Page 1

À Descoberta d’Elvas


Aqueduto da Amoreira

A solução encontrada foi construir um aqueduto que ligaria a os arrabaldes, situados no local da Amoreira, ao Largo da Misericórdia, no centro da cidade. As obras começaram no ano de 1537, projectadas pelo do arquitecto Francisco Arruda, também autor do Aqueduto da Água de Prata em Évora. A construção só foi finalizada no ano de 1622, tendo sofrido várias interrupções, tanto por falta de fundos como para remodelação do projecto.

Visite este monumento

no Blog

O Aqueduto da Amoreira, também conhecido pelos locais por “Arcos da Amoreira”, é o Ex Libris da cidade de Elvas. Composto por mais de cinco arcadas e torres de 31m de altura, é um monumento magnífico e imponente, considerado o maior aqueduto da Península Ibérica com 8,5km de extensão. A porção mais visivel cruza o vale de S. Francisco, da calçadinha às Portas de Nossa Senhora da Conceição. A porção mais visivel cruza o vale de S. Francisco, da calçadinha às Portas de NossaSenhoradaConceição(mapa). Durante a época de ocupação árabe, a única fonte de água disponível dentro da cidade era o Poço de Alcalá. No entanto, no século XV, devido ao aumento da população residente no interior das muralhas, o pequeno poço tornou-se insuficiente para abastecer a cidade.

Exp  

Experiencia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you