Page 34

Dr. Duarte Amandio

passassem, também, a controlar as cadeias

liberalização do mercado de transportes, que

do Presidente da Direcção da ADFER,

e pirâmides de valor, com vista a assegurar

tem tido algum sucesso a nível europeu.

Senhor Engº Arménio Matias.

o relacionamento e a fidelização do cliente

Por outro lado, a assumpção do

Quero ainda, em nome da Comissão

final.

desenvolvimento sustentável como

Executiva, agradecer a todos os

Apesar de, num ou noutro caso, algumas

emanação do conceito de crescimento

patrocinadores às pessoas que connosco

empresas e grupos nacionais já controlarem

económico irá influenciar, certamente, a

têm colaborado assim como à presença da

segmentos mais ou menos importantes

repartição modal e deverá ser assumida de

Comunicação Social, fazendo votos para

dessas cadeias, não são ainda suficientes as

forma a não comprometer a competitividade

que transmita à opinião pública informação

que participam, no entanto, na gestão da

económica.

de qualidade de maneira a sensibilizá-la,

Cadeia de Abastecimento global.

O reequilíbrio entre modos, constituirá o

mais e melhor, sobre a importância deste

Como o tema deste Congresso vai além da

núcleo dessa estratégia e a base da política

sector de actividade.

análise dos Transportes, incluindo,

comum de transportes, tendo no entanto

Por último, quero desejar os maiores

deliberadamente a Logística, devemos,

sempre em conta a relação custo/benefício

sucessos para este Congresso. Na Sessão

então, preocuparmo-nos com o sistema

desta estratégia devendo, sem dúvida,

de Encerramento apresentar-se-ão as

integrado no seu todo.

incluir a internalização das externalidades na

conclusões, que espero, possam vir a ser um

Nestas condições, ficar satisfeito apenas

consideração dos referidos «trade-offs».

bom contributo para a política de transporte

com a diminuição dos custos de transporte,

Hoje, outro factor a ter em conta é, sem

de mercadorias e da logística em Portugal.

poderia equivaler a aumentar o «trade-off»

dúvida, o da segurança (Safety & Security)

ou seja o custo total do sistema logístico e do

em toda a sua dimensão, como um factor

produto; e isso, conforme se compreende,

indispensável qualitativo da fiabilidade e da

não corresponderia a uma vantagem

competitividade dos sistemas agora globais.

competitiva. Trata-se pois de saber gerir

Pensamos, também, que o Estado deverá

fluxos, interfaces e «trade-offs»:

acentuar a sua função reguladora e

Sessão C - Impacto da liberalização na

fiscalizadora, bem como a criação de um

Prestação do Serviço de Transporte de

adequado Quadro legal, para cada sector,

Mercadorias.

que conduza por um lado a uma maior

A liberalização, não se encontra

flexibilização

completamente consolidada em todos os

complementaridade possível, ou seja,

modos de transporte, estando mais

àquela que potencie maior valor

avançada nuns que noutros. No caso do

acrescentado e vantagem competitiva.

transporte aéreo e ferroviário e nos sectores

Senhores Congressistas:

aeroportuários e portuário essa fase está

Gostaria também de informar que

ainda a ser processada e em curso.

paralelamente ao nosso Congresso está a

São desafios, e ao mesmo tempo

decorrer um excelente “Workshop” onde

oportunidades para os empresários e,

algumas empresas apresentam o seu

também, uma mudança necessária pelo

“stand” e, espero que os Senhores

impacto que certamente terá no

Congressistas tenham a oportunidade de

desenvolvimento dos transportes em

visitar.

Portugal, à semelhança do que já acontece

Foi neste enquadramento e com este

nalguns países europeus.

objectivo, que estruturámos o presente

Sessão D - Que política para o transporte

Congresso, onde também estão

de mercadorias e a logísitica em Portugal.

representadas as principais Associações

O Livro Branco “Política Europeia de

Empresariais do sector.

Transportes rumo a 2010” preconiza uma

Também como Presidente da Comissão

orientação

e,

por

outro,

à

política ao nível comunitário.

Executiva gostaria de agradecer o trabalho e

Nesse sentido, Portugal não pode deixar de

o empenhamento de toda a Comissão,

estar em sintonia com essa política,

nomeadamente do seu Secretário Geral Sr.

especificamente no que concerne à

Engº Fernando Mota, bem como todo o apoio

21 5º Congresso Nacional: O Transporte de Mercadorias Liberalízação e Logistica

Revista FERXXI - 5º Congresso Nacional - Teses  

Publicação relacionada com sistemas de transporte. Realizada pela ADFER - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Ferroviário. Speciali...

Revista FERXXI - 5º Congresso Nacional - Teses  

Publicação relacionada com sistemas de transporte. Realizada pela ADFER - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Ferroviário. Speciali...

Profile for adfer
Advertisement