Page 1

Página :

Jornal Escolar Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral julho de 2017

Ao chegar ao fim de mais um ano letivo é importante fazer-se o balanço das atividades efetuadas ao longo do ano pelos grupos disciplinares dos diferentes departamentos e de todos os ciclos. O Plano Anual de Atividades foi cumprido na sua globalidade de forma dinâmica e participada, integrado no projeto pedagógico do Agrupamento, tendo como objetivo promover um ensino de qualidade, numa escola inclusiva, em interação com todos os membros da Comunidade Educativa. O balanço das atividades referente aos diferentes ciclos, foi bastante positivo, evidenciando-se a constituição de parcerias educativas com instituições da comunidade educativa e o envolvimento/articulação das famílias nos projetos dos docentes. Como pontos fortes, destaca-se o empenho e o interesse com que as mesmas foram dinamizadas e realizadas pelos alunos e professores, bem como a articulação e a interdisciplinaridade que proporcionaram. As atividades previstas pelos diferentes projetos tiveram uma oferta bastante diversificada abrangendo conteúdos relacionados com a promoção de estilos de vida saudável, nomeadamente em atividades relacionadas com alimentação, atividade física, higiene e segurança. A gestão de comportamentos foi também uma preocupação constante, tendo em atenção o combate à indisciplina, ao abandono escolar e ao insucesso. Com a realização destas atividades procurou-se desenvolver uma boa relação interpessoal e reforçar a cultura de agrupamento através da articulação pedagógica e curricular entre os vários ciclos. A seleção de atividades e recursos pedagógicos inscritos no Plano Anual de Atividades procuraram res-

Número 15

ponder à diversidade das necessidades e motivações dos alunos, refletindo o esforço que este Agrupamento tem vindo a fazer no investimento da qualidade da educação, no combate ao insucesso e na orientação e valorização profissional em todos os graus de ensino. Tendo em conta as muitas atividades programadas e executadas ao longo do ano letivo 2016/2017 pelos docentes dos diferentes grupos disciplinares e ainda a excelente colaboração dos Assistentes que igualmente participaram nos Projetos, fazemos um balanço bastante positivo das Atividades desenvolvidas em prol dos alunos e do seu sucesso.

A Diretora.

Joaquina Lourenço NESTA EDIÇÃO: Educação Pré-Escolar

PÁG. 2

1º Ciclo

PÁG. 6

2º e 3º Ciclos

PÁG. 10

Eco-Escolas

PÁG. 14

2º Ciclo

PÁG. 17

3º Ciclo

PÁG. 18

Desporto Escolar

PÁG. 20

Heróis da Fruta

PÁG. 21

Humor Matemático

PÁG. 21

julho de 2017


Educação Pré—Escolar

Ano Letivo 2016/2017

A Márcia é uma boneca recém-nascida da nossa área da casinha. Como estávamos a falar das famílias, dos tios, cunhados, primos, avós e estava uma grande confusão, resolvemos fazer um batizado em família, com um personagem para cada um de nós. Antes , fizemos um bolo com 3 andares, e também combinamos o que vestir nesse dia para a festa ser perfeita

JI de Pontes de Monfalim


Página : 3

Educação Pré—Escolar

Nós gostamos muito de fazer trabalhos para oferecer aos nossos pais.

Para o Pai estampámos com tinta os nossos pés e as nossas mãos numa cartolina. Por último, pintámos bolinhas com os tatidedos de esponja à volta dessa cartolina. Ficou muito bonito!

Para a Mãe pintámos um postal em cartolina com lápis de cor. Pintámos com tinta e pincel um frasco para as flores. Inventámos um pequeno texto com frases bonitas para a Mãe. Ficou lindo! Amamos a nossa mãe e o nosso pai.

JI de Sapataria—Sala A julho de 2017


Educação Pré—Escolar

Ano Letivo 2016/2017

“Quem Conta Um Conto” é uma atividade integrada no Projeto “Um Livro…Um Amigo” levou os Pais/Encarregados de Educação ao Jardim de Infância para contar uma história às crianças. Foi uma atividade muito gratificante para todos. As crianças mostraram-se contentes pela presença dos seus pais/familiares na escola, e desenvolveram o gosto pelo livro e pelas histórias, que contribuíram para desenvolver a capacidade de imaginação, enriquecer o seu vocabulário e para o seu sucesso educativo. Agradecemos à Biblioteca Municipal e à Biblioteca Escolar que apoiaram a implementação deste Projeto, com obras/autores do Plano Nacional de Leitura e a circulação dos recursos existentes. Obrigada a todos.

Era altura dos Santos Populares (Santo António) e a mãe Susana veio à escola. Trouxe terra, copos e manjericos. Primeiro pusemos terra num copo. Abrimos um buraquinho na terra e transplantámos um manjerico. Por último regámos com água. Depois cada menino levou para casa o seu manjerico para oferecer aos pais. Mas não se pode cheirar o manjerico com o nariz, senão ele morre! Faz-se assim: com a mão tocámos no manjerico e depois cheirámos. Hum! Cheira tão bem!

JI de Sapataria—Sala A


Página : 5

Educação Pré—Escolar

Este ano letivo desenvolvemos um projeto que nos permitiu trabalhar as emoções e os valores. Utilizamos caixas de cartão para trabalhar diversos temas e conteúdos, para estimular a imaginação e realizar atividades diferentes e com criatividade. O ponto de partida foi o livro “Não é uma caixa”.

Depois demos asas à imaginação e, com caixas, construímos uma lareira na época do natal… Usamos caixas para experimentar técnicas de pintura diferentes – pintura com berlindes, … Com outra caixa, fizemos um painel para tirar fotografias com os amigos no dia de S. Valentim… E outras para construir um castelo para a dramatização da história “A Rainha das cores”… Com caixas de fósforos, a educadora construiu para nós umas gavetas especiais, como as do livro “O pássaro da alma”, para guardarmos as nossas emoções e desejos… Entre outras coisas, construímos também um baú do tesouro. E guardámos lá dentro o que para nós é o verdadeiro tesouro. Cada um de nós desenhou um amigo e guardámo-los todos lá dentro… Pois, aprendemos que “O verdadeiro tesouro... São os amigos!!!”

JI de Sapataria—Sala C julho de 2017


1º Ciclo do Ensino Básico 3º Ciclo

Ano Letivo 2016/2017

No dia 27 de abril, os animados alunos do 9ºE, receberam junto com a professora de Português, Graça Oliveira, na Escola Sede, a turma A do Jardim de Infância de Sapataria, da Educadora Zurita Marques, no âmbito do Projeto Outras Leituras – Trocas e Baldrocas. Catarina Pires e Joel Reis foram entusiasticamente receber os petizes, que eram ansiosamente esperados no PBX por Guilherme Marques. Os jovens, Ana Carolina, Ana Sofia Silva, Catarina Pires, Marta Matias, Rafael Santos e Tatiana Marinho, dominados pelo nervoso miudinho, ansiavam pela entrada dos garotos na Biblioteca da Escola sede, onde iriam apresentar, dois contos, Eu, Tu e Ele e A Bruxa Mimi, de forma dramatizada. O cenário, cuidadosamente executado pelos alunos, encontrava-se montado e o espaço, para os miúdos se sentarem junto com alunos do 9º E, tinha um ar acolhedor. A atividade realizou-se entre muito riso, comentários a propósito e despropósito, imperando a boa disposição. No fim, concluíram que todos juntos puderam aprender uns com os outros entre muita brincadeira e trocas de ideias sobre as mensagens veiculadas pelos pequenos contos. Na despedida, as saudades apertaram, pois já amigos do coração ficaram.

Professora Graça Oliveira


Página : 7

Professora

Luciana Fonseca

julho de 2017

1º Ciclo do Ensino Básico

Os alunos de Inglês do primeiro ciclo da Escola Básica de Sapataria participaram, ao longo do segundo e do terceiro períodos, na atividade English Speaking Competition, integrada no Plano Anual de Atividades e sob a coordenação da docente coordenadora de estabelecimento, Luísa Martins, e da docente de Inglês, Luciana Fonseca. Esta competição consistiu em fazer provas, que decorreram durante as aulas do segundo período, para encontrar os três melhores falantes de Inglês do terceiro ano e do quarto ano. Perante algumas situações de empate, foi realizada uma final com todos os alunos nessa situação e apuraram-se os vencedores de cada ano, já no início do terceiro período. No final do ano letivo, realizou-se uma cerimónia de entrega de prémios aos primeiros lugares e certificados de participação a todos os alunos, a qual contou com a participação do senhor Douglas Bissel, membro da comunidade que colaborou nesta atividade, oferecendo os troféus e os prémios aos alunos. Esta atividade teve uma aceitação muito boa por parte dos alunos e promoveu o sucesso e o gosto pela aprendizagem da língua.


1º Ciclo do Ensino Básico

Ano Letivo 2016/2017

Em janeiro, os alunos do 1º A da Escola Básica do Sobral deslocaram-se à sala dos seus “padrinhos”, os colegas do 3º C, para lhes mostrarem que já sabiam ler muitas palavras e realizarem uma atividade de articulação sobre o significado da leitura. Depois de uma conversa muito interessante sobre o assunto, cada um deu o seu testemunho, que ficou escrito num cartaz. E, como a leitura nos faz logo pensar em livros, decidimos oferecê-lo à nossa Biblioteca. A professora Maria José Lima ficou muito agradecida! Agora, cada vez que lá vamos e olhamos para a parede onde ele está afixado, além de relembrarmos a importância que a leitura tem para nós, percebemos que está no sítio ideal. Aqui fica o que foi registado nesse cartaz!

1º ano

Ler faz criar fantasia. Ler é fantástico. Ler é muito bom. Ler faz crescer. Ler é importante. Ler é espetacular. Ler é brincar com as palavras. Ler ajuda-nos a sonhar. Ler é impressionante. Ler é interessante! Ler é bonito. Ler faz aprender. Ler faz bem. Ler é extraordinário. Ler é fixe. Ler é giro. Ler é mágico. Ler faz-nos felizes. Ler é um tesouro na vida! Ler desenvolve o cérebro. Faz imaginar muitas coisas. Faz viver aventuras mágicas. Ler é poesia!

3º ano

Ler é fundamental para a imaginação! Ler é estudar de forma divertida. É lutar pela aprendizagem. Ler faz pensar. Ler é imaginar que estamos a viver aquela aventura! Ler é excelente. Ler é tornar as pessoas do mundo mais cultas! Ler é viajar na história! Ler faz acreditar na vida! Ler é aumentar a curiosidade. Ler é aprender e melhorar a cultura geral! Ler é fabuloso. Ler é ter amor! Ler é uma virtude! Ler é perfeito. Ler melhora as pessoas! Ler é viajar de mundo em mundo! Ler torna-nos sábios. Ler faz-nos ter curiosidade Ler faz com que escrevamos menos erros. Ler é aprender mais palavras novas.

Os alunos do 1º A e do 3º C da EBSMASQ e as suas professoras, Célia Monteiro e Fernanda Rua


Página : 9

1º Ciclo do Ensino Básico

Todos sabemos que a surpresa que existe numa mudança traz o receio do desconhecido. Por esse facto, as professoras do 1º A e do 3º C quiseram tornar menos difícil a fase de adaptação dos meninos que entravam no primeiro ano. Então, logo em setembro, cada menino mais velho foi padrinho de um colega caloiro, tomando a responsabilidade de o acompanhar nos bons e nos maus momentos. Além disso, ao longo do ano, tivemos oportunidade de fazer várias atividades juntos: partilhámos brincadeiras, lemos livros, trocámos presentes, ensaiámos a canção para o Projeto “Heróis da Fruta”, fizemos a festa da fruta, realizámos atividades de escrita… E agora, há um laço especial entre os meninos destas duas turmas!

Os alunos do 1º A e do 3º C da EBSMASQ e as suas professoras, Célia Monteiro e Fernanda Rua julho de 2017


3º Ciclo do Ensino Básico

Ano Letivo 2016/2017

Ao longo do presente ano letivo, os alunos realizaram diversas atividades nas aulas de Francês (com o objetivo de consolidar e desenvolver os seus conhecimentos linguísticos e culturais) que partilharam com a comunidade educativa através da sua divulgação.

“Natal”

Para celebrar a quadra natalícia, as turmas decoraram várias portas das salas de aula, utilizando vocabulário específico e demonstrando criatividade com o recurso a materiais reciclados. Foi um trabalho decorativo que contou com o contributo dos diferentes elementos da turma que manifestaram espírito colaborativo e de entreajuda. E porque Natal também é sinónimo de partilha e amor pelo próximo, os alunos puderam demonstrar o seu espírito de solidariedade, ao contribuir com vestuário usado que foi distribuído junto de diversas associações de solidariedade social portuguesas através da “Caixa solidária” dos CTT. Trabalharam, ainda, em sala de aula, o vocabulário do vestuário e expuseram algumas peças, acompanhadas da respetiva ficha de caracterização.

Professora Célia Silva


Página : 11

Para comemorar a “Chandeleur” que ocorre todos os anos no dia 2 de fevereiro, os alunos puderam confecionar e vender, no átrio da escola, o tão apetecível e quentinho crepe tradicional, contando com a participação entusiasta e animada da comunidade educativa.

“La Saint Valentin”

Os alunos recordaram a tradicional festa do “muguet” (lírio do vale), comemorada, em França, no 1º de maio, com a elaboração de postais e marcadores alusivos à célebre planta da sorte. Foi numa exposição primaveril que a comunidade educativa tomou conhecimento desta tradição que remonta ao século XV.

3º Ciclo do Ensino Básico

“La Chandeleur”

O dia de São Valentim foi celebrado com a decoração da árvore do amor na qual os alunos colocaram corações de papel com mensagens românticas por eles produzidas ou da autoria de personalidades francesas.

“La fête du muguet”

Grupo de Francês julho de 2017


3º Ciclo do Ensino Básico

Ano Letivo 2016/2017

“SuperTmatik - Vocabulário de francês” Pela primeira vez, os alunos puderam participar nos jogos do SuperTmatik de Francês. Após as várias eliminatórias realizadas na escola, primeiro dentro da turma e depois entre turmas do mesmo ano, foram apurados dois alunos por nível de escolaridade que representaram, com elevado nível, a nossa escola, no campeonato nacional online, ocupando lugares de destaque.

RESULTADO DOS ALUNOS A NÍVEL NACIONAL 3º 5º

ANO

NOME

7ºB 7ºE

André Silva Daniel Ferreira

8ºE 8ºE

Marta Ferreira Renata Gonçalves

25º 27º

9ºA 9ºD

Raul Sampaio Ricardo Nobre

18º 20º

NÚMERO DE ALUNOS PARTICIPANTES A NÍVEL NACIONAL 2 175

2 436

1914

Grupo de Francês

Mais uma vez, os alunos do 2º Ciclo participaram nos nos jogos do SuperTmatik de Língua Portuguesa e de História de Portugal. Após a explicação das regras do jogo, iniciaram -se as eliminatórias dentro da própria turma e depois entre turmas. Aqui ficam os nomes dos vencedores.

SUPERTM ATIK

CLASSIFICA ÇÃO 1º

Língua Portuguesa

2º 1º 2º 1º 2º

História de Portugal

1º 2º

NOME João Lourenço Gabriela Guimarães Madalena Dionísio André França Inês Reis Beatriz Marques Ana Catarina Rego Tomás Hagatong

ANO e TURMA

6º B 6º C

6º A


Página : 13

2º/3º Ciclos e Secundário

O Dia do Pi é comemorado em 14 de março (3/14 na notação norte-americana), por 3,14 ser a aproximação mais conhecida de π. O auge das comemorações acontece à 1:59 da tarde (porque 3,14159 é uma aproximação de π). Para comemorar este dia decorreu uma atividade na escola sede dinamizada pelos grupos 230 e 500. A atividade envolveu uma exposição de uma aproximação do valor de π, contendo algarismos realizados pelos alunos da escola sede deste agrupamento, envolvendo 1200 dígitos num total de cerca de 600 metros de exposição.

No passado dia 13 de junho organizou-se uma atividade “Fantásticos da Matemática”, no âmbito da disciplina de Matemática (grupos 230 e 500). Tal como nos sete anos anteriores, e pela importância de cultivar a excelência e valorizar a dedicação e o esforço no trabalho, o desempenho escolar à disciplina de Matemática, assim como o empenho na participação nas atividades do Plano Anual de Atividades realizadas com mérito ao longo deste ano letivo, um grupo de 68 alunos viajou até ao Vimeiro. A atividade consistiu numa caminhada entre a praia de Santa Rita e a Fonte dos Frades (Vimeiro), realizando em pequenos grupos um peddy paper que finalizou com algumas atividades junto à referida fonte, posteriormente procedeu-se a um almoço convívio no Parque Fonte de Lima (Santa Bárbara) e uma tarde nas piscinas do Vimeiro. No regresso à escola, todos se mostraram satisfeitos e manifestando interesse em voltar a repetir a aventura. Os coordenadores desta atividade parabenizam todos os alunos participantes, bem como respetivos pais, encarregados de educação e docentes que acompanharam estes alunos ao longo de todo o ano letivo.

Professora Célia Silva julho de 2017


Eco-Escolas

Ano Letivo 2016/2017

O dia mundial do Ambiente celebrase a 5 de junho, assinalando o dia em que teve início a primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Esta comemoração visa alertar as populações e os governos para a necessidade de proteção e preservação do ambiente. Na escola sede do Agrupamento, esta data foi assinalada através da realização de uma feira ecológica, organizada pelo Projeto Eco-escolas e Projeto de Educação para a Saúde em coordenação com o Projeto Eco -EDA ( Empenho, Dedicação e Ação) e o projeto BELOS ( Brigada Escola Limpa Organizada e Segura), na qual toda a comunidade educativa foi convidada a participar. Foi um evento muito participado que trouxe forte dinamismo e alegria a um dia tão especial. Neste mesmo dia, foram também realizadas duas palestras dinamizadas pela Drª Cristina Abreu, veterinária da Municipal de Sobral de Monte Agraço, com o tema “Ambiente e Saúde Animal”, destinadas aos alunos do 2º e 3º ciclos. Paralelamente a estas atividades, houve ainda uma exposição de trabalhos dos alunos do 8º e 9º anos, na ala do estudante, sobre os recursos naturais renováveis e não renováveis e sobre os problemas ambientais/respetivas medidas para atenuá-los.

Coordenadora da Eco-Escola Professora Maria Gabriel Pipa

PALESTRA

EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS


Página : 15

Eco-Escolas

Em Junho, foi enviado para concurso nacional, o poster Ecocódigo eleito entre os muitos cartazes de excelente qualidade, elaborados pelos alunos do 9º ano. O cartaz tem a autoria das alunas Cristina Korobka, Matilde Reis e Nikole Boyko . Esta atividade foi dinamizada pelo Projeto Eco-escolas e envolveu todas as turmas da escola, através dos seus Diretores de turma, em Educação para a cidadania, onde foram elaboradas frases de conduta ambiental, sobre os temas: água, energia, resíduos e a floresta. O Ecocódigo foi o resultado da seleção das melhores frases. Na disciplina de Educação Visual, os alunos elaboraram o cartaz Eco-código.

Coordenadora da Eco-Escola Professora Maria Gabriel Pipa

julho de 2017


2º Ciclo do Ensino Básico

Ano Letivo 2016/2017

Se a natureza queremos preservar

As aves com as penas coloridas

Com o Eco-Escolas vamos colaborar

A voar sobre os céus brilhantes

As aves devemos entender

Pousaram nas suas casas de pássaros

Para não morrerem, abrigos vamos fazer!

Com os seus comedouros cintilantes!

Os pássaros que andam no céu

As folhas e flores crescem ao sol

Que livres que eles são

E elas não são para estragar

As suas penas tão coloridas

Neste Dia Mundial da Árvore,

Pena que alguns estejam em extinção!

O lixo vamos reciclar.

Com a extinção das aves

Preservar a Natureza

Vamos todos acabar

Para dela cuidar

Se terminarmos com isso

Pois no dia seguinte

Podemos todos celebrar!

A floresta irá brilhar!

Quadras elaboradas em Português em articulação com o ECO-ESCOLAS – 5ºB


Página : 17

De facto, o professor Rui Arménio quis associar a comemoração dos seus 20 anos de docência musical neste Concelho, no decorrer de todo o ano letivo, iniciando-se com o Dia da Música e terminando com a abordagem do Hino Nacional nas turmas de 6º ano. Assim, entre 11 e 14 do passado mês de Outubro de 2016, todas as turmas do 2ª Ciclo tiveram oportunidade de visitar a Exposição com o nome acima referido, com miniaturas de instrumentos musicais pertencentes ao Espólio Pessoal do Docente, outros em tamanho real expostos no interior da nossa BE, bem como, contactar com alguma bibliografia exposta igualmente na Biblioteca, simpaticamente preparada, em articulação, pela Equipa da mesma, a que se associou um pequeno passatempo/ concurso denominado “Com passo”, conforme previsto no PAA de Educação Musica Musical e Biblioteca Escolar da Escola-Sede do Agrupamento. Como exemplo, apresentam-se em fotografia alguns dos momentos destas iniciativas, que igualmente já foram relatadas na página interativa da BE. De lamentar, o desaparecimento de uma das miniaturas expostas, pois como sempre há alguém a quem a destruição é lema de vida, mas não conseguiu estragar a festa e a nossa alegria, o crime não compensou… Finalizando, a atividade acima descrita constituiu mais uma oportunidade de desenvolver a sensibilidade artística dos seus intervenientes, procurando ser uma aula ainda mais interativa, cujo resultado, segundo os mesmos valeu mesmo a pena! Até ao próximo ano letivo.

O Delegado de Educação Musical Professor Rui Arménio

julho de 2017

2º Ciclo do Ensino Básico

Foi este o tema que serviu de mote à comemoração do Dia da Música deste ano letivo que agora finda.


3º Ciclo do Ensino Básico

Ano Letivo 2016/2017

Poema sobre Holocausto, realizado por alunos do 9º A no âmbito da disciplina de História, e que foi enviado para concurso promovida pela associação Memoshoá. E do nada Tudo em mim escureceu Como num dia de trovoada Em que o sol nunca nasceu…

O meu tio lutou na guerra Mas não foi reconhecido Ele morreu por esta terra! Dos memoriais foi excluído…

E foi em 1933 Que houve uma enxurrada de leis pela primeira vez.

A minha família foi posta na rua Não eramos dignos de morada Isto era a arianização dura e crua Igualdade era uma memória passada

Limitavam-nos na participação Destruíram a união Para a vida pública alemã Eu já não era uma cidadã Um dia chegou meu pai, em lágrimas lavado Para o parlamento não era mais aceitável O ambiente em casa ficou pesado Para o seu cargo já não era mais confiável. Cheguei ao portão da escola e para mim estava fechado A minha alma e dos meus tornou-se instável Naquele instante vi o meu futuro arruinado Como pode o ser humano ser assim tão deplorável?! Era nas peças da minha mãe que a esperança prevalecia E como criança, via no teatro um pouco de magia Contudo a nuvem negra não tardou Em 1934 essa magia acabou.

O engano perante os que vinham de fora… Em 36 nos jogos de Berlim Pensavam que era como outrora E á desigualdade não puseram fim Em 37 o meu pai voou Para sempre, longe de mim Foi o racismo que o matou Á porta do hospital, numa espera sem fim. Oh! Noite, noite, «Noite de Cristal» Que nome mais bonito para algo que nos fez tão mal Não mais assisti teatro ou um jogo de futebol Vandalizaram até a Sinagoga que era o meu único raio de sol!

Em 1935 nem cidadania eu tinha Antes das leis de Nuremberg nem sonhava o que aí vinha.

Andava com a estrela de David A minha identificação Desde a primeira vez que a vi Abriram-se as portas da escuridão

Votar nós não podíamos… Ser curados muito menos Esperança nós já não víamos Neste país de obscenos

Isolaram-nos num gueto Onde havia sempre confusão Que sítio obsoleto Eramos como animais, trancados numa prisão.


Página : 19

3º Ciclo do Ensino Básico

Levaram-nos a uma carruagem Para a nossa nova vida Inocentes e com o sonho da viagem Não vimos que era um beco sem saída. Auschwitz foi o meu último lar Cheguei lá cheia de esperança Despiram-nos, tiraram o que não tínhamos para dar Por momentos jurei vingança!!! Esperei numa fila para o banho prometido Tentei descansar depois do que tinha sofrido Separaram-me da minha mãe e mandaram-na trabalhar Nunca mais irei esquecer aquele triste último olhar… Encostei-me na parede e vi o mundo desabar Água nunca saiu… apenas uma espécie de ar Olhei em volta e vi todos no chão Falharam-me as forças e deixei de lutar em vão Respirei fundo e quando os olhos de novo abri Vi que seis milhões de anjos estavam a olhar para mim Foram vítimas de crueldade humana como a que eu vivi Senti-me em paz pela primeira vez em tempos num paraíso sem fim. Esta história relata a injustiça que vivi A mesma dos anjos que aqui estão ao pé de mim Aprendam com os erros com que eu própria sofri Não deixem outro homem mau, ao sonho, por um fim!

Cristina Korobka, Mariana Costa, Matilde Reis e Nikol Boyko

julho de 2017


Desporto Escolar

Ano Letivo 2016/2017

O grupo de Desportos Gímnicos do Desporto Escolar, na especialidade de Ginástica Artística, orientado pela professora Sofia Carvalho e com 28 alunos inscritos, participou ao longo do ano nos cinco encontros obrigatórios, ob1º Encontro =Maxial=

2º Encontro =Maxial=

É de louvar o grande empenho e companheirismo que estas atletas e atleta demonstram ao longo do ano, Bem Hajam.

Formação de Juízes

18.11.2016

12.12.2016

tendo os resultados apresentados.

Nível 1

Fem

Masc 20.02.2017

Nível 1

3º Encontro =Lourinhã=

Nível 2

Nível 1 4º Encontro =Bombarral=

Fem

Masc Fem Prova Combinada

Fem

Masc

29.03.2017

Fem Nível 2

Escola

Prova Combinada

Mariana Ferreira Bárbara Miguel Madalena Filipe Beatriz Duarte Tayna Medeiros Ana Lúcia Paixão Sofia Brilha Rodrigo Guerreiro Ana Rego Tayna Medeiros

Clas. 9º 18º 25º 27º 29º 31º 33º 2º 13º 16º

Beatriz Marques

Lesão

Bárbara Miguel

Lesão

Sofia Brilha

Lesão

Rodrigo Guerreiro Ana Antunes Inês Justino Maria Azevedo Beatriz Marques Raquel Mourão Ana Rego Tayna Medeiros Sofia Brilha Rodrigo Guerreiro Nádia Fernandes Ana Antunes Inês Justino Maria Azevedo Mafalda Lopes

30.05.2017

Convívio Final

14.06.2017

Apresentação de esquemas de grupo =Torneio 7º e 8º anos=

3º 1º 1º 4º 14º 15º 17º 19º 26º 3º 1º 2º 1º 2º 4ª


Página : 21

1º Ciclo do Ensino Básico

No âmbito do projeto “Heróis da Fruta”, elaborámos umas quadras sobre a importância da alimentação saudável. Gosto de fruta e de chocolate

Comer comida saudável

Mas o chocolate faz-me mal

Ajuda a ter energia

Devo comer o que me faz bem

É mesmo muito agradável

E não o que me é prejudicial

Se o fizermos dia-a-dia

Comer peixe e carne

Vegetais e leguminosas

Para uma alimentação saudável completar

Ajudam-nos a crescer

Não esquecendo o leite

As frutinhas, bem gostosas

Que podemos beber ao deitar

Dão saúde para viver

3º C da Escola SMASQ

ANO: VIII

DESIGN GRÁFICO: Márcia Alves

EDIÇÃO: julho de 2017

IMPRESSÃO: versão on-line

PROPRIEDADE: Agrupamento de Escolas

COLABORADORES: Comunidade Educati-

Joaquim Inácio da Cruz Sobral

DIRETORA: Joaquina Lourenço

va do Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral

TIRAGEM: versão on-line

COORDENADORA: Márcia Alves julho de 2017

AEJICS Jornal nº 3 2016 17  
AEJICS Jornal nº 3 2016 17  
Advertisement