na EB/JI do Castelo; Semana da Alimentação na EB Mina (atividades diversas) Segurança – Sessão sobre segurança (EB Sarzedas) Visitas de Estudo – EB Mina no castelo de C.Branco (Dia dos Castelos)

Projeto Lançadeira

O DESPERTAR - 2016/2017

Simpósio «Aprender no Séc. XXI»

06

Teatro-Dia Municipal para a Igualdade

Acão sobre segurança-Sarzedas

Apresentação - Projeto +Contigo


Exposição «Objetos do quotidiano»

Dia dos Castelos-EB Mina

Concurso «Chapéus de Bruxa»

AE Afonso de Paiva no Simpósio Dia Mundial da Alimentação-EB S. Tiago

Sessão de leitura-Biblioteca Escolar

“Aprender no Século XXI – Mais Exercício, Maior Sucesso, Melhor Futuro”

Semana dos Sentidos Dia Mundial da Alimentação-EB+JI do Castelo

Semana da Alimentação-EB Mina

JI Qta das Violetas

Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva participou no simpósio internacional “Aprender no Século XXI – Mais Exercício, Maior Sucesso, Melhor Futuro”, que decorreu no dia 21 de outubro, na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa, e no qual intervieram diversas personalidades de relevo ao nível científico, pedagógico, associativo e político. Para o debate da tarde, o Diretor do AE Afonso de Paiva, Rui Duarte, foi convidado a partilhar as boas práticas desenvolvidas no nosso agrupamento no âmbito da disciplina de Educação Física e do Desporto Escolar.

O DESPERTAR - 2016/2017

O

07


aconteceu em

novembro MEMÓRIA ANUAL Dia da Multiculturalidade-EB Sarzedas

Projeto Recontar as Metas-Biblioteca Escolar

EB S. Tiago - prova de marmelada

Prémios de Mérito 2015-2016

O DESPERTAR - 2016/2017

N

08

o dia 3 de novembro, o auditório do AE Afonso de Paiva recebeu numerosos alunos, pais, encarregados de educação, professores, membros da Direção do Agrupamento e outros convidados para a entrega dos Prémios de Mérito 2015-2016, nas categorias de ouro e prata. Os prémios foram entregues aos alunos do 4.º ao 9.º ano, num total de 36 (21 de ouro e 15 de prata), que se distinguiram pelos seus excelentes resultados académicos, reflexo, também, das suas atitudes e valores. Mais um momento de muita emoção se viveu em comunidade.

Prémios de Mérito 2015-2016


EB Afonso de Paiva-Magusto Oficina de Inglês

Ambiente – Arranque do Projeto Ge(r)minar 2016-2017 Cidadania – Dia da Multiculturalidade na EB Sarzedas Ciências Exatas – Olimpíadas da Matemática (1.ª eliminatória) Início do Projeto Ge(r)minar 2016-17

Visita ao Lagar do Vale do Sarzedo-JI Sarzedas

Comemorações – Celebração do São Martinho nas escolas/jardins de infância do Agrupamento Formação – 21.º Seminário da Rede de Escolas de Excelência em Castelo Branco Homenagem – Cerimónia de entrega dos Prémios de Mérito 2015-2016 Leitura/Escrita/Literacia – Projeto (Re)contar as Metas (Biblioteca Escolar) EB Mina e JI e EB do Castelo-Magusto

EB e JI Sarzedas-Magusto

Saúde – Ação de sensibilização – Dia do Não Fumador

Teatro – “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente, no IPDJ de Castelo Branco (Companhia ContraPalco; Org. Grupo de Português do 3.º Ciclo); Sessão sobre a voz (Clube de Teatro Afonso de Paiva e Terapia da Fala) Visitas de Estudo – Visita à VALNOR (EB Afonso de Paiva – 1.º Ciclo); Visita ao lagar do Vale do Sarzedo (JI Sarzedas); JI de Sarzedas no Lar de Idosos de Sarzedas Visita à Valnor - EB Afonso de Paiva

Olimpíadas da Matemática

O DESPERTAR - 2016/2017

Sessões de esclarecimento – Equipa de Divulgação

09


Biblioteca Escolar - Encontros de Natal

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Clube de Música

aconteceu em

dezembro

O DESPERTAR - 2016/2017

MEMÓRIA ANUAL

10

Artes – Exposição “O luxo na Corte de D. João V” (Org. Grupo de História e Geografia de Portugal e Biblioteca Escolar); decoração da escola-sede com a participação de todas as escolas e jardins de infância do Agrupamento (pessoal docente e não docente), disciplinas de Artes e Educação Visual, Clube do Mocho e departamentos curriculares

AE Afonso de Paiva); participação na campanha solidária da Make-a-Wish Portugal (Educação Visual e Comunidade Educativa)

Associação de Pais e EE – Programa Férias com Estilo - Natal 2016

Comemorações – Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (Departamento de Educação Especial e Biblioteca Escolar; agrupamentos do concelho de Castelo Branco); celebração do Natal nas escolas e jardins de infância do Agrupamento – festas de Natal

Cidadania – Natal Solidário em Rede (Org. Direção do

Formação – Ação “Gestão de Conflitos numa Escola de To-

dos e para Todos” (Dr. Miguel Maia; Org. Equipa do Plano de Formação do AE Afonso de Paiva e SIPE) Leitura/Escrita/Literacia – Sessões de animação de leitura sobre a temática do Natal (Biblioteca Escolar) Saúde – Teatro-debate “Nem muito simples nem demasiado complicado”, no IPDJ de Castelo Branco (encenação de Associação Usina; Org. Projeto de Educação para a Saúde) Visitas de Estudo – JI e EB de Sarzedas em Óbidos


JI Quinta das Violetas

EB Mina

EB S. Tiago

“Natal Solidário em Rede” do AE Afonso de Paiva foi um sucesso N

JI e EB Sarzedas em Óbidos

Filhós com Cacau - EB Afonso de Paiva

Teatro-debate

Clube de Teatro

O DESPERTAR - 2016/2017

o dia 10 de dezembro, como tem sido habitual, o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, em parceria com o Banco Alimentar, associou-se a uma grande causa, pensando nos mais fragilizados e num Natal mais solidário.Tendo sempre presente o espírito de partilha, ao longo do dia, foram muitos os pais, encarregados de educação, familiares, alunos, professores e funcionários que responderam ao repto da Direção do Agrupamento e, ao mesmo tempo que puderam assistir às diversas atuações dos alunos, entregaram a sua oferta destinada ao Banco Alimentar de Castelo Branco. No final do dia, foi com grande satisfação que a comissão organizadora entregou àquela instituição 410 Kg de papel, destinado à campanha “Papel por Alimentos”, e 290 Kg em géneros alimentares.

11


EB Mina no Museu do Canteiro

aconteceu em

janeiro MEMÓRIA ANUAL

Corta-mato distrital EB Mina no Quartel dos Bombeiros

Cidadania – Parlamento dos Jovens: debate com a Sra. Deputada Hortense Martins; eleição dos deputados da EB Afonso de Paiva Ciências Exatas – Olimpíadas de Matemática (2.ª eliminatória); Comemorações – Janeiras (todas as escolas e jardins de infância do Agrupamento; Clube de Música); Dia de Reis Desporto – Corta-mato escolar; 1.ª competição de ténis; corta-mato distrital; conferência da Associação de Profissionais de Educação Física - APEF: “Aprendizagens Essenciais em Educação Física”

1.ª competição de Ténis Finalistas do Concurso Interconcelhio de Leitura

O DESPERTAR - 2016/2017

Leitura/Escrita/Literacia – Apuramento dos finalistas do Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita; Concurso de Ditado “Ler Mais ... Escrever Melhor” (1.ª eliminatória); Concurso Literacia 3D

12

Saúde – Projeto “Cuida-te” na EB Afonso de Paiva Visitas de Estudo – Visita dos alunos de 7.º ano ao Instituto Português do Mar e da Atmosfera de Castelo Branco - IPMA (Org. grupo de Geografia); EB Mina no Museu do Canteiro (Alcains) e no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco Visita ao IPMA

Janeiras - EB Afonso de Paiva


Vencedores do Literacia 3D Parlamento dos Jovens

Janeiras - EB Mina e JI e EB do Castelo

Janeiras - JI Sarzedas

Cantar as Janeiras ainda é o que era

Projeto Cuida-te

tradição das Janeiras está bem viva entre nós. O mês de janeiro foi repleto de música e canções populares que entoaram nas escolas e jardins de infância do Agrupamento e, ainda, pelas ruas e instituições de Castelo Branco, Sarzedas e Salgueiro do Campo, num conjunto de magníficas atuações que resultaram do trabalho articulado entre os professores da AEC de Expressão Musical, Clube de Música, professores titulares de turma, educadoras de infância, famílias e, acima de tudo, o meritório empenho das crianças. Trajados a rigor e bem afinados, (en)cantaram nas escolas e em instituições como a Santa Casa da Misericórdia, o Museu Cargaleiro, o Jardim de Infância Alfredo da Mota, o Jardim Escola João de Deus, a Biblioteca Municipal, a APPACDM, a PSP, a Câmara Municipal e juntas de Freguesia, entre outras. Sim, a tradição ainda é o que era. Mudam-se os tempos, mas não se mudam as vontades.

Corta-mato escolar

Olimpíadas de Matemática

O DESPERTAR - 2016/2017

A

12


aconteceu em

fevereiro

Campanha «Os livros +fixes»

MEMÓRIA ANUAL

Campeonato distrital de basquetebol 3x3

EB Mina-Semana dos Afetos

Tempo de fantasia e alegria

JI Quinta das Violetas-desfile de Carnaval

O DESPERTAR - 2016/2017

A

14

folia carnavalesca tomou conta de pequenos e graúdos em todas as escolas do Agrupamento e não faltou imaginação nem entusiasmo para um Carnaval bem colorido, alegre, surpreendente e inesquecível. Além das iniciativas em cada escola/jardim de infância, incluindo animados concursos, estivemos presentes no desfile organizado pela Câmara Municipal de Castelo Branco, que encheu as ruas de cor e de magia.

EB Mina no Museu da Seda

JI e EB Salgueiro do Campo-desfile de Carnaval

EB Afonso de Paiva desfile de Carnaval


EB S. Tiago-desfile de Carnaval

EB S. Tiago-Semana dos Afetos

Megas do Desporto-fase escolar

Cidadania – Sessões sobre bullying, violência no namoro e artefactos pirotécnicos (PSP)

JI e EB Castelo - desfile de Carnaval

Sensibilização sobre higiene oral - EB Sarzedas

EB Mina-desfile de Carnaval

Ciências Exatas – SuperTmatik de Matemática (fase interturmas) Comemorações – Carnaval (todas as escolas e jardins de infância do Agrupamento e Clube de Música); Dia de Reis; Semana dos Afetos Desporto – 2.ª concentração de badminton; campeonato distrital de basquetebol 3x3; final da 1.ª volta do campeonato de futsal; Megas do Desporto Escolar (fase escolar)

Noite dos livros de Harry Potter

Formação – Ação “Comunicar em Segurança: Práticas de Utilização Aceitável”

Sessão (Re)contar as Metas-Biblioteca Escolar

Saúde – Ação de sensibilização sobre higiene oral na EB de Sarzedas (Unidade Local de Saúde de Castelo Branco)

da 1. Futsal-final

ª Volta

edas JI e EB Sarz aval rn Ca de ile desf

Visitas de estudo – Visita ao Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco e ao Museu da Seda (EB Mina)

O DESPERTAR - 2016/2017

Leitura/Escrita/Literacia – Campanha “Os livros +fixes”; noite dos livros de Harry Potter na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva; sessão de leitura na Biblioteca Municipal (JI de Sarzedas); sessões de leitura – projeto “(Re)contar as Metas” da Biblioteca Escolar

15


Exposição Dia do Pi

Distrital Megas

Finalistas-CIL

aconteceu em

março

Espetaculo didático com os TOP

Projeto «Curte Iogurte»-EB Sarzedas

Roteiro Cidadania em Portugal

Visita ao Museu Cargaleiro-EB Mina

O DESPERTAR - 2016/2017

MEMÓRIA ANUAL

16

Ambiente – Projeto Jardim-Horta na EB São Tiago; Dia da Árvore no JI Quinta das Violetas; Artes – Mostra de instrumentos promovida pelo Conservatório Regional de Castelo Branco; Exposição de desenhos e de retratos (Educação Visual) Cidadania – Projeto “Olhar + a Diferença” – Ações dinamizadas pela Amato Lusitano Associação de Desenvolvimento na EB Afonso de Paiva, no âmbito da projeto “Passaporte Global II”; Projeto “Cidadania em Portugal” na EB Afonso de Paiva (Amato Lusitano Associação de Desenvolvimento, Secretaria de Estado para a Cidadania e Igualdade e Câmara Municipal de Castelo Branco) Ciências Exatas – “Canguru Matemático Sem Fronteiras” (Matemática - 2.º e 3.º Ciclos) Comemorações – Comemoração do Dia do Pi – Exposição de trabalhos na EB Afonso de Paiva (Grupo de Matemática); comemoração do Dia Mundial da Meteorologia - Conferência com o Dr. Manuel Costa Alves (Grupo de Geografia); Exposição comemorativa do Dia Mundial da Água (5.º Ano – Ciências Naturais); atividades diversas na EB Mina relacionadas com o Dia Mundial da Água: ação de sensibilização

do SMAS, exposição de trabalhos, interpretação de uma canção, sessões de animação de leitura, elaboração de marcadores Desporto – Concentração de ténis promovida pelo AE Afonso de Paiva; fase distrital dos Megas do Desporto Escolar; apuramento da equipa de futsal iniciados masculinos para a fase distrital do campeonato Intercâmbio – Projeto eTwinning na EB de Sarzedas com Polónia, Turquia e Albânia Leitura/Escrita/Literacia – Semana da Leitura (atividades diversas); Clube de Leitur@s na fase distrital do concurso Literacia 3D; espetáculo musical e didático da Banda TOP; prémio da editora Presença à BE pela organização da noite dos livros de Harry Potter; Prémio de Mérito da RBE atribuído a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva (iniciativa nacional “Ideias com Mérito”); final do Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita Saúde – Sessão com nutricionista na EB de Sarzedas (Projeto Curte Iogurte) Visitas de estudo – Visita ao Museu Cargaleiro (EB Mina); visita ao Loki Park (Departamento de Educação Especial – Grupo E1)


Prémio de Mérito para a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva

Canguru Matemático

A

Candidatura de Mérito realizada pela Biblioteca Afonso de Paiva à iniciativa “Ideias com Mérito” da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), iniciativa que tem como objetivos identificar e apoiar as experiências mais consistentes e difundir as melhores práticas concretizadas pelas bibliotecas escolares, leva um dos projetos das nossas bibliotecas mais além. No universo das candidaturas apresentadas em 2017 foram selecionados, a nível nacional, apenas nove projetos, nos quais se inclui o projeto “Ler, Contar e Recontar”, da responsabilidade da equipa da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva. Este projeto, a realizar em dois anos (2017-2019), alia o trabalho de compreensão leitora ao prazer de ler, sendo concretizado de forma articulada entre a equipa da biblioteca escolar e os docentes do 1.º ciclo. O Agrupamento recebe assim a mais alta distinção de mérito da RBE, com a atribuição de um consistente prémio financeiro, contando com o sólido apoio da Direção do Agrupamento.

Projeto Jardim-Horta-EB S. Tiago

Exposição de desenhos e retratos

Encontro com Alice Vieira

Há conversa com livros

Visita ao Loki Park

Dia da Água-EB Mina

Concentração de ténis

O DESPERTAR - 2016/2017

Conferência-Manuel Costa Alves

17


25 de Abril-EB Afonso de Paiva

Ação sobre cidadania-EB Castelo

Exposição-Sistema Solar

aconteceu em

abril

O DESPERTAR - 2016/2017

MEMÓRIA ANUAL

18

Cidadania – Ação de sensibilização sobre cidadania e economia social na EB do Castelo (Amato Lusitano Associação de Desenvolvimento); conferências da Força Aérea Portuguesa na EB Afonso de Paiva Ciências Exatas – Exposição sobre o Sistema Solar (turma 4AP do 4.º Ano da EB Afonso de Paiva) Comemorações – 25 de Abril – EB Afonso de Paiva: Palestra “As estórias da história de Abril .O Estado Novo analisado a partir do futebol” (Prof. Sérgio Mendes); exposição sobre o 25

de Abril (História e Geografia de Portugal, EVT e Biblioteca Escolar); sessões de animação de leitura (Biblioteca Escolar); EB Mina: aula aberta com a Prof.ª Felicidade Alves; atividades diversas Intercâmbio – eTwinning da EB Sarzedas: pareceria com a Polónia, a Turquia e a Albânia Leitura/Escrita/Literacia – 2.ª fase do Concurso de Ditado “Ler mais... Escrever melhor” (Professores de Português dos 2.º e 3.º Ciclos e Biblioteca Escolar) Saúde – “Jogos +Contigo” – Atividades desportivas no encerra-

mento do Projeto +Contigo 2016-2017 (PES, UCCCB, Professores de Educação Física); comemoração do Dia Mundial da Voz (Terapia da Fala); atividades “A turma imbatível” na EB Mina (sensibilização para a alimentação saudável) Teatro – Representação da peça “Maria” na EB Afonso de Paiva (Associação Cultural Útero) Visitas de estudo – Visita à Escola de Trânsito de Castelo Branco (EB Mina); visita ao Centro de Interpretação Ambiental (EB Afonso de Paiva)


Palestra «O Estado Novo e o Futebol»

25 de Abril-EB Mina

Projeto «A turma imbatível»-EB Mina

Sessão com a Força Aérea

eTwinning na Escola Básica de Sarzedas O

Visita à Escola de Trânsito-EB Mina

Visita ao CIA-EB Afonso de Paiva

Jogos +Contigo

O DESPERTAR - 2016/2017

s alunos da escola do 1.º Ciclo de Sarzedas desenvolveram, ao longo do ano, três projetos em parceria com meninos da Polónia, Turquia e Albânia: “The magical tree” (Polónia), “Lets do leaf collection” (Turquia) e “European Children” (Albânia), no âmbito do projeto eTwinning, que promove a colaboração entre escolas da Europa, com recurso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), proporcionando apoio, ferramentas e serviços que facilitam, em qualquer área disciplinar, a criação de parcerias de curta ou longa duração. O projeto disponibiliza uma plataforma para que os profissionais da educação que trabalham em escolas dos países europeus envolvidos possam comunicar, colaborar, desenvolver e partilhar projetos. E foi assim que a escola do 1.º Ciclo de Sarzedas abriu uma janela para outras salas de aula em países distantes. Foram trabalhadas competências curriculares de uma forma mais motivadora, porque as nossas crianças querem mostrar o trabalho realizado e observar e comparar as ideias produzidas pelos outros meninos sobre temas comuns. Além disso, sendo necessário comunicar numa língua diferente, aprenderam palavras em inglês para associar aos trabalhos apresentados (fotos, vídeos, textos no padlet…). Prevê-se que o projeto evolua para a comunicação por videoconferência, o que só reforça o entusiasmo com que os alunos têm vivido esta experiência.

19


aconteceu em

maio

MEMÓRIA ANUAL EB Mina na Casa da Memória

EB Sarzedas-Visita de Estudo

Vencedores do Concurso de Ditado

Academia da Volta

O DESPERTAR - 2016/2017

Distrital de Ténis

20

Feira de Fósseis e Minerais

Ambiente – Palestra “Uma viagem ao mundo dos resíduos” (Grupo de Geografia e VALNOR) Artes – Projeto “Lançadeira” na EB Mina; IV Bienal de Artes (Departamento de Educação Pré-escolar e Comunidade Educativa) Associação de Pais – VI Festival de Sopas “Na Rota de Afonso de Paiva” Cidadania – Participação na exposição de trabalhos “Olhar + a diferença”, no âmbito do projeto Passaporte Global II, da Amato Lusitano Associação de Desenvolvimento; formação financeira para os alunos do 4.º Ano (Banco de Portugal – agência de Castelo Branco) Ciências Exatas – Feira de Fósseis e Minerais na EB Afonso de Paiva (Departamento de Ciências Exatas e Naturais); final online do SuperTmatik (competições internacionais) – Cálculo Mental e Campeonato Ibérico do Quiz de Matemática (grupo de Matemática); final online do SuperTmatik de Ciências Naturais (2.º Ciclo) Comemorações – Dia do Autor Português – Exposição de caricaturas e biobliografias de escritores portugueses (Português-3.º Ciclo; Ed. Visual/Artes e Biblioteca Escolar); Dia da Europa (Grupo de Geografia) Dança – Apresentação de danças medievais nos Dias Templários de Castelo Branco (9.º3) Desporto – Competições distritais de futsal, badminton, basquetebol e ténis; Campeonato Regionao de Futsal Iniciados Masculinos; Academia da Volta na EB Afonso de Paiva (sessão de sensibilização e percurso de bicicleta nos campos desportivos da escola-sede)

Sessão no Banco de Portugal

EB Mina na ESALD

História – Exposição “A Idade Média – Uma ponte entre o Império Romano e o Renascimento” Leitura/Escrita/Literacia – Arranque do Projeto “Roteiro de Leitur@s” (Clube de Leitur@s); final concelhia do concurso de ditado “Ler mais... escrever melhor” Música – Atuação do Clube de Música na receção da comitiva dos Açores (Projeto Germinar) e no Festival de Sopas; atuação do grupo de flautas (2.º ciclo) no Festival de Sopas e nos Dias Templários de Castelo Branco Saúde – Aula aberta sobre “Suporte Básico de Vida” para o 9.º Ano (Ciências Naturais e INEM); EB Mina na ESALD – Projeto “Hospital Bem Crescer”; sessão de sensibilização e rastreio, na EB Afonso de Paiva, no Dia Mundial da Hipertensão Arterial (Unidade Local de Saúde de Castelo Branco) Teatro – Peça “Maria” (Associação Útero – patrocínio de Cultura Vibra/ Cine-Teatro Avenida); participação no Dias templários de Castelo Branco: atuação do Clube de Teatro (grupo do 2.º Ciclo) Visitas de estudo – Visita da turma do 4.º Ano da EB Afonso de Paiva aos Açores (Castelo Branco, Ilha do Faial), receção da comitiva do Faial na EB Afonso de Paiva e realização de diversas atividades e visitas, quer nas ilhas, quer na região, no âmbito do projeto Ge(r)minar; EB Mina (4.º Ano) e Clube de Leitur@s em visita à Casa da Memória da Presença Judaica em Castelo Branco; JI e EB de Sarzedas em visita a Castelo Branco: Jardim do Paço Episcopal, Museu Francisco Tavares Proença Júnior e fábrica Practiline


Festival de Sopas

Dias Templários

Final SuperTmatik de Matemática

EB Afonso de Paiva no Projeto GE(R)MINAR Intercâmbio com os Açores o presente ano letivo, a EB Afonso de Paiva foi a escola convidada para participar no Projeto “GE(R)MINAR – O Verde que nos une”, que se enquadra no protocolo de geminação entre as freguesias de Castelo Branco, na Beira Baixa, e da ilha do Faial (concelho de Horta). O projeto envolveu uma turma de 4.º ano de cada localidade: a turma 4AP da EB Afonso de Paiva e uma turma da EBI da Horta. Ao longo do ano, foram desenvolvidas diversas atividades que tiveram por objetivo promover a defesa do ambiente, levando a uma conduta de valorização do património natural, bem como a partilha de experiências, conhecimentos e tradições. O projeto teve como ponto culminante o encontro das duas comunidades – primeiro com a deslocação dos alunos da EB Afonso de Paiva aos Açores, onde foram realizadas diversas visitas e iniciativas tanto de âmbito cultural como de cariz ecológico; posteriormente, com o regresso a Castelo Branco/Beira Baixa, na companhia dos amigos açorianos. Aqui se viveram igualmente dias muito ricos e que reforçaram os laços entre estas duas comunidades unidas não só pelo nome comum como, sobretudo, pela amizade e pelo mesmo desejo de proteger e valorizar o ambiente, o património, a cultura, as tradições e, acima de tudo, as pessoas.

Distrital de futsal

Projeto Lançadeira na EB Mina

Final distrital de futsal

O DESPERTAR - 2016/2017

N

21


Visita à Isla Mágica

Dramatização sobre bullying

aconteceu em

junho

O DESPERTAR - 2016/2017

MEMÓRIA ANUAL

22

Artes – IV Bienal de Artes (Departamento de Educação Pré-escolar e Comunidade Educativa); exposições de trabalhos (Educação Visual e Português) Associação de Pais e EE – Programa “Férias com Estilo” – verão 2017 Cidadania – Ação solidária no Agrupamento: “Operação Nariz Vermelho” (Biblioteca Escolar e Comunidade Educativa) Ciências Exatas – Exposição “Terra, o planeta nas minhas mãos” (Ciências Naturais e Cassefaz) Comemorações – Dia Mundial da Criança: atividades diversas nos jardins de infância e escolas básicas do Agrupamento; jantar/baile de finalistas do 9.º ano; comemoração do final do ano letivo Desporto – Campeonatos regionais de badminton e de ténis; participação no Albiday (festa de encerramento do ano escolar organizada pela Câmara Municipal de Castelo Branco); fase final distrital de badminton em Infantis B; campeonato nacional da Taça Escolar CNID; fase final distrital de badminton para o escalão de Infantis A Empreendedorismo – Projetos “Gente miúda, ideias graúdas” na EB Mina (4.º ano) e “O grande desfile canino” na EB S. Tiago (4.º ano) Leitura/Literacia – Sessões de animação de leitura nas bibliotecas escolares Saúde – Ação de sensibilização sobre educação sexual Teatro – Clube de Teatro: apresentação de peças de Gil Vicente – Auto da Barca do Inferno (grupo do 2.º ciclo) e Auto da Índia (grupo do 3.º ciclo); dramatização do 6.º 6 sobre o bullying, no âmbito do projeto “Gerir e Intervir” Visitas de estudo – Visita a Isla Mágica (Sevilha) para alunos do 3.º ciclo (disciplina de Espanhol); visita de estudo a Vila Velha de Ródão para alunos dos 6.º e 7.º anos (Departamento de Ciências Sociais e Humanas)

Taça CNID

«Operação Nariz Vermelho»


Clube de Teatro

IV Bienal de Artes Departamento de Educação Pré-Escolar e Comunidade Educativa

Regional de Ténis

Dia da Criança-JI Sarzedas

Projeto de empreendedorismo-EB Mina

Dia da Criança-Salgueiro do Campo

Jantar de finalistas

ecorreu, de 30 de maio a 4 de junho, na Sala da Nora, em Castelo Branco, a IV Bienal de Artes do nosso Agrupamento e do Departamento de Educação Pré-Escolar, que contou com a colaboração da Comunidade Educativa. Cada grupo/turma desenvolveu um projeto com base num conteúdo científico, tendo o resultado culminado na apresentação pública dos vários trabalhos realizados. Também estiveram patentes obras concebidas pelas famílias, que tiveram como base o tema desenvolvido na sala dos respetivos educandos. Os conteúdos trabalhados, assim como o nome dado ao projeto de cada sala, foram os seguintes: JI Castelo (Ecologia e Ecossistemas) – “Os animais, uns são meus amigos, outros não!”; JI Salgueiro (Ciências Naturais) – “Como se forma o arco-íris”; JI Sarzedas (Física) – “A corrente passa”; JI Violetas: Sala 1 (Gravidade) – “Estrutura dinâmica”; Sala 3 (Magnetismo) – “Pesca milagrosa”; Sala 4 (Química) – “Vulcanismo”; Sala 5 – (Matemática/Geometria) - “Tangram”. Quem pôde admirar esta grande e bela exposição supreendeuse pela originalidade e qualidade estética dos trabalhos, pela riqueza e variedade dos conceitos científicos e pelo modo como os mesmos foram sabiamente abordados de forma simultaneamente lúdica e precisa, com arte, engenho e muita diversão.

O DESPERTAR - 2016/2017

D

23


Clube de Leitur@s Este ano, os 30 alunos do Clube de Leitur@s participaram em diversas iniciativas e concursos no âmbito das multiliteracias (Literacia 3D, Miúdos a Votos, concursos e passatempos de leitura e escrita, entre outros), visitaram exposições e espaços educativos e de interesse histórico-cultural no concelho albicastrense, leram e ouviram ler histórias em diferentes suportes (físico e digital), conversaram com diversos autores (escritores e ilustradores), produziram audiocontos em formato podcast, dramatizaram e encenaram textos de diferentes géneros (poesia, prosa e dramático) e ainda tiveram oportunidade de dormir na biblioteca, numa noite dedicada à magia dos livros de Harry Potter! Foi um ano pleno e bem recheado de muitas e boas leitur@s! Professora responsável: Carla Nunes

Oficina de Artes Clube de M úsica OC

O DESPERTAR - 2016/2017

Clube do Mocho

24

Ao longo do ano, os alunos do Clube da Floresta “O Mocho” realizaram diversos trabalhos, recorrendo essencialmente a materiais recicláveis e muitos provenientes da natureza. Algumas dessas obras puderam ser apreciadas aquando das comemorações do dia de S. Martinho e do Natal, para as quais o clube contribuiu com decorações que foram instaladas em diversos espaços da escola-sede. O clube realizou ainda uma colorida árvore para a biblioteca escolar e, no final do ano, a comunidade teve a possibilidade de adquirir trabalhos na feira/ venda organizada pelo clube. E todos ficámos encantados com a criatividade e delicadeza dos trabalhos! Professora responsável: Isabel Lima

lube de Mú sica voltou a participar comunidad em iniciativ e, designad as abertas amente no e no VI Fest à “Natal Solid ival de Sop ário em Re as “Na Rota do interpre de” de Afonso d tado um re e Paiva”, te pertório mu na receção nito variado. da comitiva T a mbém atuo dos Açores Branco no u que esteve âmbito do em Castelo Projeto Ge blicas e no (r )minar. Na s ensaios s atuações semanais, dos e alegre púos dias fora s na EB Afo m bem anim nso de Paiv contado co aa . Este proje m um eleva to, que tem do número presentado d e participante uma oportu s, tem renidade para diversos in os alunos strumentos aprenderem musicais e nica vocal co aperfeiçoa m a interpre rem a sua tação de te cionais que técmas nacion vão ao enco ais e intern n tro das sua ajustando a as preferênci o seu níve as e se vão l de aprend Professor re iz a gem. sponsável: Carlos Vice nte

O Clube/Oficina de Artes, em articulação com diversos grupos disciplinares e também com a Biblioteca Escolar, elaborou trabalhos para o concurso “Água, fonte inesgotável de vida”, concebeu decorações natalícias, marcadores de livros alusivos ao 25 de Abril e “livros animados”, tendo ainda trabalhado em estreita ligação com os projetos desenvolvidos na disciplina de Educação Visual e Tecnológica (EVT) , de modo a permitir a sua conclusão atempada. O enriquecimento e a valorização dos espaços escolares, o desenvolvimento da sensibilidade estética e da criatividade, bem como o aperfeiçoamento de técnicas diversas são alguns dos objetivos desta atividade extracurricular que tem contibuído para uma forte presença da arte no nosso agrupamento. Professoras responsáveis: Cândida Vaz, Felismina Salavisa e Vanda Afonso


ao longo

do ano O

tro,

Tea lo Clube de eatro tor eleito pe u grupo Clube de T a o o , i o fo tiv te en no le

il Vic o final do a Este ano, G usical adap is grupos. N o d m co u a e muito m id rt e e d iv d s o que conto a ri um mplá apresentou os Dias Te do 2.º ciclo o Inferno n d a nidade, no rc u a m B co a uto d aberta à o ã ss tação do A .º ciclo, se a grupo do 3 co e num o n ra Já B . e lo d e a Cast a cid o agruDJ da noss ex-alunos d IP is o o d d o e ri o n itó aud cundário, do 9.º a o ensino se por alunos o m íd ta n itu e st u n q co para alunte fre as sessões ue atualme ri q vá to n , m e e m J, a p o IPD uto da Índia , também n tação do A p a d ”, a e a d e m apresentou R u de, o em a comunida atal Solidári nos e para iniciativa “N a n fias e uma s, ra te g n o A re utor. taram co n se re etas e do mesmo a p a da “Os Marr pos, juntos, nos, intitula lu a u bem os dois gru s o u lo e tin p escrita ube con cl ça o e , p e a d n a e id u peq no de ativ o seu 4.º a ade. o Natal”. N Joaquim la comunid e p ascimento, rinhado N ca e a lic e A o : is tiv a ve s responsá Professore es n u N a n le Mada Abrantes e

Projeto Educativo do AE Afonso de Paiva estabelece prioridades pedagógicas que se consubstanciam anualmente em diversos projetos, vários dos quais são implementados com a preciosa colaboração de diversos parceiros com quem temos mantido uma relação estreita. Outros projetos partem de iniciativas individuais, de pequenos grupos/equipas, dos conselhos de turma ou dos departamentos curriculares. As atividades abrangem áreas tão diversas como o ambiente, a cidadania, a ciência, o empreendedorismo, a formação financeira, as literacias, a saúde, as relações interpessoais, a segurança, entre muitas outras que se concretizam em ações ora mais pontuais ora ao longo do ano, conforme fomos divulgando nas nossas páginas online. Para além disso, todos os anos os alunos têm a possibilidade de se inscreverem em atividades extracurriculares cuja oferta tem abrangido o ambiente, as artes plásticas, o desporto, a leitura, a música, as línguas e o teatro. Na impossibilidade de tudo abrangermos, optámos por referir sumariamente as ofertas extracurriculares que têm funcionado ao longo de todo o ano letivo e em que um número assinalável de alunos dos 2.º e 3.º ciclos têm participado voluntariamente com muito empenho e entusiasmo.

A oferta do Desporto Escolar continua muito variada na EB Afonso de Paiva e a dar os seus frutos. Em 2016/17, os alunos tiveram a oportunidade de praticar as seguintes modalidades: badminton, basquetebol, futsal, orientação e ténis. A prática desportiva por muitos alunos, com os benefícios daí decorrentes, são os principais objetivos e conquistas. No entanto, não deixamos de nos alegrar com outras vitórias, pois, à semelhança de outros anos, foram vários os títulos conquistados no presente ano letivo e dos quais salientamos: equipas de infantis femininos e de iniciados femininos de basquetebol 3x3 em 3.º lugar no campeonato distrital; equipa de futsal infantis masculinos vicecampeã distrital; iniciados masculinos de futsal campeões distritais; equipa de ténis iniciados vice-campeã regional; EB Afonso de Paiva campeã distrital da Taça CNID, onde foram igualmente conquistados vários títulos individuais de âmbito distrital e regional; diversos títulos individuais alcançados no cortamato distrital e nos megas distritais do desporto escolar. Professores responsáveis: João Ramalho, Luís Baptista, Luís Santos, Manuel Jorge Cardoso, Pedro Coelho, Rui Perquilhas, Sónia Costa.

O DESPERTAR - 2016/2017

Desporto Escolar

25


entrevista ao Diretor Chegados ao fim de um ciclo, correspondente ao término do primeiro mandato do Professor Rui Duarte como Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, recentemente reconduzido para um novo mandato de quatro anos, a Equipa de Divulgação e Comunicação propôs-se registar e partilhar, através desta breve entrevista, a visão do Diretor relativamente à educação e ao papel da nossa instituição nos desafios que se lhe colocam tanto a nível nacional como local. De formação inicial, Rui Duarte é professor do 1.º ciclo do ensino básico, detendo, paralelamente, uma vasta experiência no trabalho direto com alunos, tendo ainda desempenhado diversas funções ao nível de estruturas de gestão escolar e administração educativa.

O DESPERTAR - 2016/2017

- No fim de um mandato de quatro anos como Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, e prestes a iniciar um novo mandato para o quadriénio 2017-2021, o exercício destas funções mudou, de alguma forma, a sua maneira de pensar enquanto professor? No Projeto de Intervenção da Candidatura a Diretor do Agrupamento, bem como no Plano Estratégico para 2013-2017, estão bem patentes e vincados os ideais (Missão e Valores) que, fruto de vivências e experiências como docente e gestor de estruturas educativas, considero essenciais na prossecução de padrões educativos de participação e envolvimento da Comunidade Educativa que nos colocam num patamar de excelência ao nível das instituições escolares locais, regionais e nacionais. A constante mudança de valores sociais e a evolução política e económica atribuíram novas funções/ missões às escolas às quais não somos alheios. Nos últimos anos, a pluralidade de funções e papéis a que os docentes estão expostos no contexto escolar tem assumido um crescendo de dificuldades, a par das condições de trabalho, que resultam de sucessivos processos de reformas e mudanças de orientação nas políticas educativas. É imperioso clarificar a missão e a função docente, recentrando-as no processo ensino-aprendizagem, fazendo com que os professores, nas diferentes dimensões da educação, sejam cada vez mais profissionais de educação e cada vez menos meros funcionários e técnicos escolares.

26

- É ideia consensual que a educação constitui um setor-chave de desenvolvimento – pessoal, sociocultural, científico, económico... No entanto, a mesma unanimidade não se verifica quanto ao caminho para lá chegarmos. Que prioridades devem, na sua ótica, nortear a educação em Portugal, de modo a que ela possa responder convenientemente aos desafios e exigências da sociedade atual? O primeiro grande desafio da política educativa é a mudança de mentalidades. É evidente e reconhecido por todos que a educação foi e será sempre o motor do desenvolvimento global da sociedade e o pilar da evolução individual e universal da humanidade. O processo educativo transforma o ser humano, tornando-o mais capaz de se relacionar com a natureza

O primeiro grande desafio da política educativa é a mudança de mentalidades.” Rui Duarte, Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva


e a sociedade. Relembro as palavras de Nelson Mandela a este propósito: “A educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo.” Consideramos, pois, que a educação só dará resposta aos desafios e exigências da sociedade atual quando, efetiva e definitivamente, deixar de ser encarada como uma despesa e passar a ser encarada como um investimento com retorno garantido. Refiro alguns aspetos que, num regime de maior autonomia, nos permitiriam criar melhores condições e dar respostas contextualizadas, visando a melhoria de condições de aprendizagem, nomeadamente: a. a constituição de turmas, afetação de recursos, distribuição de serviço docente e construção de diferentes percursos escolares; b. minimização de solicitações de cariz burocrático-administrativo, permitindo maior responsabilização das estruturas educativas, promovendo verdadeiras lideranças pedagógicas, tendo em vista as aprendizagens e um melhor sucesso educativo; c. promoção e incentivo no desenvolvimento de processos e instrumentos de diagnóstico e sinalização precoce de dificuldades de aprendizagem; d. adoção de práticas de envolvimento e responsabilização parental no processo educativo; e. criação de condições de financiamento das escolas para implementação de planos de formação docente que visem a construção de medidas de apoio às dificuldades de aprendizagem e orientação para o sucesso.

- Numa perspetiva nacional, que reformas e projetos considera terem tido um impacto mais positivo e que circunstâncias constituem, ainda, um obstáculo/ constrangimento para que a educação desempenhe plenamente o seu papel social? As mudanças sociais e políticas conduzem a novas conceções da função da escola e da sua própria natureza. A função social da escola abrange uma complexidade de dinâmicas muito amplas e diversificadas. A gestão/ administração escolar pauta muitos dos seus procedimentos em processos, em detrimento da gestão de processos político-pedagógicos, nos quais o envolvimento e participação dos atores sociais/ educativos são de primordial importância. É premente que a escola do século XXI, atendendo à especificidade dos seus contextos, construa a sua realidade social através de processos de interação social que a transforme em espaços/ territórios educativos de liberdade, de iniciativa e de intervenção, com maior autonomia e num contínuo caminhar de aposta na descentralização. Só uma gestão participativa com o envolvimento de todos os elementos da Comunidade Educativa e consequente corresponsabilização pelas opções tomadas, permitirá que as escolas desempenhem e efetuem as mudanças sociais que, em permanência lhe são solicitadas e possam, desse modo, oferecer serviços eficientes e de qualidade que influenciem, decisivamente, o clima de escola, permitindo desenvolver sentimentos de pertença ao espaço coletivo. Não obstante a existência de metas e princípios de âmbito nacional, cada organização escolar tem a sua identidade própria. Que características constituem a impressão digital do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva? O que significa pertencer à “família” Afonso de Paiva? O Projeto Educativo, bem como todos os documentos estruturantes do Agrupamento de Escolas inscrevem na sua essência os Valores e Missão que nortearam a conduta pela qual pautámos a nossa estratégia no decurso dos últimos 4 anos. Como instituição de formação e ensino, procurámos ter sempre presente o lema que identifica as áreas de intervenção prioritária e orientação estratégica: INTEGRAR – UNIR – e FORMAR Inquietos com a formação integral de cidadãos capazes de dar resposta aos desafios do presente e do futuro, no desenvolvimento e concretização de projetos, de inici

O DESPERTAR - 2016/2017

- Para além dos princípios, o que se espera dos diversos agentes educativos para corresponder plenamente às expetativas depositadas nas escolas? Ser professor, hoje, tornou-se uma tarefa complexa e multifacetada com a expetativa de que nas suas mãos se coloca a solução para muitos dos problemas que, quotidianamente, se abatem sobre as crianças e jovens na escola, depositando nos professores responsabilidades que não são exclusivamente do âmbito docente. Muitas das questões sociais, éticas e de valores morais e de cidadania, responsabilidade, humanismo, solidariedade, tolerância, disciplina e justiça têm obrigatoriamente de ser partilhados e requerem o envolvimento efetivo do governo, da autarquia, da sociedade civil organizada, das forças de segurança, dos parceiros institucionais e da família, como referencial da formação integral dos nossos alunos. As responsabilidades da escola são inquestionáveis e evidentes, pois é nela que está presente a defesa de um sistema educativo público que se quer inclusivo e de qualidade, mas antes dela, compete à família, como instituição primeira na vida da criança, desenvolver e manter em contínuo a afetividade, a sensibilidade, o respeito e os limites de convivência social. A escola constitui-se e continuará numa incessante e contínua aposta de empenho e dedicação na prestação de um serviço público de qualidade, procurando soluções adaptadas à comunidade que serve, dando respostas às suas expetativas e necessidades, no respeito pelo outro e pela diferença, numa cultura de inclusão, traçando caminhos para a construção de uma sociedade mais justa e mais igual. Somos e seremos sempre o meio, mas consideramos que o princípio continua a ser a família.

27


O DESPERTAR - 2016/2017

ativas, de atividades curriculares e de atividades de complemento e enriquecimento curriculares, foram 3 os pilares que sustentaram a nossa ação: a Qualidade, a Integração e a Cidadania. O conceito de Formação Integral amplia o conceito de educação e no envolvimento de todos os atores educativos é nosso dever que todos, sem exceção, se sintam elementos fundamentais e imprescindíveis deste espaço de partilha. Estou convicto de que todos os colaboradores trabalharam, afincadamente, e continuarão a dar o seu melhor para que todas as unidades escolares do Agrupamento sejam locais de diálogo construtivo, de encontro e socialização, de convívio e de afetos, em que toda a Comunidade Educativa se possa sentir feliz e realizada.

28

- Olhando agora para o futuro: que princípios irão nortear o seu próximo mandato? Para que desafios, metas e melhorias será a Comunidade Educativa impelida a agir? Em jeito de balanço, no final de mais um ano letivo e de mandato, julgo oportuno fazer uma reflexão e avaliação mais alargadas dos Princípios, Missão e Valores inscritos no Plano Estratégico do Agrupamento para o quadriénio 2013-2017 e deixar uma breve mensagem e um olhar discreto para o futuro que se avizinha. Aguardo com serenidade e expetativa positiva que as estruturas responsáveis pela avaliação dos documentos estruturantes do Agrupamento façam um balanço exaustivo, isento e aprofundado dos resultados e mudanças operadas no quadriénio passado, para que possamos em justiça e verdade prestar contas à Comunidade Educativa que nos confiou e delegou os destinos da instituição escolar e possamos equacionar um futuro em que sobressaiam os pontos fortes e se transformem constrangimentos em oportunidades de melhoria. Pessoalmente, considero, como jurei publicamente, ter cumprido com lealdade as funções que me foram confiadas enquanto Diretor do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva. Foi um grande desafio pessoal e profissional, assumido e consciente das dificuldades que enfrentaria. Procurei, ao longo do mandato, com a máxima dedicação, esforço, empenho, motivação e espírito de missão, dar o melhor contributo para o engrandecimento da instituição que me coube gerir e administrar. Procurei um estilo de liderança partilhado, de cooperação institucional e de corresponsabilização das diferentes unidades e estruturas/ grupos internos e parceiros institucionais. Reconheço e louvo a contribuição de todos os colaboradores que, de modo inexcedível, deram o seu melhor contributo no planeamento e concretização dos objetivos, para que a prestação do serviço educativo se pautasse pela excelência. Quero deixar um agradecimento especial e sentido ao Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva pelo incentivo, pela motivação, pelo acompanhamento, pela participação ativa e colaborante, pela assertividade com que acompanharam o meu mandato e pela confiança, em nome da Comunidade Educativa, que depositaram na renovação do meu mandato para o quadriénio 2017-2021. Aos membros da Direção, Subdiretora Zélia Magueijo; Adjuntos Madalena Nunes e Pedro Feliciano e Assessores Teresa Arcos e Luís Santos, quero expressar a minha gratidão e louvor público pelo acompanhamento e estreita colaboração que mantiveram durante os 4 anos do meu mandato. Reconheço o verdadeiro espírito de abnegação e preciosos contributos de dedicação e envolvimento pessoal e profissional, em prol da Comunidade que servimos, marcando, indubitavelmente, 4 anos do extraordinário histórico do Agrupamento Afonso de Paiva. Para vós o meu eterno agradecimento, com muito carinho e amizade. Do futuro direi ser meu propósito continuar e regular a minha conduta promovendo uma cultura democrática e de participação ativa e dinâmica, evidenciando um Agrupamento atento à diversidade de todos os membros da Comunidade Educativa, na defesa dos valores que sempre adotei e que farei questão de prosseguir: Competência, Disciplina, Responsabilidade, Participação, Tolerância, Justiça, Solidariedade e Humanismo. No renovar de um novo ciclo, haverá lugar à mudança dos documentos que orientam e regulam a atividade educativa e escolar, mas também daremos conta de alterações nas estruturas e órgãos de coordenação pedagógica e administrativa. Estou convicto de que, independentemente das alterações que venham a registar-se, todos darão o seu melhor contributo na manutenção e melhoria dos níveis de qualidade, de eficiência e eficácia dos serviços que prestamos e que têm merecido o reconhecimento de toda a Comunidade. Como docente, revejo-me na frase de Henry Adams, que bem pode constituir mote para um futuro mandato e fonte de inspiração e reflexão para todos os colaboradores que comigo estarão nos próximos 4 anos: “Um professor afeta a eternidade; é impossível dizer até onde vai a sua influência.” Um agradecimento especial à Equipa de Divulgação e Comunicação por me terem permitido partilhar esta reflexão com toda a Comunidade Educativa, mas também pela dedicação e empenho, pessoal e profissional, bem vincado nas 4 edições da Nossa Revista O DESPERTAR. Até sempre…e votos de boas férias.


“Acena-nos um futuro promissor. É nosso o ónus de chegar às estrelas pelo trabalho árduo, a honestidade, a integridade.” (Nelson Mandela)

finalistas 9.º

ANO

Aos nossos queridos finalistas desejamos que se guiem sempre pela luz destes princípios, que encontrem na experiência do passado uma alavanca que os capacita para o eterno recomeço de cada dia. O futuro, que desejamos promissor para todos, é uma projeção da nossa mente que apenas se tornará realidade se, não esquecendo as lições do passado, soubermos cuidar do presente. Ontem, hoje, amanhã: saibam sempre sonhar, ousar e fazer acontecer.

Afonso Almeida | Aléxis Nunes | Bruna Salgueiro | Diana Catarrinho | Diana Alcarpe | Diogo Freire | Frederico Moreira | Gabriel Gonçalves | Guilherme Marujo | Inês Carrasco | Joana Mourato | João Silva | João Esteves | João Gregório | João Silva | Leonardo Lourenço | Manuel Cardoso | Manuel Francisco | Maria Cardoso | Maria Mendes | Maria Ramalho | Miguel Ribeiro | Patrícia Cabaço | Paula Matos | Thor Gonçalves

O DESPERTAR - 2016/2017

9.º 1

29


9.º 2

O DESPERTAR - 2016/2017

Catarina João | Cátia Santos | Diogo Proença | Eliana Llorente | Guilherme Campos | Guilherme Fernandes | João Poejo | Joaquim Moreira | JoséVidal | Luis Almeida | Manuel Albino | Margarida Silva | Maria Farromba | Patricia Fangaia | Pedro Cernawsky | Rafael Trindade | Ricardo Silva | Rodrigo Lopes | Rui Cipriano | Tiago Silva | Tomás Catarino

30

9.º 3

Alexandre Matos | Bárbara Carvalho | Beatriz Carrilho | Bernardo Antunes | Brandon Silva | Carolina Vilela | Ema Gardete | Hugo Paixão | Inês Sousa | Inês Branco | Inês Silva | João Gonçalves | Marco Cardoso | Mariana Nunes | Mariana Pires | Rafaela Ferreira | Tomás Lopes | Diogo Ildefonso


9.º 5 9.º 4

Ana Trindade | Ana Ventura | Bruna Martins | Carolina Azeitona | Gonçalo Varandas | Gonçalo Borronha | Gonçalo Martins | Guilherme Isca | Jéssica Cravo | Joana Marques | Lara Lima | Lucas Pires | Manuel Mega | Maria Tabarra | Maria Grácio | Mariana Santo | Miguel Martins | Ricardo Afonso | Silvia Afonso | Soraia Fernandes | Tiago Laia | Maria Mateus

O DESPERTAR - 2016/2017

Ana Hipólito | Beatriz Afonso | Beatriz Prata | Bruna Ferreira | Eduarda Alves | Francisca Jorge | Helena Frango | Henrique Pereira | Inês Rodrigues | João Ventura | José Martins | Maria Marques | Mariana Matias | Marta Frango | Miguel Pereira | Rafael de Jesus | Renata Catarino | Ricardo Bernardino

31


22 O DESPERTAR - 2016/2017

"O Despertar" 2016/2017  

Revista anual do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva