Page 18

retorno: mesa - equalizador - compressor - amplificador - caixas acústicas. A próxima figura mostra um exemplo de ligação de um sistema de sonorização. A seqüência crossover-amplificador-caixas será explicada logo a seguir.

Quanto aos crossovers, há duas maneiras de ligá-los. A primeira e mais utilizada, aliás, no geral, mais recomendada, é antes de todos os amplificadores. No desenho temos o esquema para a ligação de uma caixa full-range com divisor de freqüências interno e uma caixa externa de subgraves, utilizando um crossover externo de 2 vias. Esse é um tipo de ligação muito comum e devemos nos lembrar de que as caixas de graves e sub-graves têm melhor desempenho quando estão no chão. Se utilizássemos um crossover de 3 vias teríamos mais um amplificador ligado a mais uma caixa.

Outra possibilidade para essa configuração de PA é ligar o crossover como se fosse um “bassbooster”, sem cortar os graves das caixas full-range. Note que utilizamos a entrada do primeiro amplificador para ligar o crossover.

18

Profile for Adventistas Rolim

Apostila de Sonoplastia 6  

Apostila de Sonoplastia 6

Apostila de Sonoplastia 6  

Apostila de Sonoplastia 6

Advertisement