Page 1


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

ÍNDICE INTRODUÇÃO ................................................................................................................................. 5 I- CARACTERIZAÇÃO DO MEIO ............................................................................................................ 6 II- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO ........................................................................................... 9 2 – POPULAÇÃO ESCOLAR .................................................................................................................. 12 2.2.1- HABILITAÇÕES ..................................................................................................................... 35 2.2.2- SITUAÇÃO PROFISSIONAL ..................................................................................................... 35 2.2.3-CATEGORIA PROFISSIONAL/DISTRIBUIÇÃO DOS PROFESSORES TITULARES POR DEPARTAMENTO ............................................................................................................................ 37 2.3- PESSOAL NÃO DOCENTE ............................................................................................................ 38 3- ACTIVIDADES DE APOIO E DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ................................................... 40 INTRODUÇÃO................................................................................................................................. 40 3.1.1- CARACTERIZAÇÃO DOS ALUNOS............................................................................................ 40 3.1.2- MEIOS DISPONÍVEIS ............................................................................................................. 41 3.1.3- MEIOS HUMANOS NÃO DOCENTES: ...................................................................................... 42 3.1.4- MEIOS FÍSICOS: .................................................................................................................... 42 3.2- SERVIÇO ESPECIALIZADO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL................................................................... 42 INTRODUÇÃO ........................................................................................................................... 42 1- Caracterização dos problemas dos alunos ............................................................................ 43 2- Constituição dos Serviços de Apoio Especializado ............................................................. 43 3- Organização e gestão curriculares ........................................................................................... 44 4- Organização do processo de ensino (N.E.E.) ...................................................................... 44 5- Alunos com necessidades educativas especiais processo-ensino aprendizagem ............. 45 6- Adequações curriculares individuais ........................................................................................ 46 7- Unidade de apoio atendimento e educação a alunos surdos ................................................... 46 8- Unidade de intervenção especializada (Multideficiência) ....................................................... 47 9- Escola de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão. ............................. 48 10- Currículos específicos individuais .......................................................................................... 48 11. Intervenção Precoce (Escola de Referência) .......................................................................... 49 3.2- ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR E PROJECTOS....................... 50 3.2.1- Salas de Estudo ................................................................................................................... 50 3.2.2 – Saúde Escolar .................................................................................................................... 50 3.2.3- Gabinete de Apoio e Atendimento ao aluno ....................................................................... 50 3.2.4- Clube de Astronomia .......................................................................................................... 51 3.2.5- Clube de Jornalismo e Rádio Escola .................................................................................. 51 3.2.7 – Tuna da Augusto Moreno ................................................................................................. 51 3.2.8- Projecto Eco Escolas .......................................................................................................... 51 3.2.9 – Atelier de Artes Plásticas para alunos de NEE ................................................................. 51 3.2.10- Actividades desportivas ..................................................................................................... 51 3.2.11 - Projecto ao Concurso de Ideias – Prémio Fundação Ilídio Pinho “Ciência na escola” .. 52 4- ACTIVIDADE S DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR DO 1º CEB .................................................. 53 5- ASSOCIAÇÃO DE PAÍS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO ............................................................ 53 6- ESTABELECIMENTO PRISIONAL .................................................................................................... 53 7- ASPECTOS POSITIVOS DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO E DO AGRUPAMENTO NO SEU CONJUNTO. .......................................................................................................................................................... 53 8- CONSTRANGIMENTOS / PROBLEMAS DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO E DO AGRUPAMENTO NO SEU CONJUNTO. ................................................................................................................................. 54 III- PRIORIDADES DE INTERVENÇÃO ................................................................................................ 55 V- ACTIVIDADES / ESTRATÉGIAS ....................................................................................................... 57 ANEXOS .......................................................................................................................................... 64

2


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

ANEXO 1 – PLANO ANUAL DE ACTIVIDADE S A NO LECTIVO 2009/2010 ....................................... 65 ANEXO 2 - BIBLIOTECA ESCOLAR/CRE ............................................................................................ 99 A NE X O 3 - PLA N O A N U A L D E A C TIV ID A D E S D O PRO J E C TO E C O -E SC O LA S A N O LE C TIV O D E 2009/2010 ........................................................................................................................................ 110 ANEXO 4 - PLANO DE FORMAÇÃO INTERNA DO AGRUPAMENTO 2009/2010 ............. 114 A NE X O 5 - PRO J E C TO E D U C A TIV O /P LA N O A N U A L D E A C TIV I D A D E S D O A G RU P A ME N TO A N O LEC TIVO DE 2009/201 0 .................................................................................................................... 119 ANEXO 6 - PROJECTO – EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE/EDUCAÇÃO SEXUAL .................................... 126 ANEXO 7 – PROJECTO DO GABINETE DE APOIO E ATENDIMEN TO AO ALUNO ......................... 135 ANEXO 8 – PROJECTO DO DESPORTO ESCOLAR .............................................................................. 141 ANEXO 9 - PLANO ANUAL E PLURIANUAL DE ACTIVIDADES DO AGRUPAMENTO - ANOS LECTIVOS DE 2010/2011 E 2011/2012 ............................................................................................. 157

3


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

“As escolas são estabelecimentos aos quais está confinada uma missão de serviço público, que consiste em dotar todos e cada um dos cidadãos das competências e conhecimentos que lhes permitam explorar plenamente as suas capacidades, [….]. O prosseguimento deste caminho exige, agora, a passagem a outro patamar, que implica a introdução de alterações ao regime jurídico de autonomia, administração e gestão escolar [….] trata-se de reforçar a participação das famílias e comunidades na direcção estratégica dos estabelecimentos de ensino. É indispensável promover a abertura das escolas ao exterior e a sua integração nas comunidades locais” Decreto-Lei nº 75/2008, de 22de Abril

4


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

INTRODUÇÃO Em 2003/2004 a Comissão Executiva Instaladora procedeu à instalação do Agrupamento de Escolas Augusto Moreno com sede na Escola E.B. 2,3 que no ano lectivo de 2009/2010 é constituído pelas seguintes escolas: - Jardim de Infância n.º 1 Estação - Jardim de Infância de Gimonde - Escola E.B. 1 n.º 1 (Estacada) - Escola E.B. 1 n.º 2 (S. Sebastião) - Escola E.B. 1 n.º 5 (Estação) - Escola E.B. 1 n.º 6 (Toural) - Escola E.B. 1 n.º 8 (Bº Artur Mirandela) - Centro Escolar de Quintanilha - Escola E.B. 1 Samil - Escola E.B. 2,3 Augusto Moreno Em Julho de 2004 tomaram posse os novos órgãos de gestão para um período de 3 anos. Dada a complexidade e a exigência desta nova realidade foi necessário rever e pôr em prática o Projecto Educativo passando a contemplar todo o Agrupamento, concebido numa lógica de sequencialidade, de educação como um processo contínuo sem roturas, de desenvolvimento integral e harmonioso do ser humano. Esta nova realidade educativa e formativa implica um levantamento exaustivo das potencialidades, das singularidades e necessidades físicas e humanas de todas as escolas abrangidas, de forma a integrar plenamente todos os intervenientes e corresponder às expectativas de toda a Comunidade Educativa. Atendendo à diversidade geográfica do espaço de localização das escolas, às dificuldades de comunicação, às condições climáticas adversas, ausência de proximidade, colocam-se vários obstáculos que conduzem à definição de objectivos/metas que é necessário ultrapassar, utilizando estratégias adequadas e envolvendo diversos parceiros sociais (Autarquias, Parque Natural de Montesinho, Centro de Saúde, Instituto Politécnico, Governo Civil, PSP, GNR, Bombeiros, etc…) A diversidade geográfica do espaço de localização dos diferentes estabelecimentos educativos, a distância entre estes e a Escola Sede, as dificuldades de comunicação e as condições climáticas adversas, bem como o estado degradado da maioria das escolas rurais, E.B.1 e o reduzido n.º de alunos perspectivam-se como factores determinantes e impeditivos da acção educativa consentânea com os ideais de escola e de educação que valorizamos e queremos. Defendemos uma escola como espaço ecológico agradável, com um clima aberto, plural, dotado de meios humanos e equipamentos físicos e pedagógicos 5


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

necessários ao pleno desenvolvimento do Projecto Curricular do Agrupamento, do Projecto Curricular de Turma e onde todos os intervenientes se sintam membros de pleno direito. Neste âmbito, importa ainda referir que o tema aglutinador que deste Projecto Educativo denomina-se

ESCOLA INTEGRADORA DE

SABERES.

Desta forma estamos conscientes que as limitações existentes poderão minorar-se com o recurso à formalização de parcerias, responsabilizando e comprometendo os distintos actores implicados no Processo Educativo o que pressupõe a definição de objectivos/metas concretas que é preciso atingir. Prevê-se que em Setembro de 2010 encerrem as E.B.1 N.º5 (Estacada), E.B.1 N.º2 (S. Sebastião) e E.B.1 N.º 5 (Estação) e que os alunos sejam integrados no Centro Escolar de Santa Maria, situado na Junta de Freguesia de Santa Maria, na Zona das Amendoeiras. Este Centro é constituído por 2 blocos com 4 Salas do Pré-escolar e 10 de 1º Ciclo, Refeitório, Biblioteca/CRE e outras valências de Apoio. Está dotado dos recursos tecnológicos de última geração.

I- CARACTERIZAÇÃO DO MEIO O Concelho de Bragança, situado no extremo nordeste do País, tem uma área de 1.182 Km 2 e nele vivem 37.170 habitantes, desigualmente distribuídos por 49 freguesias (120 povoações). Mais de 70 % habitam na sede de concelho – a cidade de Bragança – e nos seus arredores e trabalham no sector terciário. Bragança é uma cidade do interior, enquadrada pelas serras de Nogueira e de Montesinho, tem um clima rigoroso, de Invernos longos e muito frios, que se fazem sentir, em todas as Escolas do Agrupamento, apesar do aquecimento moderno que todas têm. A região de Bragança teve ocupação humana desde a pré-história. Achados recentes, efectuados no âmbito dos trabalhos de requalificação do centro histórico da cidade apontam para a possibilidade de ter existido ocupação romana no local onde agora se situa a renovada Praça de Camões, ao lado da antiga Escola Preparatória Augusto Moreno. No entanto, Bragança, enquanto aglomerado populacional, só está documentado a partir do século XII, tendo-lhe sido concedido foral pelo Rei D. Sancho I, em 1187. Era então um pequeno burgo, situado no cimo do monte, na área a que ainda hoje chamamos a “Vila”. A “Vila” ou “Cidadela” é um recinto muralhado da época medieval que se impõe pela Torre de Menagem do seu castelo, a mais elegante e bela do país, construída já no século XV, a tempo de Bragança receber o “foro de Cidade”, concedido por D. Afonso V, a pedido do 2º Duque de Bragança, D. Fernando, neto de D. João I, no ano de 1464. Há 540 anos.

6


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

Ao lado da Torre de Menagem, no largo de S. Tiago, o Pelourinho, mais antigo, foi o símbolo do poder e da autonomia do concelho, da aplicação da justiça… A pequena distância, uma construção única e original, a Domus Municipalis, cumpriu a função, entre outras, de receber a administração local, os homens-bons, que governavam o concelho. Também na Idade Média. E como da Idade Média se tratava, o poder da Igreja estava bem ao lado, representado pela Igreja de Santa Maria. O poder da Igreja e a fé dos homens. No início do século XVI, a cidade estendia-se já até à Praça da Sé. Nesse local e nesse século, foi construído o edifício onde, 400 anos mais tarde, iria funcionar a Escola Preparatória Augusto Moreno. Inicialmente destinado a convento das freiras Claras, o edifício foi cedido aos Jesuítas, para colégio, em 1562. Em 1764, passou a Seminário Diocesano, em 1853, a Liceu Nacional e em 1968 a Escola Preparatória (Augusto Moreno). Até 1997. Foram mais de 400 anos ao serviço do ensino, da educação. Depois de profundas obras de requalificação e modernização, transformou-se, em 2004, no Centro Cultural Municipal, equipamento de grande qualidade, também ao serviço da educação, da cultura, do ensino… Os séculos XVII e XVIII, graças ao desenvolvimento da indústria e do comércio, foram tempos de crescimento e prosperidade que deixaram marcas na construção das igrejas e dos solares que encontramos no espaço entre a Praça da Sé e o Castelo. No século XIX, verificou-se alguma decadência demográfica e económica e no século XX a população cresceu lentamente até aos anos sessenta. A grande mudança aconteceu a partir da década de setenta, com uma nova fase de expansão urbana, provocada pelo despertar da construção de novos equipamentos públicos, pelo renovado dinamismo do comércio e, sobretudo, pela expansão da oferta educativa que se traduziu na criação de novas escolas do ensino básico e do ensino secundário e, mais tarde, do ensino profissional e do ensino superior público e privado. Entre as novas escolas, destacamos a criação da 1ª Escola Preparatória do Ensino Secundário da Cidade, precisamente a Escola Preparatória Augusto Moreno, nome que lhe foi atribuído por proposta da Câmara Municipal de então. Augusto César Moreno foi um cidadão transmontano, nascido a 10 de Novembro de 1870 em Lagoaça, povoação do concelho de Freixo de Espada à Cinta. Foi professor do Ensino Básico e da Escola do Ensino Normal (formação de professores), em Bragança, filólogo e investigador, autor de dicionários e gramáticas de Língua Portuguesa, colaborador de revistas nacionais e jornais de prestígio, Administrador e Presidente da Câmara Municipal.

7


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

A Escola Preparatória Augusto Moreno recebeu alunos do 3º Ciclo em 1995 e nesse mesmo ano mudou de instalações. Deixou as históricas instalações junto à Praça da Sé, já muito degradadas, e recebeu como “casa”, o actual edifício na Av. General Humberto Delgado. Em 1997 passou formalmente a Escola E.B. 2,3 e em Julho de 2003 assumiu a liderança do Agrupamento de Escolas de Augusto Moreno. A Escola sede está localizada num lugar central, face aos principais equipamentos urbanos. Muito próximo do Centro Regional de Segurança Social, do Centro Hospitar do Nordeste, do Centro de Saúde da Sé, das Forças de Segurança, dos Bombeiros, da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia da Sé, dos Pavilhões Académico e Gimnodesportivo, da Pousada da Juventude, de duas Escolas Secundárias e da escola E.B. 2,3 Paulo Quintela, do Teatro Municipal, do Centro Cultural Municipal, do Jardim de Infância n.º1 e da Escola E.B. 1 da Estação. Os Museus, o Arquivo Distrital, o Instituto Politécnico, o Parque Natural de Montesinho, as Escolas E.B. 1 da Estacada, Toural, S. Sebastião e Artur Mirandela, todos parceiros importantes no processo educativo dos alunos das escolas da cidade, não ficam tão próximos, mas podem ser alcançados em visitas a pé. Muito diferente é a situação geográfica, demográfica e económica das povoações onde se situam a Escola de Acolhimento de Samil e o Centro Escolar de Quintanilha e o Jardim-de-Infância de Gimonde que recebem alunos de localidades que perderam grande número de habitantes desde os anos setenta, que têm altas percentagens de população não activa (reformados). A população activa nas povoações rurais onde funcionam as escolas do 1º Ciclo e o Jardim-deinfância que fazem parte do Agrupamento de Escolas Augusto Moreno vive essencialmente da agricultura, pecuária e silvicultura. Samil e Gimonde funcionam sobretudo como povoações dormitório da população activa que trabalha na cidade. Dispõem de equipamentos básicos construídos depois do 25 de Abril, graças a um poder autárquico dinâmico e empreendedor, de acessos razoáveis e de transportes públicos diários, todavia nem sempre compatíveis com a vinda e regresso dos alunos da respectiva escola à cidade e à escola-sede, onde poderiam aceder a actividades mais diversificadas e enriquecedoras, ao nível da socialização e da aprendizagem de competências científicas e comportamentais. É notório que os alunos do Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Agrupamento que vivem e estudam nessas aldeias, têm algumas desvantagens em relação aos colegas que estudam e vivem na cidade. Conclusões a destacar: - A História da Escola Augusto Moreno faz parte da história da cidade e passa por um dos seus mais emblemáticos edifícios, hoje símbolo da modernidade. - A evolução da cidade e o significado dos seus monumentos remetem-nos para valores individuais e colectivos de esforço, união, cidadania, autonomia.

8


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

- A cidade é um centro de serviços e recursos muito importantes, que podem e devem ser valorizados. - A escola-sede tem uma localização privilegiada e facilitadora da aproximação ao meio. - A escola E.B.1 de Samil e o Jardim-de-Infância das povoações rurais encontram-se numa situação de desigualdade muito grande. O Centro Escolar de Quintanilha, com a intervenção que sofreu superou algumas dessas desigualdades.

II- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO 1- INSTALAÇÕES 1.1 - ESCOLA SEDE As instalações da Escola Sede estão localizadas no centro de um amplo recinto com árvores e plantas ornamentais. Pela sua vastidão e também pela falta de pessoal de manutenção permanente não é possível manter o mesmo no estado desejado, contudo é de salientar a ajuda que vai sendo dada pela Autarquia Local e outros organismos no tocante à sua manutenção, limpeza e plantação de novas árvores e arbustos. Todo este recinto está protegido por um gradeamento demasiado baixo sendo franqueado pelos alunos de dentro para fora e por elementos estranhos à comunidade, de fora para dentro, com relativa frequência. A escola possui 4 portões em que apenas um se encontra permanentemente aberto e com vigilância. Relativamente às instalações estas são constituídas por um edifício central, balneários exteriores e uma pequena casa anexa (conhecida como “casa do guarda”). No edifício central situam-se as salas de aula normais e específicas , os espaços sociais e desportivos, e os serviços sociais. A estrutura da Escola não é adaptada a este nível de ensino carecendo de uma sala de convívio para os alunos. As dimensões das salas de aula são variáveis, algumas das quais exíguas. Devido à escassez do número de salas de aula normais, face ao número de turmas e ao esquema dos horários das turmas de 2º Ciclo e à integração de turmas do 1º CEB, é impossível ocupar os espaços específicos em regime de exclusividade. A escola é dotada de uma Biblioteca/CRE bem apetrechados, dois Auditórios necessitando de obras ao nível da ventilação/aquecimento, criando condições adequadas a várias actividades pedagógicas e culturais. Dispõe de uma Sala de Informática apetrechada com a mais recente tecnologia (Dezembro de 9


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

2004), de 3 salas dotadas de quadros Interactivos, um auditório com um Quadro Interactivo, uma sala de informática equipada com computadores portáteis no âmbito do projecto CRIE e uma sala de Ciências recentemente equipada com 14 computadores, oferta da Caixa de Crédito Agrícola de Bragança que para além da oferta do equipamento procedeu à sua instalação e colocação de Intenet sem fios na zona das Ciências Físicas e Naturais. O Parque de estacionamento existente é suficiente para as necessidades sentidas dado que foi intervencionado e ampliado aquando das obras de ampliação da Avenida General Humberto Delgado. 1.2 - ESCOLAS DO 1º CICLO As Escolas do 1º Ciclo que fazem parte deste Agrupamento situam-se em dois meios distintos: rural e urbano. A escola rural de Samil e centro escolar de Quintanilha constituem-se como “Escolas de Acolhimento”, têm 2 salas de aula, tendo sido intervencionadas pela Autarquia aquando da reestruturação recente da rede escolar e o centro escolar de Quintanilha sofreu nova intervenção no ano 2009. Actualmente todas as Escolas contam com um computador ligado à Internet, via RDIS, o que nem sempre funciona. No Meio Rural só em Gimonde existe Jardim-de-Infância. Estas Escolas são de modelo de construção “Plano dos Centenários”. As Escolas n.º 1 – Estacada, n.º 2 – S. Sebastião, n.º 5 – Estação, n.º 6 – Toural e n.º 8 – Artur Mirandela estão inseridas no meio urbano que é sede do concelho. Funcionam as duas primeiras em edifícios de arquitectura antiga – “Planos Regionalizados Rogério Azevedo”, as Escolas da Estação e Toural obedecem ao modelo “Outros Tipos” e a Escola Artur Mirandela é de tipo “P3 alterado”. Todas estas escolas do Agrupamento sofreram obras de conservação e intervenção a vários níveis, contudo as Escolas do Toural e Artur Mirandela têm plantas modernas, tornando-se os imóveis mais confortáveis e atractivos. Todas elas não possuem as infra-estruturas necessárias à implementação da Escola a Tempo Inteiro, de referir; refeitório, ginásio, espaços exteriores adequados às brincadeiras dos alunos, durante os intervalos e espaços cobertos para intervalos dignos em dias de chuva contudo prevê-se que os alunos das 3 primeiras transitem no próximo ano lectivo para o centro escolar de Santa Maria, este último dotado das melhores infra-estruturas. O espaço envolvente da Escola Artur Mirandela é amplo mas oferece alguma insegurança devido à existência de rampas que dão acesso a vivendas anexas. Regista-se ainda que na escola do Toural e na da Estação estão em pleno funcionamento bibliotecas integradas no Projecto de Rede de Bibliotecas Escolares. Relativamente a equipamento informático, poder-se-á dizer que estão minimamente apetrechadas:

10


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

- Escola n.º 1 Estacada – 4 turmas e 5 computadores; - Escola n.º 2 S. Sebastião – 2 turmas e 4 computadores; - Escola n.º 5 Estação – 3 turmas e 7 computadores; - Escola n.º 6 Toural – 3 turmas e 7 computadores; - Escola n.º 8 Artur Mirandela – 3 turmas e 4 computadores. - Samil - 2 turmas e 1 computador e 1 quadro inter-activo - Quintanilha - 2 turmas 1 computador e 1 quadro inter-activo Em todas elas há a possibilidade de apenas uma ligação à Internet. Nas escolas rurais a limpeza e higiene dos espaços é assegurado por tarefeiras cujas horas atribuídas não são suficientes para garantirem um trabalho eficaz e consentâneo, nas Escolas da Sede de Concelho estão colocadas 1 auxiliar de Acção Educativa. Na Escola Sede, a partir de 2007/2008 e no âmbito do reordenamento da Rede Escolar, do 1º CEB passaram a funcionar 3 turmas de 1º Ciclo, implicando uma nova gestão dos espaços físicos da escola. 1.3- JARDINS-DE -INFÂNCIA O Jardim de Infância n.º1 de Bragança, criado pela Portaria n.º394/79 de 3 de Agosto, com cinco lugares docentes, é um estabelecimento de educação Pré Escolar, situado no Bairro da Estação, numa área afecta à Junta de Freguesia da Sé, a nordeste de Bragança. Ladeado por duas ruas com fluxo de tráfego considerável (Rua Professor Dionísio Gonçalves e Rua Dr. Alexandre Faria), envolvido pelo Bairro da Estação e pelo Bairro Fundo de Fomento de Habitação (camarário), o edifício de forma hexagonal, construído de raiz especificamente para o efeito, é circundado por uma área ampla de recreio. Dimensionado para cento e vinte e cinco crianças, apenas cento e vinte o frequentam, já que um grupo tem uma criança com Necessidades Educativas Especiais (Dec-Lei nº 3/2008 de 7 de Janeiro). No Jardim-de-Infância n.º 1 - Estação funciona a componente social cuja equipa é constituída por 4 adultos que dão resposta às necessidades de alargamento de horário dos pais. Os auxiliares da Componente Social oscilam entre as actividades (salão polivalente), o almoço fornecido na cantina da sede do Agrupamento e o serviço de limpeza dos espaços utilizados no tempo de permanência das crianças nesta componente. A contratação do pessoal da Componente Social é da responsabilidade da Câmara Municipal de Bragança. Estão colocadas 2 Auxiliares de Acção Educativa do Quadro do Pessoal Não Docente do Agrupamento e 1 contratado pela Câmara Municipal de Bragança.

11


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Recentemente realizaram-se obras de remodelação dos espaços com instalação de painéis solares (energias alternativas) que complementam o aquecimento central a gás natural já existente. Numa intervenção anterior foram colocados tectos falsos nas salas de aula e um tecto acústico no salão polivalente. Relativamente ao Jardim-de-Infância de Gimonde, este encontra-se a funcionar numa das salas do Edifício da Escola do 1º Ciclo (já caracterizada) e dispõe de um Auxiliar de Acção Educativa.

2 – POPULAÇÃO ESCOLAR 2.1 – ALUNOS O corpo discente do Agrupamento é proveniente de duas freguesias urbanas (Sé e Santa Maria) e de várias freguesias rurais que se estendem até uma distância de 40/45 Km. ESCOLAS/CICLOS

N.º DE ALUNOS

TOTAL

Jardim-de-Infância

128

128

1º Ciclo

1º Ano

77

2º Ano

104

3º Ano

103

4º Ano

102

Sub Total 2º Ciclo

386 5º Ano

178

6º Ano

140

Sub Total 3º Ciclo

318 7º Ano

50

8º Ano

44

9º Ano

37

Sub Total CEF

3º Ciclo

Total de Alunos EFA EFA

B3 -3º Ciclo

B 4 - Secundário Alfab de Adultos (1º Cíclo) Port. p/Estr. Total alunos (Nocturno e Nov Oportunidades.) TOTAL

386

318

131

131

26

26

989

989

23 13 22 11 69

69 1058

12


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

No ano lectivo 2009/2010 o Agrupamento é frequentado por 1058 alunos. Destes 128 frequentam o pré-escolar, 861 frequentam o 1º, o 2º e o 3º Ciclos incluindo um curso CEF Nível II. Os restantes 69 alunos frequentam os seguintes Cursos: Alfabetização de Adultos (1º Ciclo), EFA B3 – 3º ciclo e EFA B4 – secundário, que funcionam na Escola E.B. 1, 2, 3 Augusto Moreno e um Curso de Alfabetização de Adultos e um EFA B3 a funcionar no Estabelecimento Prisional Regional de Bragança e o Curso de Português para Estrangeiros. JARDINS-DE-INFÂNCIA Escola

Nº Turmas

Nº Alunos

Bragança JI da Estação

5

116

JI de Gimonde

1

12

Total

6

128

ESCOLAS COM 1º CICLO Escola

Nº Turmas

Nº Alunos

Bragança nº 2 – S. Sebastião

2

36

Bragança nº 1 - Estacada

4

71

Bragança nº 6 - Toural

3

60

Bragança nº 5 - Estação

3

54

Bragança nº 8 – Artur Mirandela

3

67

Samil

2

18

Quintanilha

2

18

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

3

62

Total

22

386 13


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

ESCOLA EB1, 2,3 AUGUSTO MORENO Designação

Nº Turmas

Nº Alunos

2º Ciclos

15

318

3º Ciclos

8

131

CEF’s

2

26

Total

25

475

ALFABETIZAÇÃO DE ADULTOS- 1º CICLO Designação

Nº Turmas

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

1

Estabelecimento Prisional Regional de Bragança

1

Total

2

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS – EFA Escola

Curso

N.º de Turmas

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

EFA B3

1

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

EFA – Secundário

1

Estabelecimento Prisional Regional de Bragança

EFA B3

1

Total

3

ENSINO DE PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS Designação

Nº Turmas

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

1

Total

1

2.1.1- NÍVEIS ETÁRIOS O nível etário dos alunos do Agrupamento varia entre os 3 e os 17 anos abarcando os diferentes graus de ensino, desde o Pré-Escolar ao 9º Ano. A nível dos Cursos EFA integrados no programa Novas Oportunidades a idade varia entre os 18 e os 65 anos.

14


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PRÉ-ESCOLAR Jardins-de-Infância Estação

Gimonde

Idade

N.º de Alunos

Idade

N.º de Alunos

3 Anos

38

3 Anos

5

4 Anos

47

4 Anos

6

5 Anos

30

5 Anos

0

Total de Alunos

115

Total de Alunos

11

N.º de Grupos/Turmas

5

N.º de Grupos/Turmas

1

Total de Alunos: Estação + Gimonde

126

N.º de Grupos/Turmas: Estação + Gimonde

6

1º CICLO Idades (anos) Anos de Escolaridade

7

8

59

15

2

76

24

3

3.º Ano

82

20

1

4.º Ano

1

70

23

8

102

109

93

25

9

386

1.º Ano 2.º Ano

Total

59

91

9

10

11 ou mais

6

1

Total 77

1

104 103

15


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2º e 3º CICLOS IDADES ANO DE ESCOLARIDADE

10

11

12

13

14

15

113

37

16

8

3

1

178

97

32

9

1

1

140

22

17

8

3

50

22

6

12

3

1

44

4

18

12

1

2

37

2

5

11

4

3

1

26

72

65

47

33

7

4

475

6º 7º

CEF Total

113

134

16

17 ou mais

Total

16


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2.1.2- NÍVEIS DE CARÊNCIA ECONÓMICA O SASE presta auxílio económico aos alunos do 2º e 3º Ciclos, sendo os critérios de atribuição estipulados anual e superiormente pelo Ministério de Educação. A Autarquia Local presta apoio aos alunos do 1º Ciclo e Jardins-de-Infância.

Ciclo/ano de escolaridade Escalões

J.I

A B

1º Ciclo

2º Ciclo

3º Ciclo Total

58

21

30

30

35

55

54

26

13

41

363

33

13

9

10

16

30

18

6

8

7

150

Apoios

Autarquia (255)

SASE (258)

513

Os números constantes no quadro são flutuantes dado que a qualquer momento podem aumentar ou diminuir desde que a situação económica do agregado familiar se altere. A nível sócio cultural/económico encontrámos alunos provenientes de contextos familiares muito diversificados. Dos 989 alunos que frequentam o Agrupamento em cursos diurnos, 513 são contemplados por Auxílios Económicos da responsabilidade do SASE e Autarquia. Este indicador revela-nos um significativo número de famílias com dificuldades económicas.

Carência Económica 60

50

40

30

20

10

0 1º J.I

1º Ciclo

2º Ciclo A

3º Ciclo

B

17


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2.1.3- TRANSPORTES ESCOLARES Dada a localização das Escolas do Agrupamento há necessidade de recorrer à deslocação diária de alunos de todos os níveis etários e de Ensino. Para o Jardim de Infância de Gimonde, são transportados, de táxi, alunos das aldeias de Milhão, Rio Frio, Baçal, Aveleda, Babe, Sacoias. Algumas escolas do 1º Ciclo são frequentadas por crianças de aldeias vizinhas cujas escolas se encontram extintas, sendo os alunos transportados também por táxis e autocarros da responsabilidade da Autarquia. A Escola Sede é frequentada por alunos oriundos de zonas que se encontram, em alguns casos, a 40 Km, de distância, sendo transportados diariamente. Os alunos das zonas mais distantes utilizam transportes escolares em carreiras públicas assim como transportes camarários.

(Escola Sede)

3º Ciclo

(Escola Sede)

Total

1

2

39

Rodonorte

13

9

22

STUB

46

33

79

1

3

45

153

Ciclos Empresa

Táxis

(Gimon)

9

2º Ciclo

1º Ciclo

J.I.

Samil

Quintan.

S. Sebastião

5

15

7

Estação

Santos Total

9

5

15

7

60

2.1.4- CONTEXTO CULTURAL /HABITACIONAL DOS ALUNOS A maioria dos alunos que frequenta o agrupamento é oriunda do meio urbano, apenas 16% reside no meio rural. Esta distribuição obedece a percentagens diferenciadas conforme o ciclo de ensino.

18


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

A maioria dos alunos, 57%, desloca-se para a escola de carro, contudo uma percentagem significativa de alunos ainda faz o percurso a pé (29%) e ainda 14% que utilizam os transportes públicos. O tempo gasto na deslocação por uma maioria acentuada de alunos não ultrapassa os 10 minutos.

Relativamente à constituição dos agregados familiares verifica-se que uma maioria acentuada dos alunos vive com os pais (77%), todavia um pequeno grupo de famílias são monoparentais (17%) e 5% encontra-se noutras situações (entregues a instituições e outras).

Os agregados familiares são pouco numerosos dado que 26% dos alunos não têm irmãos e 63% tem apenas um irmão.

19


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

2.1.5 - OCUPAÇÃO PROFISSIONAL /PROFISSÕES

Em todos os níveis de ensino, desde o pré-escolar ao 3º ciclo, a profissão que ocupa mais pais é a da construção civil com 28%, seguindo-se os comerciantes com 9% e os agricultores com 8%. Quanto às mães verifica-se que 40%são domésticas, profissão que surge em maioria, contudo verifica-se que as actividades ligadas aos serviços e o ensino perfazem um total parcial de 30%

2.1.6 – HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Ao nível das habilitações literárias dos pais constatámos que, somente, 20% possuem habilitações de nível superior, sendo diferenciadas ao longo dos ciclos. No Pré-escolar as habilitações concentram-se ao nível do 3º Ciclo e Secundário nas mães e no 2º e 3º ciclo nos pais.

20


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

No 1º Ciclo centram-se maioritariamente ao nível do 3º Ciclo e secundário.

No 2º Ciclo constatamos que a maioria dos pais têm o 3º Ciclo e as mães o ensino secundário. É também neste ciclo que a percentagem de pais com ensino superior se aproxima dos 20%, no caso dos pais, sendo superior no caso das mães.

No 3º Ciclo, a maioria dos pais possui o ensino básico, com incidência no 1º ciclo.

21


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

Em toda a Comunidade Educativa existem alunos estrangeiros alguns dos quais não têm como língua materna a Língua Portuguesa (ucranianos, chineses, ingleses, americanos, franceses, suíços e espanhóis). No que respeita à nacionalidade dos nossos alunos, existe uma constância de valores desde o Pré-escolar ao 9º ano oscilando entre os 90 e 96% os valores respeitantes à nacionalidade Portuguesa.

Relativamente ao local de trabalho dos pais, a grande maioria trabalha na cidade, 76%, distribuindo-se a restante percentagem, pela aldeia, distrito, estrangeiro……

Um dado preocupante é o que respeita ao local onde os nossos alunos almoçam. No Pré-escolar, 75% almoçam na Escola, no 1º Ciclo este valor cifra-se nos 60%, no 2º Ciclo atinge os 66% e 3º Ciclo aumenta para 77%. Apenas 29% dos nossos alunos fazem estas refeições junto das famílias, facto que

22


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

poderá ter várias causas/ interpretações. Quanto ao número de refeições diárias uma percentagem elevada assume que faz mais do que três refeições por dia

Outro dado que também nos poderá ajudar a caracterizar o nível sócio-económico dos nossos alunos prende-se com os meios informáticos, não sendo displicente considerar neste indicador o fornecimento de computadores pelos programas e-escola e e-escolinhas. No Pré-escolar apenas 45% dos alunos têm computador e 30% têm Internet. Estes valores aumentam no 1º, 2º e 3º Ciclos para valores superiores a 90%, de alunos que possuem computador. Constatamos um decréscimo nestes valores quando se reportam à internet, ou seja apenas 67% tem internet. Quanto ao e-mail, 56% dizem ter e-mail muito próximo (55%) daqueles que conhecem as redes sociais, sendo a mais utilizada o MSN (40%), seguida do Facebook (30%) e do Hi5 (24%).

Este estudo permite-nos concluir que ao longo do Pré-escolar, 1º Ciclo, 2º e 3º Ciclo há flutuações relativamente ao nível sócio-económico e cultural dos nossos alunos que aumenta no 1º e 2º Ciclos, voltando a diminuir no 3º Ciclo.

23


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2.1.5 MÉDIA DAS DIVERSAS DISCIPLINAS DO CURRÍCULO POR CICLO ANO LECTIVO 2006/2007

2006/2007 Língua Portuguesa 2º Ciclo Língua Portuguesa 3º Ciclo Inglês 2º Ciclo Inglês 3º Ciclo Matemática 2º Ciclo Matemática 3º Ciclo Ciências Natureza 2º Ciclo Ciências Natureza 3º Ciclo Educação Física 2º Ciclo Educação Física 3º Ciclo E.M.R.C. 2º Ciclo E.M.R.C. 3º Ciclo Francês 3º Ciclo Espanhol 3º Ciclo História e Geografia 2º Ciclo História 3º Ciclo Geografia 3º Ciclo Físico-química 3º Ciclo E.V.T. 2º Ciclo E.V. 3º Ciclo E.T. 3º Ciclo Expressão Dramática 3º Ciclo Ed. Musical 2º Ciclo

Alunos Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Nível 5 Média

Média

285

0

22

131

78

54

3,729

4

138

0

31

82

17

8

3,014

3

285

0

49

106

72

58

3,487

3

138

0

22

79

25

12

3,195

3

285

0

36

93

94

63

3,656

4

138

0

38

59

28

13

3,115

3

285

0

11

74

109

91

3,982

4

138

0

19

69

33

17

3,347

3

285

0

3

63

133

86

4,059

4

138

1

9

73

42

13

3,413

3

275

0

1

12

75

187

4,629

5

114

0

0

15

24

75

4,526

5

64

0

2

34

18

10

3,562

4

74

0

6

44

16

8

3,351

3

285

0

26

111

98

50

3,603

4

138

0

22

82

24

10

3,159

3

138

0

13

90

26

9

3,224

3

138

0

31

75

25

7

3,057

3

285

0

3

78

104

100

4,056

4

138

0

2

61

42

33

3,768

4

107

0

0

56

31

20

3,663

4

107

0

0

18

59

30

4,112

4

285

0

4

81

82

118

4,101

4

24


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Relativamente às Disciplinas que integram as Áreas Curriculares Disciplinares, podemos observar que todas têm média positiva e que os resultados, nas disciplinas de continuidade são melhores no 2º Ciclo Área de Projecto Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

Sat

SB

NS

Sat

SB

285

5

123

157

1,7

43,2

55,1

138

-

82

56

-

59,42

40,58

Estudo Acompanhado Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

Sat

SB

NS

Sat

SB

285

3

108

174

1,05

37,9

61,05

138

1

80

57

0,7

58

41,3

Formação Cívica Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

Sat

SB

NS

Sat

SB

285

1

69

215

0,3

24,2

75,5

138

-

79

59

-

57,2

42,8

Nas Áreas Curriculares Não Disciplinares observamos que no 2º ciclo predomina a Menção de SB e no 3º Ciclo predomina a Menção de ST.

25


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Média das diversas disciplinas do Currículo por ciclo ANO LECTIVO 2007/2008 2007/2008 Língua Portuguesa 2º Ciclo Língua Portuguesa 3º Ciclo Inglês 2º Ciclo Inglês 3º Ciclo Matemática 2º Ciclo Matemática 3º Ciclo Ciências Natureza 2º Ciclo Ciências Naturais 3º Ciclo Educação Física 2º Ciclo Educação Física 3º Ciclo E.M.R.C. 2º Ciclo E.M.R.C. 3º Ciclo Francês 3º Ciclo Espanhol 3º Ciclo História e Geografia 2º Ciclo História 3º Ciclo Geografia 3º Ciclo Físico-química 3º Ciclo E.V.T. 2º Ciclo E.V. 3º Ciclo E.T. 3º Ciclo Expressão Dramática 3º Ciclo Ed. Musical 2º Ciclo TIC 3º Ciclo

Alunos Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Nível 5 Média

Média

296

0

24

119

81

72

3,679

4

127

0

15

93

14

5

3,071

3

295

0

44

99

82

70

3,603

4

127

0

4

80

32

11

3,394

3

296

0

23

117

94

62

3,659

4

127

0

22

73

23

9

3,150

3

296

0

14

104

95

83

3,834

4

127

0

2

65

39

21

3,622

4

304

0

1

80

120

103

4,069

4

131

0

0

52

62

17

3,733

4

281

0

0

13

16

252

4,851

5

100

0

0

11

11

78

4,670

5

69

0

0

38

15

16

3,681

4

58

0

1

19

21

17

3,931

4

296

0

17

99

94

86

3,841

4

128

0

7

84

18

19

3,383

3

127

0

5

72

36

14

3,465

3

127

0

12

82

25

8

3,228

3

304

0

0

72

120

112

4,132

4

132

0

0

46

47

39

3,949

4

86

0

0

39

32

15

3,721

4

86

0

0

15

54

17

4,023

4

303

0

4

75

104

120

4,122

4

45

0

0

20

15

10

3,778

4

26


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Relativamente às Disciplinas que integram as Áreas Curriculares Disciplinares, podemos observar que todas têm média positiva e que os resultados, nas disciplinas de continuidade são melhores no 2º Ciclo. Área de Projecto Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

ST

SB

NS

ST

SB

285

1

108

176

0,4

37,9

61,7

142

0

95

47

0

67

33

Estudo Acompanhado Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

ST

SB

NS

ST

SB

296

0

84

212

0

28,4

71,6

127

0

84

43

0

66,1

33,9

Formação Cívica Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

ST

SB

NS

ST

SB

303

0

66

237

0

21,8

78,2

133

0

85

48

0

63,9

36,1

Nas Áreas Curriculares Não Disciplinares observamos que no 2º ciclo predomina a Menção de SB e no 3º Ciclo predomina a Menção de ST.

27


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Média das diversas disciplinas do Currículo por ciclo ANO LECTIVO 2008/2009 1º CICLO Língua Portuguesa %

Menção 1º Ciclo

N.º de Alunos NS

SP

ST

SB

EX

NS

SP

ST

SB

EX

92

8

1

14

33

36

9

1

15

36

39

85

0

4

19

36

26

0

5

22

42

31

93

2

11

32

23

25

2

12

34

25

27

100

1

6

32

29

32

1

6

32

29

32

Total

370

11

22

97

121

119

3

6

26

33

32

Matemática Menção 1º Ciclo

N.º de Alunos

%

NS

SP

ST

SB

EX

NS

SP

ST

SB

EX

92

4

1

16

31

40

4

1

17

34

43

85

0

4

14

33

34

0

5

16

39

40

93

2

7

35

23

26

2

8

38

25

28

100

1

7

35

29

28

1

7

35

29

28

Total

370

7

19

100

116

128

2

5

27

31

35

Estudo do Meio Menção 1º Ciclo

N.º de Alunos

%

NS

SP

ST

SB

EX

NS

SP

ST

SB

EX

92

1

6

22

27

36

1

7

24

29

39

85

0

4

13

30

38

0

5

15

35

45

93

2

5

36

27

23

2

5

39

29

25

100

1

4

32

26

37

1

4

32

26

37

Total

370

4

19

103

110

134

1

5

28

30

36

NS- NÃO SATISFAZ; SP- SATISFAZ POUCO; ST- SATISFAZ; SB- SATISFAZ BEM: EX- EXCELENTE

28


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2º E 3º CICLOS 2008/2009 Língua Portuguesa 2º Ciclo Língua Portuguesa 3º Ciclo Inglês 2º Ciclo Inglês 3º Ciclo Matemática 2º Ciclo Matemática 3º Ciclo Ciências Natureza 2º Ciclo Ciências Naturais 3º Ciclo Educação Física 2º Ciclo Educação Física 3º Ciclo E.M.R.C. 2º Ciclo E.M.R.C. 3º Ciclo Francês 3º Ciclo Espanhol 3º Ciclo História e Geografia 2º Ciclo História 3º Ciclo Geografia 3º Ciclo Físico-química 3º Ciclo E.V.T. 2º Ciclo E.V. 3º Ciclo E.T. 3º Ciclo Expressão Dramática 3º Ciclo Ed. Musical 2º Ciclo Ed.Musical 3º Ciclo TIC 3º Ciclo

Alunos Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Nível 5 Média

Média

281

0

20

110

62

89

3,783

4

116

0

13

81

17

5

3,121

3

281

0

35

90

75

81

3,719

4

116

0

10

63

36

7

3,345

3

281

0

38

95

74

74

3,655

4

116

0

24

52

31

9

3,216

3

281

0

14

94

86

87

3,875

4

116

0

10

57

32

17

3,483

3

289

0

1

57

132

99

4,138

4

127

0

2

53

50

22

3,724

3

277

0

0

17

67

193

4,635

5

98

0

0

1

17

80

4,806

5

45

0

3

30

8

4

3,289

3

70

0

5

30

20

15

3,643

4

281

0

15

105

62

99

3,872

4

116

0

6

63

29

18

3,509

4

116

0

4

60

35

17

3,560

4

116

0

12

64

31

9

3,319

3

289

0

0

68

114

107

4,135

4

126

0

0

36

44

46

4,079

4

87

0

0

38

42

7

3,644

4

37

0

0

10

23

4

3,838

4

289

0

2

61

86

140

4,260

4

50

0

0

19

30

1

3,640

4

40

0

1

30

2

7

3,375

3

29


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Relativamente às Disciplinas que integram as Áreas Curriculares Disciplinares, podemos observar que todas têm média positiva e que os resultados, nas disciplinas de continuidade são melhores no 2º Ciclo, ou seja tendencialmente a média no 2º ciclo é 4 e no 3º ciclo é 3. Área de Projecto Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

ST

SB

NS

ST

SB

289

3

116

170

1

40,2

58,8

126

0

84

42

0

66,7

33,3

Estudo Acompanhado Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

ST

SB

NS

ST

SB

281

2

94

185

0,7

33,5

65,8

138

1

76

39

0,9

65,5

33,6

Formação Cívica Menção

%

Ciclos

N.º de Alunos

NS

ST

SB

NS

ST

SB

289

1

70

218

0,4

24,2

75,4

126

0

72

54

0

57,1

42,9

Nas Áreas Curriculares Não Disciplinares observamos que no 2º ciclo predomina a Menção de SB e no 3º Ciclo predomina a Menção de ST. Relativamente à média final das disciplinas com exames nacionais no 3ºCiclo e provas de aferição no 1º e 2º ciclo verifica-se que a tanto a Língua Portuguesa como a Matemática a media é superior no 2º ciclo, ainda que ambos os valores sejam positivos. No que respeita ao 1º ciclo, e reportando-nos apenas aos dados referentes ao ano lectivo de 2008/2009, verifica-se na disciplina de Língua Portuguesa uma elevada percentagem de menções no SB (33%) e no EX (32%), tal como ocorre em Matemática, SB (31%) e EX (35%). Na disciplina de Língua Portuguesa no 2º ciclo a média situa-se em 3,7 sendo que no 3º ciclo aproxima-se de 3,1.

30


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2006/2007 Língua Portuguesa 2º Ciclo Língua Portuguesa 3º Ciclo

Alunos

Nível 1

Nível 2

Nível 3

Nível 4

Nível 5

Média

Média

285

0

22

131

78

54

3,729

4

138

0

31

82

17

8

3,014

3

296

0

24

119

81

72

3,679

4

127

0

15

93

14

5

3,071

3

281

0

20

110

62

89

3,783

4

116

0

13

81

17

5

3,121

3

2007/2008 Língua Portuguesa 2º Ciclo Língua Portuguesa 3º Ciclo

2008/2009 Língua Portuguesa 2º Ciclo Língua Portuguesa 3º Ciclo

Quanto à disciplina de Matemática a média ponderada aproxima-se no 2º ciclo de 3,7 e no 3º ciclo de 3,2. 2006/2007 Matemática 2º Ciclo Matemática 3º Ciclo 2007/2008 Matemática 2º Ciclo Matemática 3º Ciclo 2008/2009 Matemática 2º Ciclo Matemática 3º Ciclo

Alunos

Nível 1

Nível 2

Nível 3

Nível 4

Nível 5

Média

Média

285

0

36

93

94

63

3,656

4

138

0

38

59

28

13

3,115

3

296

0

23

117

94

62

3,659

4

127

0

22

73

23

9

3,15

3

281

0

38

95

74

74

3,655

4

116

0

24

52

31

9

3,216

3

No que concerne à língua estrangeira Inglês verifica-se que a média ponderada é próxima em ambos os ciclos, ou seja no 2º ciclo é próxima do 3,6 (tendo progredido ao longo dos três anos) e de 3,3 no 3º ciclo.

31


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2006/2007 Inglês 2º Ciclo Inglês 3º Ciclo 2007/2008 Inglês 2º Ciclo Inglês 3º Ciclo 2008/2009 Inglês 2º Ciclo Inglês 3º Ciclo

Alunos

Nível 1

Nível 2

Nível 3

Nível 4

Nível 5

Média

Média

285

0

49

106

72

58

3,487

3

138

0

22

79

25

12

3,195

3

295

0

44

99

82

70

3,603

4

127

0

4

80

32

11

3,394

3

281

0

35

90

75

81

3,719

4

116

0

10

63

36

7

3,345

3

2.1.6- APROVEITAMENTO /SUCESSO DOS ALUNOS Sucesso Educativo relativo ao ano lectivo 2006/2007 Nível de Escolar idade (Ano)

N.º Total de Alunos

Alunos Retidos

91

1º Ciclo

N.º de Alunos

%

0

91

111

12

101

Total

%

%

Insucesso %

%

2006/2007

2005/2006

2006/2007

100

0

0

0

0

99

89

0

0

1,9

10,8

3

98

97

0

0

9,2

2,9

93

3

90

96,77

0

0

8

3,2

396

18

161

16

145

90

0

3,7

2

9,9

147

13

134

91

0

6,1

1,8

8,8

308

29

64

18

46

71,87

11,84

14

28,9

28

59

11

48

81,35

0

6,7

12,76

18,6

40

7

33

82,5

5,7

7,5

17,3

17,5

163

36

Total 3º Ciclo

Abandono

2005/2006

Total 2º Ciclo

Transição

% Por Ciclo 2006/2007

4,5

9,4

22,08

32


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Sucesso Educativo relativo ao ano lectivo 2007/2008 Nível de Escolar idade (Ano) Pré-escolar 1º 2º

1º Ciclo

3º 4º Total 5º

2º Ciclo

6º Total 7º

3º Ciclo

8º 9º Total

CEF ( Pré Impressão) Alfabetização De Adultos AM EFA B2 AM EFA B3 AM EFA SEC Português Para Estrangeiros Alfabetização De Adultos EP EFA B3 EP

Transição

N.º Total de Alunos

Alunos Retidos

135 110 99 99 100 408 157 148 308 48 44 47 139

N.º de Alunos

%

0 2 2 1 4 9 3 3 6 4 3 3 10

135 108 97 98 96 399 154 145 299 44 41 44 129

13

*

14

Abandono %

%

Insucesso %

%

% Por Ciclo 2007/2008

0

2006/2007

2007/2008

2006/2007

2007/2008

100 98 98 99 96 98 98 98 98 92 93 94 93

0 0 0 0 0 0 1,9 4,1 2,9 9,4 5,1 5 6,7

0 0 0 0 0 0 0,6 0,7 0,7 2,1 0 0 0,7

2 3,7 10 1,9 3 4,8 9,9 8,8 9,4 28 19 18 24

0 1,8 2 1 4 2,8 1,9 2 2 8,3 6,8 6,4 7,2

*

*

*

*

*

*

0

14

100

0

0

0

0

10 11 21

5 ** *

5 ** *

50 ** *

40 ** *

50 ** *

0 ** *

0 ** *

15

0

10

67

20

33

0

0

10

7

1

10

25

20

63

70

13

0

3

23

***

23

***

0

2,8

2

7,2

Observação: *: o curso só é concluído no ano lectivo 2008/2009; **: o curso só é concluído em Outubro de 2008; ***: o curso não funcionou. Nos cursos que decorreram no Estabelecimento Prisional, o abandono dos formandos é relativo dado que se deve a transferências, ausência para trabalho e a libertações. Não temos conhecimento se os formandos prosseguiram estudos noutros estabelecimentos.

33


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Sucesso Educativo relativo ao ano lectivo 2008/2009 Nível de Escolar idade (Ano) Pré-escolar 1º 2º

1º Ciclo

3º 4º Total 5º

2º Ciclo

6º Total 7º

3º Ciclo

8º 9º Total

CEF (Pré Impressão) Alfabetização Adultos AM EFA B2 AM EFA Sec AM ( 1º ano) EFA Sec AM (2º ano) Português para Estrangeiros Alfabetização Adultos EP EFA B3 EP

Transição

N.º Total de Alunos

Alunos Retidos

133 92 85 93 100 370 128 154 282 44 36 39 119

N.º de Alunos

%

0 0 0 2 1 3 5 3 8 5 1 2 8

133 92 85 98 99 367 123 151 274 39 35 37 111

13

0

11

Abandono %

%

Insucesso %

%

% Por Ciclo 2008/2009

0

2007/2008

2008/2009

2007/2008

2008/2009

100 100 100 98 99 99 96 98 97 89 97 95 93

0 0 0 0 0 0 0,6 0,7 0,7 2,1 0 0 0,7

0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2,6 0,8

0 1,8 2 1 4 2,8 2 2 2 8,3 6,8 6,4 7,2

0 0 0 2,2 1 0,8 3,9 1,9 2,8 11 2,8 2,6 5,9

13

100

0

0

0

0

0

11

100

0

0

0

0

13

0

6

46

50

54

0

0

12

0

*

*

0

50

0

0

22

**

19

86

0

0

0

**

8

0

8

100

33

0

0

0

10

3

7

70

20

10

70

30

14

5

9

64

23

14

0

36

0,8

2,8

5,9

Observação: *: 6 dos 12 alunos prosseguem estudos no ano lectivo seguinte: **: Dos 22 alunos inscritos, 3 ainda não concluíram alguns núcleos geradores. Pela análise dos quadros podemos constatar que ao nível do 7º ano de escolaridade há um grande decréscimo da taxa de transição. Esta situação é devida a vários factores, que se têm mantido ao longo dos anos: - Grau de dificuldade dos conteúdos programáticos; - O nível de exigência; 34


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

- Saída de muitos alunos para as escolas Secundárias; - A maturidade dos alunos ainda ao nível de conhecimento quando os conteúdos programáticos exigem um elevado o nível da abstracção; - Falta de estudo dos alunos; - Falta de expectativas das famílias - Outras. Relativamente ao abandono foi reduzido a 0% em todos os anos, excepto no 9º ano que teve uma ligeira subida relativamente ao ano anterior

2.2- PESSOAL DOCENTE 2.2.1- HABILITAÇÕES O corpo docente do Agrupamento é constituído por 174 Professores dos quais 91,2% são licenciados, 4,8% bacharéis e 4% possuem o grau de mestre. 2.2.2- SITUAÇÃO PROFISSIONAL EDUCADORES DE INFÂNCIA E PROFESSORES DO 1º CICLO QE CT Educadores 5 de Infância Intervenção Precoce Professores 14 1º Ciclo Educação Especial CT- com turma

QZP

Contrat

ST

CT

ST

3

1

4

7

13

16

CT

ST

Destacados no Agrupamento QE CT

1

QZP ST

CT

Contrat

ST

2

2

1

1

2

1

6

CT

ST

Outras Situações

1

4 ST- sem turma

35


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

Os Professores e Educadores sem Turma desempenham funções Técnico-Pedagógicas nos Jardins-de-Infância do Agrupamento, nas Escolas do 1º Ciclo e na Escola Sede. Estes Docentes desempenham actividades na Biblioteca, Gabinete de Apoio ao aluno e asseguram as substituições e as aulas de Apoio ao Estudo e Apoio Pedagógico a alunos com Plano de Acompanhamento e Planos de Recuperação no 1º Ciclo, contudo revelam-se em número insuficiente para estas tarefas, sendo necessário, recorrer por vezes a Professores de outros graus de ensino. PROFESSORES DO 2 E 3º CICLO

Vínculo QA

QZP

Contrat.

2º Ciclo

43

3

3º Ciclo

20

4

Ed. Esp

4

Total

67

Ciclo

Destacamento QZP

Out. Sit

5

4

2

2

59

8

6

1

1

40

1 7

Total

QA

13

7

4

5 3

104

36


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2.2.3-CATEGORIA PROFISSIONAL/DISTRIBUIÇÃO DOS PROFESSORES TITULARES POR DEPARTAMENTO O Agrupamento possui 51 Professores Titulares distribuídos por todos os Ciclos de Ensino. Notase, contudo, um défice de Professores Titulares ao nível do 3º Ciclo dado que o corpo docente deste Ciclo é constituído por muitos Professores jovens na carreira. Apenas em dois grupos de docência do 3º ciclo existem Professores Titulares.

DEPARTAMENTO

TOTAL DO CORPO

CATEGORIA PROFISSIONAL

DOCENTE

Professores

Professores Titulares

Pré-escolar

16

12

4

1º Ciclo

50

37

13

26

18

8

15

10

5

26

18

8

41

28

13

174

123

51

Departamento de Línguas Dep. de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Matemática Departamento de Expressões

37


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

2.3- PESSOAL NÃO DOCENTE O Pessoal não docente do Agrupamento, reparte-se por Assistentes Técnicos (secretaria, S.A.S.E) e Assistentes Operacionais (apoio a alunos, manutenção, cozinha e guarda-nocturno). Com as sucessivas aposentações dos Assistentes Operacionais e a implementação da Escola a Tempo Inteiro, nota-se alguma carência a este nível quer na Escola Sede, quer nas Escolas do 1º Ciclo onde o número de funcionários se revela insuficiente para garantir um acompanhamento dos alunos das 9:00 às 17:30 h, com especial incidência no início e final das actividades lectivas e hora de almoço. Ao nível da cozinha, a situação é preocupante devido ao acréscimo de alunos a almoçar na sequência da política da Escola a Tempo Inteiro, uma vez que grande parte dos alunos do 1º Ciclo passaram a usufruir deste serviço. Os funcionários contratados e os colocados pelo I.E.F.P. independentemente do esforço que manifestam e da motivação para as tarefas terminam os respectivos contratos, a dinâmica gerada perde-se e há um desperdício de recursos. PESSOAL NÃO DOCENTE 1º Ciclo

J.I. Função

F. Quad ro

Contr atado

I.E.F. P.

F. Quad ro

Contr atado

Augusto Moreno I.E.F. P.

F. Quad ro

Contr atado

11

1

I.E.F. P.

TOT AL

Assistentes Técnicos Secretaria SASE

2

12 2

Assistentes Operacionais Apoio Alunos

3

6

1

Manutenção Cozinha G. Nocturnos

TOTAL

3

6

1

20

4

34

1

1

5

5

2

2

31

5

56

38


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PESSOAL TÉCNICO LOCAL DE TRABALHO AGRUPAMENTO E AGRUPAMENTO ESCOLA SEDE ESCOLAS

CATEGORIA

DO

DISTRITO

PSICÓLOGA

1

TERAPEUTA DA FALA

1

TERAPEUTA DA FALA

1

TERAPEUTA OCUPACIONAL

1

FISIOTERAPEUTA

1

FORMADOR DE LÍNGUA GESTUAL

1

TÉCNICOS DOS CURSOS CEF

3

39


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

3- ACTIVIDADES DE APOIO E DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR 3.1- APOIOS EDUCATIVOS /EDUCAÇÃO ESPECIAL INTRODUÇÃO Tendo em conta a Declaração de Salamanca a legislação e os normativos legais em vigor, bem como a classificação Internacional de Funcionalidade Incapacidade e Saúde, as Necessidades Educativas Especiais passaram a ser entendidas na Escola, como uma parte integrante de todo o Sistema Educativo, sendo reforçado o princípio da diferenciação. Principio que assenta no reforço da qualidade das respostas educativas e escolares a aplicar aos alunos de N.E.E. no sentido de uma maior flexibilização e diferenciação pedagógica associadas a medidas como os percursos alternativos e os apoios individualizados aos alunos de N.E.E.. Neste âmbito o Decreto-Lei 3/2008, de 7 de Janeiro prevê entre outras medidas o desenvolvimento de respostas diferenciadas levando, inclusivamente, à criação de Escolas de Referência nas áreas da surdez, multidificiência e cegueira / baixa visão etc.. É neste contexto que o nosso Agrupamento foi considerado Escola de Referência na área da surdez e da multidificiência. Por outro lado a aplicação de CIF à Educação Especial vem colocar o acento não nas deficiências mas nas capacidades das pessoas e nos obstáculos que enfrentam. A CIF chama a atenção para os problemas das pessoas e para os obstáculos existentes no meio, passando a ser trabalhado em simultâneo a capacitação dos indivíduos e as acessibilidades. Somos do parecer que um sistema de educação inclusiva se estende e se desenvolve se atender à diversidade de características das crianças / jovens às diferentes necessidades ou problemáticas e como consequência, à diferenciação de medidas. Assim, o processo educativo tem de ser adequado às necessidades educativas especiais dos alunos que apresentam limitações significativas ao nível de actividade e participação, num ou em vários domínios da vida, decorrentes de alterações funcionais e estruturais de carácter permanente. 3.1.1- CARACTERIZAÇÃO DOS ALUNOS O Agrupamento de Escolas Augusto Moreno, no âmbito das Necessidades Educativas Especiais apoia 73 alunos da Intervenção Precoce ao 3.º ciclo do Ensino Básico, distribuídos pelas seguintes problemáticas: 1º,2º e 3º Ciclos 

Problemas emocionais (10 alunos);

Problemas de linguagem (14 alunos);

Problemas cognitivos (33 alunos); 40


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

Problemas auditivos (7 alunos);

Problemas visuais (2 alunos)

Neuromuscular Esquelético (5 alunos)

Outras síndromes (1 aluno)

Saúde Física (1aluno)

Intervenção precoce (11 alunos)

Problemas emocionais (1 aluno);

Problemas de linguagem (7alunos);

Aparelho cardiovascular dos sistemas Hematolóficos e Imunológicos do aparelho respiratório ( 1 aluno)

Neuromuscular Esquelético e relacionados com o movimento (2 alunos)

3.1.2- MEIOS DISPONÍVEIS - Meios Humanos/Docentes especializados e não especializados 

1 Educadora de Infância;

2 Educadores de Infância na área da Intervenção Precoce

6 Professores do 1.º ciclo do ensino básico;

2 Professor dos 2/3 ciclos do ensino básico.

2 Professoras de apoio educativo.

Sendo o nosso Agrupamento considerado, ao nível da Educação Especial, Unidade de Referência a nível da multi-deficiência, foi dotado de uma bolsa de técnicos que desenvolvem também apoio noutros Agrupamentos (Terapeuta da Fala, Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional e que dão apoio a alunos dos Agrupamentos de Macedo de Cavaleiros e Vinhais). 

2 Terapeutas da Fala, uma das quais a meio tempo na Unidade de Surdos

1 Fisioterapeuta

1 Terapeuta Ocupacional

1 Psicóloga O Agrupamento é ainda Unidade de Referência a nível distrital na área da intervenção precoce, surdez, cegueira e baixa visão.

41


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

3.1.3- MEIOS HUMANOS NÃO DOCENTES: 

1 Formadora de Língua Gestual Portuguesa;

4 Tarefeiras

1 Psicóloga

2 Terapeutas da Fala

1 Fisioterapeuta

1 Terapeuta Ocupacional

3.1.4- MEIOS FÍSICOS: 

1 Sala de Apoio Permanente para Multideficiência (Escola n.º 2 – São Sebastião), que no próximo ano lectivo deverá funcionar a nível do 2º ciclo na escola sede do Agrupamento

Uma Unidade de Ensino a Alunos Surdos (Escola n.º 6 - Toural);

Sala da apoio à cegueira e baixa visão dotada de equipamentos adequados (lupa TV, impressora Braille e PC)

Duas salas de apoio educativo ao nível dos currículos específicos individuais (Escola EB2,3 Augusto Moreno).

Gabinete de Psicologia (Escola EB2,3 Augusto Moreno).

3.2- SERVIÇO ESPECIALIZADO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL INTRODUÇÃO Tendo em conta a legislação e normativos legais em vigor, as N.E.E. passaram a ser entendidas, como uma parte integrante de todo o sistema educativo. A perspectiva de Escola para todos consubstancia-se num conjunto de transformações e adaptações que atingem a concepção, o planeamento e a organização da Escola/ Agrupamento. É neste âmbito que os serviços de apoio especializados do Agrupamento de Escolas Augusto Moreno reafirmam o direito à educação para todos, na qual cada aluno tem características, interesses, motivações, capacidades e necessidades de aprendizagem que lhe são próprias. Estes Serviços passam a apresentar a caracterização das Problemáticas dos alunos.

42


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

1- Caracterização dos problemas dos alunos O número de alunos com N.E.E. atendidos/apoiados pelos Serviços de Apoio Especializado do Agrupamento ascende a 55 casos (1º,2º e 3º Ciclos). Considerando os diferentes tipos de N.E.E., a distribuição é a que a seguir se apresenta: Quadro nº 1 – Crianças/Alunos Atendidos/Apoiados por Tipo de N.E.E. Tipo de N.E.E./ Problemática

Número de Alunos

Deficiência Auditiva

6

Deficiência Visual e ou Baixa Visão

3

Neuromusculares Esqueléticas e relacionadas com o movimento. Deficiência Mental / Cognitiva

29

Fala, Comunicação e Linguagem

4

Problemas/Distúrbios Emocionais

4

Outros Síndromes

2

Saúde Física (aparelho cardiovascular dos sistemas Hematológicos e Imunológicos e do aparelho respiratório

1

Multideficiência

3

3

2- Constituição dos Serviços de Apoio Especializado 2.1- Recursos Humanos Docentes Constituem os Serviços especializados deste Agrupamento 11 Professores dos quais 10 são Especializados, sendo 8 do quadro de escola e 3 destacados. Nove destes docentes estão especializados em Educação Especial, 7 em deficiência mental/motora, 1 em deficiência auditiva e 3 no domínio emocional/personalidade. O apoio disponibilizado por estes docentes desenvolve-se na sala de aula regular, em salas de apoio e em unidades de Intervenção Especializadas (Surdez e Multideficiência e Baixa Visão). 2.2- Recursos Humanos Não Docentes - 4 Auxiliares de Acção Educativa (Tarefeiras) - 1 Formadora de Linguagem Gestual Portuguesa. - 1 Psicóloga - 2 Terapeutas da fala 43


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

- 1 Fisioterapeuta Ocupacional 2.3- Recursos Físicos Como recursos físicos há a salientar: - Duas salas de apoio educativo a nível dos currículos específicos individuais (E.B. 2,3 Augusto Moreno). - Uma unidade de intervenção especializada a alunos surdos (E.B1 nº6) - Uma unidade de intervenção especializada a alunos portadores de multideficiências (E.B1 nº2). - Escola de referência para a educação de alunos cegos e de baixa visão (Uma sala). - Os Recursos Humanos de que o Agrupamento pode “dispor” situam-se não apenas na própria escola, mas também no seu exterior. Os Serviços ligados à Saúde e à Segurança Social e respectivos profissionais, prestam à escola uma colaboração de algum significado. 3- Organização e gestão curriculares Verifica-se que neste Agrupamento há alunos com N.E.E. que se encontram a frequentar/seguir diferentes currículos e dispensados da frequência de algumas disciplinas. O quadro nº 2 é exemplificativo da existência dos currículos seguintes: Quadro nº 2 – Organização e Gestão Curricular

Sim

Tipo de Currículo

Normal

Adaptado

Dispensa de Disciplina

Especifico Individual

Não

4- Organização do processo de ensino (N.E.E.) Os alunos com N.E.E. que se encontram a frequentar a Escola/Agrupamento, são parte integrante de turmas regulares, embora alguns só frequentem parte das disciplinas e tenham em maioria apoio directo em salas de apoio e/ou em Unidades de Intervenção Especializada. Também são prestados a alguns alunos, apoios diários na sala de aula regular; todos os alunos recebem apoio directo e indirecto.

44


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

O trabalho docente processa-se através da articulação prévia entre o Professor de Educação Especial/Professor de Turma do aluno e/ou Conselho de Turma do aluno. Trata-se de um trabalho organizado em equipa (2 ou mais professores) coexistindo na mesma sala, mas com programação conjunta e com continuidade de actividades entre si. O Quadro nº 3 sintetiza a organização deste processo de ensino Os alunos com N.E.E. que se encontram a frequentar o Agrupamento, encontra-se integrados em:  TURMAS REGULARES SEGUINDO O CURRÍCULO NORMAL;  INTEGRADOS SÓ EM PARTE DAS DISCIPLINAS (ALUNO INTEGRADO NA TURMA, EXCEPTO EM DETERMINADAS DISCILPLINAS// ÁREAS CURRICULARES;  COM APOIO DIRECTO, POR PARTE DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, DADO NA SALA DE AULA REGULAR;  COM APOIO DIRECTO, POR PARTE DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO PROCESSO ESPECIAL, DADO EM SALA À PARTE (APENAS EM SITUAÇÕES DE ENSINO

DEVIDAMENTE JUSTIFICADAS)  SÓ COM APOIO INDIRECTO, POR PARTE DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL;  COM APOIO DIRECTO E INDIRECTO, POR PARTE DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL;  ALUNO INTEGRADO NA UNIDADE DE INTERVENÇÃO ESPECIALIZADA (SURDEZ, MULTIDEFICIÊNCIA E BAIXA VISÃO LOCALIZADA NUMA ESCOLA NORMAL DO AGRUPAMENTO; ALUNO INTEGRADO NA TURMA A TEMPO PARCIAL.).

Quadro nº 3 – Organização do Processo de Ensino 5- Alunos com necessidades educativas especiais processo-ensino aprendizagem O Processo de ensino - aprendizagem é, predominantemente, orientado pelos princípios de igualdade de oportunidades educativas e sociais a que todos os alunos, sem excepção, têm direito. A educação dos alunos com necessidades educativas especiais implica, assim, para além da colocação das crianças e jovens em escolas de ensino regular, alterações estruturais no plano da cultura pedagógica.

45


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

A atenção às diferenças individuais e o atendimento escolar implicam uma flexibilização da organização escolar, das estratégias de ensino, da gestão dos recursos e do currículo, por forma a proporcionar o desenvolvimento maximizado de todos, de acordo com as características pessoais e as necessidades individuais de cada um. Desta forma a actividade com os alunos de N.E.E. desenvolve-se tendo em conta: 6- Adequações curriculares individuais As adequações Curriculares Individuais no Agrupamento de Escolas Augusto Moreno, são realizadas para atender às necessidades especiais dos alunos ao abrigo do Decreto-lei n.º3/2008, de 7 de Janeiro – art.º 18. Estas adaptações podem ser muito pequenas e não constituir alterações expressivas na programação regular, de tal modo que todos os alunos da turma possam delas beneficiar. No entanto de acordo com os alunos, pode-se também realizar adaptações significativas do currículo regular, no sentido de atender a condições específicas necessárias, de modo a obter maior participação do aluno nas actividades curriculares comuns e possibilitar o alcance dos objectivos/competências definidos para cada etapa educativa. 7- Unidade de apoio atendimento e educação a alunos surdos A UAAS do Agrupamento de escolas Augusto Moreno, visa proporcionar uma melhor resposta às necessidades e interesses do aluno deficiente auditivo, correspondendo também ao preconizado na Resolução nº 48/96 das Nações Unidas de Março de 1994, à Declaração de Salamanca de 1994 e à alínea h) do art. 74 da Constituição da República Portuguesa e às orientações contidas no Despacho nº 7520 de 5/5/1998 e Decreto-Lei Nº 6 de 18/01/2001, tendo como objectivos:  Proporcionar aos surdos uns educação específica e de qualidade que responda às suas necessidades concretas e aos seus interesses;  Desenvolver um currículo exigente e inovador que optimize as suas potencialidades e os prepare para o prosseguimento de estudos e/ou para a inserção na vida activa;  Privilegiar metodologias activas no processo de ensino aprendizagem;  Tornar mais fácil e útil a participação dos surdos na vida da escola, apoiada na ajuda dos Monitores/formadores surdos de Língua Gestual Portuguesa;  Iniciar os alunos surdos no uso e domínio das novas tecnologias da informação;  Desenvolver estratégias de aprendizagem com recurso às TIC;

46


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 Promover o desenvolvimento de projectos curriculares que privilegiam as Tecnologias da Informação;  Promover o envolvimento destes alunos numa dinâmica escolar, diminuindo os processos naturais de isolamento social provocados pela perda e/ou dificuldades da audição;  Contribuir para que estes jovens mantenham bons níveis de relacionamento com a sua escola e o seu grupo/turma promovendo ou motivando sentimentos de amizade e de pertença a um grupo;  Melhorar a interacção entre os alunos, os encarregados de educação, os Professores e outros Agentes da Comunidade Educativa do Agrupamento Dependendo das reais necessidades dos alunos surdos e, atendendo ao seu grau de surdez, ao nível de desenvolvimento cognitivo, linguístico e social, ao vocabulário activo e passivo, às competências adquiridas, às experiências educativas vivenciadas, à idade, envolvimento e participação da família, a Unidade de Atendimento a Alunos Surdos (UAS) pretende oferecer diversas modalidades de organização das actividades: integração com participação plena; integração com participação flexível e integração com participação parcial. Os currículos são os constantes do projecto curricular de escola, com alguns reforços e adaptações, dispondo ainda do apoio de Monitores/Formadores surdos de Língua Gestual Portuguesa, quer nas actividades curriculares disciplinares e não disciplinares, quer nas visitas de estudo ou nas actividades extra-curriculares. 8- Unidade de intervenção especializada (Multideficiência) Esta Unidade tem como objectivos: 1- Promover uma aprendizagem sistematizada de competências que promovam a máxima autonomia e integração socioeducativa dos alunos com currículos Específicos Individuais; 2- Promover as respostas às necessidades educativas dos alunos com os recursos existentes na Escola e na Comunidade. 3- Contribuir para a igualdade de oportunidades de sucesso educativo para todas as crianças e jovens, promovendo a existência de respostas pedagógicas diversificadas adequadas às necessidades específicas e ao desenvolvimento global. 4- Aplicar metodologias e estratégias de intervenção adequadas a crianças e jovens com diferentes graus de deficiência.

47


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

9- Escola de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão. Paralelamente, o Agrupamento Augusto Moreno é Escola de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão, o que constitui mais uma resposta educativa especializada. Constituem objectivos das escolas de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão os que se encontram consignados no ponto nº 3, alíneas de a) a i), do art.º 24º do Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de Janeiro 10- Currículos específicos individuais Os Currículos Específicos Individuais são elaborados em parceria com cada Encarregado de Educação dos Alunos, no sentido de seleccionar áreas disciplinares, interesses e respectivas cargas horárias, tendo em conta as expectativas, necessidades, forças e recursos dos Alunos e da Família. Assim, o Projecto desenvolver-se-á com a participação dos Alunos, em disciplinas nas turmas regulares, onde se encontram integrados, e em áreas específicas criadas como resposta às suas necessidades. O Projecto pode incluir as seguintes áreas curriculares específicas:  Português Funcional  Matemática Funcional  Técnicas de Informação e Comunicação  Ateliês  Área Vocacional (Plano Individual de Transição)  Desenvolvimento Pessoal e Social  Expressão plástica e artística  Expressão, corporal e musical.) Usar-se-ão metodologias activas e estratégias diferenciadas, em ordem a promover aprendizagens, partindo da observação directa e optimizando o “aprender fazendo”, tendo sempre presente uma lógica multidisciplinar e transdisciplinar. Tentar-se-á proporcionar aos alunos a vivência de situações diversificadas e atractivas e, sempre que possível, de acordo com os seus interesses, visando desenvolver em cada um deles, o sentido de responsabilidade, de autonomia e de relacionamento interpessoal, com a finalidade de facilitar a sua transição para a vida adulta.

48


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 O processo de avaliação dos alunos abrangidos pela medida educativa currículo especifico individual (Decreto-lei nº 3/2008 de 7 de Janeiro) envolve os professores da referida turma e os professores e técnicos dos serviços especializados educação especial  Para estes alunos serão elaborados os programas educativos individualizados, onde estarão devidamente explicitadas e fundamentadas as condições de avaliação próprias decorrentes da aplicação das medidas educativas especiais.  Todo o processo de identificação dos alunos a ser abrangidos pela modalidade Educação Especial, bem como a programação e avaliação dos alunos já abrangidos pelo mesmo regime educativo, carece de autorização e acompanhamento por parte dos encarregados de educação.  Os alunos com NEE, podem ser retidos ao longo do 1º ciclo, desde que após analisada a situação, o Conselho de Docentes delibere favoravelmente por se verificar que os mesmos têm ganhos com essa retenção, nomeadamente ao nível das áreas de desenvolvimento.  Os alunos citados no ponto anterior, poderão transitar de ciclo, desde que tenham adquirido as competências definidas no PEI, o qual será elaborado de acordo com a problemática e o potencial de cada criança. O processo destes alunos será acompanhado do respectivo relatório final onde constarão indicações das competências adquiridas ao longo dos vários ciclos de ensino, bem como algumas recomendações para o encaminhamento nos ciclos subsequentes.  Os alunos com NEE podem ser submetidos a avaliação sumativa com adaptação de critérios, desde que as referidas necessidades derivem de dificuldades específicas de aprendizagem 11. Intervenção Precoce (Escola de Referência) O Agrupamento de Escolas Augusto Moreno, é Escola de referência no âmbito da Intervenção Precoce na Infância. Constituem objectivos desta escola de referência os consignados nas alíneas a)b) e c) do ponto nº2, do art.º 27º do Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de Janeiro.

49


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

3.2- ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR E PROJECTOS No presente ano lectivo funcionam no Agrupamento algumas Actividades de Apoio e Enriquecimento Curricular e projectos que se pretende sejam de continuidade nos anos seguintes. 3.2.1- Salas de Estudo – funciona na escola sede uma sala de estudo, orientada por docentes que se encontram em horas de trabalho de estabelecimento (artigo 79º do ECD), desenvolvimento de projectos e em complemento de horário (QZP) colocados com Dispensa da componente lectiva – Portaria 296/99 de 28 de Abril; Lei 100 e com insuficiência da componente lectiva. Esta sala tem um horário coincidente com a mancha horária da escola com professores de Línguas e Matemática. Às quartas à tarde funcionam ainda salas de estudo de Inglês e Físico-Química. Os alunos são apoiados por docentes com formação na área das Línguas e Ciências Exactas. 3.2.2 – Saúde Escolar (em anexo) – com a implementação da Lei nº 60/2009, 6 de Agosto, funciona em articulação com o GAP, o professor titular de turma, o director de turma e outros, como valências ao nível da enfermagem e medicina. O Plano da Saúde Escolar definido para o ano lectivo 2009/2010 destina-se a toda a comunidade educativa do Agrupamento de Escolas Augusto Moreno, ou seja, abrangendo a população escolar dos Jardins-de-infância, 1º, 2º e 3º Ciclos, CEF’s e os cursos que funcionam em regime nocturno. O programa tem em vista a redução dos factores de risco de doenças crónicas não transmissíveis e aumentar os factores de protecção relacionados com os estilos de vida. As actividades deverão ser orientadas, essencialmente para 4 grandes temáticas: i) Educação alimentar/actividade física ii) Prevenção de consumo de substâncias psicoactivas como o tabaco, álcool; iii) Educação sexual e infecções sexualmente transmissíveis; iv) Saúde mental/violência em meio escolar. 3.2.3- Gabinete de Apoio e Atendimento ao aluno (em anexo) – tem por finalidade apoiar os alunos nas ausências do Director de Turma, fazer a triagem das ocorrências fora do espaço da aula, comunicandoas ao Director de Turma e ao Órgão de Direcção com vista à resolução de problemas emergentes do quotidiano escolar. Atende também os alunos indispostos ou lesionados procedendo ao seu encaminhamento para o Hospital Gabinete de Apoio e Atendimento ao Aluno, integrado por uma equipa de docentes de diversas áreas científicas e pedagógicas, capazes de estabelecerem canais de convergência operativa com outras estruturas de orientação escolar (órgãos de gestão, coordenadores de departamento, directores de turma, serviços de psicologia, etc.) e com instituições exteriores ao estabelecimento de ensino (Centro de Saúde, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, entre outras.).

50


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

3.2.4- Clube de Astronomia – desenvolve actividades com alunos do 2º e 3º Ciclos e é dinamizado por professores de Ciências e Físico-Química 3.2.5- Clube de Jornalismo e Rádio Escola – desenvolve actividades com alunos dos 2º e 3º Ciclos, colaborando na elaboração do Jornal Escolar – Pequenos Jornalistas e a implementação em 2009/2010 da Rádio Escola (Rádio ZOELA). 3.2.6- Clube da Musica, Poesia e Drama – desenvolve actividades com alunos dos 2º e 3º Ciclos sendo dinamizado por professores do Departamento da Educação Física e Musical. – Atelier de Expressão Plástica para alunos de NEE. 3.2.7 – Tuna da Augusto Moreno – dinamizada por professores de Educação Musical em interdisciplinaridade, envolvendo alunos professores e funcionários dos diversos graus de ensino. 3.2.8- Projecto Eco Escolas – Este projecto está orientado para a implementação da Agenda 21 ao nível local, visando a aplicação de conceitos e ideias de educação e gestão ambiental à vida quotidiana da escola. As acções concretas desenvolvidas pelos alunos e por toda a comunidade educativa, proporcionar-lhes-ão a tomada de consciência que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o Ambiente global. Quanto à participação nos concursos da empresa “Resíduos do Nordeste” é da responsabilidade da empresa desta empresa a gestão dos contratos relativos aos serviços de recolha selectiva, indiferenciada de resíduos sólidos urbanos e limpeza urbana: - Recolha indiferenciada - realizada nos concelhos de Alfândega da Fé, Bragança, Carrazeda de Ansiães, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Vila Flor, Vimioso e Vinhais; -Recolha

selectiva

-

realizada

nos

treze

concelhos

da

sua

área

de

abrangência;

- Limpeza urbana - realizado nos concelhos de Bragança, Miranda do Douro, Vimioso e Vinhais. Pretende-se, com o plano de sensibilização ambiental, aumentar os índices de reciclagem de forma a cumprir as metas comunitárias estabelecidas para a valorização de resíduos. A política de sensibilização ambiental da empresa Resíduos do Nordeste é dirigida a toda a população da sua área de intervenção, onde a população escolar assume grande importância. 3.2.9 – Atelier de Artes Plásticas para alunos de NEE 3.2.10- Actividades desportivas 3.2.10.1- Desporto Escolar – envolve um elevado número de alunos do 2º e 3º Ciclos, nas diversas modalidades: futebol, basquetebol, atletismo e voleibol em diversos escalões etários. 51


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

3.2.10.2- Gira Volei – é um projecto que envolve alunos do 1º e 2º Ciclos, direccionado para a modalidade de voleibol. 3.2.11 - Projecto ao Concurso de Ideias – Prémio Fundação Ilídio Pinho “Ciência na escola” A Fundação Ilídio Pinho e o Ministério da Educação celebraram um Protocolo com vista à instituição de um prémio anual, o Prémio Fundação Ilídio Pinho "Ciência na Escola". Este prémio visa motivar todas as crianças e jovens alunos, da Educação Pré-Escolar, dos 1º , 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário, para a aprendizagem das ciências exactas – matemática, física, química, biologia, etc. – e para a escolha de áreas tecnológicas, nomeadamente as relacionadas com as áreas prioritárias da Fundação Ilídio Pinho: Ciências da Vida e Novas Tecnologias de Informação e Comunicação. Pretende-se estimular o interesse dos alunos pelas ciências através do apoio a projectos inovadores de educação/formação. Tais projectos deverão ter um carácter eminentemente prático que envolvam os estudantes em experiências e trabalhos de grupo permitindo-lhes conhecer e apreciar, desde muito cedo, a importância do conhecimento e do método científico nas suas actividades futuras. Com vista à atribuição do Prémio Fundação Ilídio Pinho "Ciência na Escola" será aberto anualmente um concurso, devidamente publicitado, podendo em cada ano dirigir-se a áreas científicas bem definidas, bem como obedecer a prioridades estabelecidas. 3.3 - PROJECTOS DE ÂMBITO NACIONAL 3.3.1 - Projecto a ALER+ 3.3.2 - Plano da Matemática II 3.4 – PROJECTO TRANSFRONTEIRIÇO 3.4.1– Projecto ÁTICA 3.5- OUTROS PROJECTOS Os mass media e a escola; Inserção e socialização de etnia cigana; O livro em mãos pequeninas; Promover o sucesso educativo minimizando a indisciplina – a construção de competências parentais; Português língua não materna; Intervenção precoce; Alfabetização de adultos;

52


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

4 - A CTIVID AD ES D E EN RIQ U ECIMEN TO CU RRICU LAR D O 1º CE B As Actividades de Enriquecimento Curricular são da responsabilidade do Professor Titular de Turma, do Conselho Executivo e da Autarquia. São de oferta obrigatória, mas de frequência facultativa. - Apoio ao Estudo – é da responsabilidade do Professor Titular de Turma. - Ensino do Inglês, ensino da Música e Actividade Física e Desportiva – ministradas por docentes contratados pela Autarquia, ou docentes com insuficiência de tempos lectivos, que desenvolvem as actividades em articulação com o Professor Titular de Turma.

5 - A S S O C I A Ç Ã O D E PA Í S E E N C A R R E G A D O S D E E DU C A Ç Ã O Foi criada no ano lectivo 90/91 mantendo ao longo dos anos uma estreita relação com os órgãos de gestão. A partir da constituição do Agrupamento a Associação de Pais passou a integrar os pais dos alunos da Educação Pré-escolar e do 1º Ciclo. Estás sedeada na Escola Sede do Agrupamento e encontra-se representada no Conselho Geral com 5 elementos e no Conselho Pedagógico com 1 elemento.

6- ESTABELECIMENTO PRISIONAL De acordo com directrizes superiores cumpre ao nosso Agrupamento assegurar os Cursos de Alfabetização – 1º Ciclo e de Educação e Formação de Adultos (EFA – B2 ou EFA B3), no Estabelecimento Prisional de Bragança. O projecto Educativo, elaborado pelo Coordenador Pedagógico/formadores em exercício e técnica superior de Reeducação, responsável pelo Ensino dessa Instituição, carece de aprovação anual da DREN. A Escola sede, a pedido dos formadores responsáveis pelos cursos e técnica superior de Reeducação e preferências manifestadas pelos formandos, oferece, como actividades extracurriculares, um bloco semanal de Educação Musical e de Dinamização da Biblioteca. No presente ano lectivo funcionam nesse Estabelecimento Prisional dois cursos – um de Alfabetização (1º Ciclo), e outro, de Educação e Formação de Adultos – B3, que confere a equivalência, este último, ao 9º Ano de Escolaridade, assim como as actividades extracurriculares já referidas.

7- ASPECTOS POSITIVOS DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO E DO AGRUPAMENTO NO SEU CONJUNTO.  Relações entre professores do Agrupamento.  Relações interpessoais na Comunidade Escolar. Relações entre a Escola e a Associação de Pais

53


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 Troca de saberes entre os intervenientes da acção educativa.  Agrupamento – factor de aproximação das escolas rurais – quebrou o isolamento.  Multiculturalidade dos alunos (abertura à diferença).  Intercâmbio cultural rural-urbano.  Rentabilização dos espaços da escola sede (Biblioteca, Cantina, Auditórios, Ginásios).  Espaços envolventes da escola sede, muito amplos.  Salas de aula da escola sede bem dimensionadas e bem iluminadas.  Jornal Escolar – Participação de todas as escolas.  Bom ambiente de trabalho  Plano de Formação para os diferentes intervenientes educativos, apostando na formação em contexto. Pontos fortes referidos no relatório de avaliação externa da IGE - Medidas integradoras promovidas no Agrupamento, nomeadamente a criação das actividades de tempos livres nocturnas e na área da intervenção precoce; - Desenvolvimento da actividade educativa segundo metas bem definidas e mensuráveis na superação dos problemas identificados; - Aposta clara no trabalho cooperativo e na articulação horizontal e vertical de conteúdos; - Auscultação e dimensão comunitária na promoção da educação para públicos diversos e áreas profissionalizantes; - Criação da rede directa com os Directores de Turma e os encarregados de educação; - Visão e estratégia das lideranças mobilizadoras dos restantes actores; - Respostas prontas e eficazes com dinâmicas que mobilizam e potenciam as valências locais. Oportunidades - Proximidade com Espanha pode proporcionar encontros e troca de experiências com escolas do país vizinho.

8- CONSTRANGIMENTOS / PROBLEMAS DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO E DO AGRUPAMENTO NO SEU CONJUNTO.  Pessoal auxiliar insuficiente nas Escolas do 1º Ciclo e na Escola Sede.  Apetrechamento de recreios inexistente ou insuficiente em todas.  Falta de recreios cobertos nas escolas do agrupamento em todas.

54


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 Edifícios/escolas obsoletos. (Estação, Estacada, S. Sebastião)  Falta de sala de convívio dos alunos na E.B. 2,3.  Controlo das entradas e saídas da E.B. 2,3 com algumas falhas.  Dificuldade na manutenção dos espaços exteriores da E.B. 2,3.  Grande desigualdade entre as escolas rurais e as escolas urbanas.  Dificuldade de interacção entre os diferentes níveis de ensino do Agrupamento. Constrangimentos identificados pela IGE - Carências ao nível da comodidade e de equipamentos desportivos nalgumas escolas do 1.º ciclo condicionam a prática das actividades de enriquecimento curricular; - Abandono do Agrupamento por uma boa parte dos alunos que concluem o 6.º ano e que preferem ingressar nas escolas secundárias locais. Pontos fracos referidos no relatório de avaliação externa da IGE - Resultados dos exames nacionais do 9.º ano, ainda inferiores aos nacionais; - Falta de uma prática generalizada e consolidada de trabalho de investigação e de utilização de materiais no desenvolvimento da actividade lectiva; - Reduzida supervisão da prática lectiva em sala de aula; -Envolvimento pouco massivo dos alunos na concepção dos seus documentos norteadores;

III- PRIORIDADES DE INTERVENÇÃO A- A NÍVEL DE EQUIPAMENTOS  Melhorar as condições de atendimento na portaria e nos serviços administrativos.  Rentabilizar as potencialidades do cartão.  Melhorar os espaços das escolas e jardins-de-infância (com colaboração da autarquia).  Concluir a requalificação do Auditório 2.  Recuperar a rede de ventilação nos Auditórios 1 e 2.  Manter o Gabinete de Psicologia. Reforçar os de recursos materiais de Intervenção Especializada (Surdez e Multideficiência) e cegueira e baixa visão no âmbito da fisioterapia, terapias da fala e ocupacional, psicologia, língua gestual portuguesa com colaboração da DREN e da CMB.  Em parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional e Autarquia, melhorar os espaços envolventes. B- A NÍVEL DE RESULTADOS ESCOLARES 55


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 Combater o abandono e o insucesso escolar, estimulando as famílias para o acompanhamento dos alunos em casos específicos.  Estreitar a relação Escolas/Agrupamento.  Manter e incentivar a criação de Cursos contemplados no Programa Novas Oportunidades.  Promover ofertas educativas adequadas à população escolar.  Implementar o quadro de Mérito de forma a combater a indisciplina e valorizar o sucesso educativo.  Aprofundar o trabalho no âmbito da atribuição das tutorias.

C- A NÍVEL DE RESULTADOS HUMANOS  Intervenção do Órgão de Direcção na selecção dos auxiliares da componente social do Jardim-deInfância n.º 1.  Reforçar a formação interna dos vários intervenientes no processo educativo.

IV- FINALIDADES, METAS E OBJECTIVOS 1- FINALIDADES: tornar a escola um lugar de realização pessoal que estimule a interiorização dos valores de.  Liberdade/responsabilidade  Respeito pelos outros, pelo ambiente, por si próprio  Solidariedade  Amizade  Autonomia  Trabalho, mérito, cidadania e educação E que desenvolva as seguintes aprendizagens:  Aprender a conhecer  Aprender a fazer  Aprender a viver juntos  Aprender a ser

2- METAS: ABANDONO ESCOLAR 56


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 Manter no 1.º Ciclo e 2º Ciclo em 0% a taxa de abandono escolar ● Aproximar a 0% no 3.º Ciclo, atendendo à situação relativa a anos anteriores.

INSUCESSO ESCOLAR  1º Ciclo reduzir em 1% o insucesso escolar em cada um dos próximos 4 anos.  2º Ciclo reduzir em 1% o insucesso escolar em cada um dos próximos 4 anos.  3º Ciclo reduzir em 1% o insucesso escolar em cada um dos próximos 4 anos.

3- OBJECTIVOS 1- Melhorar o clima organizacional e relacional dentro do Agrupamento e com a comunidade. 2- Desenvolver atitudes de respeito mútuo, de convivência, de aceitação e de valorização da diferença. 3- Melhorar e rentabilizar os espaços físicos das Escolas e Jardins-de-Infância do Agrupamento envolvendo a Autarquia e outras instituições. 4- Promover a articulação entre os diferentes níveis de ensino do Agrupamento. 5- Promover acções diferenciadas que contribuam para a motivação dos alunos. 6- Promover Acções de Formação “Em Contexto” de forma a responder às necessidades da Comunidade Educativa. 7- Criar actividades de apoio aos alunos. 8- Desenvolver atitudes de respeito pelo património ambiental e cultural e adquirir regras conducentes a uma vida saudável. 9- Reforçar o envolvimento parental no processo Ensino Aprendizagem dos seus educandos.

V- ACTIVIDADES / ESTRATÉGIAS 1- ACTIVIDADES DE FORMAÇÃO OBJECTIVO - 6 1.1- Formação Contínua (Pessoal não Docente) Temas: relacionados com problemas e necessidades do Agrupamento - Actualização profissional Participantes: Pessoal Não Docente do Agrupamento Organizadores: Direcção 57


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

Conselho Pedagógico Outros

1.2- Formação contínua Pessoal Docente Temas: Projectos Curriculares Articulação Curricular - Novas tecnologias Participantes: Professores do Agrupamento Organização: Conselho Pedagógico

OBJECTIVO - 4 E 5 1.3- Actividades de Enriquecimento Curricular 1.3.1- Clubes: Astronomia Jornalismo Alemão Música e Expressão Dramática Gira Volei; Desporto Escolar; Outros. Participantes: Alunos dos diferentes níveis (1º, 2º e 3º ciclos) Organizadores: Professores proponentes 1.3.2- Visitas de estudo - Cidade/Concelho/Parque Natural de Montesinho - Outras regiões do País - Um País da Comunidade Europeia Participantes: Alunos das turmas envolvidas Organizadores: Professores proponentes (a nível de Departamento, Conselho de Turma e Conselho de Docentes) Outras entidades em parceria

OBJECTIVOS - 1, 2, 4 E 5 58


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

1.3.3- Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Direcção Equipa do Jornal 1.3.4 – Projecto – Educação para a Saúde

OBJECTIVOS - 3 E 7 1.4- Actividades de Apoio aos Alunos 1.4.1- Sala de estudo – a manter de acordo com as disponibilidades da Escola. 1.4.2- Prolongamento de Horário – a funcionar nos Jardins de Infância n.º 1 – Estação e de Gimonde, da responsabilidade da Autarquia supervisionado pelas Educadoras de Infância 1.4.3- Gabinete de Apoio ao Aluno – condicionado à existência de Recursos Humanos afectos ao Agrupamento.

OBJECTIVO - 1, 4 E 5 1.5- Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos nossos alunos)

OBJECTIVO - 8 - Projectos Ambientais - Saúde Escolar - Actividades Desportivas - Eco Escola - Agenda 21 Escolar

OBJECTIVO - 9 - Recepção aos alunos - Festa de Natal 59


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

- Reuniões de Directores de Turma com os Pais e Encarregados de Educação - Actividades abertas à Comunidade.

VI- INDICADORES DE MEDIDA 2004/2005 1.º Ciclo 2.º Ciclo 7.º 8.º 9.º 3.º Ciclo

2005/2006

2006/2007

2007/2008

2008/2009

Insucesso %

Abandono %

Insucesso %

Abandono %

Insucesso %

Abandono %

Insucesso %

Abandono %

Insucesso %

Abandono %

6

0

6

0

4,5

0

2,8

0

0,8

0

10,2

8,3

2

0

9,4

4,9

2

0,7

2,8

0

22,38

16,41

28,9

11,84

28

14

8,3

2,1

11

0

14,58

10,4

12,76

0

18,6

6,7

6,8

0

2,8

0

58,30

11,1

17,3

5,7

17,5

7,5

6,4

0

2,6

2,6

28,47

12.63

19,6

5,8

21,36

9,4

7,2

2,1

5,9

0,8

Com base no levantamento de dados relativos aos resultados de avaliação dos alunos dos diversos níveis de ensino nos três últimos anos lectivos e constantes no quadro propomos os seguintes indicadores de medida: 1.º Ciclo – aumentar em 1% o sucesso dos resultados esperados/ano para os alunos no decurso do período em avaliação. 2.º Ciclo – aumentar em 1% o sucesso dos resultados esperados /ano para os alunos no decurso do período em avaliação. 3.º Ciclo – aumentar em 1% o sucesso dos resultados escolares, esperados/ano para todos os alunos no decurso do período em avaliação. Atendendo à heterogeneidade da população escolar e ao seu contexto sócio-educativo propomonos para o período de vigência do Projecto Educativo: ● Manter no 1.º Ciclo e 2º Ciclo em 0% a taxa de abandono escolar ● Aproximar a 0% no 3.º Ciclo, atendendo à situação relativa a anos anteriores.

60


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

VII- PARCERIAS/COOPERAÇÃO  Autarquia (Câmara Municipal de Bragança e Juntas de Freguesia Urbanas e Rurais)  Governo Civil, Caixa de Crédito Agrícola de Bragança.  Instituições de Saúde (Centro de Saúde…)  Instituições Educativas e Culturais (Museu Abade Baçal, Arquivo Distrital, I.P.B., Teatro Municipal, Centro Cultural, Conservatório de Música, Obra Kolping, Obra Social Padre Miguel, Centro Paroquial do Santo Condestáve, APADI…)  Escola Superior de Educação de Bragança  CORANE  Instituto de Emprego e Formação Profissional  Diocese (secretariado dos bens culturais, secretariado da juventude)  Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento  Bombeiros Voluntários de Bragança  Universidade de Trás-os-Montes (UTAD)  Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA)  Instituto Superior Jean Piaget  Parque Natural de Montesinho  Polícia de Segurança Publica (PSP)  Guarda Nacional Republicana (GNR)  Biblioteca Municipal  Conservatório de Música  Centro de Ciência Viva  Meios de comunicação social  Centro Regional de Segurança Social  Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ)  Centro de Formação dos Agrupamentos de Escolas Bragança Norte (Cfaebn)  Museus  Pastoral dos ciganos 61


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

 Associação “Reaprender a viver”  Cruz Vermelha Portuguesa  Dr. António Monteiro de Morais

VIII- RECURSOS DISPONÍVEIS / RECURSOS NECESSÁRIOS 1- FINANCEIROS - Verbas do Orçamento do Agrupamento - Receitas da Escola (aluguer de Instalações) - Verbas da Autarquia - Verbas resultantes da concretização de Projectos - Contribuição de outras entidades/ donativos

2- HUMANOS - Pessoal Docente - Pessoal Não Docente - Associação de Pais e Encarregados de Educação - Alunos - Pessoal das Instituições Envolvidas - Outros

IX- AVALIAÇÃO DO PROJECTO EDUCATIVO 

De cada acção/actividade

Após realização, pela equipa responsável. 

Das Actividades Anuais

Por toda a comunidade escolar, nos órgãos próprios, nas reuniões finais do Ano Lectivo; Pelo Conselho Pedagógico, na última reunião do Ano Lectivo; Pelo Conselho Geral do Agrupamento. 

Avaliação global do Projecto Educativo no fim do seu período de vigência:

62


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

PROJECTO EDUCATIVO

Por uma equipa a constituir; Pelo Conselho Geral do Agrupamento

BIBLIOGRAFIA “Bragança, um olhar sobre a História” Lima António / Jorge Menezes (Coord) Edição: Sociedade Polis de Bragança, 2004 “Bragança nos 540 Anos de Cidade” José Monteiro Edição: Câmara Municipal de Bragança, 2004 “Monografias das Freguesias do Conselho de Bragança” Armando Fernandes Luís Alexandre Rodrigues Edição: Câmara Municipal de Bragança “Contributos para a Construção de Projecto Educativo e de Plano Anual de Actividades da Escola” Ministério da Educação, 1999 “Leite, Carlinda” P.E.E. / P.C.E. / P.C.T. Ministério da Educação, 2000

Decreto-Lei nº 75/2008, de 22 de Abril

63


PROJECTO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AUGUSTO MORENO

ANEXOS

64


A N E XO 1 – P LAN O A N U AL D E A CTIVID AD E S AN O LE C TIVO 2 0 0 9 /2 0 10

65


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Plano de Actividades do Agrupamento Ano lectivo de 2009/2010 Finalidades:  Promover a aproximação das diferentes comunidades escolares do Agrupamento;  Proporcionar climas e ambientes educativos capazes de contribuírem para o desenvolvimento integral da personalidade dos alunos;  Desenvolver competências cognitivas, sociais, culturais e tecnológicas.

66


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

OBJECTIVOS: 1. Fomentar laços de empatia entre os diversos intervenientes da Comunidade Educativa. 2. Contribuir para melhorar a qualidade Educativa do Agrupamento assegurando a formação integral dos· alunos. 3. Aprofundar as relações com os diversos parceiros intervenientes no processo educativo 4. Incentivar um maior envolvimento dos Pais/Encarregados de Educação no ProcessoEnsino/Aprendizagem dos seus Educandos 5. Reforçar a articulação entre os diferentes níveis etários e ciclos. 6. Desenvolver a capacidade de pesquisar, seleccionar e organizar a informação recolhida· consolidação dos diversos saberes.

para

a

67


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: R RE EC CE EPPÇ ÇÃ ÃO OA AO OSS A ALLU UN NO OSS ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do 1º Ciclo - Jardins-deinfância _ Bibliotecas/ CRE

ACTIVIDADES - Recepção aos Alunos Pais e Encarregados de Educação; - Reconhecimento das instalações ( alunos do 1º ano) - Convívio ; - Canções; - Acompanhamento na oferta do livro do P.N.L. aos alunos do 1º e 5º Anos das Escolas do 1º e 2º Ciclos do Agrupamento. - Recepção das turmas visitantes ; - Visita guiada dos recursos da Bibliotecas/ CRE apos alunos e Encarregados de Educação (1)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Conselho Executivo; - Directores de Turma;

Todas as escolas e

-Comunidade

jardins de Infância

Escolar - Professores e Educadores de Infância

do Agrupamento

- Pais /

-Coordenadoras da BE

aulas

de Escolas

Encarregados de -Equipa da BE

1ª semana de

Augusto Moreno

Educação -Professores

ACTIVIDADE: D DIIA AD DA AM MÚ ÚSSIIC CA A ESCOLAS - Jardim-deinfância de Gimonde

ACTIVIDADES - Audição de vários tipos de musica; - Montagem do cantinho da música; - Confecção de instrumentos (32)

DINAMIZADORES - Educadores de Infância

PARTICIPANTES Crianças Educadores

LOCAIS

DATAS

Jardim-de-infância de de Gimonde

1 de Outubro

Infância A.A.E.

68


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AA ALLIIM ME EN NT TA AÇ ÇÃ ÃO O ESCOLAS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno; - Escolas do 1º Ciclo;

-Jardim de Infância da Estação.

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Consciencialização da Comunidade Escolar para as questões relacionadas com a nutrição e a alimentação. - Organização de várias actividades lúdicas relativas ao tema a definir pelo grupo de trabalho. - Distribuição gratuita de fruta aos alunos. - Cálculo do IMC; - Apresentação de filmes; - Recolha de receitas tradicionais. - Actividades/Experiências relacionadas com a alimentação

- Professores do Departamento de Matemática e ciências experimentais - Centro de Saúde(enfermeiros) - Equipa Directiva

PARTICIPANTES -Alunos do Agrupamento - Professores do Departamento de Matemática e ciências Físicas e Naturais, do 1ºCiclo e Educação PréEscolar

LOCAIS

DATAS

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- 16 de Outubro de 2009

- Professores do 1º Ciclo

- Educadores de Infância

(11)

ACTIVIDADE: H HA ALLLLO OW WE EE EN N ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Jardins-deinfância

- Concurso de abóboras;

- Departamento de Línguas;

- Exposição de cartazes;

- 1.º ciclo;

- Desfile de máscaras (alunos).

- Jardins de Infância;

PARTICIPANTES -Alunos do Agrupamento - Professores dos 1º, 2º e 3º Ciclos e Educação Pré-Escolar

LOCAIS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

30 de Outubro

(12)

69


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: M MA AG GU USST TO OD DO OA AG GR RU UPPA AM ME EN NT TO O ESCOLAS

- Escolas do 1º Ciclo

- Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno

Jardins-de-infância - Estação - Gimonde

ACTIVIDADES - Jogos Tradicionais; - Canções e quadras regionais; - Divulgação da lenda de S. Martinho; - Fogueira / Assar das castanhas; - Refeição/ Convívio - Mostra de Produtos de Outono; - Desportivas: - Jogos Tradicionais; - Torneio de Basquetebol; - Musicais: actuação da tuna. - Banca com tradições de Outono; - Fogueira / Assar das castanhas; - Refeição / Convívio. - Exposição/mostra de trabalhos de Outono; -Fogueira/Assar castanhas; -Lanche/convívio; - Confecção de vinho, (desde pisar até ao processo final). (14)

DINAMIZADORES - Professores do 1º Ciclo - Professores Estagiários - Autarquias

PARTICIPANTES - Comunidades Escolares - Pais / Encarregados de Educação - Autarquia

- Departamento de Educação Física e Ed. Musical; - Directores de Turma; - Departamento de EVT

- Toda a Comunidade Escolar

LOCAL - Escolas do 1º ciclo

DATA 13 de Novembro

- Espaços interior e exterior da Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Departamento de Educação Física e Educação Musical; - Educadoras; - Pais.

- Jardim-deinfância nº1da Estação.

70


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: D DIIA AD DO ON NÃ ÃO OF FU UM MA AD DO OR R ESCOLAS

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno; -Escolas do 1º ciclo.

ACTIVIDADES - Elaboração e exposição de cartazes de sensibilização; - Elaboração de desdobrávéis alusivos ao tema; - Acções de sensibilização; - Avaliação do monóxido de carbono; - Distribuição de pulseiras para fumadores e não fumadores; - Elaboração e colocação de sinais de proibição de fumar no recinto escolar. (15)

DINAMIZADORES - Departamento de Matemática e Ciências Físicas e Naturais; - Centro de Saúde( enfermeira); - CEF’s; - GAP (Gabinete de Apoio ao Aluno)

- Professores do 1º ciclo.

PARTICIPANTES

-Alunos e professores do 1º, 2º e 3º Ciclos; - Comunidade Educativa; - CEF’s

LOCAIS

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

17 de Novembro

- Escolas do 1º ciclo - Professores dos 1º, 2º e 3º Ciclos

ACTIVIDADE: SSE EM MA AN NA AD DA AC CIIÊ ÊN NC CIIA AE ET TE EC CN NO OLLO OG GIIA A ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Partilhar experiências inerentes aos conteúdos das disciplinas das Ciências Experimentais; (16)

DINAMIZADORES - Grupo de Ciências Experimentais;

PARTICIPANTES

LOCAIS

-Alunos e Professores dos 1º, 2º e 3º Ciclos.

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

23 a 27 de Novembro de 2009

-IPB

71


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: T TH HA AN NK KSSG GIIV VIIN NG GD DA AY Y ESCOLAS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Divulgar a tradição com desdobráveis;

DINAMIZADORES - Professores de Inglês do 3º Ciclo do Departamento

- Confecção da refeição típica deste dia (Perú; broa de milho; tarte de abóbora) (9)

PARTICIPANTES - Todos os professores do Departamento - Funcionárias da cozinha; - Comunidade Educativa

LOCAIS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

30 de Novembro

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA A LLU UT TA AC CO ON NT TR RA AA AS SIID DA A ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Distribuição de material alusivo ao tema; - Acções de sensibilização (10)

DINAMIZADORES - GAP (Gabinete de Apoio ao Aluno); - Saúde escolar.

PARTICIPANTES - Comunidade Educativa

LOCAIS Escolas do Agrupamento

DATAS 2 de Dezembro

ACTIVIDADE: PPR RIIM ME EIIR RO OSS SSO OC CO OR RR RO OSS ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Sessão de esclarecimento (6)

DINAMIZADORES - Centro de Saúde( enfermeira);

PARTICIPANTES - GAP (Gabinete de Apoio e atendimento ao Aluno); - Funcionários do Agrupamento.

LOCAIS - Todas as escola do Agrupamento Augusto Moreno

DATAS 1º período

72


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: B BU ULLLLY YIIN NG G ESCOLAS - Escolas do Agrupamento

ACTIVIDADES - Acções de sensibilização; - Elaboração e afixação de trabalhos. (31)

DINAMIZADORES - Centro de Saúde( Assistente Social); - Professores de 1º,2º e 3º Ciclos

PARTICIPANTES - Alunos do1º,2º e 3º Ciclos e CEF’s; - Professores; - Funcionários; - Pais/ Enc. De Educação

LOCAIS

DATAS

- Escolas do Agrupamento

1º,2ºe3º períodos

LOCAIS

DATAS

ACTIVIDADE: PPR RO OG GR RA AM MA A PPA ASSSSE E ESCOLAS - Escola E.B.1 da Estação

ACTIVIDADES - Programa de alimentação saudável em saúde escolar (34)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Centro de Saúde( Assistente Social, psicólogo);

- Turma de 3º Ano da escola E.B:1 nº5Estação

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Escola da Estação

1º e 2º períodos (15 sessões)

ACTIVIDADE: B BO OLLE ET TIIN NSS PPE ER RIIÒ ÒD DIIC CO OS S ESCOLAS Jardim-deinfância da Estação

ACTIVIDADES

- Educadores de Infância - Elaboração de boletins informativos e periódicos (51)

- Educadores de Infância; - Auxiliares de Acção Educativa; - Crianças; - Comunidade Educativa.

LOCAIS - Jardim-deinfância da Estação

DATAS 1 Boletim por período

73


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: N NA AT TA ALL N NO OA AG GR RU UPPA AM ME EN NT TO O ESCOLAS

-E.B.1,2,3 Moreno

Augusto

- Escolas do 1º Ciclo

- Jardins-deinfância

ACTIVIDADES - Decoração do espaço; - Exposição de Árvores e Arranjos de Natal; - Exposição de postais de Boas Festas; -Natal Solidário (recolha de brinquedos, roupas, livros,…); - Participação no Concurso Municipal de Presépios. - Visualização do filme “O Nascimento de Cristo” - Tuna Augusto Moreno e turmascanções; - Poemas com música; - Jogo Professores e Alunos – Futebol; - Decorações de Natal; - Arranjos dos espaços escolares; -Execução de Presépios em diferentes materiais; -Concurso de Presépios; - Canções; - Dramatizações; - Danças; - Jogo professores/alunos (modalidade a designar) - Canções/teatro/poemas; - Festa de Natal - Actividades alusivas ao Natal; (18)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

- Toda a comunidade escolar

- Em todas as Escolas

DATAS

- Professores de Educação Moral e Religiosa Católica; - Departamento de Expressões (grupo de E.V.T. e Educação Física e Musical). - Professores do 1.º Ciclo;

- Dezembro de 2009, a 6 de Janeiro 2010

- Junta de Freguesia da Sé e de Santa Maria; - Professores Estagiários - Conselho Executivo - Educadores de Infância e Estagiários. - Professores do 3º Ciclo

74


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: JJO OR RN NA ALL ““PPE EQ QU UE EN NO OSS JJO OR RN NA ALLIISST TA ASS”” ESCOLAS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do 1º Ciclo - Jardins-deinfância

ACTIVIDADES - Elaboração e produção de trabalhos para o Jornal Escolar. _ Participação no Jornal Escolar;

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

DATAS

- Órgão de Gestão; - Escolas do

- Equipa Responsável. (2)

LOCAIS

- Professores do Agrupamento; - Equipa da Biblioteca/CRE;

- Toda a Comunidade Escolar

Agrupamento

- Ao longo do ano lectivo; Periocidade: trimestral

- Equipa responsável do Jornal..

75


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: ESCOLAS

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

COMEMORAR DIAS HISTÓRICOS ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Dia Internacional da Abolição da Escravatura

- Professores do 2ºciclo do Departamento de Ciências Sociais e Humanas;

- Exposições de Painéis relativos ao tema. - Trabalhos - 1.º de Dezembro; - Exposição de trabalhos, alusivos ao acontecimento Histórico. - Dia da Liberdade – 25 de Abril;

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Projecção do filme “Os Capitães de Abril” - Exposições de Painéis relativos ao tema. - Elaboração de cartazes e painéis - Criação de textos - Palestras/ Debates - 1.º centenário da república - Serão cultural – 1ª República

- Escolas Ciclo

do

1º - Exposições de Painéis relativos ao tema. - Trabalhos (17)

-Professores de História e Geografia de Portugal.

PARTICIPANTES

DATAS

- Alunos e Professores de História e Geografia de Portugal 1.º período

-Professores de História e Geografia de Portugal.

-E.B.1,2,3 - Alunos dos 2o ciclo.

- Professores do 1º Ciclo -Professores de História do 3º ciclo e História e Geografia do 2º ciclo em colaboração com a Biblioteca/CRE.

LOCAIS

Augusto Moreno

Professores e alunos do 2o ciclo. Professores e alunos do 1º ciclo.

-Professores de História do 3º ciclo e História e Geografia do 2º ciclo.

Escolas do 1º Ciclo

3.º período - Professores e Comunidade em geral. - Alunos dos 2o e 3º ciclos.

76


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: R RE EIISS JJA AN NE EIIR RA ASS ESCOLAS -Escolas Ciclo

do

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

1º - Cantar os Reis;

- Professores do 1º ciclo; - Comunidade Escolar

- Jardins-deinfância

- Recolha do Património Oral; (19)

-Nas respectivas escolas

- Janeiro

- Educadores de Infância

ACTIVIDADE: C CO OR RT TA A--M MA AT TO OE ESSC CO OLLA AR R -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍSSIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Corta-Mato Escolar (20)

DINAMIZADORES - Departamento de Expressões (Grupo de Educação Física e Musical).

PARTICIPANTES - Alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos

LOCAIS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 18 de Janeiro

ACTIVIDADE: LLA AC CH HA AN ND DE ELLE EU UR R ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Divulgar a tradição por meio de texto e imagem - Confecção de crepes; - Desenvolver o gosto pela língua e cultura de expressão Francesa - Consciencializar a comunidade escolar para aspectos de outras línguas e culturas

DINAMIZADORES Departamento de Línguas: - Professores de

PARTICIPANTES - Comunidade Educativa

LOCAIS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

2 de Fevereiro

Francês

(25)

77


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: C CO OR RT TA A--M MA AT TO OD DIISST TR RIIT TA ALL -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍS SIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Corta-Mato Distrital (23)

DINAMIZADORES - Professores do desporto escolar.

PARTICIPANTES - Alunos apurados do 2º e 3º Ciclos e professores de E. F.

LOCAIS A designar

DATAS Fevereiro

ACTIVIDADE: C CA AR RN NA AV VA ALL ESCOLAS

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do 1º ciclo - Jardins de Infãncia

ACTIVIDADES - Execução de trabalhos alusivos à época; - Exposição nos locais de destaque da escola; -Organização/Participação no Entrudo do Agrupamento - Confecção de máscaras regionais; - Desfile de Carnaval; - Desfile dos caretos; - Decoração dos espaços; - Canções; - Vivências carnavalescas. _ Leituras/ Dramatizações de Entrudo com S. Valentim: -Escrita de mensagens -Correspondência inter-turmas -Pesquisa/Produção de textos alusivos ao entrudo

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Educadores de Infância; - Professores do 1º ciclo;

- Docentes do Departamento de Línguas;

- Toda a Comunidade Escolar

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- 8 a 19 de Fevereiro

- B/CRE; - Departamento de Expressões (Área Disciplinar de EVT ).

(21)

78


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: SST T.. V VA ALLE EN NT TIIN NE E´´SS D DA AY Y ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Elaboração e ilustração de mensagens; - Realização de correspondência inter-turmas (22)

DINAMIZADORES Departamento Línguas

de

PARTICIPANTES - Alunos do Ciclos

2º e 3º

LOCAIS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 14 de Fevereiro

ACTIVIDADE: C CO OR RT TA A--M MA AT TO ON NA AC CIIO ON NA ALL -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍS SIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Corta-Mato Nacional (23)

DINAMIZADORES DREN Escolar.

Desporto

PARTICIPANTES - Alunos apurados e professores de E. F.

LOCAIS A designar

DATAS Março

ACTIVIDADE: B BA ASSQ QU UE ET TE EB BO OLL C CO OM MP PA ALL 33X X33 D DIISST TR RIIT TA ALL -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍSSIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Basquetebol Compal 3x3 Distrital (28)

- Departamento de Educação Física e Musical

- Alunos apurados do 2º e 3º Ciclos.

LOCAIS - A designar

DATAS Março

79


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: M ME EG GA ASSPPR RIIN NT TE ER R,, M ME EG GA ASSA ALLT TO OE EM ME EG GA AK KM ME ESSC CO OLLA AR R//D DIIS ST TR RIIT TA ALL-- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍSSIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES -MegaSprinter, MegaSalto e MegaKm Escolar ( 29)

DINAMIZADORES - Departamento de Expressões (Grupo de Educação Física).

PARTICIPANTES - Alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos.

LOCAIS - E.B. 1, 2, 3 Augusto Moreno

DATAS 4 de Março e Maio

ACTIVIDADE: D DIIA AD DO O PPA AII ESCOLAS

Jardins de Infância

ACTIVIDADES

Vivenciar o Dia do Pai

DINAMIZADORES

Educadores de Infância

(45.1)

PARTICIPANTES Educadores de Infância Crianças A.A.E. Mães/Encarregados de educação Outros parceiros educativos Estagiários

LOCAIS

Jardins de Infância

DATAS

19 de Março

ACTIVIDADE : PREVENÇÃO DA GRIPE A – H1N1 ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Apresentação do Plano de Contingência e de medidas preventivas; - Inquérito.

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (enfermeira; psicólogo); - Equipa directiva; - Equipa operativa do Plano de Contingência da Gripe A – H1N1

PARTICIPANTES - Comunidade Educativa

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao Longo do ano

(43)

80


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE : EDUCAÇÃO PARA A SEXUALIDADE ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- E.B.1,2,3 - Agrupamento Augusto Moreno

- Acções de Sensibilização; - Atendimento personalizado no GAP ( Gabinete de Apoio e Atendimento ao Aluno); - Distribuição de material alusivo ao tema; - Interacção on-line GAPAlunos (44)

-Centro de Saúde (enfermeiras); - Serviços de Psicologia do Agrupamento; - Equipa Directiva; - GAP.

- Professores; - Alunos; - Pais/ Enc. de Educação

Augusto Moreno

- Ao Longo do ano

- Escolas do Agrupamento

ACTIVIDADE : PROJECTO DE VIGILÂNCIA NUTRICIONAL INFANTIL ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Acções de Sensibilização; - Avaliação de ementas; - Controle de higiene e segurança alimentar. (57)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (Nutricionista; Técnicos de Saúde Ambiental);

PARTICIPANTES - Alunos com 6 e 7 anos; - Funcionários do bar e cozinha.

LOCAIS - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao Longo do ano( Programa a desenvolver a médio- longo prazo)

81


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE : PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE ORAL ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Recolha, através dos DTs e Professores Titulares de Turma do 1º Ciclo , dos formulários identificativos dos alunos, posterior preenchimento e entrega no Centro de saúde; - Distribuição dos Cheques Dentista pelos alunos. (47)

DINAMIZADORES - Saúde Escolar; - DTs e Professores Titulares de Turma do 1º Ciclo.

PARTICIPANTES - Crianças nascidas em 2002,1999 e 1996

LOCAIS - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao Longo do ano

ACTIVIDADE : PREVENÇÃO DE DOENÇAS DE COMPORTAMENTO ALIMENTAR: OBESIDADE, ANOREXIA, BULIMIA… ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Acções de Sensibilização; - Elaboração de trabalhos e exposição na Escola Sede do Agrupamento; - Controle do I.M.C. de alunos que apresentem sobrepeso. (48)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (enfermeira; nutricionista); - Serviços de Psicologia do Agrupamento

PARTICIPANTES - Alunos de 3º Ciclo e CEFs

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto

DATAS - Ao Longo do ano

Moreno

82


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE : ENCAMINHAMENTO DE ALUNOS PARA OS SERVIÇOS DO CENTRO DE SAÚDE ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Encaminhamento de alunos para os diferentes serviços do Centro de Saúde; - Agiluzar a marcação de consultas e atendimento. (49)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (Enferemeira, nutricionista, psicóloga); - Serviços de Psicologia do Agrupamento; - Equipa Directiva; - Directores de Turma e Encarregados de Direcção do PréEscolar e 1º Ciclo.

PARTICIPANTES - Todos os alunos em situação considerada urgente.

LOCAIS - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao longo do ano.

ACTIVIDADE : PARLAMENTO DOS JOVENS ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Parlamento dos Jovens (3)

DINAMIZADORES -Professores de História e E.M.R.C.

PARTICIPANTES - Alunos do 9.o ano

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno

DATAS Ao Longo do ano

ACTIVIDADE : ESCRITA DE UMA OBRA COLECTIVA ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Escrita de uma Obra Colectiva; - Colaboração na elaboração de um Guião de escrita; - Organização e maquetagem do texto escrito e desenhos dos alunos; - Publicação e distribuição da Obra Colectiva aos alunos envolvidos. (4)

DINAMIZADORES

- Professores do 2º e 3º ciclos do Departamento de Línguas;

- Biblioteca/CRE;

PARTICIPANTES - Professores e alunos das turmas envolvidas, das Disciplinas de Português e E.V.T. - Câmara Municipal de Bragança

LOCAIS

DATAS

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Ao longo do ano

83


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE : ESCRITA, LEITURA E LITERACIAS ESCOLAS

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Encontro com o escritor Alexandre Parafita - Feira do Livro - Animação popular e animação de personagens.

DINAMIZADORES

- Professores do 2º e 3º ciclos do Departamento de Línguas;

PARTICIPANTES - Docentes do Departamento;

DATAS - 27 de Outubro de 2009

- Docentes do 1º Ciclo;

- Biblioteca/CRE;

- Semana da Leitura - Dia Mundial do Livro

- Biblioteca/CRE;

- Professores do 1.º ciclo.

- Olimpíadas da Leitura

- Professores e formadora do Programa Nacional e Ensino do Português

- Departamento de Expressões (EVT e

-PNL - Desenvolvimento de actividades no âmbito do Projecto aLER+

LOCAIS

EM);

- Alunos; - Encarregados de Educação.

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Abril de 2010 Nov; Jan; Abril

Semanal

(5)

84


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE : BLOG-EMRC ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

_ Professores de EMRC com apoio dos alunos inscritos na disciplina.

- Toda a comunidade escolar

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Criação de um Blog da disciplina de EMRC -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Utilização das novas tecnologias

- Ao longo do ano

- Interacção entre alunos e entre estes e os professores. - Facultar documentos e informações aos alunos através da internet (35)

ACTIVIDADE: C CO ON NH HE EC CE ER RO OSS O OU UT TR RO OSS Escolas

Actividades

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno e Instituto Nun´Álvares do Colégio das Caldinhas, em Santo Tirso

- Troca de correspondência entre duas turmas do 6º Ano. Actividades realizadas nas disciplinas de E.M.R.C e Área de Projecto. - Interacção entre as duas turmas através da internet, nomeadamente através do blog da disciplina de E.M.R.C da Augusto Moreno. - Elaboração de um itinerário cultural e etnográfico da região de Bragança para apresentar à escola visitante. - Visita de Estudo à região de Bragança através do roteiro definido. -Visita a Santo Tirso de acordo com o itinerário proposto pelo Colégio das Caldinhas.

Dinamizadores - Professor de professores de Projecto do 6ºG.

EMRC e Área de

Participantes

Datas

Alunos do 6ºG, professores, professores do Departamento de Ciências Sociais e Humanas.

- Ao longo do ano lectivo. Visita de Estudo em Junho.

(35.1)

85


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: C CO OM MPPE ET TIIÇ ÇÕ ÕE ESS N NA AC CIIO ON NA AIIS SD DE EM MA AT TE EM MÁ ÁT TIIC CA A ESCOLAS

ACTIVIDADES - T.D.Mat

DINAMIZADORES

- XXVIII Olimpíadas de Matemática: 2ª eliminatória e final nacional -Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Canguru Matemático sem Fronteiras

- Departamento de Matemática e

- Rede Mat

Ciências Experimentais

- Provas Nacionais do P. Mat: - Mini Mat - Mini Bio - Mais Mat - Equa Mat

PARTICIPANTES - Alunos dos 4º, 6º e 9º anos - Alunos do 5º ao 9º ano

LOCAIS

DATAS Outubro

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Alunos do 5º ao 9º ano

11 de Novembro e 13 de Janeiro Abril

- Alunos do 3º ao 12º - Universidade ano, de todas as Aveiro escolas participantes - Alunos seleccionados do Rede Mat

3 de Março de 2010 28 e 29 de Abril de 2010 De Outubro a Junho

- Olimpo- Clube de Matemática, online. (8)

- Alunos do 5º ao 9º ano

ACTIVIDADE: O OLLIIM MPPÍÍA AD DA ASS D DO OA AM MB BIIE EN NT TE E ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Olimpíadas do Ambiente (13)

DINAMIZADORES Grupo de Ciências Experimentais.

PARTICIPANTES - Alunos do 3.º ciclo

LOCAIS

DATAS

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

-Janeiro1ªfase - Março-2ºfase - Maio-3ªfase

86


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE : PREVENÇÃO DE SUBSTÂNCIAS PSICOACTIVAS (SPA) ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- E.B.1,2,3 - Agrupamento Augusto Moreno

- Acções de Sensibilização; - Trabalhos a realizar pelos alunos; - Visualização de pequenos filmes no polivalente ~

-Centro de Saúde; - Serviços de Psicologia do Agrupamento.

- Alunos de 9º ano; - CEFs

Augusto Moreno

- 2º e 3º Periodos

(50)

ACTIVIDADE : PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA ESCOLAS - Agrupamento Augusto

ACTIVIDADES - Acções de Sensibilização; - Visualização de curtasmetragens no polivalente

Moreno (52)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde; - Serviços de Psicologia do Agrupamento.

PARTICIPANTES - Alunos do 3º Ciclo.

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto

DATAS - 2º e 3º Periodos

Moreno

87


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DF FLLO OR RE ESST TA AE ED DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AÁ ÁG GU UA A ESCOLAS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno; - Escolas do 1.º ciclo; - Jardins de Infância.

ACTIVIDADES -Sensibilizar os alunos para a necessidade de proteger a Natureza. -Tomar consciência dos problemas ecológicos actuais. -Os alunos elaboram mensagens alusivas à importância da floresta e da água.

DINAMIZADORES - Departamento de Matemática e Ciências Experimentais; - Professores do 1.º ciclo; - Jardins de Infância; - Autarquia.

PARTICIPANTES

- Professores e alunos do Agrupamento

LOCAIS

- A definir

DATAS

- 22 de Março

-Palestra no auditório destinada a grupos de alunos a definir. - Elaboração de cartazes e painéis - Plantação de árvores. (30)

ACTIVIDADE: E EX XPPO OSSIIÇ ÇÃ ÃO O ““A AD DE ESSC CO OB BE ER RT TA AD DE ED DE EU USS”” ESCOLAS

-E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Exposição “À Descoberta de Deus”. Apresentação de Cartazes, símbolos e PowerPoint’s acerca das várias religiões: Judaísmo; Cristianismo e Islamismo (Religiões Monoteístas). (7)

DINAMIZADORES

-Professores de E.M.R.C.

PARTICIPANTES

- Alunos inscritos em EMRC das turmas de 7º e 9º anos.

LOCAIS

Espaço de convívio (interior)

DATAS

24 e 25 de Março

88


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: C CO ON NC CU UR RSSO O ““M ME ELLO OD DIIA AD DA ASS PPA ALLA AV VR RA ASS ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES Concurso “MELODIA DAS PALAVRAS”

DINAMIZADORES Departamento de Línguas (Professores de Português do 3.º ciclo).

- Desenvolver competências linguísticas e literárias.

PARTICIPANTES

LOCAIS

- Alunos de línguas do 3º - E.B. 1,2,3 ciclo - Professores de Português Augusto Moreno do 3º ciclo

DATAS

- 2.º período

(27)

ACTIVIDADE: E EX XE ER RC CÍÍC CIIO OSS O ON N--LLIIN NE E ESCOLAS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Elaboração de exercícios que os alunos poderão desenvolver, quer nas aulas, quer em casa ou noutros espaços escolares. Estes exercícios serão disponibilizados numa plataforma on-line. (24)

- Professores de Geografia e professores do Projecto CRIE

PARTICIPANTES - Alunos de Geografia

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 2º e 3º Períodos

ACTIVIDADE: PPA ASSSSE EIIO OD DE EB BT TT T ESCOLAS - E.B. 1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Passeio de BTT

DINAMIZADORES - Professores de Educação Física.

PARTICIPANTES - Toda a comunidade escolar

LOCAIS A designar

DATAS 28 de Abril

(53)

89


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: D DIIA A IIN NT TE ER RN NA AC CIIO ON NA ALL D DO O LLIIV VR RO O IIN NF FA AN NT TIILL ESCOLAS - Jardins-deinfância - Escolas do 1º Ciclo

ACTIVIDADES - Leitura de poesia de autores consagrados - Realização de actividades relacionadas com o plano nacional de leitura - Dramatizações - Leitura inter – turmas

DINAMIZADORES - Professores da Biblioteca/CRE - Professores do 1º Ciclo e Educadores de Infância

PARTICIPANTES - Alunos do Pré-escolar, 1º Ciclo

LOCAIS - Bibliotecas - Escolas e Jardins do Agrupamento

DATAS

Abril de 2010

(33)

ACTIVIDADE: C CO OM MU UN NH HÃ ÃO O PPA ASSC CA ALL Escolas Escolas e Jardins de Infância do Agrupamento

Actividades - Celebração da Eucaristia denominada como «Comunhão Pascal» - Reflectir na morte e ressurreição de Jesus Cristo; - Sensibilizar para o sentido do religioso. - Sensibilizar e Reflectir na vida humana e na esperança; - Celebração, no contexto escolar, de uma das festas mais marcantes da nossa cultura; - Acompanhamento durante toda a missa com vários cânticos

- Vivenciar a Páscoa - Confecção do Folar - Jogo (caça ao ovo)

Dinamizadores - Professores de EMRC, Professores de Educação Musical bem como todos os elementos da Comunidade Escolar que queira colaborar.

Participantes Toda a Comunidade Escolar

Datas Data a calendarizar

(26)

90


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: SSE EM MA AN NA AD DA AE ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OE ESSPPE EC CIIA ALL ESCOLAS

-E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Exposição de Trabalhos dos alunos de N.E.E. e Dificuldades de Aprendizagem. - Visitas de estudo ao centro histórico da cidade e ao Centro de Ciência Viva. - Visiuonamento e comentário de um filme alusivo à Educação Especial. - Colóquio «Educação Especial» (54)

- Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Dr. Daniel Sampaio; - Professores de Educação Especial e Educadores; - Intervenção Precoce;

-Comunidade Educativa

LOCAIS

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Professores

DATAS

De 4 a 8 de Maio

ACTIVIDADE: D DIIA AD DA AM MÃ ÃE E ESCOLAS - Jardins de Infância

ACTIVIDADES - Vivenciar o Dia da Mãe - Elaboração de uma prenda e postal com uma mensagem alusiva - Actividade surpresa para as mães (45)

DINAMIZADORES

- Educadores de Infância

PARTICIPANTES LOCAIS Educadores de Infância Jardins de - Crianças Infância - A.A.E. - Outros parceiros educativos(estagiários)

DATAS 2 deMaio

91


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DO OT TR RÂ ÂN NS SIIT TO O ESCOLAS

ACTIVIDADES

Jardim-de-infância

Dia Mundial de Trânsito

De Gimonde

- Sensibilização para regras de segurança rodoviária

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES - Educadores de Infância

- Educadores de Infância

LOCAIS - Bragança

DATAS 05 de Maio

- Crianças - A.A.E.

(55)

- Escola Segura

ACTIVIDADE: M MÊ ÊSS D DO OC CO OR RA AÇ ÇÃ ÃO O ESCOLAS - E.B.1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Peddy-Paper; - Medição da tensão arterial; - Rastreio da asma. (56)

DINAMIZADORES - Departamento de Expressões - Grupo de Educação Física; - Departamento de Matemática e ciências experimentais; - Saúde Escolar.

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Escolas do Agrupamento

- 12 de Maio

- Comunidade Escolar

- Maio

ACTIVIDADE: G GA ALLA AD DA ASS E ESSC CO OLLA AS S ESCOLAS

ACTIVIDADES

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Participação na Gala das Escolas; - Participação da Tuna Augusto Moreno.

DINAMIZADORES Departamento de expressões (Professores de Educação Musical e de Educação Física.)

PARTICIPANTES - Comunidade educativa

LOCAIS - Teatro Municipal

DATAS - Maio

(37)

92


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OM ME EG GA A ((SSpprriin ntteerr,, S Saallttoo ee K Km m))-- F Faassee N Naacciioon naall)) ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES -MegaSprinter, MegaSalto e MegaKm

DINAMIZADORES - Desporto Escolar

PARTICIPANTES Alunos apurados do 2º e 3º Ciclos Professores de Educação Fisica

LOCAIS - A designar

DATAS - Maio de 2010

(46)

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AC CR RIIA AN NÇ ÇA A ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Agrupamento de escolas E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

1 e 2 de Junho

- Peddy Papper; - Torneio de Giravolei - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Realização de jogos e actividades lúdicas

- Jardins-de-infância da Estação e de Gimonde

-Abertura de espaços com actividades diversas

- Escolas do 1º Ciclo

- Participação nas actividades programadas pela Junta de Freguesia e Câmara Municipal

- Professores do 1º ciclo e Educadores; - Departamentos de Expressões (Áreas disciplinares de Educação Física e de EVT);

- Alunos do Préescolar, 1º, 2º e 3º Ciclos; - Toda a comunidade educativa

(38)

93


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: D DIIA AD DO OA AM MB BIIE EN NT TE E ESCOLAS

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES -Semana do Ambiente - Trabalhos de investigação; - Trabalhos sobre o tema; Exposição de Trabalhos; - Concurso “Separar para reciclar”; - Peddy Papper; - Vivenciar o Dia Mundial do Ambiente -Passeio ao exterior - Exploração de CD, DVD sobre o meio ambiente e sua preservação (39)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Departamento de Matemática, Ciências Físicas e Naturais - Departamento de EVT; - Professores do 1º ciclo e Educadores de Infância.

- Comunidade Educativa do Agrupamento

- Espaços interiores e exteriores das escolas intervenientes

Junho

- Coordenadora de Projectos

ACTIVIDADE: Q QU UIIZZ C CIIÊ ÊN NC CIIA AV VIIV VA A ESCOLAS - Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES Quiz Ciência Viva

-Estimular o conhecimento científico através de uma competição salutar.

DINAMIZADORES - Departamento de Matemática e Ciências Experimentais;

PARTICIPANTES - Alunos da Escola EB123 Augusto Moreno.

LOCAIS - EB 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS - 3ºPeríodoem data a definir

(36)

94


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: F FE ESST TA AD DE EE EN NC CE ER RR RA AM ME EN NT TO OD DO OA AN NO O LLE EC CT TIIV VO O ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno; - Escolas do 1º Ciclo; - Jardins-deinfância.

ACTIVIDADES - Jogos desportivos e aquáticos (piscinas municipais); - Música; - Actuação da Tuna Augusto Moreno; - Exposições; - Demonstração de protótipos; - Salas abertas com ateliers de experimentação; - Danças; - Dramatizações; - Refeição / convívio ; - Distribuição de prémios. - Festa de final de ano; - Semana cultural.

DINAMIZADORES - Área disciplinar de EVT; - Área disciplinar de Educação Física e Musical; - Centro de Saúde - Professores do 1º ciclo e Educadores de infância

PARTICIPANTES

LOCAIS

- 19 de Junho (jardins de infância).

- Toda a Comunidade Educativa do Agrupamento.

DATAS

-Espaços interiores e exteriores das escolas

- 1.ª quinzena de Junho (1.º ciclo).

e piscinas municipais. - 18 de de Junho (2.º e 3.º ciclos).

(40)

95


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OSS D DE E PPA AR RC CE ER RIIA A ESCOLAS - Escolas do 1º Ciclo;

ACTIVIDADES - Projectos de parceria com a E.S.E.B. no âmbito da formação inicial de professores - Realização de actividades de Prática Pedagógica do Curso de Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico - Projectos de parceria com a autarquia , Centro de saúde e Polícia de Segurança Pública (58)

DINAMIZADORES - Professores do 1º ciclo

PARTICIPANTES - Professores, -Estagiários, -Instituições -Comunidade Escolar

LOCAIS

DATAS - Ao longo do ano lectivo A determinar

Toda a comunidade escolar

96


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADE: V VIISSIIT TA ASS D DE EE ESST TU UD DO O ESCOLAS

ACTIVIDADES - Visita ao Museu etnográfico da Máscara e do traje;

DINAMIZADORES

- Visita a bibliotecas; - Jardim-deinfância da Estação; Jardim-de-infância de Gimonde.

- Passeio de comboio para visitar os monumentos da cidade. - Ludoteca da Escola Superior de Bragança

- Educadores de Infância

- Autarquia.

- Centro de Ciência Viva de Bragança

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS - 29 e 30 de Janeiro

- Crianças;

- Museu da

- Educadores de

Máscara e do

Infância;

Traje.

- 18 de Abril

- A.A.E.;

- Bibliotecas do

- 2º Período

- Outros parceiros

Agrupamento.

- 22 de Maio

educativos;

- Bragança

- Maio

- Estagiários;

- E.S.E de

(data a definir)

- Junta de Freguesia.

Bragança

- 2 de Abril

- Centro de Ciência

- Museu do Brinquedo - Museu do Pão - Serra da Estrela - Parque Natural de Montesinho

Viva de Bragança

- Seia - Parque Natural de Montesinho

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

-Visita de estudo ao museu Abade de Baçal. -Conhecer os costumes e tradições. - A Romanização na Península Ibérica. -Visita de estudo ao Observatório Meteorológico de S. Sebastião: - Conhecer o funcionamento; - Recolha de dados;

- Professores de História e de Geografia do 3ºciclo

- Alunos do 3ºciclo

- Museu Abade de Baçal

2º Período

- Professores de Geografia e História do 3º ciclo

- Alunos do 3º ciclo

- Observatório Meteorológico São Sebastião

2º Período

97


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Observação de dados e das condições meteorológicas; - Análise do estado de tempo. - O Barroco na cidade de Bragança. - Contrastes de Desenvolvimento, a qualidade de vida urbana, na cidade de Bragança; - Ambiente e Sociedade:  Microclima urbano;  A poluição sonora;  Formas de preservar os recursos hídricos

- Professores de História e de Geografia do 3º ciclo

- Alunos de 3.º Ciclo. - Professores do departamento.

- Cidade de Bragança: - Centro histórico; - Jardim José de Almeida ; - Bairro Social periférico à escola;

3.º Período

-Professores de História e História e Geografia de Portugal.

- Alunos do 2o ciclo.

- Museu Abade de Baçal

3º Período

-Visita de estudo ao museu Abade de Baçal.

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

-Visita de estudo ao Castelo e ao Museu Militar.

-Professores de História e Geografia de Portugal.

- Alunos do 2o ciclo.

- Cidadela

3º Período

- Escolas do 1º Ciclo

- Todas as que forem programadas no âmbito do desenvolvimento dos Projectos Curriculares e outras proporcionadas por instituições, quando se considerem adequadas (41)

- A definir

- A determinar

- Professores das Escolas do 1º Ciclo

- Alunos do 1º Ciclo - Docentes; - Auxiliares de Acção Educativa

98


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ANEXO 2 - BIBLIOTECA ESCOLAR/CRE

99


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos A Biblioteca Escolar constitui um espaço importante na aprendizagem e na formação integral dos alunos. Está ao serviço do Agrupamento e rege-se por um regulamento próprio, elaborado tendo em conta os normativos da RBE. A equipa da Biblioteca é formada por docentes, incluindo as coordenadoras e por uma Assistente Operacional a tempo inteiro. A Biblioteca Escolar funciona em espaço específico, organizado em áreas funcionais adequadas às funções e objectivos decorrentes da sua integração na RBE, tendo em conta o papel e missão das bibliotecas escolares. O Agrupamento de Escolas Augusto Moreno tem três Bibliotecas, cujas normas específicas de utilização são definidas no Regulamento Interno, aprovado em 2009. As Bibliotecas Escolares/Centros de Recursos Educativos do Agrupamento são espaços abertos, vocacionados para a leitura e pesquisa, para a defesa e promoção da cultura e das novas tecnologias. São constituídos por um conjunto de recursos materiais (instalações e equipamentos) e por suportes de informação (escritos, audiovisuais e informáticos), organizados, segundo as regras da CDU, de modo a facilitar a sua utilização pela comunidade escolar. Parte do seu espólio encontra-se já disponível em Catálogo Informático, on-line, divulgado na Página WEB da BE (http://sites.google.com/site/creamoreno/) Principais metas e finalidades A Biblioteca Escolar tem como metas: - Apoiar a concretização do PE, participando de forma activa e dinâmica junto dos vários intervenientes da comunidade escolar – alunos, professores, educadores e funcionários. - Cooperar com os professores na planificação e diversificação das suas actividades de ensino/aprendizagem. - Desenvolver nos utentes competências e hábitos de trabalho na consulta, no tratamento, na produção e na difusão de informação, tais como: seleccionar, analisar, criticar, produzir e comunicar a informação em diferentes suportes. - Promover a leitura, apoiando o PNL. - Associar a leitura, em suportes diversificados, à ocupação lúdica dos tempos livres. - Oferecer actividades de complemento curricular e de animação pedagógica associadas à educação para a cidadania, para os valores, para a saúde e para o ambiente. - Contribuir para a formação integral dos alunos, fomentando o respeito pelos princípios cívicos da tolerância, amizade, justiça, solidariedade e pela identidade de cada um. - Potenciar a utilização do fundo documental existente na biblioteca para as diferentes disciplinas, áreas não disciplinares e projectos. - Contribuir para uma maior interacção Agrupamento/Comunidade/Famílias. - Reconhecer a Biblioteca Escolar como um espaço transversal dedicado ao conhecimento e à cultura, em articulação com as preocupações educativas da escola. - Promover a Auto-Avaliação, em cada um dos Domínios escolhido, em cada ano lectivo, conforme o MABE (Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar), documento orientador da RBE.

100


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA/CRE NA PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA LEITURA, ESCRITA, LITERACIAS E APROFUNDAMENTO DA CULTURA. ESCOLAS -Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES -Comemoração do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares:  Divulgação das actividades. .  ۠ Feira do Livro animada – A

cultura popular nas nossas preferências, com animação de personagens. ۠• Encontro com o Escritor Alexandre Parafita -Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

 Actividades de leitura: Dia Mundial da Alimentação Outono Natal Entrudo Exposições Temáticas

DINAMIZADORES

- Equipa da BE, Departamento

de Línguas, Departamento de Expressões: Disciplinas de E.V.T e E. Musical, Alunos, Escritor Alexandre Parafita, Docentes do 1ºCiclo

- Coordenadora das Bibliotecas do 1º CICLO - Biblioteca/CRE

PARTICIPANTES -Toda a Comunidade Educativa e Escolas do 1º Ciclo

LOCAL

DATA

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

Outubro de 2009

Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Ao longo do ano

-Alunos do Pré-escolar, 1º,2º e 3º Ciclos - Encarregados de Educação

- Professores e Alunos do 1º Ciclo e Pré-Escolar

101


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA/CRE ESCOLAS

ACTIVIDADES

-Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

 Formação de Utilizadores:

- Actividades, com alunos, de informação do funcionamento da BE; -Sistema de Classificação da CDU; - Interpretação da Sinalética e Cotas; - Pesquisa simples e avançada, na BE ou em bases bibliográficas on-line: ∙ Página da BE ∙ Blogue da BE - Pesquisa orientada em diferentes suportes: ∙ Enciclopédias ∙ Dicionários … - Participação dos alunos no Blogue da BE

DINAMIZADORES

 Equipa da BE/CRE

PARTICIPANTES

- Alunos do 1º, 2º e 3 Ciclos - Directores de Turma

LOCAL

Biblioteca da Escola Sede

DATA Ao longo do Ano Lectivo Tempos livres

 Aulas de Educação Cívica

- Organização de um calendário de actividades, com os Directores de Turma, de Formação de Utilizadores

-Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Acompanhamento no estudo e nas tarefas dos alunos. Atendimento dos alunos e Professores nas suas actividades de pesquisa ou de informação.

-Equipa Da BE

-Alunos do 1, 2.º e 3.º Ciclos

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Ao longo do ano

Participação em reuniões/contactos com os Departamentos Curriculares/ Grupos

102


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno Disciplinares para partilha de informação sobre currículos, programas de estudo e recursos disponíveis ou a adquirir.

-Equipa Da BE

-Docentes envolvidos

Participação em reuniões/contactos com os Conselhos de Turma para conhecer os diferentes projectos curriculares e se envolver no planeamento das respectivas actividades e recursos. O espaço da BE é usado frequentemente pelos docentes no âmbito da actividade lectiva.

Contacto com os docentes responsáveis pelas Áreas de Projecto, com vista a apoiar a sua programação no que respeita a recursos da BE. Desenvolvimento do Projecto: As Salas da Minha Escola Têm Nomes Ilustres

Ao longo do Ano

Coordenadora da BE.

Docentes das turmas envolvidas e alunos.

Contactos com professores de Educação Especial e responsáveis por outros Apoios Educativos, tendo em vista a inclusão da BE e dos seus recursos no apoio dos alunos. - Desenvolvimento de actividades de Leitura no espaço da BE . - Colaboração nas tarefas da BE, no âmbito do desenvolvimento de capacidades dos alunos. .

Uma vez por Período

Uma ou mais vezes por Período com cada turma

Colaboração com os Directores de Turma na concepção e realização de iniciativas no âmbito da Formação Cívica, envolvendo recursos da BE. Contactos com os professores de Estudo Acompanhado tendo em vista a inclusão da BE e dos seus recursos nas actividades desta área: Desenvolvimento de actividades de Leitura, no espaço da BE ou na sala de Aula.

Início do Ano

Equipa da BE e Professores da BE

Docentes das Aulas de Estudo Acompanhado e Alunos Ao longo do Ano 45 m

Equipa da BE

Docentes envolvidos e alunos

Uma ou mais vezes por Período com cada turma Semanalmente

103


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno Ao longo do Ano

Orientação na prática de actividades lúdicas e ocupação de tempos livres dos alunos: • Leituras • Visionamento de filmes • Audição de música • Práticas de informática: jogos didácticos, pesquisa, processamento de texto Produção e divulgação, em colaboração com os docentes, de Guiões de Pesquisa e outros materiais de apoio ao trabalho de exploração dos recursos de informação pelos alunos: divulgação através da Página e Blogue da BE. Participação dos alunos nas actividades do Blog. Construção do Logótipo da Biblioteca/CRE Criação da Disciplina da BE no Moodle /Página Web da BE/CRE do Agrupamento para a divulgação de materiais informativos. Elaboração de questionários/Inquéritos online, para a comunidade educativa. Modernização do parque informático da BE. Apoio aos utilizadores, na selecção e utilização de recursos informáticos e média, de acordo com as suas necessidades.

Equipa da BE

Professores Colaboradores

Ao longo do Ano Equipa da BE

Equipa da BE Docente de EVT

Equipa da BE Equipa de Gestão

Docentes e alunos envolvidos.

Primeiro Período

Abertura do Ano Lectivo

Acompanhamento dos alunos no complemento de tarefas curriculares de pesquisa informática. Continuação da disponibilização do Catálogo Bibliográfico, na Página da BE e incentivo à sua

Ao longo do Ano

104


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno consulta. Catálogo bibliográfico informatizado da BE. Vide o endereço: http://creamoreno.googlepages.com e o Blog: http://palavraselivros.blogspot.com

Equipa da BE

Promoção da consulta da Página e do Blogue da BE e incentivo ao uso e participação dos seus conteúdos… Monitores da BE

Actividades de iniciação à informática, para os alunos com mais dificuldades, monitorizadas pela Equipa da BE, conjuntamente com alunos com desenvolvimento informático, preparados para o efeito, Equipa de Monitores da BE. No acompanhamento na BE, promoção de um ambiente de confiança e de respeito mútuo divulgando e fazendo cumprir normas de actuação, direitos e deveres na BE( vide Manual do Utilizador da BE) , normas de convivência e de trabalho na BE

Equipa da BE

Ao longo do Ano

Equipa da BE

Inicio do Ano Lectivo

Incentivo à cooperação, autonomia e responsabilidade, durante o acompanhamento dos alunos no seu trabalho na BE Afixação de cartazes informativos, contendo as regras de funcionamento da BE, Direitos e Deveres no Espaço da BE Dos valores da Cidadania à Aprendizagem – Sessão de trabalho com alunos, de âmbito Formativo. • Participação da Coordenadora da BE, em reuniões de trabalho, no âmbito do SABE; Do PNL/Projecto ALER+; DA RBE; DA DREN ou outro parceiro.

Quarta-Feiras das 14:30 às 15:30 horas

Alunos e Professores

Maio 2010

Coordenadora da BE e Professor Convidado

Ao longo do Ano

105


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA/CRE ESCOLAS

ACTIVIDADES . Actividades no Projecto A LER+:

âmbito

DINAMIZADORES do

PARTICIPANTES

LOCAL

DATA

PNL/

- A BE explora contextos transdisciplinares e associa actividades à leitura com o objectivo de desenvolver a escrita e a oralidade: ∙ Incentiva e acompanha o Concurso Nacional de Leitura.

Equipa da BE e Professores de Língua Portuguesa do Departamento de Línguas

∙ Promove as Olimpíadas da Leitura do Agrupamento, para os alunos de 3º, 5, 7º e 8º anos. - Promove diversas actividades, no âmbito da Semana da Leitura.

Alunos do 3º Ciclo

Dezembro 2009 a Março 2010

Alunos do Pré-Escolar, 1º, 2º e 3º Ciclos.

Novembro de 2009, Janeiro e Abril 2010

Equipa da BE e Departamento de Línguas Departamento de Ciências Sociais e Humanas.

- Os alunos usam a BE para lerem de forma recreativa, para se informar, formar e fazer os trabalhos escolares. Ao longo do Ano

- A comunidade educativa usa a BE para requisitar livros de estudo e de leitura recreativa - Os alunos vão para a BE fazer trabalhos onde interagem com equipamentos e ambientes informacionais variados, manifestando progressos nas suas competências de leitura e das literacias.

۠• Cantinhos de leitura - no Bar dos Alunos, no Bar dos Professores, no Átrio, na sala de acolhimento das Escolas do 1º Ciclo, -

Equipa da BE

Equipa da BE

Arranque do Projecto

106


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno sem Biblioteca. ۠• Baús com livros para as Aulas de Substituição. • Rotas de leitura: Na Rádio Escola; na Biblioteca para todos; na Biblioteca Municipal para as Escolas Locais.

۠• Feira do Livro – A cultura popular nas nossas preferências, com animação de personagens. ۠• Encontro com o Escritor Alexandre Parafita • Apanhados a ler: actividade de motivação à leitura

۠• Acção de formação para docentes: “ A

Equipa da BE, Professores colaboradores, Projecto Rádio Escola, Biblioteca Municipal, BE das Escolas locais, Alunos. Equipa da BE, Departamento de Línguas, Departamento de E.V.T, E. Musical, Alunos, Escritor Alexandre Parafita

Equipa da BE Professor convidado

• Apresentação de uma obra do Escritor Alexandre Parafita. Equipa da BE • Acção de formação: “O conto tradicional Escritor Alexandre Parafita no desenvolvimento da leitura”, pelo Escritor Alexandre Parafita

۠ Serão Cultural, sob a temática da comemorações do Centenário da 1ª República. .

- A BE disponibiliza uma colecção variada e adequada aos gostos e interesses dos utilizadores, sujeita a actualização constante.

Outubro de 2009

Ao longo do ano

Biblioteca e a Articulação Curricular”.

. Articulação de actividades com o PNEP.

Ao longo do ano

Coordenadora/Formadora do PNEP Equipa da BE Equipa da BE Departamento de Ciências Sociais e Humanas.

Equipa da BE

Novembro 2009 Docentes envolvidos Alunos Família Dezembro 2009

Ao longo do ano

Maio de 2010

Ao longo do ano

- A BE desenvolve, de forma sistemática,

107


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno actividades no âmbito da promoção da leitura: . Concursos .Organização de Maletas Pedagógicas(Escolas sem Biblioteca) . Encontro com Escritores . Feiras do Livro

Professores, Alunos do Pré-Escolar, 1ºCiclo, 2ºCiclo e 3º Ciclo

• Promoção do autor do Mês Atribuição de prémios ao mais e melhor leitor

 Selecção e levantamento temático de assuntos de várias disciplinas e áreas Curriculares Não Disciplinares e disponibilização on-line.  Arquivo de Autores e assuntos, on-line  Elaboração de estatísticas de frequência da BE/CRE  Questionários on-line de recolha de elementos à Comunidade educativa:  Alunos  Professores  Funcionários

- Equipa da BE - Professores Colaboradores

Compra de bibliografia complementar (conforme verbas disponíveis)

- Equipa da BE

Ao longo do ano

Toda a Comunidade Educativa

Trimestral

Ao longo do ano

 Contacto com Entidades a fim de obter alguns subsídios 108


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Continuação da Catalogação do Espólio da Biblioteca a partir do programa Porbase 5 Objectivo, de 60% a 70 %  Organização e desenvolvimento do Fundo Documental  Elaboração de Catálogo  Actualização/Compra do Programa de Catalogação Porbase 5 versão 1.6 Elaboração do Regimento da Biblioteca/CRE. Elaboração do PDC( Doc. da Política de Desenvolvimento da Colecção)

Ao longo do ano - Equipa da BE

Equipa da BE

Início do ano

Elaboração das Páginas Do Jornal do Agrupamento, divulgadores das Actividades da Biblioteca/CRE

- Equipa da BE

-Alunos Colaboradores da B/CRE e alunos em geral

Trimestral

Audição de músicas on-line no espaço do “cantinho da música”, na Biblioteca/CRE

-Equipa da BE

- Alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos

Tempos livres dos alunos

(59)

109


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

A N E X O 3 - P L A N O A N U A L D E A C T I V I D A D E S D O P R OJ E C T O E C O - E S C O L A S A NO L E C T I V O D E 2 0 0 9 / 20 1 0

110


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Plano Anual de Actividades do Projecto Eco-escolas Ano lectivo de 2009/2010

111


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

PROJECTO: E Eccoo--eessccoollaass Escolas

Actividades

Dinamizadores

Participantes

Datas

Toda a Comunidade escolar

Ao longo do ano lectivo.

5º/6º/7º ano (ÁreaProjecto; Ed. Visual; Ed. Tecnológica)

2º/3ºPeríodo

Manutenção e reforço de “mini-ecopontos” na escola para a deposição selectiva dos resíduos: - papelões em algumas salas de aula; -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- ecopontos para recolha de papéis e embalagens junto Conselho Eco-escolas; ao bar e na cantina, e outros espaços comuns (recreios, reprografia, secretaria, etc.); - recolha de pilhas; - recolha do óleo alimentar usado na cantina; - recolha de tinteiros das impressoras; - recolha de tampas de embalagens de bebidas Continuar a realizar a compostagem dos resíduos orgânicos da cantina. Reciclagem/reutilização de resíduos: - papel para cartões diversos; Reaproveitamento de materiais para construção de figuras - Criação de objectos variados (em exposição na sala de aula);

Professores;

2º/3ºPeríodo Professores

1º ciclo 1º/2ºciclo e Centro Ciência

112


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno II Concurso “A minha árvore de Natal com materiais reutilizáveis”.

Departamento de Expressões

Viva de Bragança

Professores do 1º ciclo (expressão plástica)

1º ciclo

1ºPeríodo

Comemoração do -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

Dia da Mãe: - 2 de Maio - pintura de um saco para compras (saco reutilizável) Dia mundial da floresta -21 de Março – exposição de trabalhos… Dia mundial da água -22 de Março – exposição de trabalhos, palestra… Dia mundial do Ambiente – 5 de Junho - exposição de trabalhos, palestra… As plantas medicinais e exploração das suas potencialidades A Carta da Terra: leitura e análise. Participação nas Olimpíadas do Ambiente

2º/3ºPeríodo Conselho eco-escolas;

Toda a Comunidade escolar

Professores das várias áreas curriculares 6ºano: Área - Projecto e Professores de Área-Projecto e Ciências da Natureza de Ciências da Natureza 8º ano

Professores de Ciências Naturais 3ºciclo Professores de Ciências

(42)

113


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

A N E X O 4 - P L A N O D E F O R MA Ç Ã O IN T E R N A D O A GR U P A M E N TO 2 0 0 9 /2 0 10

114


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

PLANO DE FORMAÇÃO INTERNA DO AGRUPAMENTO 2009/2010

115


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Departamento de Línguas: PROPOSTA DE PLANO DE FORMAÇÃO ESCOLAS

ACTIVIDADES

- Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno - Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno

DINAMIZADORES

Informática – Necessidades de formação (60) Implementação dos novos programas de Português (62)

Palma Ferreira Albino Falcão Cesarina Teixeira

Avaliação de Desempenho Docente (61)

Cesarina Teixeira Aníbal do Rosário

PARTICIPANTES Professores do Agrupamento Docentes do Departamento de Línguas Docentes do Departamento de Línguas

LOCAL Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno

DATA Ao Longo do ano

1º, 2º e 3º Períodos 1º e 2º Períodos

Departamento de Expressões ( Educação Especial) : A AC CÇ ÇÃ ÃO OD DE EF FO OR RM MA AÇ ÇÃ ÃO O ESCOLAS -E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Acção de Formação « Da Diferença à Excepção: um caminho a percorrer.

- Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Dr. Daniel Sampaio; - Professores de Educação Especial e Educadores; - Intervenção Precoce;

(52)

PARTICIPANTES

-Comunidade Educativa.

LOCAIS

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

A determinar

116


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Departamento do 1º Ciclo: A AC CÇ ÇÃ ÃO OD DE EF FO OR RM MA AÇ ÇÃ ÃO OE ED DU UC CA AR R PPA AR RA AA A SSA AÚ ÚD DE E ESCOLAS Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Sessões de formação de 2 h (63)

DINAMIZADORES Maria da Luz Vicente Afonso

PARTICIPANTES Docentes e Funcionários do Agrupamento

LOCAIS EB1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 2º e 3º períodos

117


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Avaliação 1º Momento – no final de cada actividade, pela equipa organizadora/dinamizadora 2º Momento – no final de cada período lectivo, pelo Conselho Pedagógico. 3º Momento – no final do ano lectivo, pelas Estruturas de Orientação Educativa (Departamentos, Conselho de Directores de Turma), pelo Conselho Pedagógico.

NOTA: Ào Conselho Geral do Agrupamento compete emitir parecer sobre o Plano Anual de Actividades, verificando da sua conformidade com o Projecto Educativo .

118


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

A N E X O 5 - P R O J E C T O E D U C A T I V O / P LA N O A N U A L D E A C TI V I D A D E S D O A G R U P A M E N TO A N O L E C T I V O D E 2 0 0 9 / 2 0 1 0

119


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Projecto Educativo/Plano Anual de Actividades do Agrupamento Ano lectivo de 2009/2010

120


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

PROJECTO EDUCATIVO

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

METAS OBJECTIVOS - METAS

1- Melhorar o clima organizacional e relacional dentro do Agrupamento e com a Comunidade

ACTIVIDADES Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal Projecto – Educação para a Saúde Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos nossos alunos)

2- Desenvolver atitudes de respeito mútuo, de convivência, de aceitação e de valorização da diferença.

Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal Projecto – Educação para a Saúde

3- Melhorar e rentabilizar os espaços físicos das Escolas e Jardins-deInfância do Agrupamento envolvendo a Autarquia e outras

Actividades de Apoio aos Alunos - Sala de estudo – a manter de acordo com as disponibilidades da Escola. - Prolongamento de Horário – a funcionar no Jardim-de-infância n.º 1 – Estação e Jardim-de-infância de Gimonde, da responsabilidade da Autarquia. - Gabinete de Apoio ao Aluno –

OBJECTIVOS*

1, 2, 4, 5, 6

ACTIVIDADES*

1, 2, 3, 6, 9, 11, 12, 15, 18, 19, 21, 25, 30, 31, 32, 34, 35.1, 38, 39, 40, 43, 44, 45.1, 46, 51, 53, 54, 56, 58

14, 26, 37, 45, 55,

2, 6

2, 3, 7, 11, 15, 19, 20, 23, 26, 31, 35, 44, 48, 53, 54, 57, 59

3, 6

24,59

121


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno instituições.

condicionado à existência de Recursos Humanos afectos ao Agrupamento. Actividades de Enriquecimento Curricular - Clubes: Gira Volei; Desporto Escolar; Clube de Jornalismo; Outros Clubes Participantes: Alunos dos diferentes níveis (1º, 2º e 3º ciclos) Organizadores: Professores proponentes

4- Promover a articulação entre os diferentes níveis de ensino do Agrupamento.

- Visitas de estudo - Cidade/Concelho/Parque Natural de Montesinho - Outras regiões do País - Um País da Comunidade Europeia Participantes: Alunos das turmas envolvidas Organizadores: Professores proponentes (a nível de Departamento, Conselho de Turma e Conselho de Docentes) Outras entidades em parceria - Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal – Projecto – Educação para a Saúde - Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos nossos alunos)

1, 2, 3, 4, 5, 6

2, 14, 16, 20, 22, 23, 28, 29, 30, 36, 37, 41, 42, 46, 50, 53, 54, 58, 59

122


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Actividades de Enriquecimento Curricular - Clubes: Gira Volei; Desporto Escolar; Clube de Jornalismo; Outros Clubes Participantes: Alunos dos diferentes níveis (1º, 2º e 3º ciclos) Organizadores: Professores proponentes - Visitas de estudo - Cidade/Concelho/Parque Natural de Montesinho - Outras regiões do País - Um País da Comunidade Europeia 5- Promover acções Participantes: Alunos das turmas diferenciadas que envolvidas contribuam para a Organizadores: Professores proponentes (a motivação dos alunos. nível de Departamento, Conselho de Turma e Conselho de Docentes) Outras entidades em parceria - Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal – Projecto – Educação para a Saúde - Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos

1, 2, 3, 4, 5, 6

2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, 13, 16, 17, 18, 19, 20, 22, 23, 25, 27, 28, 29,30, 32, 33, 34, 35, 35.1, 36, 37, 38, 39, 41, 42, 44, 48, 52, 53, 54, 55, 56, 58, 59

123


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno nossos alunos) - Formação Contínua (Pessoal não Docente) Temas: relacionados com problemas e necessidades do Agrupamento - actualização profissional/Novas tecnologias Participantes: Pessoal Não Docente do Agrupamento Organizadores: Conselho Executivo 6- Promover acções de Conselho Pedagógico Formação “Em Outros Contexto” por forma a responder as - Formação contínua Pessoal Docente necessidades da Temas: Projectos Curriculares comunidade educativa Articulação Curricular - Novas tecnologias Participantes: Professores do Agrupamento Organização: Conselho Pedagógico

1, 3, 5

51, 57, 58, 59, 60, 61, 62, 63

3, 6

8, 44, 47, 48, 49, 50, 52, 57, 59

- Actividades de Apoio aos Alunos - Sala de estudo – a manter de acordo com as disponibilidades da Escola. - Prolongamento de Horário – a 7- Criar actividades de funcionar no Jardim de Infância n.º 1 – Estação e apoio aos alunos. de Gimonde, da responsabilidade da Autarquia. - Gabinete de Apoio ao Aluno – condicionado à existência de Recursos Humanos afectos ao Agrupamento.

124


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno 8 – Desenvolver atitudes de respeito pelo ambiente e adquirir regras conducentes a uma vida saudável

-

Projectos Ambientais Saúde Escolar Actividades Desportivas Eco Escola Agenda 21 Escolar

9Reforçar o envolvimento parental no processo Ensino Aprendizagem dos seus educandos.

- Recepção aos alunos - Festa de Natal - Reuniões de Directores de Turma com os Pais e Encarregados de Educação - Actividades abertas à Comunidade.

1, 3

9, 11, 13, 14, 15, 16, 23, 28, 29, 30, 31, 36, 38, 39, 42, 43, 47, 48, 49, 50, 52, 56, 57, 59

20, 34, 44, 53,

1, 18, 1, 3, 4

Reuniões com Directores de Turma e Encarregados de Educação Todas as actividades abertas à Comunidade

125


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

A N E X O 6 - P R O J E C TO – E DU C A Ç Ã O P A R A A S A Ú D E / E DU C A Ç Ã O S E X U A L

126


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Projecto – Educação para a Saúde/Educação Sexual

“Estima-se que nos países desenvolvidos mais de dois milhões de mortes são atribuíveis ao sedentarismo, e que 60% a 80% da população mundial não é suficientemente activa para obter benefícios na saúde.” (Organização Mundial de Saúde, 2002)

127


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

INTRODUÇÃO1 A Saúde Escolar tentou, ao longo dos tempos, tentou adaptar-se às necessidades da diversidade de situações que ocorrem em contexto escolar e dar-lhe uma resposta adequada. Até 1971, o Ministério da Educação organizou a intervenção médica na escola através dos Centros de Medicina Pedagógica, vocacionados para actividades médicas e psicopedagógicas limitandoa aos concelhos de Lisboa, Porto e Coimbra. Entre 1971 e 2001, os Ministérios da Educação e da Saúde dividiram responsabilidades no exercício da Saúde Escolar, intervindo na escola com os mesmos objectivos, mas utilizando metodologias distintas. Em 1993, os Centros de Medicina Pedagógica foram extintos, tendo os seus profissionais sido integrados, em 2002, nos quadros das Administrações Regionais de Saúde. Desde esta data é o Ministério da Saúde o responsável pela Saúde Escolar, sendo que a sua implementação está a cargo dos Centros de Saúde. Os Ministérios da Saúde e Educação sofreram mudanças significativas devido à implementação de novas estratégias e novas orgânicas que conduziram a novas formas de operacionalizar a Saúde Escolar e de avaliar o seu impacto, tendo sempre em conta que a Escola deve continuar a ser a grande promotora da saúde. Nas escolas, além da transmissão de conhecimentos organizados em disciplinas deve-se, também, educar para os valores, promover a saúde, a formação e a participação cívica dos alunos, num processo de aquisição de competências que sustentem as aprendizagens ao longo da vida e promovam autonomia. Na Saúde foi aprovado o Plano Nacional de Saúde, a desenvolver entre 2004 e 2010, em que são definidas prioridades de saúde baseadas na evidência científica, com o objectivo de obter ganhos em saúde a médio e longo prazo. A estratégia de implementação do Plano passa por uma abordagem dos determinantes da saúde, através de programas nacionais, desenvolvidos nos ambientes onde as pessoas vivem, trabalham e estudam, em colaboração com os múltiplos sectores que contribuem para a saúde. O Programa tem em vista a redução dos factores de risco de doenças crónicas não transmissíveis e aumentar os factores de protecção relacionados com os estilos de vida. As actividades deverão ser orientadas, essencialmente para 4 grandes temáticas: i) Educação alimentar/actividade física ii) Prevenção de consumo de substâncias psicoactivas como o tabaco, álcool; iii) Educação sexual e infecções sexualmente transmissíveis; iv) Saúde mental/violência em meio escolar. A escola, ao constituir-se como um espaço seguro e saudável, está a facilitar a adopção de comportamentos mais saudáveis, encontrando-se por isso numa posição ideal para promover e manter a saúde da comunidade educativa e da comunidade envolvente. 1

Texto baseado na informação recolhida em http://www.portaldasaude.pt (Disponível Janeiro 2010).

128


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

1 – FUNDAMENTAÇÃO A realidade da Saúde Escolar tem-se modificado, como verificámos anteriormente, tendo em vista a cobertura das necessidades, que uma sociedade em constante mutação exige. Um grande número de problemas de saúde e comportamentos de risco, associados ao ambiente e aos estilos de vida, podem ser prevenidos ou significativamente reduzidos através de um Programa de Saúde Escolar efectivo. Na Escola, os determinantes da saúde, estão inseridos nas orientações curriculares do PréEscolar, do Ensino Básico e Secundário devendo ser desenvolvidos de forma transversal ao longo de toda a escolaridade. As áreas curriculares não disciplinares, inseridas no âmbito da Formação Pessoal e Social que incluam a Área de Projecto, Estudo Acompanhado e Formação Cívica, podem ser um espaço privilegiado para o desenvolvimento de projectos de Promoção e Educação para a Saúde. Para a implementação e desenvolvimento do Programa devem criar-se parcerias sólidas, que organizem um trabalho em rede, com equipas multiprofissionais. Esta aliança deverá incluir vários parceiros, tais como os referidos anteriormente. 2 – OBJECTOS ∙ Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa ∙ Apoiar a inclusão escolar de crianças com Necessidades de Saúde e Educativas Especiais ∙ Promover um ambiente escolar seguro e saudável ∙ Reforçar os factores de protecção relacionados com os estilos de vida saudáveis ∙ Contribuir para o desenvolvimento dos princípios das escolas promotoras da saúde.

3- POPULAÇÃO ALVO O Plano da Saúde Escolar definido para o ano lectivo 2009/2010 destina-se a toda a comunidade educativa2 do Agrupamento de Escolas Augusto Moreno, ou seja, abrangendo a população escolar dos Jardins-de-infância, 1º, 2º e 3º Ciclos, CEF’s e os cursos que funcionam em regime nocturno. Sempre que possível tentar-se-ão dinamizar actividades nos diferentes estabelecimentos de ensino que integram e compõem o Agrupamento.

2

Esta é composta por alunos, professores, auxiliares de acção educativa, pais e encarregados de educação, assim como os demais profissionais com presença no Agrupamento.

129


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

4 – EQUIPA RESPONSÁVEL - Coordenadora - Centro de Saúde - Direcção do Agrupamento - Serviços de Psicologia do Agrupamento - GAP – Gabinete de Apoio ao Aluno - Coordenadores de Departamento - Coordenador dos Directores de Turma

5- EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR A Educação sexual desenvolver-se-á de acordo com a Lei nº 60/2009, de 6 de Agosto, regulamentada pelo Decreto-Lei nº 126-A/2010 de 9 de Abril.

6- ACTIVIDADES (Constam no documento anexo)

130


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL PLANO ANUAL ACTIVIDADES

Ano lectivo 2009/2010

Actividades

Objectivos

Prevenção da gripe AH1N1 (Apresentação do Plano de Sensibilizar para as medidas preventivas Contingência e de medidas preventivas; Inquérito) 

Educação para a Sexualidade (Acções de sensibilização; Atendimento personalizado no Promover uma sexualidade saudável GAP (Gabinete de Apoio e Atendimento ao aluno; Distribuição de material alusivo ao tema; Interacção on-line GAPalunos)  Dia Mundial da Alimentação (Distribuição de fruta grátis; Sensibilizar para uma alimentação Exposição de trabalhos; Roda dos saudável alimentos com produtos naturais; Cálculo do I.M.C.; Apresentação de filmes) 

Programa PASSE (Programa de Alimentação Promover hábitos alimentares saudáveis

Intervenientes Dinamizadores Público alvo -Centro Saúde (Enfermeira; Psicólogo) - Equipa Directiva Comunidade - Equipa Operativa do Educativa Plano de Contingência da Gripe A-H1N1 -Centro Saúde Professores (Enfermeiras) Alunos - Serviços de Psicologia Pais/Enc. Ed. do Agrupamento - Equipa Directiva - GAP -Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Comunidade Centro Saúde Educativa (Enfermeiros) - Equipa Directiva

Calendarização

Ao longo do ano

Ao longo do ano

16 Outubro

- Centro Saúde (Assistente Turma 3º ano Social; Psicólogo) EB1 nº 5 - 15 sessões - 1º e 2º 131


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Saudável em Saúde Escolar) Centro Saúde  Projecto de Vigilância Acompanhar as crianças durante o seu (Nutricionista; Técnicos Nutricional Infantil de Saúde Ambiental) (Acções de sensibilização; percurso escolar Avaliação das ementas; Controle de higiene e segurança alimentar) 

Dia Mundial do Não Fumador (Elaboração de cartazes e outros materiais relativos ao tema; Acções de sensibilização; Avaliação do monóxido de carbono)  Dia da Luta contra a Violência Doméstica  Dia Mundial da Luta contra a SIDA (Distribuição de material alusivo ao tema; Acções de sensibilização)  Programa de Promoção da Saúde Oral (Recolha, através dos DT’s e Profs Titulares de Turma 1º Ciclo, dos formulários identificativos dos alunos, posterior preenchimento e entrega ao Centro de Saúde; Distribuição dos cheques dentista pelos alunos)

Sensibilizar para os malefícios do tabaco Alertar para a violência doméstica

Centro Saúde (Enfermeira) Comunidade - CEF’s Educativa - GAP (Gabinete Apoio e Atendimento ao Aluno) CEF’s - Saúde Escolar

Prevenir e consciencializar sobre a Centro SIDA (Enfermeira) - GAP

Promover a saúde oral

Estação Alunos com 6 e 7 anos Funcionários do bar e cozinha

Comunidade Educativa Saúde Comunidade Educativa

períodos Ao longo do ano (Programa a desenvolver a médio-longo prazo)

17 Novembro 25 Novembro 2 Dezembro

- Saúde Escolar Crianças nascidas -DT’s e Profs Titulares de em 2002,1999 e Turma 1º Ciclo 1996 Ao longo do ano

- Centro Saúde (Assistente  Bullying (Acções de sensibilização; Detectar e minimizar situações de Social) - Professores do 1º, 2º e Elaboração e afixação de trabalhos) bullying nas escolas 3º Ciclos

- Alunos 1º, 2º, 3º Ciclos e CEF’s - Professores 1º, 2º e 3º períodos - Funcionários 132


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Pais/Enc .Ed.  Primeiros Socorros (Sessão de esclarecimento)

Adquirir conhecimentos para prestar Centro correctamente primeiros socorros (Enfermeira)

- GAP (Gabinete Apoio e Saúde Atendimento ao 1º período Aluno) - Funcionários do Agrupamento

Prevenção de doenças de comportamento alimentar: obesidade, anorexia, bulimia… (Acções de sensibilização; Sensibilizar para os perigos de Elaboração de trabalhos e comportamentos alimentares desviantes exposição na sede de Agrupamento; Controle do I.M.C. de alunos que apresentem sobrepeso)  Mês do Coração (Medição da tensão arterial; Promover hábitos de vida saudável Rastreio da asma; Exposição de trabalhos do alunos; Visualização de filmes no polivalente; Jogos didácticos

Centro Saúde Alunos 3º Ciclo e (Enfermeira;Nutricionista) CEF’s Ao longo do ano - Serviços de Psicologia do Agrupamento

Departamento de Comunidade Matemática e Ciências Educativa Experimentais - Saúde Escolar

Maio

) 

Peddy-Paper

Prevenção de Substâncias Psicoactivas (SPA)

Fomentar a prática da actividade física

- Grupo de Educação Comunidade Física Educativa - Saúde Escolar

- Centro Saúde 9º anos Prevenir o consumo de substâncias - Serviços de Psicologia

12 Maio

2º e 3º períodos 133


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

(Acções de sensibilização; Psicoactivas Trabalhos a realizar pelos alunos; Visualização de pequenos filmes no polivalente) 

do Agrupamento

- Centro Saúde Prevenção da gravidez na Prevenir a gravidez na adolescência - Serviços de Psicologia adolescência do Agrupamento (Acções de sensibilização; Visualização de curtas-metragens no polivalente) - Grupo de Educação  Jogos Desportivos Física Aquáticos (Piscinas Sensibilizar para a prática desportiva - Centro Saúde Municipais) (Actividades a determinar) Centro Saúde  Encaminhamento de alunos (Enfermeira; para os diferentes serviços Agilizar a marcação de consultas e Nutricionista; Psicólogo) do Centro de Saúde atendimento - Serviços de Psicologia do Agrupamento - Equipa Directiva - Directores de Turma e Encarregados de Direcção do Pré-Escolar e 1º Ciclo

CEF’s

Alunos 3º Ciclo

2º e 3º períodos

Alunos 2º e 3º 18 Junho Ciclos

Todos os alunos Ao longo do ano em situação considerada urgente

134


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

A N E X O 7 – P RO J E CT O D O G A B I N E T E D E A P O I O E A T E N D I M E N T O A O A L U N O

135


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Agrupamento de Escolas Augusto Moreno Projecto GAP Gabinete de Apoio e Atendimento ao Aluno Equipa coordenadora: O Gabinete ĂŠ coordenado por uma equipa Multidisciplinar

136


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

INTRODUÇÃO A partir da constatação das diversas alterações de cariz fisiológico, psicológico, emocional por que passam os alunos durante o tempo de permanência no sistema de ensino, o Agrupamento de Escolas Augusto Moreno resolveu criar o GAP - Gabinete de Apoio e Atendimento ao Aluno, integrado por uma equipa de docentes de diversas áreas científicas e pedagógicas, capazes de estabelecerem canais de convergência operativa com outras estruturas de orientação escolar (órgãos de gestão, coordenadores de departamento, directores de turma, serviços de psicologia, etc.) e com instituições exteriores ao estabelecimento de ensino (Centro de Saúde, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, entre outras.) Tendo em conta a legislação em vigor referente às competências dos gabinetes de apoio aos alunos, a equipa responsável pelo GAP tem em perspectiva ajudar os estudantes na procura da resolução das suas dificuldades nas vertentes comportamental e relacional, bem como no estabelecimento de estratégias de intervenção no combate à indisciplina e à exclusão social. A prática do gabinete assenta na articulação com os serviços de psicologia da escola e com as instituições já referidas, numa relação de entreajuda apostada na minimização dos comportamentos problemáticos dos alunos e no aumento da sua responsabilização, desenvolvendo capacidades, atitudes e valores com vista ao acréscimo qualitativo da função educativa da escola.

1 - OBJECTIVOS DO GAP 

Promover o sucesso educativo;

Combater o abandono escolar;

Minimizar a indisciplina / actuar a nível da mediação de conflitos;

Despistar eventuais situações de risco;

Desenvolver atitudes responsáveis nos alunos;

Melhorar a interacção entre os diversos membros da Comunidade Educativa;

Promover o desenvolvimento de competências em vários domínios, incluindo a educação para a cidadania, valores e saúde;

Intervir junto de públicos específicos em contextos de saúde tendo em conta as necessidades e as situações dos indivíduos;

Proporcionar aos alunos um espaço de atendimento capaz de fomentar o bem-estar e o equilíbrio pessoal;

Contribuir para a divulgação dos conteúdos formativos da educação para a sexualidade. 137


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

2. PARCEIROS /COLABORADORES  Corpo docente e não docente da escola;  Psicóloga;  Técnicos da área da saúde e respectivas instituições;  Órgãos autárquicos;  Associação de Pais e Associação de Estudantes;  Instituições de Solidariedade Social;  Órgãos de Comunicação Social de expansão regional e nacional.

3. MODUS OPERANDI 

Divulgação junto da comunidade escolar do modo de funcionamento do GAP;

Apreciação conjunta de todas as situações referenciadas no ano lectivo anterior e seriação das que se considerem necessário acompanhar de imediato;

Colaboração com os directores de turma no sentido de serem adoptadas estratégias comuns;

Atendimento de novas situações por solicitação de qualquer membro da comunidade educativa;

Contacto e articulação com outras entidades envolvidas no processo de acompanhamento dos alunos (serviços de psicologia, órgãos de gestão e directores de turma);

Formulação de inquéritos de alcance colectivo com o objectivo de facilitar o conhecimento das idiossincrasias grupais e, também, das expectativas dos alunos em relação ao gabinete, nomeadamente dos assuntos que gostariam de nele ver trabalhados;

Organização de colóquios, conferências e debates com personalidades exteriores à escola, de reconhecido mérito científico e/ou cívico, direccionados para os alunos e, em casos específicos, para os pais

138


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

4. VERTENTE OPERATIVA DO GAP NAS ESCOLAS DO

AGRUPAMENTO

O trabalho concreto do GAP visa auxiliar a família, a escola e o aluno apoiando-o em situações de dificuldade de ordem social e/ou emocional. O gabinete concebe-se, assim, no âmbito de um processo multidisciplinar, concretizado por profissionais com formação adequada que procuram proporcionar aos alunos um desenvolvimento cognitivo equilibrado, bem como a construção de uma personalidade mais autónoma e coerente.

5. EDUCAÇÃO PARA A SEXUALIDADE Após a publicação em Diário da República da Lei nº 60/2009, de 6 de Agosto, na qual se prevê a “valorização da sexualidade e afectividade entre as pessoas no desenvolvimento individual”, nomeadamente através da “melhoria dos relacionamentos afectivo - sexuais dos jovens”, a escola tornou-se um agente implicado directamente na educação para a sexualidade. Neste sentido, para além da carga horária curricular atribuída à educação sexual em cada nível de ensino, cabe também ao GAP desenvolver actividades e disponibilizar informação e aconselhamento sobre a temática, valorizando a componente afectiva que a integra.

6.PARA FINALIZAR Como foi dito, o Gabinete de Apoio ao Aluno assume-se como um espaço que permite aos alunos abordar problemas decorrentes do relacionamento com a família, os amigos, os professores, para além de possibilitar o esclarecimento de dúvidas sobre sexualidade, drogas, relações afectivas, projectos de vida, sucesso escolar, etc. Importa, a propósito, esclarecer que sempre que as questões colocadas pelos seus utentes ultrapassam as áreas de formação dos responsáveis pelo gabinete, os alunos são encaminhados para estruturas que os possam apoiar de forma mais especializada. Para tanto o GAP conta com a colaboração periódica de um médico, de uma enfermeira e, ainda, de um conjunto alargado de outros técnicos que perante situações que o justifiquem disponibilizam a prestação de cuidados nas áreas de saúde em que se integram. Deste modo dá-se cumprimento ao objectivo primeiro do GAP: o estabelecimento de um espaço - ilha dentro da escola, com características bem diversas das salas de aula, de pertença neutra, mas ao serviço dos interesses do aluno. O gabinete tem, com efeito, uma importância maior no contexto escolar contemporâneo. Afinal, é nos estabelecimentos de ensino que, cada vez mais, desembocam os problemas de cariz social, 139


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

político, económico, moral que têm origem nas vivências quotidianas. A escola transformou-se no cenário - laboratório de todas as situações possíveis, numa permanente reprodução da realidade extra muros. Há, assim, uma crescente complexidade vivencial e pedagógica a ser resolvida pelos novos sistemas educativos. É nesta perspectiva que se cumpre a relevância reclamada pela comunidade educativa acerca do papel dos gabinetes de apoio ao aluno.

140


Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

A N E X O 8 – P RO J E C TO D O D E S P O R TO E S C O L A R

141


PROJECTO DE DESPORTO ESCOLAR

142


143


144


145


146


147


148


149


150


151


152


153


154


155


156


ANEXO 9 - PLANO ANUAL E PLURIANUAL DE ACTIVIDADES DO AGRUPAMENTO - ANOS LECTIVOS DE 2010/2011 E 2011/2012

157


Plano Anual e Plurianual de Actividades do Agrupamento Anos lectivos de 2010/2011 e 2011/2012

158


Finalidades:  Promover a aproximação das diferentes comunidades escolares do Agrupamento;  Proporcionar climas e ambientes educativos capazes de contribuirem para o desenvolvimento integral da personalidade dos alunos;  Desenvolver competências cognitivas, sociais, culturais e tecnológicas.

159


OBJECTIVOS: 1. Fomentar laços de empatia entre os diversos intervenientes da Comunidade Educativa. 2. Contribuir para melhorar a qualidade Educativa do Agrupamento assegurando a formação integral dos alunos. 3. Aprofundar as relações com os diversos parceiros intervenientes no processo educativo 4. Incentivar um maior envolvimento dos Pais/Encarregados de Educação no ProcessoEnsino/Aprendizagem dos seus Educandos 5. Reforçar a articulação entre os diferentes níveis etários e ciclos. 6. Desenvolver a capacidade de pesquisar, seleccionar e organizar a informação recolhida para a consolidação dos diversos saberes.

160


ACTIVIDADE: R RE EC CE EPPÇ ÇÃ ÃO OA AO OSS A ALLU UN NO OSS ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do 1º Ciclo - Jardins-deinfância _ Bibliotecas/ CRE

ACTIVIDADES - Recepção aos Alunos Pais e Encarregados de Educação; - Reconhecimento das instalações ( alunos do 1º ano) - Convívio ; - Canções; - Acompanhamento na oferta do livro do P.N.L. aos alunos do 1º e 5º Anos das Escolas do 1º e 2º Ciclos do Agrupamento. - Recepção das turmas visitantes ; - Visita guiada dos recursos da Bibliotecas/ CRE apos alunos e Encarregados de Educação (1)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Conselho Executivo; - Directores de Turma;

-Comunidade Escolar - Pais / Encarregados

- Professores e Educadores de Infância

Todas as escolas e jardins de Infância do Agrupamento

de Educação

1ª semana de aulas

de Escolas

-Professores -Equipa da BE

Augusto Moreno

-Coordenadoras da BE

ACTIVIDADE: D DIIA AD DA AM MÚ ÚSSIIC CA A ESCOLAS - Jardim-deinfância de Gimonde

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Audição de vários tipos de musica;

Crianças - Educadores de Infância

- Montagem do cantinho da música; - Confecção de instrumentos (32)

PARTICIPANTES

Educadores

LOCAIS

DATAS

Jardim-de-infância de

de Gimonde

1 de Outubro

Infância A.A.E.

161


ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AA ALLIIM ME EN NT TA AÇ ÇÃ ÃO O ESCOLAS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno; - Escolas do 1º Ciclo;

-Jardim de Infância da Estação.

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Consciencialização da Comunidade Escolar para as questões relacionadas com a nutrição e a alimentação. - Organização de várias actividades lúdicas relativas ao tema a definir pelo grupo de trabalho. - Distribuição gratuitade leite e fruta aos alunos. - Cálculo do IMC; - Apresentação de filmes; - Recolha de receitas tradicionais. - Oficinas sobre “perturbações alimentares.” - Sessão sobre alimentação saudável - Exposição de cartazes/elaboração de desdobrável - Roda dos alimentos/pirâmide alimentar - Recolha de receitas tradicionais. - Actividades/Experiências relacionadas com a alimentação Acção de Sensibilização: «Alimentação Equilibrada e Saudável».

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Professores do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais - 15 de Outubroo de 2010

- Centro de Saúde(enfermeiros) - Equipa Directiva -Saúde Escolar/Serviços de psicologia - Gabinete de Apoio ao Aluno - Bibliotecas - Grupo de EVT - Professores do 1º Ciclo, Professores das AECs e alunos do IPB

-Alunos do Agrupamento - Professores do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais, do 1ºCiclo.

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Educadores de Infância e alunos do IPB

Equipa de saúde Escolar Professores de Educação Especial

Alunos de Currículo Específico Individual Professores Alunos Pais e Encarregados de Educação

- 19 de Outubro de 2010

(11)

162


ACTIVIDADE: SSA AÚ ÚD DE EE EM MF FO OR RM MA A ((PPR RO OG GR RA AM MA AD DE EP PR RE EV VE EN NÇ ÇÂ ÂO OE EO OB BE ESSIID DA AD DE E)) ESCOLAS -Agrupamento

ACTIVIDADES - Medição da estatura e peso corporal; - Cálculo do índice de massa corporal; - Intervenção de um nutricionista junto dos Pais/Encarregados de Educação e respectivos educandos.

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

-Grupo de Educação Física; - Saúde Escolar;

-Alunos do 1º e 5º anos mais os

- Gabinete de apoio ao aluno.

indicados pelos professores (com

Todas as escola do Agrupamento de Escolas Augusto

Ao longo do ano

Moreno

excesso de peso).

(9)

ACTIVIDADE: H HA ALLLLO OW WE EE EN N ESCOLAS

ACTIVIDADES

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Jardins-deinfância

- Concurso de abóboras;

- Departamento de Línguas;

- Exposição de cartazes;

- Professores do 1.º ciclo e Professores das AECs;

- Desfile de máscaras (alunos).

DINAMIZADORES

- Jardins de Infância; - Professores de Educação Especial

PARTICIPANTES -Alunos do Agrupamento - Professores dos 1º, 2º e 3º Ciclos e Educação Pré-Escolar - Professores de Educação Especial

LOCAIS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

30 de Outubro

(12)

163


ACTIVIDADE: M MA AG GU USST TO OD DO OA AG GR RU UP PA AM ME EN NT TO O ESCOLAS

ACTIVIDADES - Jogos Tradicionais; Torneio de Basquetebol;

DINAMIZADORES -

- Escolas do 1º Ciclo

- Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno

Jardins-de-infância - Estação - Gimonde

- Canções e quadras regionais; - Divulgação da lenda de S. Martinho; - Tradições de Outono; - Fogueira / Assar das castanhas; - Refeição/ Convívio - Mostra de Produtos de Outono; - Desportivas: - Jogos Tradicionais; - Torneio de Basquetebol; - Musicais: actuação da tuna. - Banca com tradições de Outono; - Fogueira / Assar das castanhas; - Refeição / Convívio. - Exposição/mostra de trabalhos de Outono; -Fogueira/Assar castanhas; -Lanche/convívio; - Confecção de vinho, (desde pisar até ao processo final). (14)

- Departamento de Expressões (Educação Física); Professores de Educação Especial - Professores do 1º Ciclo e Professores das AECs - Professores Estagiários - Autarquias - Departamento de Expressões – Áreas Disciplinares de EVT, Educação Física e Ed. Musical;

PARTICIPANTES - Comunidades Escolares - Pais / Encarregados de Educação - Autarquia

- Toda a Comunidade Escolar

LOCAL - Escolas do 1º ciclo

DATA 13 de Novembro

- Espaços interior e exterior da Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Directores de Turma; - Departamento de Línguas -- Departamento de Expressões – Áreas Disciplinares de EVT, Educação Física e Ed. Musical;

- Jardim-deinfância nº1da Estação.

- Educadoras; - Pais.

164


ACTIVIDADE: D DIIA AD DO ON NÃ ÃO OF FU UM MA AD DO OR R ESCOLAS

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno; -Escolas do 1º ciclo.

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Elaboração e exposição de cartazes de sensibilização; - Elaboração de desdobrávéis alusivos ao tema; - Acções de sensibilização; - Avaliação do monóxido de carbono; - Distribuição de pulseiras para fumadores e não fumadores; - Elaboração e colocação de sinais de proibição de fumar no recinto escolar. - Acção de Sensibilização: «Malefícios do Tabaco»

DINAMIZADORES - Departamento de Matemática e Ciências Físicas e Naturais; - Centro de Saúde( enfermeira); - CEF’s; - GAP (Gabinete de Apoio ao Aluno)

- Professores do 1º ciclo. -Equipa de Saúde Escolar - Professores de Educação Especia - Técnicos de Pneumologia do CHNT.

PARTICIPANTES

LOCAIS

-Alunos e professores do 1º, 2º e 3º Ciclos; - Comunidade Educativa; - CEF’s

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

17 de Novembro

- Escolas do 1º ciclo - Professores dos 1º, 2º e 3º Ciclos - Alunos de Currículo Específico Individua; - Professores; - Pais e Encarregados de Educação

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

Novembro

LOCAIS

DATAS

(15)

ACTIVIDADE: D DIIA A IIN NT TE ER RN NA AC CIIO ON NA ALL D DO OSS D DIIR RE EIIT TO OS SD DA AC CR RIIA AN NÇ ÇA A ESCOLAS -Jardins de Infância do Agrupamento

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

-Dia Internacinal dos Direitos da Criança.

-Departamento da EducaçãoPré-Escolar

PARTICIPANTES -Crianças e Educadores

- Jardins de Infância

19 de Novembro

(25)

165


ACTIVIDADE: SSE EM MA AN NA AD DA AC CIIÊ ÊN NC CIIA AE ET TE EC CN NO OLLO OG GIIA A ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno -Instituto Politécnico de Bragança - Centro Ciência Viva

ACTIVIDADES - Partilhar experiências inerentes aos conteúdos das disciplinas das Ciências Experimentais; - Laboratório aberto com actividades experimentais

DINAMIZADORES - Grupo de Ciências Experimentais;

PARTICIPANTES -Alunos e Professores dos 1º, 2º e 3º Ciclos.

LOCAIS - Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno -IPB - Centro Ciência Viva

DATAS

22 a 26 Novembro de 2010

(16)

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA A LLU UT TA AC CO ON NT TR RA AA A SSIID DA A ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Distribuição de material alusivo ao tema; - Acções de sensibilização (10)

DINAMIZADORES - GAP (Gabinete de Apoio ao Aluno); - Saúde escolar.

PARTICIPANTES - Comunidade Educativa

LOCAIS Escolas do Agrupamento

DATAS 2 de Dezembro

ACTIVIDADE: PPR RIIM ME EIIR RO OSS SSO OC CO OR RR RO OSS ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Sessão de esclarecimento (6)

DINAMIZADORES - Centro de Saúde( enfermeira);

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- GAP (Gabinete de Apoio e atendimento ao Aluno); - Funcionários do Agrupamento.

- Todas as escola do Agrupamento Augusto Moreno

1º período

166


ACTIVIDADE: B BU ULLLLY YIIN NG G ESCOLAS - Escolas do Agrupamento

ACTIVIDADES - Acções de sensibilização; - Elaboração e afixação de trabalhos. (31)

DINAMIZADORES - Centro de Saúde( Assistente Social); - Professores de 1º,2º e 3º Ciclos

PARTICIPANTES - Alunos do1º,2º e 3º Ciclos e CEF’s; - Professores; - Funcionários; - Pais/ Enc. De Educação

LOCAIS

DATAS

- Escolas do Agrupamento

1º,2ºe3º períodos

ACTIVIDADE: PPR RO OG GR RA AM MA A PPA ASSSSE E ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES - Turma de 3º Ano da escola E.B:1 nº5Estação

- Escola E.B.1 da Estação

- Programa de alimentação saudável em saúde escolar

- Centro de Saúde( Assistente Social, psicólogo);

- Jardins de infância do Agrupamento

-“ O Passezinho”

- Equipa do Centro de Saúde de Santa Maria.

(34)

- Crianças, Encarregados de educação e Educadoras

LOCAIS - Escola da Estação - Jardins de Infância

DATAS 1º e 2º períodos (15 sessões) Ao longo do ano (2 Sessões)

167


ACTIVIDADE: B BO OLLE ET TIIN NSS PPE ER RIIÒ ÒD DIIC CO OS S ESCOLAS Jardim-deinfância da Estação

Escola EB123 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES - Educadores de Infância

- Elaboração de boletins informativos e periódicos

JORNAL DIGITAL DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS

Professores do Departamento de Línguas

PARTICIPANTES - Educadores de Infância; - Auxiliares de Acção Educativa; - Crianças; - Comunidade Educativa. -Professores do Departamento de Línguas -Alunos do Agrupamento

(51) Centro Escolar de Santa Maria

LOCAIS - Jardim-deinfância da Estação

- Escola Augusto Moreno

DATAS 1 Boletim por período

Durante o ano lectivo

- Centro Escolar de Santa Maria Centro Escolar de Santa Maria

168


ACTIVIDADE: PPE EQ QU UE EN NO O--A ALLM MO OÇ ÇO O IIN NG GLLÊ ÊS S ESCOLAS Escola EB123 Augusto Moreno

ACTIVIDADES PEQUENO-ALMOÇO INGLÊS

DINAMIZADORES Professores de Inglês

(35.1)

PARTICIPANTES

LOCAIS

- Alunos, Professores e Auxiliares de acção educativa

- Escola Augusto Moreno

DATAS Dezembro 2010

ACTIVIDADE: C CO ON NT TO OSS E EM M IIN NG GLLÊ ÊSS ESCOLAS Escola EB123 Augusto Moreno

ACTIVIDADES ESCRITA DE CONTOS EM INGLÊS (35.2)

DINAMIZADORES Professores de Inglês

PARTICIPANTES - Professores de Inglês - Alunos dos 2º e 3º ciclos

LOCAIS

DATAS

- Escola Augusto Moreno

- Ao longo do ano lectivo

169


ACTIVIDADE: N NA AT TA ALL N NO OA AG GR RU UPPA AM ME EN NT TO O ESCOLAS

-E.B.1,2,3 Moreno

Augusto

- Escolas do 1º Ciclo

- Jardins-deinfância

ACTIVIDADES - Decoração do espaço; - Exposição de Árvores e Arranjos de Natal; - Exposição de postais de Boas Festas; -Natal Solidário (Exposição/venda para Instituições de Solidariedade); - Participação no Concurso Municipal de Presépios. - Produzir textos (poéticos, narrativos, outros) ilustrados. - Divulgar os trabalhos produzidos - Participar na festa de Natal com teatros e canções nas diferentes línguas. - Visualização do filme “O Nascimento de Cristo” - Tuna Augusto Moreno e turmascanções; - Poemas com música; - Jogo Professores e Alunos – Futebol; - Decorações de Natal; - Arranjos dos espaços escolares; -Execução de Presépios em diferentes materiais; - Concurso de Presépios; - Canções; - Dramatizações; - Danças; - Jogo professores/alunos (modalidade a designar) - Canções/teatro/poemas; - Festa de Natal - Actividades alusivas ao Natal; - Torneio Tag Rugby (18)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Professores de Educação Moral e Religiosa Católica; -- Departamento de Expressões (Áreas Disciplinares de E.V.T.,

- Toda a comunidade escolar

Educação Física e Educação Musical).

- Em todas as Escolas

- Dezembro de 2009, a 6 de Janeiro 2010

- Departamento de Lìngua - Professores do 1.º Ciclo e Professores das AECs; - Junta de Freguesia da Sé e de Santa Maria; - Professores Estagiários - Conselho Executivo - Educadores de Infância e Estagiários. - Professores do 3º Ciclo - Departamento de Expressões (Educaçãso Física

-Alunos do 3º Ciclo e CEF e grupo de Educação Física

-17 Dezembro de 2010

170


ACTIVIDADE: V VIISSIIT TA ASS D DE EN NA AT TA ALL-- N NA AT TA ALL N NO OA AG GR RU UPPA AM ME EN NT TO O ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Professores de -E.B.1,2,3 Moreno

Augusto

Visita a Uma IPSS

- Professores de Educação

Educação Especial

Especial

- Alunos de NEE outros

(18.1)

IPSS’s

Dezembro de 2010

e

ACTIVIDADE: IIIIII C CA AF FÉ É –– C CO ON NC CE ER RT TO OD DE EN NA AT TA ALL ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno com as outras escolas da cidade de Bragança. Em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa

- Elaboração de cartazes. - Divulgação da actividade. - Decoração do espaço. - Preparação dos concertos e da apresentação do evento. - Actuação de diversas bandas da cidade. - Recolha de produtos para a Cruz Vermelha oferecer às famílias carenciadas. (18.2)

PARTICIPANTES Toda a escolar.

comunidade

LOCAIS

DATAS

10 de Dezembro no Mercado Municipal de Bragança.

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno com as outras escolas da cidade de Bragança. Em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa

ACTIVIDADE: JJO OR RN NA ALL ““PPE EQ QU UE EN NO OS S JJO OR RN NA ALLIISST TA ASS”” ESCOLAS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do 1º Ciclo - Jardins-deinfância

ACTIVIDADES - Elaboração e produção de trabalhos para o Jornal Escolar. _ Participação no Jornal Escolar; (2)

DINAMIZADORES

- Órgão de Gestão; - Equipa Responsável. - Professores do Agrupamento; - Equipa da Biblioteca/CRE; - Equipa responsável do Jornal

PARTICIPANTES

- Toda a Comunidade Escolar

LOCAIS

- Escolas do Agrupamento

DATAS

- Ao longo do ano lectivo; Periocidade: trimestral

171


ACTIVIDADE:

C CO OM ME EM MO OR RA AR RD DIIA AS SH HIIS ST TÓ ÓR RIIC CO OSS

ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- 1.º de Dezembro; -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Exposição de trabalhos, alusivos ao acontecimento Histórico. - Dia da Liberdade – 25 de Abril; - Exposições de Painéis relativos ao tema. - Projecção do filme “Os Capitães de Abril” - Exposições de Painéis relativos ao tema. - Elaboração de cartazes e painéis - Criação de textos - Palestras/ Debates

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Exposições de trabalhos alusivos à comemoração do 1º centenário da República; - Projecção de um documentário desenvolvido pelos professores de H.G. de Portugal sobre a Implantação da República. (17)

-Professores de História e Geografia de Portugal. - Professores do 1º Ciclo Professores de Educação Especial -Professores de História do 3º ciclo e História e Geografia do 2º ciclo em colaboração com a Biblioteca/CRE. -Professores de História do 3º ciclo e História e Geografia do 2º ciclo.

- Alunos dos 2o ciclo. 1.º período Professores de Educação Especial - Alunos de Currículo Específico Individual

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

Professores e alunos do 2o ciclo. Professores e alunos do 1º ciclo.

- Professores e Comunidade em geral.

Escolas do 1º Ciclo

3.º período

- Alunos dos 2o e 3º ciclos.

172


ACTIVIDADE: R RE EIISS JJA AN NE EIIR RA AS S ESCOLAS -Escolas Ciclo

do

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Jardins-deinfância

- Cantar os Reis; - Recolha do Património Oral; (19)

- Professores do 1º ciclo e Professores das AECs ; Professores de Educação Especial

- Comunidade Escolar

-Nas respectivas escolasE.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Janeiro

- Educadores de Infância

ACTIVIDADE: C CO OR RT TA A--M MA AT TO OE ESSC CO OLLA AR R -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍS SIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Corta-Mato Escolar (20)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Departamento de Expressões (Grupo de Educação Física e Musical).

- Alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

18 de Janeiro

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

ACTIVIDADE: D DE ESSPPO OR RT TO OE ESSC CO OLLA AR RA AD DA APPT TA AD DO O ESCOLAS

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

- Desporto escolar Adaptado (7)

- Professor de Educação Física - Professores de Educação Especial

- Alunos de Currículo Específico Individual

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno Ao Longo do Ano

173


ACTIVIDADE: C CO OR RT TA A--M MA AT TO OD DIISST TR RIIT TA ALL -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍS SIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Corta-Mato Distrital (23)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Professores do desporto escolar.

- Alunos apurados do 2º e 3º Ciclos e professores de E. F.

LOCAIS A designar

DATAS Fevereiro

ACTIVIDADE: C CA AR RN NA AV VA ALL ESCOLAS

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno - Escolas do 1º ciclo - Jardins de Infãncia

ACTIVIDADES - Execução de trabalhos alusivos à época; - Exposição nos locais de destaque da escola; -Organização/Participação no Entrudo do Agrupamento - Confecção de máscaras regionais; - Desfile de Carnaval; - Desfile dos caretos; - Decoração dos espaços; - Canções; - Vivências carnavalescas. _ Leituras/ Dramatizações de Entrudo com S. Valentim: -Escrita de mensagens -Correspondência inter-turmas -Pesquisa/Produção de textos alusivos ao entrudo

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- B/CRE; - Departamento de Expressões (Área Disciplinar de EVT ); - Educadores de Infância; - Professores do 1º ciclo e

- Toda a Comunidade Escolar

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- 8 a 19 de Fevereiro

Professores das AECs ; - Docentes do Departamento de Línguas;

(21)

174


ACTIVIDADE: SST T.. V VA ALLE EN NT TIIN NE E´´SS D DA AY Y ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Elaboração e ilustração de mensagens; - Realização de correspondência inter-turmas (22)

DINAMIZADORES Departamento Línguas- Professores Educação Especial

de de

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Alunos do 2º e 3º Ciclos - Alunos de NEE (Currículo Específico Individual)

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

14 de Fevereiro

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

ACTIVIDADE: C CO OR RT TA A--M MA AT TO ON NA AC CIIO ON NA ALL -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍS SIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Corta-Mato Nacional (23.1)

DINAMIZADORES DREN Escolar.

Desporto

- Alunos apurados e professores de E. F.

A designar

Março

ACTIVIDADE: B BA ASSQ QU UE ET TE EB BO OLL C CO OM MPPA ALL 3 3X X33 D DIISST TR RIIT TA ALL -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍS SIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Basquetebol Compal 3x3 Distrital (28)

DINAMIZADORES - Departamento de Expressões (Grupos de Educação Física e vMusical).

PARTICIPANTES - Alunos apurados do 2º e 3º Ciclos.

LOCAIS - A designar

DATAS Março

175


ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OM ME EG GA A((SSPPR RIIN NT TE ER R,,SSA ALLT TO OE EK KM M))-- E ESSC CO OLLA AR R//D DIISST TR RIIT TA ALL-- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OF FÍÍSSIIC CA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES -MegaSprinter, MegaSalto e MegaKm Escolar ( 29)

DINAMIZADORES - Departamento de Expressões (Grupo de Educação Física).

PARTICIPANTES - Alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos.

LOCAIS - E.B. 1, 2, 3 Augusto Moreno

DATAS 4 de Março e Maio

ACTIVIDADE: D DIIA AD DO O PPA AII ESCOLAS

Jardins de Infância - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

Vivenciar o Dia do Pai Elaboração de Postais (45.1)

DINAMIZADORES

Educadores de Infância Professores de Educação Especial

PARTICIPANTES Educadores de Infância Crianças A.A.E. Mães/Encarregados de educação Outros parceiros educativos EstagiáriosProfessores de Educação Especial - Alunos de Currículo Específico Individual

LOCAIS

Jardins de Infância-

DATAS

19 de Março

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

176


ACTIVIDADE: E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO O PPA AR RA AA AS SE EX XU UA ALLIID DA AD DE E ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Agrupamento

- Acções de Sensibilização; - Atendimento personalizado no GAP ( Gabinete de Apoio e Atendimento ao Aluno); - Distribuição de material alusivo ao tema; - Interacção on-line GAPAlunos

-Centro de Saúde (enfermeiras); - Serviços de Psicologia do Agrupamento; - Equipa Directiva; - GAP.

Acção de Sensibilização:« Sexualidade na Adolescência»

Equipa de Saúde Escolar Professores de Educação Especial

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Professores; - Alunos; - Pais/ Enc. de Educação

Augusto

- Ao Longo do ano

Moreno - Escolas do

A Determinar

Agrupamento - E.B. 1,2,3

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

Professores de Educação Especial Alunos de Currículo Específico Individual

Augusto Moreno

(44)

ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OD DE EV VIIG GIILLÂ ÂN NC CIIA AN NU UT TR RIIC CIIO ON NA ALL IIN NF FA AN NT TIILL ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Acções de Sensibilização; - Avaliação de ementas; - Controle de higiene e segurança alimentar. (57)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (Nutricionista; Técnicos de Saúde Ambiental);

PARTICIPANTES - Alunos com 6 e 7 anos; - Funcionários do bar e cozinha.

LOCAIS - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao Longo do ano( Programa a desenvolver a médio- longo prazo)

177


ACTIVIDADE : PPR RO OG GR RA AM MA AD DE E PPR RO OM MO OÇ ÇÃ ÃO OD DA AS SA AÚ ÚD DE EO OR RA ALL ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Recolha, através dos DTs e Professores Titulares de Turma do 1º Ciclo , dos formulários identificativos dos alunos, posterior preenchimento e entrega no Centro de saúde; - Distribuição dos Cheques Dentista pelos alunos. (47)

DINAMIZADORES - Saúde Escolar; - DTs e Professores Titulares de Turma do 1º Ciclo.

PARTICIPANTES - Crianças nascidas em 2002,1999 e 1996

LOCAIS - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao Longo do ano

ACTIVIDADE : PPR RE EV VE EN NÇ ÇÃ ÃO OD DE ED DO OE EN NÇ ÇA AS SD DE EC CO OM MPPO OR RT TA AM ME EN NT TO OA ALLIIM ME EN NT TA AR R:: O OB BE ESSIID DA AD DE E,, A AN NO OR RE EX XIIA A,, B BU ULLIIM MIIA A… … ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Acções de Sensibilização; - Elaboração de trabalhos e exposição na Escola Sede do Agrupamento; - Controle do I.M.C. de alunos que apresentem sobrepeso. (48)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (enfermeira; nutricionista); - Serviços de Psicologia do Agrupamento

PARTICIPANTES - Alunos de 3º Ciclo e CEFs

LOCAIS

DATAS

- E.B.1,2,3 Augusto

- Ao Longo do ano

Moreno

ACTIVIDADE : E EN NC CA AM MIIN NH HA AM ME EN NT TO OD DE EA ALLU UN NO OS SP PA AR RA AO OS S SSE ER RV VIIÇ ÇO OSS D DO OC CE EN NT TR RO OD DE E SSA AÚ ÚD DE E ESCOLAS - Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Encaminhamento de alunos para os diferentes serviços do Centro de Saúde; - Agiluzar a marcação de consultas e atendimento. (49)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde (Enferemeira, nutricionista, psicóloga); - Serviços de Psicologia do Agrupamento; - Equipa Directiva; - Directores de Turma e Encarregados de Direcção do PréEscolar e 1º Ciclo.

PARTICIPANTES - Todos os alunos em situação considerada urgente.

LOCAIS - Escolas do Agrupamento

DATAS - Ao longo do ano.

178


ACTIVIDADE : PPA AR RLLA AM ME EN NT TO OD DO OSS JJO OV VE EN NSS ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Parlamento dos Jovens (3)

DINAMIZADORES -Professores de História e E.M.R.C.

PARTICIPANTES - Alunos do 9.o ano

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto Moreno

DATAS Ao Longo do ano

ACTIVIDADE : E ESSC CR RIIT TA AD DE EU UM MA AO OB BR RA AC CO OLLE EC CT TIIV VA A ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Escrita de uma Obra Colectiva; - Colaboração na elaboração de um Guião de escrita; - Organização e maquetagem do texto escrito e desenhos dos alunos; - Publicação e distribuição da Obra Colectiva aos alunos envolvidos. (4)

DINAMIZADORES

- Professores do 2º e 3º ciclos do Departamento de Línguas; - Biblioteca/CRE;

PARTICIPANTES - Professores e alunos das turmas envolvidas, das Disciplinas de Português e E.V.T. - Câmara Municipal de Bragança

LOCAIS

DATAS

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Ao longo do ano

179


ACTIVIDADE : E ESSC CR RIIT TA A,, LLE EIIT TU UR RA AE E LLIIT TE ER RA AC CIIA ASS ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Encontro com escritores - Semana da Leitura - Dia Mundial do Livro -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

PARTICIPANTES - Docentes do Departamento;

- Professores do 2º e 3º ciclos do Departamento de Línguas;

DATAS Outubro de 2010

- Docentes do 1º Ciclo;

- Biblioteca/CRE; - Biblioteca/CRE; -

- Abril de 2010

- Professores do 1.º ciclo. - Departamento de Expressões (EVT e EM);

PNL - Desenvolvimento de actividades no âmbito do Projecto aLER+

Nov; Jan; Abril

Semanal

- Projecto: « Ouve ePassa a Outro» - Professores de Educação Especial

(5)

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno-

- Alunos; - Educadores de Infância.

- Jardins de Infãncia do Agrupamento

LOCAIS

- Encarregados de Educação. _ Educadores de Infância. - Encarregados de Educação. - Professores de Educação Especial - Alunos de Currículo Específico Individual

Ao longo do Ano Jardins de Infância.

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

180


ACTIVIDADE : B BLLO OG G--E EM MR RC C ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

_ Professores de EMRC com apoio dos alunos inscritos na disciplina.

- Toda a comunidade escolar

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

- Blog da disciplina de EMRC - Utilização das novas tecnologias -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Interacção entre alunos e entre estes e os professores.

- Ao longo do ano

- Facultar documentos e informações aos alunos através da internet (35)

ACTIVIDADE: C CO OM MPPE ET TIIÇ ÇÕ ÕE ESS N NA AC CIIO ON NA AIIS SD DE EM MA AT TE EM MÁ ÁT TIIC CA A ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- XXVIII Olimpíadas de Matemática: 1ª eliminatória e final nacional - XXIX Olimpíadas de Matemática: 2ª eliminatória e final nacional - Rede Mat - Rede Mat/Pmat -Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Alunos do 5º ao 9º ano -E.B.1,2,3 - Alunos do 5º ao 9º ano -

-

Provas Nacionais do P. Mat: Mini Mat Mini Bio Mais Mat Equa Mat

OlimpoClube Matemática, online. (8)

LOCAIS

Departamento

de

Matemática

Ciências Experimentais - Universidade de Aveiro

e

- Alunos do 3º ao 12º ano, de todas as escolas participantes - Alunos seleccionados do Rede Mat

de - Alunos do 5º ao 9º ano

Augusto Moreno

DATAS Novembro e Janeiro De Novembro a Janeiro Abril

- Universidade Aveiro

Março Abril De Outubro a Junho

181


ACTIVIDADE: O OLLIIM MPPÍÍA AD DA ASS D DO OA AM MB BIIE EN NT TE E ESCOLAS -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Olimpíadas do Ambiente

DINAMIZADORES Grupo de Ciências Experimentais.

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Alunos do 3.º ciclo

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

-Dezembro1ªfase - Março-2ºfase - Maio-3ªfase

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

(13)

ACTIVIDADE : PPR RE EV VE EN NÇ ÇÃ ÃO OD DE E SSU UB BS ST TÂ ÂN NC CIIA ASS PPSSIIC CO OA AC CT TIIV VA ASS ((S SPPA A)) ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- E.B.1,2,3 - Agrupamento Augusto Moreno

- Acções de Sensibilização; - Trabalhos a realizar pelos alunos; - Visualização de pequenos filmes no polivalente

-Centro de Saúde; - Serviços de Psicologia do Agrupamento.

- Alunos de 9º ano; - CEFs

Augusto Moreno

- 2º e 3º Periodos

(50)

ACTIVIDADE : PPR RE EV VE EN NÇ ÇÃ ÃO OD DA AG GR RA AV VIID DE EZZ N NA AA AD DO OLLE ESSC CÊ ÊN NC CIIA A ESCOLAS - Agrupamento Augusto

ACTIVIDADES - Acções de Sensibilização; - Visualização de curtasmetragens no polivalente

Moreno (52)

DINAMIZADORES -Centro de Saúde; - Serviços de Psicologia do Agrupamento.

PARTICIPANTES - Alunos do 3º Ciclo.

LOCAIS - E.B.1,2,3 Augusto

DATAS - 2º e 3º Periodos

Moreno

182


ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AF FLLO OR RE ESST TA AE ED DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AÁ ÁG GU UA A ESCOLAS

ACTIVIDADES - Concurso: « A árvore enfeitada»

- Escola E.B. 1,2,3 Augusto Moreno; - Escolas do 1.º ciclo; - Jardins de Infância.

-Sensibilização para a necessidade de proteger a Natureza. -Conscencialização para problemas ecológicos actuais. -Elaboração de mensagens alusivas à importância da floresta e da água. -Palestra no auditório destinada a grupos de alunos a definir. - Elaboração de cartazes e painéis

DINAMIZADORES - Professores de Educação Especial

- Departamento de Matemática e Ciências Experimentais; Departamento de Expressões (Área Disciplinar de EVT); - Clube do Ambiente - Professores do 1.º ciclo e Professores das AECs; - Jardins de Infância; - Autarquia.

PARTICIPANTES - Professores de Educação Especial Alunos de Currículo Específico Individual

- Professores e alunos do Agrupamento

LOCAIS

DATAS - Março

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno -Escola EB123 Augusto Moreno

- 21 de Março

- Plantação de árvores (30)

ACTIVIDADE: C CO ON NC CU UR RSSO O -- M ME ELLO OD DIIA AD DA ASS PPA ALLA AV VR RA AS S ESCOLAS -E.B.1,2,3

ACTIVIDADES Concurso “MELODIA DAS PALAVRAS”

Augusto Moreno

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

- Departamento de Línguas (Professores de Português do 3.º ciclo).

- Alunos de línguas do 3º ciclo Professores de Português do 3º ciclo

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS

- 2.º período

- Desenvolver competências linguísticas e literárias. (27)

183


ACTIVIDADE: PPA ASSSSE EIIO OD DE EB BT TT T ESCOLAS - E.B. 1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Passeio de BTT

DINAMIZADORES - Professores de Educação Física.

PARTICIPANTES - Toda a comunidade escolar

LOCAIS A designar

DATAS 28 de Abril

(53)

ACTIVIDADE: D DIIA A IIN NT TE ER RN NA AC CIIO ON NA ALL D DO O LLIIV VR RO O IIN NF FA AN NT TIILL ESCOLAS - Jardins-deinfância - Escolas do 1º Ciclo

ACTIVIDADES - Leitura de poesia de autores consagrados - Realização de actividades relacionadas com o plano nacional de leitura - Dramatizações - Leitura inter – turmas (33)

DINAMIZADORES - Professores da Biblioteca/CRE - Professores do 1º Ciclo e Educadores de Infância

PARTICIPANTES - Alunos do Pré-escolar, 1º Ciclo

LOCAIS - Bibliotecas - Escolas e Jardins do Agrupamento

DATAS Abril de 2010

ACTIVIDADE: C CO OM MU UN NH HÃ ÃO O PPA ASSC CA ALL ESCOLAS Escolas e Jardins de Infância do Agrupamento

ACTIVIDADES - Celebração da Eucaristia denominada como «Comunhão Pascal» - Reflectir na morte e ressurreição de Jesus Cristo; - Sensibilizar para o sentido do religioso. - Sensibilizar e Reflectir na vida humana e na esperança; - Celebração, no contexto escolar, de uma das festas mais marcantes da nossa cultura; - Acompanhamento durante toda a missa com vários cânticos - Vivenciar a Páscoa - Confecção do Folar - Jogo (caça ao ovo) (26)

DINAMIZADORES - Professores de EMRC, Professores de Educação Musical bem como todos os elementos da Comunidade Escolar que queira colaborar.

PARTICIPANTES Toda a Comunidade Escolar

DATAS Data a calendarizar

184


ACTIVIDADE: SSE EM MA AN NA AD DA AE ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OE ESSP PE EC CIIA ALL ESCOLAS

-E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Exposição de Trabalhos dos alunos de N.E.E. e Dificuldades de Aprendizagem. - Visitas de estudo. - Colóquio «Educação Especial» - Acção de Formação:« Dificuldades de Aprendizagem» - Tarde Recreativa: Representações Teatrais; - Dança; - Quermesse; - Actividades Desportivas; - Acção de Sensibilização: « O assistente Operacional e a Integração do Aluno de NEE» (54)

DINAMIZADORES - Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Professores de Educação Especial e Educadores; - Intervenção Precoce;

PARTICIPANTES

-Comunidade Educativa

LOCAIS

E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Professores

DATAS

Quarta Semana de Maio de 2011

ACTIVIDADE: D DIIA AD DA AM MÃ ÃE E ESCOLAS - Jardins de Infância

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Vivenciar o Dia da Mãe - Elaboração de uma prenda e postal com uma mensagem alusiva - Actividade surpresa para as mãesElaboração de Postais (45)

DINAMIZADORES

- Educadores de Infância

- Professores de Educação Especial

PARTICIPANTES Educadores de Infância - Crianças - A.A.E. - Outros parceiros educativos(estagiários)

LOCAIS Jardins de Infância

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 2 de Maio

Maio

- Professores de Educação Especial - Alunos de Currículos Específico Individual

185


ACTIVIDADE: A AT TE ELLIIE ER RD DE EA AR RT TE ESS PPLLÀ ÀS ST TIIC CA AS S -- E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OE ESSPPE EC CIIA ALL ESCOLAS -E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Realização de Actividades de cariz prático a nível do desenho e da pintura.

- Professores de Educação Especial - Professora de EVT

- Alunos de Currículo Específico Individual

LOCAIS E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS Ao longo do Ano

(24)

ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OSS T TE EC CN NO OLLO OG GIIA ASS D DE E IIN NF FO OR RM MA AÇ ÇÃ ÃO OE EC CO OM MU UN NIIC CA AÇ ÇÃ ÃO O--E ED DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OE ESSPPE EC CIIA ALL ESCOLAS -E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

Realização de trabalhos práticos a nível da TIC

- Professores de Educação Especial

- Alunos de Currículo Específico Individual

LOCAIS E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS Ao longo Ano

do

(24.1)

ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DO OT TR RÂ ÂN NSSIIT TO O ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Educadores de Jardim-de-

Dia Mundial de Trânsito

Infância

infância

- Sensibilização para regras de segurança rodoviária

- Crianças

De Gimonde

(55)

- Educadores de Infância

- Bragança

05 de Maio

- A.A.E. - Escola Segura

186


ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA ASS T TE ELLE EC CO OM MU UN NIIC CA AÇ ÇÕ ÕE ES S ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Educadores de - Jardins-de-

Dia Mundial das

Infância

infância

Telecomunicações

do Agrupamento

- Sensibilização para a importância do diálogo e partilha de informação.

- Educadores de Infância

- Bragança

17 Maio 2011

- Crianças - A.A.E.

(16.1)

ACTIVIDADE: M MÊ ÊSS D DO OC CO OR RA AÇ ÇÃ ÃO O ESCOLAS - E.B.1, 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Peddy-Paper; - Medição da tensão arterial; - Rastreio da asma. (56)

DINAMIZADORES - Departamento de Expressões - Grupo de Educação Física; - Departamento de Matemática e ciências experimentais; - Saúde Escolar.

PARTICIPANTES Alunos de 6º ano -

LOCAIS

DATAS

- Escolas do Agrupamento - Maio

ACTIVIDADE: G GA ALLA AD DA ASS E ESSC CO OLLA ASS ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Participação na Gala das Escolas; - Participação da Tuna Augusto Moreno.

DINAMIZADORES Departamento de expressões (Professores de Educação Musical e de Educação Física.)

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Teatro Municipal - Comunidade educativa

- Maio

(37)

187


ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OM ME EG GA A ((SSpprriin ntteerr,, S Saallttoo ee K Km m))-- F FaasseeN Naacciioon naall)) ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES -MegaSprinter, MegaSalto e MegaKm

DINAMIZADORES - Desporto Escolar

PARTICIPANTES Alunos apurados do 2º e 3º Ciclos Professores de Educação Fisica

LOCAIS - A designar

DATAS - Maio de 2011

(46)

ACTIVIDADE: C CA AN NT TA AR RIIN NH HA ASS D DE EB BR RA AG GA AN NÇ ÇA A ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Execução de trabalhos alusivos ao tema; - Organização de uma Exposição/ Feira Tradicional. (64)

DINAMIZADORES -- Departamento de Expressões (Área Disciplinar de EVT)

PARTICIPANTES Toda a Comunidade Escolar

LOCAIS Escola E.B 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 28 de Abril a 3 de Maio de 2011

-Outros Departamentos aderentes. Desporto Escolar

188


ACTIVIDADE: D DIIA AM MU UN ND DIIA ALL D DA AC CR RIIA AN NÇ ÇA A ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Agrupamento de escolas E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

1 e 2 de Junho

- Peddy Papper; - Torneio de Giravolei - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

- Realização de jogos e actividades lúdicas

- Jardins-de-infância da Estação e de Gimonde

- Exposição de Brinquedos e oferta aos Infantários.

- Escolas do 1º Ciclo

-Abertura de espaços com actividades diversas

- Departamentos de Expressões (Áreas disciplinares de Educação Física ) - Departamentos de Expressões (Áreas disciplinares de Educação Física e de EVT); -Professores do 1º Ciclo e Professores das AECs

- Alunos do1º, 2º e 3º Ciclos; - Toda a comunidade educativa

- Participação nas actividades programadas pela Junta de Freguesia e Câmara Municipal (38)

ACTIVIDADE: C CH HA ALLLLE EN NG GE EE ESSC CO OLLA ASS D DA AC CIID DA AD DE ED DE EB BR RA AG GA AN NÇ ÇA A ESCOLAS - Escola EB 1,2 ,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Desportos Radicais (37.1)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

- Grupo de Educação Física da Miguel Torga

- Grupo de Educação Física e alunos do 3º Ciclo

LOCAIS - A designar

DATAS -Junho

189


ACTIVIDADE: D DIIA AD DO OA AM MB BIIE EN NT TE E ESCOLAS

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES -Semana do Ambiente - Trabalhos de investigação - Trabalhos sobre o tema; Exposição de Trabalhos; Participação em Concursos; - Peddy Papper; - Vivenciar o Dia Mundial do Ambiente -Passeio ao exterior (39)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

DATAS

- Departamento de Matemática, Ciências Experimentais - Departamento de Expressões (Área Disciplinar de EVT)

- Comunidade Educativa do Agrupamento

- Espaços interiores e exteriores das escolas intervenientes

5 de Junho

LOCAIS

DATAS

- Clube do Ambiente - Professores do 1º ciclo, Professores das AECs e Educadores de Infância. - Professores de Educação Especial

ACTIVIDADE: Q QU UIIZZ C CIIÊ ÊN NC CIIA AV VIIV VA A ESCOLAS - Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES -Estimular o conhecimento científico através de uma competição salutar. (36)

DINAMIZADORES -Grupo de Ciências F.Q. -Centro de Ciência Viva

PARTICIPANTES -Alunos do 2º/3ºciclo

-Auditório da Escola EB 1,2,3 Augusto Moreno

- 3ºPeríodoem data a definir

190


ACTIVIDADE: F FE ESST TA AD DE EE EN NC CE ER RR RA AM ME EN NT TO OD DO OA AN NO O LLE EC CT TIIV VO O ESCOLAS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno;

Escolas do 1º Ciclo; - Jardins-deinfância.

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Jogos desportivos e aquáticos (piscinas municipais); - Música;

- Partilhar conhecimentos e interesses no âmbito da escrita e leitura (Textos, teatros, canções) - Divulgar os trabalhos produzidos - Actuação da Tuna Augusto Moreno; - Exposições; - Danças; - Dramatizações; - Refeição / convívio ; - Distribuição de prémios. - Festa de final de ano; - Semana cultural.

PARTICIPANTES

LOCAIS

- 19 de Junho (jardins de infância).

- Toda a Comunidade - Departamento de Expressões (Áreas Disciplinares de EVT, Educação Física e Educação Musical)

Educativa do Agrupamento.

DATAS

-Espaços interiores e exteriores das escolas

- 1.ª quinzena de Junho (1.º ciclo).

e piscinas municipais. Junho (2.º e 3.º ciclos).

- Departamento de Línguas - Centro de Saúde - Professores do 1º ciclo, Professores das AECs e Educadores de infância

(40)

191


ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OSS D DE E PPA AR RC CE ER RIIA A ESCOLAS - Escolas do 1º Ciclo;

ACTIVIDADES - Projectos de parceria com a E.S.E.B. no âmbito da formação inicial de professores - Realização de actividades de Prática Pedagógica do Curso de Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico - Projectos de parceria com a autarquia , Centro de saúde e Polícia de Segurança Pública (58)

DINAMIZADORES - Professores do 1º ciclo

PARTICIPANTES - Professores, -Estagiários, -Instituições -Comunidade Escolar

LOCAIS

DATAS - Ao longo do ano lectivo A determinar

Toda a comunidade escolar

192


ACTIVIDADE: PPR RO OJJE EC CT TO OSS ESCOLAS Jardins de Infância Centro Escolar de Santa Maria

Escolas do Agrupamento

ACTIVIDADES Projecto o Livro em mãos pequeninas (65) Brincadeiras ao Centro (66) Sala de Estudo na Prisão (67) Português- Língua não Materna (68) Os Mass Média e a Escola-Rádio Escola (69) Promover o sucesso educativo minimizando a indisciplina: a construção de competências parentais (70) Inserção e Socialização da Etnia Cigana (71) Alfabetização de Adultos (72) Alfabetização de Adultos no estabelecimento Prisional (73) Leitores críticos e criativos:desenvolver a competência literária. Texto e a Ilustração (74) Tempos vivos: Dinamização de actividades do GAAP (75)

DINAMIZADORES Docente do grupo de recrutamento 100 Docente do grupo de recrutamento 110 Docente do grupo de recrutamento 350 Docente do grupo de recrutamento 110 Docente do grupo de recrutamento 400

PARTICIPANTES Alunos do Pré-Escolar Alunos do 1º CEB do Centro Residentes no Estabelecimento prisional Alunos do Agrupamento e Comunidade Alunos do Agrupamento

Docente do grupo de recrutamento 110

Alunos do Agrupamento

Docente do grupo de recrutamento 110

Alunos do Agrupamento

Docente do grupo de recrutamento 110

Comunidade

LOCAIS Jardins de Infência do Agrupamento Centro Escolar de Santa Maria Estabelecimento Prisional Regional de Bragança Escolas do Agrupamento Escolas do Agrupamento

DATAS

- Ao longo do ano lectivo

Escolas do Agrupamento Escolas do Agrupamento Escola Sede

Docente do grupo de recrutamento 110 Docentes do grupo de recrutamento 110 Docente do grupo de recrutamento 220

Estabelecimento Prisional Escolas do 1º CEB

Residentes no Estabelecimento prisional

Escola Sede

Alunos do 1º CEB do Agrupamento Alunos do Agrupamento

193


ACTIVIDADE: V VIISSIIT TA ASS D DE EE ESST TU UD DO O ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Visita ao Museu etnográfico da Máscara e do traje; - Jardim-deinfância da Estação; Jardim-deinfância de Gimonde.

PARTICIPANTES

LOCAIS

- Crianças;

- Museu da

- Educadores de

Máscara e do

Infância;

Traje.

- A.A.E.;

- Bibliotecas do

- Outros parceiros

Agrupamento.

- Ludoteca da Escola Superior de Bragança

educativos;

- Bragança

- Estagiários;

- E.S.E de

- Centro de Ciência Viva de Bragança

- Junta de

Bragança

Freguesia.

- Centro de

- Visita a bibliotecas; - Educadores de Infância - Passeio de comboio para visitar os monumentos da cidade. - Autarquia.

- Museu do Brinquedo - Museu do Pão - Serra da Estrela - Parque Natural de Montesinho

DATAS - 29 e 30 de Janeiro - 2 de Abril - 18 de Abril - 2º Período - 22 de Maio - Maio (data a definir)

Ciência Viva de Bragança - Seia - Parque Natural de Montesinho

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

Abade de Baçal: . Exposição sobre a República Visita de estudo ao museu

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

-Visita de estudo ao museu Abade de Baçal. -Conhecer os costumes e tradições. - A Romanização na Península Ibérica. Exposição de epigrafia do distrito de Bragança

- E.B. 1,2,3

-Visita de estudo ao

- Professores de História e de Geografia do 3ºciclo e 2º ciclo.

- Professores de História e de Geografia do 3ºciclo

- Alunos do 2º e 3ºciclo

- Museu Abade de Baçal

1º Período

- Alunos do 3ºciclo

- Museu Abade de Baçal

2º Período

194


Augusto Moreno

Observatório Meteorológico de S. Sebastião: - Conhecer o funcionamento; - Recolha de dados; - Observação de dados e das condições meteorológicas; - Análise do estado de tempo. - O Barroco na cidade de Bragança. - Contrastes de Desenvolvimento, a qualidade de vida urbana, na cidade de Bragança; - Ambiente e Sociedade:  Microclima urbano;  A poluição sonora;  Formas de preservar os recursos hídricos

- Professores de Geografia e História do 3º ciclo

-Visita de estudo ao museu Abade de Baçal. Observação do espólio do museu sobre a romanização da nossa região.

-Professores de História e História e Geografia de Portugal.

- Alunos do 2o ciclo.

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Visita de estudo à zona histórica da cidade de Bragança.

-Professores de História e Geografia de Portugal.

- Alunos do 2o ciclo: 6º ano

- Escolas do 1º Ciclo

- Todas as que forem programadas no âmbito do desenvolvimento dos Projectos Curriculares e outras proporcionadas por instituições, quando se considerem adequadas

- Professores das Escolas do 1º Ciclo

- Alunos do 1º Ciclo - Docentes; - Auxiliares de Acção Educativa

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

- Professores de História e de Geografia do 3º ciclo

- Alunos do 3º ciclo

- Alunos de 3.º Ciclo. - Professores do departamento.

- Observatório Meteorológico São Sebastião

- Cidade de Bragança: - Centro histórico; - Jardim José de Almeida ; - Bairro Social periférico à escola;

2º Período

3.º Período

- Museu Abade de Baçal

1º Período

- Cidadela

3º Período

- A definir

- A determinar

195


E.B. 1,2,3 Augusto Moreno com as outras escolas da cidade de Bragança.

- Viagem de estudo a local a determinar

- Professores de EMRC. E professores voluntários

Alunos inscritos em EMRC do terceiro ciclo.

Datas determinar.

a

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno com as outras escolas da cidade de Bragança.

- Elaboração de cartazes. - Divulgação da actividade. - Preparação de actividades a desenvolver no Acampamento. - Actividades desportivas e lúdicas. - Experiência e relação com os colegas das escolas. - Actividade a decorrer em Vila Flor – Parque de Campismo. (41)

196


ACÇÕES DE FORMAÇÃO/SENSIBILIZAÇÃO

197


ED ACTIVIDADE:E DU UC CA AÇ ÇÃ ÃO OA AM MB BIIE EN NT TA ALL// C CO ON NS SE ER RV VA AÇ ÇÃ ÃO OD DA AN NA AT TU UR RE EZZA A ESCOLAS Centro Escolar de Santa Maria

ACTIVIDADES - Aula/Actividade sobre a fauna dos nossos rios, focando também alguns aspectos relacionados com a conservação destes ecossistemas. (81)

DINAMIZADORES Carla Marisa Quaresma Encarregada de Educação

PARTICIPANTES Docentes e Funcionários do Centro Escolar

LOCAIS

Centro Escolar de Santa Maria

DATAS

A determinar

SA ACTIVIDADE:S AÚ ÚD DE E//SSE EG GU UR RA AN NÇ ÇA A ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

Professores,

Professores, Alunos, Assistente Operacional

E.B.1 de Quintanilha

 Orientação dos alunos no E.B.1 de Quintanilha

sentido de não se envolverem em situações de risco (drogas, álcool, brigas, ou outras problemáticas).

Pais (Guardas Prisionais)

DATAS

A determinar

(81.1)

198


ME ACTIVIDADE:M EIIO OA AM MB BIIE EN NT TE E// C CO OM MU UN NIID DA AD DE E ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

Docentes, Alunos e Assistente Operacional

E.B.1 de Quintanilha

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

Professores

Professores, Alunos e Assistente Operacional

E.B.1 de Quintanilha

DATAS

 Sensibilização E.B.1 de Quintanilha

dos alunos para a preservação da Natureza (espécies animais e vegetais);

 Cultivar

o

profissões agricultura.

respeito pelas ligadas à

Professores Pai de um aluno (Apicultor)

A determinar

(82.2)

TE ACTIVIDADE:T EM MA AV VIIO OLLÊ ÊN NC CIIA AD DO OM MÉ ÉSST TIIC CA A ESCOLAS

ACTIVIDADES

DATAS

 Diálogo com os alunos sobre

E.B.1 de Quintanilha

a importância do bom relacionamento no seio familiar: valorizando o carinho, o respeito e o afecto entre os membros da sua família;

e Encarregada de Educação (Agente dos Serviços de Protecção e Segurança)

A determinar

 Actividades

que permitam desenvolverem competências preventivas no âmbito da violência doméstica. (82.3)

199


ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA/CRE NA PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA LEITURA, ESCRITA, LITERACIAS E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR ESCOLAS -Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

-Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

-Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES Abertura do Ano Lectivo:  Recepção das turmas visitantes  Visita guiada dos recursos da Biblioteca/CRE aos alunos e Encarregados de Educação . Distribuição de marcadores, contendo os serviços e recursos da BE  Acompanhamento na oferta do livro do P.N.L. aos alunos do1º e 5º Anos das Escolas do 1º e 2ºCiclos do Agrupamento. -Comemoração do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares:  Divulgação das actividades:  Feira do Livro animada . O livro em festa com animação de personagens. . Atelier de construção e reparação do livro. . Encontro com a Escritora Anabela Mimoso Promoção de uma Acção de Formação : Articulação Curricular, Biblioteca e Literacias  Actividades de alargamento de leituras: Comemoração dos 100 Anos da República Dia Mundial da Alimentação Magusto: concurso de quadras e rimas Natal: A Árvore das Palavras Entrudo Exposições Temáticas

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

-Equipa da BE

-Professores

-Coordenadoras da BE

-Alunos Encarregados de Educação

- Equipa da BE, Departamento de Línguas, Departamento de Expressões: Disciplinas de E.V.T e E. Musical, Alunos, Docentes do 1ºCiclo

-Alunos do Pré-escolar, 1º,2º e 3º Ciclos - Encarregados de Educação

Equipa da BE, Professores do Departamento de Línguas e Coordenadora Inter-concelhia Maritza Dias

-Coordenadores de Departamento -Docentes

- Coordenadoras das Bibliotecas/CRE e Docentes

LOCAIS

Bibliotecas e salas de aula

- E.B.1,2,3 Augusto Moreno

DATAS Primeira semana de aulas

Outubro de 2010: Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Escola Sede 20 de Outubro 2010

- Professores e Alunos do 1º Ciclo e Pré-Escolar

Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

Ao longo do ano

200


ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA/CRE (CONTINUAÇÃO) ESCOLAS -Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

 Equipa da BE/CRE

Participação em reuniões/contactos com os Conselhos de Turma para conhecer os diferentes projectos curriculares e se envolver no planeamento e colaboração das respectivas actividades e recursos.

-Equipa da BE

-Docentes envolvidos

Início do Ano

Continuação do desenvolvimento do Projecto: As Salas da Minha Escola Têm Nomes Ilustres

Coordenadora da BE. Professores de área de Projecto.

Docentes das turmas envolvidas e alunos.

2º e 3º Períodos

Docentes das Aulas de Estudo Acompanhado e Alunos

Uma ou mais vezes por Período com cada turma

Desenvolvimento do Projecto A Gestão da Informação da BE/CRE no Enriquecimento Curricular da Escola do Século XXI.

Bibliotecas/CRE

DATAS

 Formação de Utilizadores: - Actividades, com alunos, de informação do funcionamento da BE; -Sistema de Classificação da CDU; - Interpretação da Sinalética e Cotas; - Pesquisa simples e avançada, na BE ou em bases bibliográficas on-line: ∙ Página da BE ∙ Blogue da BE - Pesquisa orientada em diferentes suportes: Enciclopédias ∙ Dicionários … - Participação dos alunos no Blogue da BE

Desenvolvimento de actividades de Leitura, no espaço da BE ou na sala de Aula, em colaboração com os Professores de Estudo Acompanhado e apoio ao estudo

- Alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos - Directores de Turma

LOCAIS

Ao longo do Ano Lectivo Tempos livres  Aulas de Educação Cívica e Área de Projecto

Coordenadora e Professores colaboradores da BE

Coordenadora e Assistente Operacional e SABE

201


Biblioteca

Continuação da disponibilização do Catálogo Bibliográfico, na Página da BE e incentivo à sua consulta. Catálogo bibliográfico informatizado da BE. Vide o endereço: http://creamoreno.googlepages.com e o Blog: http://palavraselivros.blogspot.com

Ao longo do Ano

Coordenadora e Monitores da BE

Actividades de iniciação/ desenvolvimento de informática, monitorizadas pela Equipa da BE, conjuntamente com alunos com desenvolvimento informático, preparados para o efeito, Equipa de Monitores da BE e Clube de Leitura e Informática QuartaFeira das 14:30 às 15:30 horas

Dos valores da Cidadania à Aprendizagem – Sessão de trabalho com alunos, de âmbito Formativo.

Coordenadora da BE e Professora Convidada

Alunos e Professores

1ºperíodo

202


ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA/CRE (CONTINUAÇÃO) ESCOLAS

ACTIVIDADES - Actividades no âmbito do PNL/ Projecto a LER+: . Incentivo e acompanhamento do Concurso Nacional de Leitura. . Actividades diversas no âmbito da Semana da Leitura. ۠• Cantinhos de leitura - no Bar dos Alunos, na sala dos Professores, no Átrio, na sala de acolhimento das Escolas do 1º Ciclo, sem Biblioteca. ۠• Carrinhos com livros para as Aulas de Substituição. • Rotas de leitura: Na Rádio Escola – Os nossos livros na rádio Zoela( Alunos, Professores, Pais)

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

Equipa da BE e Departamento de Línguas

DATAS

Março 2011 Ao longo do Ano

Equipa da BE Alunos do 3º Ciclo Equipa da BE, Professores colaboradores, Projecto Rádio Escola, Biblioteca Municipal, BE das Escolas locais, Alunos Equipa da BE e animadores da Rádio Zoela

Alunos do Pré-Escolar, 1º, 2º e 3º Ciclos.

ÁTRIO da Escola Dia Mundial da Poesia

Departamento de Línguas

Biblioteca Municipal

Ao longo do ano

Escolas do 1ºCiclo Alunos do 1ºCiclo

. Poesia em Karaoke na Rádio Zoela . Na Biblioteca para todos; Na Biblioteca Municipal com as Escolas Locais. . Actividades em articulação com o Projecto Leitores Críticos e Criativos: desenvolver a competência literária, o texto e a ilustração . Chá Poético . Serão Cultural, sob a temática dos 200 anos do nascimento de Alexandre Herculano.

Equipa da BE Docentes do Projecto e Biblioteca do 1ºCiclo

Docentes dos diferentes Ciclos de Ensino, Comunidade Educativa e parceiros educativos

Abril 2011

Equipa da BE , Departamento de Línguas, Departamento de Ciências Sociais e Humanas Professor convidado

203


-Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

-Agrupamento de Escolas Augusto Moreno

 Escrita de uma Obra Colectiva  Colaboração na elaboração de um Guião de escrita  Organização e maquetagem do texto escrito e desenhos dos alunos  Publicação e distribuição da Obra Colectiva aos alunos envolvidos

- Departamento de Línguas - Equipa da BE

.Organização de Maletas Pedagógicas (Escolas sem Biblioteca) . Encontro com Escritores . Feiras do Livro • Promoção do autor do Mês Atribuição de prémios ao mais e melhor leitor.

Equipa da BE

Leituras e dramatizações de Entrudo com a Biblioteca/CRE

BE/CRE, Departamento de Línguas, Departamento de Expressões: EVT e E. M. e 1ºCiclo

Acção de Formação: Literacias da Informação

Equipa da BE e Coordenadora Interconcelhia

Elaboração das Páginas Do Jornal do Agrupamento, divulgadores das Actividades da Biblioteca/CRE

- Equipa da BE

- Professores e alunos das Turmas envolvidas, das Disciplinas de Português e E.V.T. - Câmara Municipal de Bragança

Ao longo do ano lectivo

Final do ano lectivo

Professores, Alunos do Pré-Escolar, 1ºCiclo, 2ºCiclo e 3º Ciclo

Ao longo do ano

- Professores e alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

Fev/2010

Docentes preferencialmente professores de Área de Projecto. -Alunos Colaboradores da BE/CRE e alunos em geral

- E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

2º Período

Trimestral

(59)

204


Plano Anual e Plurianual de Actividades do Projecto Eco-escolas Anos lectivos de 2010/2011 e 2011/2012

205


PROJECTO: E EC CO O--E ESSC CO OLLA ASS ESCOLAS

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

PARTICIPANTES

LOCAIS

Reforço de “mini-ecopontos” na escola para a deposição selectiva dos resíduos: -E.B.1,2,3 Augusto Moreno

- Papelões em algumas salas de aula;

Direcção da Escola

- Ecopontos para recolha de papéis e embalagens junto ao bar e na cantina, e outros espaços comuns (recreios, reprografia, secretaria, etc.);

Conselho Eco-escolas;

Participação nos concursos Resíduos do Nordeste:

da

empresa

Toda a Comunidade escolar

Ao longo do ano lectivo.

Professores;

- recolha de pilhas; - recolha do óleo alimentar; - compostagem nas escolas; - Escolas Verdes Participação nos concursos do Projecto EcoEscolas (Brigada Verde, Escola da Energia, Geração Depositrão, Poster Eco-código)

Ao longo do ano lectivo.

- Recolha de tinteiros das impressoras; Continuar a realizar a compostagem dos resíduos orgânicos da cantina e jardins. Reciclagem/reutilização de resíduos: - papel para cartões diversos; Reaproveitamento de materiais para construção de figuras

Departamento Expressões

de

5º/6º/7º ano (ÁreaProjecto; EVT, Ed. Visual e Ed.Tecnológica)

206


- Criação de objectos variados

-E.B.1,2,3 Augusto Moreno

Concurso “Brinquedos Reciclados do Pai Natal”.

Clube do Ambiente

2º/3ºPeríodo

Comemoração do

Professores do 1º ciclo (expressão plástica)

1º/2ºciclo e Centro Ciência Viva de Bragança

Dia da Mãe: - 2 de Maio - pintura de um saco para compras (saco reutilizável) Dia mundial da floresta -21 de Março – exposição de trabalhos… Dia mundial da água -22 de Março – exposição de trabalhos, palestra… Dia mundial do Ambiente – 5 de Junho exposição de trabalhos, palestra… As plantas medicinais e exploração das suas potencialidade

Conselho eco-escolas; Professores das várias

1º ciclo

áreas curriculares Professores de ÁreaProjecto e de Ciências da Natureza. Clube do Ambiente Clube da Protecção Civil

Alunos do Agrupamento

3ºciclo

Professores de Ciências Participação nas Olimpíadas do Ambiente (42)

207


Plano Anual e Plurianual de Actividades do Projecto de EDUCAÇÃO SEXUAL

EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE E

Anos lectivos de 2010/2011 e 2011/2012

208


Actividades  Educação Sexual (Para alunos: a desenvolver conforme Plano definido para esta temática) a) “Sexualidade na adolescência” Acções de Formação para professores e assistentes operacionais b); Pais/encarregados de educação

Objectivos

Promover uma sexualidade saudável

Avaliação do cumprimento do Plano Nacional de Vacinação

Detectar possíveis encaminhamentos

Acção de Formação “Saúde Mental”

Trabalhar emoções, comportamentos

“Prevenção de alterações posturais” (Acção de sensibilização)

Prevenir correcta

“O pé das Crianças: 3-5 anos”

Sensibilizar para a temática

uma

Público alvo

-Centro Saúde (Enfermeiras) -Saúde Escolar - Serviços de Psicologia do Agrupamento

Alunos a)Alunos de currículo específico individual Professores Assistentes Operacionais Pais/Enc. Ed.

Educadores de Infância Professores Assistentes Operacionais Administrativos Alunos nascidos em 1997 e 2004

Calendarização Ao longo do ano a)A determinar b) 24 Novembro

Centro de (enfermeiras) - Saúde Escolar

Saúde

e

Centro de (Psicólogo) - Saúde Escolar

Saúde

Professores

1º período

corporal

Centro de (fisioterapeuta) - Saúde Escolar

Saúde

Alunos 1º Ciclo Professores Pais/Enc. Ed.

Ao longo do ano

Centro de (fisioterapeuta) - Saúde Escolar

Saúde

Educadores de Infância Pais/Enc. Ed.

Ao longo do ano

sentimentos

postura

Dinamizadores

Ao longo do ano

(Acção de sensibilização)

209


Dia Mundial da Alimentação (Acções de sensibilização a) Distribuição de fruta grátis; Exposição de trabalhos; Roda dos alimentos com produtos naturais; Cálculo do I.M.C.; Apresentação de power-points, elaboração de desdobráveis informativos )

Sensibilizar para uma alimentação saudável

Promover saudáveis

hábitos

 Passezinho (6 horas em 2 sessões)

Promover saudáveis

hábitos

Acompanhar o peso dos alunos durante o seu percurso escolar

PASSE (Programa de Alimentação Saudável em Saúde Escolar) (1 sessão semanal até atingir o total de 15)

Projecto “Saúde em forma” Controle do IMC ao longo do ano e intervenção com os alunos que apresentem risco de obesidade ou préobesidade e respectivos pais

Dia

Mundial

do

Não

alimentares

alimentares

Prevenir a obesidade e pré-obesidade

-Departamento de Matemática e Ciências Experimentais - Grupos 910,920,930 a) Centro Saúde (Enfermeiras; nutricionista) - Equipa Saúde Escolar - GAP - Serviços de Psicologia

Comunidade educativa do Agrupamento

11-15 Outubro a) 19 Outubro

Centro Saúde (Psicólogo; enfermeira)

Turma 3º ano Centro Escolar

- Centro de saúde (Psicólogo)

Educadores de Infância

A determinar

Alunos do 1º e 5º anos

Ao longo do ano

- Grupo de Educação Física - Saúde Escolar Centro Saúde (Enfermeiras, nutricionista) -GAP - Serviços Psicologia do Agrupamento Departamento de Matemática e Ciências Experimentais

-

Centro

Saúde

1º período

Comunidade

210


Fumador (Acções de sensibilização) a) “Malefícios do tabaco”

Dia Mundial da Luta contra a SIDA (Distribuição de material alusivo ao tema; Acções de sensibilização)

Sensibilizar para os malefícios do tabaco

Prevenir e consciencializar sobre a SIDA

(Enfermeiras) - Saúde Escolar - Grupo 910,920,930 a) -CHNE (Centro Hospitalar do Nordeste)a)

Educativa

Centro (Enfermeiras) -Saúde Escolar

Comunidade Educativa

Saúde

Programa de Promoção da Saúde Oral (a)Cheques dentista; b)incentivo à lavagem de dentes em contexto escolar)

 Bullying (Acções de sensibilização)

Primeiros Socorros

(Sessão de esclarecimento) 

Prevenção de doenças de comportamento alimentar: obesidade, anorexia, bulimia… (Acções de sensibilização)

Promover a saúde oral

- Centro Saúde -DT’s, Educadores e Profs Titulares de Turma 1º Ciclo

Prevenir situações de bullying

Centro (Enfermeiras) - Saúde Escolar

Saúde

Adquirir conhecimentos para prestar correctamente primeiros socorros

Centro (Enfermeiras)

Saúde

Sensibilizar para comportamentos desviantes

Centro Saúde (Enfermeira;Nutricionista) -GAP - Serviços de Psicologia

os

perigos de alimentares

17 Novembro a)Alunos currículo específico individual

de

a)Crianças nascidas em 1997, 2000 e 2003 b)Pré-Escolar e 1º Ciclo (crianças nascidas

a)16 Novembro

2 Dezembro

Ao longo do ano

Comunidade educativa

Ao longo do ano

Centro Escolar Santa Maria

2º período

Alunos 3º Ciclo e CEF’s

Ao longo do ano

211


 Mês do Coração (Acções de sensibilização)

Promover hábitos de vida saudável

Centro Saúde (enfermeiras) - Saúde Escolar - GAP - Serviços de Psicologia

Comunidade educativa

Maio

Fomentar física

- Grupo de Educação Física - Saúde Escolar

Comunidade Educativa

Maio

- Centro Saúde - Serviços de Psicologia do Agrupamento

Alunos 3º Ciclo

- Centro Saúde - Serviços de Psicologia do Agrupamento

Alunos 3º Ciclo

2º e 3º períodos

Todos os alunos em situação considerada urgente

Ao longo do ano

Peddy-Paper

Prevenção de Substâncias Psicoactivas (SPA) (Acções de sensibilização; Trabalhos a realizar pelos alunos; Visualização de pequenos filmes no polivalente)

a prática da actividade

Prevenir o consumo de substâncias Psicoactivas

Prevenção da gravidez na adolescência (Acções de sensibilização; Visualização de curtas-metragens no polivalente)

Encaminhamento de alunos para os diferentes serviços do Centro de Saúde (76)

Agilizar a marcação de consultas e atendimento

Centro Saúde (Enfermeira; Nutricionista; Psicólogo) - Serviços de Psicologia do Agrupamento; - Equipa Directiva; -GAP - Directores de Turma e Encarregados de Direcção do Pré-Escolar e 1º Ciclo

2º e 3º períodos CEF’s

212


Plano Anual e Plurianual de Actividades do Projecto GABINETE DE ATENDIMENTO E APOIO AO ALUNO

Anos lectivos de 2010/2011 e 2011/2012

213


Actividades  Acções de reflexão/ formação

PLANO DE ACTIVIDADES DO GABINETE DE APOIO E ATENDIMENTO AO ALUNO 2010/2011 Interrupção das Objectivos Dinamizadores Destinatários Calendarização actividades lectivas Promover o sucesso educativo. Envolver a comunidade Educativa nos processos de formação dos jovens.

 Concurso de fotografia “Bragança aos meus olhos”

 Criação e actualização do “sítio”/blogue do gabinete

 Ateliê de estilismo / reciclagem de materiais

Expor pontos de vista sobre aspectos positivos e negativos da cidade.

- Elementos do GAP; - Serviço de Psicologia e Orientação; - Saúde Escolar; Assoc. de Pais… - GAP; - Rádio Zoela

Comunidade Educativa

Ao longo do ano lectivo

Não; Auditórios

Alunos do 2º Ciclo

Outubro

Não; Espaço a definir + Rádio

Comunidade Educativa

Ao longo do ano lectivo

-------------

Alunos do 2º e 3º Ciclos

1º período + desfile na festa de Natal

Não; A Determinar

Ao longo do ano

Não; Ginásio 2

- Elementos do GAP

Criar e dinamizar um espaço interactivo onde se dá conta das actividades do GAP e dos seus parceiros.

Alertar os alunos para a necessidade de uma consciência ambiental através da criação de competências relacionadas com a criação de elementos estéticos.

- Elementos do GAP e convidados na área da costura/ estilismo.

- Elementos do GAP

214


 Danças étnicas/orientais  Ateliê de música (guitarra)

CEF’s Prevenir a indisciplina.

- Elementos do GAP; estagiário/a ESE

Combater o abandono.

Alunos 1º Ciclo (4º ano) e 2º Ciclo (casos de alunos com problemas de indisciplina ou outros)

Prevenir eventuais situações de risco

 Construção de fantoches / teatro

Desenvolver atitudes responsáveis nos alunos.

lectivo

Ao longo do ano lectivo

Não; Sala de música

- Elementos do GAP; professores de EVT; estagiários 2º Período

 Participação no Jornal Escolar  Participação nas actividades da Saúde Escolar

 Informática segura”loja.já”

Melhorar a interacção entre os diversos membros da comunidade educativa.

1º ciclo

Desenvolver competências em vários domínios, incluindo a educação para a cidadania e saúde.

Ao longo do ano lectivo

Orientação a nível da informática e utilização segura da internet.  Quinta pedagógica - Elementos do GAP; Departamento de Ciências da

1º, 2º , 3º ciclos CEF’s

Ao longo do ano lectivo

Não; Espaço a definir dentro do recinto escolar

215


Natureza; Professores do Agrupamento

 Publicações do Gabinete

(77)

Dar a conhecer acções dinamizadas pelo gabinete, em vários suportes.

- Elementos do GAP

Comunidade Educativa

216


PLANO ANUAL E PLURIANUAL DE FORMAÇÃO INTERNA DO AGRUPAMENTO

Anos lectivos de 2010/2011 e 2011/2012

217


PROPOSTA DE PLANO DE FORMAÇÃO ESCOLAS - Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno

- Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno - Escola E.B.1,2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

Novas tecnologias - Informática, Blogues, Sites, Email. (60) A Supervisão Pedagógica na Avaliação de Desempenho Docente (78) Quadros Interactivos (61) Processos interactivos de Leitura e Escrita (79)

PARTICIPANTES

LOCAIS

Professores do Agrupamento

Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno

Docentes do Departamento de Línguas

Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno

Palma Ferreira

Professores do Agrupamento

Escola E.B.1,2,3Augusto Moreno

Madalena Brás

Professores do 1º CEB Agrupamento

Palma Ferreira

Cesarina Teixeira

DATAS Ao Longo do ano

1º, 2º e 3º Períodos 1º e 2º Períodos

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ( EDUCAÇÃO ESPECIAL) : A AC CÇ ÇÃ ÃO OD DE EF FO OR RM MA AÇ ÇÃ ÃO O ESCOLAS -E.B. 2,3 Augusto Moreno

ACTIVIDADES

DINAMIZADORES

- Acção de Formação « Da Diferença à Excepção: um caminho a percorrer.

- Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Grupos de recrutamento 910,920 e 930, 118 e Intervenção Percoce; - Dr. Daniel Sampaio; - Professores de Educação Especial e Educadores; - Intervenção Precoce;

(62)

PARTICIPANTES -Comunidade Educativa.

LOCAIS - E.B. 1,2,3 Augusto Moreno

DATAS A determinar

218


DEPARTAMENTO DO 1º CICLO: A AC CÇ ÇÃ ÃO OD DE EF FO OR RM MA AÇ ÇÃ ÃO OE ED DU UC CA AR RP PA AR RA AA A SSA AÚ ÚD DE E ESCOLAS Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Sessões de formação de 2 h

DINAMIZADORES Maria da Luz Vicente Afonso

(63)

PARTICIPANTES Docentes e Funcionários do Agrupamento

LOCAIS EB1,2,3 Augusto Moreno

DATAS 2º e 3º períodos

PESSOAL NÃO DOCENTE: A AC CÇ ÇÃ ÃO OD DE EF FO OR RM MA AÇ ÇÃ ÃO O:: PPR RO OJJE EC CT TO O IIN NF FO OR RM MA AR RE EC CO ON NH HE EC CE ER R PPA AR RA AM ME ELLH HO OR RA AR R ESCOLAS Agrupamento Augusto Moreno

ACTIVIDADES - Sessões de formação de 2 h

DINAMIZADORES Ana Silva

PARTICIPANTES Funcionários do Agrupamento

LOCAIS EB1,2,3 Augusto Moreno

DATAS Ao longo do ano

(80)

219


Avaliação 1º Momento – no final de cada actividade, pela equipa organizadora/dinamizadora 2º Momento – no final de cada período lectivo, pelo Conselho Pedagógico. 3º Momento – no final do ano lectivo, pelas Estruturas de Orientação Educativa (Departamentos, Conselho de Directores de Turma), pelo Conselho Pedagógico.

NOTA: Ào Conselho Geral do Agrupamento compete emitir parecer sobre o Plano Anual de Actividades, verificando da sua conformidade com o Projecto Educativo .

220


Projecto Educativo/Plano Anual e Plurianual de Actividades do Agrupamento Anos lectivos de 2010/2011 e 2011/2012

221


PROJECTO EDUCATIVO

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

METAS OBJECTIVOS

- METAS

1- Melhorar o clima organizacional e relacional dentro do Agrupamento e com a Comunidade

ACTIVIDADES Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal Projecto – Educação para a Saúde e educação sexual. Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates/Acções de sensibilização. - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos nossos alunos). Gabinete de atendimento e apoio ao aluno. Bibliotecas/CRE do Agrupamento Projecto Eco-escolas. Desporto escolar adaptado. Atelier de artes plásticas – Educação Especial. Projecto TIC em Educação Especial. Projectos em Desenvolvimento (Português Língua não Materna; Brincadeiras ao Centro; Os mass Média e a Rádio Escola; Promover o Sucesso Educativo …; Inserção e Socialização da Etnia Cigana; Tempos Vivos; O Livro em Mãos Pequeninas; Sala de Estudo na Prisão; Alfabetização de Adultos; Alfabetização de Adultos

OBJECTIVOS*

ACTIVIDADES*

1, 2, 3, 4, 5, 6

1, 2, 3, 6, 7, 9, 11, 12, 14, 15, 16, 16.1, 18, 18.1, 18.2, 19, 21, 24, 24.1, 25, 26, 30, 31, 32, 34, 37, 37.1, 38, 39, 40, 42 43, 44, 45, 45.1, 46, 51, 53, 54, 55, 56, 58, 59, 64, 65, 66, 67, 68, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 77, 81, 81.1, 81.2, 81.3,

222


no Estabelecimento Prisional).

2- Desenvolver atitudes de respeito mútuo, de convivência, de aceitação e de valorização da diferença.

3- Melhorar e rentabilizar os espaços físicos das Escolas e Jardins-deInfância do Agrupamento

Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal Projecto – Educação para a Saúde e Educação sexual Bibliotecas/CRE do Agrupamento Gabinete de atendimento e apoio ao aluno. Desporto escolar adaptado. Atelier de artes plásticas – Educação Especial. Projectos em Desenvolvimento (Português Língua não Materna; Brincadeiras ao Centro; Os mass Média e a Rádio Escola; Promover o Sucesso Educativo …; Inserção e Socialização da Etnia Cigana; Tempos Vivos; O Livro em Mãos Pequeninas; Sala de Estudo na Prisão; Alfabetização de Adultos; Alfabetização de Adultos no Estabelecimento Prisional). Visitas de estudo.

Actividades de Apoio aos Alunos - Sala de estudo – a manter de acordo com as disponibilidades da Escola. - Prolongamento de Horário – a funcionar no Jardim-de-infância n.º 1 – Estação e Jardim-de-infância de Gimonde, da responsabilidade da Autarquia. - Gabinete de Apoio ao Aluno – condicionado à existência de Recursos Humanos afectos ao Agrupamento.

1, 2, 6

2, 3, 7, 9, 11, 15, 18.1, 18.2, 19, 20, 23, 23.1, 24, 26, 31, 35, 44, 48, 53, 54, 57, 59, 65, 66, 67, 68, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 77.

3, 6

24,59, 65, 66, 68, 69, 70, 71, 75, 76, 77, 81, 81.1, 81.2, 81.3,

223


envolvendo a Autarquia e outras instituições.

Bibliotecas/CRE do Agrupamento Projecto – Educação para a Saúde e educação sexual. Projectos em Desenvolvimento (Português Língua não Materna; Brincadeiras ao Centro; Os mass Média e a Rádio Escola; Promover o Sucesso Educativo …; Inserção e Docialização da etnia cigana; Tempos Vivos; O Livro em mãos Pequeninas).

Actividades de Enriquecimento Curricular - Clubes: Gira Volei; Desporto Escolar; Clube de Jornalismo; Outros Clubes Atelier de artes plásticas – Educação Especial

4- Promover a articulação entre os diferentes níveis de ensino do Agrupamento.

Participantes: Alunos dos diferentes níveis (1º, 2º e 3º ciclos) Organizadores: Professores proponentes Projecto Eco-escolas. - Visitas de estudo - Cidade/Concelho/Parque Natural de Montesinho - Outras regiões do País - Um País da Comunidade Europeia Participantes: Alunos das turmas envolvidas Organizadores: Professores proponentes (a nível de Departamento, Conselho de Turma e Conselho de Docentes) Outras entidades em parceria - Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa.

1, 2, 3, 4, 5, 6

2, 7, 14, 16, 16.1, 18.1, 18.2, 20, 22, 23, 23.1, 24, 25, 28, 29, 30, 36, 37, 37.1, 41, 42, 46, 50, 53, 54, 58, 59, 65, 64, 66, 67, 68, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 77.

224


Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal – Projecto – Educação para a Saúde e educação sexual. - Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos nossos alunos) Bibliotecas/CRE do Agrupamento Gabinete de atendimento e apoio ao aluno. Projectos em Desenvolvimento (Português Língua não Materna; Brincadeiras ao Centro; Os mass Média e a Rádio Escola; Promover o Sucesso Educativo …; Inserção e Socialização da Etnia Cigana; Tempos Vivos; O Livro em Mãos Pequeninas; Sala de Estudo na Prisão; Alfabetização de Adultos; Alfabetização de Adultos no Estabelecimento Prisional). Cantarinhas de Bragança.

- Actividades de Enriquecimento Curricular - Clubes: 5- Promover acções Gira Volei; diferenciadas que Desporto Escolar; contribuam para a Clube de Jornalismo; motivação dos alunos. Outros Clubes Atelier de artes plásticas – Educação Especial. Participantes: Alunos dos diferentes níveis

1, 2, 3, 4, 5, 6

2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, 13, 16, 16.1, 17, 18, 18.1, 18.2, 19, 20, 22, 23, 23.1, 24, 24.1, 25, 27, 28, 29,30, 32, 33, 34, 35, 35.2, 35.1, 36, 37, 37.1, 38, 39, 41, 42, 44, 48, 52, 53, 54, 55, 56, 58, 59, 64, 65, 66, 67, 68, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 77.

225


(1º, 2º e 3º ciclos) Organizadores: Professores proponentes Cantarinhas de Bragança. - Visitas de estudo - Cidade/Concelho/Parque Natural de Montesinho - Outras regiões do País - Um País da Comunidade Europeia Participantes: Alunos das turmas envolvidas Organizadores: Professores proponentes (a nível de Departamento, Conselho de Turma e Conselho de Docentes) Outras entidades em parceria - Jornal Escolar Participantes: Toda a Comunidade Educativa. Responsáveis: Conselho Executivo Equipa do Jornal Projecto Eco-escolas. – Projecto – Educação para a Saúde - Actividades abertas à Comunidade - Dias Comemorativos - Exposições - Colóquios/Debates - Festas tradicionais - Sessões de Cultura Popular  Portuguesa  De outros países (de origem dos nossos alunos) Bibliotecas/CRE do Agrupamento Gabinete de atendimento e apoio ao aluno. Projecto – Educação para a Saúde e educação sexual. Projecto TIC em Educação Especial. Projectos em Desenvolvimento (Português Língua não Materna; Brincadeiras ao Centro; Os mass Média e a Rádio Escola; Promover o Sucesso Educativo …; Inserção e Socialização da Etnia Cigana; Tempos Vivos; O Livro em Mãos

226


Pequeninas; Sala de Estudo na Prisão; Alfabetização de Adultos; Alfabetização de Adultos no Estabelecimento Prisional).

- Formação Contínua (Pessoal não Docente) Temas: relacionados com problemas e necessidades do Agrupamento - actualização profissional/Novas tecnologias Participantes: Pessoal Não Docente do Agrupamento Organizadores: Conselho Executivo Conselho Pedagógico 6- Promover acções de Outros Formação “Em Contexto” por forma a - Formação contínua Pessoal Docente responder as Temas: Projectos Curriculares necessidades da Articulação Curricular comunidade educativa - Novas tecnologias Participantes: Professores do Agrupamento Organização: Conselho Pedagógico

1, 3, 5

51, 57, 58, 59, 60, 61, 62, 63, 78, 79, 80.

2, 3, 6

7, 8, 24, 24.1, 44, 47, 48, 49, 50, 52, 57, 59, 65, 66, 67, 68, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 77.

Bibliotecas/CRE do Agrupamento

- Actividades de Apoio aos Alunos - Sala de estudo – a manter de acordo com as disponibilidades da Escola. 7- Criar actividades de - Desporto escolar adaptado apoio aos alunos. - Prolongamento de Horário – a funcionar no Jardim de Infância n.º 1 – Estação e de Gimonde, da responsabilidade da Autarquia. - Gabinete de Apoio ao Aluno – condicionado à

227


existência de Recursos Humanos afectos ao Agrupamento. Bibliotecas/CRE do Agrupamento Atelier de artes plásticas – Educação Especial. Projecto TIC em Educação Especial. Projectos em Desenvolvimento (Português Língua não Materna; Brincadeiras ao Centro; Os mass Média e a Rádio Escola; Promover o Sucesso Educativo …; Inserção e Socialização da Etnia Cigana; Tempos Vivos; O Livro em Mãos Pequeninas; Sala de Estudo na Prisão; Alfabetização de Adultos; Alfabetização de Adultos no Estabelecimento Prisional).

8 – Desenvolver atitudes de respeito pelo ambiente e adquirir regras conducentes a uma vida saudável

9Reforçar o envolvimento parental no processo Ensino Aprendizagem dos seus educandos.

-

Projectos Ambientais Saúde Escolar Actividades Desportivas Projecto Eco - Escola Agenda 21 Escolar Bibliotecas/CRE do Agrupamento Gabinete de atendimento e apoio ao aluno. Projecto – Educação para a Saúde e educação sexual.

- Recepção aos alunos - Festa de Natal - Reuniões de Directores de Turma com os Pais e Encarregados de Educação - Actividades abertas à Comunidade. -Cantarinhas de Bragança. -Acções de Sensibilização- EB1 de Quintanilha. -Projecto em Desenvolvimento: Promover o sucesso Educativo Minimizando a Índisciplina: A Construção de Competências Parentais.

1, 3, 6

7, 9, 11, 13, 14, 15, 16, 20, 23, 28, 29, 30, 31, 34, 36, 38, 39, 42, 43, 44, 47, 48, 49, 50, 52, 53, 56, 57, 59, 76, 77.

1, 18, 18.1, 18.2, 64, 70, 81, 81.1, 81.2, 81.3. 1, 3, 4

Reuniões com Directores de Turma e Encarregados de Educação Todas as actividades abertas à Comunidade

228


229

Projecto Educativo e Plano Anual de Actividades  

Projecto educativo e plano plurianual de actividades do agrupamento de escolas Augusto Moreno

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you