Page 1

Rio do Sul, 21 de junho de 2011 - Ano 1 - Nº 7 - Adove Assessoria de Comunicação - Jornal Folha do Alto Vale

2 Seja consciente no supermercado: economize embalagens

3 Empresas grandes ou pequenas podem ser sustentáveis com ações simples

4 Programa de Sustentação do Investimento contempla biodiversidade


2 Cidades Sustentáveis, este é o tema do prêmio Jovem Cientista 2011, que também vai estar na sétima edição do Caderno Sustentável. O caderno Sustentável

Prêmio Jovem Cientista premiará projeto de Cidades Sustentáveis

traz para você dicas de sustentabilidade, esta é uma maneira de alertar as pessoas e as empresas a se preocuparem com o meio ambiente e a sociedade O caderno Sustentável destaca a importância de que todas as camadas da sociedade contribuam, mesmo que através de simples atitudes, como a coleta seletiva, armazenagem e descarte correto do lixo e uso de biocombustíveis, pois todas essas pequenas ações geram um resultado sustentável gigantesco. Porém, não bastam apenas grandes medidas para solucionar os problemas ambientais, é de fundamental importância que cada um de nós faça sua parte. Medidas ecologicamente corretas adotadas em casa e pequenos trabalhos sociais também fazem a diferença e colaboram para que

Estudantes têm até o dia 31 de agosto para se inscrever no 25° Prêmio Jovem Cientista, promovido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação Roberto Marinho, a Gerdau e a General Electric do Brasil (GE). O primeiro lugar ganhará R$ 30 mil, o segundo lugar R$ 20 mil e o terceiro lugar R$ 15 mil. O tema deste ano é "Cidades Sustentáveis". São quatro as categorias – graduado, estudante de ensino superior, estudante de ensino médio e mérito institucional – que entrarão na corrida pelo projeto que melhor solucione os problemas brasileiros. Há também a categoria de menção honrosa, para pesquisador com título de doutor com destaque em sua

trajetória na área relacionada ao tema da premiação. A entrega da premiação será realizada pela presidente da República, Dilma

Rouseff. Inscrições e regulamento podem ser acessados pelo site www.jovemcientista.org.br.

tenhamos uma vida mais justa e mais saudável

Dica: Seja consciente no supermercado: economize embalagens A Rede Mastervale buscando contribuir para a redução do lixo produzido orienta os consumidores a buscarem alternativas nos supermercados, para diminuir o uso de embalagens. A energia usada para fabricar uma única lata de refrigerante é a mesma que a sua televisão utiliza se passar 172 horas ligadas. O queijo fatiado, por exemplo, não precisa de bandeja de isopor nem de filme plástico. E, afinal, para que usar uma sacola de plástico para cada três produtos? Para pequenas compras, por exemplo, você pode levar sua sacola de casa. - Compre somente o necessário para não haver desperdício; - Procure adquirir produtos cuja embalagem seja reciclável ; - Prefira embalagens de vidro e bolsas de pano do que as de plástico; - Destine embalagens secas já utilizadas para guardar outros produtos, quando possível. Leve sua própria sacola ao fazer compras Com essa atitude, você deixará de usar (e posteriormente, descartar) vários sacos plásticos. Se não for possível, procure encher bem os saquinhos para reduzir a quantidade dos que você leva para casa e que vão parar no lixo.

Redação e Edição Adove Assessoria de Comunicação e Imprensa

Rua: Herculano Teixeira Nunes, 105 Centro - Rio do Su - SC Jornalistas Responsáveis: Karine Sabino Lucilene Juncek Máira Daniela da Costa

Diagramação: Istela Capristano Imagens: Arquivo Digital Adove Contato: assessoria@adove.com.br Telefonme: (47) 3521-7146


3 Empresas grandes ou pequenas podem ser sustentáveis com ações simples Para ser sustentável, a empresa deve ser capaz de manter sua lucratividade e sua saúde financeira mesmo atuando positivamente em prol da comunidade e preocupando-se em eliminar, reduzir ou minimizar os danos que possa estar provocando no meio ambiente durante o seu processo produtivo ou de prestação de serviços. De certa forma; ser uma empresa sustentável significa aplicar uma série de ações ou planejar novas formas de agir que enquadrem a empresa como sustentável. E isso é plenamente acessível a qualquer instituição; por menor que seja o seu porte. Ser uma empresa sustentável é realmente o objetivo maior de qualquer grande empresa ou corporação. Contudo, isso se deve apenas ao fato de que essas grandes empresas estão muito mais

Ações que micro-empresas que fazem a diferença Para as micro-empresas é possível tomar algumas medidas simples que lhe proporcionarão uma excelente lucratividade e um diferencial de mercado muito positivo. Exemplos adotados por empresas, como a G2KA Sistemas, de Blumenau, que separa e recicla o lixo são uma forma de mostrar a preocupação. Já a Indústria e Comércio Oliveira trata todos os efluentes e resíduos que possam ter sido gerados durante o processo produtivo de suas instalações. Ações que apóiam e fomentem iniciativas de defesa do meio ambiente e de proteção aos recursos naturais e seu uso racional também são ações que podem ser desenvolvidas nas empresas. Pagar os direitos trabalhistas corretamente e um salário que seja digno e apropriado para as atividades de cada um dos trabalhadores é uma prática obrigatória e que geram um bom conceito de sustentabilidade. Manter sempre os supervisores atentos às condições da segurança no ambiente de trabalho e da importância do uso dos equipamentos de proteção em todas as ocasiões. É ainda muito importante que a empresa ofereça apoio a movimentos sociais locais e atuar em conjunto com os anseios da comunidade em que está inserido o seu negócio.

preparadas e em condições de responder rapidamente as demandas do mercado do que as empresas de pequeno porte ou as microempresas. Por isso; é normal que as modificações e as ações que visem transformar essas empresas em negócios sustentáveis tenham começado pelas grandes corporações. Mas, uma empresa sustentável pode ser de qualquer tamanho. Afinal de contas, de nada adianta ser considerada uma empresa sustentável e fechar as portas porque não há lucratividade suficiente para remunerar os sócios ou dar uma condição de vida satisfatória a seus empregados. Pois tudo que é criado no mundo dos negócios deve, antes de qualquer coisa, gerar lucro para manter-se atrativo.


4 Educação Ambiental ? Ambiente limpo é aquele que menos se suja e não aquele que mais se limpa... Chico Xavier. Fico me perguntando, até quando ensinaremos nossas crianças de maneira convencional a cuidarem do meio ambiente. Pelo menos é o assunto do momento. Tema de campanhas premiadas que fazem com que crianças levem toneladas de lixo (recicláveis) para seus colégios. Não deveríamos premiar aqueles que produzam menos lixo? E aos outros o premio porcalhão? Não seria um golpe ao capitalismo, uma mudança no comportamento da compra de produtos que possam gerar menos resíduos? Até quando ensinaremos nossas crianças de que o lobo mal é perverso? Comeu a vovozinha e depois foi morto pelos caçadores. Deveriam terme contado esta história da forma correta, onde o lobo está no topo da cadeia alimentar. Já a vovozinha final de carreira. A neta, Chapeuzinho Vermelho no mínimo negligente com a tarefa de cuidar da tal velhinha. Já os caçadores, estes sim os verdadeiros vilões. Cometendo crime ambiental contra a fauna, porte ilegal de arma e por ai vai. E ainda queremos falar em desarmamento. Pura utopia! Temos que olhar o mundo de uma forma holística, onde as partes fazem parte do todo. Luiz Carlos Zico Ledra. Agência do Meio Ambiente - AMA

Programa de Sustentação do Investimento contempla biodiversidade A diretoria da FINEP estabeleceu prazos para execução do montante de 1,75 bilhão, proveniente do Programa de Sustentação do Investimento (PSI 3), voltado à inovação. A meta é contratar até julho deste ano cerca de 120 projetos, com prioridade em áreas consideradas prioritárias como energia, saúde, tecnologias da informação e comunicação, sustentabilidade ambiental e biodiversidade. Apesar desse foco, não está descartado apoio a outros setores da economia. De acordo com o diretor da Paradigma, Salézio João de Souza, o recurso vai ser voltado para médias e grandes empresas. “O valor mínimo de solicitação de crédito foi estipulado em R$ 1 milhão. Os recursos do PSI serão aplicados por intermédio do Programa Inova Brasil, voltado a médias e grandes empresas”, explica. O Programa FINEP Inova Brasil, de incentivo à inovação nas empresas brasileiras, foi instituído com o nome de PróInovação e com sete linhas, agora há apenas três linhas, porém com um conceito mais abrangente, sem o recorte setorial e com uma configuração mais integrada. “As taxas continuam indo de 4% a 8%, mas

os prazos mudaram, e para melhor. Antes eram de 100 meses com carência de 20 meses e agora podem ir até 120 meses e ter até 36 meses de carência, conforme a linha” relata Salézio. O PSI foi criado em julho de 2009 com o objetivo de estimular a produção, a aquisição e a exportação de bens de capital e a inovação tecnológica. Há três subcategorias dentro do PSI. São as linhas de crédito para aquisição de bens de capital, para inovação e para préembarque de exportações.

Caderno Sustentável - 7ª Edição  
Advertisement