Page 61

No entanto Newer lembra que: “[...] os reclusos, qualquer que seja a sua inclinação anti-social ou violenta,

51

GONÇALVES 1999, p. 79

são sensíveis às condições humanas […] sendo importante para eles serem tratados como seres humanos e não como animais, e isso influência o nível de hostilidades de uma prisão.”51 O espaço prisional intervém de forma decisiva na reintegração ou revolta do recluso, criando as condições espaciais necessárias para o tornar mais ou menos violento e oprimido, ao mesmo tempo que responde à intenção básica de um edifício prisional – impedir a fuga e isolar o recluso, por um tempo determinado e objectivo, perante a sociedade. Esta abordagem que agora concluo visa a construção de um cenário histórico e tipológico que auxilie o desenho de um projecto que não pode, de forma alguma, ignorar a realidade estudada neste texto, tentando absorver as qualidades, ao mesmo tempo que evita as falhas programáticas, formais e conceptuais observadas ao longo da história.

051

these  

Prova final em arquitectura na FAUP - 2006_2008

these  

Prova final em arquitectura na FAUP - 2006_2008

Advertisement