Issuu on Google+

ANO XII - Edição 259

25 a 31 de Março de 2013

12 Anos A notícia em

PRIMEIRO

LUGAR Valor R$ 1.00

Fundado em 21 de abril de 2001 por Pedro Dias da Silva (J. Silva) - Circulação semanal desde a edição 90

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A Folha Do Vale

Vilmar Rocha apresenta projetos do governo do estado em audiência com prefeitos Vilmar Rocha diz que atenderá reivindicações dos prefeitos visando melhorias para Goianésia e região

VOLUNTARIADO

Professor de Muay Thai faz trabalho voluntário com crianças de Goianésia Cerca de 54 crianças, de 08 a 17 anos recebem treinamento de artes marciais, de forma gratuita no Centro Esportivo Alfredo Nasser, em Goianésia. O responsável pela ação voluntária é o professor de Muay Thai e campeão sul americano Gerônimo Ribeiro Oliveira. As aulas são ministradas duas vezes por semana, com o material do próprio voluntário. Que já prepara seus alunos para participarem de futuros campeonatos. [Página 6

A Folha do Vale

Segundo Gerônimo, em sua turma existe vários talentos que vão participar no próximo dia 06 de abril da 1ª Etapa do Campeonato Goiano que acontecerá em Anápolis

EXPLOSÃO DE CAIXAS

Polícia Civil prende quadrilha que explodia caixas eletrônicos no norte do Estado [Página 7

Divulgação Polícia Civil

Quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos utilizava armamentos pesados em suas ações

Goianésia joga bem, mas cai para o Goiás

Prefeitura de Goianésia fecha parceria inédita com Banco do Brasil

[Página 6

[Página 5

GOIANÃO

Em sua visita a Goianésia no último dia 22, o Secretário-Chefe da Casa Civil Vilmar Rocha discutiu metas e soluções para a administração pública, e ouviu as reivindicações dos prefeitos de três municípios. Também ouviu

alguns vereadores de Goianésia, e se reuniu com lideranças da educação, e diz ter planos futuros para essa área em Goianésia. Na ocasião, foram firmados acordos como o asfaltamento da estrada que liga Vila Propício à BR 414,

e a implantação do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (CREDEQ) e o Ambulatório Médico Especializado (AME) em Goianésia. O prefeito de Barro Alto entregou ao Secretário-Chefe um ofício para o res-

tabelecimento da iluminação, e a construção de arquibancadas no estádio de futebol de Barro Alto. Vilmar Rocha se comprometeu em ajudar os municípios nas áreas de infraestrutura, saúde, educação, e segurança pública. [Página 3

CRESCIMENTO ECONÔMICO

Governador recebe chineses que querem investir em Goiás O Governador Marconi Perillo recebeu no último dia 20, empresários chineses, que atuam na área de construção civil com uso de materiais biossustentáveis e linhas de geração e transmissão de energia. E se compromete em ajudar o grupo com benefícios fiscais para a instalação das empresas em Goiás. O grupo pretende investir 1,5 bilhão de dólares em um polo industrial, que deve ser edificado na cidade de Bela Vista de Goiás, e uma geradora de energia solar em Uruaçu. [Página 4

Rodrigo Cabral

Marconi se dispõe a colaborar pessoalmente com as negociações para a vinda das empresas e a visitar o grupo em outubro ou novembro desse ano

QUALIFICAÇÃO

Pronatec certifica jovens da região norte do estado em Goianésia No último dia 21, o Sistema Faeg/Senar promoveu a entrega de certificados aos jovens que concluíram o curso de qualificação profissional dentro do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A solenidade contou com a participação de 24 municípios, da região norte do estado de Goiás. Os participantes do Pronatec são jovens com idades entre 15 e 18 anos, que cursam o ensino médio e que se profissionalizaram nas áreas do agronegócio. [Página Capa B

Divulgação

Foram 60 alunos de Goianésia que se formaram no Pronatec


COLUNAS

Do Pág.

2 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

DIREITOS DO CONSUMIDOR Celso Russomanno Jornalista Presidente da Ong Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec) Colunista do jornal A Folha do Vale desde outubro de 2007

Assistência Técnica V

ocê comprou um aparelho de som que apresentou defeito, o que fazer? O primeiro passo é verificar se ele está dentro do prazo de garantia. Se estiver, leve-o a uma Assistência Técnica Autorizada pelo fabricante. É a certeza de que se o serviço prestado lhe causar algum dano, você poderá acionar o fabricante. Importante: antes de procurar uma Autorizada consulte o manual do fabricante, ou ligue para ele e pergunte sobre sua rede de autorizadas. Se a empresa se apresentar como autorizada e não for, isto caracteriza crime por informação e publicidade enganosa (Amparo Legal: artigo 67, do Código de Proteção e Defesa do Consumidor – CPDC – Pena: detenção de três meses a um ano e multa). Fuja desse tipo de empresa e denuncie-a ao fabricante, e a um Órgão de Defesa do Consumidor, como o INADEC – Instituto Nacional de Defesa do Consumidor, situado na Rua Pedrália, n.º 98, São Paulo – SP, Telefones: 11 5062-6462 / 6418. Ao recorrer a uma oficina autorizada, leve o termo de garantia, que só tem validade se acompanhado da Nota Fiscal de Compra. O Termo de Garantia deverá ser preenchido no ato da compra, porque todo equipamento tem garantia de fábrica. A falta desse termo constitui uma infração penal, de acordo com o artigo 74, do CPDC - Pena: detenção de um a seis meses ou multa. Lembre-se: se a empresa não lhe forneceu, no ato da venda, a Nota Fiscal do produto, isto constitui crime contra a ordem tributária (Amparo Legal: artigo 1º, inciso V, da Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990 - Pena: reclusão, de dois a cinco anos, e multa). Nunca abra o equipamento, pois você poderá perder a garantia. O prazo para reclamar consta no certificado de garantia do produto, que é complementar à garantia legal de 90 dias, conferida mediante termo por escrito. Se a

garantia legal não constar nesse certificado, deverá ser somada ao prazo da garantia contratual. Esse prazo é contado a partir do recebimento do produto. Tratando-se de vício oculto, o chamado “defeito escondido”, constatado através de perícia, durante ou depois da garantia, o prazo, na forma da Lei, começa a partir de sua constatação (Amparo Legal: artigos 12 e 26, do CPDC). Se o equipamento estiver fora do prazo de garantia, ainda assim, procure por uma prestadora de serviços autorizada pelo fabricante, para garantir que as peças de reposição sejam originais, adequadas, novas e com as especificações técnicas do fabricante. Exija sempre um orçamento prévio. O orçamento é obrigatório (Amparo Legal: artigo 40, do CPDC). O que é obrigatório não pode ser cobrado (Amparo Legal: artigo 66, do CPDC – Pena: detenção de três meses a um ano e multa). No orçamento devem constar: preço; forma de pagamento; tempo de execução; tipo de material a ser empregado; datas de início e término do serviço; e o valor da mão-de-obra. Após aprovado, o orçamento só poderá ter alguma alteração, mediante aceitação de ambas as partes. Atenção: na entrega do aparelho à prestadora de serviços, mesmo que seja apenas para elaboração de orçamento, peça um comprovante por escrito, com dados que possibilitem a sua identificação (discriminação do produto, cor, modelo, marca, número de série etc.), e as condições em que ele se encontra. Ao receber o produto após a conclusão dos reparos, teste o aparelho, e exija recibo ou nota fiscal. Se o problema do aparelho não foi sanado em 30 dias, você terá direito a reexecução do serviço sem custo adicional, ou à restituição imediata da quantia paga, atualizada monetariamente, ou, ainda, ao abatimento proporcional do preço (Amparo Legal: artigo 18, do CPDC). Fique sempre atento, e exija seus direitos!

Pedro Dias da Silva Jota Silva

Cronista Esportivo - há 23 anos Diretor Presidente deste periódico Editor Chefe

PROTESTOS

Desde que assumiu a presidência da Comissão dos Direitos Humanos, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), tem causado polêmica. Por ser alvo de dois processos no Supremo Tribunal Federal: um inquérito que o acusa de homofobia e uma ação penal na qual é denunciado por estelionato. E por declarações racistas feitas na igreja Assembleia de Deus (onde é pastor), em 2011, vários protestos vêm acontecendo nas ruas de todo o país e nas redes sociais contra o deputado. O deputado diz que não tem a mínima intenção de deixar a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, e não se considera nem racista nem homofóbico. Feliciano deseja “provar isso” mantendo-se na poltrona.

SEGURANÇA PÚBLICA

Em substituição ao coronel Edson Costa Araújo, o coronel Sílvio Benedito Alves, que dirigia o 2º Comando Regional da Polícia Militar (CRPM) de Aparecida de Goiânia, assumiu o comando da Polícia Militar do Estado de Goiás nesta segunda-feira (25). O novo comandante deverá ocupar o cargo somente na semana que vem, mais precisamente na segunda-feira, quando Edson Costa deixa o cargo e assume como Superintendente Executivo de Segurança Pública. “Vou auxiliar o secretário nos planos dele. Com minha experiência espero ajudar muito a tocar seus projetos”, diz o militar. Edson Costa é um dos militares mais respeitados pela tropa.

CRÍTICAS À DILMA

Em meio a um périplo pelo País em busca das 500 mil assinaturas que possam viabilizar seu novo partido, a Rede Sustentabilidade, a ex-ministra do Meio Ambiente e senadora pelo PT do Acre Marina Silva está incomodada com a antecipação do calendário eleitoral. Marina comparou Dilma aos principais pretendentes ao cargo - Aécio Neves (PSDB-MG) e Eduardo Campos (PSB-PE) -, e destacou a Rede como única alternativa ao sistema político atual. Crítica à política econômica do governo, Marina elogiou a redução do custo de energia elétrica, mas atacou a inexistência de uma política de eficiência, que permitisse ao Estado poupar investimentos em hidrelétricas como Belo Monte, e suas consequências ambientais ‘irreparáveis’.

EM DEFESA DOS MUNICÍPIOS

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) confirmou a realização da XVI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios para a primeira quinzena de julho. A partir de abril, a CNM promoverá uma série de reuniões nos estados para definir a data do evento, o maior municipalista da América Latina, e os temas que serão incluídos na pauta prioritária. A Marcha deve debater a necessidade do Congresso Nacional aprovar um Pacto Federativo que mude o atual rateio dos impostos arrecadados, com maior participação dos Municípios na divisão do bolo.

UNIFORMES ESCOLARES

A Secretaria Municipal de Educação de Goianésia está finalizando a entrega dos uniformes escolares para os alunos da rede municipal. Foram confeccionados uniformes para os alunos do 1º ao 5º ano, e até o início do mês de abril a Secretaria estará entregando os uniformes aos alunos das Creches Municipais. Para a Secretária Municipal de Educação, Lúcia Helena Costa, o uniforme escolar proporciona grande praticidade para os alunos, economia para os pais e maior segurança no ambiente escolar.

Brigados que nada..

Ultimamente estão divulgando em partes da imprensa de Goianésia, que a amizade entre o vice-prefeito Robson Tavares e a secretária de Saúde Rosa Maria Steckelberg tinha acabado, que estão brigados, e que está tendo várias incompatibilidades na área da Saúde.Em recente audiência eles conversaram normalmente, sorriram, e brincaram com o que foi publicado recentemente na imprensa e até posaram para fotos na maior alegria.

PT 2014

No centro da crise entre PT e PMDB na corrida sucessória de 2014, o deputado federal Rubens Otoni mandou recado aos peemedebistas, que reagem ao ensaio dos petistas de lançarem nome próprio ao governo na eleição do ano que vem. Otoni disse que o “PT cresceu muito e tem legitimidade para apresentar nomes”. O recado está claro.

SAÚDE

3353-1133 Avenida Brasil nº 344 - Centro Goianésia-GO O Jornal A Folha do Vale é Editado e produzido e tem por responsabilidade da Agência Folha de Goianésia Publicidade e Marketing Ltda., localizada à rua 17 nº 290 Setor Oeste, CEP: 76.380-000, Goianésia - Goiás, C.N.P.J Nº 06.871.444/0001-89, INSC. MUNICIPAL Nº 347295, e tem como sóciapresidente Ana Maria da Silva.

As matérias assinadas por colaboradores e cartas recebidas à redação do Jorna A Folha do Vale não são de responsabilidade e também não expressam a opinião do jornal. CIRCULAÇÃO: Goiânia, Anápolis, Goianésia, Jaraguá, Jesúpolis, Niquelândia, Uruaçu, Barro Alto, Padre Bernardo, Vila Propício, Santa Rita do Novo Destino, Ceres, Rialma, São Luís do Norte (Vale do São Patrício e Médio Norte Goiano)

Tramita na Assembleia Legislativa, o projeto nº 1004/12, de autoria do deputado Helio de Sousa (DEM), que regulamenta as atividades suplementares em farmácias e drogarias. De acordo com a propositura, as farmácias e drogarias ficam autorizadas a comercializar, em caráter complementar, produtos de ordem não-farmacêutica que contribuam para a saúde, e a prestar serviços de menor complexidade e de utilidade pública à população. Segundo o parlamentar, o objetivo do projeto é viabilizar o cuidado com a saúde, e regularizar a comercialização desses produtos. “As drogarias e farmácias desempenham um papel de destaque na área da proteção da saúde da população, merecendo, portanto, uma legislação que lhes dê suporte legal para o exercício das respectivas funções.”

Diretor Presidente e Editor Chefe Pedro Dias da Silva (J. Silva) Jornalista Responsável Hacksa Oliveira - JP/GO 2382 Redação Jaldene Nunes Reportagem Pedro Dias (J. Silva)

Diagramação Rodrigo T. Martins Revisão Daniela Gonçalves Colaboradores Celso Russomanno Tenente Romão Lázaro Gomes Rarilton Damasceno

Amigos para sempre...

Eu lembro que quem deu a maior força para que a Clinica de Hemodialise que é de propriedade de Robson Tavares viesse para Goianésia, se instalasse em Goianésia no início dos anos 2000, foi justamente a doutora Rosa que na época era a secretária de Saúde da administração do prefeito Otavinho. Então amigos, essa amizade é antiga e não são comentários maldosos não vão atrapalhar o trabalho e também amizade dos dois.

Fotografia Agência Folha de Goianésia e Colaboradores Tiragem 10.000 exemplares Impressão Gráfica O Popular Assessoria Jurídica Dr. Edgar Caetano Rosa

Sede do Jornal A Folha do Vale Rua 32 nº 397 Bairro Carrilho, Goianésia - Goiás CEP: 76.380-000 Fones: (62) 8552-4345 E-mail: contato@afolhadovale.com.br Sucursal Goiânia: Rua Recife Qd. J Lt. 01 Casa 1 - Vila Perdiz Fone: (62) 3434-0446 Responsável: Jaime Ramos Guimarães Website: www.afolhadovale.com.br


POLÍTICA

Do Pág.

3 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A Folha Do Vale

Secretário-Chefe da Casa Civil, Vilmar Rocha, discute metas e soluções para a administração pública, junto com o deputado estadual Helio de Sousa e prefeitos da região

Vilmar Rocha apresenta projetos do governo do estado em audiência com prefeitos Prefeitos, vereadores e lideranças participaram de audiência com o Secretário-Chefe da Casa Civil e fizeram reivindicações para a região

O

Por Camila Araújo

Secretário-Chefe da Casa Civil, o Deputado Federal Vilmar Rocha, esteve em Goianésia no último dia 22, para participar de uma palestra que discutiu metas e soluções para a administração pública. Na ocasião o secretário-chefe teve uma audiência com os prefeitos de Vila Propício, Waldilei Lemos, Barro Alto, Geraldo Martins, e o prefeito de Goianésia, Jalles Fontoura, com lideranças da educação, os vereadores Edvam Silva, Carlos Correia, Vandeir Ocozias e o presidente da Câmara de Goianésia, João Chimango, para ouvir os pedidos e reivindicações para a região. Segundo Vilmar Rocha, o objetivo da visita foi transmitir os planos, projetos e ações do governo para a região e também ouvir os prefeitos, vereadores e presidentes de entidades, para avaliar o desempenho do governo na região. “Aqui em Goianésia foi cumprido fielmente o objetivo. Ouvi o prefeito de Goianésia, de Barro Alto e o da Vila Propício, ouvi o que estão pensando e suas reivindicações e pude mostrar para eles os projetos e as ações do governo para essa região”, ressalta. No mesmo dia o Secretário-Chefe, participou da solenidade da assinatura do convênio do Governo de Goianésia com o Banco do Brasil. Esse convênio abordará os programas, Agricultura de Baixo Carbono (ABC), que tem como objetivo incentivar a adoção de técnicas agrícolas sustentáveis que contribuam para a redução das emissões de gases de efeito estufa e ajudem na preservação dos recursos naturais, o programa Minha Casa, Minha Vida, o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), Microcrédito Produtivo Orientado e Fomento à Aquicultura. Além disso, o documento também firma uma parceria entre o Governo de Goianésia e o Banco do Brasil, na qual a instituição financeira disponibiliza as instalações

da AABB de Goianésia para a realização das atividades do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), sob a coordenação da Secretaria de Promoção Social. Ao se reunir com as lideranças, Vilmar Rocha, diz que o governo estadual está com projetos fortes esse ano na área de Infraestrutura, Saúde, Educação e Segurança Pública. Segundo ele, já se reuniu com secretários dessas áreas, e que em 2013 e 2014 terão muitas ações e projetos, e que os investimentos serão principalmente na Infraestrutura Social que inclui as áreas de Saúde, Educação e Segurança Pública. Goianésia já tem a infraestrutura física e agora deve investir na social. Para ele, a cidade já está preparada e estruturada para dar outro passo, tanto a nível municipal como estadual e federal. E os governantes devem trabalhar para melhorar a qualidade principalmente na educação e na saúde, possivelmente até tornando Goianésia uma cidade universitária, que ajudará no setor econômico, e com a implantação do curso de medicina automaticamente melhoraria a qualidade na saúde. Para o Deputado Estadual e Vice-Presidente da Assembleia Legislativa de Goiás Helio de Sousa, que também esteve presente no evento, a presença do Secretário-Chefe da Casa Civil Vilmar Rocha em Goianésia para essas audiências foi de muita relevância, já que ele está por dentro das ações do governo, e na sua pasta passa a maioria das obras que estão sendo desencadeadas no estado. Segundo ele, o encontro com as lideranças foi empolgante, porque foram apresentadas diversas obras importantes que deverão acontecer ainda esse ano. Ele acredita que o ano de 2013 será um ano de concretização de obras do governo de Marconi Perillo. Segundo o Chefe da Casa Civil de Goianésia, Ariosvaldo Gomes, o maior interesse do evento foi a aproximação do

O prefeito de Barro Alto, Geraldo Martins, participa de audiência com Vilmar Rocha, e diz que fará um bom relacionamento com o governo do estado

governo municipal com o poder estadual, já que Vilmar Rocha, tem muito conhecimento na área de gestão pública e na área administrativa. O convite para a audiência foi com o intuito de atender a região e diminuir a distância entre os governos municipais e o estadual, para facilitar o processo administrativo. REIVINDICAÇÕES DOS MUNICÍPIOS Atendendo ao pedido do governo de Goianésia, será implantado no município o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (CREDEQ) e o Ambulatório Médico Especializado (AME). Segundo o prefeito de Goianésia Jalles Fontoura, o AME será para toda a região, não só para Goianésia. Esse ambulatório médico especializado fará o atendimento que o Posto de Saúde não faz. O AME será implantado no Jardim Esperança, mas valorizará também o Jardim Primavera, e o setor Sul, que para ele, é um grande investimento. E como o atendimento é regional, o estado participará com o financiamento, a prefeitura de Goianésia e as outras prefeituras farão um consórcio, e todos serão responsáveis pela instituição. “As outras prefeituras irão colaborar e participar do gerenciamento do ambulatório, para acabar com a ideia de

que o hospital de Goianésia é de “4 rodas”, porque sempre tem que ir a Anápolis, e com esse apoio vamos atender toda a região”, explica. Segundo ele, ainda esse ano o projeto será iniciado. Jalles Fontoura também fala dos projetos de habitação para a cidade de Goianésia. Segundo ele, as casas são promessa de campanha e que o governador Marconi Perillo já autorizou o Cheque Moradia para os 5 povoados de Goianésia; e além do programa também está estudando uma parceria com o programa Minha Casa, Minha Vida. Segundo Jalles, as casas populares vão ser de qualidade para pessoas com renda de até R$ 1.600, e já com infraestrutura, asfalto e energia. Para o município de Vila Propício, Vilmar Rocha disse que o prefeito Waldilei Lemos, na audiência colocou de maneira clara e objetiva a reivindicação para o asfaltamento da estrada que liga Vila Propício à BR-414. Segundo ele, são 32 km que o governador Marconi Perillo vai colocar em um projeto de financiamento do Banco do Brasil. O Secretário-Chefe da Casa Civil diz se comprometer em ser o defensor para o asfaltamento desse trecho, e considera uma estrada importante para Vila Propício e região, já que existem muitas plantações de eucalipto, soja, cana e seringueira. Segundo ele, o prefeito Jalles Machado

Jalles Fontoura, Prefeito de Goianésia, diz que fará um consórcio com as outras prefeituras da região para que todos fiquem responsáveis pelo ambulatório médico (AME) que será implantado em Goianésia

Prefeito de Vila Propício, Waldilei Lemos, diz que o principal objetivo para sua administração é fazer parcerias e consórcios para trazer o desenvolvimento econômico para a região

lembrou que essa estrada diminui em 200 km a distância até Brasília. Esse projeto será considerado prioritário para a região. O prefeito Waldilei Lemos, diz que se reuniu com Vilmar Rocha, com o deputado Helio de Sousa, com os prefeitos Jalles Fontoura e Geraldo Martins, e chegaram ao consenso de que o desenvolvimento tem que acontecer regionalmente. E o principal objetivo para sua administração é fazer parcerias e consórcios para trazer o desenvolvimento econômico para a região. O prefeito de Barro Alto Geraldo Martins, diz que aproveitou a oportunidade para ratificar vários pedidos que já foram feitos diretamente para o governador Marconi Perillo. E na ocasião entregou a Vilmar Rocha os documentos, e um

ofício para o restabelecimento da iluminação, e a construção de arquibancadas no estádio de futebol de Barro Alto. Segundo ele, são ações importantes para a população do município. Geraldo Martins diz que também reivindicou a Vilmar Rocha que Barro Alto seja incluído nos projetos que possa trazer melhorias para a cidade. E que irá construir um bom relacionamento com o governo do estado, em busca de recursos para a qualidade de vida da população. Segundo Vilmar Rocha, em Barro Alto tem os companheiros políticos. E independente do gestor municipal ser da oposição, o governo do estado de Goiás fará várias parcerias e proporcionará debates apresentando projetos e programas a todos os municípios, sem nenhuma discriminação.


ESTADO

Do Pág.

4 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

ICMS

Marconi discorda da proposta de mudança do ICMS Marconi e demais governadores das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste discordam dos termos como a proposta foi colocada

A

Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado  realizou no último dia 19, mais uma rodada de debates antes de votar, no dia 26, o projeto de resolução PRS 1/2013 que unifica gradualmente as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até 2025. O governador Marconi Perillo (PSDB – GO) participou do debate ao lado dos governadores Omar Aziz (PMN - AM), Wilson Martins (PSB – PI), André Puccinelli (PMDB - MS), Geraldo Alckmin (PSDB - SP) e Tarso Genro (PT - RS), que representam todas as cinco regiões do País. Marconi não concorda com a mudança e disse preferir que ela não fosse feita. Na última audiência realizada pela CAE sobre o assunto, no último dia 12, secretários de Fazenda manifestaram algumas discordâncias quanto à proposta, de autoria do Poder Executivo. Os representantes do Sul e do Sudeste apoiaram a unificação das alíquotas interestaduais em 4%, como deseja o governo federal. Os das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste defenderam uma convergência para 7% e 4%. Neste caso, a alíquota de 4% seria aplicada na origem das mercadorias dos estados do Sul e do Sudeste e a de 7% nas de-

Henrique Luiz

Marconi Perillo participou do debate ao lado dos governadores que representam todas as cinco regiões do País

mais unidades federativas. Marconi e demais governadores das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste discordam dos termos como a proposta foi colocada. “Eu prefiro que a reforma do ICMS não seja feita. Do jeito que ela está sendo defendida, vai prejudicar enormemente a nossa região e o Estado de Goiás”, acusou o governador de Goiás. Além de perdas de aproximadamente R$ 2,5 bilhões de ICMS por ano, Marconi acentua que haverá quedas na atividade econômica e no emprego em Goiás, caso a unificação ocorra. “Com essa reforma – disse - nós vamos ver fábricas fechando as portas e causando milhares de desempregos”. O governador lembrou que

há uma proposta de vigência gradual dessas novas alíquotas, por intermédio de um acordo do Centro-Oeste com o Nordeste e o Norte. A proposta é diferenciar alíquotas das regiões Sul e Sudeste, criando-se uma alíquota única para os estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Marconi defendeu ainda uma efetivação dessas medidas de forma gradual, ao longo de muitos anos, e transitória. “Todo mundo sabe que há uma possibilidade de o STF, a qualquer hora, decidir sobre essa matéria. Nós estamos tendo a responsabilidade de encaminhar esse debate pensando nisso também. Mas todos nós sabemos que se não houver consenso para uma medida que seja boa para os estados em desenvolvimento, isso

Segundo Marconi, caso ocorra a reforma do ICMS, o estado de Goiás será prejudicado com o fechamento de fábricas e milhares de desempregos

vai significar a volta da migração do Nordeste, do Norte, do Centro-Oeste para São Paulo e demais estados da região Sudeste”, comentou. Marconi mostrou-se cético quanto à eficácia do Fundo de Compensação de Receitas (FCR), contido na matéria, pelo qual a União fará transferências aos estados para cobrir perdas com a redução de alíquotas, e também quanto ao Fundo de Desenvolvimento Regional (FDR), que substituirá o ICMS como instrumento de atração de

investimentos privados. “Nós – salientou - não acreditamos em políticas compensatórias por perdas de receita. A Lei Kandir, que já está em vigor há cerca de 16 anos, começou compensando cerca de 73% das perdas que os estados têm de ICMS por conta da desoneração das exportações. Ou seja, hoje o produto agrícola ou mineral que nós exportamos vai para o exterior sem que o Estado tenha 1 centavo de ICMS. Isso ajuda o governo federal a garantir a sua balança comercial, o superávit exportador. Mas aos

estados não ajuda em nada.” E ressaltou: “Compensação é uma história na qual a gente precisa confiar. Nós não confiamos, porque neste ano a compensação da Lei Kandir é de menos de 10% em relação às perdas dos estados. Como é que nós vamos acreditar num Fundo que vai compensar perdas de ICMS por conta da reforma do ICMS? Como vamos acreditar numa política de desenvolvimento onde 75% dos recursos são destinados a empréstimos e só 25% a fundo perdido?”.

Vilmar Rocha é pré-candidato ao Senado em eleições de 2014 “Eu pretendo ser candidato ao senado” declara Vilmar Rocha na audiência com lideranças em Goianésia

INFORMATIVO

Na ocasião que esteve presente em Goianésia para apresentar metas e soluções do governo do estado para a administração pública, o Secretário-Chefe da Casa Civil Vilmar Rocha, afirmou para A Folha do Vale que é pré-candidato ao Senado nas eleições de 2014. Segundo

Vilmar, o principal projeto para o ano de 2014 é a reeleição do governador Marconi Perillo, e já colocou a sua pré-candidatura para o senado. Vilmar diz se sentir plenamente preparado para ser senador, por sua experiência parlamentar de longos anos, pela experiência no executivo, e por seu

A atenção que sua saúde merece!

próprio amadurecimento político e intelectual. “Estou preparado e motivado para ser candidato ao senado por Goiás”, ressalta. Apesar de estar focado na gestão, o secretário-chefe, diz que nada impede que fale com lideranças políticas sobre o projeto de 2014. E diz que foi um ato

de coragem dele e do governador em apresentar o seu nome para pleitear uma vaga no senado. “É evidente que eu fiz algo corajoso, transparente, que foi dizer o meu projeto para 2014. Eu pretendo ser candidato ao senado, e o governador Marconi Perillo reforçou isso. Não só porque ele reconhece

que eu fui importante na construção das nossas vitórias, mas que eu ainda tenho muito a contribuir no futuro. Então foi honroso, o governador também foi corajoso, se ele quisesse ficar em cima do muro, e dizer para esperar 2014, mas não, foi transparente e disse o que pensava”, explica Vilmar.

CRESCIMENTO ECONÔMICO

Governador recebe chineses que querem investir em Goiás

Atenção clientes do bairro Santa Cecília, Negrinho Carrilho, Universitário e região: a Drogaria Atenfarma é a única da região Oeste de Goianésia que atende ao Programa Farmácia Popular, Vidalink e Good Card. Além dos cartões Visa e Mastercard. A Drogaria Atenfarma está de plantão todos os dias ate às 21 horas e o atendimento é feito pelo Dr. Francisco Júnior e sua equipe.

O governador Marconi Perillo recebeu, no último dia 20, empresários chineses representantes do grupo Grand Will, que atua na área de construção civil com uso de materiais biossustentáveis e linhas de geração e transmissão de energia. De acordo com o presidente do grupo, Richard Lu, a pretensão é investir 1,5 bilhão de dólares em um polo industrial, que Marconi se dispõe a colaborar pessoalmente com as deve ser edificado na cidade negociações para a vinda das empresas e a visitar o grupo de Bela Vista de Goiás, e uma em outubro ou novembro desse ano geradora de energia solar em aos índices de crescimento tas oportunidades”, reconheUruaçu. O governo se compro- econômico do Estado. “Sabe- ceu. Segundo ele, Marconi meteu a ajudar com benefícios mos que o estado de Goiás é o se dispôs a colaborar pessofiscais para a instalação das mais forte e que cresceu 3,8% almente com as negociações empresas. Richard disse que a mais que os outros estados; para a vinda das empresas e a escolheu Goiás para sediar então tem uma economia visitar o grupo em outubro ou os empreendimentos devido muito boa e representa mui- novembro deste ano.


GOIANÉSIA

Do

5 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

Pág.

CONVÊNIO

Prefeitura de Goianésia fecha parceria inédita com Banco do Brasil O acordo prevê a facilitação do acesso de pequenos produtores rurais do município a linhas de credito específicas para novas produções

N

Fábio Henrique / Ascom Goianésia

Por Rosângela Melo

a manhã de sexta-feira, 22, a Prefeitura Municipal de Goianésia fechou uma parceria inédita junto ao Banco do Brasil, para fomentar a produção agropecuária da região. O acordo prevê a facilitação do acesso de pequenos produtores rurais do município a linhas de crédito específicas para novas produções. Além desta, outra parceria foi realizada entre prefeitura e instituição financeira: o compartilhamento do espaço da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) para atividades de órgãos municipais. De acordo com o Prefeito de Goianésia Jalles Fontoura “a AABB vai ceder o espaço para que possamos desenvolver atividades do PETI lá, mas esse convênio tem vários pontos como também o financiamento chamado ABC - Agricultura de Baixo Carbono, que é um sistema extremamente vantajoso para agricultura familiar e que possibilita, por exemplo, para

feito de Goianésia é inédita no Estado de Goiás. “O Prefeito Jalles tomou essa iniciativa junto ao Banco do Brasil e é uma parceira inédita, nenhuma outra cidade no Estado já realizou essa parceria” completa Edson. O PROGRAMA DE CREDITO O Programa de Crédito ABC (Agricultura de Baixo Carbono) foi criado há menos de dois anos e hoje o Banco do Brasil tem no Brasil cerca de R$ 3 Bilhões aplicados nessa linha de crédito. O Estado de Goiás representa cerca de 10% deste número, ou seja, cerca de R$ 300 milhões. “Aqui em Goianésia nós vislumbramos um potencial de aproximadamente R$ 10 milhões que poderemos aplicar nessa linha de crédito, sem cotar as outras linhas que o Banco do Brasil disponibiliza” informou o superintendente. O Banco do Brasil detém, em Goiás, 90% do Crédito disponibilizado ao Agronegócio.

Na ocasião, também foi realizada a parceria entre prefeitura e instituição financeira: o compartilhamento do espaço da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) para atividades de órgãos municipais

quem quiser plantar uma lavoura de seringueira; o banco dá o financiamento com prazo de oito anos de carência para a pessoa poder plantar primeiro”. Jalles também tem

um outro projeto a ser desenvolvido com o Banco do Brasil, que é o inicio da criação de peixes em escala comercial por produtores locais. “Esse projeto é coordenado pela se-

cretaria de desenvolvimento econômico e social e o Banco do Brasil vem para dar suporte a esse projeto municipal. O Banco é um grande parceiro para proporcionar à cidade

um crescimento empreendedor” completa Jalles. De acordo com Edson Bündchem, que é o Superintendente Estadual do Banco do Brasil a iniciativa do Pre-

JUSTIÇA

Juíza eleitoral dá por extinto processo de cassação de diploma de Jalles Fontoura Por Rosângela Melo

A Excelentíssima Juíza Eleitoral de Goianésia, Dra. Lorena Cristina Aragão Rosa publicou, na tarde da terça-feira, 19, a sentença judicial sobre acusações feitas pelo PMDB de Goianésia ao Prefeito Jalles Fontoura. O processo foi aberto em 2012 após as eleições, quando a Coligação encabeçada pelo PMDB perdeu a disputa para a Coligação de Jalles Fontoura (PSDB). Após uma campanha acirrada entre as duas maiores lideranças políticas

de Goianésia, Jalles foi eleito com mais de seis mil votos de frente, mas ainda assim o PMDB decidiu contestar a decisão das urnas judicialmente: moveu uma ação judicial solicitando investigações sobre suposta compra de votos durante a campanha eleitoral. No processo aberto junto ao Poder Judiciário Eleitoral de Goianésia, o solicitante apresentou como provas um vídeo, gravado clandestina e ilicitamente durante a campanha 2012, onde supostamente o então candidato Jalles Fon-

toura prometia gratificação com 14º salário aos funcionários de uma empresa de seu grupo. Além do vídeo, algumas testemunhas foram arroladas pela acusação para depor a favor do mesmo assunto. No último dia 19, porém, a Exma. Juíza Eleitoral de Goianésia emitiu sentença dando como extintas as acusações contra o Prefeito Jalles Fontoura. Em seu julgamento, a Dra. Lorena Cristina afirma que “não há razões que justifiquem a continuidade da ação, face à não indicação de sufi-

cientes elementos probatórios lícitos e válidos”. Dra. Lorena Cristina afirma ainda em sua decisão que as provas apresentadas pelo PMDB solicitando a ação não podem ser levadas em conta por terem sido obtidas ilicitamente “a prova consistente na gravação de vídeo clandestina não pode subsistir no processo” afirma a juíza. Quanto aos depoimentos obtidos das testemunhas, que também faziam parte da ação, a Juíza informa que são “provas frágeis e não suficientes para justificar a instrução

Eleitoral de Goianésia, Dra. Lorena Cristina Aragão Rosa é a seguinte:

do feito”. A decisão, portanto, divulgada pela Exma. Juíza

“Ante o exposto, frente a todos os argumentos ventilados acima, JULGO EXTINTA A PRESENTE AÇÃO JUDICIAL DE INVESTIGAÇÃO ELEITORAL, SEM JULGAMENTO DE MÉRITO, com fulcro no artigo 5º, LVI, da Constituição Federal de 1988, c/c artigos 282, inciso VI, e 267, inciso IV, do Código de Processo Civil, e caput da Lei Complementar nº 65/90. Publique-se.

Registre-se.

Intimem-se.

Cumpra-se. Transitada em julgado, arquive-se com as baixas pertinentes.”

VEM AÍ, CLASSIFICADOS A FOLHA DO VALE! • • • •

QUER COMPRAR? QUER ALUGAR? QUER VENDER? QUER TROCAR?

PARA ANUNCIAR, LIGUE:

3353-8638

CLASSIF A Folha

do Vale

/ 02 a 09 de

Dezembro de

ICADOS

2012 -

EDIÇÃO 249

Anunci e aqui:

DALMI AUTOP EÇAS E OFICIN A GERAL EM

Oficina

para toda s marcas elos de veículos .

e mod

Av. Goiás

A, nº 7 S. São Fone: 3353-3 Cristó 465 / 8434-3vão. 818

3353-8 638


ESPORTE

Do Pág.

6 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

GOIANÃO

Goianésia joga bem, mas cai para o Goiás Azulão do Vale sai na frente, mas perde por 4 a 1 no Serra Dourada, em jogo bastante movimentado e Goiás confirma liderança O Popular

Ficha técnica GOIÁS 4 X 1 GOIANÉSIA Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia Data: 24/03/2013 Horário: 16 horas Árbitro: Leandro Cardoso Assistentes: Evandro Gomes Ferreira e Cleyton Pereira Público e Renda: 5.820 pagantes / R$ 89.195,00 Cartão Amarelo: Márcio Bispo e Fábio (GOI) ; Dudu Cearense (GEC) Cartão Vermelho: Jeovânio (GOI)

VOLUNTARIADO

A Folha do Vale

A luta é considerada pelo professor Gerônimo Ribeiro como uma atividade que exercita o corpo e a mente

Professor de Muay Thai faz trabalho voluntário com crianças de Goianésia Cerca de 54 crianças entre 08 e 17 anos são beneficiadas pela ação do campeão sul americano Gerônimo Ribeiro Oliveira

GOLS: Dan 19’ 1T (0-1) ; Júnior Viçosa 28’ 1T (1-1) ; Neto Baiano (pen) 21’ 2T (21) ; Neto Baiano 42’ 2T (3-1) ; Dudu Cearense 45’ 2T (4-1)

Ernando disputa bola com Dan, autor do gol do Azulão

U

m jogo para provar a condição em que estão na tabela. Goiás e Goianésia fizeram uma partida para provar que merecem estar onde estão. O time Esmeraldino confirmou sua ampla superioridade no Goianão e bateu o vice-líder por 4 a 1   no Serra Dourada, pela quarta rodada do segundo turno do Estadual. Enderson Moreira e Henry Lauar pouparam alguns de

seus titulares, mas as alterações não mudaram a qualidade das equipes. O Goianésia saiu na frente com Dan, mas Júnior Viçosa - que retornou ao time titular -, Neto Baiano, duas vezes, e Dudu Cearense fizeram os gols que deram a vitória aos esmeraldinos. Com o resultado, o Goiás chega aos 32 pontos e amplia a vantagem para o segundo colocado, o próprio Azulão do Vale,

que tem 25 pontos. O Esmeraldino está praticamente com a vaga na semifinal assegurada. A cinco rodadas do fim, o Verde tem 15 pontos de vantagem para o Grêmio Anápolis, quinto colocado, e 29 gols a mais de saldo. Na próxima rodada o Verde encara o Crac, no Serra Dourada, nesta quarta-feira (27), às 20h30. O Goianésia recebe o Anápolis no mesmo dia e horário.

GOIÁS: Harlei; Vítor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes (Dudu Cearense), David e Renan Oliveira (Eduardo Sasha); Júnior Viçosa (Neto Baiano) e Walter. Técnico: Enderson Moreira GOIANÉSIA: Bruno Colaço; Preto Marabá (Edson Pelezinho), Luciano e Fábio; Roma, Jeovânio, Márcio Bispo, Saulo (Juliano) e Paulo César; Dan (Alekito) e Nonato Técnico: Henry Lauar

CAMPEONATO GOIANO-2013 – CLASSIFICAÇÃO POS. 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

TIME

PG 32 25 20 19 17 16 15 14 11 9

Goiás Goianésia Atlético Aparecidense Grêmio Anápolis Vila Nova Anápolis Rio Verde CRAC Itumbiara

J 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13

V 10 7 5 5 5 5 3 3 3 2

E 2 4 5 4 2 1 6 5 2 3

D 1 2 3 4 6 7 4 5 8 8

GP 33 17 20 18 15 18 20 14 10 11

GC 6 12 12 17 17 21 24 22 21 24

SG 27 5 8 1 -2 -3 -4 -8 -11 -13

AP 82.0% 64.1% 51.2% 48.7% 43.5% 41.0% 38.4% 35.8% 28.2% 23.0%

Fonte: FGF PG (pontos); J (jogos); V (vitórias); E (empates); D (derrotas); GP (gols pró); GC (gols contra); SG (saldo de gols); AP (aproveitamento)

PRINCIPAIS ARTILHEIROS: 1º Ricardo Jesus (Atlético) 10 gols. 2º Walter e Júnior Viçosa (Goiás) 7 gols. 3º Elcimar (Vila Nova) 6 gols. 4º Nonato e Alekito (Goianésia), Hyantony (Vila Nova), Raphael Luz (Aparecidense) e Rafael Grampola (Anápolis) 5 gols. 5º Washington (Aparecidense), Evandro (Anápolis), Thiago Silvy (Rio Verde) e Amaral e Neto Baiano (Goiás) 4 gols.

CAMPEONATO GOIANO 2013 – PRÓXIMOS JOGOS 5ª RODADA QUARTA, 27/03/2013 X

20h30

Aníbal Batista de Toledo

Vila Nova

Aparecidense X

20h30

Valdeir José de Oliveira

Anápolis

Goianésia X

20h30

Serra Dourada

CRAC

Goiás X

20h30

Mozart Veloso do Carmo

Grêmio Anápolis

Rio Verde X

20h30 Itumbiara

Juscelino Kubitschek

Atlético

Segundo Gerônimo, em sua turma existem vários talentos que vão participar no próximo dia 06 de abril da 1ª Etapa do Campeonato Goiano que acontecerá em Anápolis Por Camila Araújo

De forma voluntária o professor de Muay Thai - arte marcial da Tailândia -, e duas vezes campeão sul americano Gerônimo Ribeiro Oliveira, ensina a luta para crianças de 08 a 17 anos no Centro Esportivo Alfredo Nasser, em Goianésia. Cerca de 54 crianças são beneficiadas pela ação. Segundo Gerônimo, sempre foi apaixonado por lutas e pelo voluntariado, então resolveu conciliar as duas paixões. Para ele, o principal objetivo do seu projeto é tirar as crianças da rua, dando uma ocupação para elas e ao mesmo tempo compartilhar o seu conhecimento nas artes marciais. Gerônimo considera a luta como uma atividade que exercita o corpo e a mente da criança, estimulando a autoestima, confiança e disciplina que para ele, é primordial no desenvolvimento. O professor de Muay Thai utiliza o seu material para ministrar suas aulas, e recebe apoio da prefeitura, que cedeu o local para os treinamentos. E com os requerimentos do Governo de Goianésia que foram atendidos pela Agência Goiana de Esporte e Lazer (AGEL), ele espera receber recursos para continuar desenvolvendo o seu trabalho, visando futuros campeonatos. Mas diz que independente de conseguir recursos da AGEL, as aulas

vão ser ministradas de forma voluntária durante os quatro anos com o apoio da prefeitura. “Independente da AGEL nos beneficiar ou não, pretendo dar continuidade ao meu projeto durante esses 4 anos com o apoio da prefeitura que nos cedeu o espaço para treinar, e creio que depois disso o material está vindo também, pois o meu trabalho é feito com amor e carinho, e não preciso de muita coisa para desenvolver essa aula”, ressalta. Além do apoio da prefeitura o professor de Muay Thai, recebe ajuda de outros voluntários que são campeões brasileiros da luta que o ajuda a dar o treinamento. Segundo Gerônimo, em sua turma existem vários talentos que vão participar no próximo dia 06 de abril da 1ª Etapa do Campeonato Goiano que acontecerá em Anápolis. Serão escolhidas 15 crianças para representar Goianésia. Segundo Gerônimo, não é cobrada nenhuma taxa das crianças para participarem dos treinamentos, que acontecem duas vezes por semana, segunda e quarta-feira. A única exigência é que sejam matriculadas na escola. Para fazer às aulas as crianças fazem uma ficha, e são exigidas, declaração escolar, comprovante de endereço, documentação da criança e a autorização dos pais.


POLICIAL

Do Pág.

7 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

EXPLOSÃO DE CAIXAS

Polícia Civil prende quadrilha que explodia caixas eletrônicos no norte do Estado Nos últimos meses a quadrilha explodiu quinze caixas eletrônicos em todo o Estado de Goiás, incluindo nas cidades de Vila Propício, Goianésia, Itapaci e Santa Isabel

A

Por Rosângela Melo

quadrilha que aterrorizou o norte goiano explodindo vários caixas eletrônicos teve nove membros presos na noite do dia 15 de março no Setor Jardim Guanabara em Goiânia, quando se preparavam para mais um roubo nas cidades de Padre Bernardo e Barro Alto. Os assaltantes foram detidos após um trabalho de investigação da Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic) e o Grupo Antirroubo a Bancos (GAB), e apoio da equipe do Delegado Titular em Goianésia Dr. Marco Antônio Maia. Nos últimos meses a quadrilha explodiu quinze caixas eletrônicos em todo o Estado de Goiás, incluindo nas cidades de Vila Propício, Goianésia, Itapaci e Santa Isabel. O Delegado de Goianésia, Dr. Marco Antônio Maia trabalhou em conjunto com a Deic nas investigações que culminou com a prisão da quadrilha especializada. “Os integrantes dessa quadrilha especializada são de Goiânia e a expectativa é que nos próximos dias mais pessoas sejam presas, pois as investigações não vão parar. Essa é provavelmente a maior quadrilha do Estado e tem várias ramificações, mas a expectativa é que de agora pra frente não ocorram mais explosões de caixa eletrônico aqui na nossa região” informou Marco Antônio Maia. Existe também a suspeita de serem autores de roubos a

Divulgação Polícia Civil

Segundo a Deic, investigações preliminares apontam o bando como autor de 29 arrombamentos e roubos a agências bancárias, casas lotéricas e grandes empresas em cidades de Goiás, entre janeiro e março deste ano

bancos em cidades do interior de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. A quadrilha se caracteriza por utilizar grande arsenal de armas e explosivos, além de táticas para dificultar a ação da polícia. Eles responderão pelos crimes de formação de quadrilha, furto mediante explosivo, porte ilegal de arma de fogo entre outros crimes. De acordo com informações da Polícia Civil, a quadrilha presa é formada por 22 pessoas. Marco Túlio Teixeira Cascão, o “Mineiro”, Francisco Filho Barbosa, o “Chico”, Paulo Roberto Batista de Moura, Leandro Lagares da Silva, vulgo “Badoquim”, João Paulo Bruno, vulgo “Amarelinho”, Francisco José dos Santos, o “Paulista”, Paulo Augusto Oliveira Carvalho, o “Neguim” e Fernando Alves Mota, vulgo “Primo”, foram presos na ação da Deic. Eles têm passagens na polícia

ou estão foragidos da Justiça. Os demais integrantes já foram identificados e estão sendo monitorados. A Deic acredita que suas prisões poderão ocorrer nas próximas horas.

dos criminosos, foram evitados dois outros assaltos já agendados para os próximos dias nos municípios de Padre Bernardo e Barro Alto, a 246 km e 249 km da Capital, respectivamente.

OUTROS ESTADOS Segundo a Deic, investigações preliminares apontam o bando como autor de 29 arrombamentos e roubos a agências bancárias, casas lotéricas e grandes empresas em cidades de Goiás, entre janeiro e março deste ano, e há suspeitas de que sejam também responsáveis por outros 15 assaltos em unidades da Federação, a exemplo de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. As investigações já haviam se iniciado com os assaltos em Goianésia (21/02), Itapaci (26/02) e Arizona (09/03) atribuídos ao bando. Com a abordagem e a consequente prisão

ARSENAL A Deic apreendeu várias armas de diversos calibres que estavam em poder dos assaltantes, a exemplo de um fuzil AR 15, duas escopetas, duas submetralhadoras e sete pistolas de uso restrito das Forças Armadas (todas municiadas e com farta munição extra), além de seis coletes à prova de balas, balaclavas (tipo de capuz), rádios comunicadores, celulares, onze bananas de dinamite e seis veículos utilizados nas ações. Duas caminhonetes Chevrolet S-10, um Ford Focus, um VW Cross Fox, um Honda Civic e um Honda City. Segundo a delegacia especializada, eles seriam veículos

Veja a ação da quadrilha em todo o estado em 2013: Data Município 08/01 Americano do Brasil 09/01 Morrinhos 12/01 Piracanjuba 14/01 Santa Helena de Goiás 15/01 Corumbá de Goiás 19/01 Pontalina 19/01 Ivolândia 21/01 Caturaí 22/01 Itaguaru 22/01 Vicentinópolis 22/01 São Francisco de Goiás 22/01 Santo Antonio do Descoberto 05/02 Fazenda Nova 06/02 Gameleira de Goiás 19/02 Novo Brasil 21/02 Indiara 21/02 Goianésia 23/02 Mossâmedes 26/02 Aragoiânia 26/02 Itapaci 27/02 São João da Paraúna 02/03 Heitoraí 03/03 Vila Propício 04/03 Luziânia 05/03 Brazabrantes 05/03 Aparecida de Goiânia 09/03 Orizona 10/03 Buriti Alegre 14/03 Leopoldo de Bulhões furtados e com documentação alterada. Até uma corrente de aço revestida com fita isolante foi apreendida. Ela era utilizada para fechar o portão dos regimentos militares e dificultar ou impedir a saída dos policiais. Os integrantes do bando permanecem presos na Deic e

estão à disposição da Justiça. Eles serão indiciados por crimes de formação de quadrilha, roubo, furto qualificado, receptação e porte ilegal de arma de fogo e explosivo. Se condenados, poderão pegar até 30 anos de prisão em regime fechado, inicialmente.

SEGURANÇA

COMUNICADO DE ROUBO BOLETIM DE OCORRENCIA Dados do fato Data e Hora do Registro: 05/03/2013 às 01h19 Número do Registro: 192/2013 Afeto: Delegacia de Polícia de Niquelândia-GO Tipificação do Registro: Outros Fatos Data e Hora do Fato: 01/09/2012 às 20h00 Local do Fato: Secretaria de Esportes Santa Efigênia, Niquelândia-Goiás

Detran de Goiás vistoria transporte escolar no estado

A Folha do Vale

Histórico Informa-nos o comunicante, que no dia e horário acima citados, a Secretaria de Desporto e Lazer foi arrombada e foram furtados um bloco de notas fiscais usado com numeração de 01 a 30 e dois blocos de notas fiscais novos com numeração de 31 a 90, todos em nome da empresa ASSOCIAÇÃO NIQUELANDENSE DE ARBITRAGEM, inscrito no CNPJ de nº 10.605.967/0001-50, com inscrição municipal de nº 1110370. Registrase para os devidos fins.

Durante a vistoria, os fiscais observam desde a adequação da faixa de identificação do transporte escolar até a quantidade de cinto de segurança

Em Fátima, Nossa Senhora pediu: “Rezem o terço todos os dias, para alcançarem a paz!”

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) realiza de março a maio a vistoria do transporte escolar público em todo o Estado. A expectativa é que mais de quatro mil veículos passem por inspeção para que sejam averiguadas as condições dos itens de segurança e a documentação do condutor, conforme a Portaria 023/2012. Durante a vistoria, os fiscais observam desde a adequação da faixa de identificação do transporte escolar até a quantidade de cinto de segurança, que deve ser em número igual à lotação do veículo. O veículo também deve ter, entre outras coisas, limitadores de abertura dos vidros corrediços e dispositivos para quebra e remoção dos

mesmos, em caso de acidente. Além dos equipamentos obrigatórios de segurança, os vistoriadores também estão atentos à documentação dos condutores. Para transportar estudantes, o motorista deve ser habilitado na Categoria D, possuir mais de 21 anos, ter feito curso específico e apresentar Certidão Negativa de Antecedentes Criminais. Ele não pode ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima ou não ser reincidente em infrações médias nos últimos doze meses. Para realizar o trabalho, o Detran-GO conta com cinco equipes trabalhando simultaneamente em todo o Estado. A vistoria é obrigatória e visa garantir que os veículos que compõem a frota do transporte

escolar dos municípios estejam em perfeitas condições de segurança, e que os condutores sejam devidamente preparados para transportar vidas. Proprietários ou prefeituras que perderem o prazo podem responder Ação Civil, de acordo com Termo de Cooperação firmado com o Ministério Público de Goiás. A vistoria nos moldes que é realizada em Goiás é modelo para outros Estados brasileiros e acontece semestralmente. Outra meta do Detran-GO é a renovação da frota. A partir de dezembro de 2013, os veículos utilizados para transportar alunos devem ter, no máximo, 10 anos de uso no caso de ônibus e micro-ônibus e 8 anos para os demais veículos.


REGIÃO

Do Pág.

8 / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

SAÚDE

Secretaria de Saúde de Jaraguá leva às escolas públicas programa contra obesidade A Folha de Jaraguá

Semana Saúde na Escola dá início a uma mobilização temática prioritária de saúde, que deverá ser trabalhada ao longo do ano letivo nas escolas

A

Secretaria Municipal de Saúde por meio das equipes de Saúde da Família em parceria com a Secretaria de Educação realizou entre os dias 13 a 21 de março de 2013 a Semana da  Saúde na Escola, em 8 unidades municipais onde foram trabalhada a  questão da obesidade na infância e na adolescência e a saúde ocular. Na oportunidade, profissionais da saúde verificaram o cartão de vacinação dos alunos. A Semana da Saúde na escola foi encerrada com palestras e uma peça teatral sobre como ter uma alimentação saudável. O Prefeito Ival Avelar, elogiou o trabalho do Secretário Wander Belo, e destacou que projetos preventivos como este ajuda a melhorar a saúde da população. De acordo com o Secretário Wander Belo, o objetivo principal da Semana Saúde na Escola era dar início a uma mobilização temática prioritária de saúde, que deverá ser trabalhada ao longo do ano

letivo nas escolas, seguindo o Programa da Saúde na Escola. A Secretária de Educação, Nara Núbia, disse que a parceria com a Secretaria de Saúde irá refletir positivamente na vida dos alunos, inclusive para melhorar a autoestima e o aprendizado. O encerramento oficial da Semana Saúde na Escola e o lançamento do Programa Saúde na Escola, para o ano letivo de 2013, foram realizados na Escola Municipal Lyra Machado na quinta feira, 21 de março. A solenidade contou com a presença do Prefeito Ival Avelar, da Primeira Dama Divina Avelar e dos Secretários Wander Belo (Saúde), Nara Núbia (Educação).   Além dos vereadores Maria Maura (Presidenta da Câmara), Silmar Moreira e Zé Sabiá e dos secretários Tiãozinho Soares (Finança), Paulo Vitor (Cultura) e Werlon Coró (Infraestrutura), da diretora da Escola Geusa, professores e funcionários da Secretaria de Saúde. Após a cerimônia a Equi-

pe de saúde da Família da Vila Colombo fez um teatro sobre a Alimentação Saudável seguido da distribuição de 200 kits para escovação com palestra para orientar os escolares sobre a escovação correta dos dentes e finalizada com um café da manhã.

Crianças foram orientadas de como ter uma alimentação saudável

A Secretária de Educação, Nara Núbia, disse que a parceria com a Secretaria de Saúde irá refletir positivamente na vida dos alunos, inclusive para melhorar a autoestima e o aprendizado


CAPA B / 25 a 31 de Março/2013

B

CADERNO GOIANÉSIA Edição 259

Do

QUALIFICAÇÃO

Pronatec certifica jovens da região norte do estado em Goianésia

Jovens de 15 e 18 anos receberam certificado de cursos profissionalizantes voltados ao meio rural

O

Por Camila Araújo

Sistema Faeg/Senar, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, realizou no último dia 21,  um encontro técnico de alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Goianésia. O evento contou com a participação de representantes de 24 cidades do norte goiano que foram certificados na ocasião. Os participantes do programa do governo federal o Pronatec, são jovens com idades entre 15 e 18 anos, que cursam o ensino médio e que se profissionalizaram nas áreas do agronegócio. E com a presença de diversas autoridades. Segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Social João Pedro Braolhos, o Pronatec é um programa federal no qual os jovens recebem uma qualificação, e são pagas para serem qualificadas. Foram cursos voltados para a área rural que atende a Secretaria de Desenvolvimento do município, como a ovinocultura, suinocultura, a piscicultura no qual a secretaria pretende pedir recursos por meio do Ministério da pesca para investir na atividade e outros diversos cursos. Segundo João Pedro, para o próximo ano, o governo de Goianésia por meio da secretaria pretende implantar o Senai para que aumente os cursos profissionalizantes no município, de modo que estimule os jovens a procurar qualificação profissional. Para o presidente do Sindicato Rural de Goianésia Wilson Portilho, a entrega dos certificados para os alunos do Pronatec, é um grande evento que envolve vários municípios da região norte do estado de Goiás, e por ter acontecido em Goianésia, faz com que a cidade ganhe mais visibilidade. Pa-

ra ele, é de grande importância esse projeto, porque o agronegócio em Goiás e no Brasil é o setor que mais emprega, e alguns alunos do ensino médio não tem conhecimento desse ramo. Esse curso serviu para que os alunos possam levar o seu conhecimento para o campo e ter mais oportunidade de emprego e crescimento. Segundo Wilson, foram 60 alunos de Goianésia que se formaram no Pronatec. Além desse programa, o sindicato rural em parceria com o Senar faz um trabalho com produtores, e oferece cursos profissionalizantes em vários setores como, curso de ordenha, vaqueiro e tratorista, são mais de 50 cursos. Por meio do sindicato foram mais de 3 mil pessoas com qualificação profissional no meio rural. Segundo o presidente da Faeg José Mário Shreiner, o Pronatec é de grande importância para os jovens, pois eles precisam de capacitação e estímulo pra enfrentar o mercado de trabalho. O objetivo do programa é mostrar para os jovens que existem grandes oportunidades de emprego, e oportunidade de aprimorar o grau de estudo, através da qualificação profissional. Segundo ele, hoje os setores da agricultura e pecuária oferecem empregos que oferecem salários atrativos, mas que exigem qualificação. Para o presidente da Faeg, o Pronatec é um dos programas do governo que mais tem chamado à atenção, porque alunos do ensino médio são inseridos no ensino de qualificação. Os jovens estão se preparando para buscar emprego ou aplicar os seus conhecimentos adquiridos em suas propriedades e passar para seus pais, melhorando a qualidade de vida. PRONATEC Com o objetivo de ensi-

Divulgação

Foram 60 alunos de Goianésia que se formaram no Pronatec

nar de forma gratuita uma profissão técnica aos estudantes do ensino médio da rede pública estadual de ensino que moram nas áreas urbanas e rurais de Goiás, o Pronatec conclui as primeiras turmas em Goiás. As aulas começaram em setembro de 2012. Ao total, já são 336 turmas, totalizando 5,1 mil alunos inscritos, em 158 municípios goianos. Esse número representa 98% das vagas oferecidas. No Estado, o Pronatec no campo é coordenado pelo Senar Goiás. Sem deixar de lado o estudo formal na escola regular, o Pronatec no campo veio para oferecer qualificação profissional para os jovens oriundos do meio rural e também para aqueles que estão na cidade e vislumbram oportunidades de emprego e ganho real na agricultura e pecuária.

Entrega dos certificados para os alunos do Pronatec, teve a participação de 24 municípios da região norte do estado

Loja i av. goiás, 407 - centro (62) 3353-1317

Rua 14 Nº 354 - Centro - Goianésia - GO

LOJA II RUA 32, ESQ. COM A CONTORNO (ANTIGA BALANÇA) - (62) 3353-2428

do básico ao acaBamento, com os menores preços e bom atendimento


REGIÃO

Do Pág.

2B / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

HABITAÇÃO

Geraldo Martins firma convênio com a Agehab e garante construção de 30 casas em Barro Alto O prefeito de Barro Alto Geraldo Martins prevê a construção de 340 casas até o final do ano, por meio do Cheque Mais Moradia

T

rinta famílias do município de Barro Alto assinaram no último dia 20, os Cheques Mais Moradia da parceira Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), e Caixa/FGTS. Um dos casais beneficiados é formado por Eliene Pires Moreira e Francisco Lopes Pereira, que têm uma filha de três anos. Eliene mora na casa da sogra desde que se casou e não vê a hora de ter um cantinho só seu. “A prestação é pequena e cabe no bolso de qualquer um”, admitiu. Segundo o prefeito de Barro Alto Geraldo Martins, a consolidação da parceria com o governo do estado foi firmar o convênio com a Agehab. Segundo ele, o governo federal também participa desse convênio e já foram iniciadas a construção de 30 casas em Souzalândia, e tem mais 40 para serem liberadas. Em Barro Alto são 70 casas, totalizando 140 casas. O presidente da Agehab Marcos Abraão disponibilizará recursos através do Cheque Moradia para a construção de mais 200 casas em Barro Alto. E o município irá disponibilizar os terrenos e lotes e a mão de obra. Para esse ano a previsão é a construção de 340 casas. Segundo Geraldo, o município foi elogiado por estar na frente nas construções de casas populares. Geraldo Martins diz que apesar de ter acontecido uma queda brusca da receita no mês de janeiro e fevereiro, e ter recebido um município endividado, e estar enfrentando muita dificuldade para executar os projetos nessa

primeira fase, faz questão de honrar o compromisso que fez com a população de Barro Alto quanto à parte de habitação. O presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, visitou o município e explicou às famílias como funciona a parceria que na primeira etapa construirá cerca de 5 mil unidades habitacionais em 55 cidades.  “O Cheque Moradia, hoje Programa Cheque Mais Moradia, foi reformulado para atuar em parceria com todos os programas federais. Buscamos todas as fontes de recursos e parcerias possíveis, como a da Caixa/FGTS, em que o beneficiário assume um pequeno financiamento e o Estado banca R$ 20 mil para a construção da casa, em terreno doado pelas prefeituras”, explicou ele. As obras já começaram em dezenas de municípios que aderiram à parceria, algumas em fase adiantada com previsão de entrega ainda neste semestre. Barro Alto foi o segundo município a assinar o convênio em 2013 e o 32º de um universo de 55 que serão beneficiados na primeira fase da parceria Agehab/ Caixa/FGTS. O presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, ressaltou que o Governo Marconi Perillo está promovendo uma revolução na área habitacional. O presidente ressaltou que até julho a Agehab deverá bater a meta traçada pelo governador Marconi Perillo de contratação para construir 50 mil unidades habitacionais no Estado. O objetivo é atingir todos os 246 municípios goianos.

Ascom / Agehab

Segundo o prefeito Geraldo Martins são 70 casas para Souzalândia e 70 para Barro Alto, totalizando 140 casas que serão construídas com o Cheque Mais Moradia

“Pedimos o empenho dos prefeitos e dos secretários de habitação. Porque recursos existem, as parcerias estão consolidadas. Só não construirão casas os prefeitos que realmente não quiserem”, frisou o presidente da Agehab. Marcos Abrão Roriz destacou que o Estado está com 12 mil unidades habitacionais contratadas e em execução e outras 32 mil unidades em contratação. Já foram entregues mais de 2 mil casas na atual administração. “A partir deste mês serão iniciados novos canteiros de obras e o calendário de inaugurações será intenso nos municípios neste ano de 2013”, anunciou, ressaltando que as parcerias estão firmes, fortes e atuantes com o Ministério das Cidades, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Um dos casais beneficiados pelo Cheque Mais Moradia

CHEQUE MAIS MORADIA

Famílias de Itaguari assinam Cheque Mais Moradia Serão construídas com o cheque cerca de 79 unidades habitacionais, que serão financiadas com pequenas parcelas mensais O município de Itaguari recebeu no último dia 22, a equipe da Agência Goiana de Habitação (Agehab) para assinatura do Cheque Mais Moradia que será utilizado na construção de 79 unidades habitacionais. O atendimento aconteceu no CRAS. O convênio que foi assinado em dezembro

reúne recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, do FGTS/Caixa, e do Governo Federal. Famílias como a do lavrador Ednildo Mariano Leite, serão beneficiadas. Segundo ele, com o Cheque Mais Moradia irá sair do aluguel. “Isso é muito bom. Ninguém gosta de ficar pagando

por uma coisa que nunca vai ser sua”, ressalta Ednildo. O servente de pedreiro Fábio Cardoso dos Santos, também receberá o benefício e se emociona ao lembrar que terá menos dificuldades financeiras. Já que tem uma renda familiar que varia entre R$ 600 e R$ 900. E paga de aluguel R$ 300, pratica-

mente metade do orçamento disponível. “Incluindo água, luz e supermercado, as contas quase nunca fecham. Já passamos muito aperto. Sair do aluguel é a melhor coisa que pode acontecer para uma família”, acredita o servente. O presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, explica que a prestação

paga pelo beneficiário em financiamento é pequena, em função do aporte de recursos do Governo de Goiás, que é de R$ 20 mil, e da Caixa/ FGTS, de R$ 9 mil. Assim, a família beneficiada arca com financiamento de R$ 10 mil. A prefeitura doa o terreno regularizado e com infraestrutura básica.

Marcos Abrão Roriz afirma que as obras já começaram em dezenas de municípios que assinaram contratos nesta primeira etapa da parceria, que construirá cerca de 5 mil unidades habitacionais em 55 municípios. Algumas estão em fase adiantada, já com previsão de entrega ainda neste semestre.


REGIÃO

Do Pág.

3B / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

JARAGUÁ

Nédio Leite irá empenhar 1 milhão para a gestão de Ival Avelar Também por intervenção de Nédio Leite, serão liberados recursos da Lei Pelé, para atender 240 crianças com iniciação esportiva líder da oposição, o vereador Rildo Gomes (PSD), anunciou na tribuna da câmara, na sessão do último dia 19, que o Deputado Estadual Nédio Leite (PSDB), irá cumprir o propósito de ajudar o município, uma vez que quem o impedia de trazer benefícios para Jaraguá, está fora da prefeitura. Rildo Gomes começou dizendo que o deputado, irá atender o requerimento do vereador Hélcio Xuda (PMDB), que solicitou ajuda para a construção de uma ponte no Rio dos Patos, além de intermediar a liberação de recursos na Agência Goiana de Esportes, comandada pelo tucano, Célio da Silveira. Nédio Leite teria prometido ao Prefeito Ival Avelar (PTB), destinar 1 milhão de reais de sua emenda parlamentar para ajudar a gestão do petebista. Rildo Gomes contou que intermediou o primeiro diálogo direto, entre Nédio Leite e Ival Avelar, quando telefonou ao prefeito e o colocou em contato com o deputado, para que ambos sem

qualquer tipo de aproximação política pudessem tratar de assuntos administrativos do interesse da população de Jaraguá. “O Nédio conversou com o Ival sobre uma parceria para que o Estado e o Município construam juntos, a ponte sobre o Rio dos Patos, além de assuntos do interesse de Jaraguá” enfatizou. “Fico feliz que esteja existindo esse elo entre os dois (Nédio e Ival), são amigos. Fico feliz pelo deputado ter atendido o requerimento do vereador Hélcio Xuda, e assim acabar com as mazelas que existiam no passado” comentou. Outra novidade anunciada pelo líder da oposição Rildo Gomes, foi a reunião intermediada pela bancada da oposição (Ronan Caetano, Itamar Bernardo e Roberto Moreira) para que o Deputado Nédio Leite, fosse com o Secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Cleiber Júnior, ao Presidente da AGEL, Célio da Silveira, para tratar da liberação de recursos para o esporte em Jaraguá. Rildo Gomes elogiou

a disposição do Secretário Cleiber Júnior, em buscar parcerias para a promoção do esporte. E reconheceu que os projetos da Prefeitura de Jaraguá, apresentado ao Governo do Estado são importantes para a cidade. “O Célio da Silveira deu o autorizo para liberar os recursos para a implantação do projeto 2º Tempo que irá atender 100 crianças” frisou. Rildo Gomes frisou que através da intervenção de Nédio Leite, também será liberado recursos da Lei Pelé, para atender outras 240 crianças com iniciação esportiva. “Os recursos da Lei Pelé, serão na ordem de 64 mil reais” disse o vereador.   De acordo com Rildo Gomes, cada deputado estadual, tem direito a 2,8 milhões de reais anuais em emendas parlamentar e o deputado Nédio Leite, teria feito o compromisso com o Prefeito Ival Avelar, em empenhar 1 milhão de reais para Jaraguá. “Isso também foi falado pelo deputado na minha casa, na presença dos outros vereadores da oposição. É isso que nós queremos para Jaraguá” concluiu.

Folha de Jaraguá

Vereador Rildo Gomes, PSD, diz que Nédio Leite irá empenhar 1 milhão de reais para Jaraguá em parceria com Ival Avelar informe publicitário

O

Com informações: Folha de Jaraguá


REGIÃO

Do Pág.

4B / 25 a 31 de Março de 2013 - Edição 259

VOTORANTIM

Empresa Votorantim presta homenagem aos 278 anos de Niquelândia Divulgação

A Votorantim Metais Unidade Niquelândia cumprimenta a cidade que acaba de completar 278 anos

A

Votorantim Metais presta homenagem ao município de Niquelândia em seu aniversário de 278 anos que aconteceu no último dia 19. Segundo a Votorantim, o município foi escolhido para a instalação da empresa, por possuir muitas riquezas e para fazer parte da construção da história. E a Votorantim sempre procura contribuir a comunidade com um trabalho de responsabilidade social, econômica e ambiental. Curiosidades da cidade: São explorados 120 minérios diferentes em Niquelândia: a cidade é uma das maiores fontes de Níquel do mundo, mas também são extraídos no município, entre outros minérios, Ouro, Diamante, Cristal, Cobre, Ferro, Manganês, Amianto, Quartzo, Mármore e até mesmo Urânio.   A festa de Nossa Senhora da Abadia do Muquém atrai uma das maio-

res romarias do mundo: anualmente, de 05 a 16 de agosto, mais de 150 mil pessoas de Goiás e do Brasil migram para o santuário, um dos maiores do país, para participar das celebrações religiosas. Quase sempre para pagar promessas e oferecer prendas pelas graças recebidas.  O Cerrado é o Ecossistema da região de Niquelândia. Sua vegetação é rica em árvores baixas, galhos retorcidos e raízes profundas. Sua fauna é formada, entre outros, por onças, lobos- guarás e muitos peixes, com destaque para o Tucunaré e a Traíra. A região também é rica em recursos hídricos, pois está situada na Bacia Hidrográfica Araguaia – Tocantins.    Sobre a Votorantim Metais A Votorantim Metais é uma empresa do Grupo Votorantim, um dos maiores conglomerados empresarias da América Latina. A Companhia possui 17 unidades: 11 no Brasil, quatro nos Estados Unidos,

19 de março – aniversário de Niquelândia

uma   na China e uma no Peru. A empresa é a maior fabricante de níquel eletrolítico da América Latina, e líder no mercado brasileiro de alumínio e uma das cinco maiores produtoras de zinco do mundo. Esta sinergia reforça a posição da companhia como segunda maior empresa brasileira de metais básicos, com faturamento de R$ 7,9 bilhões e aproximadamente 10 mil funcionários. Ao longo dos últimos 50 anos, a empresa vem investindo na auto-suficiência de energia. Hoje, possui 23 usinas hidrelétricas e participa de sete consórcios hidrelétricos e cinco termoelétricos.

UTILIZAR RESÍDUO ORGÂNICO PARA PRODUZIR ENERGIA É PENSAR DIFERENTE.

INFORME PUBLICITÁRIO

ESCOLHER UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA QUE OFERECE CRÉDITO SUSTENTÁVEL TAMBÉM.

Para combater a dengue, você e a água não podem ficar parados.

www.coopercred-go.com.br


Edição 259