Issuu on Google+

JANEIRO 2017

Teatro Joaquina Caeiro O Clube de Teatro do nosso agrupamento apresentou, no final do primeiro período, mais um dos seus trabalhos. Este ano quisemos festejar o Natal e juntámos histórias dos escritores Charles Dickens, Hans Christian Anderson e Leo Tolstoy. Nesta nossa proposta as personagens de um autor dialogam com as de outro, criando novos textos e subtextos numa mensagem de Natal que é universal. O grupo cresceu contando agora com alunos da escola Cristóvão Falcão, o que muito nos satisfaz! Esperamos que tenham gostado tanto de estar connosco como nós gostámos da vossa presença. Estamos em fase de preparação de mais um trabalho que anunciaremos em devido tempo.

Higiene oral – Corredoura Isilda Mourato No dia 4 de janeiro, os alunos da Escola Superior de Saúde dinamizaram uma atividade no âmbito da saúde oral na EB1 da Corredoura


BONFIM INFORMATIVO

Comemoração do Dia de Reis na EB1/JI Corredoura Isilda Mourato

dia de Reis na EB1/JI de Fortios Cecília alentejano No dia de Reis, a EB1/JI de Fortios foi visitar o presépio do Sr. Altino Parrano, um artesão da localidade. Pelo caminho, as crianças foram desejando um feliz dia e apreciaram ainda outro presépio exposto.


JANEIRO 2017

E-Twinning-Programa de eLearning da Comissão Europeia Carla louro No âmbito do projeto E-Twinning-Programa de eLearning da Comissão Europeia, os professores Carla Louro, André Maia, Joana Dias, as intérpretes de LGP, Cláudia Pedreira e Adriana Campos, e os alunos surdos com currículo específico individual do 9ºF e do 11ºC desenvolveram o projeto ”The Sound of Silence”. O referido projeto foi desenvolvido em parceria direta com o Instituto Salvatti

em Massa-Itália, sendo responsável o professor Simone Bionda. O objetivo foi promover uma troca de experiências e conhecimentos entre os jovens através da língua gestual. O projeto foi premiado com o Selo nacional e europeu de Qualidade tendo os alunos e agrupamento recebido um certificado e a uma Bandeira e-Twinning.

atividade sobre o medo, NA CORREDOURA Paula Lança Os alunos do 3º B da EB1 da Corredoura tiveram uma surpresa! A encarregada de educação da aluna Maria Luísa dinamizou uma atividade sobre o medo. Foi divertido descobrir que o medo é “mentiroso”. Os alunos agradeceram à mãe Salomé Paiva.

Patinagem Cecília Alentejano No dia 13 de janeiro, a Junta de Freguesia de Fortios ofereceu às crianças da EB1/JI uma ida à pista de patinagem situada na Praça da República em Portalegre. Foi uma tarde muito divertida apesar do frio que se fazia sentir!


BONFIM INFORMATIVO

Visita ao Teatro D. Maria II Ausenda Guerreiro No dia 09 de janeiro, as turmas dos Cursos Profissionais 12º H e 12º I, realizaram uma saída de campo a Lisboa, com o objetivo de realizar uma visita guiada ao Teatro Nacional D. Maria II. Os alunos, acompanhados pelos Professores Ausenda Guerreiro e Carlos Geraldes, visitaram os bastidores, camarins, guarda-roupa, tendo-lhes sido explicado, pela guia, todo o funcionamento que envolve a preparação de uma peça de teatro. Após a visita ao Teatro, alguns alunos e professores foram almoçar a um dos restaurantes/cafés mais emblemáticos de Lisboa, “O Martinho da Arcada”, situado na Praça do Comércio.


JANEIRO 2017

1º Corta Mato Escolar do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas do Bonfim Joaquim Matias Com organização dos professores das AEC que lecionam a Atividade Física e Desportiva e sob a tutela da Escola da Praceta, decorreu no passado dia 11 de janeiro, no estádio municipal de Portalegre, o 1º Corta Mato Escolar do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas do Bonfim. Depois das diversas corridas por escalões etários, foram entregues medalhas e diplomas a todos os participantes, num total de 134 crianças. Um agradecimento especial aos professores de AFD, à Direção do Agrupamento de Escolas do Bonfim, aos Bombeiros Voluntários de Portalegre, à Câmara Municipal de Portalegre e à Ourivesaria Árias, que contribuíram para que esta tarde maravilhosa de sol, com muita assistência nas bancadas, se tornasse num momento inesquecível de convívio e alegria para todas as crianças que participaram ou assistiram a esta iniciativa.


BONFIM INFORMATIVO

Atividades

Five o’clock Tea ///

No âmbito da disciplina curricular de Inglês no 1 ciclo, realizou-se um tradicional " five o' clock tea" na Escola da Corredoura. Foi recriado em cada sala de aula o ambiente de um verdadeiro salão de chá e todas as turmas puderam saborear os tradicionais "scones, cucumber sandwiches and tea". Para além da degustação, os alunos tiveram uma aula de Cultura Inglesa a cargo da docente da disciplina, Cláudia Belacorça. A referir a estreita colaboração e disponibilidade de todas as titulares de turma.

Domingos Amaral João Brás No passado dia 25 de janeiro, contamos com a presença do jornalista e escritor Domingos Freitas do Amaral, para duas sessões com alunos do ensino secundário do nosso Agrupamento. Adotando um tom informal e descontraído, o escritor prendeu, desde o início, a atenção do auditório. Numa primeira parte, o autor, apresentando-se, começou por traçar o seu percurso enquanto jornalista e colunista em vários jornais e revistas, nomeadamente no extinto jornal O Independente. De seguida, falou um pouco sobre a sua já vasta obra publicada: “Amor à Primeira Vista", "O Fanático do Sushi"; "Os Cavaleiros de São João Baptista"; "Enquanto Salazar Dormia"; "Já Ninguém Morre de Amor"; "Quando Lisboa Tremeu"; "Verão Quente", "O Retrato da Mãe de Hitler", "Um

Casamento de Sonho" e Assim Nasceu Portugal". Encontra-se, neste momento, a escrever o terceiro volume deste último, cuja ação se passa na época de D. Afonso Henriques. Numa segunda parte, respondeu às questões dos alunos, aliás bastante assertivas, passando uma imagem fiel do que é ser escritor, nomeadamente no que toca ao trabalho rigoroso de pesquisa que tem que ser realizado para que nada falhe num romance histórico. Para além da escrita literária, Domingos Amaral continua a escrever sobre economia, política e futebol. Participa ainda em programas de televisão. É professor de Economia do Desporto na Universidade Católica, onde se formou. Este agradável e profícuo encontro foi possível graças ao apoio da Editora Leya.


JANEIRO 2017

“OCUPA O TEU LUGAR NA HISTÓRIA” Nelson de Castro e Conceição Esteves No passado dia 26 de janeiro, o Agrupamento de Escolas do Bonfim participou no Projeto 80, com cerca de 150 alunos do 7º ao 12º anos, com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos. A iniciativa decorreu no IPDJ tendo como objetivos promover a cidadania, o empreendedorismo, o associativismo, a sustentabilidade, a preservação da biodiversidade e dos recursos naturais, a

economia verde e o voluntariado. Aos alunos foram propostas diversas atividades no sentido de pensar e agir sobre o mundo que queremos ter amanhã. De forma voluntária, formaram 9 grupos, desenvolveram algumas ideias e com elevado sentido interventivo e imaginativo, apresentaram perante um júri a visão de um projeto a implementar no nosso Agrupamento e ou na

comunidade. Foi uma iniciativa do agrado de todos os intervenientes, e destaca-se o elevado sentido de cidadania e espírito crítico patenteado nas intervenções dos porta-vozes dos respetivos grupos, consubstanciadas nas ideias de empreendedorismo que sobressaíram, todas elas elogiadas pelos membros do júri.

Alunos de História recriam Trincheiras da 1ª Guerra Mundial Marta Freitas Pacheco No âmbito do tema: “Frentes e fases da 1ª Guerra Mundial”, os alunos de História das turmas do 9.º C, D, E e F, com a orientação da Professora da disciplina, Marta Freitas Pacheco, elaboraram, dando “asas” à imaginação e fundamentada na exploração de audiovisuais na sala de aula e na pesquisa histórica, cartazes e várias maquetes de Trincheiras que, posteriormente, foram expostas na Biblioteca da Escola Secundária Mouzinho da Silveira. Os alunos quiseram, desta forma, sensibilizar toda a comunidade educativa acerca das condições degradantes vividas pelos soldados na 2ª fase (1915-1917) da Primeira Grande Guerra. As trincheiras eram valas escavadas no chão, com cerca de dois metros de profundidade e vários quilómetros de extensão. Nelas, milhões de soldados ficaram sujeitos à fome, ao frio e ao medo constante da morte por bombardeios, granadas, tiros e doenças, por isso os alunos quiseram retratar este período da História e partilhá-lo com toda a comunidade educativa. O feedback recebido por todos os que tiveram a possibilidade de visitar esta exposição foi bastante positivo.


BONFIM INFORMATIVO

J A N EI R O 2 0 1 7


Boletim janeiro 2017