Page 7

2010

Jubileu de Diamante do Esquadrão Profeta

Palavras do Comandante do Esquadrão Profeta

Major-Aviador Eduardo Almeida da Silva Comandante do Esquadrão Profeta

Depois de uma jornada vitoriosa e gloriosa na Segunda Guerra Mundial, o Primeiro Grupo de Aviação de Caça retorna ao Brasil trazendo a experiência do combate, os louros da vitória e o conhecimento de novas e impressionantes tecnologias que mudaram os rumos do combate aéreo nos céus da Europa, sendo a mais significativa delas, sem sombra de dúvidas, o RADAR. Com a finalidade de iniciar no território brasileiro a utilização desse novo e eficiente equipamento, foi criado em 19 de dezembro de 1950 o Primeiro Esquadrão de Controle e Alarme, o 1º ECA. Começava aí a saga de uma das mais guerreiras e valorosas unidades da Força Aérea Brasileira. A primeira unidade do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro. Em 1982, com a criação do Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1º GCC), o 1º ECA passou a se chamar Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1º/1º GCC), nome utilizado até os dias de hoje, passando a atuar apenas na área de comunicações. Mais tarde recebeu o nome de Esquadrão Profeta, palavra esta popularmente utilizada para pessoas que antevêem acontecimentos futuros, uma alusão ao importante processo de obtenção de informações por meio das comunicações, missão básica da Unidade. Este ano, o Esquadrão Profeta completa 60 anos, Jubileu de Brilhante, nada mais justo e adequado a uma brilhante história repleta de vitórias e de conquistas, alcançadas com muita luta e graças, principalmente, ao valor e ao empenho dos homens e mulheres que aqui dedicaram sua vida. Foram centenas de operações militares e outras centenas de missões reais ao longo dessas seis décadas. Muitas destas em missões de apoio humanitário, no Brasil e no exterior, como a que o Esquadrão participou de janeiro a junho deste ano no Haiti, todas elas cumpridas com muito profissionalismo e coroadas com sucesso. Muitos foram os obstáculos e as dificuldades enfrentadas, mas a força de vontade e a obstinação dos Guerreiros e Guerreiras Profetas sempre os suplantaram.

Outra característica marcante do Esquadrão é o acompanhamento das evoluções tecnológicas. Hoje estamos no Estado da Arte, no que diz respeito a Telecomunicações, devido ao interesse e à capacidade de nossos técnicos, que mesmo sem os meios e os recursos necessários, elaboram e desenvolvem projetos reconhecidos até por empresas estrangeiras dos EUA e da Europa. Nossos técnicos são referência nas Forças Armadas e no Brasil. Hoje não é possível realizar uma operação militar sem a participação do 1º/1º GCC. Todos os serviços de Telecomunicações, que engloba a área de telefonia e transmissão de dados, são disponibilizados pelos equipamentos e pelos técnicos do Esquadrão Profeta, que são os primeiros a chegar e os últimos a sair. É claro que tudo isso só é possível graças também ao apoio irrestrito recebido de outras valorosas unidades da Força Aérea Brasileira (FAB), como o 1º GCC, o Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica do Rio de Janeiro (PAME-RJ), dos quatro Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA) e, é claro, do próprio e Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). PARABÉNS, ESQUADRÃO PROFETA!

Jubileu de Diamante - Esquadrão Profeta 7

Edição Especial - Esquadrão Profeta  

Revista Aeroespaço na sua Edição Comemorativa do Jubileu de Diamante do 1º/1º GCC, produzida pela Assessoria de Comunicação Social do DECEA,...

Edição Especial - Esquadrão Profeta  

Revista Aeroespaço na sua Edição Comemorativa do Jubileu de Diamante do 1º/1º GCC, produzida pela Assessoria de Comunicação Social do DECEA,...

Advertisement