Issuu on Google+

Símbolo H C O N Na K Ca Cl Mg Al S F Fe P Cu Ag Au Pb Hg Zn Ne He Li I Br Ar

Nome do elemento químico Hidrogénio Carbono Oxigénio Azoto Sódio Potássio Cálcio Cloro Magnésio Alumínio Enxofre Flúor Ferro Fósforo Cobre Prata Ouro Chumbo Mercúrio Zinco Néon Hélio Lítio Iodo Berílio Árgon

Físico-Química Fórmula iónica CO32ClPO43HoNO3O2SO42Al3+ NH4+ Ca2+ Mg2+ K+ Na+ H+ Quais são as características do som? Altura, intensidade e timbre.

Nome Carbonato Cloreto Fosfato Hidróxido Nitrato Óxido Sulfato Alumínio Amónio Cálcio Magnésio Potássio Sódio Hidrogénio


Altura -

está relacionada com a frequência; menor frequência, som mais baixo e mais grave; maior frequência, som mais alto e mais agudo

Intensidade -

está relacionada com a amplitude; menor amplitude, som menos intenso e mais fraco; maior amplitude, som mais intenso e mais forte

Timbre -

distingue notas musicais ou vozes emitidas por instrumentos diferentes ou pessoas diferentes.

Espetro sonoro

dB, decibel – unidade de medida de nível sonoro sonómetro – instrumento de medida de nível sonoro Eco Quando o som emitido e o som refletido são ouvidos como distintos, ou seja, têm entre eles um intervalo de tempo superior a 0,1s. A distância mínima a que um obstáculo deve encontrar-se para que aconteça um eco é de 17 metros. Reverberação Persistência do som após a fonte sonora ter parado de o emitir. Refração do som Diz-se que o som sofre refração quando muda de direção de propagação, devido a passar de um meio material para outro (por exemplo, do ar para a água). Difração do som A distorção da propagação rectilínea do som, quando contorna um obstáculo, chama-se difração do som. Quais são as propriedades do som? 1. Reflexão: eco e reverberação 2. Refração 3. Difração Efeito de Doppler O som ao aproximar-se de um recetor é cada vez mais agudo (maior frequência) e ao afastar-se é cada vez mais grave (menor frequência). Indicas algumas das aplicações do som.


Estetoscópio, ecografia, eco-localização, sonar, rádio (...) A luz pode ser explicada através de 2 teorias. Quais? -

Teoria ondulatória Teoria corpuscular

Teoria ondulatória -

Criada por Christian Huygens; A luz é uma manifestação de energia; A luz propaga-se por ondas eletromagnéticas; A frequências diferentes correspondem cores diferentes

Teoria corpuscular -

Criada por Isaac Newton; A luz é constituída por pequenas partículas – os fotões.

Conclusão A luz comporta-se como determinados fenómenos e noutros fenómenos: partícula.

uma onda em como uma partícula dualidade onda-

Incandescência – estas determinadas cores estejam.

fontes emitem luz de conforme a temperatura a que

Iluminescência - estas animais, recebem energia luminosa.

fontes que podem ser objetos ou do exterior e emitem energia


LASER – Light Amplification by Stimulated Emition of Radiation São fontes de luz que produzem feixes de radiações (visíveis ou não) e que tem diversas aplicações. Propagação da luz -

a luz propaga-se em todos os meios, até no vazio; a velocidade da luz é superior à velocidade do som; c representa a velocidade de propagação da luz no vazio (no ar); c = 3x108 m/s; a luz propaga-se em linha reta, exceto se encontrar um obstáculo ou um meio não homogéneo

NOTA: Ver esquema lição nº 64 Quais são os meios de propagação da luz? Transparentes, translúcidos e opacos. Transparentes Deixam passar toda a luz. Ex.: vidro incolor Translúcidos Deixam passar parte da luz. Ex.: vidro de cor Opacos Não deixam passar nenhuma luz. Ex.: parede de betão O que são lentes? São meios transparentes que desviam os raios de luz que as atravessam. Podem ser: convexas (convergentes) ou côncavas (divergentes). Podem ser caracterizadas pela sua potência. Como obtemos a potência de uma lente? A potência de uma lente é dada pelo inverso da distância focal.

P – potência da lente (D) f – distância focal (m) NOTA: A potencia de uma lente exprime-se em dioptrias, D. CONCLUSÃO: -

NOTA: ver esquemas lição nº 65

Uma lente convexa tem um valor positivo para a potência. Uma lente côncava tem um valor negativo para a potência.

1nm = 1 nanometro = 1x10-9 m 1 A = 1 angstron = 1x10-10 m



Físico-química :)))