Issuu on Google+

4º edição Junho | 2014

Informativo

Edição Especial Copa 2014

Nesta edição! Exoesqueleto fará paraplégico chutar bola na Copa


4º edição Junho | 2014

Informativo

Edição Especial Copa 2014

Fisioterapia preventiva para principais lesões sofridas por atletas

Em vésperas de Copa do Mundo, atletas se preparam para minimizar os riscos de sofrer algum tipo de lesão em campo, para isso, contam com preparação junto de fisioterapeutas para garantir o condicionamento físico e representar o Brasil em casa. A fisioterapia preventiva é fundamental para todos os atletas, jogadores de futebol, corredores, tenistas, nadadores, jogadores de basquete, lutadores e jogadores de vôlei, sem exceção, precisam estar em dia com a musculação e alongamentos para prevenir o sofrimento de lesões.

4º edição Junho | 2014

Informativo

Edição Especial Copa 2014

Tratamento de rompimento do tendão patelar é feito pela fisioterapia desportiva

Pouco frequente de acontecer, as rupturas do tendão patelar são incapacitantes, para prevenção de lesões desse grau é necessário a realização de musculação e condicionamento físico. Fundamental para a movimentação do joelho, o tendão patelar é o ligamento que conecta dois ossos - a patela e a tíbia – que integra o aparelho extensor do joelho.

São as mais comuns de acontecerem:

Entorse: Ocorre quando há uma torção da articulação, um movimento brusco, um golpe ou uma queda. Contusão: São contusões as lesões nos tecidos ocasionadas por alguma forte batida. Luxação: A luxação é acompanhada de inchaços e hematomas, quando há o deslocamento das articulações de sua posição normal. Fraturas: Quando um osso é rompido, as fraturas podem ser fechadas ou expostas, podem ocorrer hematomas, inchaço no local, e, em casos mais graves, hemorragias. Distensão: Ocorre quando um músculo é esticado em demasia e a fibra muscular é rompida. Cãibra: Muito dolorosa, a cãibra é um espasmo, ou seja, uma contratura involuntária do músculo, podendo durar segundos ou até minutos. Tendinite: Quando ocorre a inflamação do tendão, pois, com o passar do tempo, é normal o tendão se desgastar e acabar com a perda da elasticidade.

A lesão foi muito difundida em 1999, quando Ronaldo Nazário de Lima, (foto acima) - na época atacante do Inter de Milão - rompeu parte do tendão patelar de seu joelho direito durante partida no Campeonato Italiano. O jogador ficou afastado por cinco meses dos campos para tratamento. Em 2008, o “Fenômeno”, reviveu a lesão, desta vez, o joelho atingido foi o esquerdo. Quando a lesão ocorre, o joelho apresenta deformidade, com inchaço, hematoma e incapacidade de locomoção, a fisioterapia desportiva deve ser iniciada e o repouso se faz necessário em casos como esses, assim como a imobilização e compressão. Dependendo da gravidade da lesão, uma intervnção cirúrgica é necessária, e a fisioterapia irá auxiliar a recuperação no pós-operatório.

Fisioterapia preventiva no esporte

Os alongamentos realizados pelo fisioterapeuta são essenciais para a prevenção de algum tipo de lesão no corpo do atleta, a musculação deve ser constante e ser parte da rotina de atletas profissionais e amadores. A fisioterapia irá promover o fortalecimento muscular para prevenir o aparecimento 2 de possíveis lesões.

O tratamento da fisioterapia é baseado em exercícios para ganho de força muscular, com objetivo de encorajar o uso do membro afetado, diminuir o processo inflamatório, alíviar dores, treinar a coordenação e equilíbrio. Através de condicionamento fisico adequado é feita a prevenção e estabilização das articulações do joelho, com acompanhamento de um fisioterapeuta.

3


Informativo

4º edição Junho | 2014

Edição Especial Copa 2014

4


Central da Fisioterapia | 4º edição informativo