Issuu on Google+


Editorial

CAMPANHA DA FRATERNIDADE Com o tema “Fraternidade e Juventude” e o lema “Eisme aqui, envia-me” (Is 6.8), a Campanha da Fraternidade 2013 tem por objetivo acolher os jovens no contexto de mudança de época, propiciando caminhos para seu protagonismo no seguimento de Jesus Cristo, na vivência eclesial e na construção de uma sociedade fraterna fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz.

EXPEDIENTE “São Carlos Revista”

Revista oficial do Colégio São Carlos - Caxias do Sul - RS Ano II – Númerio 02 – janeiro/junho de 2013 Conselho Editorial: Irmã Sueli Nardin (Diretora), Paulo Périco (Coordenador Educacional e de Marketing AESC), Amália Maria Toigo e Isaías Pablo Klin Carlotto. Projeto Gráfico e Diagramanção: Árthur Teixeira (Marketing AESC) Relações Públicas Responsável: Clarissa Pellin (conrerp.3142) Tiragem: 1,5 mil exemplares Periodicidade: Semestral Circulação dirigida e gratuita

2

O desenvolvimento humano e a construção de um mundo melhor é a grande missão de toda e qualquer ação empreendida na vida, e para que isso aconteça, um fator determinante é o conhecimento. Contemplar o crescimento das pessoas e perceber que fazem parte desse processo é fonte de sentimentos nobres. Visualizamos novos tempos em que a tecnologia facilita procedimentos e nos levam à consciência da necessidade de uma interação também qualificada. Crescemos na tecnologia, como também é verdade que crescemos no humano, configurando relações harmoniosas e focadas na busca do conhecimento nas diversificadas propostas de envolvimento de todos. O investimento na qualificação dos espaços físicos tem encontrado novas etapas em seu processo, abrangendo atualmente a biblioteca, as salas de aula com calefação e a implementação de novo sistema de limpeza dos ambientes. Agregamos em cada etapa novos elementos, porque acreditamos no potencial individual e coletivo como força criadora e interacionista na construção do conhecimento pessoal e comunitário. Esses fatos que culminaram com grandes acontecimentos que marcaram o semestre, evidenciam elementos interessantes do crescimento e maturidade da comunidade educativa do Colégio São Carlos. Hoje as famílias se revelam como parceiras no processo de ensino aprendizagem e somam esforços em minimizar as lacunas eventuais apresentadas pelo educando no seu crescimento. Educadores e alunos manifestam uma consciência maior e estabelecem um processo de qualidade para efetivar uma cultura educacional, em que o humano e o tecnológico interagem em benefício da pessoa, em prol de uma sociedade capaz de abraçar o progresso sem deixar a vida humana em segundo plano. Dons, talentos, capacidades, habilidades, competências são desveladas e vão abrindo a nossa percepção sobre o potencial individual e coletivo. Com esforço, empenho pessoal, vamos somando as riquezas de personalidade e caráter; comungamos visões de mundo e nos colocamos como protagonistas e gestores da vida humana focada em valores, com convicções capazes de promover a vida em todas as suas manifestações. É por meio desta união, da consciência e do papel de cada um, da visão global, dos desafios e suas soluções que vamos buscar o mundo futuro que tanto almejamos e sonhamos.

Sueli Nardin Diretora


Acolhida

Volta às aulas em clima de alegria Voltar à rotina escolar em um clima descontraído, depois das férias de verão, teve outro sabor este ano. O retorno às aulas contou com uma agradável e refrescante surpresa. Com a distribuição de picolés no primeiro intervalo do ano. Os alunos dos turnos da manhã e da tarde fizeram a festa com o lanche inusitado.

Pais e novos alunos recepcionados no Colégio Os novos alunos que passaram a integrar a família scalabriniana no Colégio São Carlos, acompanhados de seus pais, foram acolhidos oficialmente no dia 15 de fevereiro, com dois momentos distintos: Primeiro no Teatro São Carlos participaram de uma palestra sobre: os valores de nossa filosofia institucional focada no Carisma Scalabriniano; as orientações do processo pedagógico; os elementos sobre o funcionamento escolar e noções referentes ao Sistema COC de Ensino. Segundo, acompanhados por professores realizaram uma visita às dependências da escola para visualizarem os recursos tecnológicos que dispomos para oportunizar a formação necessária a fim de estimular o seu potencial.

3


Acontece no São Carlos Nova ambientação deixa o Colégio mais alegre O ambiente escolar, sem dúvida, também influência no desempenho do aluno, por isso, já no início deste ano, fez parte de uma série de outras reformas, a adequação de painéis na entrada do Colégio, a renovação do parquinho utilizado pelas crianças da educação infantil, além da vinda da arte urbana para as paredes. Em parceria com o grafiteiro e publicitário caxiense Gustavo Gomes, a escada de acesso às salas de aula foi ambientada com a arte do grafitti, utilizando a técnica do stencil. O ambiente ficou moderno e alegre, propiciando um clima escolar mais descontraído fora da sala de aula.

Formatura 2012 No dia 6 de dezembro de 2012, o Teatro São Carlos foi palco para a formatura que marcou a conclusão dos terceiros anos do Ensino Médio, onde 86 alunos sairam em busca de novos desafios. Pais que se desenvolveram entre salas de aula, descobertas, interações e produção de conhecimento. Muitos destes estudaram no São Carlos desde a Educação Infantil, obtendo ao longo destes anos a certeza de que reforçaram valores, tornando-os verdadeiros cidadãos para seguirem suas escolhas. Parabéns! Todos serão sempre bem-vindos ao Colégio São Carlos!

4


Acontece no São Carlos

Festa das Letras A alfabetização é um processo mágico na vida das crianças. Sabe-se que é por meio deste processo que as crianças encantam-se com as letras e entusiasma-se em aprender a ler e escrever. A partir destes conceitos, as professoras dos 1º Anos Gabriele, Tânia e Jaqueline desenvolveram com seus alunos um projeto para tornar esse momento ainda mais especial. Na Festa das Letras organizada por elas, de forma lúdica e divertida, os alunos ouviram uma história interessante, fizeram um delicioso pãozinho com a letra inicial do seu nome, além de muitas brincadeiras, oficinas e músicas para animar a tarde. Com certeza, momentos memoráveis que levarão para sempre.

Quem estuda no São Carlos é Cool Com o objetivo de divulgar o Colégio São Carlos, sua estrutura e sistema de ensino de ponta, em março,foi desenvolvida uma ação junto à comunidade, oportunidade em que foram distribuídas centenas de garrafas de água personalizadas oferecidas aos motoristas que passavam em frente ao Colégio. Uma forma simpática de também chamar a atenção para questões ligadas à importância da água.

5


Alunos do São Carlos recebem menção honrosa no Clic Ambiental Durante o mês de maio, os alunos das turmas 73,74 e 75 desenvolveram nas disciplinas de Artes e de História, com as professoras Francine e Silvia, o projeto para participar do Concurso VII Clic Ambiental, promovido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. A promoção que já é tradicional na cidade, tem como objetivo envolver a comunidade caxiense em práticas ecológicas e despertar o interesse pela arte de fotografar, além de promover a educação ambiental. Parabéns aos nossos alunos Giuliana Zugno, Maiara Zanrosso Polo, Júlia Sperafico Tochetto, Jennyfer Rohr da Silva, Júlia Sganzerla, Marina Albé Randon e Marco Carboneira de Almeida que receberam menção honrosa no dia 11 de junho durante a premiação.

Diretora Parabeniza alunos

6

Meio Ambiente

Semana do Meio Ambiente Este ano, o Colégio São Carlos integrou a Semana do Meio Ambiente, realizada entre os dias 5 e 12 de junho, promovida pela SEMA. Além das atividades desenvolvidas em sala de aula, o Colégio tornou-se um Eco Ponto para recolhimento de lixo eletrônico e material reciclável. As atividades desenvolvidas em sala de aula tiveram um destaque especial, com a exposição dos trabalhos dos alunos (turmas e professores) nos espaços de convivência do Colégio, com o objetivo de manter a temática da preservação ambiental viva durante aquele período.


Clubes Escolares Os Clubes são atividades extraclasse, realizadas no Colégio São Carlos, em diversas modalidades. Os alunos participantes têm a possibilidade de desenvolver novas capacidades artísticas, culturais e esportivas, promovendo a integração e a sociabilidade, além da descoberta de novos talentos.

Futsal

Banda Escocesa

Violão

Jazz

Ritmos

Ginastica Artistica

Teatro

Recreação

Coral

7


Cultura

Teatro São Carlos

Por Paulo Fernando Périco Coordenador da Área da Educação - AESC

Um espaço para cultura, conhecimento e desenvolvimento humano. O Teatro São Carlos no próximo ano completa 15 anos. Neste período, tem tido um papel importante na formação dos alunos em todas as séries escolares, destacando-se como um espaço educacional, além da sala de aula. O tema “teatro” enquanto arte, é abordado com importância também no contexto educacional e, se formos buscar nos significados, será possível perceber que a palavra deriva dos verbos gregos “ver, enxergar”, lugar de ver, ver o mundo, se ver no mundo, se perceber, perceber o outro e a sua relação com o outro. Por meio do teatro, o aluno aprende a improvisação, desenvolve a expressão corporal, a impostação de voz,

Sarau Cultural 2012

e o entrosamento com as pessoas, contribuindo também para o comportamento social e moral. Além disso, melhora o vocabulário, trabalha o lado emocional, oportuniza a pesquisa, a boa redação, trabalha a cidadania, a religiosidade, a ética, os sentimentos, a interdisciplinaridade e incentiva a leitura. É notório também que o teatro tem entre seus benefícios, facilitar a desinibição e fortalecer a autoconfiança, além de desenvolver a imaginação e a organização do pensamento. Sob essa ótica, nosso Colégio, em 2012, desenvolveu dezenas de atividades nas áreas da cultura e do conhecimento junto ao Teatro São Carlos. Esse ritmo vem sendo ampliado em 2013, e temos procurado manter o espaço como um palco aberto à criatividade e ao despertar das diversas manifestações de talento dos alunos do Colégio São Carlos. Ter um Teatro à disposição dos alunos é, sem dúvida, mais um grande diferencial do Colégio São Carlos na construção de uma educação de qualidade e de formação cidadã.

“Nosso objetivo na escola não é ter um alunoautor, um aluno-pintor ou um aluno-ator, mas sim dar oportunidades a cada um de descobrir o mundo, a si próprio e a importância da arte na vida humana.” (REVERBEL, 1989).

Leituras na Biblioteca A Biblioteca Pe. Antônio Vieira do Colégio recebeu ao longo desses meses diversas visitas especiais, uma delas foi de Carina Penha (na foto a esquerda). A contadora de história encantou os alunos com suas histórias e personagens como: João e Maria, e o Velho que virou menino. Com as turmas 11 e 21 com as professoras Gabriele e Rachel. 8


O evento literário foi um sucesso A Feira do livro do Colégio São Carlos já é consagrada entre os eventos mais aguardados do ano. A 23ª edição, realizada entre os dias 11 e 13 de junho, ocorreu com vários diferenciais, trazendo o escritor José Clemente Pozenato como o primeiro Patrono da Feira e a Irmã Marilúcia Bresolin como primeira Homenageada. Além dessas distinções inovadoras, o Colégio recebeu escritores, espetáculos teatrais, oficinas e outras atividades literárias que abrilhantaram a Feira de maneira singular. Organizada pela equipe da biblioteca Pe Antônio Vieira, liderada pela Coordenadora de projetos Maria Cristina Tiburi Pisoni com o apoio de vários setores do Colégio, a 23ª Feira do Livro foi considerada um sucesso. O envolvimento dos alunos, dos pais e professores, demonstraram a importância da Feira, não somente pelas várias atividades desenvolvidas, mas por mobilizar toda a comunidade escolar, quer para ter contato com escritores, para assistir espetáculos teatrais, oficinas e outras atividades literárias, quer pela possibilidade de adquirir livros com preços diferenciados.. Ao longo dos três dias de feira, os alunos tiveram a oportunidade de participar de encontros com autores como Helô Bacichette, Ulli Bergamin, Flávio Luiz Ferrarini, Maristela Deves, Sandra Zeni Carli, Lúcio Saretta, Caio Ritter, Lurdes Curra e Karen Basso. A direção e a comissão organizadora da Feira do Livro agradecem a todos os professores, funcionários, alunos e visitantes que prestigiaram o evento.

José Clemente Pozenato, Ir. Marilúcia Bresolin, Ir. Sueli Nardin, Maria Cristina Tiburi Pisoni, Ir. Inêz Bordignon e Paulo Fernando Périco.

9


Visita ao laboratório humano Os alunos dos 3º anos do Ensino Médio, juntamente com a professora Luciane Bof, tiveram a oportunidade de conhecer o laboratório de Anatomia da FSG. Durante a visita orientada, os alunos puderam enriquecer conteúdos estudados em sala de aula.

Semana da Páscoa com clima de festa Durante a Semana da Páscoa, foram realizadas no Colégio várias atividades referentes ao tema, envolvendo os alunos da Educação Infantil e dos primeiros anos do Ensino Fundamental. Em um clima de total descontração, aulas de culinária, caça ao ninho, pintura facial, visita ao Recanto Educativo, brincadeiras e contação de histórias proporcionaram às crianças momentos de socialização, aprendizado e lazer

Projeto Cultural Arco-irís As turma 21 e 22 do Ensino Fundamental I participaram do projeto cultural Passeio no Arco-irís. Eles tiveram a oportunidade de conhecer as obras de arte do artista plástico Fábio Balen. Os alunos perceberam que a pintura também é uma forma de aprender. Na ocasião eles tiveram a oportunidade de pintar em grupo, usando formas, cores diferentes e projetaram uma linda tela. 10


Um Colégio para vida toda de grande contribuição de vivência, de valores humanos e um instrumento de formação acadêmica. Segundo Luciana, O Colégio era um local onde os alunos, além de estudar as matérias lecionadas e adquirir conhecimentos acadêmicos, conviviam e dividiam histórias diárias, projetos futuros, dúvidas e sonhos.

“ Guardo bem na memória situações, pessoas e professores que me inspiraram durante esses anos lá, professores incríveis que compartilharam além Tanto na dança quanto na moda, a paixão, a vontade do seu conhecimento, o mundo vivido e visto por de estudar, conhecer e viver dessas formas de arte, sempre eles, suas experiências e seus saberes.” foram os pontos de partida da Bailarina Profissional e Design de Moda Luciana Reolon. Ex-aluna do Colégio São Carlos, relembra com carinho os anos em que aqui estudou, de 1988 a 1991. Desde adolescente, Luciana já estava determinada a dançar profissionalmente. Saiu de Caxias do Sul para estudar na escola de danças do Teatro Guaíra. “Dancei em Porto Alegre, recebi vários prêmios em competições no Brasil, entre eles o ‘Açorianos da Dança’ em 1995 como bailarina do ano. No mesmo ano integrei a Cia de Dança de Minas Gerais, Palácio das Artes, em Belo Horizonte.” Conta Luciana, que desde 1998 trabalha como bailarina profissional e vive de sua arte na Europa.

Luciana lembra com muito carinho dessa época do Colégio São Carlos e de todas as Recordações que vêm junto com ele. “O espaço de aprendizagem amplo e as experiências de vivência em seu todo que eu tive no meu período escolar no Colégio Sao Carlos, sem dúvida, fazem também parte de quem hoje sou e faço.”, comenta. Também relembra da famosa “Gincana Cultural”, que era integrada com outros colégios da cidade. “Era um show de conhecimentos gerais, culturais e de descobrimentos extracurriculares da nossa cidade, sem falar da integração entre alunos, professores, pais e amigos.

“O Ballet de Salzburg - Áustria, foi meu primeiro contrato de solista, mais tarde Ballet du Grand Theatre de Geneve - Suíça e depois deles tive diversos projetos de dança pela Europa inteira e exterior.”

Outra paixão, a moda. Desde que se formou em design de moda - estilismo, Luciana vêem aproximando todas essas áreas artísticas, em atividades variadas. Ministra aulas e workshops de dança clássica e contemporânea em colaboração com Cias de danças e escolas, tem mandatos de projetos culturais misturando arte, dança e artistas multidisciplinares nos quais dirige, coordena e cria coreografias, trabalha com projetos de moda, colaborações de criação de coleção, fashion shows e quando sobra um tempinho ainda dança. Na vida de Luciana, O Colégio São Carlos foi um espaço

11


VocĂŞ

no SĂŁo Carlos

Alunos curtindo o intervalo Alunas no Projeto Livro Livre

Alunos, Arlete e Diretora com os agasalhos arrecadados para o Recreio Solidario

12


Equipe Pilhados participa do 4º Rally Científico e tecnológico

Visitação das Bancas na Feira do Livro

Confecção de Jacares pelo 1º ano O Dia do Desafio é uma campanha coordenada pelo SESC, alunos praticando Muay Thai

Oficina de Música com Samuel Sodré na Feira do Livro

Estudos e leitura na Biblioteca

13


Pastoral Escolar Dia de Scalabrini

No primeiro dia do mês de junho foi o momento para lembrar e celebrar o dia do bem-aventurado João Batista Scalabrini, fundador da congregação da Irmãs Missionárias Scalabrinianas. A partir de sua forma de ver, sentir e interagir no mundo deixou como legado o testemunho de vida que dá visibilidade ao CARISMA SCALABRINIANO. A Filosofia de nossa Instituição é norteada por esse carisma que busca vivenciar os valores evangélicos inseridos no mundo da mobilidade humana.

Semana do Migrante

Entre os dias 16 a 23 de junho, vivenciamos a 28º semana do Migrante, , quando fomos desafiados a refletir em consonância com o tema da Campanha da Fraternidade, a temática “Migração e Juventude”. A realidade nos leva a perceber que em meio aos processos da modernidade, muitas pessoas estão migrando em busca de condições melhores para construírem a sua existência e entre os que mais sofrem são os jovens migrantes.

Páscoa Solidária – Alunos doam doces para entidades carentes

Entre os dias 2 a 20 de março, a Pastoral Escolar, junto ao Grupo de Jovens, mobilizou o Colégio São Carlos na arrecadação de doces. Foram muitas as contribuições de nossos alunos, partilhando e contribuindo com a Páscoa Solidária. As doações foram destinadas à campanha do Jornal Pioneiro, ao asilo Lar São Francisco e à AAPECAN de Farroupilha.

Missa em Homenagem às Mães

No dia 10 de maio, foi realizada a Missa em homenagem ao Dia das Mães, na Igreja São Pelegrino. Celebrada pelo Padre Mário, a Missa contou com a participação do Coral Scalabrini do Colégio, coordenado pela Professora Terezinha Regalin, além da contribuição da Associação de Pais e Mestres que entregou lembranças às mães. Foi um lindo momento de celebração com a presença numerosa das famílias.

Madre Assunta

Co-fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias Scalabrinianas, Madre Assunta Marchetti é lembrada em especial no dia 01 de julho em nossa caminhada, para fortalecer as nossas convicções estabelecidas a partir do Carisma Scalabriniano.

14

Cerimônia de lava-pés que aconteceu com os professores

A Celebração Pascal desse ano nos inseriu na proposta de refletir a vida a partir do Lava-pés que foi encenado para ajudar a interiorização dos valores necessários no processo de maturidade de nosso ser no mundo. Esse foi um dos momentos marcado por simbologias próprias do tempo quaresmal, em vista de uma boa preparação para a Páscoa. Contou com momentos distintos na sala dos professores, na capela, nos corredores e na videoteca onde houve a culminância com a Santa Missa.


Agremiações

Grêmio Estudantil a todo vapor No primeiro semestre de 2013, o GESC realizou várias atividades em benefício dos alunos, como a carteirinha de estudante, o sorteio de páscoa e a acolhida aos novos alunos. Além disso, a Campanha do Agasalho e Recreio Solidário (apoiando movimento 1%), mobilizou os alunos na coleta de roupas de inverno e cobertores que teve um grande destaque. Foram coletadas mais de 16 mil peças que amenizarão o frio de muitas famílias. Ainda no primeiro semestre, haverá Interséries para o Ensino Fundamental II e Festival de Queimada para os 4os e 5os anos. Para o segundo semestre, muito mais está por vir, como os Jogos de Integração entre os alunos do Ensino Médio do Colégio São Carlos e o Colégio Nossa Senhora de Lourdes e a festa de escolha do Garoto e Garota São Carlos.

Associação de Pais e Mestres sempre em ação A APM está à frente de diversas ações onde o principal objetivo é a união das famílias de nosso Colégio. No primeiro semestre de 2013, teve grande destaque na organização da Festa Junina, contando com a participação de todas as outras agremiações. Para o segundo semestre, além de estar ao lado do Colégio em diversas ações, terá grande envolvimento na organização da semana farroupilha. As reuniões da APM acontecem todas as quartas-feiras, às 19h, nas dependências do Colégio São Carlos. Participe!

Clube de Mães Com encontros semanais, às quartas-feira,s das 13h30, às 16h30, o Clube de Mães procura estreitar a relação do Colégio com as famílias, proporcionando as participantes momentos de descontração e aprendizado. Dentre suas ações, no dia 6 de julho, aconteceu o Chá anual organizado pelo Clube, uma tarde divertida, que contou com a participação de mães e avós da comunidade escolar.

15


@ Tecnologia e Educação Formação continuada dos educadores

A rapidez com que ocorrem as mudanças sociais exige novas competências e habilidades por parte de todos aqueles que atuam na Educação, além de um novo olhar sobre a organização dos processos de ensino e aprendizagem. Nesse contexto, torna-se fundamental o investimento por parte do Colégio na formação continuada de seus professores, que neste ano ampliaram a participação em seminários, palestras, congressos e outros eventos referentes à Educação ou especificamente nas áreas em que atuam.

É importante destacar alguns desses momentos de formação ocorridos neste primeiro semestre: Palestras “Tecnologia na Educação” e “Metodologia em sala de aula”, com Rodolfo Brambila, “Inovação, Caminho Para Crescimento,” ministrada pelo senhor José A. Martins, Seminários “Gestão em Instituição Educacional”, ministrada pelo Drº Renato Casagrande ,“A liderança do coordenador pedagógico na mediação de conflitos”, Prof. Dr. Dirceu Moreira, “Onde a escola colocou o ano a mais na educação básica? Como coordenar tudo isso?” Profª. Drª. RoselaneCostella “Liderança e Gestão de Pessoas”, com Alfredo Rocha.

Congresso 12º Congresso do Ensino Privado: “A Maestria do Professor na Arquitetura da Aprendizagem”. É muito importante que o educador esteja aberto e disposto a participar de todas e quaisquer oportunidades que o levem a crescer, tanto no plano pessoal, profissional, cognitivo quanto humano, por isso esse processo de aperfeiçoamento .será um constante investimento do Colégio São Carlos em seu corpo docente.

Projeto Comunidade na Escola Comunidade na Escola é um projeto que acontece por meio de uma parceria entre o Colégio São Carlos e a Paróquia São Pelegrino, com o objetivo de incluir pessoas da melhor idade no mundo digital. Participam do Projeto pessoas envolvidas com uma ou mais pastorais da Paróquia São Pelegrino, ou ainda aqueles que souberam do projeto por contato pessoal, ou pelos grupos que pertencem. O Padre Paulo César Nodari, representante da Paróquia diz “Havíamos, de início, pensado poder fazer nas próprias dependências da Paróquia São Pelegrino, mas esbarrávamos na falta de equipamentos técnicos necessários. Conversamos, então, com a direção do Colégio São 16

Carlos, com a Ir. Sueli Nardim, e logo recebemos a resposta afirmativa.”. A ideia do projeto surge para criar condições de aproximação de pessoas com computador e acesso à internet.

Ministrado pelas Monitoras Janete Magali Soares e Fabiane da Cruz do Colégio São Carlos, o curso acontece semanalmente na Sala de Informática, totalizando 13 encontros. Além do ensino das técnicas, todo início de aula é proposta uma reflexão com a

participação das Irmãs Celina Nazário e da diretora Sueli Nardin. Mais que a inclusão digital, o curso proporciona aos participantes o desafio de romper barreiras e preconceitos, e permitir-se aprender algo novo. Ainda que o Colégio e a Paróquia realizem parcerias, há bastante tempo, nos moldes da inclusão digital é a primeira vez. Segundo relatos, o projeto está fazendo sucesso, visto que os alunos participantes demonstram interesse em continuar com mais novidades, além de outras pessoas interessadas em ingressar. Segundo Pe. Paulo, o motivo é simples e muito significativo “fortificar as parcerias e proporcionar às pessoas o contínuo aperfeiçoamento técnico e, sobretudo, o crescimento humano e de fé.”


Centenas de pais e alunos prestigiaram o evento. A tradicional Festa Junina, que contou com a coordenação da APM e a atuação de todas as Agremiações, reuniu a comunidade educativa na tarde do dia 15 de junho. Pais e alunos puderam prestigiar apresentações de danças, brincadeiras e comidas típicas.

17


Acontece no São Carlos

Escola: lugar de aprendizado e funções diversas A escola, como qualquer instituição, funciona como um organismo. Para que tudo ande harmoniosamente e os objetivos sejam atingidos, cada parte precisa executar bem suas respectivas funções. Os professores são os responsáveis pela transmissão do conhecimento, e os demais funcionários também participam do processo educacional, dando o suporte necessário para que a aprendizagem aconteça. “Educação é um conjunto. Ensinamos aos alunos os conteúdos curriculares e também os atitudinais, passando valores e maneiras de se relacionar com as pessoas que certamente servirão de exemplo para os estudantes”, afirma Sonia Balzano, diretora do Departamento Pedagógico da Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul. Mostrar que a sala de aula limpa facilita a tarefa dos professores e deixa os alunos confortáveis para aprender, por exemplo, aproxima a equipe da limpeza dos resultados da escola. Transmitir essa consciência para todos é uma das maneiras de formar uma equipe coesa que atua para um mesmo objetivo educacional, em cada atividade que exerce, seja ela qual for. Geralmente se prioriza a formação docente em detrimento a outros profissionais que também precisam de

formação e de troca de experiências para melhoria de seus serviços. A direção do Colégio São Carlos pensando na dimensão geral da Escola que tem por objetivo investir nas pessoas como um ser integral, dinamiza períodos formativos de orientação das técnicas e da aplicação de produtos específicos de limpeza. A formação é realizada pela coordenação da Equipe interna de formação e externa pela equipe de higienização com o Senhor Elvio Luis Gianni da Empresa Gianni Center.

Nutrishow 2013 No mês de maio, os alunos das sétimas séries realizaram o Nutrishow 2013, orientados pela professora Juliana Pavan Rubbo. O projeto envolve os alunos na pesquisa por informações nutricionais e no estímulo por hábitos de alimentação saudável, além de revelar habilidades culinárias. A maior lição do Nutrishow é que todos os alimentos possuem benefícios e malefícios, o segredo está na quantidade que é ingerido.

18


Acontece no São Carlos

Game Heróis da Natureza desperta a consciência ecológica Na primeira semana de abril, o Colégio realizou uma atividade lúdica educacional, por meio do Game Heróis da Natureza, envolvendo alunos da Educação Infantil e das séries iniciais do Ensino Fundamental. Este Game foi d e s e n v o l v i d o exclusivamente para o Colégio São Carlos, mesclando aprendizado e diversão, com tecnologia de realidade aumentada, O game tem o objetivo de despertar a consciência de responsabilidade ambiental, além de colaborar no processo de coordenação motora, incentivar e fortalecer a aprendizagem, mostrando que os jogos também possuem cunho educacional. Os alunos jogaram utilizando as lousas digitais das salas de aulas, fortalecendo o espírito ecológico por meio do lúdico.

Aniversário da Irmã Sueli marcado por manifestações de carinho Celebrar o dom da vida é um dos melhores momentos da vida do ser humano. No dia 30 de abril, a comunidade educativa, com gestos de carinho e reconhecimento, marcou presença em vários momentos para parabenizar a Diretora Irmã Sueli Nardin pela passagem de seu aniversário. Orações, abraços, diálogo, flores foram elementos constantes ao longo do dia da nossa Diretora.

Feira das Multiplicações No dia 22 de abril, as turmas 31, 32 e 33, das professoras Camila, Patrícia e Franciane, realizaram a Feira das Multiplicações. Para introduzir o conteúdo da operação matemática de multiplicação, os alunos foram desafiados a criar modelos de multiplicações, utilizando exemplos do dia a dia para representação. Essa é mais uma atividade desenvolvida de forma lúdica que propicia o aprendizado pelo fazer.

19


Cultura Maria Cristina Tiburi Pisoni Coordenadora de projetos da Biblioteca do Colégio São Carlos

O Papel da Biblioteca Escolar na formação do Leitor Como principal veiculadora de informações e fontes de conhecimento, a leitura deve ocupar um espaço privilegiado do contexto sócio-histórico-cultural, no qual o homem está inserido. Por essa razão, ela tem sido alvo de estudos e pesquisas que retratam sua importância e indispensabilidade na vida do ser humano. É papel das escolas reafirmar essa realidade. Para tanto, precisa incentivar o aluno a assumir e valorizar a cultura da própria comunidade e, ao mesmo tempo, buscar ultrapassar seus limites, promovendo oportunidades de aprendizagem que deem ao estudante condições de aprender a aprender, permitindo-lhe educar-se para a vida inteira. A escola que pretende investir na leitura como ato verdadeiramente cultural não pode ignorar a importância de uma biblioteca escolar aberta, interativa, com espaço livre para a expressão genuína da criança e do jovem, além de ser usada como um apoio didático pedagógico. 20

Nos dias atuais, a biblioteca é considerada como um centro socializador do conhecimento, responsável em levar aos alunos as informações, fazendo com que todos possam, a partir de seus estudos, adquirir e gerar novos conhecimentos. Neste sentido, seu papel é incentivar a leitura reflexiva, pois através dela o aluno terá outra concepção do texto, não como algo estático, desprovido de sentido e de valor, mas como algo vivo, repleto de significados e informações

contação de Histórias com Helo Bacichette

interessantes. Sob esse importante enfoque, a Biblioteca Pe. Antônio Vieira do Colégio, São Carlos, vem realizando e participando de projetos como “Ação

Livro Livre”, realizada pela Biblioteca Municipal Pública, no Shopping Sâo Pelegrino, participando de duas edições com rodas de leitura , contação de histórias, além da troca de livros, onde foram atendidos 493 alunos e pais do Colégio São Carlos. Ainda com o propósito de estimular a leitura, o Colégio recebeu para um batepapo autores como Juliam Valim Soares; Uili Bergamin com a palestra sobre Cervantes e Dom Quixote; contação de histórias com as escritoras Elaine Cavion e Helô Bascichetti. Os alunos da Educação Infantil e Ensino Médio, receberam a visita dos contadores profissionais Alfonsino Albuquerque, Jurema Goularte, Crine Penha, Elaine Pasquali Cavion e Liria Oliveira Becker enriquecendo o trabalho “A Hora do Conto”. Os alunos do turno integral visitaram a nova Biblioteca no Parque do Largo da Estação Férrea, onde fizeram o passeio de trem, ouviram histórias e se deliciaram com o acervo da biblioteca infantil; o dia da Poesia também teve um sabor especial quando professores foram homenageados com declamações e um café recheado de livros. A Biblioteca Pe. Antônio Vieira encerra o primeiro semestre deste ano com mais de dois mil atendimentos, indicando sua forte participação no processo educativo e como facilitadora de conhecimento e de cultura, contribuindo na formação de cidadãos críticos e atuantes.


Viagens de estudos Rio de Janeiro

Santo Ângelo

Entre os dias 22 e 25 de maio, grupo de alunos do 3º ano do Ensino Médio estiveram na cidade maravilhosa - Rio de Janeiro, num passeio aéreo com visitação nos principais pontos turísticos e acompanhamento dos professores Igor Penso e Silvia Bossardi.

No dia 24 de abril ocorreu a viagem de estudos para os 5° anos com destino para Santo Ângelo – RS. Os grupos de alunos visitaram diversos pontos turísticos como: Museu Municipal, Catedral, Memorial, Monumento, Santuário e as Ruínas de São Miguel. Acompanhados pelas professoras Kaline Frizzo e Juliana Pavan Rubro.

Gramado No dia 06 de junho os alunos das turmas 11, 12 e 13 das Professoras Gabriele, Jaquelina e Tânia, acompanhados pela Coordenadora Tatiane realizaram um lindo passeio em Gramado, onde foram ao Mini Mundo, ao Museu do Chocolate e também ao Gramado Zoo. Confira os registros fotográficos!

Águas de Palmas Entre os dias 6 e 7 de maio os alunos do 7° anos realizaram uma viagem de estudo para Águas de Palmas –SC. Visitaram Ruínas (O Casarão), Reserva Biológica, Espaços Culturais e trilhas para descobrir espécies da fauna e flora da região.

21


Acontece no São Carlos Banda do Colégio São Carlos – História e tradição ao longo dos anos A Banda Escocesa é uma das tradições do Colégio São Carlos por atuar há 53 anos e ser uma das únicas bandas escocesas feminina do Brasil. Com tantos anos de história, muitas meninas passaram pela banda e hoje veem suas filhas e netas também compondo o grupo. Assim como a Banda, o Jantar Beneficente é uma tradição, acontece anualmente, e tem como propósito arrecadar fundos para a sustentabilidade da mesma. Neste ano, o Jantar foi realizado no dia 03 de maio, no Salão dos Capuchinhos, e contou com a presença de mais de 700 pessoas em um lindo momento de integração. Além da Banda Escocesa, apresentaram-se o grupo de Jazz e os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Grupo Jovem em atividade constante O Grupo Jovem, coordenado pela professora Anamaria Poli, Raquel Capeletti e Ir. Celina Lessa Nazario, é responsável pela dinamização de todo o processo da pastoral, dentro e fora do Colégio. Nas reuniões que acontecem quinzenalmente, nas quintas feiras, das 13h20min às 14h20min, as tarefas são organizadas e distribuídas de acordo com o planejamento do grupo.

22


Acontece no São Carlos Pequenas mudanças geram grandes transformações

Embasados no livro “Cada bicho em seu lugar”, de Jonas Ribeiro os alunos do 4º ano, com o acompanhamento das Professoras Melissa, Miriam e Jaqueline, aprenderam sobre o poder da transformação. “Pois não basta sonharmos com um planeta sustentável, livre de poluição e desperdício, mas sim, temos que fazer a nossa parte e deixar nossa marca pelos espaços em que convivemos”. Pensando nisso, os alunos construíram, juntamente com a família, a maquete dos seus quartos e elaboraram regras de organização e cuidado para esse espaço. Se colocadas em prática cada uma das regras, certamente será possível plantar uma sementinha na construção de um mundo melhor. Começa pelo quarto, mas ampliar esses cuidados para os demais espaços onde vivem é o desafio.

Encenar e Fotografar O movimento Impressionista foi a inspiração para os alunos das turmas do 1º e 2º anos do Ensino Médio, nas aulas de Artes da Professora Francine, para realizar o trabalho de releitura “Encenar e Fotografar”. O trabalho foi desenvolvido através da escolha de uma obra com as características desse movimento. Os alunos buscaram remontar as cenas das imagens com roupas, acessórios e cenários parecidas com os originais e depois fotografá-las. O resultado ficou incrível e foi exposto nos corredores do Colégio.

23



Revista São Carlos 2ª edição