Page 1

Jornal do Professor PUBLICAÇÃO DO SINDICATO DOS DOCENTES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DE GOIÁS – ANO III– Nº 32 – junho / julho DE 2016

Reajuste de 5,5% entra em agosto Sob pressão de servidores federais, Congresso aprova projeto que concede aumento, que cairá na folha de setembro. Governo veta concursos para técnico-administrativos. Página 12 Fotos: Fábio Alves

Argentina - URSS - Brasil O papel do digital

A trajetória de Agustina Echeverría até o Núcleo de Pesquisa em Ensino de Ciências (Nupec). Página 15

EDITORIAL

Clima ruim

Coordenador do Media Lab, Cleomar Rocha (foto) propõe leitura do JP a partir de QR codes e realidade aumentada. Páginas 8 e 9

Até horas antes de o Congresso Nacional aprovar o Projeto de Lei (PLC) 34/2016 (antigo PL 4251/2015), que cumpre o acordo feito ano passado e nos garante o reajuste, o clima não era bom com o governo. Categorias falavam em greve e entre docentes o assunto era pauta de dirigentes sindicais. Mas a aprovação não mudou esse clima. É decisão do Conselho Deliberativo do Proifes-Federação não negociar com o governo transitório. Não sentamos na mesma mesa enquanto o impeachment não for votado.

À propósito, também não é bom o clima para mulheres, principalmente estudantes, na UFG. Elas dencunciam assédios. Bartira Macedo (FD) fala sobre a missão das professoras na repressão ao assédio e no amparo às vítimas na universidade. E continua o debate “quantidade X qualidade” na produção acadêmica. A reportagem “30% dos doutores da UFG não publicam” havia sido rebatida por artigo da professora Maria das Graças Castro (FIC), criticado nesta edição por texto do professor Marcus Cianciaruso (ICB). Boa leitura.

Contato com a redação

(62) 3202-1280 / jornaldoprofessor@adufg.org.br

Não existe pressão para que docentes publiquem. Existem docentes titulares com menos artigos publicados que nossos alunos de doutorado!

Marcus Cianciaruso

Opinião, página 3

Jp32  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you