Page 1

Ano I - Número 5

cadastramento dos revendedores

Jornal Liquigás

Revendedores credenciados por distribuidor deverão obter a autorização da ANP até agosto de 2009

Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e BiocombustíveisANP - iniciou em 18 de outubro de 2008 o processo de cadastramento dos postos revendedores de GLP credenciados por distribuidor. Na primeira fase deverão se cadastrar os revendedores estabelecidos nos estados: Acre, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Paraná, Rondônia e Sergipe. Durante o prazo de dez meses concedido para cadastramento os revendedores credenciados por distribuidor deverão obter a autorização da ANP até a data de término (18/08/2009). A documentação completa deverá ser encaminhada diretamente para a empresa G & P Projetos e Sistemas Ltda., no endereço Avenida Rio Branco, 99 – 12º andar – Centro – Rio de Janeiro/ RJ. Encerrado o prazo, e não cumpridas as exigências do cadastramento, o revendedor NÃO mais estará amparado pela Portaria MINFRA nº 843/90 e, NÃO poderá continuar a operar obrigando-se,

assim, a interromper sua atividade. Estará, inclusive, passível, de autuação dos fiscais da ANP. Entretanto, poderá, a qualquer tempo, enviar sua documentação requerendo a autorização e aguardar a publicação para o reinício do funcionamento. Outros estados Os revendedores de GLP de outros estados deverão continuar operando normalmente e aguardar a convocação da ANP na sua localidade. Todos os revendedores credenciados por distribuidor serão cadastrados pela ANP, que dará ampla divulgação por meio do seu site e do Diário Oficial da União, informando os próximos Estados a serem cadastrados e as respectivas datas de início e término do processo em sua localidade. Vale informar que já foram cadastrados os Estados: Rio Grande do Sul, Pará, Maranhão, Piauí, Distrito Federal e São Paulo (exceto capital).

requisitos necessários para o requerimento da autorização 1. Requerimento para o exercício da atividade de revenda de GLP modelo disponível no site da ANP: www.anp.gov.br/petro/revenda_ glp.asp 2. Ficha Cadastral - modelo disponível no site da ANP no endereço: www.anp.gov.br/petro/ revenda_glp.asp - com assinatura do sócio da revenda ou do representante legal, acompanhada de cópia autenticada da procuração, com reconhecimento de firma; 3. Comprovante de inscrição e de situação cadastral no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, contemplando a atividade de revenda de GLP, referente a cada estabelecimento, matriz ou filial, da empresa requerente; 4. Cópia autenticada do documento de inscrição estadual;

Liquigás adota nota fiscal eletrônica S

empre na vanguarda da tecnologia, a Liquigás implementou a nota fiscal eletrônica (NF-e), antecipando-se à obrigatoriedade de emissão do novo documento para o setor de distribuição de GLP, prevista para abril de 2009. Todas as unidades do estado de S.Paulo já estão utilizando a NF-e. A expectativa é que o sistema eletrônico entre em operação nas demais unidades da Liquigás até Dezembro de 2008. A NF-e substitui o modelo atual de nota fiscal em papel por um documento eletrônico, com validade jurídica, certificada pela assinatura digital do emissor. A nova tecnologia traz uma série de benefícios para os envolvidos no processo de comercialização do GLP e para a sociedade em geral, além de permitir o acompanhamento em tempo real das operações comerciais pelo Fisco. De acordo com o gerente de Administração Tributária da Liquigás, Luiz Padovese, o sistema eletrônico é mais seguro e elimina erros nas emissões das notas. Isto porque o Fisco tem de validar os dados do documento e aprovar cada operação comercial, antes da entrega dos produtos. “A nova tecnologia consiste basicamente no envio prévio das informações fiscais ao Fisco, pela Internet, para que sejam verificados os requisitos legais e autorizada a comercialização”, explica Padovese.

Edicao_05_8-1.indd 1

Com a adoção plena da NF-e a Liquigás reduzirá os custos referentes à aquisição de papel, impressão, armazenamento e envio das notas. Sem contar que irá contribuir para dar mais transparência ao processo de fiscalização tributária e para a preservação do meio ambiente. Os clientes, por sua vez, serão favorecidos porque poderão tomar conhecimento das notas de forma antecipada e, no futuro, não haverá mais necessidade de registrá-las no momento da recepção das mercadorias. Isso eliminará eventuais erros de digitação no registro dos documentos e tornará a entrega dos produtos mais ágil. A NF-e facilitará, ainda, o trabalho da fiscalização ao aumentar a confiabilidade das notas e aperfeiçoar o processo de controle. “A NF-e proporcionará o gerenciamento eletrônico das operações da Liquigás em todas as suas etapas, possibilitando o compartilhamento das informações entre os fiscos federal, estaduais e municipais”, ressalta Padovese. A Nota Fiscal Eletrônica é parte de um projeto maior do governo – o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) – que prevê a informatização das relações entre o Fisco e os contribuintes e envolve outros dois subprojetos: a Escrituração Contábil Digital e a Escrituração Fiscal Digital.

5. Cópia autenticada do estatuto ou contrato social arquivado na Junta Comercial e, quando alterado, de sua mais recente consolidação, contemplando a atividade de comércio varejista de GLP dentre as atividades econômicas da empresa;

Liquigás lança botijão de 8 kg e inova mercado

6. Cópia autenticada do alvará de licença funcionamento, expedido por prefeitura municipal, contemplando a regularidade para a atividade de revenda de GLP;

Mais uma vez a Liquigás inova o mercado brasileiro de GLP. Inicialmente como projeto piloto, lança botijão de 8 kg para atender segmento da população de menor renda, solteiros e famílias pequenas.

7. Certificado do Corpo de Bombeiros Militar, que contemple a habilitação para a atividade de revenda de GLP, explicitando a norma de segurança utilizada para elaboração do projeto (Portaria DNC nº 27/96 ou NBR 15514:2007) e a capacidade de armazenamento das instalações em quilogramas de GLP, em conformidade com a legislação aplicável.

PÁGINA 3

Marcos Fernandes

A

IMPRESSO

Ano I - Número 5

Divulgação

8

Reconhecimento pela qualidade da gestão Companhia recebeu a medalha de prata no Prêmio Paulista de Qualidade da Gestão - PPQG 2008; e foi classificada como a 7ª Melhor Empresa de Energia do Brasil pelo anuário Melhores e Maiores da Revista Exame.

PRESIDENTE E DIRETORIA ATUAL Antonio Rubens Silva Silvino Presidente Carlos Rocha Velloso Diretor Financeiro e de Serviços Paolo Ditta Diretor de GLP Envasado

Ricardo Mendes de Paula Diretor de Operações e Logística Thomaz Lucchini Coutinho Diretor de GLP Granel

o novo revendedor O NOVO Revendedor Liquigás é um profissional ainda mais compromissado com o produto que comercializa. Não apenas focado na venda, preocupa-se principalmente em dar ao consumidor final atendimento personalizado, desde a entrega de um botijão até consultoria técnica.

PÁGINA 2

Jornal Liquigás COMITÊ EDITORIAL Ana Maria Pochis Gerência Geral de Saúde, Meio Ambiente e Segurança Ana Paula Vieira Fernandes Presidência Antonio Bernardo Corrêa Junior Diretoria de GLP Envasado Deise Furlan Ramos Gerência de Marketing Edison Woichkoski Diretoria de GLP Granel Eneida Cristina C. Claussen Gerente de Relações Institucionais Fábia Cristina Paro Anderson Moretto Ouvidoria Hosana Gomes de Souza Gerência de Comunicação Luis Alberto Soares Martins Gerente Geral de Logística e Suprimentos Manoela B. P. Fernandes Gerente de Marketing Paulo Fernando Gordo Gerente de Regulação e Relações Institucionais Rosely Patrice Gomes Coelho Presidência Victor Hugo Oyama Diretoria Financeira e de Serviços

Convênio já movimentou mais de R$ 50 milhões

PRODUÇÃO Projeto Gráfico Trama Comunicação Coordenação Geral Sandra Bonani Diretora de Redação Leila Gasparindo MTB 23449 Editora Helen Garcia MTB 28969 Editor Assistente Celso Lopes MTB 18098 Reportagem Celso Lopes e Danielle de Angelis Diagramação e Arte Final Arthur Siqueira Revisão Gisele C. Batista Rego Fotos Ricardo Benichio

Tiragem: 20.000 exemplares Gráfica: Consult Graph

Com a oferta de linhas de crédito especiais e tarifas exclusivas, a parceria com o Banco do Brasil atrai mais de duas mil revendas em todo o País. Proger, Finame e Leasing são as modalidades mais procuradas. Saiba como ter acesso ao crédito!

PÁGINA 6

PÁGINA 7

Central de Atendimento Liquigás

Conquista estratégica

Cecrisa adota GLP

Revenda de sucesso em Jundiaí-SP

A Central de Atendimento Liquigás facilita a retirada e a entrega de produto.

A CFO, empresa de pavimentação e engenharia, converte para o GLP equipamentos do setor de produção e aumenta vantagem competitiva.

Ao estabelecer parceria com a Liquigás, a empresa adequou-se à legislação ambiental e obteve melhoria de qualidade.

A revenda Totalgás de Jundiaí, uma das principais da região, comemora 25 anos de atividades. Conheça um pouco de sua história.

Página 3

Página 4

Página 4

Página 6

Produzido por Trama Comunicação (www.tramaweb. com.br) para a Gerência de Marketing da Liquigás

Para manter contato, enviar suas dúvidas ou sugestões, escreva para jornal@liquigas.com.br

17/12/2008 15:55:00

Jornal Liquigás 05  

O Jornal Liquigás, empresa do grupo Petrobras, tem por objetivo estreitar o relacionamento entre empresa e revenda, promover a troca de inf...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you