Page 1

Página :

Jornal Escolar Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral janeiro de 2016

Número 10

NESTA EDIÇÃO: Dia do Diploma

PÁG. 2

O Esforço Recompensa

PÁG. 5

Exposição “Jogos do Mundo”

PÁG. 6

Dia das Bandeiras Verdes

PÁG. 7

Dias Mundiais da Alimentação, das Massas e de S. Martinho

PÁG. 8

Hastear da Bandeira “Eco-Escolas”

PÁG. 10

“Halloween” e “Guy Fawks”

PÁG. 10

Magusto

PÁG. 12

Dia Mundial do Não Fumador

PÁG. 13

Geração Saudável

PÁG. 13

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

PÁG. 14

Escola Segura

PÁG. 15

Exposição e concurso “Rosa dos Ventos”

PÁG. 16

Em nome do AEJICS quero desejar a toda a comunidade educativa um Bom ano 2016, com Saúde, Paz, Alegria e muito Amor. Que seja um ano em que possamos concretizar os nossos objetivos de vida, a nível pessoal e profissional. Em especial aos nossos alunos, queremos desejar igualmente sucesso académico na sua vida escolar e muita saúde e prosperidade para todas as famílias.

A Diretora.

Joaquina Lourenço Joaquina Lourenço (Diretora do AEJICS)

Atividades de Natal

PÁG. 16

Dia Mundial da Música

PÁG. 22

BOLSA DE MÉRITO

Os Ouriços-cacheiros

PÁG. 22

“Bela Infanta” - outras versões

PÁG. 23

Relação Escola-Família

PÁG. 24

Humor Matemático

PÁG. 25

A Universidade Católica de Lisboa enviou uma carta, informando e felicitando a escola pelo excelente desempenho no Ensino Secundário de Miguel Alves do Vale, aluno da licenciatura em Gestão, a quem foi atribuído isenção total de propinas, por fazer parte do programa de Bolsas de Mérito. janeiro de 2016


Quadro de Honra

Ano Letivo 2015/2016

No passado dia 25 de setembro de 2015, a Diretora do Agrupamento de Escolas procedeu à entrega dos diplomas de Quadro de Honra e de Mérito, na Escola sede do Agrupamento, na presença de vários elementos da Comunidade Educativa: professores, alunos, assistentes operacionais e técnicas, APAEVES, Autarquia, GNR,…

1º Ciclo do Ensino Básico

2º Ciclo do Ensino Básico


Pรกgina : 3

Quadro de Honra

3ยบ Ciclo do Ensino Bรกsico

janeiro de 2016


Quadro de Honra e de Márito

Ano Letivo 2015/2016

Ensino Secundário

Mérito


Página : 5

No ano letivo de 2014/2015 os vencedores foram os seguintes: Pré– escolar – Turma A do JI de Sapataria; 1º Ciclo – 4º A da EBSMASQ; 2º Ciclo – 5º B;3º Ciclo – 7º A e 9º B; Ensino Secundário – 10ºA, 10ºB,12º A e 12º B. Aos alunos da educação Préescolar, 1º Ciclo e 2º Ciclo foram oferecidos bilhetes duplos, gentilmente cedidos pelo Cine-Teatro de Sobral de Monte Agraço. Os alunos do 3º ciclo e do 10º e 11º ano deslocaram-se à serra de Montejunto no dia 5 de outubro, sendo o transporte financiado pela Associação de Estudantes do AEJICS. As condições meteorológicas adversas apenas possibilitaram a visita à Real Fábrica do Gelo, impedindo a realização das atividades

desportivas de contacto com a natureza, organizadas pelos professores de Educação Física. Os alunos que concluíram o 12º ano conquistaram o seu próprio prémio: o início de uma nova aventura, seja a entrada no ensino superior ou o ingresso na vida ativa.

A Escolha é Nossa

O projeto “A Escolha é Nossa”, em vigor desde o ano letivo de 2012/2013, pretende envolver os alunos de uma forma ativa e positiva no seu sucesso escolar e na melhoria do espaço escolar como meio socioafetivo, bem como fomentar o desenvolvimento de projetos promotores de uma consciencialização cívica.

A todos os alunos, respetivos educadores/professores titulares de turma/ diretores de turma e Encarregados de Educação das turmas vencedoras da Escolha é Nossa um bem-haja pelo empenho no sucesso escolar e participação ativa nas atividades do PAA, através da concretização de projetos da turma. Congratula-se ainda todos os alunos das turmas cujo envolvimento foi também honroso pelo empenho no seu sucesso escolar. Fica, a todos, o convite à continuidade deste envolvimento no sucesso escolar e no comprometimento cívico.

janeiro de 2016


Matemática

Ano Letivo 2015/2016

(Integrada na Comemoração dos 10 anos de participação do Agrupamento no Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos (CNJM)) Entre 12 e 23 de outubro, esteve patente ao público, na Galeria da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, a exposição “Jogos do Mundo”, da autoria e pertença da Associação de Professores de Matemática (APM). Fruto de intensa pesquisa, esta exposição era composta por 30 jogos de tabuleiro oriundos de diversos continentes, manifestação consequente de culturas e povos díspares do mundo inteiro.

É um dado adquirido que os jogos motivam para a aprendizagem da Matemática quer na vertente pedagógica, quer na cultural, histórica e competitiva; na sua face pedagógica, por exemplo, eles ajudam a desenvolver o pensamento abstrato e criativo, impulsionando à prática de raciocínios mais ou menos elaborados. Nestes jogos matemáticos, cada tabuleiro encontrava-se acompanhado de informação mais detalhada sobre a história do jogo, a sua origem e respetivas regras. Esta exposição surge integrada na comemoração do 10º aniversário da participação dos alunos no Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, que decorre no presente ano letivo. Assim, foi com grande satisfação que os coordenadores da atividade tomaram conhecimento que o número de visitantes à exposição foi de mil e sessenta e seis, dos quais oitenta e dois não a visitaram inseridos em turmas do Agrupamento (dados estes fornecidos pela responsável, a nível municipal, da Galeria). Os visitantes puderam deste modo contactar, de forma fácil e acessível, com um inegável legado do património universal e, simultaneamente, permitiu-lhes o ingresso no mundo fascinante dos jogos de tabuleiro. Tudo isto foi exequível com a colaboração do município, pois seria de todo impossível, se assim não fosse. Os coordenadores congratularam-se com a adesão dos professores dos Grupos 110, 230 e 500 à iniciativa, o que de certa forma se considera ser um contributo, a par do empenho dos alunos, para os resultados que os nossos alunos têm alcançado a nível nacional nestes últimos nove anos.


Página : 7

Eco-Escolas No dia 14 de outubro uma delegação de alunos e professores da Escola Básica e Secundária deslocou-se a Torres Vedras para participar no Dia das Bandeiras Verdes 2015, evento do programa Eco-escolas, promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa. De manhã, a nossa escola dinamizou um ateliê de origami em papel reciclado, que foi muito participado por alunos de escolas de todo o país.

À tarde, realizou-se uma cerimónia onde recebemos a bandeira Eco-escolas, que premeia o nosso trabalho em prol de uma escola e comunidade mais sustentáveis. Começámos este projeto em 2008 e desde aí, todos os anos letivos é implementado.

janeiro de 2016


JI da Sapataria

Ano Letivo 2015/2016

No Dia Mundial da Alimentação fizemos espetadas de fruta, e um batido de fruta. Hum! Que delicia!

Experimentámos a pintura com os dedos para pintarmos as folhas de outono! Ficaram lindas! Recortámos e colámos as árvores de outono.

O que aprendemos sobre o outono, ficou registado numa folha grande de papel de cenário.

As nossas Árvores do outono feitas e recorte e colagem.


Página : 9

PES

Os alunos aprenderam palavras em Inglês sobre o dia de São Martinho e o dia Mundial da Alimentação através de jogos em grupo.

O Dia Mundial das Massas comemora-se anualmente no dia 25 de outubro e tem como grande objetivo reforçar o conhecimento sobre as vantagens do consumo das massas. A ideia da comemoração do Dia Mundial dedicado às massas surgiu em 1995 num congresso mundial de massas. Três anos depois (1998) foi instituído o “Dia Mundial das Massas” pela International Pasta Organization. As massas são ricas em fibras e quando produzidas a partir de trigos duros, são consideradas 100% naturais e de ótimas qualidades nutritivas. Normalmente a massa é feita com uma pasta de pão sem fermento que de seguida é submetida a múltiplas moldagens adquirindo diversas formas. As massas são uma grande fonte de energia proporcionando um bom equilíbrio energético e contendo também uma grande variedade de vitaminas. Fazem parte do maior grupo da Roda dos Alimentos ocupando uma função importante na alimentação diária. Termino a minha investigação aconselhando o consumo de massas na dieta do dia-a-dia.

janeiro de 2016


Inglês e Eco-escolas

Ano Letivo 2015/2016

No dia 11 de novembro decorreu a cerimónia do hastear da bandeira Eco-escolas, com a presença de toda a comunidade escolar. Esta bandeira fica hasteada durante todo o ano, representando assim o reconhecimento nacional do esforço desenvolvido por alunos, professores e funcionários, em parceria com a autarquia e outras instituições locais, na dinamização de um excelente trabalho desenvolvido na área da Educação Ambiental.

No final do mês de outubro e início de novembro, foi feita uma exposição com as máscaras elaboradas pelos alunos do 6º ano sobre Guy Fawkes, o homem que tentou fazer explodir o parlamento inglês mas que foi apanhado e morto. Hoje em dia é festejada (a 5 de Novembro) a sua morte, em Inglaterra. As crianças vão de porta em porta a pedir moedas para comprarem fogo de artifício ou como lá dizem: “A penny for the guy”, e com o fogo de artifício usam-no numa fogueira para queimar um boneco que retrata o “Guy”. Para comemorar o Halloween, enfeitaram-se as portas das salas com bruxas, caveiras, morcegos, castelos,… Os trabalhos expostos foram realizados, em interdisciplinaridade nas disciplinas de Inglês e Educação Tecnológica.


Página : 11

Inglês no 1º Ciclo As salas de aula foram invadidas por esqueletos, morcegos, monstros e aranhas com a mensagem “Happy Halloween”! Houve tempo para aprender uma canção e ainda para ouvir e contar uma história de assustar: “In a dark, dark wood…”

Os perus de Ação de Graças estiveram a decorar as salas com mensagens de agradecimento.

janeiro de 2016


CE da Sapataria

Ano Letivo 2015/2016

Às 11 horas demos início a um lanche partilhado com todos os alunos do 1º ciclo e JI.

No dia 11 de novembro comemorámos na nossa escola o Dia de S. Martinho. O dia começou de forma animada com o visi-

Recebemos também a ajuda do Avô que assou

onamento de um PowerPoint da Lenda de S.

as nossas castanhas para que as pudéssemos

Martinho.

saborear bem quentinhas.

Por fim terminámos as nossas ilustrações e ficamos muito orgulhosos com os resultados obtiCada turma decorou os cartuxos com elementos alusivos ao S. Martinho, para colocar as castanhas assadas.

dos.


Página : 13

PES A turma do 6ºB comemorou o dia Mundial do Não Fumador com a visita a uma exposição promovida pelo PES e localizada no átrio principal da nossa Escola. Fiquei impressionada com os constituintes do tabaco, por exemplo não sabia que do tabaco faz parte substâncias tóxicas tais como a naftalina que serve para matar traças, o fósforo que é usado em veneno para ratos, o formol que é utilizado para conservar cadáveres , entre outros. Nesta visita cada aluno tinha que resolver um crucigrama (dado pela professora de Ciências), com base nas informações que constavam nos placares da exposição. Após esta exposição acredito que toda a turma ficou sensibilizada para os problemas de saúde que um fumador pode ter.

No dia 4 de dezembro participamos na atividade “Geração Saudável”. A atividade decorreu num autocarro articulado em que os protagonistas foram a turma do 6ºB e farmacêuticos estagiários. Estes orientaram todas as atividades realizadas. De todas as situações que nos foram proporcionadas, a que consideramos mais interessante foi a informação sobre a diabetes. A diabetes é uma doença metabólica que é caracterizada por um aumento anormal do açúcar (glicose) no sangue. Assim aprendemos que existem 3 tipos de diabetes. Os principais sintomas são: sede, urinar muitas vezes, cansaço, visão turva, aumento de apetite e a perda de peso. Também soubemos que a diabetes (tipo 1) não tem cura, mas pode ser controlada através da medicação e controlo dos níveis de açúcar no sangue. Concluímos que para controlar o nível de açúcar no sangue precisamos de ter uma alimentação equilibrada, praticar com regularidade exercício físico e tomar medicação diariamente, se assim for necessário. Terminamos com uma aula de exercício físico dada pelo robô – GS da Geração Saudável

janeiro de 2016


Educação Especial

Ano Letivo 2015/2016

Para comemorar e sensibilizar as nossas crianças de forma a compreenderem as dificuldades, os direitos e que, as nossas atitudes podem melhorar a qualidade de vida das pessoas portadoras de deficiência, as docentes de Intervenção Precoce do AEJICS, que pertencem à ELIAASMA, enquadrada no SNIPI, dando seguimento ao Plano Anual de Atividades 2015/2016, dinamizaram uma sessão de sensibilização “Aprendizagem Diferenciada”, para as crianças dos 0 aos 6 anos, com colaboração das coordenadoras e educadoras de infância dos Estabelecimentos, com crianças que beneficiam do apoio da ELIAASMA. A ação, consistiu na visualização do filme "Ruca conhece o Ruben" (que é surdo), seguido de um jogo de Mímica, levando as crianças a colocaram-se no lugar do outro. A atividade teve grande aderência e foi muito positiva com resultados surpreendentes, as crianças contaram as suas experiências e através do jogo experimentaram algumas das dificuldades de querer dizer algo sem poderem fala. No final do jogo ainda fizeram um registo da atividade através de desenhos. (Professora)


Página : 15

CE da Sapataria

A Escola segura esteve no dia 16 de dezembro na nossa escola . Aprendemos que não devemos fazer mal a ninguém como por exemplo: Não molhar, não empurrar, não puxar os cabelos, não chamar nomes aos colegas e adultos e não mexer nas coisas de ninguém sem autorização.

nou-nos que não devemos estar muito tempo quer nos computadores quer nos tabletes a jogar, nem ter conta nas redes sociais antes dos 14 anos. Nós gostamos muito desta visita.

Foi-nos dito também que devemos respeitar todas as pessoas, quer no autocarro, refeitório ou aula de natação. O senhor Cabo Silva ensinou-nos também a ter uma alimentação saudável que consiste em comermos a sopa, a fruta, o prato principal que pode ser carne ou peixe acompanhado de legumes, arroz, massa ou batatas. Disse-nos também que devemos mostrar a caderneta escolar aos nossos pais uma vez por semana para eles possam controlar o nosso comportamento. Em relação ao usa das tecnologias, ensi-

janeiro de 2016


Inglês no 1º Ciclo e Geografia

Ano Letivo 2015/2016

O grupo de Geografia da nossa Escola propôs aos alunos do 7º ano construírem Rosas dos Ventos com materiais recicláveis. Foi-lhes pedido que usassem a imaginação, a criatividade, a sensibilidade, o rigor científico. E assim surgiram as obras… umas em cartão, outras em cartolina, também em esferovite, em cortiça, em tecido, em plástico… decoradas com rolhas, tampas, palitos, fósforos, cápsulas de café, molas de roupa, talheres de plástico… todas engrandecidas com a dedicação e empenho dos alunos participantes. Uma vez mais a ala do estudante foi enriquecida com os trabalhos dos nossos alunos! Desta vez, as Rosas dos Ventos expostas foram vistas e apreciadas por todos quantos passaram por aquele espaço! Parabéns a todos os que participaram e contribuíram com os seus trabalhos para esta exposição. O grupo de Geografia elegeu os seis melhores tendo em conta os materiais utilizados, a estética e a correção científica. Parabéns à Mariana Alegria, à Mariana Lagadoiro e ao Tiago Tomás, do 7ºA, ao Tomás Cascalho do 7ºC, à Adriana Faísca, do 7ºD e à Marisa Ferreira, do 7º E. Bem hajam pela vossa participação. Contamos com todos num próximo desa-

fio.

Várias mãozinhas formaram uma árvore cheia de bolinhas com imagens natalícias para descobrir em cada dia! Luzinhas e árvores de Natal 3D decoraram as salas com a mensagem “Merry Christmas!” e todos aprenderam uma alegre canção de Natal.


Página : 17

Eco-Escolas Parabéns a todos os que participaram empenhadamente na decoração de natal da nossa escola, utilizando materiais reciclados e reciclando os materiais da festa, demonstrando uma atitude consciente e responsável a favor da sustentabilidade ambiental. A propósito, lembramos que a escola está a recolher diversos tipos de materiais para encaminhar para a reciclagem, desde papel, papelão, plástico, tampas de plástico, rolhas de cortiça, eletrodomésticos, pilhas, óleo, cápsulas Nespresso e escovas de dentes. Porque TODOS consumimos recursos, TODOS temos o dever de minimizar os impactos desse consumo na degradação do planeta.

janeiro de 2016


Francês

Ano Letivo 2015/2016

LES VOEUX POUR NOËL ET LA NOUVELLE ANNÉE 2016

O Natal chegou às salas de aulas Os alunos do 3º ciclo do Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral deram início à quadra natalícia com a elaboração de postais, sob a orientação das professoras de Francês. Recorrendo a diversos materiais, à criatividade e imaginação, os alunos expressaram os seus votos de Natal e para o Novo Ano, em língua francesa, partilhando-os, numa exposição aberta, com a restante comunidade educativa.


Página : 19

JI da Sapataria

No dia 15 de dezembro de 2015, fizemos a nossa Festa de Natal. Cantámos canções, dissemos poesias e os nossos pais representaram o teatro da história “As filhós de Natal”. Gostámos muito da nossa festa porque foi muito bonita. Uma das canções que cantámos chama-se “Pó de Estrelas”, e pertence ao CD “As canções de Maria”. Aqui fica a partilha da letra desta canção: Pó de Estrelas Brilha uma nova estrela, fica o mundo iluminado, Pelos céus o Pai Natal, vem num trenó bem carregado, De presentes prós meninos que se portam muito bem, E traz prendas e traz mimos prós marotos também! Porque é Natal, nasce um Menino Encantado, E ao chegar uma Criança, o Mundo é Abençoado! É Natal, vamos fazer rir de alegria, Porque é tempo de amar e sonhar! De brincar, partilhar e oferecer sem contar Magia! Tocam sinos nas Igrejas, soam guizos pelo ar, Há anjinhos lá nossa céus, e duendes a ajudar, Vão deitando pó de estrelas, pra enfeitar os corações, E sussurram melodias de bonitas canções! Porque é Natal, nasce um Menino Encantado, E ao chegar uma Criança, o Mundo é Abençoado! É Natal, vamos fazer rir de alegria, Porque é tempo de amar e sonhar! De brincar, partilhar e oferecer sem contar Magia!

A turma A do JI de Sapataria deseja a todos que o brilho da Estrelinha que guiou os 3 Rei Magos até ao Menino Jesus, vos ilumine todos os dias do Ano Novo com muita Alegria, Paz e Amor. janeiro de 2016


Final do 1º Período -

Ano Letivo 2015/2016

No passado dia 17 de dezembro, tal como já tem sido hábito há alguns anos, a Escola sede do Agrupamento realizou a atividade “Mesas de Natal”. Este ano sem tema obrigatório. Todas as turmas, desde o 5º ano de escolaridade até ao 12º ano participaram. Aqui fica o resultado final do empenho e criatividade de alunos, docentes, pais e encarregados de educação.


Pรกgina : 21

janeiro de 2016


Trabalho de Investigação

Educação Musical

Ano Letivo 2015/2016

Entre os dias 27 e 30 do passado mês de Outubro, todas as turmas do II Ciclo tiveram oportunidade de assistir a um concerto-aula, em substituição do Concerto Didático previsto para o Cine Teatro da nossa Vila, que por motivos logísticos não foi possível levar a efeito, conforme previsto no PAA de E. Musical. Deste modo, o professor Rui Arménio apresentou um total de 12 concertos-aula, com a interpretação do “Hino à Alegria” de Ludwig Van Beethoven, em 4 instrumentos: flauta de bisel soprano; flauta de bisel contralto, clarinete e guitarra clássica, tendo o acompanhamento orquestral, através de uma faixa gravada em CD. Como exemplo, apresentam-se em fotografia alguns dos momentos destas aula-concerto, com a apresentação na turma D do 6º ano, tendo ainda neste dia a preciosa colaboração do professor Leonel Pereira. Finalizando a notícia, os alunos ainda tiveram oportunidade, neste âmbito, de cantar a canção “A Minha Música” de José Cid, bem como, visitarem a BE da nossa Escola-Sede, observando a Mesa Bibliográfica da Música, oferecida por aquele espaço cultural de referência, que promoveu simultaneamente um concurso de poesias alusivas à música, do qual saiu vencedor o aluno do 6ºF, André Ferreira, cujo poema se encontra afixado na sala de E. Musical (06).

Depois de termos feito uma pesquisa sobre os ouriços-cacheiros, elaborámos o seguinte texto descritivo, com as informações mais importantes que recolhemos sobre estes animais. Os ouriços-cacheiros são animais mamíferos e insetívoros, que se alimentam sobretudo de insetos, mas também comem frutos secos, sementes, ovos, rãs, caracóis… Vivem na Europa, em terrenos húmidos. Os ouriços-cacheiros têm espinhos castanhos nas costas. São notívagos e, durante a noite, chegam a andar três quilómetros à procura de alimentos. Os seus principais predadores são as águias, os bufos-reais, os texugos e as raposas. Quando se sentem ameaçados, enrolam-se, para se protegerem. São animais muito importantes para a agricultura, porque comem os insetos. Hibernam entre novembro e março. Acasalam uma vez por ano. Depois de 35 dias de gravidez, nascem 2 a 6 crias, cegas e sem espinhos, tendo cor branca, mas passando para castanha, em adultos. Nós pensamos que estes animais são muito simpáticos! É pena serem muitas vezes atropelados nas estradas, porque são lentos. )


Página : 23

A turma D do 6º ano, nas aulas de Português, em interdisciplinaridade com História e Geografia de Portugal, andou a analisar vários textos cujo tema central eram os Descobrimentos Portugueses. De entre os textos abordados, destacamos a “Bela Infanta” do Romanceiro Popular. Como proposta de escrita, os alunos tiveram que alterar o texto original, mantendo a ideia inicial alterando unicamente o tempo em que decorria. Apresentamos aqui algumas das versões que surgiram.

(Professora)

A bela Laura Lá estava a bela Laura Na sua bela mansão À espera do seu namorado Brincando com o seu cão Já estava quase em desespero Pois seu namorado, Pedro, Não mais voltou Até que lá longe Ouve barulho e Vê um avião A dirigir-se para a sua mansão Um dos comandantes sai muito aperaltado, dirigindo-se a ela, Escandalizado: -Minha bela Laura que fazes aqui? -Meu belo capitão, que quer que eu faça? Meu namorado foi ali e disse que voltava. Não o viu perto desta casa ? -Não sei ...vi tanto moço mas , já fez almoço ? -Já, já. Vou passar A descrevê-lo: é alto, Elegante, simpático e hoje Ia todo aperaltado. -Ai que desgraça, lá o Vi lutando com a senhora Inácia -Pobre de mim ! Que desgraçada! Tão nova e já quase viúva Oh! Há é um pormenor: é que não era casada -Bela Laura, que pena tenho de ti O que deras a quem to trouxera aqui? -Daria o meu cão, Nobre capitão . -O teu cão não quero . Que mais davas a quem to trouxera aqui? -Daria esta mansão , Velho capitão

-Não, tua mansão não serve para mim, Bela Laura. Que mais davas a que to trouxera aqui ‘ -Daria tudo o que tenho: Cão, mansão, dinheiro. -Não quero os teus pertences . Diz-me que mais davas a quem to trouxera aqui? -Não tenho mais que dar Nem vós mais o que pedir. -Ainda não se ofereceu a si ! -Mas que indecência! Que malfeitor é você ! Para dizer o que acabou de dizer -Mostrai-me a vossa mão? Olha teu anel de sete pedras que repartiste comigo Olha a minha metade , que a trouxe comigo - Ai credo, Pedro , que me matavas de medo Vê só isto… quase parti um dedo. Beatriz Martins 6º D

D. Inês Estava D. Inês No seu tablet a jogar Sentada em sua casa A tentar se concentrar Tinha a cara vermelha Então vê um criado chegar." -" Não o consegui ver, Porque não me deixaram entrar Diz-me lá, ó patroa, O que o patrão levou para se enfeitar." -" Levava uma polpa jeitosa, De gravata e casaquinho Diz-me lá, meu criado se não estava bonitinho? -" Estava sim, minha senhora Mas não o consegui encontrar, Logo me veio à cabeça Se não pôde desmaiar." -" Não me fales mais nisso Ai jesus, que se apaga a luz Coitada de mim, Chamem um médico da Cruz!" -" Que darias tu, patroa... A quem o trouxera aqui?"

-" Dar-lhe-ia a minha consola Que é de dar à sola." -" A tua consola, não quero, Que não vale uma castanhola Que darias tu patroa, A quem no trouxera aqui?" -" Daria a minha árvore de natal, Que é grande e enfeitada. Com o presépio ficava Encantada e especial. Avisava para terem cuidado Que o boneco de neve pode ser achatado." -" A tua árvore de natal, não quero, Não quero para mim. Que darias mais, patroa A quem o trouxera aqui?" -" Daria o meu plasma, Que dá um ataque de asma." -" O teu plasma, não quero para mim Que darias mais, patroa A quem o trouxera aqui? -" Daria o meu computador. Não o deixem com bolor, Pois é demorado, mas é um amor. Às vezes faz ligar o aquecedor e o congelador." -" O seu computador, D.Inês, não o quero, porque é perigoso para mim. Dá-me outra coisa, patroa Se queres que o traga aqui." -" Não tenho mais nada para te dar, Nem tu para me pedir, criado. -" Tudo, não minha querida patroa Ainda não me deste o teu tablet." -"Criado Maltês, que tal pede, Que malcriado é de si Seu traidor convencido ou vencido Nem por aborrecido. Criadas, minha criadas Que me arranjem o tecido!" -" Este colar de metade de coração Que contigo reparti na mão Que é dela a outra metade? Palavra de João." -" Tantas horas de choro Não sei para quê? Ó meu querido apaixonado Diana Bernardes 6º D janeiro de 2016


Associação de Pais e E.E.

Ano Letivo 2015/2016

Prezado Pai/Encarregado de Educação

Atividades e, com a nossa intervenção, fazendo chegar aos órgãos competentes da Escola

Além das muitas circunstâncias desafia-

todos os constrangimentos e ocorrências que,

doras que temos de enfrentar diariamente para

do nosso ponto de vista, possam afetar o su-

garantir a sobrevivência da nossa Família, te-

cesso escolar dos nossos Filhos/Educandos.

mos também de enfrentar os desafios duma Escola que é hoje muito diferente daquela que frequentámos, além de termos de corresponder às necessidades educativas dos nossos Filhos/Educandos, também elas mais complexas das que nós manifestámos aos nossos Pais.

Mas a Escola também tem de criar condições para a nossa participação demonstrando disponibilidade para nos acolher quando pretendemos apresentar as nossas sugestões e reclamações e chamando-nos a reuniões e atividades em horários que não interfiram com a nossa atividade profissional. Além

Mostrar interesse nas matérias que são

disso a Escola deve exigir a quem de direito

lecionadas aos nossos Filhos/Educandos e aju-

as condições para acolher condignamente os

dá-los nas tarefas escolares que eles não con-

nossos Filhos/Educandos.

sigam superar sozinhos, são aspetos importantes da nossa intervenção, que devem ser complementados com a nossa presença e participação nas reuniões para as quais a Escola nos convoque para tratar de assuntos relacionados com os nossos Filhos/Educandos, com a nossa participação (sempre que possível) em atividades dinamizadas pela Escola no âmbito do Projeto Educativo e do Plano Anual de

Existe por isso um longo caminho que nós e Escola temos de percorrer. E temos de o fazer juntos, sob pena da nossa luta por um Serviço Público de Educação de Qualidade para os nossos Filhos/Educandos se vir a revelar uma causa condenada ao fracasso.


Página : 25

Matemática

Ilusão de Ótica

ANO: VII EDIÇÃO: janeiro de 2016 PROPRIEDADE: Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral

DIRETORA: Joaquina Lourenço COORDENADORA: Márcia Alves DESIGN GRÁFICO: Márcia Alves IMPRESSÃO: versão on-line

Acha que as retas verticais são paralelas?

COLABORADORES: Comunidade Educativa do Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral

TIRAGEM: versão on-line PREÇO: 0 € (versão on-line) janeiro de 2016

Jornal nº 1 2ª versão  
Jornal nº 1 2ª versão  

Jornal Escolar do Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral. Sobral de Monte Agraço. Portugal

Advertisement