Issuu on Google+

BOLETIM DE DISTRIBUIÇÃO INTERNA - Nº 109

ASSOCIAÇÃO EVANGÉLICA DE ACAMPAMENTOS M ARÇO DE 2011

NESTE INFORMATIVO

A VOZ PASTORAL PALAVRA DO DIRETOR ESDRAS KREBSKY

PALAVRA DO DIRETOR A VOZ PASTORAL

1

C A R T A A O L E I T O R

1

COISAS PARA TENTAR

2

ACONTECEU OU VAI ACONTECER...

2

A CONVENÇÃO PASSOU, O CONTEÚDO FICOU!

3

QUEM COME BEM, FALA BEM!

3

AGENDA

3

RADAR CRIANÇA: SINTONIZE!

4

ESPAÇO AEA

4

A AEA OFERECE:

• Curso para líderes de Acampamentos, em módulos (CAMP). • Treinamento de Líderes para Retiros (TLR). • Seminários de Aperfeiçoamento em Retiros e Acampamentos (SARA). • Livros • Softwares • Consultorias

(DIRETOR EXECUTIVO NACIONAL)

1

O nosso famoso e conhecido Retiro de Carnaval neste ano foi em março. Creio que este faz parte de nossa história eclesiástica nacional e é um ministério elaborado sem influência de outras nações. Penso que dele nasceram outros tantos retiros realizados pelas igrejas no decorrer do ano.

te carnavalesco e por suas imoralidades acompanhantes. Destes que criticam, alguns até advogam acabar com os retiros para que a igreja realmente sirva de sal e luz da sociedade nesta época; outros vão além e até criam blocos carnavalescos desfilantes para servir de testemunho.

O que tenho visto é que algumas igrejas o mesmo é planejado sem muita antecedência, enquanto outras precisam praticamente reservar o local com um ano de antecedência ou mais. Algumas já o fazem com objetivos que lidam com a necessidade do momento que passa aquela igreja, outras ainda fazem apenas para afastar os jovens do que acontece na cidade, e outras ainda apenas por ser uma tradição. Algumas ainda o fazem apenas para os jovens, enquanto outras incluem toda a igreja.

Quer queiramos ou não defender nossas práticas e convicções desta época, o que os dois lados precisam entender é que ultimamente somente pelo poder e atuação do Espírito Santo é que algum resultado é alcançado, seja nos retiros ou nas cidades. Precisamos fazer nossa parte de planejar e nos preparar bem, com objetivos mensuráveis bem calcados nas necessidades existentes. Fazendo isto creio estarmos colaborando com a obra que Deus deseja realizar nas vidas daqueles com quem entraremos em contato nestes dias.

Porém, apesar dos resultados positivos alcançados, já ouvi críticas contra os cristãos que se afastam da cidade em virtude destes retiros, e assim permitem que as demais pessoas sejam dominadas pelo ambien-

A boa notícia era que a bateria do meu laptop iria recarregar em aproximadamente 5 minutos. A má notícia era que a carga iria durar por apenas 10 minutos, na melhor das hipóteses. Minha bateria nova leva muito mais tempo para recarregar, mas, então, posso usar meu computador por várias horas, desconectado da rede elétrica. A natureza de uma bateria é de armazenar e liberar energia, ela não tem poder próprio. As baterias não têm nenhuma energia, com exceção da que recebem. Estar conectada à fonte de energia e ser recarregada é fundamental para que a bateria possa cumprir a finalidade para a qual foi concebida. Videiras eram comuns nos dias de Jesus e a electricidade ainda não tinha sido descoberta. Neste sentido, Ele disse:

Convido a todos a orar uns pelos outros, quer defensores dos retiros, “Eu sou a videira, vós sois os ramos. quer defensores da permanência Se um homem permanece em mim e na cidade, e pedir a intervenção do eu nele, esse dará muito fruto, pois Espírito para a mudança de vidas. sem mim nada podeis fazer.” (João 15:5) Mantenha-se recarregado. Fique Carta ao Leitor ligado. Sem o poder de Deus fluindo em nossas vidas em breve seremos Neste informativo trazemos maiores informações sobre a Convenção Nacional da impotentes e ineficazes. Permanecer AEA, que acontecerá em maio, como título dos seminários e preletores. A ideia é apresentar uma diversidade de temas, que acompanham a diversidade das realidaconectado leva à produção de muito des enfrentadas por todos que estão, de uma forma ou de outra, envolvidos no fruto. Baterias descarregados não ministério de acampamentos e retiros no Brasil. Assim sendo, se você é um destes, podem fazer nada. seja diretor de acampamento, proprietário de um local, administrador, equipante, o convite é para que venha participar deste encontro para compartilhar experiências e realidades, conhecer pessoas, aprender, crescer e ser fortalecido. Não fique fora dessa! Inscreva-se já e aproveite os preços promocionais. Você também pode ler este informativo em www.issuu/aeasul.

Extraído de “A Slice of Fresh Bread” (Uma fatia de pão fresco). Dan Bolin – Diretor da CCI / Internacional


Página 2

COI SAS PARA TENTAR... FUGA PELA JA NELA! Objetivo da atividade: passar do lado A ao lado B da “janela”, sem tocar em nenhuma das cordas. Pode-se criar um enredo criativo para a atividade.

abertura recomendada de 50cm2 a 1 m2. Perguntas para discussão e reflexão:  Qual foi sua maior contribuição para o sucesso do grupo?

Regras: Deve haver um contato constante entre os membros do grupo durante toda a atividade. Caso esta “conexão” seja perdida, ou se algum membro do grupo toca qualquer uma das cordas ou dos postes de amarração (que podem ser árvores) todo o grupo deverá recomeçar a atividade, do início. Uma variação pode ser: somente aquele que quebra uma das regras volta ao final do grupo para refazer a tarefa. Materiais: duas cordas de aproximadamente dois metros de comprimento, fixas entre postes ou árvores, que formem uma “ janela” com

 Apenas um líder dirigiu o grupo, ou houve uma variedade de líderes durante o processo?  Para alguns membros do grupo foi mais fácil realizar a atividade do que para outros?  Quais foram os sentimentos experimentados durante a realização da atividade?  A atividade realizada se parece com alguma situação enfrentada no dia-a-dia? O que se pode fazer a este respeito?

VAI ACONTECER...CONVENÇÃO 2011! Seminários sobre: Equipe Ministério e Programa Liderança Recursos Humanos Marketing, Negócios & Finanças

Preletores confirmados: 

   



Jodie Langmann - Acampamento Medeba/ Canadá Charles Muller Esdras Krebsky - AEA Jasiel Botelho - Jovens da Verdade Adelmo Santiago - Acampamento Manancial

ACONTECEU...

     

Dwayne Klassen - Quest Brasil Marco Vinício (MV) - Jovens da Verdade JV na Estrada Marcelo Gualberto - MPC Alan Erbert Alan e Ezia Mullins - AEA PV SUL

Temas Específicos: ♦

Caixa de Ferramentas

Gestão de Risco – Esportes Radicais

De novo? A importância de Novidades

Ministério Itinerante

Princípios de Marketing

Princípios Básicos de Orçamento

Levantando Fundos

A Cultura dos Jovens de Hoje

Treinamento da Equipe

Primeiros Socorros

As Primeiras Impressões Contam

Fazendo Discípulos

Trabalhando com Voluntários

Ministério à Pessoa Integral

Sem Visão o Povo Perece

Alimentação em Retiros e Acampamentos

Hospedagem em Retiros e Acampamentos

Leis da Terra

3º RETIRO NO REFUGIO

- 10 A 13 DE FEVEREIRO

Mais uma vez o Senhor Deus trabalhou durante os 3 dias de retiro. Tivemos 55 pessoas, entre Deficientes e acompanhantes e apoios; vi mais uma vez Deus trabalhar na vida dessas pessoas. Foram três dias de grandes bençãos - tivemos várias decisões de entrega a Jesus, de consagração, pessoas que estavam afastadas voltando para Jesus. Foi muito bom, sinto que cada retiro está ficando melhor. Glória a Deus por isso, a Ele seja dada toda Honra e toda Glória! No precioso amor de Cristo, Dinalva Nabuco. (www.refugiosobrerodas.com.br)


Página 3

A CONVENÇÃO PASSOU, O CONTEÚDO FICOU! O USO DA MÍDIA NO ACAMPA MENTO. A palavra “mídia” (que vem do inglês) significa “meios” com relação a “meios de comunicação”. O termo "meio de comunicação" refere-se ao instrumento ou à forma utilizada para a realização do processo comunicacional. (Wikipédia). Mídia, portanto, se refere a instrumentos ou formas de comunicação! Estes instrumentos ou formas de comunicação são divididos em duas grandes áreas: - meios de comunicação em massa (ex. TV, rádio, cinema, jornal, livro); - meios de comunicação individual (ex. telefone, celular, carta, e-mail pessoal). Multimídia é a combinação, controlada por computador, de pelo menos um tipo de mídia estática (texto, fotografia, gráfico), com pelo menos um tipo de mídia dinâmica (vídeo, áudio, animação).

CONNY SCHOMERUS

- Cinema: Surround-Sond, Imagens em 3D

MÍDIA ANTES DO ACAMPAMENTO

- TV: preto&branco -> colorida -> 3D - Copa do mundo terá até 25 partidas transmitidas em 3D para 26 países!!

• Internet: Homepage, E-mail, Twitter, Orkut, Facebook, Blogs, etc. promocional, comercial, informação (data, preço, local, atividades, palestrante), animação (Flash), Video-Clip, Chamar Atenção!

- TV 3D com óculos

• Boletim Informativo (enviar via correio)

- Câmera de TV em 3D

• Folders (distribuição em Escolas, igrejas e outros

- Outdoors: normal, gigante (juntando dois ou três outdoors), imagem para fora, (tipo 3D)

lugares) • Anúncios em jornais, rádio, TV local

• Captação de Atenção

Criatividade! • Tentar ao máximo usar e adaptar a Mídia para o

benefício das nossas atividades e eventos no Acampamento: - captação de atenção (ex. Show de Abertura com música, vídeo, coreografia);

Quando se afirma que a apresentação ou recuperação da informação se faz de maneira multissensorial, isso quer dizer que mais de um sentido humano está envolvido no processo. Isto pode exigir a utilização de meios de comunicação que, até há pouco tempo, raramente eram empregados de maneira coordenada (exemplo: Slide-Show com música e narração, PowerPoint com música ou narração).

- criar expectativas (ex. na primeira noite mostrar um VídeoClip sobre atividades deste Acampamento);

- aumentar o sentimento (ex. música adequada no fundo = festa, tristeza, apelo, mensagem,...);

MÍDIA DEPOIS DO ACAMPAMENTO • Internet: disponibilizar fotos, clipes de vídeos, mensagens em mp3 para download (com permissão do palestrante!) • Enviar via correio: CD de fotos, DVD com clipes.

MÍDIA DURANTE O ACAMPAMENTO... Continua no próximo informativo

- direcionar para o seu objetivo;

Conrad Schomerus (Conny) - Missionário na Palavra da Vida-Sul, atua nas áreas de Internet, Multimídia, Música, Vídeo e o Programa de TV na

- reforçar avisos (ex. PowerPoint);

Internet.

A Importância do uso de Mídia

- facilitar aprendizagem (ex. gráficos, imagens...);

Conny@pvsul.com.br; www.pvsul.com.br

• Mundo moderno de hoje: Informação, Notí-

- o som e o visual devem acompanhar os acontecimentos no palco! Criatividade!

cias e Entretenimento! • Mídia: TV, Cinema (Surround-Sound, 3D),

Internet (YouTube, Twitter)

- usar efeitos especiais (iluminação, luz de cor, máquina de fumaça, música de fundo);

• Exemplos de “Evolução”:

QUEM COME BEM, FALA BEM!

Modo de Fazer:

Receitas fáceis para o seu acampamento

Tabule Ingredientes: 3 kg de trigo para quibe 3 kg de tomate 5 cebolas grandes picadas 10 pepinos 5 pés de alface cortada em tiras sal, pimenta do reino e salsinha a gosto; suco de 2 limões

Lavar e deixar o trigo amolecer na água durante 1 hora, depois espremer. Separadamente, misturar os tomates e os pepinos com os temperos. Feita a salada, acrescentar o trigo espremido e misturar bem. Por último, colocar a alface e misturar novamente. Rendimento: 50 pessoas. Extraído de “Receitas Fáceis para o seu Acampamento”, da AEA.

AGENDA • 21 a 24/Abril / 2011 - TLR (Treinamento de Líderes para Retiros), nos feriados da Semana Santa, em Vitória / ES. • Aguarde mais informações: o Acampamento Manancial, de Uberlândia / MG, vem aí com a Convenção de Equipantes. TIRE SUAS DÚVIDAS Tem alguma dúvida? Escreva para a AEA Sul que a gente encaminha sua pergunta para nossos especialistas. CLASSIFICADOS Precisando ou oferecendo algo? Entre em contato com a AEA Sul e veja como divulgar sua informação.


Página 4

RADAR CRIANÇA: SINTONIZE! ALIANÇA PRÓ EVANGELIZAÇÃO DE CRIANÇAS “Um determinado estudo revelou que quando a mãe e o pai frequentam regularmente as reuniões da igreja, 72 por cento dos seus filhos permanecem firmes diante de Deus. Se só o pai frequenta regularmente as reuniões, 55 por cento dos filhos permanecem fiéis. Se apenas a mãe frequenta as reuniões, somente 15 por cento dos filhos permanecem na igreja. Se nem a mãe e nem o pai frequentam regularmente os serviços da igreja, só 6 por cento permanecem. As estatísticas falam por si mesmas. O exemplo dos pais é mais importante do que todos os esforços da Escola Bíblica.” (Warren Mueller) PESQUISA SOBRE O CULTO DOMÉSTICO As respostas desta pesquisa vieram de irmãos das mais variadas denominações e residentes em dezenas de cidades em todo o Brasil e mostram que, embora o tempo da família unida em torno da Palavra de Deus e da comunhão com o Senhor seja considerado algo de grande importância, infelizmente não está sendo praticado. Os lares cristãos precisam, mais do que em qualquer outra época, se tornarem lares fortes, onde o lema “ Eu e a minha casa serviremos ao Senhor ” seja experimentado cada dia. Em muitos lares, o altar do Senhor está derrubado. Lamentavelmente, uma imagem que fala (a televisão e o computador) tomou o lugar do altar do Senhor, que está em ruínas. Elias, em seu momento histórico, foi um verdadeiro gigante, restaurando o altar do Senhor e derrubando o

Visite nosso site! 0 R$ 5,0

altar de Baal. Fica aqui registrado o desafio de, no poder do Espírito Santo, em cada um dos nossos lares, trabalhar para a restauração do tempo da família unida na presença do Senhor e de Sua Palavra. Veja o resultado: Realização do Culto Doméstico: 29% - Esporadicamente 26% - Normalmente 24% - Raramente 21% - Nunca A maior dificuldade para ter o Culto Doméstico: 48% - Encontrar horário favorável 42% - Conseguir reunir toda a família 06% - Saber qual a forma ideal 04% - Saber que material usar A iniciativa para fazer o Culto Doméstico: 34% - Sempre é da mãe e às vezes do pai 28% - Ninguém toma iniciativa 27% - Sempre é do pai e às vezes da mãe 11% - Sempre é de algum filho e às vezes dos pais A necessidade de realizar o Culto Doméstico: 50% - Desafiado por uma pregação 25% - É uma herança recebida dos pais 14% - Descoberta pessoal através da Bíblia 11% - Desafiado por leitura sobre o tema O maior impedimento: 60% - Horário diferente entre os membros da família 28% - A programação da TV 08% - A chegada inesperada de alguém 04% - Telefone

Confira outros produtos e serviços!

Planejando Retiros e Acampamentos para Edificar... a Melhor Idade Um tipo de acampamento e retiro especial que tem crescido constante e regularmente em algumas partes do mundo é aquele montado para servir os adultos mais velhos, geralmente aposentados e com idade superior a 65 anos. No Brasil, segundo o último recenseamento, mais de 13 milhões de pessoas (cerca de 7% da população) têm 65 anos ou mais. Este número cresce a cada ano, gerando a necessidade da criação de novos serviços sociais e programas de recreação. E então? O que sua comissão organizadora, presidente de ministério, líder em sua igreja, denominação ou organização está esperando para planejar um retiro ou acampamento para a melhor idade? COM PREÇO PROMOCIONAL!

www.cci.org.br Veja como pagar: ou transferência bancária:

Gostaria de utilizar material pronto para a realização do Culto Doméstico: 61% - Certamente 26% - Possivelmente 09% - Não usaria 04% - Raramente Deve ser realizado? 82% - É muito importante 15% - É importante

Radar Criança - nº 34 Março de 2011 / Editor: Gilberto Celeti

www.apecbr.com PARA PENSAR Feliz é quem tem esfera de serviço entre as crianças! “Quanto mais cedo uma alma é iluminada, mais curta é sua noite de escuridão, então quanto mais cedo na vida ocorre a salvação do coração, melhor, e maior a bênção.” (Charles Spurgeon)

Este é ou não é um desafio para nós, que estamos envolvidos no ministério de acampamentos? ( A Redação)

DIRETORIA Presidente: André Gomes Lima (Acampamento Jovens da Verdade - SP) Vice-Presidente: Scott Douglas Buhler (Acampamento Quest-SC) Secretária: Lizânia Santana Barros (Acampamento AICEB-DF) Tesoureiro: Narcizo Lourenço de Souza (Acampamento Belo Amanhecer-GO) Vogais: Daniel José da Silva (SuperAção-SP) Rodrigo Franklin de Assis Brito (Uberlândia-MG) Marco Vinício (Acampamento JV-SP) Diretor Executivo: Esdras Oliveira Krebsky (AEA/LAM) Equipe de Obreiros: Alan e Ézia Mullins (AEA/LAM) Karen Krebsky (AEA/LAM) Adilson e Gladys Schneider (AEA) Paulinho e Bea Souza (AEA Sul) Expediente do “ A Fogueira”: Bea Souza (AEA Sul) Revisão: Gladys Schneider (AEA) Contato: aeasul@cci.org.br


A Fogueira