Issuu on Google+

04

09 Enquete

Victorino Sartori

O que você acredita que possa ser melhorado nesta região?

Parque do Guarujá em situação precária Mesmo após poucos meses de inauguração, vândalos utilizavam do parque para divertimento sem graça e com alto custo para a população. Aline Nascimento

Falta de calçadas na Rua da Amizade e os carros em alta velocidade. É perigoso principalmente no horário de saída das crianças da escola. Ana Luiza de Oliveira Santos Mostácio, 53 anos – Zeladora

Aqui no bairro nós precisamos de asfalto e também é necessário uma agência bancária. Marlene Aparecida de Souza Lima, 42 anos – Comerciante

Precisa de asfalto no bairro 14 de novembro e médicos no posto de saúde. Marilza Isabel Correia, 39 anos - Auxiliar de Produção

Precisamos do asfalto que foi prometido há 2 anos no Jardim Montreal, muita poeira e barro em dia de chuva. Falta também ônibus e orelhão. Valdinéia Florêncio dos Santos, 38 anos – Cozinheira

Nós precisamos de mais policiamento, semáforo na Rua da Amizade e asfalto. Jefferson Eduardo Gonçalves, 13 anos – Estudante

Moro aqui há 26 anos e o que precisamos é Eu acho que a segurança no bairro está boa. de mais segurança. Cristiane Aparecida de Maria Fátima Medina, 32 anos – Souza, 27 anos – Do Lar Comerciante

Fotos: Aline Nascimento

Segurança e o alargamento da Rua da Amizade, devido o movimento principalmente nos horários de saída dos alunos da escola. Maria Helena Aires, 52 anos – Comerciante

Um exemplo de descuido do bem público é a sujeira no lago, que um dia havia peixes, e a nascente de água que hoje só resta o piso irregular

Hoje, com quase nove anos do parque a situação não melhorou. Muito pelo ao contrario, a parte principal do parque está totalmente esquecida pelas autoridades e constantemente lembrada pela população e vândalos. Um exemplo de abandono é o lago, que havia peixes, vegetação aquática, e sem poluição que até o fundo dava para ver. Hoje só resta lixo, sujeira, e mal da pra ver os pequeninos peixes que heroicamente resistem à poluição. O parque infantil que tinha balanço, escorregador, brinquedo de escalar e areia para as crianças brincarem, hoje só resta balanço e um escorregador que os moradores da proximidade fazem questão de cuidar para não ser também destruído.

Areia não existe mais, só resta mato e barro. Alguém lembra do “Cantinho do chimarrão Chimarrodromo”? Um espaço gostoso com bancos, embaixo de várias árvores, fazendo sombra enquanto os pais tomavam conta dos filhos aproveitando para tomar chimarrão, ou mesmo para no final da tarde reunir os vizinhos e descansar colocando os papos em dia. Hoje só resta abandono, sujeira, e há quem diga que mudou o nome para “Fumodromo”. A nascente de água que muitos um dia bebeu direto dela, hoje é só destruição, sujeira, e piso irregular não falta, além dos clorofórmios fecais. Há muito tempo o parque não recebe a visita de uma vassoura. A segunda entrada do parque é pela Rua das Azaléias, lá ainda há bancos, mas é só um atrativo para quem quiser andar pelo bairro, escutar o barulho da água, e fechar os olhos para a sujeira.

Fique atento com as datas de vacinação contra a Influenza

Divulgação

O Parque Ambiental Victorino Sartori localizado no bairro Guarujá, com a entrada principal no término da Rua das Flores, esquina com a Rua dos Narcisos, inaugurado no dia 14 de setembro de 2002, com mais de 7.000 m² (só na primeira parte do parque), foi construído visando revitalizar as nascentes do perímetro urbano de Cascavel, fazendo com que a população tenha um local tranquilo e agradável para passar as tardes de domingo, e finais de tarde depois de um dia de trabalho, infelizmente durou por pouco tempo. Mesmo após poucos meses de inauguração, vândalos utilizavam do parque para divertimento sem graça e com alto custo para a população.

Pessoas acima de 60 anos tem a prioridade para a vacinação

Atenção pessoas acima de 60 anos, profissionais da área de saúde, crianças de seis meses completos a dois anos incompletos, gestantes e povos indígenas, a data para vacinação priorizando esses grupos acaba no dia 13 de maio. Com o inicio da campanha de vacinação contra a Influenza, a secretaria começou a campanha no dia 25 de abril, sendo que o Dia D aconteceu no dia 30 de abril. Até o momento mais de 12mil pessoas desses grupos foram

imunizados, o esperado até o dia 13 de maio, é de 38.535 doses aplicadas. Caso você ainda não tomou a vacina, ainda há tempo. É de extrema importância que todas as pessoas que integram os grupos de vacinação procurem uma Unidade Básica de Saúde até o término da campanha com a carteirinha de vacinação e o RG (ou a certidão de nascimento). E atenção, crianças tem que tomar duas doses. A segunda dose é aplicada após 30 dias de vacinação.


cascavel 04 PDF