Page 1

4 1

4

4

1 3

4

1

1

4

3 1

1

4

4

4

1

4

4

1 1

1

4

1

2

4

1

1

3

4 2

4

4

3

2

4

2

1

3

3

1

1

4

2

1 1

1

1 4

INFORME PUBLICITÁRIO

4

1 1

5

1

3

2

1

2

4 2

1

4

4

4

4

2

1

4

1

4 3 1

2 1

2

4

2

1

1 1

3

4

1

4 3

4

4 1

3

4

3

4

1

4

3

4

1 2

1

1

4

1

2

4 1

4

1

4

mapa com os jogos oficiais

TOP 2016: maior incentivo da história

estudantes entram em forma

Governo oferece bolsas para mil atletas e técnicos

Paraná Saudável combate obesidade com prática esportiva

ESPORTE O QUE O GOVERNO DO PARANÁ ESTÁ FAZENDO pELO ESPORTE paranaense

UM FUTURO DE VITÓRIAS Governo do Estado promove a prática de atividades físicas entre crianças e jovens, incentiva as provas amadoras e melhora as condições de treinamento dos atletas para fazer do Paraná uma referência no esporte


PARANÁ FAZ ESPORTE Lançada em março no I Encontro de Gestores Públicos do Esporte, em Foz do Iguaçu, a Revista Paraná Faz Esporte faz um raio-x do primeiro ano de atuação da secretaria.

paratletas reunidos

60 anos

O Governo do Paraná promoveu em dezembro a primeira edição dos Jogos Abertos Paradesportivos. A comunidade paradesportiva gostou da iniciativa: cerca de 1,2 mil atletas, árbitros e dirigentes participaram dos jogos, disputados em Londrina.

As secretarias do Esporte e da Educação farão, no segundo semestre, o lançamento de um livro em comemoração aos 60 anos dos Jogos Escolares do Paraná. A publicação terá fotos e relatos históricos.

Investimentos promovem jovens talentos do esporte descobertos nas escolas e em provas estaduais amadoras e os nacionais de alto rendimento

UM NOVO PLACAR

GOVERNO do estado duplica OS RECURSOS PARA promoção do ESPORTE Em dezembro de 2011, o Governo do Paraná criou a Secretaria de Estado do Esporte para transformar o esporte em investimento, projetar o nome do Estado em competições e promover a inclusão social. O aumento de recursos para o setor marca esta nova fase: os R$ 12 milhões que foram destinados ao esporte em 2012 dobrarão e saltarão para R$ 24 milhões em 2013. O crescimento de recursos veio também com novas parcerias com a iniciativa público-privada, que renderam mais R$ 61 milhões ao setor em 2012. A expectativa é ultrapassar R$ 100 milhões com mais parcerias em 2013.

Crescimento Evolução do investimento no esporte

2012

R$ 73 milhões

2013

R$ 100 milhões

Projetos saem do papel com parcerias O Governo do Estado envolveu a comunidade e buscou a ajuda de parceiros dos setores público e privado para colocar em prática seus projetos esportivos. Um dos principais programas da Secretaria de Estado do Esporte, o Talento Olímpico do Paraná (TOP 2016) concede bolsas de incentivo para atletas e técnicos com apoio da Lei de Incentivo do Ministério do Esporte e patrocínio das estatais Copel e Sanepar. O Programa Paraná Saudável, que estimula a prática de atividades físicas entre os jovens, também recebe recursos de parceiros, além dos investimentos destinados pelo Estado. O governo também ampliou o número de parcerias para promover os jogos regionais e estudantis do Paraná.


e

ele voltou

Jogos Oficiais

povos indígenas

Depois de dez anos, o projeto Piá Bom de Bola foi reativado com o nome de Jogos Escolares Bom de Bola. Os jogos são uma grande competição estadual de futebol promovida pelas secretarias do Esporte e da Educação e a empresa de alimentos Parati.

O Governo do Paraná incluiu em seu calendário oficial de competições a realização de todos os Jogos Estaduais: Jogos Escolares, da Juventude, Abertos, Universitários, Abertos do Norte do Paraná, Parajaps, Jogos da Primavera, Javis e Jarcans.

Em 2013, o Festival dos Povos Indígenas do Paraná passará a integrar o calendário esportivo do Estado. Deverão participar representantes de pelo menos 26 povoados indígenas das etnias caingangues, guaranis e xetás.

O técnico Robson Xavier com Artur e Julio Cesar, dupla vice-campeã do vôlei de praia na etapa de 15 a 17 anos dos Jogos Escolares

CELEIRO DE CAMPEÕES

Competições oficiais têm mais verbas Já foram aplicados R$ 7,4 milhões em premiações e na melhoria da infraestrutura dos jogos realizados no Estado. Os Jogos Escolares (realizados em parceria com a Secretaria da Educação), os Jogos da Juventude, os Jogos Abertos e os Jogos Universitários são eventos que movimentam todas as regiões do Estado, aquecem a economia dos municípios e aproximam atletas, torcedores e comissões técnicas. Com o objetivo de envolver ainda mais a comunidade e ampliar o número de atletas participantes, a fase classificatória dos Jogos Abertos passou a ser realizada em finais de semana e as disputas decisivas foram divididas em duas sedes.

GOVERNO do estado descobre OS futuros craques paranaenses nos JOGOS ESCOLARES

A bolsa do programa TOP Nacional é um incentivo especial, que me possibilita participar de competições estaduais, nacionais e até sulamericanas.” Hanna Yumi Ueda, atleta de tênis de mesa e bolsista TOP Nacional

Os Jogos Escolares, promovidos pelo Governo do Estado, são a maior competição esportiva da América Latina. No ano passado, os jogos reuniram quase 90 mil alunos/atletas. A etapa final, disputada nos municípios de Francisco Beltrão e Toledo, teve a participação de quase dez mil estudantes de mil escolas públicas e particulares do Paraná. Os Jogos Escolares são classificatórios para os Jogos Escolares da Juventude, disputadas em âmbito nacional. Além dos Jogos Escolares, o Governo do Estado retomou

outros de seus principais torneios esportivos: Jogos da Juventude, Jogos Universitários e Jogos Abertos, maior competição de rendimento do Paraná. Desde o ano passado, os Jogos da Juventude são realizados em novo formato, com as divisões A e B disputadas em datas diferentes. A separação possibilita maior envolvimento dos atletas e da comunidade. A cada edição, o número de participantes aumenta, assim como o investimento do Governo do Estado.


JOGOS UNEM PARANAENSES calendário de jogos esportivos contempla crianças e jovens de todas as regiões O Governo do Estado incentiva a prática de atividades físicas desde a infância dos paranaenses. Em competições escolares e do paradesporto, crianças e jovens crescem saudáveis, desenvolvem a socialização e o respeito e se afastam das drogas e da violência. Para os atletas profissionais, o governo cria mecanismos de incentivo e prêmios, constrói centros de excelência e novos locais para treinamento.

Praticantes do atletismo terão o mais moderno centro de treinamento do Brasil, em Cascavel

1

4

1 3 4

2

1.

Jogos Escolares do Paraná – ABRIL A AGOSTO REGIONAIS: Almirante Tamandaré, Rio Negro, Jandaia do Sul, Cambira, Brasilândia do Sul, Engenheiro Beltrão, Capitão Leônidas Marques, Cidade Gaúcha, Assaí, São Jorge do Oeste, Medianeira, Boa Esperança, Reserva do Iguaçu, Pinhalão, Jaboti, Irati, São Pedro do Ivaí, Carlópolis, Rio Branco do Sul, Nova Londrina, Cambé, Mandaguari, Paranaguá, Paranacity, Mangueirinha, Palmital, Ivaí, Telêmaco Borba, Palotina, Umuarama, União da Vitória, Wenceslau Braz. MACRO REGIONAIS: Campo Largo, Pinhão, Dois Vizinhos, Ubiratã, Cianorte, Ivaiporã, Cornélio Procópio. Final A: Toledo. FINAL B: Francisco Beltrão.

2.

3. 4.

REGIONAIS: Guaratuba, Telêmaco Borba, Carlópolis, Ibiporã, Paraíso do Norte, Cianorte, Goioerê, Capitão Leônidas Marques, Coronel Vivida, Laranjeiras do Sul, Santa Helena, Pitanga. FINAL A: Maringá FINAL B: Foz do Iguaçu

5.

FINAL: Londrina

2

1

3 1

1

Jogos Escolares Bom de Bola – agosto a dezembro

Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná – dezembro

1 4

REGIONAIS: Colombo, Irati, Ribeirão do Pinhal, Jandaia do Sul, Paranavaí, Iporã, Ubiratã, Medianeira, Dois Vizinhos, Laranjeiras do Sul, Santa Helena, Ivaiporã. FINAL A E B: São José dos Pinhais

REGIONAIS: Bandeirantes, Brasilândia do Sul, Colombo, Colorado, Douradina, Farol, Ibaiti, Jaguariaíva, Jardim Alegre, Lapa, Marilândia do Sul, Mariluz, Missal, Nova Londrina, Nova Tebas, Palmeira, Paraíso do Norte, Quedas do Iguaçu, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio do Sudoeste, São João, São Jorge d’Oeste, São Tomé, Sertanópolis, Teixeira Soares, Fernandes Pinheiro, Telêmaco Borba, Toledo, União da Vitória, Vera Cruz do Oeste. MACRO REGIONAIS: Campina Grande do Sul, Reserva do Iguaçu, Vitorino, Santa Helena, Santa Fé, Itaguajé, Godoy Moreira, Itambaracá. FINAL A E B: Astorga

Jogos Abertos do Paraná – MAIO, JUNHO E AGOSTO

4

Jogos da Juventude – julho e novembro

4

4

4

2

1

1 1 4

1

1

3

4

2

1

3

4 4 3 1

2 1

2

2

1 4

3 1 4

3

4

4 2

1 4

1


90mil ESTUDANTES

4

disputaram os Jogos Escolares de 2012

4 1

2

4 2

1

4

1

3

1

5

1

3

4

4

1

1

1

3

Verão Paraná em novas cidades

1

1

4

1

2

4

Pista de caminhada e academia na sede da Secretaria do Esporte, em Curitiba, são abertas à população

1

1

4

4

4

4

4 2

4

4 2 1 1 1

4 1

3

4

1

4 3

4

4 1

3 1

4

1

2

4 1

4

1

O Governo do Estado levou para mais cidades as atividades esportivas do programa Verão Paraná. Neste ano, o programa atendeu os municípios lindeiros ao lago de Itaipu e Cascavel. A intenção é atender mais regiões que possuam represas com áreas de lazer e também retomar o projeto no litoral. Em 2013, o Verão Paraná contemplou 14 cidades. Os participantes fizeram avaliações físicas, tiveram dicas sobre meio ambiente e prática de exercícios, e participaram de torneios esportivos – futebol sete, futebol de areia, bocha de areia, vôlei de praia e handbeach – e atividades recreativas – bets, frescobol, ginástica, caminhada, dama, dominó, xadrez. As atividades culturais tiveram shows musicais em todos os municípios participantes.


BOLSAS ESCOLARES

Vôlei no interior

No Paraná, 48 paratletas recebem o incentivo do Governo do Estado. As crianças e jovens que conquistaram a bolsa escolar aplicam o dinheiro em treinamentos e na compra de equipamentos para melhorar os índices nas competições.

O Núcleo de Iniciação ao Voleibol/ Instituto Compartilhar/Unilever, instalado na sede da Secretaria do Estado de Esporte, em Curitiba, leva o projeto de voleibol a 14 municípios paranaenses. Participam 1,7 mil crianças de 9 a 15 anos

Bolsas beneficiam esportistas de 27 modalidades olímpicas, como o ciclismo, e dez paralímpicas

TALENTO OLÍMPICO

Estrutura completa para mexer o corpo O espaço onde está instalada a Secretaria de Estado do Esporte, no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba, tornou-se uma referência para os praticantes de atividades físicas. São aproximadamente 20 mil metros quadrados utilizados diariamente por jovens, adultos e idosos. O Governo do Estado instalou no local pista de caminhada, academia ao ar livre, barras de flexão e quadras de tênis, futebol e voleibol de areia. Também há três ginásios que abrigam os centros de treinamento da equipe de ginástica olímpica e o Núcleo de Iniciação ao Voleibol/Instituto Compartilhar/Unilever. A academia da secretaria também esta à disposição da população. Para frequentá-la, é preciso doar duas latas de leite em pó, que serão destinadas a projetos sociais.

paraná investe alto em atletas e técnicos para ser referência

Evolução atestada em medalhas

O Talento Olímpico do Paraná (TOP 2016) é o maior programa de incentivo esportivo da história do Estado. Ele foi criado pelo Governo do Estado para fortalecer a base do esporte local. Na primeira etapa do projeto, o investimento foi de R$ 625 mil e, em 2012, chegou a R$ 7,3 milhões. Em 2013, com novos parceiros, deverá chegar aos R$ 10 milhões. Atletas e técnicos de 27 modalidades olímpicas e dez paralímpicas ganham bolsas para ajudarem a tornar o Estado uma referência nacional dos esportes. Em 2012 foram cinco categorias de bolsas: escolar, formador, nacional, internacional e técnico. Os recursos são do Governo do Estado, Copel, Sanepar e Lei de Incentivo do Ministério do Esporte.

Em um ano, quase duplicou o número de medalhas conquistadas por atletas beneficiados pelo programa Talento Olímpico do Paraná (TOP 2016) nos Jogos Escolares. Na final da competição de 2011, 12 bolsistas conseguiram 28 medalhas. Em 2012 esse número subiu para 45 medalhas. O Paraná teve ainda a melhor participação de sua história nas Olimpíadas Escolares, maior evento esportivo do Brasil para atletas em idade escolar. Os paranaenses ganharam 54 medalhas e o Estado ficou na segunda colocação geral entre alunos de 15 a 17 anos. O bom desempenho dos atletas, que vestiam uniforme verde, fez a delegação ganhar o apelido de “Força Verde”.

Modalidades do TOP 2016 TOP Escolar 450 bolsas de R$ 500,00 mensais

Atletas de 11 a 18 anos indicados por federações esportivas

TOP Formador 400 bolsas de R$ 150,00 mensais

Atletas de até 14 anos de escola pública, indicados pelos Núcleos Regionais de Educação

TOP Nacional 50 bolsas de R$ 1 mil mensal

Atletas que já estão competindo por entidades paranaenses com destaque

TOP Internacional 20 bolsas de R$ 1,5 mil mensal

Atletas que disputam competições internacionais e tenham vínculo federativo no Paraná

TOP Técnico 80 bolsas de R$ 850,00 mensais Técnicos de diversas modalidades


o mais moderno

NOVOS TABLADOS

JOGOS ESCOLARES

O Governo do Estado construirá em Cascavel um centro de excelência em atletismo, o mais moderno do país. O centro terá recursos de R$18,7 milhões. O governo também vai construir 24 pistas de atletismo para o treinamento no Paraná.

O Paraná tem oito escolas de talentos da Ginástica Artística, que atendem mil crianças. Outras quatro escolas serão instaladas em 2013: uma no litoral e três em Curitiba. A capital já conta com o Centro de Treinamento de Ginástica Artística, da seleção paranaense.

A fase regional dos Jogos Escolares é a primeira competição estadual oficial deste ano. Ao todo serão 32 cidades do Paraná sediando a maior competição escolar do Brasil. O calendário completo pode ser acessado no site www.esporte.pr.gov.br.

5,3MIL ALUNOS

da rede pública cadastrados no Paraná Saudável Cadastramento dos alunos incluiu informações sobre atividades físicas praticadas, hábitos alimentares, estatura e circunferência da cintura

Em 2012, os pesquisadores do programa Paraná Saudável, que utiliza o esporte para controlar a obesidade, coletaram informações entre estudantes da rede pública – estatura e circunferência de cintura, dados sociodemográficos, hábitos alimentares e da prática esportiva. Com apoio da SEED, SESA, SETI, SEDS e Ministério da Saúde, a Secretaria do Esporte é a responsável pelas ações de controle do peso corporal dos jovens cadastrados. Em 2013, a meta é chegar a 16,5 mil estudantes consultados em 94 cidades paranaenses, abrangendo os 32 Núcleos Regionais de Educação do Estado. A obesidade é responsável pelo surgimento de inúmeras doenças, como diabetes e as cardiovasculares.

JOVENS SAUDÁVEIS governo combate A OBESIDADE ENTRE OS ESTUDANTES com ESPORTES

O Governo do Paraná lançou o Paraná Saudável, programa que estimula a prática de atividades esportivas para controlar a obesidade infantojuvenil. O público alvo são os estudantes do ensino fundamental ao médio e suas famílias. Segundo levantamento do Estado, 9% dos estudantes da rede pública estadual são considerados obesos. Inicialmente, estão sendo aplicados R$ 2,2 milhões para as atividades do programa. Já foram coletados os dados de 11 mil alunos da rede pública de ensino que responderam questionários em 46 municípios. A Região Metropolitana de Curitiba e o Litoral foram os primeiros locais com a aplicação dos questionários que já atingiram 15 dos 32 Núcleos Regionais de Educação.

16.526

O Governo do Paraná está pensando a longo prazo e evitando futuras doenças ao identificar o sobrepeso entre as crianças e adolescentes.” Daniela Mergener e a filha Ana Flávia, estudante que participa do programa Paraná Saudável

EVOLUÇÃO DO PARANÁ SAUDÁVEL

Estudantes vão entrar em forma

5.249 2012

2013

ALUNOS

94 10 2012

2013

MUNICÍPIOS


webtv A Secretaria do Esporte lançou a SEESTV, que transmite alguns eventos esportivos pela internet. A estreia foi com a exibição do Campeonato Mundial de Futevôlei, em Curitiba. A SEESTV pode ser acessada no site http://www.esporte.pr.gov.br/.

VELOCIDADE EM TOLEDO

Festival da Reforma Agrária

Com apoio do Governo do Estado, Toledo terá o Autódromo Rafael Sperafico, que começará a funcionar como pista de arrancadão. Depois, sediará grandes provas, como os autódromos de Curitiba e Londrina.

Os assentados rurais do Paraná ganharam o Festival Esportivo e Cultural da Reforma Agrária, coordenado pela Secretaria de Estado do Esporte. As duas primeiras edições foram disputadas em Querência do Norte.

Prêmio Orgulho Paranaense: noite de festa para atletas e paratletas que fizeram história no esporte e para os vencedores das competições promovidas no ano

ELES VENCERAM

PRÊMIO ORGULHO PARANAENSE HOMENAGEIA ATLETAS E TÉCNICOS

Estado ganha disputa e traz X-Games

O Governo do Estado criou o Prêmio Orgulho Paranaense para homenagear atletas que tiveram destaque durante o ano nas competições ou que tenham história de relevância para o esporte local. A condição indispensável para receber o prêmio é ter nascido ou estar radicado no Paraná. A premiação é feita em seis categorias: Rendimento (um técnico, um atleta masculino e um feminino), Paradesporto (um técnico, um atleta masculino e um feminino), Revelação (um atleta masculino e um feminino, com idade até 15 anos), Jogos Oficiais (atletas de ambos os sexos que tenham sido destaque nos Jogos Estaduais), Mérito Esportivo (dez atletas) e Produção Literária (um trabalho). Há também a indicação dos

Foz do Iguaçu foi uma das seis sedes dos jogos mundiais X-Games. A cidade venceu a disputa com 40 cidades de 21 países pelas condições naturais. Criado em 1995, nos Estados Unidos, é o terceiro maior evento esportivo mundial e considerado a Olimpíada de Esportes Radicais. Ele é organizado internacionalmente pela rede norte-americana de televisão ESPN e pelo canal Disney XD. As disputas nas quatro categorias dos jogos – Moto, Rally, Skate e Bike BMX – foram exibidas em 480 milhões de lares em 200 países. O Governo do Estado assinou protocolo de intenções para a realização das edições de 2013, 2014 e 2015.

internautas (um atleta). O prêmio é uma parceria com a Rede Paranaense de Comunicação (RPCTV).

BRONZE E MÁRMORE

Acho fantástico que o Governo do Estado esteja olhando com carinho para todos que fazem o esporte no Paraná.” James Neto, técnico de Tiro Esportivo premiado com o troféu Orgulho Paranaense

O troféu do Prêmio Orgulho Paranaense é uma peça de bronze e mármore feita pelo artista Alfi Vivern. Ele representa a busca da superação dos limites e a força nas conquistas. Em cada categoria, há três indicados selecionados por uma comissão formada por representantes de federações esportivas e paradesportivas, da Secretaria de Esportes, do Conselho Regional de Educação Fisica e Ministério Público Estadual, da RPCTV e por dirigentes municipais.

ESPORTE é uma publicação da Secretaria de Estado da Comunicação Social do Paraná | www.pr.gov.br | www.comunicacao.pr.gov.br | @AENoticias_PR

Esporte  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you