Issuu on Google+

2

4 2013

Entrevista ao professor Paulo Aguiar

DR

Neste Número O Agrupamento Mensagem do diretor Editorial Conselho Geral Associação de Pais e Encarregados de Educação Dia do diploma Pág. 12 e 13

Eventos – No agrupamento Associação de estudantes Atividades da Biblioteca Escolar Inauguração do CER Meia maratona Torneio em SVP Praticar desporto no AEOS Em destaque Desporto-Atletismo Prémios Homenagem a Nélson Mandela Em destaque Ciência em destaque Presença do AEOS em Abu Dhabi Encontro de ciência em Lisboa Gala do Clube Europeu Concurso “Spelling Bee” Hispanidad Haloween Guy Fawkes

Pág. 14

Pág. 15

Pág. 14

Alunos do Agrupamento de Escolas Ovar Sul participam em eventos internacionais: científicos em Abu Dhabi e desportivos no Brasil Págs. 16 e 17

Pág. 17

Comemorações Dia da prevenção do cancro da mama Dia mundial da diabetes S. Martinho Dia do diretor Dia mundial da alimentação Dia das florestas autóctones Pág. 18 e 19 Trabalhos dos alunos Escrita criativa Atividades JI do CER

Delegação do AEOS no Brasil

Pág. 16

DR

Entrevista: Professor Paulo Aguiar

Testemunho do coordenador dos projetos e atividades do Plano Anual de Atividades do AEOS

Pág. 20

Atividades no Agrupamento Internet segura Centro Experimental da matemática (CEM) Matemática divertida Visitas do 1º ciclo Torneio de Xadrez Pág. 21 Atividades das vias profissionalizantes Boas Festas Docentes italianos no AEOS Pág. 22

Página oficial do agrupamento http://aeovarsul.net/portal/ Contactos onossojornal@juliodinis.edu.pt

Prof. Paulo Aguiar

Ficha técnica António Moreira e Mariana Farraia em Abu Dhabi

Agrupamento de Escolas de Ovar Sul Sede: Escola Secundária Júlio Dinis

Redação: Ana Cristina Bousbaa, Mª Manuela Oliveira, Mª do Céu Rodrigues, Mª da Conceição Queirós, Marília Duarte e Eduardo Lopes


12 dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

o nosso jornal

O AGRUPAMENTO ALUNOS DO AEOS EM DESTAQUE

Editorial PAA 2013-14 No AEOS também se aprende fora das quatro paredes da sala de aula

Constituição do Conselho Geral do AEOS

Dia do diploma

ANA BOUSBAA

É assim que, anualmente, e em função metas e prioridades definidas no Projeto Educativo, se disponibilizam aos nossos alunos de todos os ciclos de ensino um vasto leque de atividades extracurriculares descritas num documento síntese contendo os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e subsequente identificação dos recursos necessários à sua concretização – o Plano Anual de Atividades1. Trata-se de um documento aberto, flexível, moldável às exigências permanentes da comunidade educativa e em permanente atualização. De uma breve análise do presente PAA ressalta de imediato a constatação de que são numerosas e diversificadas as propostas de atividades colocadas à disposição dos nossos alunos. Dá-se continuidade a algumas, com confirmado mérito, quer em termos do número de alunos que envolvem, quer pelo reconhecimento da qualidade das atividades que promovem, e oferecem-se outras, o que, de alguma forma, poderá refletir o dinamismo do agrupamento e a vontade de diversificar ofertas, indo assim ao encontro dos interesses e motivações dos nossos alunos. Como quer que seja, parece-nos claro que a dinamização de atividades extracurriculares não responde somente a um objetivo lúdico ou de complemento curricular, mas dá corpo à missão formativa do agrupamento. Através do envolvimento em projetos, clubes, comemoração de efemérides, ou de qualquer outro tipo de atividades, nomeadamente as visitas de estudo, criam-se condições para a melhoria dos resultados académicos, para o desenvolvimento de aptidões e talentos específicos, assim como para a valorização pessoal e cívica das nossas crianças e jovens. E esta dinâmica contribui, precisamente, para a valorização do serviço educativo do agrupamento. Pode ser consultados em: https://dl.dropboxusercontent.com/u/ 22892686/AEOS_PAA_2013_2014.pdf

Escolas de Válega - APEE A Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas de Válega (apeeaev@gmail.com) está ao dispor de todos os pais, encarregados de educação e alunos das escolas de Válega para ajudar na resolução de todas as situações que possam ser de interesse para toda a comunidade escolar, também para aceitar propostas de atividades a dinamizar. A lista de elementos para o mandato 2013/2014 é a seguinte:

Da esq. para a dta, alunos Mariana Farraia, António Moreira, diretor do AEOS, Nuno Gomes, aluna Ana Moreira, presidente da APEE da JD, Graça Castro, prof. Carlos Oliveira e Conceição Osório, da direção

Decorreu no passado dia 4 de outubro, pelas 21h30, a cerimónia de entrega de prémios aos alunos que completaram os seus percursos formativos (do Secundário Regular, do Secundário Profissional e do Curso de Educação e Formação), aos melhores alunos dos seus anos e aos alunos que se evidenciaram em projetos e clubes. Os galardões foram entregues aos alunos por elementos das associações de pais das três escolas e pelos professores da equipa diretiva: Nuno Gomes, diretor do Agrupamento de Escolas Ovar Sul, Alcinda Almeida, subdiretora, Diogo Alves,

Cristina Silva e Conceição Osório, adjuntos. A plateia, numerosa, era constituída por familiares, amigos e professores deste agrupamento que, com a sua presença, quiseram homenagear os nossos alunos. Ainda antes do encerramento, o diretor Nuno Gomes quis associar as professoras Antónia Vidal, anterior directora, e Lurdes Alçada, anterior adjunta, à homenagem prestada ao trabalho de excelência dos nossos alunos. Mariana Farraia distinguida O Rotary Club Ovar, na Cerimónia de Reconhecimento aos Melhores Alunos

do 12º ano do Concelho de Ovar, realizada no dia 7 de dezembro, pelas 16h00, no Auditório da antiga Junta de Freguesia de Ovar, premiou a nossa aluna Mariana Farraia como a melhor aluna do 12º ano em 2012-13.

Mariana Farraia

Escola Secundária Júlio Dinis - APEE

A atual Associação de Pais e Encarregados de Educação, eleita no dia 15 de novembro para o ano letivo 2013/2014, é constituída pelos seguintes elementos: Assembleia Geral: Presidente - Rogério Santos Vice-presidente - Fernando Barros Secretário - José Pedro Lopes Conselho Executivo: Presidente - Maria da Graça Castro Vice-presidente - Ana Maria Jorge Romão Secretária - Ilda Regalado Tesoureiro - Dulcídio Vaz Pinto Vogal - Anabela Mónica Lopes Rego Conselho Fiscal: Presidente - Ana Paula Brandão Pinho Vice-presidente - VirgílioDuarte Silva Relator - Maria da Glória Valente Aleixo

Assembleia Geral: Presidente - Álvaro Covas 1º Secretário - Cristina Castro 2º Secretário - Patrícia Pinto Direção: Presidente - José Almeida Vice-presidente - Maria Barbosa (Terceiro Ciclo) Vice-presidente - Orlando Correia (Segundo Ciclo) Vice-presidente - Domingos

No início de um novo ano letivo, a Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Secundária Júlio Dinis deseja a toda a comunidade educativa um ano repleto de sucessos e apela à cooperação de todos na construção de uma Escola de qualidade e de sucesso. A APEEJD está disponível para colaborar nas várias atividades que ao longo do ano se realizam e lembra aos pais e encarregados de educação que a sua participação é fundamental e decisiva para o bom desempenho dos seus educandos. A Presidente da Associação, Maria da Graça Brandão e Castro Oliveira (Primeiro Ciclo) Vice-presidente - Maria Celeste Lopes (Jardins-de-Infância) Secretária - Lúcia Silva Tesoureira - Marisa Almeida 1º Vogal - Albano Oliveira 2º Vogal - Marisa Couto Conselho Fiscal: Presidente - José Eduardo Franco Relator - António Di Sarli Vogal - Sónia Almeida

Representantes do pessoal docente Maria da Graça Tarujo Braga da Cruz Maria João Bezerra Cruz Vicente (Presidente) Ana Cristina da Silva Oliveira Bousbaa Sisandra Lurdes de Campos Sousa Rosa Eugénia Dias Oliveira Rodrigues Maria do Céu Valente Rodrigues Luís Alberto Rodrigues Pimenta Representantes do pessoal não docente José Afonso Nóbrega da Costa Maria de Lurdes Guedes Barbosa Representantes dos alunos Pedro Henrique Castro Azevedo Representantes dos pais e encarregados de educação Maria da Graça Brandão Castro José António Lopes Rodrigues Almeida Gino Manuel Santos Azevedo Representantes do município Ana Isabel Tavares Cunha (Vereadora com o Pelouro da Educação) Jaime Duarte Almeida (Presidente da Junta de Freguesia de Válega) Joaquim Barbosa (Cidadão) Representantes da comunidade local José Eduardo Ferreira Duarte (Associação Desportiva Ovarense) Patrícia Anjos Peças Rosado (Bombeiros Voluntários de Ovar) Carlos Baldaia (Orfeão de Ovar) O diretor participa nas reuniões do conselho geral sem direito a voto (ponto 9, do artigo 12º, do Decreto-lei nº75/ 2008, de 22 de Abril, com a redação dada pelo Decreto-lei nº137/2012, de 2 de julho)


o nosso jornal

O AGRUPAMENTO

Escola Básica de S. Vicente de Pereira/JI - APEE A Associação de Pais da Escola Básica de S. Vicente de Pereira/JI, integrada no Agrupamento de Escolas de Ovar Sul, tem como missão fundamental a representação associativa dos pais e alunos da escola em que se insere, fomentando e assegurando um conjunto de valências de carácter social, ocupacional, representativo e educativo, com a cooperação dos agentes locais, da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal de Ovar, durante e fora do período escolar. No início do ano escolar, tomou posse a nova Direcção que é constituída pelos seguintes elementos: Assembleia Geral: Presidente - Wanderley Faria 1º Secretario - Filomena Godinho 2º Secretario - Natalina Marques Conselho Fiscal: Presidente - Hélder Gomes Relator - Mafalda Novo Vogal - Manoel Morais Direcção: Presidente - Gino Azevedo Secretário - Rui Adelino Tesoureiro - Rui Cunha Vice-presidente da Pré - Lisa Andrade Vice-presidente do 1º Ciclo - José Miranda Vice-presidente do 2º Ciclo - Solange Gomes Vice-presidente do 3º Ciclo - Manuel Santos Vogal - Simone Leite Vogal - Paulo Pinto Esta nova equipa pretende manter a mesma linha de actuação dos anos anteriores, fomentando a participação pró-ativa dos pais e encarregados de educação na educação e formação dos seus filhos, apoiando as crianças e as famílias e toda a comunidade, ao nível das respostas sociais e educativas, ajustando-se aos novos desafios com que se vão deparando diariamente. Para o ano lectivo de 2013/2014, a Associação de Pais definiu um conjunto de linhas de orientação para o seu plano de atividades, que visam abranger uma oferta variada de actividades: Oferta de um simbólico lanche de natal oferecido a todas as crianças da escola; celebração do dia mundial da criança, do dia do pai, do dia da mãe, entre outras, em que se procura promover a participação ativa dos pais e da família nas atividades escolares; promoção de palestras temáticas com os seus parceiros, como a Cruz Vermelha Portuguesa, a CPCJ de Ovar, a GNR, entre outras; realização do Campo de Férias, que assegura no fim do período escolar o acompanhamento diário das crianças; até às valências do OTL, que funciona desde 1 de Setembro até 31 de Julho. Recentemente, a Associação de Pais participou na cerimónia de entrega dos “Prémios de Honra” do Agrupamento de Escolas Ovar – Sul, tendo colaborado, com a escola e com as restantes associações do agrupamento, na atribuição dos prémios de mérito aos alunos que se destacaram positivamente no ano letivo anterior. Atualmente, a Associação de Pais está a promover a recolha de roupa e brinquedos pela comunidade, que pelo Natal irá reverter a favor de entidades de carácter social, como a CPCJ de Ovar. Pelas crianças, e pela experiência muito positiva verificada nos anos anteriores, apelamos à participação de todos! Para contato, dá-se conhecimento que a Associação de Pais reúne todas as primeiras 2.ª Feira de cada mês, na escola da Mata, sendo ainda possível através do e-mail: asspaiseb@gmail.com, ou pela abordagem direta dos membros da Direcção. O Presidente

dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

13

Mensagem de Natal do Diretor do Agrupamento de Escolas de Ovar Sul

Caríssimos alunos, pais e encarregados de educação, professores e assistentes técnicos e operacionais!!! Aqui estamos nós tão perto do Natal, uma época tão especial que nos faz recordar os tempos de criança e na qual a família finalmente se encontra com tanto carinho e amor. E, claro, ainda temos a excitação das prendas, presentes, surpresas... Ainda parece ter sido ontem que estávamos a dar as boas vindas aos nossos alunos de regresso à escola, após as merecidas “férias grandes”. Neste pequeno lapso de tempo, gostaria de vos recordar alguns dos projetos e participações significativas do nosso AEOS. Desde logo, começo pela brilhante participação dos nossos atletas na Gymasíade 2013 que decorreu em Brasília, na primeira semana de dezembro. Tenho de louvar a participação dos alunos dos cursos profissionais de restauração e técnico de turismo e alunos do CEF de fotografia na Sessão Comemorativa dos 20 anos da CPCJ de Ovar, que teve lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal de Ovar, no passado dia 3 de dezembro. Nos passados dias 14 e 15 de novembro, hasteámos orgulhosamente as bandeiras da Ecologia em várias cerimónias do hastear da Bandeira Verde, galardão que nos é atribuído pela ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa), nas várias escolas do Agrupamento de Escolas de Ovar Sul. No dia 9 de novembro, os alunos do CEF de fotografia do Agrupamento estiveram mais uma vez presentes nas conferências dedicadas à fotografia e ambiente, “CICLOne”, organizadas pela Associação Amigos do Cáster no Centro de Artes de Ovar. Mais uma vez os alunos deste agrupamento se destacaram pela qualidade das suas fotografias, obtendo, na categoria “Escolas Ovar”, seis dos oito prémios atribuídos e ainda um terceiro lugar na categoria geral do concurso. Ainda com os alunos do CEF de Fotografia do AEOS, sob orientação do professor João Católico, ganharam o primei-

NUNO GOMES*

ro prémio no Concurso “Capa do livro - TurmaMais e Sucesso Escolar”. Este concurso foi promovido pela Equipa de Acompanhamento Científico do Projeto TurmaMais do Centro de Investigação em Educação e Psicologia da Universidade de Évora, no âmbito do Programa Mais Sucesso Escolar, e teve o apoio do Ministério da Educação e Ciência. Um pouco antes, dia 30 de setembro, acompanhámos a aluna Catarina Aluai Cunha à Universidade Católica de Lisboa para receber o prémio de melhor tradução em língua francesa do concurso Traduzir 2013. Por falar em línguas estrangeiras, referir ainda o concurso “Spelling Bee” realizado pela Embaixada dos Estados Unidos em Portugal no dia 13 de dezembro. O concurso contou com a presença de diversas escolas secundárias do distrito de Aveiro. Ainda neste dia, à noite, tivemos a honra de receber o Senhor Presidente da Câmara de Ovar, Professor Doutor Salvador Malheiro, para nos valorizar a gala do Clube Europeu que se realizou na Escola Secundária Júlio Dinis, em Ovar, no dia 13 de dezembro de 2013, no ginásio da escola, pelas 21h. Um projeto de grande relevo, orientado pela professora Fátima Caessa, no âmbito do concurso nos@europe, “Que meios para o futuro?” - desenhado e implementado pela Universidade de Aveiro, uma iniciativa da Comissão Europeia, através do Centro de Informação Europeia Jacques Delors, enquanto organismo Intermediário no quadro da Parceria de Gestão estabelecida entre o Governo Português e a Comissão Europeia. E poderia continuar a referir os projetos das equipas de literacia, o Gabinete de Comunicação do AEOS, do

Centro Experimental da Matemática, dos Clubes do Desporto Escolar, do projeto TurmaMais, do Clube da Oralidade, do Parlamento de Jovens, “A Quinta Pereira do Vicente”, do Clube de Expressões, do Clube dos Autores Vivos, entre outros. Refiro tudo isto para mostrar o meu reconhecimento pela competência e generosidade de todos os professores, pela capacidade de trabalho e simpatia dos assistentes técnicos e operacionais que em conjunto tornaram possível que tudo isto fosse acontencendo no Agrupamento. Neste momento tenho de dar uma palavra especial de agradecimento aos presidentes das associações de pais e encarregados de educação, Graça Castro, José Almeida e Gino Azevedo que, com o seu apoio e presença, tudo têm feito para que o nosso Agrupamento tenha crescido e tenha ganho relevância e importância na comunidade educativa que serve. À minha equipa diretiva, Alcinda Almeida, Conceição Osório, Diogo Alves e Cristina Silva e às Senhoras Coordenadoras e Representantes das Escolas do AEOS, um bem haja a todos pela vossa lealdade, espírito de sacrifício e colaboração. Mas ainda nos esperam tantas aventuras, odisseias, epopeias... Voltando ao tema do Natal, vou recordar uma imagem cinematográfica forte e impressiva que me acompanha, construída a partir das palavras de Charles Dickens no seu romance “Um Conto de Natal”. Se bem se recordam, revejo o Ebenezer Scrooge, um velho avarento, rico e solitário que abominava tudo o que Natal representa. Sem compaixão pelo pobre funcionário Cratchit, ignorando os pedidos de ajuda dos mais pobres e vivendo completamente afastado de tudo

e de todos (até da própria família, no livro representada pelo seu sobrinho Fred). Até que, na véspera de 25 de dezembro, a assombração do ex-sócio Marley e as sucessivas investidas dos fantasmas do passado, presente e futuro o farão descobrir sentimentos e valores que aparentemente estavam adormecidos. Dickens escreveu esta obra em tempos áureos da revolução industrial inglesa descrevendo uma Londres fria e gelada com cerca de milhão e meio de habitantes, uma grande parte obrigados ao exôdo rural para trabalhar nas fábricas. Com esta obra pretende o escritor uma sátira social da época vitoriana e capitalista, expondo de forma clara as consequências deste sistema - pobreza extrema, exploração e marginilidade. Consegue ainda, neste contexto negro e metálico, passar uma mensagem de esperança, de amor, de solidariedade, de compaixão e de redenção tão presentes na transformação do Ebenezer Scrooge, um guardião do espírito natalício. Uma verdadeira mensagem de Natal! Para todos um natal cheio de solidariedade, de amor, de alegria. Concluo lembrando Nelson Mandela e as suas palavras no discurso de Natal ao país, em 25 de dezembro de 1995: “Neste tempo de enorme felicidade, devemos recordar as crianças que não têm o carinho dos seus pais ou de quem as ama. Há muitos cidadãos que não são autónomos pois estão confinados num hospital ou multidesafiados por outras circunstâncias. Vamos mostrar compaixão neste período e também no que se segue. Todos nós deveríamos ter orgulho nos nossos esforços para trazer a luz e calor do sol aos coraçes dos outros”. Para os alunos e para toda a comunidade educativa do AEOS desejo uma época festiva cheia de significado e espero ansiosamente o regresso de todos, descansados e preparados para o 2º período a 6 de janeiro do novo ano de 2014. Com os melhores cumprimentos, Diretor do AEOS


o nosso jornal

ENTREVISTA

14 dezembri de 2013 | ano 2 | Nº 4

EM ENTREVISTA: PROFESSOR PAULO AGUIAR

“Quanto mais experiências tivermos, quanto mais abrangente e generalista for o nosso conhecimento, melhor vai ser o nosso desempenho na área em que somos especialistas” alunos do Agrupamento.

É professor de Educação Física, de Práticas de Atividades Físicas Desportivas e Gestão de Instalações Desportivas na Escola Secundária Júlio Dinis. Mas é na qualidade de Coordenador dos Clubes e Projetos e do Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Ovar Sul que responde às perguntas d’ O nosso jornal. Há quantos anos dá aulas? E neste agrupamento? Sou Licenciado em Ciências do Desporto e Educação Física pela Universidade do Porto desde 1997. Entre 1997 e 2005, exerci funções na Direção Regional de Educação do Norte como professor responsável pelo Desporto Escolar no Centro de Área Educativa do Porto, estando a lecionar em escolas públicas desde o ano 2005. Sou professor do quadro da Escola Secundária Júlio Dinis desde 2009. O que faz exatamente um coordenador das atividades extracurriculares? A figura do coordenador das atividades extracurriculares, embora importante e de alguma responsabilidade, não é a principal do processo. Esse papel cabe aos diferentes responsáveis pelos clubes, aos coordenadores dos diversos projetos e aos professores que diariamente acompanham os alunos nas inúmeras iniciativas que acontecem no nosso Agrupamento. A mim, cabe-me fundamentalmente a parte do planeamento das atividades, a elaboração da agenda, a promoção

Quais são as mais “populares”, isto é, aquelas que envolvem mais alunos? O Desporto Escolar, nomeadamente o Atletismo, Ginástica e Basquetebol; O Clube de Ciências; O Clube Europeu; O Clube de Expressões e o Centro Experimental de Matemática, entre outros.

das atividades e iniciativas dos diferentes clubes e tentar garantir que as coisas aconteçam de acordo com o planeado e dentro dos recursos (humanos, materiais, financeiros) que o agrupamento pode disponibilizar. Tenho ainda oportunidade de participar nas reuniões de Conselho Pedagógico do Agrupamento, local onde são discutidos todos os assuntos importantes relativos ao funcionamento da Escola. É exatamente esse órgão que aprova o plano anual de atividades da escola e as atividades dos diferentes clubes e projetos. Qual, é para si, a importância das atividades extracurriculares? As actividades extracurriculares são fundamentais. Cito uma frase de Abel Salazar: “Um médico que só sabe de medicina, nem de medicina sabe”. Quanto mais experiências tivermos, quanto mais abrangente e generalista for o nosso conhecimento, melhor vai ser o nosso desempenho na área em que somos especialistas. E o tempo não é problema: o dia tem 1.440 minutos. Podemos perfeitamente ser excelentes alunos, excelentes desportistas e ainda aprender música,

Há alguma explicação? Que “atrativos” apresentam? Os atrativos são muitos e diversos: a competição; um estilo de vida saudável; as viagens e visitas de estudo; as experiencias científicas; os concursos; as competições; conhecer pessoas; fazer amigos; etc...

Professor, Paulo Aguiar

“As actividades extracurriculares s ão fundamentais” fazer teatro, ir à biblioteca, fazer experiências científicas, entre outras coisas. Como descreve e caracteriza o plano anual de atividades do AEOS? Para além de ser constituído por imensas atividades, que demostram o interesse, o empenho e o espírito de missão da maior parte dos professores da nossa escola, é bastante eclético. Temos atividades para todos os gostos, nada nem ninguém fica de fora.

Prof. Paulo Aguiar com alunas do curso profissional de gestão desportiva

Quando era adolescente, de que tipo de atividades (extracurriculares) gostava mais? Fui atleta de alta competição na modalidade de Andebol. Por isso, sempre fui muito focado no treino e dediquei muitas horas da minha adolescência ao Andebol, mas consegui sempre conciliar a prática desportiva com os estudos e com outros interesses, tais como a leitura e a informática.

Que atividades são oferecidas aos nossos alunos? Desporto Escolar (Andebol, Futsal, Atletismo, Basquetebol,

Xadrez, Ténis de Mesa, Ginástica, Natação Adaptada); Clube de Ciências; Centro Experimental de Matemática; Clube Europeu; Clube de Expressões; Clube de Teatro; EcoClube/EcoEscolas; Jornal Escolar; Clube das Emoções; Portal do Inglês; Clube da Oralidade; Educação Sócio-Emocional; Oficina Físico-química; Clube de Filosofia; Equipas de Literacia; Clube Leitura com Arte; Literacia Digital; Parlamento dos Jovens; Clube dos Autores Vivos. Quantos alunos estão envolvidos em projetos, neste ano letivo? Penso que o número não será muito diferente do total de

Por isso, se hoje fosse aluno neste agrupamento, a que atividade, isto é, a que projeto ou clube aderia? Por esta ordem: Andebol, Atletismo, Centro Experimental de Matemática/Clube de Xadrez, Clube de Ciências e Clube Europeu. Que mensagem gostaria de deixar aos nossos alunos leitores? Muitas vezes arranjamos desculpas para justificar o que deixamos por fazer. A falta de tempo é provavelmente a desculpa mais utilizada, mas penso que a questão fundamental não é o tempo que temos, mas o que fazemos com ele. Recomendo uma boa gestão, planeamento e organização, para conseguirmos fazer muitas coisas diferentes e sermos bons em tudo o que fazemos.


o nosso jornal

EVENTOS NO AGRUPAMENTO

dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

15

Inauguração Centro Escolar da Regedoura Campanha da lista C

Campanha Eleitoral para a AE 2013/2014 Nos dias 5 e 6 de Novembro de 2013, realizou-se, na escola Júlio Dinis, a apresentação das listas C e H candidatas à eleição para a Associação de Estudantes. Houve muita disputa entre elas! A campanha da lista C, presidida pelo aluno José Correia, realizou várias atividades. No primeiro dia, apresentou com um touro mecânico, que cativou a maioria os alunos mais novos. Houve também uma atuação que chamou a atenção, agora sim, dos alunos mais velhos. Houve ainda uma atuação de um mágico e um desfile de moda no último intervalo da tarde. No segundo dia de campanha, houve só um concerto de beatbox. Já a lista H, que tinha como presidente o aluno Iúri Martins, apresentou também várias atividades. No primeiro dia, houve uma atuação do Nek Qtwo, que fez uma excelente pintura. Houve também uma apresentação de BMX do aluno João Pedro, que saltou sobre várias pessoas. No segundo dia, houve um desfile e um espetáculo de Kaines, apresentando rap. No dia das eleições, saiu vencedora a Lista C. JOSÉ CARVALHO, MARIANA OLIVEIRA E PATRÍCIA DUARTE, 9ºD

Trabalho sobre Dia Mundial do Mar

Mural do “Quem é quem?”

Aconteceu na Biblioteca da Júlio Dinis … “Dia Mundial do Mar” No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Mar - 26 de setembro - esteve patente na BE da escola sede do AEOVAR SUL, uma exposição de desenhos efetuados por alunos e professores, alusiva a esta temática. “Quem é Quem?” Está a decorrer nesta biblioteca, desde o início do ano letivo, a atividade “Quem é Quem?”. A BE lançou à comunidade escolar o desafio de, através de fotografias da infância, e apelando às capacidades de observação e perspicácia, se descubra a identidade de cada “amigo da BE”. A participação da comunidade escolar tem sido forte e suscita momentos

de hilariante convívio. “Feira do livro” Decorreu, do dia 5 a 17 de dezembro, em todas as bibliotecas escolares do agrupamento a já tradicional Feira de Livro.

Feira do livro na BE da JD

Mensagem do presidente Somos uma equipa formada com o intuito de servir todos os alunos. É este o compromisso que assumimos com toda a comunidade escolar ao sermos eleitos, enquanto lista concorrente à Associação de Estudantes, e é esse o nosso objetivo de ação. Não somos apenas a Associação de Estudantes da Secundária Júlio Dinis, mas, sim, a Associação de Estudantes do Agrupamento de Escolas Ovar Sul!

Constituição Direção Presidente: José Correia (12º CTB) Vice-presidente: Raquel Borges (12º CTC) Secretário: Hugo Antunes (12º CTB) Tesoureira: Ana Rodrigues (12º LH) Vogal 1: Inês Poças (12º CTA) Vogal 2: Patrícia Cardoso (12º CTA) Assembleia Geral Presidente: João Lima (12º CTA) Vice-presidente: Ricardo Machado (12º CTB) Secretário: João Mota (12º CTB) Conselho Fiscal Presidente: Vasco Pereira (12º CTB) Secretário: Francisco Regalado (12º CTA)

Praticar desporto no AEOS

Alunos e professores da Júlio Dinis na Meia Maratona de Ovar

Ginástica Artística Funciona na Escola Secundária Júlio Dinis, à 3ª e 6ª feira, das 18h30 às 20h00, a modalidade de Ginástica Artística, sob a responsabilidade da profª Helena Costa. Podem inscrever-se alunos de todas as idades e de ambos os sexos. Contacto: desportoescolar@aeovarsul.net

Professor Paulo Aguiar participante na competição

Outras modalidades Encontram-se em funcionamento na EB 2,3 Monsenhor Miguel de Oliveira - Válega os núcleos do Desporto Escolar. Ténis de Mesa - Profª Mariana Almeida - 4ª feira, das 14h30 às 15h30 e 5ª feira, das 12h40às 13h25. Basquetebol – Profª Mariana Almeida - 4ª feira, das 15h30 às 17h00. Atividades Rítmicas Expressivas – Profª Sandra Ramos – 4ª feira, das 15h00 às 17h00. Ginástica de Grupo – Profª Maria João – 4ª feira, das 15h00 às 17h00. Podem inscrever-se os alunos de todas as idades e género, à exceção do Basquetebol que se destina a alunos do sexo masculino nascidos nos anos 2001 e 2002.

Sessão de campanha na MMO

Associação de estudantes eleita no dia 11 de novembro

Foi inaugurado no passado dia 7 de setembro, uma nova estrutura educativa do AEOS: o Centro Escolar da Regedoura (CER), que albergará turmas do pré-escolar e do 1º Ciclo. Este projecto teve como grande preocupação dar resposta às necessidades da população escolar desta área geográfica, criando um edifício com características e espaços multifuncionais adequados às exigências escolares e educativas das crianças. A arquitetura do edifício é bastante moderna e funcional, facilitando a organização e comunicação entre as diversas unidades didácticas, isto é, entre as salas de aulas, a biblioteca, o refeitório e os espaços de cariz mais operacional: a secretaria, o gabinete de atendimento, a sala da associação de pais e encarregados de educação e as salas de professores. Uma mais valia significativa para o agrupamento!

A tradicional prova Meia Maratona de Ovar, para além de contar com a presença de ilustres atletas, teve, este ano, novos participantes, como o professor Paulo Aguiar. Mas a presença do AEOS não se ficou por aqui. Contou-se ainda com a colaboração dos alunos do Curso Profissional Técnico de Apoio à Gestão Desportiva na equipa organizativa

ao longo de toda a prova. PROFª HELENA SEIXAS

Alunas em plena ação

Torneio Interturmas na EBSVP Realizaram-se, nos dias 6 e 27 de novembro, no Pavilhão Gimnodesportivo na EBSVP, torneios interturmas de Futsal e de Andebol. Estas competições destinaram-se aos alunos dos 2º e 3º ciclos e todas as turmas que participaram efetuaram antecipadamente a sua inscrição, apresentando pelo menos uma equipa. Futsal em SVP De referir o empenho e o entusiasmo dos alunos no decorrer de todos os jogos. Os professores de Educação Física agradecem aos alunos que colaboraram nas atividades.

Clube de Ginástica 18 alunos das turmas dos 7º anos estão a ocupar os tempos livres com atividades gímnicas. Este clube funciona à 4ª feira, das 15h10 às 16h40, no Pavilhão Gimnodesportivo da ESJD, sob a responsabilidade da profª. Helena Seixas.


16 dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

o nosso jornal

EM DESTAQUE

1º Prémio no Concurso “Capa do livro – TurmaMais e Sucesso Escolar” Alunos do CEF de Fotografia do AEOS, sob orientação do professor João Católico, ganharam o primeiro prémio no Concurso “Capa do livro - Turma Mais e Sucesso Escolar”. Este evento, promovido pelo Centro de Investigação em Educação e Psicologia da Universidade de Évora, foi inserido no “V Seminário Projeto TurmaMais”, e o prémio foi entregue no passado dia 23 de novembro ao aluno Daniel Santos, em representação da turma. O trabalho premiado consta de uma fotografia alusiva ao tema TurmaMais e Sucesso Escolar e será a capa do quarto livro TurmaMais a publicar brevemente. Neste seminário/cerimónia foi ainda publicado o livro “TurmaMais e Sucesso Escolar - Trajetórias para uma nova cultura de escola”, no qual são apresentadas reflexões de investigadores da Universidade de Évora e da coordenadora nacional do projeto e ainda testemunhos das escolas que fizeram parte do programa, nos últimos anos, incluindo o da Escola Básica Monsenhor Miguel de Oliveira, onde o projeto quebrou práticas e rotinas de ensino e de avaliação e trouxe mudanças significativas, tendo contribuído, decisivamente, para a promoção de uma cultura de trabalho colaborativo e para a melhoria dos resultados dos alunos.

Da esquerda para a direita: profª Cristina Manuel, da direção do agrupamento, profª Maria João Cartaxo, coordenadora da Turma Mais e o aluno Daniel Santos

Alunos premiados e diretor do AEOS

A delegação do AEOS: Mariana Conde, Rosário Silva e prof António Beça

A.E. OVAR SUL nas ISF GYMNASIADE 2013 De 27 a 4 de dezembro realizou-se em Brasília, no Brasil, a competição GYMNASIADE ISF. Tratou-se de um evento promovido pelo ISF (International School Sport Federation) que contou com a participação de 39 países de todo o mundo, em diversas modalidades. Portugal, no Atletismo, fez-se representar por um grupo de 12 alunos, selecionados pelos resultados que obtiveram no Campeonato Nacional Escolar de 2013. Mariana Conde, aluna do 11ºCTB e Rosário Silva do 12º GD, alunas deste agrupamento, participaram, respetivamente, nos 100m barreiras e salto em altura e nos lançamentos do peso e disco. Ambas obtiveram muito bons resultados e contribuíram para dignificar o desporto escolar nacional. As nossas atletas foram acompanhadas pelo professor António Beça, treinador e responsável técnico do atletismo.

Aluna da Júlio Dinis vence Concurso “Traduzir 2013”

Eco-escola No dia 15 de Novembro, pelas 10 horas e 15 minutos, reuniram-se, na entrada da Escola Secundária Júlio Dinis, docentes, alunos e funcionários com vista a observar o hastear da bandeira “Eco-escolas”. O programa eco-escolas visa garantir a participação dos jovens na criação, não só de uma escola, mas também de uma comunidade sustentável. “O programa põe-nos como responsáveis; nós decidimos o que devemos aprender sobre o ambiente e como o devemos proteger”, foram as palavras proferidas por uma aluna ainda antes do hastear da bandeira. Desta forma, e mais uma vez premiada com a bandeira verde, a nossa escola prova a sua qualidade ambiental e o seu reconhecimento público. BÁRBARA ALVES, ANA VALENTE E PEDRO POÇAS, 11º CTB NR: Outras escolas do agrupamento foram, igualmente, galardoadas com esta distinção. A cerimónia do hastear da bandeira verde ocorreu, na Escola Básica São Vicente Pereira, no dia 14 novembro às 12h00, e na Escola Básica Monsenhor Miguel de Oliveira, no dia 15 novembro, às 11h45.

Bandeira Verde na Júlio Dinis

Alunos do CEF Operador de Fotografia premiados no concurso “Ambiente Imagens Dispersas 2013” Mais uma vez os alunos deste agrupamento se destacaram pela qualidade das suas fotografias, obtendo, no concurso “Ambiente Imagens Dispersas 2013”, na categoria “Escolas Ovar”, seis dos oito prémios atribuídos e ainda um terceiro lugar na categoria geral de Ovar. A entrega dos prémios esteve integrada no ciclo de conferências dedicadas à fotografia e ambiente,” CICLOne”, organizadas pela Associação Amigos do Cáster, no passado dia 9 de novembro de 2013, no Centro de Artes de Ovar e os nossos alunos do CEF Operador de Fotografia do Agrupamento estiveram mais uma vez presentes. Os vários conferencistas falaram sobre ambiente, fotografia e biodiversidade. Borboletas, rãs, cobras, aves, rios e muitos outros elementos da natureza foram referidos. Analisaram-se, ainda, algumas técnicas que podem ser utilizadas na captação destes elementos, de forma a obter o melhor ângulo e a melhor fotografia. Os alunos assistiram ainda à inauguração da exposição dos fotógrafos David Guimarães e João Petronilho e assistiram à conferência “Conte estórias através das suas fotografias”, apresentada pelo conhecido fotógrafo da National Geographic, Jasper Doest.

Homenagem a Nelson Mandela

Catarina Aluai Cunha

A aluna Catarina Aluai Cunha, do 12º ano, venceu o concurso “Traduzir 2013”, categoria texto em língua francesa, dinamizado pela Universidade Católica Portuguesa e esteve presente em Lisboa, na sede desta instituição de ensino superior, no dia 30 de setembro, para a cerimónia de entrega de prémios. Está de parabéns a nossa aluna: a tradução que realizou teve o reconhecimento do júri e proporcionou-lhe uma viagem a Paris para duas pessoas e diversos livros. Uma palavra de louvor para todos os alunos que, igualmente, participaram com dedicação e empenho nesta actividade e um agradecimento aos docentes que facilitaram a sua consecução: à professora Ana Isabel Rosas, que coordenou os trabalhos, à professora Ana Bousbaa, que acompanhou o processo e, por fim, à direção do AEOS, pela disponibilidade imediata, pela colaboração importante e pelo acompanhamento da aluna na sua deslocação à Universidade Católica de Lisboa. Faço votos de sucesso para os alunos que venham a participar no próximo ano no “Traduzir 2014”. PROFª ANA BELA NOGUEIRA

Desde o dia 5 de Dezembro que não passa um dia sem que o nome de Nelson Mandela seja referido nos meios de comunicação. A longa vida desse homem extraordinário tem sido apresentada em detalhe por influentes figuras do mundo atual, e mesmo os mais jovens refletem sobre o legado que Mandela nos deixou. No futuro, todos nos poderemos ainda orgulhar por termos sido, durante mais ou menos anos da nossa vida, contemporâneos dessa figura histórica. As tur mas 9º A, C e E da escola sede do agrupamento AEOS visionaram na disciplina de Inglês um vídeo sobre a vida de Nelson Mandela (disponível em https://www.youtube.com/watch?v=LUD81cX1 W3U) e refletiram sobre a seguinte questão: “What is Nelson Mandela’s importance for us?” Eis, como exemplo, a resposta escrita em conjunto pelos alunos do 9ºE, que tão bem resume a importância desta figura para as gerações mais jovens: “Nelson Mandela fought for equality of rights between black and white people, and against discrimination. He was a different person because he was persistent and strong-minded, giving 27 years of his own life to change his nation’s and the world’s mentality. In conclusion, he is an extraordinary model for us, since he didn’t seek revenge, but offered forgiveness”. A PROFª ANA CRISTINA SOUSA


o nosso jornal

EM DESTAQUE

dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

Gala nos@europe - Clube Europeu

Alunos da JD com outros colegas em Abu Dhabi

Alunos da Júlio Dinis na Expo Sciences International António Moreira, Ana Sofia Moreira e Mariana Farraia, alunos do 12º ano (2012-13) participaram no ExpoSciencesInternational,que teve lugar em Abu Dhabi, Emiratos Árabes Unidos, de 13 a 20 de setembro. Tratou-se de um evento científico que contou com a presença de 1500 jovens participantes oriundos de 60 países e com cerca de 55 mil visitantes durante os dias do certame. A participação dos nossos alunos atesta o empenhamento deste agrupamento na promoção de atividades extracurriculares estimulantes e formativas e testemunha o reconhecimento do trabalho de qualidade que é efetuado pelos nossos alunos. Os nossos alunos participantes consideram que a participação constitui uma experiência muito enriquecedora, tanto do ponto de vista profissional, como pessoal.

31º ECJ - Associação Juvenil de Ciência

Jovens cientistas em Lisboa

Durante a semana de 1 a 8 de setembro de 2013, dinamizados pelo prof. Carlos Oliveira, os alunos Ana Moreira, António Moreira, Mariana Farraia, Mafalda Pereira, Miguel Andrade e Beatriz Costa, do agrupamento de escolas Ovar Sul, participaram no 31º EJC promovido pela Associação Juvenil de Ciência. O evento deste ano, realizado em Lisboa, teve a sua abertura oficial no dia 2 de setembro com a presença do senhor ministro da educação e da senhora diretora do departamento financeiro do Ciência Viva. Contou com um total de 38 participantes de todo o país, de Espanha e do Brasil. Os participantes puderam assistir à apresentação dos projetos desenvolvidos por todos os alunos e a várias palestras com cientistas das mais variadas áreas do conhecimento, participar em visitas turísticas à cidade de Lisboa e presenciar a construção de micro foguetes. Os alunos descreveram o evento como sendo de grande interesse, enriquecedor, divertido e como um excelente lugar para fazer amigos.

Novamente, pelo segundo ano consecutivo, no ginásio da escola Secundária Júlio Dinis, no dia 13 de dezembro de 2013, pelas 21h, o Clube Europeu realizou a Gala nos@europe. Com esta gala os alunos do clube pretenderam apresentar à comunidade educativa as provas efetuadas no concurso nos@europa - Que meios para o nosso futuro ? - que desempenharam e venceram no ano letivo transato. Para além de numerosos elementos da comunidade educativa, pais, professores, elementos da direço, entre

Presidente da CMO responde às questões dos nosso entrevistadores

outros, a gala contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, que muito gentilmente participou numa entrevista feita pelos nossos alunos e interagiu com

Profª Fátima Caessa agradece a colaboração de diferentes parceiros

a Maria Espiga (Bárbara Alves do 11º CTC), um dos pivôs de serviço. Ainda antes do encerramento, os alunos do Clube Europeu, representados por Pedro Poças (11º CTC), prestaram uma homenagem sentida e emocionada à sua coordenadora, professora Fátima Caessa, pelo empenho, dedicação e profissionalismo que consagra às atividades do clube e aos seus alunos. Parabéns aos nossos alunos pela sensibilidade, talento e criatividade que demonstraram!

Participação nos nossos alunos no Concurso “Spelling Bee” Dez alunos do AEOS, do 9º e 10º anos, participaram no Concurso “Spelling Bee”, dinamizado e organizado pela Embaixada dos Estados Unidos em Portugal, que decorreu no passado dia 13 de outubro na Universidade de Aveiro. O concurso contou com a participação de alunos de diversas escolas secundárias do distrito de Aveiro, tendo os representantes do AEOS obtido uma classificação muito meritória. Esta atividade teve por objetivos divulgar uma ati-

Alunos do AEOS agurdando participação

vidade tradicional nas escolas norte-americanas, fomentar o gosto e o interesse pela língua inglesa, melhorar a aquisição de vocabulário e aprender novos conceitos e desenvolver o uso correto do inglês.

No agrupamento, esta atividade teve o acompanhamento e a supervisão do seu diretor e das docentes Ana Isabel Rosas, Conceição Queirós, Ana Cristina Sousa e Maria Jacinta de Gouveia.

Día de la Hispanidad Esta semana celebrou-se com danças típicas espanholas e hispano-americanas o Día de la Hispanidad, também conhecido como Día de la Raza - 2 de outubro - pois, nessa data, em 1492, Cristóvão Colombo começou a colonizaço europeia das Américas em nome dos Monarcas Católicos Espanhóis. Sendo assim, na segunda-feira, dia 14, na escola sede, um grupo de jovens amadores apresentou uma pequena demonstração da

Professoras e bailarinas

dança típica andaluza, as Sevilhanas. Na quinta-feira, dia 17, um grupo de 4 jovens da escola Júlio Dinis fez uma breve demonstração de Salsa, Rumba e Tcha, tcha, tcha.

O grupo de espanhol do agrupamento agradece a colaboração de alunos e colegas. PROFªS CARLA RAMOS E PATRÍCIA MARTINS

17

As bruxas andaram por aí... O Dia das Bruxas, o Halloween, foi celebrado na escola Júlio Dinis. Do painel realizado pelo Clube de Matemática, passando pela decoração do bufete feita pela Dona Maria do Céu, até ao lanche matinal na sala de professores proporcionado pelos alunos do 11º RES, várias foram as atividades inspiradas nesta efeméride de origem anglo-saxónica, mas que vai tendo cada vez mais adeptos nas nossas escolas. Que medo!!!!

Guy Fawkes Night O evento “Guy Fawkes Night” / “Bonfire Night” realizou-se pelo quarto ano consecutivo no primeiro dia de novembro, na Escola EB 2,3 Monsenhor Miguel Oliveira - Válega. O tempo irregular outonal presenteou-nos com aguaceiros durante o dia, mas deixou-nos festejar o Guy Fawkes durante a noite! A comunidade escolar, alunos, ex-alunos, docentes, discentes de outras escolas e encarregados de educação disseram sim à atividade que vai ganhando raízes! A mega fogueira com o Guy no topo foi o centro das atenções, só desviadas por um extraordinário, maravilhoso e ensurdecedor fogo-deartifício! A festa foi complementada e abrilhantada por DJs NoFace: Daniel Santos e Filipe Pata! Todos se divertiram noite dentro. O polivalente foi quase pequeno, convenientemente decorado pelo staff e teve um ambiente nunca visto: um ror de alegria e boa disposição... só faltou música pimba! Para terminar, foi difícil, muito difícil, já que houve três “encores” (também tradição!). A comemoração esteve à altura, segundo os intervenientes!

GRUPO DE INGLÊS


18 dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

o nosso jornal

COMEMORAÇÕES

O nosso magusto

Laço de SVP

Agrupamento associa-se ao Dia da Prevenção do Cancro da Mama No passado dia 30 de outubro, e seguindo o repto lançado pela Liga Portuguesa Contra o Cancro - Região Norte, o Agrupamento “vestiuse de rosa”, associandose ao Dia da Prevenção do Cancro da Mama. Esta atividade foi organizada e dinamizada pelas equipas PES (Projeto de Educação para a Saúde) das diferentes escolas do Laços nas janelas da JD Agrupamento. Construíram-se, assim, três laços humanos, formados por professores, funcionários e alunos que envergaram uma peça de vestuário de tons rosa. Na escola sede, as janelas do edifício principal estiveram engalanadas de laços rosa. Na sala do corpo docente, os alunos deixaram a sua “marca rosa” em laços elaborados para o efeito. Em São Vicente de Pereira todos receberam um lacinho rosa para colocar na lapela e em Válega alunos do CEF de Fotografia elaboraram um painel fotográfico, afixado na entrada do edifício. A equipa PES foi felicitada pela Liga Portuguesa Contra o Cancro da Região Norte, na pessoa da sua coordenadora, por esta excelente iniciativa, cujas fotos foram partilhadas na página do Facebook desta instituição. (URL: https://www.facebook.com/ ligacontracancro). A equipa PES agradece a participação de toda a comunidade escolar na dinamização desta iniciativa, e, em especial, aos alunos do curso vocacional de SVP, aos professores João Católico, Adélia Oliveira, Filomena Bettencourt, Lúcia Viana e à direcção do agrupamento pelo apoio prestado à iniciativa. PROFª MARIA DA CONCEIÇÃO QUEIRÓS

Laço de MMO

O dia de S. Martinho foi comemorado na escola de S. Vicente de Pereira, como todos os anos: as professoras pediram a todos os meninos que trouxessem castanhas. De manhã, conversámos sobre o dia de S. Martinho, relembrando a sua lenda. Logo depois, continuámos a rotina normal. Já à tarde, foi diferente. Depois do almoço, às catorze horas, fomos para a Escola da Mata e os auxiliares, depois de porem a caruma e as castanhas, acenderam a fogueira. De seguida, quando a “chama estava baixa”, todos saltámos a fogueira. E, no fim, a melhor e mais deliciosa parte foi comermos as castanhas. Adorámos o magusto da escola. GABRIELA COSTA E MAGALI OLIVEIRA, 4º D Magusto em SVP

Jogos Tradicionais Portugueses Na semana em que se celebrou o Dia de S. Martinho, as turmas dos 7ºe 9º anos da professora Helena Seixas tiveram a oportunidade de relembrar a lenda de S. Martinho e vivenciar algumas das “brincadeiras” tradicionais praticadas pelas gerações anteriores à nossa. Os alunos aplicaram um inquérito sobre jogos tradicionais portugueses e suas regras aos seus familiares mais idosos. Foi feita uma seleção para conhecer e jogar nas aulas e no recreio. A professora explicou o porquê da variedade de regras que existe nos jogos populares e as diversas versões que podem alterar de região para região, pois tratando-se de tradições que se transmitiam oralmente, de geração em geração, são muitas as suas variantes e, até por vezes, o nome do jogo ou dos objetos utilizados. Houve jogos de roda, que eram praticados preferencialmente pelas meninas, como “O lencinho vai na mão” e o “jogo da Cabra Cega” em roda. Este último era um jogo praticado na Idade Média e é dos mais antigos jogos populares que se conhece. As regras são simples: uma menina de olhos vendados procura as demais colegas através de perguntas e respostas, procurando localiza-las pela audição. “- Cabra-cega, de onde vens?” “- De Castela!” [do Reino de Castela, Espanha] “- O que trazes para comer?” “- Pão e canela!” “- Dás-me um bocadinho?” “- Nããããããooooooo…!! …. E continua a perseguição até apanhar uma colega. Numa vertente mais masculina, jogou-se ao “Jogo da Malha” que, apesar de ser conhecido por todos os alunos, poucos foram aqueles que já o praticavam. Os materiais utilizados são os pinos, que um par de jogadores procura derrubar com as malhas de ferro ou, pelo menos, aproximar o máximo possível do pino do adversário. Nas zonas mais rurais, ainda se encontram homens tanto idosos como jovens a praticar este jogo em renhidas competições, tal como aconteceu nas nossas aulas. GONÇALO SANTOS, JOÃO ROCHA, HERLANDER FILIPE ROCHA, DIOGO CASTRO (9º D) E PROFª HELENA SEIXAS

S. Martinho No dia 11 de Novembro festejamos ao S. Martinho no nosso Jardim de Infância. Nesse dia comemos castanhas assadas, bebemos sumo e vimos a fogueira a assar as castanhas. Cantámos a canção” Lenda de S. Martinho” do livro “Canta o galo gordo”, dos autores Inês Pupo e Gonçalo Pratas, do plano Nacional de Leitura, e, no fim, saltámos a fogueira e pintámos as nossas caras. No fim, levámos castanhas

JI Carvalho

para a nossa casa numa cesta que fizemos com material de desperdício. Jardim de infância de Carvalho

Sessão em SVP

Dia da diabetes assinalado no AEOS O Dia Mundial da Diabetes pretende alertar as populações para esta doença. Assim, e porque a população escolar do agrupamento não se pode alhear desta problemática, Equipa PES promoveu, juntamente com o Centro de Saúde de Ovar, diversas atividades de informação sensibilização, no dia 14 de novembro. Em S. Vicente de Pereira O dia foi assinalado com atividades de teor diversificado. Logo na entrada principal, houve uma apresentação em PowerPoint, alusiva à temática, com informação pertinente sobre o assunto. Ainda nesse espaço, a decoração ficou a cargo da turma I, do 7º ano. Na biblioteca, os alunos do 7ºH apresentaram uma peça de teatro, que haviam preparado para abordarem os problemas associados à doença, e apresentaram-na aos colegas das turmas dos 6º e 9º anos. Foi ainda dado o testemunho, na primeira pessoa, de um elemento da turma dinamizadora, portador da doença. Por fim, ofereceram-se a todos os discentes pulseiras da cor do logotipo associado à efeméride, bem como pequenos livros e desdobráveis, igualmente ilustrativos da doença, cedidos pela Associação de Diabéticos do Conselho de Ovar, dando-se a conhecer, em folha própria, a sua localização e ação que desenvolve. Na Júlio Dinis Na escola sede realizou-se uma sessão de esclarecimento com dois médicos do Centro de Saúde de Ovar e uma enfermeira que colabora com a Associação de Diabéticos de Ovar. Deram, também, o seu testemunho três alunos desta escola, que vivem com a doença há já algum tempo, e uma professora que já foi diabética. Para além de se falar da doença e seus sintomas, falou-se também da importância de saber viver bem com a doença e de se cumprirem todas as regras de vida inerentes a ser diabético, para que não se chegue a casos extremos. A enfermeira deu ainda a conhecer a Associação de Diabéticos, os seus objetivos e funções, e disponibilizou os serviços da associação a todos que deles precisarem. No final, contando com a simpatia da enfermeira Carla, todos os presentes na sessão puderam fazer o teste para verem como estava o seu nível de diabetes. Todos ficaram a saber mais sobre a doença e que é possível viver bem com ela; é preciso controlála e não deixar que ela controle. A equipa PES agradece ao Centro de Saúde e à Associação de Diabéticos de Ovar a excelente colaboração. PROFª ANABELA NOVO


o nosso jornal

COMEMORAÇÕES

Dia da alimentação em S. Vicente

Funcionários do agrupamento com o diretor, Nuno Gomes

Dia do diretor Realizou-se, no dia 12 de novembro, ao fim da tarde, no polivalente da escola sede, uma homenagem ao director do AEOS, professor Nuno Gomes. Tratou-se de uma festa de acolhimento e boas vindas, dinamizada pela coordenação das Bibliotecas do agrupamento, que teve com a participação da comunidade educativa. Contou-se com as atuações de um grupo de alunos do Clube de Expressões, sob a batuta da professora Paula Guimarães, e das assistentes operacionais da EBMMO, e ainda com uma exposição de caricaturas do diretor, realizadas por alunos, professores e funcionários da ESJD, com a orientação da professora Carla Gassman. Registe-se ainda a indispensável ajuda prestada pelo professor João Católico e do CEF de Fot, na parte do som-multimédia e fotografia. A festa terminou da melhor forma, com um pequeno lanche e um bolo que, testemunharam os convivas, estava uma delícia!

O que é uma alimentação saudável? Que refeições devemos fazer ao longo do dia? Responder a esta e a outras questões que foram colocadas, foi o que tentámos, no passado dia 16 de outubro, na biblioteca da Escola Básica de S. Vicente de Pereira Jusã, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Alimentação. Como é próprio destas idades (1ºciclo), foi

com grande entusiasmo e muita animação que os nossos pequeninos assistiram a um episódio da série Sid, o cientista, subordinado ao tema Alimentação Saudável. Este amiguinho comemorava o dia do seu aniversário e só queria comer bolo. A família, os amigos e a professora lá o convenceram que esta não seria a melhor opção. Ele podia festejar aquele dia especial, mas com uma

Florestas autóctones

alimentação saudável. De seguida, houve um jogo: cada menino(a) tirava de uma caixa uma imagem (um alimento) e tinha que o colar no espaço adequado da grande Roda dos Alimentos que a Equipa da Biblioteca construiu propositadamente para este dia. Foi fácil e todos queriam participar! Foram momentos de aprendizagem e de diversão úteis para todos.

Dia Mundial da Alimentação na EB de S. Vicente de Pereira (2º e 3º ciclos)

Dia da alimentação SVP

No dia 5 de Novembro, os alunos do segundo e terceiro anos foram ao Museu Etnográfico de Válega. Lá, a D. Teresa ensinou-nos a fazer biscoitos de canela. Assim ficámos a conhecer os seus ingredientes que são farinha, ovos, açúcar, canela uma pitada de sal e manteiga derretida. Foi divertido pois amassámos a massa e moldámos com as mãos letras, corações e caretas. Por fim, levámos os biscoitos ao forno. Quando ficaram prontos, todos os meninos comeram e estavam deliciosos. A D. Teresa explicou-nos que esta receita é muito antiga. Passámos uma tarde muito agradável! 2º F, EB OLIVEIRA LOPES

19

Aprende-se a brincar

Visita ao Museu Etnográfico

Com a mão na massa

dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

No dia 16 de outubro, em que se assinala, anualmente, o Dia Mundial da Alimentação, procedeu-se à implementação da atividade afim, que decorreu no bufete da escola de S. Vicente de Pereira, ao longo dos turnos da manhã e da tarde, consoante os anos

de escolaridade, tendo a mesma sido dinamizada pela turma A, do 9º ano, em colaboração, com a técnica operacional de apoio àquele espaço escolar e, também, com as docentes Eduarda Jardim, Trindade Cândido e Rita Matos. A atividade consistiu

em “Tiro ao Alvo” e, de acordo com o ponto almejado pela seta, os participantes foram contemplados com a degustação de uma grande variedade de fruta, apresentada em taças, batidos ou em peças individuais, conforme o ponto acertado do alvo. Os alunos apreciaram a atividade, que decorreu segundo a respetiva planificação, tendo a ela aderido com significativo entusiasmo. Registou-se, assim, grande interesse, por parte da comunidade educativa. EQUIPA PES

Dia da floresta autóctone comemorado na Júlio Dinis

No passado dia 23 de novembro comemorou-se o dia nacional da floresta autóctone. As espécies autóctones ou indígenas (originárias do território onde habitam) adaptam-se às condições físico-químicas do meio e vivem em equilíbrio no ecossistema que ocupam. Das florestas autóctones do nosso país fazem parte, por exemplo, o pinheiro bravo, o pinheiro manso, o sobreiro, o carvalho, a azinheira, o teixo, o medronheiro, o salgueiro, o amieiro, o freixo, o sabugueiro, o pilriteiro, o castanheiro, entre outras. As espécies autóctones caraterizam-se por promoverem e sustentarem uma elevada biodiversidade. A preservação da nossa floresta autóctone é muito importante para a manutenção do equilíbrio dos nossos ecossistemas. Algumas destas espécies são protegidas por lei, punindo-se aqueles que as destroem. Uma delas é o azevinho que, associada à época natalícia, foi durante anos alvo de desrama intensa, por vezes quase total, levando à morte da planta. Desde 1989 é proibido em todo o território nacional o arranque, o corte total ou parcial, o transporte e a venda do azevinho espontâneo (Ilex aquifolium L). Durante a semana de 18 a 23 de novembro, foram realizadas algumas atividades nas escolas do AEOS, alusivas a este dia: recolha de lixo numa área florestal; passagem do filme na biblioteca “A maior Flor do Mundo” de José Saramago; plantação de espécies autóctones nos espaços exteriores da escola, com a colaboração da CMO e do FAPAS; distribuição de azevinhos na cidade de Ovar, atividade em colaboração com a Associação Amigos da Cáster. É muito importante que todos saibamos reconhecer a importância das nossas florestas autóctones, contribuindo para a sua proteção e preservação, para que as gerações futuras ainda as possam conhecer e usufruir delas. PROFª SISANDRA SOUSA

Dia Mundial da Alimentação no AEOS

Palestra no CER

No passado dia 16 de outubro festejou-se mais um Dia Mundial da Alimentação. Como forma de marcar o dia,

o Agrupamento de Escolas de Ovar Sul levou a cabo um conjunto de atividades no novo Centro Escolar da Regedou-

ra, no dia 19 de outubro. “O jogo da alimentação” e uma atividade prática de sensibilização de primeiros socorros para os mais jovens, dinamizada pelo Grupo dos Voluntários da Cruz Vermelha de Ovar tiveram um público participante interessado. Dinamizaram-se, ainda, dois worshop’s, um de cozinha, onde até as crianças tiveram oportunidade de “pôr as mãos na fruta”, e outro de ginás-

tica, onde pais e filhos, lado a lado, tiveram oportunidade de “dar um mimo à saúde”. Paralelamente a estas atividades, os presentes puderam, se assim o

desejassem, medir os níveis de colesterol e Índice de Massa Corporal. Apesar da chuva, foi um dia bem passado. PROFª MÓNICA BONIFÁCIO

Sessão dinamizada pela Cruz vermelha


o nosso jornal

TRABALHOS DO ALUNOS

20 dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

Viagem do 7º ano à Pré-história

Cães, verdadeiros assassinos?

Ao Paleolítico

Cheguei ao paleolítico. Os hominídeos vivem em acampamentos. As mulheres tratam dos filhos, enquanto os homens estão a caçar. Eles caçam principalmente animais de pequeno porte, porque os seus instrumentos não são muito desenvolvidos. Para eles a caça é importante, porque dela retiram a carne para a alimentação e as peles para o vestuário e para fazer as tendas. A sua economia é do tipo recolectora, ou seja, retiram da natureza tudo o que precisa para a sua sobrevivência. Também são nómadas, o que quer dizer que nunca ficam no mesmo sítio e mudam-se consoante a falta de alimento.

RAQUEL SILVA, 7º B

Ao Neolítico Fui fazer uma viagem até ao período do Neolítico. Visitei um aldeamento. Quando lá cheguei, vi uns homens que estavam a proteger o aldeamento – os guerreiros. Vi também os sacerdotes a enterrar um corpo e a prestar-lhe culto. As mulheres estavam a tomar conta dos filhos e a praticar atividades como a olaria e a tecelagem e os homens estavam a tomar conta dos animais no campo, a pescar e a caçar.

SARA BOUSBAA, 7ºC Certo dia eu fui fazer uma viagem pelo período Neolítico. Quando lá cheguei, vi um grande aldeamento junto ao rio Amarelo, onde estava um conjunto de homens a semear arroz. Quando me aproximei das casas, vi uma mulher a fazer roupa, através da tecelagem, outra a produzir cestos e outra a fazer jarros em barro, sempre com os seus filhos ao colo. Mais tarde, vi um conjunto de homens a chegar da caça com um grande animal capturado com a ajuda de uma lança. Gostei muito desta viagem!

MARIA MIGUEL CASTRO, 7ºC Estou a viver no período neolítico. A minha mãe está a ensinar-me tecelagem. A minha tia está a moldar cerâmica e o meu avô a tratar dos animais. O meu pai saiu do aldeamento, com os outros homens, e foram caçar. As pessoas do aldeamento ou estão no santuário, que o sol já vai alto, ou no campo a tratar das plantações.

JOANA ROSA, 7ºB

A Galinha Ruiva

Etapa 1

Etapa 2

Etapa 3

Etapa 4

Atividades do JI Turma B + C do CER Porque temos o privilégio de poder partilhar espaços e atividades, gostaríamos também de partilhar um pouco do percurso realizado neste primeiro período, vivenciado pelas turmas B e C do JI do Centro Escolar da Regedoura, das Histórias às Ciências, passando pelas Tradições... Histórias exploradas em comum, já foram algumas... e, assim, se contou e representou a “Galinha Ruiva”. Partilhámos a experiência da absorção da água pelo papel. Os colegas da turma B mostraram e explicaram muito bem todos os passos desta experiência, como mostram as fotos das etapas. E como não podia deixar de ser, porque estávamos cercados pelo milharal, fizemos a desfolhada, com direito a milho rei e tudo, que as fotos testemunham. De tradição em tradição também festejámos o Hallowen, mas de uma forma muito comestível... as “temíveis” aranhas estavam deliciosas!!! Vejam as fotos! Mais notícias... brevemente!!!

Desfolhada (1)

Desfolhada (2)

Aranhas (1)

Aranhas (2)

Etapa 5

Etapa 6

Aranhas (3)

Escrevendo uma carta… No âmbito do estudo da estrutura do modo textual “carta” e da respetiva estrutura, os alunos da turma do 4.º H da EB Oliveira Lopes escreveram ao Presidente da Câmara Municipal de Ovar, felicitando-o pela sua eleição e apresentaram-lhe o seu “olhar” sobre a escola que frequentam e o que corre menos bem na sua freguesia - Válega. Esperam resposta às suas preocupações. Válega, 4 de outubro de 2013 Ex. Senhor Presidente da Câmara Municipal de ovar Para começar esta nossa mensagem, damos-lhe as boas vindas e parabéns pela sua eleição. Nós somos os alunos do 4º ano da E.B. Oliveira Lopes, da freguesia de Válega. Queremos dar-lhe a nossa opinião sobre a nossa freguesia, a nossa escola e as suas obrigações sobre elas. Apesar de ainda sermos crianças e não podermos votar, também somos gente com direito a pensar no nosso futuro, e o nosso futuro depende de uma escola com condições para estudarmos e uma freguesia com condições para vivermos. A nossa escola, no dia 2 deste mês, fez 103 anos e por isso está velhinha e precisa de obras. Precisa de: pintura nas paredes, portas arranjadas, piso exterior novo, arranjo do piso interior da sala que tem placas soltas que provocam quedas, substituição do átrio que deita muita água quando chove, arranjo dos portões e dos muros, e melhoramento do espaço interior da cantina. Gostaríamos de ter também nas salas de aula internet e computadores para pesquisar, laboratório para ciências experimentais, e um projetor. No exterior, um espaço para jogar e para fazer educação física. A nossa escola é grande, tem quase 100 alunos, por isso precisa de pessoal que cuide da limpeza, ajude as crianças com deficiência e zele pela nossa segurança. Também achamos que na nossa freguesia há situações que devem ser melhoradas! O cais do Puxadouro está sujo e feio. É preciso fazer o restauro ou demolir as casas velhas, embelezar os jardins públicos, esvaziar os contentores públicos com mais frequência, reparar as estradas que estão esburacadas, criar espaços de cultura e diversão, melhorar o pavilhão desportivo e reabrir o posto dos correios e outros serviços. Por fim, esperamos que as nossas sugestões sejam lidas e atendidas. Aproveitamos para o convidar a visitar a nossa escola e desejamos que faça um bom trabalho na sua nossa função. OS ALUNOS DO 4º ANO DA ESCOLA OLIVEIRA LOPES [ASSINATURAS]

Há uns meses atrás, um cão atacou duas meninas: uma com oito anos e outra com vinte meses, sendo que a rapariga mais nova acabou por não resistir aos ataques. O cão que atacou as duas raparigas era da família, o que tornou o choque para a família ainda maior quando, ao regressarem a casa, se depararam com um “banho de sangue”. Como todos sabemos, esta situação não é a primeira nem deverá ser a última do género. Quantas vezes já li e vi na comunicação social acontecimentos tão – e até mais horríveis – que estes: “Cão ataca criança levando-a à morte”; “Dogue-Argentino, um verdadeiro assassino”. No entanto, apesar de a maior parte das notícias apresentarem os cães como assassinos e, por vezes, como únicos responsáveis pela situação, será que estes são os únicos culpados? Infelizmente, há muitos cães abandonados que não têm ninguém que se responsabilize por eles, mas também há bastantes que têm donos e, normalmente, são estes últimos os “assassinos”. Penso que, por vezes, a culpa é mais dos donos que não têm responsabilidade suficiente para controlarem os seus animais domésticos. Ora, se o cão tivesse estado no jardim fechado, como era habitual, esta situação não teria ocorrido. Agora pergunto: porque é que ele não estava fechado no jardim? Pois, parece que alguém se descuidou e deixou a porta aberta. Na minha opinião este cão não deveria ser abatido, por uma razão muito simples: os seres humanos que assassinam pessoas podem ser reabilitados e voltar à sociedade. E os cães? Não podem? Penso que seres irracionais têm menos responsabilidade que os humanos, seres racionais. Logo, deveriam poder sofrer algum tipo de tratamento e regressar à sociedade.

RUI VALENTE, 11ºCTB


o nosso jornal

INTERNET EM SEGURANÇA, Ação de formação para os alunos, na EB1 de Paçô No passado dia 18 de novembro, dois agentes da equipa Escola Segura vieram fazer-nos um alerta sobre os perigos da Internet. Começaram por explicar como se deve criar uma Password Segura (palavra chave): usar letras maiúsculas e minúsculas, números e carateres especiais (Atenção: nunca usar só letras, nomes de pessoas, datas ou só algarismos). A seguir, apresentaram um filme onde uma menina, na Internet, estava a comunicar com um desconhecido, que ela pensava ser um menino da sua idade e, combinaram ir ao cinema. Esta menina corria um grande perigo pois do outro lado, quem estava a comunicar, era um adulto que tinha más intenções. Além disto, a menina escondeu as mensagens à sua Mãe o que é muito perigoso. No facebook, que só deve ser usado por pessoas maiores de 18 anos, nunca se deve: -aceitar pedidos de amizade de desconhecidos; - dar a nossa direção ou informações pessoais. - colocar fotos que identifiquem o local ou a família; - clicar nos prémios ou jogos que nos oferecem (são vírus ou “piratas” da internet). Texto coletivo- 3ºe 4º O

ATIVIDADES NO AGRUPAMENTO

dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

21

Centro Experimental da Matemática

O vento desloca as areias

Criar Dunas Alunos que frequentam o CEM

O CEM/ Clube de Matemática é um projeto que pretende motivar os alunos para o estudo da disciplina e combater o estigma que lhe está associado de ser uma disciplina difícil e pouco interessante. Leva-os a experimentar a Matemática de uma forma algo diferente das suas experiências anteriores num ambiente aberto e informal, tornando mais fácil e atrativa a sua aprendizagem, nomeadamente através da promoção de diferentes tipos de jogos. Os jogos apresentam um grande potencial cultural, pedagógico e didático. E, acima de tudo, podem criar motivação para o pensamento e a investigação matemáticos. Citando o Currículo Nacional do Ensino Básico (Competências Específicas – Matemática): “O jogo é um tipo de atividade que alia raciocínio, estratégia e reflexão com desafio e competição de uma forma lúdica muito rica. Os jogos de equipa podem ainda favorecer o trabalho cooperativo. A prática de jogos, em particular dos jogos de estratégia, de observação e de memorização, contribui de forma articulada para o desenvolvimento de capacidades matemáticas e para o desenvolvimento pessoal e social. Há jogos em todas as culturas e a matemática desenvolveu muito conhecimento a partir deles. Além disso, um jogo pode ser um ponto de partida para uma atividade de investigação ou de um projeto”. Docentes responsáveis: Maximiano Oliveira (Escola Monsenhor Miguel de Oliveira) Luís Pimenta (Escola Básica de S. Vicente de Pereira) Cristina Rodrigues (Escola Secundária Júlio Dinis)

Matemática divertida no Natal No JI de Pereira, o cheirinho a Natal já se sente! A intencionalidade educativa, assente na exploração conjunta de conceitos de matemática através de materiais e técnicas, associou conteúdos curriculares ao brincar, criar, transformar, experienciar…. De forma divertida e entusiasta as crianças aliaram a matemática à magia da época natalícia, utilizando nas suas produções plásticas formas geométricas, cores, quantidades, tamanhos, medidas,

No dia 22 de Novembro, fomos ao Centro Escolar da Regedoura, para participarmos na Oficina da ciência “Criar dunas”, realizada pela Ana e a Bruna, da Fábrica da Ciência Viva. Aprendemos que: - as dunas são formadas, à superfície, pela força do vento e, no fundo do mar, pela força da água; - há dois tipos de dunas: móveis e fixas; - a areia move-se de várias formas: saltando, rastejando e voando; - que as dunas protegem-nos dos ventos e do avanço do mar; - as dunas são os habitat de muitos animais e plantas; - não devemos calcar as dunas porque elas impedem o avanço do mar. No final, observámos areias de vários pontos do planeta ao microscópio: Mira, Nova Iorque, Copacabana, Jamaica, Açores, etc. Nós, 4º O- EB1 de Paçô, gostámos de saber mais sobre as dunas e de irmos à escola nova da Regedoura. ALUNOS DO 4º O- EB1 DE PAÇÔ

Uma visita de estudo a Ovar No dia vinte e nove de outubro deste ano, a minha turma e as outras turmas da escola de São Vicente de Pereira foram a uma visita de estudo ao Centro de Artes em Ovar. Fomos por volta das treze horas e meia e voltámos por volta das dezasseis horas. Entrámos numa sala com várias vitrines onde estavam aparelhos que reproduziam sons de instrumentos musicais e, finalmente, entrámos num auditório onde iria realizar-se o espetáculo de ciência viva. Havia muitas experiências engraçadas, divertidas e interessantes de aprender, como os lasers, a pilha eletrónica e outras mais. Adorei todas as experiências de Física Viva. A tarde foi espetacular e aprendi muitas coisas. INÊS OLIVEIRA, 3º C

Física Viva

Matemática divertida no Natal

padrões, frisos…, para decoração do espaço do Jardim de Infância. JI DE SVP

Torneio interno de Xadrez na Júlio Dinis No âmbito das atividades do Centro Experimental de Matemática e do Clube de Xadrez, realizou-se na tarde do dia 6 de dezembro um torneio de Xadrez a nível de escola, que contou com a participação de 14 alunos da Escola Secundária Júlio Dinis, do 7º ao 11º ano. No final das 6 rondas, o primeiro lugar foi atribuído ao aluno Ricardo Correia, do 11º CTCA. A prática do xadrez desenvolve capacidades como a memória, a concentração, o planeamento e a tomada de decisões. Os participantes foram de opinião de que tinha sido uma excelente tarde de competição e convívio entre todos.

No passado dia vinte e nove de outubro, nós, os alunos da Escola Básica de Oliveira Lopes, e os nossos colegas da Escola de Paçô, fomos ao Centro de Arte, em Ovar, para assistir a um espetáculo que se iniciou com muita luz e som, promovido pela Fábrica Centro Ciência Viva da nossa capital de distrito - Aveiro. Esse espetáculo intitulava-se “Física Viva” e foi apresentado pelo Miguel e pela Sofia, que nos mostraram várias experiências e nos deixaram experimentar. Inicialmente, dançámos com a luz dos raios laser ao ritmo da música; foi um momento espetacular. Depois, os apresentadores chamaram-nos à atenção para os perigos da luz desses raios, pois podem queimar a pele e até mesmo cegar-nos. Também nos informaram que esses mesmos raios emitem uma luz que viaja a trezentos mil quilómetros por segundo e podem fazê-lo através de cabos de fibra ótica. É com a ajuda desses cabos que temos internet, telefone, a televisão funciona… Ainda foram apresentadas outras experiências muito interessantes com o ar, massas e ímanes. Numa dessas experiências, foi possível fazer com que os ímanes levitassem, tal como os mágicos fazem no circo, mas era mesmo de verdade… Foi sem dúvida uma manhã em que pusemos a nossa imaginação a funcionar! E.B. OLIVEIRA LOPES - 3.ºG

Visita à exposição Sons em marcha

Ida à exposição “Sons em marcha” Na semana de 22 a 25 de outubro de 2013, nós, alunos do Centro Escolar da Regedoura, fomos a Ovar, ao Centro de Artes, observar a exposição “Sons em marcha”. Nesse espaço realizámos várias atividades. Estivemos a ver um filme do Ruca, onde ele queria aprender a tocar tuba. De seguida vimos nos expositores as pautas de música, os emblemas da banda de Ovar e os fatos que usam os músicos quando tocam em público. Passámos às cabines, onde carregávamos em botões, ou usávamos umas raquetes especiais e ouvíamos os sons dos diferentes instrumentos. Depois jogamos um jogo de tocar instrumentos e, finalmente, fizemos um puzzle com imagens de instrumentos. Aprendemos que uma banda só tem instrumentos de percussão e de sopro. Os outros instrumentos surgem, por convite da banda. A banda tem um maestro que, com a sua batuta, orienta os músicos que tocam olhando e seguindo as pautas. Todos trabalham com atenção para que a música saia bem. Foi muito proveitosa, esta nossa saída. Turma L - Centro Escolar da Regedoura

Durante a visita


22 dezembro de 2013 | ano 2 | Nº 4

o nosso jornal

ATIVIDADES DOS CURSOS PROFISSIONAIS

Alunos do “RES” à descoberta de Ovar

O nosso jornal deseja a todos Boas Festas Autoria da imagem: profª Adélia Oliveira

Olá a todos! Somos a turma 11º RES - Curso Profissional Técnico de Restauração - Restaurante e Bar Bar.. Eis aqui algumas das atividades que preparámos durante este primeiro período.

No passado mês de outubro, nós, alunos da turma 11º RES, no âmbito da disciplina de área de integração, deslocámo-nos ao Museu de Ovar e à Escola de Artes e Ofícios em Ovar, com o objetivo de conhecermos vários ofícios típicos da nossa região e, também, a história do azulejo em Ovar. No Museu de Ovar, tivemos a oportunidade de observar os vários trajes típicos, quadros e mobiliário antigo, uma cozinha equipada à moda antiga, uma exposição de loiça da antiga fábrica Carvalhinho e outra de quadros de três pintores vareiros, uma coleção de colmeias, utensílios de apicultura, etc.

Docentes italianos de visita ao AEOS

Junto à galga no Centro de Artes e Ofícios

Na Escola de Artes e Ofícios, tivemos a possibilidade de observar como se restauram os azulejos e utensílios antigos de madeira e outras matérias. No que respeita ao restauro dos azulejos, foi possível ver dois tipos: o restauro a frio e o restauro a quente. Foi também possível ver uma exposição de quadros com os ofícios de Ovar

antigo e uma exposição com a história da fábrica de papel que deu origem à Escola de Artes e Ofícios. No final, tirámos uma fotografia junto ao moinho que, depois de ter servido para moer cereais, serviu para desfazer as fibras do papel (galga). OS ALUNOS DE ÁREA DE INTEGRAÇÃO DA TURMA

11.ºRES

“RES” à procura da verdadeira moeda

Halloween na sala de professores da Júlio Dinis

Bolos alusivos ao tema

Comemoração do dia de São Martinho no dia 11 de novembro Uma vez mais, a nossa turma mimou os docentes e todos os alunos desta escola, servindo castanhas assadas e sumos na sala de professores e no bufete, comemorando desta forma, uma tradição bem portuguesa. 3 de dezembro, Porto de honra Servimos um Porto de Honra, aquando da comemoração dos 20 anos de funcionamento da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens. O encontro decorreu no salão nobre da Câmara Municipal de Ovar, pelas 17h, e contou com a presença de todos os elementos que fizeram parte integrante das anteriores comissões. Queremos deixar aqui uma palavra de gratidão a todos aqueles que contribuíram nesta angariação de fundos, bem como os nossos singelos, mas sinceros votos de Boas Festas.

No passado dia 6 de novembro, nós, alunos da turma 11º RES, deslocámonos ao Porto para, no âmbito da disciplina de Economia, visitar a filial do Banco de Portugal e a Fundação Dr. António Cupertino de Miranda (Museu do Papel Moeda). Na filial do Banco de Portugal, fomos encaminhados para uma sala de reuniões onde recebemos informação sobre as funções do Banco de Portugal e sobre as notas e moedas europeias. Aprendemos a técnica do TOI (Tocar, Observar, Inclinar) que permite verificar se uma nota é verdadeira ou falsa. Fomos, também, acompanhados até ao local onde se faz a seleção das notas que ainda estão em condições de voltar a circular. Fomos muito bem recebidos e serviram-nos um

RES no Banco de Portugal

agradável lanche matinal. Ao almoço, fomos apreciar a francesinha da cervejaria Aviz. Depois do almoço, fomos fazer um passeio a pé pelas ruas Porto e vimos: a

Faculdade de Ciências, a Praça dos Leões, a Livraria Lello, a Igreja dos Clérigos, a Estação de S. Bento, etc. Pudemos, também, observar o comportamento típico das assadoras de castanhas na rua. Depois, fomos de autocarro pela marginal do Douro e da foz e vimos o Castelo do Queijo. Na fundação Dr. António Cupertino de Miranda, começámos por visitar uma exposição, com uma guia, sobre o tema “Punção do Amor” com quadros de Paula Rego, Júlio Pomar, etc. e desenhos de Picasso, entre outros. Após esta visita, fomos ver o filme e a exposição do Museu do Papel Moeda. OS ALUNOS DE ECONOMIA DA TURMA 11.ºRES

Visita de Estudo ao Porto No dia 4 de novembro do corrente ano, os alunos do 10º ano do Curso Profissional de Técnico de Turismo realizaram uma visita de estudo muito enriquecedora à cidade do Porto, no âmbito das disciplinas de OTET (Operações Turísticas em Empresas Turísticas) e TIAT (Turismo - Informação e Animação Turística). Visitámos a Agência Abreu, o Hotel Infante Sagres e o aeroporto Francisco Sá Carneiro. Em cada local tivemos visita guiada por profissionais de cada setor, com os

10º TT no Porto

quais percebemos o funcionamento de cada local, adquirimos conhecimentos sobre o trabalho a executar e, em cada visita, as guias referiram a importância do “saber estar”, o cuidado com a nossa imagem, a postura, a forma como nos dirigimos aos ou-

Durante a visita dos diretores italianos à Júlio Dinis

tros e o domínio das línguas. Na generalidade, a visita foi muito enriquecedora, pelo facto de ser a primeira visita do curso e o primeiro contacto mais direto com a nossa área de formação. MAFALDA RODRIGUES, 10º TT

No passado dia 10 de outubro, a escola sede deste agrupamento recebeu a visita de dois diretores e de um docente de escolas profissionais de turismo de Itália (Monza, Sarta e Santa Cesarea Terme). Foram acolhidos com muito profissionalismo pelos nossos formandos dos cursos Profissional de Turismo e Profissional de Restauração, sob a orientação, respetivamente, das docentes Paula Ribeiro e Tânia Almeida. Esta visita realizouse com o apoio do empresário Pedro Oliveira e insere-se no plano de melhora do agrupamento. Permitiu uma troca de experiências entre as escolas dos dois países e abriu possibilidades de criação de um protocolo visando a realização de estágios profissionais nas áreas da Restauração e do Turismo aos alunos destes cursos. Deixam-se, neste espaço, os endereços eletrónicos das escolas italianas:

http://www.datini.prato.it/ http://www.ipsiamonza.it/ http://www.ipsartsct.le.it/


04 o nosso jornal