Issuu on Google+

Estratégias Metodológicas para um processo participativo Valério Turnes


Técnicos Facilitadores A implementação da metodologia deve ser executada por facilitadores capacitados para atuar com viés multiplicador em todas as etapas do processo. Os facilitadores devem apresentar características como: Capacidade de atuar em equipe Flexibilidade, adaptação

Visão sistêmica e estratégica

Capacidade empreendedora

Criatividade

Capacidade de comunicação


Técnicos Facilitadores O projeto contribui para criação de novas competências nos municípios onde se aplica a metodologia. Algumas estratégias importantes:

 Inicia-se o planejamento pela CAPACITAÇÃO prévia da equipe de trabalho;

 O PLANEJAMENTO das atividades da equipe técnica

deve ser contínuo, realizado para cada etapa prevista;

 As atividades de MONITORAMENTO do trabalho dos facilitadores serão contínuas.


Processo de Implementação A metodologia proposta para elaboração do Plano Municipal de Cultura fundamenta-se no planejamento participativo. As atividades ocorrem em fases distintas, mas integradas entre si. Cada uma possui papel determinante no processo de aprendizagem e gestão social por parte dos atores sociais da cultura, que assumem um papel de protagonistas neste processo.


Processo de Implementação O processo de planejamento deve combinar princípios e elementos dos planejamentos estratégico e participativo. Estrutura-se através da discussão e programação de todas as etapas de implementação das ações pela equipe técnica que atuará no campo e deve buscar envolver todos os atores sociais interessados no tema.


SENSIBILIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO

Construção do Plano ETAPA PARA ELABORAÇÃO

1. ANÁLISE SITUACIONAL DO SETOR CULTURAL

RESULTADOS ALCANÇADOS Inventário cultural Diagnóstico do Desenvolvimento da Cultura Desafios e Oportunidades Diretrizes e Prioridades

INSTÂNCIAS DE CONSTRUÇÃO Grupos setoriais Comitê Gestor Municipal Oficina de Diagnóstico do Setor Fórum Municipal de Planejamento da Cultura


SENSIBILIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO

Construção do Plano ETAPAS PARA ELABORAÇÃO

RESULTADOS ALCANÇADOS Objetivos, Metas e Ações

2.

PROGNÓSTI CO PARA O FUTURO

Prazos de Execução Resultados e Impactos esperados Recursos disponíveis e necessários Financiamento

INSTANCIAS DE CONSTRUÇÃO

Grupos setoriais Comitê Gestor Municipal Oficina de Prognóstico Fórum Municipal


SENSIBILIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO

Construção do Plano ETAPAS PARA ELABORAÇÃO

3.

MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

RESULTADOS ALCANÇADOS

Indicadores de Monitorament o e Avaliação

INSTANCIAS DE CONSTRUÇÃO

Comitê Gestor Municipal Fórum Municipal de Planejamento da Cultura


Sensibilização e Mobilização Sensibilização e mobilização dos atores sociais chaves e articulação parceiros para participação no processo de elaboração do plano de cultura. O elemento conceitual importante é a valorização do território como espaço de consolidação dos objetivos dos atores em torno de sua especificidade e suas potencialidades.


Objetivos Específicos  Divulgar o propósito do processo de elaboração do plano municipal de cultura;

 Identificar e articular parceiros representativos e instituições municipais que apóiem o processo;

 Obter o comprometimento da sociedade política e a civil a partir de oficinas realizadas no município;

 Constituir o Fórum Municipal de Planejamento da Cultura;

 Constituir os Comitês Setoriais no município.


Estratégias

Articular

• Líderes e representantes do Poder Público e da Sociedade Civil para constituição do fórum municipal;

Divulgar

• A proposta em todo o território;

Sensibilizar e Capacitar

• Os atores sociais municipais por meio de oficinas e eventos.


Resultados Esperados

 Comitê Gestor Municipal capacitado  Proposta discutida e divulgada por meio de reuniões e oficinas em todo o território

 Levantamento da realidade municipal realizado  Grupos Setoriais organizados  Oficinas e eventos de mobilização promovidos  Seminário sobre cultura e desenvolvimento realizado Fórum de Planejamento da Cultura constituído


Abordagem Territoral A construção do Plano Municipal de Cultura deve primar pela criação de ambientes de planejamento que possibilitem estabelecer uma visão global sobre a realidade do local. Este objetivo deve levar em consideração as visões territoriais, as expectativas setoriais, as demandas e potencialidades do território.


Abordagem Territorial

A territorialização (municipalização) no processo de elaboração do Plano Municipal de Cultura é caracterizada pela participação dos atores sociais relevantes e representantes de instituições atuantes no setor cultural. É proposto, para tanto, a organização do “Forum Municipal de Planejamento da Cultura”.


Fórum Municipal de Planejamento O Fórum constitui-se na instância coordenadora e validadora de todo o processo de elaboração e dos produtos que resultarão no Plano Municipal de Cultura. Sua organização deverá primar pela representatividade dos interesses públicos e da sociedade. Sua composição deverá privilegiar, portanto, a participação dos principais atores sociais do setor cultural; representantes dos organismos públicos (responsáveis pela gestão da cultura no município) e dos diversos setores culturais.


Fórum de Planejamento da Cultura Constitui-se em espaço técnico-político de caráter contínuo e com mandato e tempo de duração definidos. Pode-se indicar como representações desejáveis: Do setor público:

Da sociedade civil:

• Representações municipais do órgão estadual de cultura, • Conselhos e consórcios de âmbito municipal, • Órgãos municipais regionais, • Prefeitura, • Representantes do legislativo.

• Artistas, produtores culturais, • Entidades, federações, grupos culturais, • Empreendedores, empresas culturais, • Instituições de ensino e pesquisa.


Comitê Gestor Municipal Grupo de pessoas designadas pelo Fórum Municipal para atuar como facilitador territorial e sistematizador dos resultados das atividades de planejamento que ocorrerão no município. Após realizada a capacitação, o Comitê organizará o plano de trabalho, de acordo o cronograma definido pelo Fórum. O Comitê promoverá atividades para divulgar o processo, nivelar conceitos e mobilizar os participantes, visando seu envolvimento em todas as fases de elaboração Plano de Cultura. Neste momento identificam-se as pessoas que formarão os Grupos Setoriais.


Comitê Gestor Municipal O Comitê Gestor será responsável pela coordenação de todas as atividades do processo de planejamento. O Comitê Gestor Municipal deverá: Sistematizar os resultados de cada etapa do processo

Atuar de forma integrada com os Grupos Setoriais

Coordenar o fórum de planejamento da cultura

Socializar as informações junto à população


Grupos Setoriais Reúnem atores ligados aos diversos campos da cultura (artesanato, teatro, música...) São responsáveis pela socialização das informações, através da promoção de fóruns/reuniões de debate e consulta à população. Espaços para realização de diagnóstico e prognóstico da realidade cultural do município, refletindo as especificidades de cada setor. Estes grupos serão acompanhados pelo Comitê Gestor e participarão de todas as etapas do planejamento.


Divulgação A divulgação é uma estratégia importante para a sensibilização da população sobre a importância da cultura no desenvolvimento de um território. Deve ser realizada de forma massiva e envolver os meios de comunicação de massa e de audiência local. Uma comissão de comunicação deve ser formada para a elaboração de um plano de divulgação do processo de planejamento no território.


Institucionalização A fase de mobilização objetiva comprometer da sociedade local,

convocar

e

...assegurando o envolvimento dos atores no processo de planejamento, ...com a definição das formas de apoio para o desenvolvimento das atividades, inicial de trabalho

...estabelecimento de uma agenda

...e definição de uma visão compartilhada das decisões e das iniciativas e ações.


Seminário O marco de finalização da fase de mobilização será o Seminário sobre cultura e desenvolvimento, que tem como objetivos principais:

 Reunir os atores sociais que foram sensibilizados  Estabelecer a estratégia proposta para elaboração do Plano Municipal de Cultura

 Constituir oficialmente o Fórum Municipal de Planejamento da Cultura


Processo de Construção do Plano Fórum Municipal de Planejamento da Cultura

Comitê Gestor Municipal

Grupo Setorial

Grupo Setorial

Grupo Setorial


1-metodologia-valerio