Page 1

Revista

Vida saudável, mundo sustentável Ano 4 - Edição 10 - maio 2012

Gianne Albertoni Alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos fizeram dela um exemplo de boa saúde

Cataratas do Iguaçu

Roteiro tem atrativos na época mais fria do ano

Nutrição

Alimente-se para aumentar a imunidade e a longevidade


Ano 4 - Edição 10 - maio 2012 Foto Capa: Rede Record/divulgação

Editorial Revista

Expediente

Vida saudável, mundo sustentável Diretoria: Donato Ramos Mafaldo Gois Junior Marcos Leite Sérgio Bocayuva Edição: Dezoito Direção: Cléia Barros

Olá, amigo leitor!

Jornalista Responsável: Simone Tavares

Não é só filme, pipoca e cobertor que nos fazem lembrar o inverno. As baixas temperaturas inspiram também à beleza e ao bem-estar. Esse é o momento ideal para hidratar o corpo e se prevenir contra o ressecamento causado pelo tempo seco. Outro grande vilão da pele e dos cabelos é o banho quente, por isso algumas medidas são necessárias. Preparamos para esta edição a matéria “Ritual de beleza” com dicas para ficar ainda mais bela e saudável nessa estação do ano. A estrela da capa Gianne Albertoni, repórter do matinal Hoje em Dia, da Rede Record, conta que se dedica aos cuidados com a beleza nessa época protegendo e hidratando a pele com um bom hidratante corporal. Durante a entrevista, Gianne também falou sobre os seus segredos de beleza, como faz para manter uma alimentação balanceada e incluir produtos naturais no cardápio do dia a dia, além da paixão pela prática de atividades físicas, principalmente pelo muay thay (boxe tailandês). Pensando ainda na chegada do inverno, no qual as gripes e problemas respiratórios são tão comuns, a nutricionista Thais Souza, da rede Mundo Verde, listou alimentos que podem ajudar no aumento da imunidade. Alho, acerola, gengibre e até mesmo o tão falado óleo de coco, são importantes aliados nesta prevenção. Já para as dores musculares intensificadas pelas baixas temperaturas, a seção Atividade Física traz exercícios, simples e eficazes, que podem ser feitos dentro da própria casa. Eles ajudarão a relaxar o corpo e evitar o incômodo causado pela contração muscular nas pernas, costas, joelhos etc.

Projeto Gráfico e Direção de Arte: Adriano Frachetta Fagner Simplicio Revisão: Vinicius Zucon Willian Matos Colaboradores: Beatriz Salles Bruna Murta Flávia Figueiredo Flávia Morais Juliana Sarti Thais Souza Thayna Santos Viviane Pereira Publicidade: Equipe de Marketing Mundo Verde 24 2220-6300 Gráfica: Leograf - Gráfica e Editora Ltda. Tiragem: 80.000 exemplares

Aproveite mais esta edição e desfrute do inverno esbanjando saúde.

Fale conosco: faleconosco@mundoverde.com.br

Boa leitura! Equipe Mundo Verde

3


Sumário

06

Por uma vida mais longa

06

Alimentos para a longevidade

08

Aumente a imunidade

10

Aliados da boa memória

12

Zen dentro de casa

14

Exercícios para dores musculares

18

Gianne Albertoni

22

Prazer em atender

24

Receitas

26

Dicas de beleza para o inverno

28

Cataratas do Iguaçu

30

Acontece

18

Gianne Albertoni: exemplo de boa saúde

24

Receitas: Sopa de abóbora com coco e curry

26 Ritual de beleza


Nutrição

Por uma vida

mais longa Consumir alimentos ricos em antioxidantes retarda o envelhecimento e previne doenças

O segredo para a longevidade pode estar no seu prato. Por mais que o estilo de vida, a prática de atividades físicas e a herança genética influenciem na expectativa de vida, a alimentação tem papel crucial neste processo. O consumo de alimentos fontes de antioxidantes previne doenças e retarda a deterioração das células, preservando sua juventude. Cúrcuma: fonte de curcumina, possui potencial anticâncer, destoxificante, antimicrobiano e anti-inflamatório. Tem papel na dissolução de cálculos renais e controle do diabetes. Azeite de oliva extravirgem: fonte de ômega 9 e compostos fenólicos de importante ação antioxidante e anti-inflamatória. Pode auxiliar na prevenção de doenças do coração e câncer. Frutas Vermelhas (mirtilo, amora, framboesa, cereja, cranberry etc.): ricas em licopeno, ácido elágico, antocianina e glutationa, combatem os radicais livres prevenindo o surgimento de câncer, doenças cardiovasculares e envelhecimento precoce.

6


Oleaginosas (avelã, nozes, amêndoa, castanhas): possuem grandes quantidades de nutrientes antioxidantes e ácidos graxos monoinsaturados, que atuam como anti-inflamatórios e contribuem para a redução do risco de doenças cardiovasculares. Chá branco/verde: contém epigalocatequinas, poderosos antioxidantes. Seu consumo fortalece a imunidade e diminui o risco de doenças cardiovasculares, câncer, mal de Alzheimer e previne o envelhecimento precoce. Açaí: fonte de antocianina e ácido oléico. Previne contra doenças cardiovasculares, circulatórias, câncer e Alzheimer. Seu consumo auxilia no retardo do envelhecimento. Chia: devido ao alto teor de ômega 3, auxilia na redução e controle de colesterol, triglicérides e hipertensão arterial. Apresenta grande quantidade de nutrientes antioxidantes, que neutralizam a ação dos radicais livres, podendo prevenir contra o câncer. Cacau: possui grande quantidade de polifenóis e catequinas de função antioxidante. Pode reduzir as concentrações de triglicérides, prevenir aterosclerose e melhorar a circulação. Probióticos: importantes para equilíbrio e restabelecimento da microbiota intestinal, favorecendo o funcionamento de todo o organismo. Fonte: Bruna Murta Nutricionista da rede Mundo Verde


Nutrição

Uma dieta adequada fortalece o organismo e ajuda a prevenir doenças, como gripe e infecções respiratórias

O bom funcionamento do sistema imunológico pode ser prejudicado por uma série de fatores. Poluição, estresse e deficiência de nutrientes são alguns deles. Quando a imunidade está baixa, aumenta a incidência de doenças, que vão desde simples resfriados a infecções respiratórias graves e herpes. Manter uma dieta adequada ajuda a minimizar esses tipos de problemas. Conheça uma seleção de alimentos capazes de fortalecer a defesa do organismo:

8


Alho – fonte de alicina, possui ação antioxidante.

Promove o aumento da proliferação dos linfócitos T, que destroem organismos estranhos e células infectadas, além de aumentar a ativação das células natural killer, importantes na ação contra infecções e tumores.

Acerola – rica em vitamina C, protege o organismo de gripes e resfriados por atuar diretamente na reconstituição dos leucócitos. Aumenta a resistência a infecções e possui ação antioxidante, importante no combate aos radicais livres. Chá verde e branco – ricos em catequinas e epicatequinas, fortalecem o sistema imunológico. Cogumelo shitake – possui lentinan que aumenta a produção e a atividade dos glóbulos brancos (importantes células de defesa). Geleia real – estimula a imunidade e combate as infecções causadas por vírus e bactérias.

Gengibre – rico em vitaminas C e B6, que ajudam na defesa do organismo, é imunoestimulante. Reduz inflamações e dores. Oleaginosas –

fontes de vitamina E, estimula a produção de linfócitos B, que são responsáveis pelo aumento dos anticorpos e destroem as bactérias.

Óleo de coco – rico em ácido láurico e caprílico apresenta efeito imunomodulador, antiviral e antibacteriano. Probióticos – equilibram a flora intestinal evitando o crescimento de micro-organismos patogênicos, que causam doenças e fortalecem o sistema imunológico. Própolis – possui ação anestésica, anti-inflamatória, cicatrizante e antibiótica, por isso auxilia na prevenção e tratamento de doenças respiratórias. Fonte: Thais Souza Nutricionista da Rede Mundo Verde

9


Nutrição

Cérebro a todo vapor Conheça os nutrientes aliados da memória

10


Estudos comprovam que uma dieta equilibrada é fundamental para o bom funcionamento do cérebro em todas as fases da vida. A alimentação adequada contribui para evitar o declínio das funções cognitivas e prevenir doenças degenerativas como o Alzheimer, caracterizado por esquecimentos, dificuldade de raciocínio e alterações de comportamento. Alguns nutrientes exercem funções importantes na melhora do raciocínio, entre eles: Colina: além de participar da formação dos novos neurônios, ajuda a reparar as células cerebrais avariadas. E, ainda, constitui a matéria-prima da acetilcolina — neurotransmissor fundamental para a memória e o aprendizado. Boas fontes são a gema do ovo e a lecitina de soja. Ômega-3: possui reconhecida ação anti-inflamatória. Protege os neurônios contra os radicais livres — notórios destruidores de células. Esse ácido graxo preserva as membranas dos neurônios, colaborando para a troca de informações entre eles. É encontrado nos peixes (como atum, salmão, sardinha, arenque e cavala), óleos de peixe, sementes de chia e linhaça. Flavonóides: exercem efeitos benéficos na aprendizagem e na memória, pois protegem os neurônios. As frutas com maior concentração dessa substância são: mirtilo, ameixa preta, amora, framboesa, morango, cereja e uvas vermelhas. Salpicar cacau sobre as frutas também é uma ótima opção para incluir doses extras desse antioxidante no cardápio.

Fisetina: favorece o amadurecimento das células nervosas, além de fortalecer as conexões entre os neurônios. Maçã, morango, pêssego, kiwi, uva, cebola e espinafre são ricos nesse composto. Vitaminas do Complexo B (especialmente B6, B12 e ácido fólico): protegem os neurônios da degradação da homocisteína, um aminoácido que em níveis elevados é tóxico para as células nervosas. As vitaminas também estão envolvidas na produção de glóbulos vermelhos, que levam oxigênio à massa cinzenta. Fontes importantes são os cereais integrais, feijões, nozes, sementes e vegetais verde escuros, como couve, brócolis e espinafre. Além dos elementos citados acima, uma alimentação balanceada fornece outros importantes nutrientes para o bom funcionamento do cérebro. Os carboidratos trazem a glicose, principal combustível para a atividade desse órgão nobre. As proteínas têm a matéria-prima para a produção de neurotransmissores, mensageiros químicos que transmitem informações entre os neurônios. E as gorduras entram na composição das membranas celulares, o que diz respeito também aos neurônios.

Fonte: Flávia Figueiredo Nutricionista da Rede Mundo Verde


Bem-estar

Pare,

respire e relaxe! Pequenas atitudes, feitas dentro da própria casa, ajudam a manter a paz interior e renovar-se de corpo e mente Por Thayna Santos

Só há um caminho entre o caos e a calmaria: o equilíbrio. E mesmo com tantos pontos capazes de desestruturar o ser humano, como metas no trabalho, obrigações em casa e horários apertados, a busca pela paz interior precisa ter um espaço reservado na agenda. Os níveis de estresse impedem o desenvolvimento, dificultam a concentração e diminuem a produtividade. Como resultado desse conjunto, há uma queda na qualidade de vida e o aparecimento de doenças. Quem acha que a única alternativa é passar um final de semana no SPA ou frequentar regularmente aulas de ioga, se engana. Há exercício e métodos simples, que podem ser feitos dentro da própria casa. Basta reservar um tempo para estar em um lugar tranquilo, bem arejado e com o mínimo de barulho. Michael Roriz, do Blue Garden Spa dá as dicas:

Respire fundo

Inspira, expira... Ficar atento à respiração é o primeiro passo para o relaxamento profundo. Separe alguns minutos do dia para praticar a meditação indiana. “Chamado de 5 por 8, o trabalho respiratório consiste em inspirar 5 minutos e expirar 8”, explica o coordenador do Blue Garden Spa. A intenção é relaxar todos os músculos tensionados com o

12


estresse do dia a dia, para isso basta concentrar-se no movimento e no barulho da inspiração e da expiração. Aproveite para alongar calmamente os músculos.

Tempo para você

Pode parecer demagogia, mas você tem sim que separar pelo menos uma hora para fazer aquilo que te faz bem. Seja almoçar com um amigo, ler um livro ou brincar com seus filhos. “Ter um tempo para si, hoje em dia, é um luxo. O tempo parece cada vez mais escasso e as pessoas não sabem como administrá-lo”, explica Roriz. Tire uma horinha para pensar na vida e desligar-se do mundo. Saia de casa para dar um passeio e mentalizar coisas boas, logo a sensação de bem-estar fará parte de sua rotina.

Apague as luzes

Meia luz cai bem para os momentos românticos e para as horas de relaxar. Transforme a casa em um ambiente verdadeiramente aconchegante, deixe a luz do sol entrar pelas frestas da janela ou acenda velas. “No centro da cabeça está a glândula pineal. Ela distingue o ambiente escuro do claro, levando a um relaxamento profundo do corpo e da mente quando há ausência de luz”, explica Roriz.

Chá relaxante

As receitas das avós são mesmo infalíveis. Para acalmar, nada melhor do que uma xícara de chá de hortelã, camomila ou erva-doce. Só o aroma, durante a preparação da bebida, já relaxa. Segundo Michael, o chá desempenha papel importante no alívio do estresse: “Seja quente ou frio, o chá provoca sensações e apura o paladar. A escolha do sabor contribui bastante para que isso aconteça”.

Sinta o perfume

Aromatizadores e óleos essenciais provocam sensações agradáveis. Perfume o quarto para um sono mais tranquilo e a sala para garantir o equilíbrio. “Nem sempre podemos sentir o cheiro de campo, das plantações de camomila ou de lavanda. Com os aromatizadores, a casa ganha esse toque de natureza”, explica Roriz. O olfato, quando estimulado, atua no sistema imunológico, cardiovascular e respiratório, além de combater o estresse e a ansiedade.

Automassagem

Com algumas gotas de óleo de massagem sobre a palma das mãos inicie a automassagem. A técnica ajuda o corpo a desligar da mente. Faça movimentos calmos e repetitivos nos ombros, braços, têmporas, pés e couro cabeludo. Aparelhos de massagem podem ajudar. “A automassagem é um momento todo seu, de maior reconhecimento do corpo e da busca para se livrar da ansiedade”, diz Michael. Em menos de 15 minutos você sentirá a diferença.

bolinhas de gude para massagear a planta dos pés, é lá que estão importantes pontos energéticos do corpo. Mantenha-se em silêncio ou ouça uma música tranquila, enquanto sente o cansaço do corpo inteiro indo embora.

Escute a música

Procure um cantinho preferido da casa, feche os olhos e escute sua música preferida. Aprecie a melodia. “Vale qualquer canção, desde que seja tranquila. Pode ser new age, instrumental ou clássica”, enumera Michael. Dê preferência àquelas que não trazem lembranças desagradáveis. Apenas escute-a.

Pés descansados

Um método antigo, e muito eficiente, para relaxar é o escalda pés. Mergulhe seus pés em uma bacia com água morna e 5 colheres (sopa) de sal grosso ou algumas gotas de essência de lavanda. No fundo, coloque

13


Atividade física

o n c s t a m E movimnte

Exercícios físicos evitam e amenizam as dores musculares no inverno Por Thayna Santos

Uma dorzinha aqui, outra ali. Bastou os termômetros baixarem para as dores nos músculos surgirem. Para combatê-las, os exercícios físicos são fundamentais. Eles ajudam a relaxar o corpo, evitando o incômodo da contração muscular e da tensão dos nervos, que resultam em dores no pescoço, pernas, joelhos, coluna, entre outros. Quem já tem dores sofre ainda mais no inverno, pois as terminações nervosas ficam mais sensíveis. Segundo o Dr. Fabio Ravaglia, do Instituto Ortopedia & Saúde, essa é a época do ano em que há mais reclamações de dores nas articulações por parte dos pacientes.

14

ento


O educador físico Gabriel Gomes, da Academia Bio Ritmo – Higienópolis, recomenda praticar exercícios acompanhados por um profissional da área, mas para começar, duas atividades podem ser inseridas na rotina. “Em primeiro lugar, o alongamento, que precisa ser feito com cuidado. E em segundo, as caminhadas, por possibilitarem gasto calórico, melhorarem a circulação e o sistema respiratório”, indica Gomes.

Alongamento

“A função é preparar o corpo para atividades mais intensas”, diz Gabriel sobre a importância do alongamento pré e pós exercícios físicos, e no combate às dores musculares. Para alongar, comece antes mesmo de se levantar da cama: apenas espreguice. E, sempre que possível, faça

o mesmo em qualquer momento do seu dia, seja no trabalho ou na escola. “Estique pernas e braços, evitando ficar muito tempo em uma só posição. A maneira correta de se alongar é observar a postura ereta, posicionando a coluna reta, alinhada com a cabeça. A partir daí, movimente braços, pernas e pescoço, esticando a musculatura e relaxando”, explica Dr. Fabio.

Caminhada

Seja determinado, se agasalhe e não deixe a preguiça e o frio atrapalharem. “Alguns cuidados precisam ser tomados para que a caminhada seja uma prática saudável. Além disso, é importante saber que, no inverno, a respiração se altera, pois o ar frio entra pelo nariz e se choca com a temperatura interna do corpo”, alerta o doutor Fabio. Concentre-se em respirar e expirar pausadamente. Caminhar ajuda a aumentar a resistência,

o que auxilia no combate ao resfriado e à gripe. Para que a caminhada seja prazerosa e, acima de tudo, benéfica, o especialista explica alguns cuidados a serem tomados: Caminhe, no mínimo, por 20 minutos. Movimentos contínuos ajudam os músculos a aquecer. O ideal é que seja praticada durante a manhã ou no fim da tarde. O exercício mexe com a musculatura e bombardeia o sangue para as extremidades. Uma maneira de esquentar os pés é deixá-los paralelos e rolar a planta do pé, ficando apoiado nas pontas e depois nos calcanhares, repetidas vezes; para as mãos, direcione a palma para cima e massageie a região do punho com o polegar, alternando a direita e a esquerda.


Em Foco

Gianne

18


Albertoni:

exemplo de boa saúde No comando das reportagens de moda do programa “Hoje em Dia”, da Rede Record, Gianne mantém uma alimentação balanceada, bebe muita água e faz aulas de muay thay Por Beatriz Salles

Vida de famosa não é fácil. Entre eventos, gravações de programa e as aulas de jornalismo, Gianne Albertoni precisa encontrar um tempo para se cuidar. Aos 30 anos, a loira de 1,80 de altura e olhos azuis exibe uma excelente forma física. Para mantê-la, não faltam em seu prato grelhados e saladas. Além da alimentação balanceada, ela pratica muay thay (boxe tailandês) três vezes por semana e faz pilates. Atualmente, Albertoni integra o time de jornalistas do programa matinal “Hoje em Dia”, da Rede Record, atração em que deixou de ser uma das apresentadoras no início deste ano, depois de uma pesquisa feita com o público, que preferia vê-la a bordo de seu fusquinha fashion comandando o quadro “De carona com a moda”, além de conferir as dicas de moda no “Dica Albertoni”. Com o convite para apresentar o matinal da Record, em 2009, Gianne, que já era formada em artes plásticas, sentiu a necessidade de cursar jornalismo. Determinada, e sempre de bem com a vida, a apresentadora agarra todas as oportunidades com muita tranquilidade e disposição.

Já fiz acupuntura, esse tipo de terapia ajuda muito a amenizar a ansiedade e melhorar diversos tipos de doença

Mundo Verde: Você consome produtos naturais? Quais deles não podem faltar no cardápio? Gianne Albertoni: Consumo. Sou adepta dos integrais, principalmente dos pães, que como regularmente no café da manhã. Também gosto de colocar aveia no meu iogurte, ela possui uma quantidade enorme de fibras, além de ser muito saborosa. MV: O que não entra de jeito nenhum na sua dieta? GA: Procuro não ser tão radical. Com disciplina na alimentação e a prática regular de exercícios, não tem segredo. Para mim, o mais importante é que a boa forma venha associada à saúde. Como de tudo um pouco e sigo a lei da compensação. Ou seja, se abuso em um dia, dou um jeito de maneirar no outro.

19


Rede Record/Divulgação

Em Foco

MV: Qual dica nutricional você daria aos leitores? GA: Comer de três em três horas. Além da alimentação balanceada, ao longo do dia como barrinhas de cereais ou bebo shakes de proteínas, que ajudam na construção da massa muscular enquanto me exercito. Outra medida importante é ter sempre em mãos uma garrafinha de água, que, além de hidratar, equilibra as funções vitais. MV: Para você, o que é ser saudável e ter qualidade de vida? GA: Acima de tudo conseguir equilibrar corpo e mente. A saúde é um elemento fundamental para o corpo e ela é determinada pelo estilo de vida que levamos, por isso não basta manter um cardápio adequado se não conseguimos administrar as emoções. É um conjunto. MV: Com uma rotina atribulada, entre estudos e malhação, como faz para manter o equilíbrio e a tranquilidade? GA: Hoje, passo a maior parte do tempo gravando meus quadros para o “Hoje em Dia” e à noite estudo, o que não é fácil, mas muito gratificante. No tempo que reservo para relaxar, faço caminhadas com o Elvis, meu cachorro.

20


MV: É adepta de alguma terapia alternativa? GA: Já fiz acupuntura, esse tipo de terapia ajuda muito a amenizar a ansiedade e melhorar diversos tipos de doenças. Mas tive que parar por conta da agenda. MV: No inverno, você toma cuidados especiais com a beleza? GA: No frio, minha principal preocupação é proteger e hidratar a pele. Passo o protetor solar no rosto e corpo diariamente para evitar rugas e manchas. Não sou do tipo que usa dezenas de cremes, mas não dispenso um bom hidratante corporal. Lavar o rosto para tirar todo o make, antes de dormir, também é fundamental.

MV: Como está sendo a produção dos quadros “De carona com a moda” e “Dica Albertoni” para o “Hoje em Dia”? GA: Participo de todo o processo, recebo inscrições dos telespectadores via produção e redes sociais e tenho que selecioná-las. Tornar a moda mais próxima das pessoas é o princípio do quadro “De carona com a moda”, que surgiu em uma conversa com a produção, por conta do meu histórico com o tema. A bordo do meu querido fusquinha, faço uso de tudo o que aprendi para poder ajudar as mulheres a melhorarem o visual. Já o “Dica Albertoni” foi uma ideia minha, dou truques e dicas básicas, acessíveis a todos.

MV: Como foi sua estreia nas passarelas? Há quanto tempo não desfila mais? GA: Estreei com 13 anos, quando o fotógrafo Sergio Duarte me viu caminhando no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e fez o convite para eu desfilar. Já estou fora das passarelas há dois anos. Foi uma ótima fase, mas parti para novos desafios. MV: Depois dos rasantes nas passarelas, você atuou em filmes e apresentou programas. Acredita que é preciso versatilidade para estar na mídia? GA: Não só isso, mas também estudo e estou em constante aprendizado. Deixei as passarelas, há mais ou menos dois anos, depois de viajar bastante e desfilar para os grandes estilistas. Naquele momento, decidi focar em uma nova carreira, estudando artes plásticas, e gravando filmes ao lado de personalidades, como meu amigo Bruno Mazzeo. MV: Já tem planos para quando concluir a faculdade de jornalismo? GA: Ainda não, estou em uma fase de aperfeiçoar. O jornalismo era um sonho antigo que consegui realizar quando comecei a gravar os programas ao vivo. O curso ajuda demais na minha carreira de repórter, e, por já estar na mídia, troco experiências com meus professores e colegas.

Purê de Frutas Sua dose diária de ritmo!

saúde todo dia

O Purê de Frutas 5aDay, é uma maneira prática e saborosa de incluir 08 tipos de frutas na sua alimentação diária. Sua receita é 100% natural, elaborada com frutas de alto teor de fibras, sem adição de açúcar, que ajudam a restaurar a flora intestinal, facilitando a digestão e controlando o apetite. Bastam duas colheres pela manhã e duas colheres à noite!

Contém: mamão, maçã, figo, abacaxi, ameixa, tamarindo, acerola e limão.

Para seu organismo funcionar como um reloginho, naturalmente. www.5aday.com.br


Comportamento

Prazer em A preocupação do Mundo Verde não está apenas em oferecer os melhores produtos, mas em proporcionar aos clientes um atendimento de excelente qualidade Por Thayna Santos

Um cliente satisfeito é garantia de indicação, mas um cliente encantado se torna fiel a marca. Por isso, o Mundo Verde instituiu a “Cultura de Servir”. Mais do que receber os consumidores, a empresa quer entender e atender as suas necessidades, a ponto de criar laços duradouros. E, como são os colaboradores que têm contato direto com o público em cada uma das lojas, o primeiro passo foi capacitá-los para transmitir essa cultura. “É importante ressaltar que, além de vender produtos, prestamos serviços aos nossos clientes”, esclarece Juliana Sarti, Coordenadora de Recursos Humanos do Mundo Verde. A “Cultura de Servir” sempre existiu na empresa, mas só foi nomeada dessa forma em 2009, após uma mudança de gestão. Hoje, ao entrar em qualquer loja da rede, os clientes têm a certeza de que os colaboradores oferecerão uma experiência de atendimento memorável, com simpatia e informação sobre todos os produtos e serviços. Tudo isso porque a escolha dos colaboradores segue um processo criterioso. O primeiro pré-requisito é gostar de servir, e o segundo — também primordial — é ter sinergia com a cultura da empresa. Segundo Juliana, o Mundo Verde contrata pessoas comunicativas, polivalen-

22

O primeiro pré-requisito é gostar de servir, e o segundo — também primordial — é ter sinergia com a cultura da empresa


tes e proativas. “É preciso que o colaborador tenha a visão de dono do negócio, vista a camisa e saiba que está integrando um time em busca de sucesso constante”.

Universidade Mundo Verde

Atualmente, a rede conta com uma média de 1.800 colaboradores. Além da capacitação oferecida antes mesmo da inauguração da loja, também está disponível a eles o acesso à Universidade Mundo Verde, um sistema virtual interativo. “Investimos fortemente nos cursos online com a intenção de desenvolver habilidades e capacitar franqueados, gerentes e funcionários”, conta Sarti. Entre as cursos disponíveis na rede, estão os de cultura de servir, técnicas de venda, entre outros. A coordenadora explica que o acesso à universidade é contabilizado por um ranking mensal. São disponibilizados de quatro a cinco cursos por mês, em uma média de 40 por ano. Como forma de estimular o aprendizado, há um programa de premiação para quem fizer mais pontos. A franqueadora do Mundo Verde vivencia a Cultura de Servir também nas relações virtuais. “Estamos sempre atentos ao que o cliente busca no site e nas redes sociais”, conta Juliana. Diante do imediatismo da web, os funcionários são capacitados para enviar respostas imediatas, tanto para os elogios quanto para as críticas.

Os cinco pilares A “Cultura de Servir” baseia-se em: Ser acolhedor – Estabelecer um ambiente confortável e cordial Ser autêntico – Ter paixão em servir e fazer com que o cliente perceba isso Ser atencioso – Dar atenção integral ao cliente na hora de atendê-lo Ser bem informado – Conhecer tudo sobre os produtos e compartilhar com os consumidores seu conhecimento. Tal prática cria uma relação de confiança e aumenta a credibilidade Ser envolvido – Dar sugestões para melhorar a estrutura da loja, seu envolvimento com a comunidade ou a qualidade do atendimento

LEIA A REVISTA HERBARIUM TAMBÉM NA INTERNET E CURTA A NOVA PÁGINA DA LINHA BIOSLIM NO FACEBOOK

www.revistaherbarium.com.br www.facebook.com/Bioslim


Receitas

Homus tahine com especiarias Ingredientes 500g de grão de bico cozido ¼ de xícara (chá) de água ¼ de xícara (chá) de tahine ¼ de xícara (chá) de suco de limão fresco 3 colheres (sobremesa) de azeite extravirgem 1 dente de alho 1 pitada de cominho ¼ de xícara (chá) de coentro fresco picado Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Em um liquidificador misture o grão de bico, a água, o tahine, o suco de limão, uma colher de azeite, o alho e o cominho. Bata até ficar cremoso. Transfira para um bowl, acrescente o coentro picado, o sal e a pimenta-do-reino. Despeje duas colheres de azeite sobre a receita e sirva com torradas integrais ou sem glúten.

Rendimento: 20 porções (20 colheres de sopa) Valor calórico por porção: aproximadamente 78 calorias O cominho e coentro possuem propriedades anti-inflamatórias e o grão de bico é rico em fibras. Flávia Morais, nutricionista da rede Mundo Verde

Smoothie de pepino,

melão cantaloupe e hortelã Ingredientes ½ pepino sem casca e picado 2 xícaras (chá) de melão cantaloupe em cubos 1 xícara (chá) de suco de maçã 2 colheres (sobremesa) de suco de limão fresco 1 punhado de folhas de hortelã Em um liquidificador bata todos os ingredientes até ficar homogêneo. Sirva em copos altos. Rendimento: 2 porções Valor calórico por porção: aproximadamente 134 calorias Flávia Morais, nutricionista da rede Mundo Verde

24

Imagens meramente ilustrativas

Modo de preparo


Sopa de abóbora com coco e curry

Modo de preparo

Ingredientes 2 colheres (sobremesa) de azeite extravirgem ½ cebola roxa picada 4 dentes de alho amassados 1 colher (chá) de gengibre fresco ralado 2 colheres (chá) de curry 1 xícara (chá) de leite de coco 1 xícara (chá) de bebida vegetal de arroz 1 e ½ xícaras (chá) de abóbora cortada em cubos, sem casca e sementes Sal e pimenta-do-reino a gosto

Em uma panela média despeje o azeite e refogue a cebola, o alho e o gengibre. Junte a abóbora e o curry. Cozinhe por um minuto. Adicione o leite de coco e a bebida vegetal de arroz. Deixe ferver. Abaixe o fogo e cozinhe por 20 minutos, ou até que a abóbora esteja macia. Corrija o sal e a pimenta. Sirva quente. Rendimento: 4 porções Valor calórico por porção: aproximadamente 180 calorias A cúrcuma, que é a base do curry, possui potencial anticâncer, destoxificante, antimicrobiano e anti-inflamatório. Flávia Morais, nutricionista da rede Mundo Verde

Biscoito de cacau Ingredientes 1 xícara (chá) de farinha de trigo integral ½ xícara (chá) de nozes picadas ½ xícara (chá) de cacau 4 colheres (sopa) de açúcar mascavo 3 colheres (sopa) de óleo de coco 1 xícara (chá) de água morna

com nozes

Modo de Preparo

Em uma tigela acrescente a farinha de trigo integral, as nozes, o cacau, o açúcar mascavo e misture. Adicione o óleo de coco e a água. Mexa bem. Enfarinhe uma mesa, abra a massa com a ajuda de um rolo e corte no formato desejado. Arrume os biscoitos em uma assadeira untada e enfarinhada. Leve ao forno médio por cerca de 30 minutos.

Rendimento: 25 unidades Valor calórico por porção: 54 kcal Viviane Pereira, nutricionista da rede Mundo Verde

25


Beleza

Ritual de

beleza Conheça alguns cuidados para manter os cabelos, a pele e o corpo saudáveis na época mais fria do ano Por Thayna Santos

A temporada de verão chegou ao fim, mas os cuidados com a beleza não. O frio também requer atenção com a pele, o corpo e os cabelos. Com as baixas temperaturas, a alimentação tende a ser mais rica em carboidratos e gorduras. O consumo de água, legumes, frutas e vegetais é menor e não há quem resista a um banho quente – fatores apontados pelos profissionais como inimigos da hidratação.

26


Cabelos

Sol, praia, piscina... Não há cabelos que resistam! Com a chegada do inverno, é a hora de recuperá-los e não de danificar ainda mais os fios. Ao tomar banhos quentes, o superaquecimento do couro cabeludo, segundo Solange Aguilera, professora de Estética e Visagismo & Terapia Capilar da Universidade Anhembi Morumbi, prejudica os cabelos. “O manto hidrolipídico, que mantém a hidratação natural, é expelido pelo excesso de água quente. Dessa forma, a proteção dos fios é retirada, enquanto acontece um efeito rebote, que traz ainda mais oleosidade ”. Solange também alerta para o uso desmedido dos secadores e recomenda os modelos termoativos. E, para combater o ressecamento, indica produtos à base de manteiga de karité e óleo de argan. “Algumas gotas de argan – que podem ser adicionadas ao condicionador – ajudam a hidratar.”

Pele

Com o frio, o simples ato de tomar banho pode prejudicar a pele, se alguns cuidados forem desconsiderados. “O ideal é usar sabonetes com ação hidratante e regular para que a temperatura da água não seja muito alta, pois o calor retira a proteção natural da pele, tornando-a ressecada”, afirma a especialista. Ela também indica o uso diário de protetor solar – mesmo que

não haja sol – e de hidratantes, seja líquido ou pomada, para o rosto, corpo, mãos, pés e, em especial, os lábios. Use batons hidratantes ou manteiga de cacau diariamente. Para finalizar, Solange destaca a importância da ingestão de água e da adoção de uma alimentação balanceada. “As pessoas devem consumir vegetais, frutas e fibras.”

Corpo

Para quem pretende fazer alguma intervenção cirúrgica, o inverno é a estação perfeita. Segundo Alexandre Barbosa, que atua como cirurgião plástico da Clínica de Cirurgia Plástica de São Paulo, as baixas temperaturas e a menor exposição solar tornam o procedimento menos dolorido. “Nessa época, as cirurgias são bem-vindas, pois há menos inchaço e a cicatrização tende a ser mais eficaz. Inclusive, é indicado fazer lifting, botox, lipoaspiração e colocação de próteses”. O especialista ressalta que tratamentos mais simples também devem ser realizados no frio, como, por exemplo, o peeling químico: “Nesse caso, como o paciente não deve submeter a pele à exposição solar, essa época é ideal”. Para quem quer cuidar do corpo dentro de casa, fazer esfoliações com produtos orgânicos ou naturais, a cada 15 dias, debaixo do chuveiro, ajuda a remover as impurezas e células mortas, deixando a pele protegida.


Ecoturismo

Cataratas

do Iguaçu Nas baixas temperaturas, o cartão-postal que divide território entre Brasil e Argentina, ganha atrativos como o florir do Ipê-Roxo e a prática de esportes radicais sob a neblina Por Simone Tavares

28


Ao som das quedas de água que chegam a 2.780 metros de largura e 80 metros de altura, visitantes admiram do alto dos elevadores ou das amplas passarelas, as Cataratas do Rio Iguaçu. Na fronteira entre Brasil e Argentina — aproximadamente 800 m no território brasileiro e 1900 m no argentino —, esse espetáculo natural atrai milhões de visitantes, em todas as estações do ano, inclusive no inverno. O vento, a garoa e a neblina criam um clima diferenciado, muito semelhante ao do inverno europeu. Iguaçu, que em tupi-guarani significa “água grande”, teve sua formação geológica há aproximadamente 150 milhões de anos, por conta de um acidente geográfico. E em 1986, foi tombada pela UNESCO como Patrimônio Nacional da Humanidade. Para visitá-la, a porta de entrada no Brasil é o Parque Nacional do Iguaçu. Com o ingresso nas mãos, o turista segue em um ônibus até o ponto alto do passeio: as grandes quedas. Começar o tour pela parte mais alta das Cataratas é a melhor opção, principalmente no inverno, quando o lugar mais concorrido é o mirante com elevadores. Pelo lado argentino, a vista é tão exuberante quanto. “Quem pretende cruzar a fronteira e admirar a paisagem do Parque Nacional Iguazú, na Argentina, precisa levar os documentos de identificação”, indica Alexandre Palmar, editor do site H2FOZ.

Românticos ou aventureiros

Com os termômetros lá em baixo, luvas, cachecóis e blusas ajudam a enfrentar o frio. Sapatos baixos são indispensáveis para fazer trilhas. Nelas, o visitante se depara com quatis, animais típicos da região, e se tiver sorte, poderá fazer cliques de espécies em extinção, como o puma e o jacaré-de-papo amarelo. A caminhada termina na mais deslumbrante das quedas, a Garganta do Diabo. Na estação mais fria do ano, o florir do Ipê-Roxo, árvore símbolo de Foz do Iguaçu, encanta, assim como o aumento da umidade, que deixa o cheirinho de mato ainda mais evidente. Formada em comércio exterior, Mônica Carreteio visitou as Cataratas, pela segunda vez, no inverno de 2011, na companhia do namorado Edson Moraes. “Foi tão encantador quanto no verão. O friozinho deu o clima romântico, muito difícil de encontrar em outras regiões do Brasil”, comenta. Já para quem quer liberar a adrenalina, o melhor é fazer um rapel até a plataforma principal. Enfrentar a correnteza do Rio Iguaçu em um rafting também é uma emoção única. A descida de 4 km — dois pelas corredeiras e dois por águas calmas — será coordenada por um piloto experiente. Com ou sem emoção, o que vale é vivenciar esse verdadeiro espetáculo da natureza.

29


Acontece

Superalimento A Chia, grande aliada da saúde, está disponível nas prateleiras das lojas Mundo Verde. Esse grão poderoso, rico em fibra e proteínas, contém quantidades significativas de vitaminas e minerais, além de estar entre as principais fontes vegetais de ômega 3. Ao consumir a Chia em pães, bolos ou iogurtes, ela fará muito bem ao cérebro e ao coração.

Mundo Verde apresenta o Equaliv Licopeno Na forma de cápsulas gelatinosas, o Equaliv Licopeno é um extrato concentrado de licopeno, que associado a uma alimentação balanceada e hábitos de vida saudáveis, desempenha ação antioxidante no combate ao envelhecimento precoce e estimula a pigmentação da pele. Ele também previne o câncer e ajuda na boa saúde do coração. Sempre atenta as novidades, a rede Mundo Verde já disponibiliza o produto aos seus clientes. Para os celíacos, a boa notícia é que não contém glúten.

Cacau para o bem do coração Resistir a um chocolate é uma tarefa árdua, e nem tão necessária assim, já que a Rede Mundo Verde traz uma boa notícia: segundo especialistas, o chocolate amargo faz bem à saúde. Isso porque a semente do cacau, presente em grande quantidade na composição, tem vitaminas e complexo B, responsáveis por manter a saúde do sistema nervoso e gastrointestinal, e promover o aumento da serotonina, responsável pela sensação de bem-estar. Vale lembrar que o cacau em pó tem as mesmas propriedades. Para melhorar o sabor, basta adicionar canela em pó.

30

Como se proteger das gripes, resfriados e outras doenças respiratórias?

Uma alimentação rica em nutrientes melhora a imunidade e ajuda o organismo a atacar vírus e bactérias que causam infecções respiratórias. O cardápio deve ser rico em frutas, legumes e verduras – fontes de vitaminas e minerais. Não podemos esquecer a ingestão de líquidos para melhorar sintomas de nariz entupido e coriza. Outros alimentos que podem ajudar são:

Geleia real: combate as infecções de vírus e bactérias e estimula o sistema imunológico.

Probióticos: micro-organismos vivos que recuperam a microbiota intestinal e ajudam no combate a vírus e bactérias. Óleo de coco: possui atividade antiviral e antibacteriana devido à presença dos ácidos láurico e caprílico. É também um estimulante do sistema imunológico Viviane Pereira Nutricionista da rede Mundo Verde


Mundo Verde 10  

Revista da loja Mundo Verde

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you