Page 64

expansão e precarização do trabalho na universidade

Presidente Lula da Silva, em Brasília/DF. reitor, decidiu, de forma autoritária e O processo de O processo de implantação do REUunilateral, retirar do projeto da UFPA NI, na UFPA, foi cercado de polêmicas a contratação de docentes e técnicos implantação do REUNI, e tumultos, inclusive com ocupação da previstos para essas unidades. na UFPA, foi cercado de Reitoria pelo movimento estudantil. A despeito do campo de resistências, polêmicas e tumultos, Na reunião do Conselho Universitário, a Administração Superior vem conduinclusive com ocupação realizada em 19 de outubro de 2007, que zindo sistematicamente o processo de decidiu sobre a adesão da instituição implantação do REUNI na UFPA. da Reitoria pelo ao Programa, a sala de reunião foi toDesde a implantação do Programa, na movimento estudantil. mada por estudantes e docentes ligaUFPA, foram criados 30 cursos novos, dos à Associação de Docentes da Universidade nos campi do interior, dos quais 25 são licenciaturas, nas Federal do Pará (ADUFPA), que se manifestavam distintas áreas de formação: Letras e suas habilitações, contrariamente à proposta de adesão. O ambiente, Matemática, Ciências Naturais, História, Geografia marcado por protestos e numa sessão em que pessoas e Física. No campus de Belém foram oito cursos externas à instituição estavam presentes, dificultou novos: Teatro (Licenciatura), Dança (Licenciatura), a manifestação de vários conselheiros presentes à Biotecnologia (Bacharelado), Licenciatura Integrada reunião; entretanto, no meio do tumulto, a proposta em Educação, Ciências, Linguagens e Matemática apresentada publicamente, apenas naquela reunião, foi (Licenciatura), Museologia (Bacharelado), Fisioterapia colocada em votação pelo Reitor, à época, o professor (Bacharelado), Terapia Ocupacional (Bacharelado) e Alex Fiúza Bolonha de Melo, e por ele considerada Ciências (Licenciatura), (UFPA, 2010). aprovada, num ato extremamente autoritário, uma vez No que se refere à oferta de vagas no ensino da que ignorou a posição dos conselheiros contrários à graduação, essa universidade vem ampliando progresadesão da UFPA ao REUNI. sivamente o quantitativo anual. No ano de 2006 foram A aprovação do Programa, nessa reunião, foi con- ofertadas 4.835 vagas na graduação e em 2011 a oferta testada judicialmente pela ADUFPA, que considerou foi de 6.508, um crescimento expressivo de 34,6%. A o resultado da votação ilegítima e irregular, em razão da relação aluno/professor nessa IFES, em 2010, já estava contagem de votos ter levado em conta a manifestação em 19/1, portanto, superior à meta estabelecida pelo de várias pessoas que não eram membros do Conselho. REUNI. A justiça determinou, por liminar, a anulação do Na Tabela 1, a seguir, são observados os indicadores pleito; entretanto, a Universidade recorreu da decisão globais utilizados pela UFPA como referência para o e teve garantida a manutenção da adesão da instituição alcance das metas pactuadas no programa: ao Programa. No indicador de vagas anuais, por exemplo, perA ADUFPA e o Diretório Central de Estudantes cebe-se a previsão de ampliação significativa, progre(DCE) contestaram o limitado tempo de debate do dindo de 5.277, no ano de 2007, para 8.625, em 2012, o Programa, na Universidade, argumentando que a que representa um acréscimo de mais de 60% na oferta maioria dos institutos e campi do interior não haviam de vagas no período. Um incremento considerado discutido a proposta da Reitoria. Além disso, a se refere, ainda, à projeção do número de alunos diADUFPA rechaçou o Programa, o que significa, na plomados, indicando uma evolução de 3.596, em visão da Associação, intensificação e precarização do 2007, para 4.861, em 2012. O número de professores trabalho docente e prejuízos à qualidade das ações equivalentes, de 2.871,00 em 2007, para 3.685,15, em desenvolvidas na Universidade, diante de metas pro- 2012, representa outro indicador significativo, corresdutivistas e quantitativas. Os Institutos de Educa- pondendo ao aumento aproximado de 30%. ção, Filosofia e Ciências Humanas e de Letras e CoDiante dos dados, é possível inferir que a Univermunicação Social, que discutiram o REUNI em suas sidade deverá expandir mais de 60% das matrículas e, unidades, decidiram pela não adesão. Após tomar apenas, aproximadamente 30% do seu corpo docente, conhecimento da decisão dessas unidades, o então um indicativo da intensificação do trabalho docente, 70 - DF, ano XXI , nº 48, julho de 2011

UNIVERSIDADE E SOCIEDADE

Revista Universidade e Sociedade - N°48  

Revista do Sindicato Nacional ANDES-SN

Advertisement