Page 1

Não jogue em vias públicas. Mantenha a cidade limpa! Americana, Novembro de 2010 Ano 1, Nº 4 Tiragem: 3000

Anuncie:

(19)9184-8529 (19)3407-3867 jornalmuitomais@gmail.com

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA NOS BAIRROS: Werner Plaas, Jd. Colina, Frezzarin, Jd. Ipiranga, Vila Nova Americana, Cordenonsi, Jardim Santana e Vila Medon.


Página 2

Americana - Edição 4

O BONDOSO BANQUEIRO

UM VENDEDOR MALUCO

Certa tarde, um banqueiro ia para casa em sua limousine quando viu dois homens à beira da estrada, comendo grama. Ordenou ao seu motorista que parasse e, saindo, perguntou a um deles:

Uma dona de casa, num pequeno vilarejo, atende as palmas na porta.

– Por que vocês estão comendo grama?

- Ô de casa, estou entrando!

– Não temos dinheiro para comida. – disse o pobre homem – Por isso temos que comer grama.

Ela se depara com um homem entrando em sua casa e jogando esterco de cavalo em seu tapete da sala. A mulher, indignada, pergunta:

– Bem, então venham à minha casa e eu lhes darei de comer. – disse o banqueiro. – Obrigado! Mas tenho mulher e dois filhos comigo. Estão ali, debaixo daquela árvore. – Que venham também! – disse novamente banqueiro. E, voltando- se para o outro homem, disse-lhe: – Você também pode vir. O homem, com uma voz muito sumida disse: – Mas, senhor, eu também tenho esposa e seis filhos comigo! – Pois que venham também. – respondeu o banqueiro- E entraram todos no enorme e luxuoso carro.

Vendas: Giuliano Vendramini GM & GV Produções Televisivas LTDA. Este jornal é publicado mensalmente com distribuição na cidade de Americana. As informações contidas nos anúncios são de responsabilidade dos anunciantes.

- Boa tarde! Eu estou oferecendo, ao vivo, o meu produto, e eu provo pra senhora que os nossos aspiradores são os melhores e mais eficientes do mercado! Tanto é que vou fazer um desafio: se eu não conseguir aspirar todo este esterco de seu tapete, prometo que irei comê-lo! A mulher se retirou para a cozinha, sem falar nada. O vendedor, curioso, perguntou:

– O senhor é muito bom. Obrigado por nos levar!

- Aonde a senhora vai? Não vai ver a eficiência do meu produto?

– Meu caro, não tenha vergonha, fico muito feliz por fazê-lo! Vocês vão ficar encantados com a minha casa, e além do mais, a grama está com mais de 20 centímetros de altura!

Direção Geral: Giuliano Vendramini Diagramação: Gustavo Maçana

O vendedor, sem deixar a mulher falar, responde:

Uma vez a caminho, um dos homens olhou timidamente o banqueiro e disse:

O banqueiro respondeu:

Jornalista Responsável: Danila Silveira (MTB: 51.683)

- O senhor está maluco? O que pensa que está fazendo em meu tapete?

A mulher responde: - Vou pegar uma colher, sal, pimenta e guardanapo, porque não temos eletricidade nesta casa.


Americana - Edição 4

Giuliano Vendramini

Formado em Comunicação Social e fanático por esportes

A Copa do Mundo é uma boa para o Brasil? Olá amigos! Que o Brasil será sede da Copa de 2014, todos nós sabemos, mas será que é bom para o país sediar um evento de tamanha importância como uma Copa do Mundo? A estimativa de custo para a reforma do Maracanã é de R$700 milhões. Com essa grana toda, daria para construir um mega estádio; será que ao invés de reformar o Maracanã não seria mais viável demolir o estádio para a construção de um novo? Sempre vai ter aqueles que vão ser contra, dizendo que “não pode derrubar o Maracanã, pois é um templo do futebol brasileiro e do futebol mundial!”. Isso é balela; Wembley, na Inglaterra, também era um templo sagrado do futebol e o demoliram. No lugar foi construído um novo Wembley, muito mais bonito e moderno, e nem por isso as glórias do passado foram esquecidas. Outro problema serão os elefantes brancos que serão deixados após a realização da Copa do Mundo. Fazer um estádio em Manaus, Cuiabá, Brasília, Natal. Quem joga em Manaus? Tenho muito respeito pelas cidades, pois são capitais de ótimos estados brasileiros, mas em termos de futebol pouco representam ao cenário atual do esporte e não possuem times na principal divisão do campeonato brasileiro. Muitos vão falar que é um plano da FIFA de levar futebol para toda a população brasileira. Sinceramente, em todos os cantos do Brasil, do Oiapoque ao Chuí, conhecem muito bem o esporte futebol. Só para lembrar aos velhinhos da FIFA, que em um país que é pentacampeão, tem uma das ligas mais disputadas do mundo (se não for a mais) e que é um dos maiores produtores de material humano para o futebol mundial, querer construir estádios de grande porte em todas suas regiões é desculpa para boi dormir.

Página 3 Especula-se que os gastos com a Copa do Mundo no Brasil serão em torno de R$10 bilhões, mas se formos julgar pelos gastos dos Jogos Panamericanos no Rio de Janeiro, onde o orçamento foi ultrapassado oito vezes mais que o previsto, teremos uma quantia astronômica gasta para realização deste evento no nosso país. Quero deixar claro que não sou contra a Copa do Mundo, sou um apaixonado por futebol e por todos os eventos esportivos, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte. A minha crítica é que julgo que não deve ser realizado nenhum evento comparado com um mundial de futebol no Brasil, porque essa grana não será só aplicada em estádios e infraestrutura, muitas pessoas mal intencionadas irão usufruir desse dinheiro que será pago do seu bolso através de impostos. Essa grana toda investida para a Copa poderia muito bem ser usada para “arrumar a casa” aqui no Brasil. Te pergunto: está tudo perfeito no Brasil ao ponto de podemos gastar R$10 bilhões (ou mais) para a realização de um evento desse porte? Já que vamos gastar todo esse dinheiro com a Copa, podemos dizer que não temos nenhum problema com saneamento básico, com pobreza, fome, violência, entre outros. Acho que quando nossos jogadores que moram em outros países são questionados por seus companheiros de clube estrangeiros do porquê acontecer tanta sujeira no Brasil, eles devem ficar morrendo de vergonha. Por isso, só peço que o povo preste mais a atenção na aplicação do dinheiro e no superfaturamento que vão ser feitos com as obras para a realização da Copa do Mundo no Brasil. Fiquem de olho nos gastos exorbitantes que teremos para a realização do mundial e, mais do que isso, que fiscalizem esses gastos, pois como já disse anteriormente, quem vai pagar por tudo isso seremos nós. Quero deixar claro que todo esse texto é apenas uma opinião desse colunista e não representa a opinião da maioria da população. Um grande abraço a todos e até a próxima.


Página 4

Americana - Edição 4

BOLINHOS DO PADRE Ingredientes: •1 ovo •5 colheres (sopa) de açúcar •1 pitada de sal •1 xícara de leite •1 colher (sopa) de fermento

Modo de preparo: Bata bem o ovo. Adicione o açúcar e o sal. Vá juntando o leite aos poucos, mexendo sempre. Adicione o fermento e misture com cuidado. Adicione a farinha aos poucos, até que a massa fique firme, sem endurecer. Deixe descansar por por 10 minutos. Frite em óleo bem quente, colocando porções com uma colher.

SALADA DE MACARRÃO COM AGRIÃO E RABANETES Ingredientes: •1/2 pacote de macarrão pequeno •3 cubinhos de caldo de galinha Knorr •3/4 de xícara (chá) de leite •1 xícara (chá) de maionese Hellmann’s •1 xícara (chá) de salsão picado •1 xícara (chá) de agrião picado •1/2 xícara (chá) de rabanetes cortados em rodelas •1/4 de xícara (chá) de cebolinha verde picada

Modo de preparo: Cozinhe o macarrão e escorra. Passe em água fria, escorra novamente e deixe esfriar. Dissolva os cubinhos de caldo Knorr no leite quente. Deixe esfriar e bata no liqüidificador, junto com a maionese. Misture ao macarrão e junte os ingredientes restantes. Misture levemente e coloque na geladeira. Quando for servir, enfeite com rabanetes e folhas de agrião. Rende de 4 a 6 porções. Dica: Depois de escorrer o macarrão, só jogue água fria quando ele for ser preparado como salada.


Americana - Edição 4

Fernanda Montenegro: Um mito da TV brasileira Fernanda Montenegro, cujo nome verdadeiro é Arlette Pinheiro Esteves da Silva, nasceu no Rio de Janeiro em 16 de Outubro de 1929. Descendente de portugueses e italianos, ela nasceu perto do bairro de Cascadura, subúrbio do Rio, e cresceu frequentando colégios públicos locais e o sítio de seus avós, localizado em Jacarepaguá. Após concluir o primário, Arlette se matriculou no curso de secretariado Berlitz, que compreendia, além dos idiomas inglês, português e francês, datilografia e estenografia (método abreviado ou simbólico de escrita, que permite escrever com a mesma rapidez com que se fala). Ela adotou o nome de “Fernanda” por ter uma sonoridade que remete aos personagens de Balzac ou Proust. Já o sobrenome “Montenegro” veio de um médico, que era um grande amigo da família da atriz. Considerada tanto pelo público quanto pela crítica como uma das maiores damas do teatro, TV e cinema de todos os tempos, sua estreia no teatro aconteceu em 1950, com a peça “Alegres Canções nas Montanhas”, onde conheceu o ator, diretor e produtor Fernando Torres, com quem se casou e permaneceu junto até 4 de setembro de 2008, quando ele veio a falecer vítima de enfisema pulmonar. Frutos do casamento de 56 anos, nasceram a atriz Fernanda Torres e o cineasta, programador visual e cenógrafo, Cláudio Torres. Foi também no início da década de 50 que aconteceu seu primeiro contato com a televisão. Primeira atriz contratada pela recém-criada TV Tupi do Rio de Janeiro, Fernanda Montenegro participou, entre 1951 e 1953, de cerca de 80 peças, que eram exibidas nos programas “Retrospectiva do teatro universal” e “Retrospectiva do teatro brasileiro”. Atuou ao lado de grandes nomes como Grande Otelo, Paulo Porto, Heloisa Helena, Fregolente e Colé. Já a estreia no cinema ocorreu com o filme “A Falecida”, de 1964, interpretando a protagonista Zulmira. Entre vários filmes em que atuou, está o reconhecido internacionalmente “Central do Brasil”, de 1998, dirigido por Walter Salles. Nele, Fernanda Montenegro interpreta Dora, uma mulher que trabalha na estação Central do Brasil, escrevendo cartas para pessoas analfabetas. A emocionante e envolvente história se desenrola quando ela conhece o menino Josué (Vinícius de Oliveira), que perde a mãe em um acidente e precisa voltar para a sua terra natal no Nordeste. Durante sua carreira profissional, Fernanda Montenegro acumulou vários prêmios em reconhecimento ao seu trabalho, foi cinco vezes agraciada com o Prêmio Molière, três vezes com o Prêmio Governador do Estado de São Paulo e com o Urso de Prata de melhor atriz. Atualmente, Fernanda Montenegro interpreta Bete Gouveia, a matriarca da família Gouveia, na novela Passione, exibida pela Rede Globo.

Página 5


Página 6

Americana - Edição 4 da pessoa, que tem o trauma como uma ferida psicológica profunda que mexe com ego, autoestima, confiança, e uma porção Imagine uma dona de casa que vai ao de barreiras que um professor pouco supermercado e pega um Vanish da preparado não será capaz de quebrar. prateleira. Ela pode até não saber que o Assim, não basta ao professor ter o nome do produto significa desaparecer, domínio do idioma estrangeiro, ele precisa mas com certeza sabe que quer fazer saber usar ferramentas psicopedagógicas justamente isso com as manchas. Outra e técnicas de neurolinguística e estar situação corriqueira acontece quando atento aos sinais, às vezes, muito sutis vamos a um dermatologista para fazermos de angústia, desmotivação e insegurança um peeling, ou seja, vamos descamar a dados pelo aluno e, assim, tentar de pele. È fácil então fazer bom uso dessa modos mais sutis ainda, ajudá-lo. Por isso, situação para o aprendizado e começar a um professor bem preparado tem maior associar essas palavras a nossa volta sem chance de ter sucesso no ensino eficaz traduzí-las, trazendo - as ao nosso dia a de idiomas para a fase adulta. dia para a sala de aula. Eu sempre digo que o professor deve ser Também ajuda muito quando o aluno se um pouco de tudo: artista, amigo, dá conta da forte influência do latim, do psicólogo, ator... Mas acima de tudo francês e do grego sobre a língua inglesa. profissionais sérios, competentes e Essa raiz comum faz com que ela tenha responsáveis. Devemos investir no palavras e estruturas muito parecidas com aperfeiçoamento constante de uma as de nossa língua. Veja alguns exemplos profissão tão importante e que, hoje em em inglês que são perfeitamente dia, costuma ser tratada como de segunda compreensíveis para nós: animal, gorilla, classe. Nós professores precisamos banana, chocolate, restaurant, nationality, sempre nos atualizar e nos superarmos conversation... Eu costumo brincar com para que possamos ajudar os nossos meus alunos e dizer que, cada vez que alunos a se superarem, não importando a eles abrirem um dicionário em inglês, em idade. Sabemos que as crianças qualquer pagina, e não compreenderem aprendem com mais facilidade e nem por pelo menos uma palavra, eu lhes darei R$ isso devemos nos descuidar e achar que 50 reais. Até hoje nunca ganharam nada. a elas devemos dar menos atenção, porem o desafio de formar um adulto fluente em A segunda razão já é bem mais um idioma estrangeiro é o que da um complicada, pois mexe com o emocional sabor especial à arte de ensinar. todo e, portanto, tem familiaridade com um vasto vocabulário. Vanessa Galassi

Pedagoga formada na Unisal; sócia-proprietária da World Language

Medo do desconhecido ou de um trauma do passado? Normalmente, os adultos relutam em voltar a estudar e, quando voltam, se sentem seres estranhos dentro da sala de aula; e quando se trata de aprender inglês então, o medo vem em dobro. Muitos dizem que nunca gostaram de inglês, outros que são muito velhos para aprender algo, mas o que está realmente por trás disso tudo? Durante meus 15 anos como professora de inglês, pude observar que essa resistência tem, em sua maioria, duas razões: ou vem de algo que o aluno acha um bicho de sete cabeças, e não quer ser exposto ao ridículo, ou é fruto de um trauma causado na infância por uma tentativa frustrada de aprendizado desse idioma. A primeira razão é fácil de ser contornada, pois com algumas semanas de aulas bem planejadas é possível mostrar ao aluno que ele vive cercado por palavras da língua inglesa o tempo


Americana - Edição 4

Nome: Eder Henrique Profissão: Jornalista. Nascimento: 18/05/1987, em Santa Bárbara d'Oeste-SP. Twitter: @ederhenriquebc Se fosse escolher outra profissão, escolheria: Dentista ou Advogado. Ídolo: Na profissão gosto muito de Ricardo Boechat e Cláudio Zaidan. No futebol Ronaldo e Júlio César. Uma pessoa influente que você gostaria de conversar: Barack Obama, desde que ele se abrisse para um bate-papo. O que assiste na televisão: jornais e programas de esporte. Hobbie: sair com os amigos, jogar conversa fora. Um lugar inesquecível: Rio Grande do Sul. O que falta para o Brasil: mais igualdade e menos canalhas. Gostaria de ter: procuro ter conforto e paz. Um exemplo: todos que eu amo. Procuro absor ver um pouco de cada um. Um filme: O Conde de Monte Cristo. Uma música: My way, com Frank Sinatra. Um livro: A Arte da Guerra, de Sun Tzu. Um site: o meu blog (blogdeh.blogspot.com). Uma comida: Filé a parmeggiana. Time do coração: Flamengo. Acontecimento engraçado que já passou: graças a Deus foram vários. Difícil colocar um específico. Quem é craque na sua profissão: R i c a rd o B o e c h a t e Cláudio Zaidan. Possui alguma mania: Diria defeito. Pouca paciência.

Página 7

No “Jornal Muito Mais!” do mês de Outubro comentamos sobre a Dona Neusa, residente na Praia dos Namorados, que aluga um terreno apenas para abrigar animais abandonados e cuida deles com o dinheiro do próprio bolso. Aproveitamos agora para agradecer pelo surpreendente retorno obtido, devido a todos que se sensibilizaram com a causa e adotaram um animalzinho, através do nosso jornal! Cães e gatos que foram abandonados, tanto adultos quanto filhotes, esperam por um lar e uma família que cuide deles com muito carinho ;) E você, que tal adotar um deles e ter um novo membro na família?

Para conversar pessoalmente com a Dona Neusa, basta ligar:(19)9273-5499(ela não tem telefone fixo) Todo os sábados, das 13h às 18h, tem a feirinha de doação de filhotes no Santina Pet Shop, na Avenida Brasil (no Smart Mall). Adultos e filhotes SRD e também de várias raças(Dálmata, Chow Chow, Rottweiler, Beagle...) esperam por uma família! Mais inf.: (19)2109-4455 / (19)3012-6088


Página 8

Americana - Edição 4

Tiago Caetano Formado em Comunicação Social e amante do cinema

Se entrarmos em uma viagem pela filmografia do ator Robert Downey Jr, vamos perceber que esse “Homem de Aço” não é de ferro e, além do sucesso, também já teve grandes problemas na vida, principalmente com relação às drogas. Podemos dizer que o sucesso de Robert veio com o filme Abaixo de Zero e que o marco mesmo foi com a tremenda interpretação de Chaplin em 1992, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar. Só para citar algumas de suas interpretações, Robert Downey atuou em Assassinos por Natureza, de 1994, Os Picaretas, de 1999, Gothika, de 2003, Boa Noite e Boa Sorte, de 2005, Trovão Tropical, de 2008 – nesse filme ele está excepcional- e por ai vai. Onde estava mesmo? Ah na viagem...Tudo isso pra lembrar que dia 5 de novembro teve estreia da comédia Um Parto de Viagem, novo longa-metragem do cineasta Todd Phillips (o mesmo de Se Beber, Não Case). O filme é estrelado pelos atores Robert Downey Jr., Zach Galifianakis, Michelle Monaghan, Jamie Foxx, Alan Arkin, Juliet Lewis e Danny McBride.

Na história, Peter Highman (Downey Jr.) é um pai de primeira viagem, cuja esposa dará à luz em cinco dias. Enquanto Peter tenta chegar a tempo de ficar ao lado de sua mulher, ele tem um encontro surpresa com o aspirante a ator Ethan Tremblay (Galifianakis), o que faz com que Peter tenha de pegar uma carona com ele, resultando em uma viagem pelo país que acabará com muitos carros, várias amizades e, claro, com a paciência de Peter. Se a idéia é rir – e isso Robert Downey Jr sabe fazer muito bem (teve aulas em alguns episódios de Saturday Night Live) – e levarmos em consideração o diretor (do muito legal Se Beber, Não Case), parece que esse filme vai ser bem divertido. Agora, se você não quer mais pegar aquela fila gigante, de virar “o quarteirão”, assim como aconteceu em Tropa de Elite 2 – que por sinal, já é o filme nacional mais visto de todos os tempos (mais de 7 milhões de espectadores) e quer assistir ao grande lançamento do ano da Warner Harry Potter e as Relíquias da Morte, com estreia para o dia 19 de novembro, é melhor você montar uma barraca no cinema ou fazer a compra do ingresso online para esta “última parte”. Essa aspas vale a pena para um lembrete: Na indústria cinematográfica se um filme se paga na bilheteria já se pensa em uma continuação, agora, se o filme rende muito, a continuação é certa. Dividiram o último filme ao meio. Se podem vender dois ingressos para um mesmo filme, porque pensar pequeno e vender somente um? Essa é a pergunta dos produtores das grandes franquias. É a industria do cinema! E como toda indústria, a lei é lucrar. Essa primeira parte começa com Harry, Ron e Hermione em uma perigosa missão para encontrar e destruir o segredo da imortalidade e destruição de Voldemort — as Horcruxes.

Sozinhos, sem seus mentores ou a proteção de Dumbledore, os três amigos agora dependem um dos outros mais do que nunca. Mas, no caminho, estão as Forças das Trevas, que ameaçam acabar com eles. Paralelamente, o mundo da magia se tornou um local perigoso para todos os inimigos do Lorde das Trevas. A guerra aguardada com temor há muito tempo já começou e os Comensais da Morte de Voldemort tomaram o controle do Ministério da Magia e até mesmo de Hogwarts, assustando e capturando qualquer um que se oponha a eles. Mas eles ainda buscam o prêmio de maior valor para Voldemort: Harry Potter. O Escolhido se tornou o caçado quando os Comensais da Morte saem em sua busca com ordens de levá-lo para Voldemort… vivo. A única esperança de Harry é achar as Horcruxes antes de ser encontrado por Voldemort. A medida que procura por pistas, ele descobre uma lenda antiga e quase esquecida: a lenda das Relíquias da Morte. E se a lenda for verdadeira, isso poderia dar a Voldemort o imenso poder que ele tanto busca. Harry nem imagina que seu futuro já foi decidido pelo seu passado, quando naquele dia fatídico, ele se tornou o “menino sobrevivente”. Não mais só um menino, Harry Potter está cada vez mais próximo da tarefa para a qual está se preparando desde o primeiro dia em que pisou em Hogwarts: a batalha final com Voldemort. Essas foram duas dicas de filmes que estará Na Telona mais perto de você neste mês de novembro. Comprem o ingresso e entrem na fila. Ate à próxima.


Jornal Muito Muitas  

Edição Completa

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you