Page 128

POESIA

Torna-se a matéria nobre ou vil conforme se retém ou passa? Pois hora mais triste ainda se afigura; ei-la, a hora pequena que desprevenido te colhe sozinho na rua ou no catre em qualquer república; já não te revoltas e nem te lamentas, tampouco procuras solução benigna de cristo ou arsênico, sem nenhum apoio no chão ou no espaço, roídos os livros, cortadas as pontes, furados os olhos, a língua enrolada, os dedos sem tato, a mente sem ordem, sem qualquer motivo de qualquer ação, tu vives; apenas, sem saber pra quê, como para quê, tu vives: cadáver, malogro, tu vives, rotina, tu vives tu vives, mas triste duma tal tristeza tão sem água ou carme, tão ausente, vago, que pegar quisera 148 - DF, ano XXI , nº 48, julho de 2011

UNIVERSIDADE E SOCIEDADE

Revista Universidade e Sociedade - N°48  

Revista do Sindicato Nacional ANDES-SN

Advertisement