Page 1

Relatรณrio de Sustentabilidade 2014


Visão Ser valorizada por nossos clientes, colaboradores e comunidade, pelo alto grau de eficiência operacional, comprometimento nos resultados e transparência no relacionamento. Ser mais competitiva em custo e produtividade em nosso setor de atuação, consolidada pelo domínio da cadeia produtiva, diversidade de negócios e exploração de energia renovável.

Missão Clientes: Proporcionar soluções que atendam as necessidades e agreguem valor ao cliente, através de produtos inovadores e serviços de qualidade. Fornecedores: Desenvolver alianças estratégicas e duradouras, pautadas por uma relação transparente, ética e de credibilidade. Acionistas: Retornar uma remuneração justa pelo capital investido, incrementando continuadamente a performance na gestão do negócio e adicionando valor à marca. Colaboradores: Capacitar tecnicamente e desenvolver as habilidades, motivando-os constantemente para novos desafios, proporcionando crescimento pessoal e profissional. Comunidade: Interagir com a comunidade, na busca da inclusão social, buscando o equilíbrio das diferenças culturais e sociais, participando efetivamente na criação de uma comunidade mais justa, com oportunidade para todos. Meio ambiente: Considerar em todas as ações e decisões, os impactos gerados e tratar o crescimento organizacional de forma sustentável baseando-se no respeito ao meio ambiente.

Valores Crescimento: Contínuo para tornar-se líder nos segmentos de atuação. Comprometimento: Com soluções inovadoras, produtos e serviços que atendam as necessidades dos clientes. Responsabilidade: Com o desenvolvimento econômico, tecnológico, ambiental, social, cultural, político e comunidade. Sustentabilidade: Utilizando práticas eficientes na manufatura em respeito ao meio ambiente e a sociedade. Ética: Nas relações com os stakeholders, de forma a garantir a continuidade do negócio.


sumário 02

Visão, missão e valores

05

Sobre o relatório

06

Mensagem do Presidente

08

Perfil organizacional Unidades de Negócio Para onde vamos Governança

13

Engajamento Colaboradores Fornecedores Clientes Comunidades Acionistas Governo

47

Meio ambiente Efluentes e resíduos Energia Emissão e controle de gases Biodiversidade


Sobre o Relatório O presente relatório foi desenvolvido seguindo algumas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) e no escopo desta publicação estão as Unidades de Negócio da Adami S/A, localizadas nos Estados de Santa Catarina e Paraná, e a especificação dos seus produtos, fabricados com excelente qualidade para atender todas as exigências em cada segmento de mercado. Na Adami S/A, a Responsabilidade Social Empresarial já se tornou uma questão de estratégia de gestão que tem contribuição fundamental nas tomadas de decisões, uma vez que requer habilidades para lidar com a destinação de parte do seu patrimônio em prol de ações visando a preservação e manutenção do meio ambiente e das comunidades onde as Unidades de Negócios estão inseridas, para melhor atender aos requisitos da sustentabilidade socioambiental. Com o relatório, que descreve as ações da empresa no ano civil de 2014, pretende-se mostrar que adotam-se ações socialmente responsáveis, investindo valores consideráveis em recursos humanos para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores e obtenção de um melhor desempenho organizacional. Para essa nova metodologia do relatório, foi formada uma equipe composta por colaboradores de todas as Unidades de Negócio da empresa. O setor de Comunicação Corporativa preparou o conteúdo e produziu o relatório, de acordo com as informações das áreas envolvidas. A contribuição dos gerentes com suas equipes foi fundamental para reunirmos tantas ações e práticas diárias da Adami S/A e o resultado foi um trabalho diferenciado realizado através de muita dedicação de todos os envolvidos. Em abril de 2013, o último relatório distribuído para os stakeholders, já apresentou as melhorias implementadas nas áreas social, ambiental e econômica da empresa. Com essa nova metodologia de apresentação, queremos estender nossa comunicação sobre as ações que realizamos e acreditamos, como temos feito anualmente desde 2003 com o nosso Balanço Social e a partir de 2011 com o Relatório de Sustentabilidade.

Para dúvidas ou sugestões, entrar em contato com relatorio.sustentabilidade@adami.com.br

5


Mensagem do Presidente Quando planejamos e iniciamos o ano de 2014, tínhamos uma expectativa positiva em relação ao mercado brasileiro, embora houvesse no horizonte alguns fatores limitantes, tais como a Copa do Mundo de Futebol (que indicava muitos dias de feriados) e também a eleição presidencial, que indicava incerteza no horizonte político e econômico. No entanto, passados os primeiros meses do ano, verificamos que os indicadores de resultado do Brasil não seriam tão promissores e que isso também teria impactos sérios na condução do nosso negócio, o que acabou (infelizmente) se concretizando e a economia teve um desempenho fraco, encolhendo 0,1% no fechamento do ano, mas com uma queda grande para a indústria, cuja queda foi de 1,2%. Assistimos o reconhecimento público de que as contas do Brasil estavam desajustadas, com a natural necessidade de tomada de ação para correção da rota, mas na certeza que no decorrer do ano isso não seria efetivado. O consumo das famílias, que vinha puxando o crescimento do país nos últimos anos, recuou com a restrição no crédito e o aumento nos juros, contribuindo sobremaneira para o número negativo do Produto Interno Bruto. Os fundamentos da nossa economia não estavam adequados e uma correção forte seria urgente e preocupante. A exemplo da grande maioria das empresas, também tivemos um momento de dúvida em relação aos nossos investimentos, já os indicadores apontavam para uma queda do PIB, o que acabou acontecendo numa ordem de 0,1% ao final do ano, impactado pela retração no investimento de bens de capital (com recuo de 4,4%), queda na construção civil e exportações de commodities (principalmente para a China), que vinham puxando o crescimento para cima, bem como o represamento dos ajustes de preços controlados (energia, combustíveis), na certeza de que o remédio seria amargo, gerando inflação e perda no ritmo de crescimento da economia. Mesmo considerando o cenário negativo, a conjuntura de retração e diferente dos indicativos no Brasil, tivemos um ano de crescimento e de melhoria nos indicadores da Adami S/A. A maturação dos nossos investimentos em estrutura fabril, gestão e controle financeiro nos possibilitaram atingir um patamar de 25% de crescimento na receita bruta em relação a 2013, graças à competência interna e à manutenção de relacionamento com nossos clientes, gerando confiança e atingimento das metas de lucratividade e retorno de capital investido pelos nossos acionistas. O engajamento das equipes de trabalho e dos nossos colaboradores, juntamente com a coragem de investir e manter investimentos demonstrada pelos acionistas, possibilitaram o fechamento de 2014 com um saldo muito positivo, contrariando as expectativas brasileiras que indicavam cenário negativo.

6


A melhoria dos nossos processos internos garantiu a entrega de produtos e serviços de excelência, aliados a crescimento constante de produtividade para a geração de valor para nossos clientes, procurando atende-los sempre dentro de suas expectativas. Esta busca de melhoria de gestão interna nos fez contratar os serviços do Instituto Vicente Falconi no final de 2014, para que pudéssemos desenvolver melhores práticas e avançarmos ainda mais no objetivo de sempre atender nosso público consumidor com menores custos e maiores resultados. Estes avanços nos deram condições para continuarmos investindo nas comunidades onde estamos inseridos, através de parcerias com a Uniarp (Universidade do Rio do Peixe), com o Sistema Fiesc (Sesi e Senai, principalmente) e também com instituições como Apae, Apasc, FIA (Fundo de Infância e Adolescência), Aceias, Hospital Maicé e com os órgãos de proteção ambiental, com quem temos estreita colaboração. No que diz respeito às pessoas, tivemos um ano muito proveitoso, com pagamento de R$ 82,5 milhões de reais em salários diretos e encargos sociais, além de R$ 9,8 milhões de reais em benefícios e educação/treinamento/desenvolvimento, para um público interno próximo de 2.000 pessoas, bem como aproximadamente 150 terceiros, gerando melhorias, crescimento e renda para aproximadamente 5.000 pessoas, se adicionados os dependentes, em nossa região de abrangência de atividades (industriais e florestais). Neste ano de 2014, estamos implementando melhoria na apresentação do Relatório de Sustentabilidade, adaptando na metodologia GRI – Global Reporting Initiative – que demonstra nossos investimentos e melhorias nas áreas ambiental, social, econômica, societária e públicos de relacionamento e assim entendemos estar contribuindo para uma melhor compreensão de nossas diversas ações. Boa leitura a todos. José Adami Neto Diretor Presidente

7


Perfil Organizacional Desde que foi constituída, em 09 de junho de 1942, a Adami S/A – Madeiras se mantém em constante evolução, fundamentanda em ações no desenvolvimento sustentável. Com visão estratégica e perfil empreendedor, busca continuamente sua consolidação na mais alta posição de liderança de mercado, tendo sua matriz e Unidades de Negócio localizadas em Caçador e Região, nos estados de Santa Catarina e Paraná. Empresa familiar, S/A de capital fechado, que tem uma trajetória marcada pelo aprimoramento tecnológico e capacidade empreendedora, com ações focadas na geração de resultados, crescimento contínuo, sustentabilidade nos negócios, melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento dos seus 1963 colaboradores, bem como o atendimento das demandas dos mercados em cada ramo de atividade. Atualmente, mantém uma estrutura composta pelas Unidades de Negócio Pasta Químico-Mecânica, Florestal, Madeireira, Papel, Embalagem e Energia Elétrica. Os principais produtos desenvolvidos pela atividade industrial são pasta químico-mecânica, madeira serrada e beneficiada, pallets, painéis, molduras, portas, kits portas prontas, papel para embalagens, embalagens de papelão ondulado secundárias, energia elétrica e o plantio de florestas produtivas, desde a produção de mudas até a colheita. Os produtos não possuem restrições para produção, comércio e marketing.

Unidades de Negócio As Unidades de Negócio dispõem de processos produtivos que funcionam de forma integrada, realizando atividades exclusivamente em prol do fortalecimento do nome e das marcas Adami e Vert, promovendo e mantendo a uniformidade dos padrões de excelência, status que além de atender as exigências do mercado, também possibilita a constante prospecção de novos clientes. Na Unidade de Negócio Papel, utilizamos como matéria prima o papel reciclado, mais conhecido como aparas, que representa um elevado índice de reciclagem. Ao consumir grande parte das aparas produzidas em diversas regiões, fortalecemos um importante trabalho desenvolvido pelas comunidades que, além de preservar o meio ambiente, contribuem para elevar a renda de muitas famílias. Os cuidados na preservação e manutenção das florestas, manejadas de maneira responsável e certificadas, permitem que a empresa obtenha o fornecimento de matéria-prima, energia renovável e retorno econômico com um impacto ambiental mínimo.

8


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Para onde vamos Há mais de 70 anos estamos participando da vida de centenas de pessoas. Muitas delas nem sempre sabem que estão com um produto nosso em mãos. Mas nós sabemos da importância de dar aos nossos clientes um produto de qualidade, um produto sustentável, um produto fabricado com o esforço de nossos coloboradores que, juntos, constroem o dia-a-dia da Adami S/A. Nosso mercado é amplo e está sempre em expansão. Hoje, atendemos:

Embalagens de papelão ondulado

Portas e kit porta pronta

Mercado nacional Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Mercado nacional Atendimento em todos os Estados do Brasil.

Molduras e painéis Mercado internacional Estados Unidos da América, Canadá, África e Europa.

O ano de 2014 foi marcado por um novo planejamento estratégico para a empresa. O aperfeiçoamento da gestão tornou-se necessário e um novo perfil de planejamento foi instalado com a contratação do Instituto Vicente Falconi, uma consultoria brasileira de gestão que vem auxiliando na definição das metas e desdobramentos para todas as divisões e departamentos da empresa. Os objetivos fixados no planejamento estão alinhados com os objetivos do negócio, definidos pelos acionistas e é essencial atingí-los para o posicionamento de resultados para os próximos anos.

9


Governança A Adami S/A é uma empresa familiar e administrada estrategicamente pela Diretoria, responsável final pela gestão direta através dos Diretores nomeados ou contratados.

10

Diretor Presidente

Diretor Vice-Presidente

Diretor

Diretor Superintendente

José Adami Neto

Victor Baptista Adami Filho

Maurício Roberto Adami Telck

Hideo Wilson Ogassawara


Relatório de Sustentabilidade | 2014

A nível tático e operacional, a Adami S/A é administrada pelo Comitê Gerencial, composto pelos responsáveis finais de cada atividade da empresa, cujo objetivo é avaliar, tomar decisões e indicar novas diretrizes para aprovação junto a Diretoria. Procurando qualificar ainda mais os processos internos, iniciou o trabalho de gestão com o Instituto Vicente Falconi, qualificando o processo de análise e ações internas e implantando uma nova metodologia com cultura voltada a resultados de forma efetiva.

Unidade de Negócio Madeireira Setores de beneficiamento e produção de portas Caçador/SC

11


Unidades de Negรณcio Papel e Embalagem Caรงador/SC

12


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Engajamento A Adami S/A procura manter um ótimo relacionamento com os seus stakeholders, pois o engajamento de todos é que forma a base de sustentação da empresa, além de propiciar o fortalecimento para que ela mantenha seu crescimento. Em nossa política de relacionamento, estão identificados como públicos de influência os colaboradores, fornecedores, clientes, acionistas, órgãos governamentais e a comunidade. O processo de identificação e seleção dos stakeholders acontece de acordo com os contatos e relacionamentos efetuados pela empresa. Para o engajamento dos públicos temos políticas específicas e projetos para cada um.

Colaboradores

Governo

Fornecedores

Acionistas

Clientes Comunidade

13


ColaboRAdores

14


Relatório de Sustentabilidade | 2014

ColaboRAdores A valorização e o respeito com os colaboradores são marcas registradas da Adami S/A. As ações implantadas para os seus colaboradores não visam apenas gerar resultados no crescimento e sustentabilidade do negócio, mas oferecer qualidade de vida e desenvolvimento para todos. Com um quadro funcional composto por 1.963 colaboradores, capacitados para enfrentar os constantes desafios, é pela valorização e promoção do bem estar de todos que a empresa mantém vários programas com ações de melhorias, adoção de hábitos saudáveis, implementados e monitorados pela área de gestão de pessoas. Especialmente, o respeito e proteção dos direitos humanos são enfatizados em todas as ações. Para todo o quadro funcional, a empresa segue as determinações da Legislação Trabalhista Brasileira e Acordos/Convenções Coletivas de Trabalho. Outro desafio da área de gestão é a retenção, com programas de motivação para os colaboradores, além da atração de novos candidatos para um ambiente de trabalho saudável e acolhedor, ou seja, que todos sintam-se bem em trabalhar na Adami S/A.

Indicadores do quadro funcional

64

71

130

120

Quantidade de colaboradores portadores de necessidades especiais

1963

Pessoas beneficiadas com o primeiro emprego

1953

Quantidade total de colaboradores

2013

2014

2013

2014

2013

2014

15


Homens

358 55

189 15

38 02

2014

453 92

292

Quantidade de colaboradores (por faixa etåria – 2014)

633 128

2013

1671

243

1710

Quantidade de colaboradores (por gĂŞnero)

18 a 30 anos

31 a 40 anos

41 a 50 anos

51 a 60 anos

acima de 60anos

Mulheres

Homens

Mulheres

Indicadores econĂ´micos

16

R$ 45.423.410,46

R$ 51.313.125,90

R$ 58.300.911,00

R$ 66.990.420,40

Folha da pagamento (valor bruto)

R$ 61.156.267,70

Impostos estaduais sobre faturamento

R$ 52.131.019,97

Impostos federais sobre faturamento

2013

2014

2013

2014

2013

2014


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Quantidade de colaboradores (por tempo de empresa – 2014)

Colaboradoras em Licença maternidade 04 retornarão ao trabalho em 2015

10

06 retornaram em 2014

Homens

Mulheres Homens

02

09

De 15 a De 20 a De 25 a De 30 a Acima de 20 anos 25 anos 30 anos 35 anos 35 anos

26 01

100 05

De 10 a 15 anos

85 08

188 14

De 01 a De 05 a 05 anos 10 anos

647 127

319 38

Colaboradores em Licença paternidade

72

Todos retornaram em 2014

Mulheres

*Pode-se notar que a maior incidência de rotatividade ocorre entre o público mais jovem.

R$ 7.300.432,08

R$ 4.556.062,00

R$ 5.174.827,91

Encargos sociais - FGTS

R$ 6.165.838,00

Encargos sociais - INSS

2013

2014

2013

2014

17


Benefícios Benefícios para colaboradores Brinde de Natal

Prêmio assiduidade

1.929 cestas foram distribuídas para os colaboradores

Centro de Condicionamento Físico Adami

16.719 cestas foram entregues aos colaboradores que foram assíduos no trabalho

195 colaboradores frequentaram assiduamente o Centro de Condicionamento Físico

Convênios com creches Filhos de colaboradores diretamente beneficiados

Vale transporte para educação Colaboradores que residem em bairros mais distantes receberam vale transporte como incentivo aos estudos

Bolsas de estudo

18

104 colaboradores foram beneficiados com a bolsa para cursos de graduação, especialização, técnico ou de idiomas

Biblioteca Adami

Educação aos filhos de colaboradores

Cerca de 600 livros compõe a biblioteca interna nas áreas técnica, administrativa, comportamental, leitura geral e literatura infantil

Incentivo e apoio a participação no esporte. Equipes da Adami S/A foram destaque nos eventos esportivos realizados pelo SESI com conquista de 83% das modalidades disputadas

Foram distribuídos cerca de 830 kits escolares contendo material para os estudos

Salas de Recreação Os colaboradores dispõe de ambientes aconchegantes para lazer e descanso durante o intervalo intrajornada.

Ensino Fundamental e Ensino Médio Incentivo aos colaboradores a retomar os estudos

Alimentação Qualidade de vida através do esporte

Através do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) foram servidas 366.533 refeições


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Quando pensamos em nossos colaboradores, queremos que diariamente eles possam não só ter um trabalho digno, mas uma vida social, profissional e pessoal saudável e com qualidade. Por isso, na Adami S/A os esforços para esse público são redobrados anualmente, sempre com o objetivo de oportunizar as melhores condições de vida e trabalho a todos.

Prêmio decenal Educação aos filhos de 73 colaboradores completaram 10 anos de colaboradores

empresa e cada um recebeu o valor equivalente a um salário contratual como prêmio decenal

Programa de Ginástica Laboral

Projeto habitacional Centro de Condicionamento 177 colaboradores com suas famílias receberam casa Adami Físico

para moradia, sendo isentos de pagamento de aluguel para reorganização financeira e aquisição da casa própria

Cartão Util Card

Atendimento Odontológico

A Adami S/A beneficia 100% dos colaboradores com transporte gratuito

Homenagem por tempo de empresa

Foram homenageados dois diretores e 102 colaboradores

Seguro de vida em grupo Todos os colaboradores e seus dependentes diretos estão cobertos pelo plano de seguro de vida e o custo é subsidiado pela empresa em sua totalidade

Plano de saúde

A empresa mantém convênio com farmácias, óticas e papelarias para que os colaboradores possam usufruir desses atendimentos a um custo mais acessível

Transporte

Este Programa acontece em parceria com o SESI e atinge cerca de 85% dos colaboradores. É considerada por eles como uma ferramenta para a manutenção do estilo de vida saudável

3.422 usuários entre colaboradores e seus dependentes são beneficiados pelo plano de saúde Unimed

Foram atendidos 146 colaboradores e 173 dependentes através do convênio com o SESI. No consultório da empresa 862 colaboradores foram antendidos com 1.689 procedimentos

10.812 Atendiatendimentos ocupacionais mento foram realizados no Educação Ocupaambulatório da empresa, aos filhos dealém de outros cional considerados emergenciais colaboradores

Vacinação contra a gripe (H1N1)

Cerca de 1.300 colaboradores foram vacinados na campanha de prevenção contra a gripe

Sede social Todos os colaboradores têm acesso a Sede Social da empresa, que abriga eventos culturais, esportivos, de recreação e lazer

19


Campanhas educativas internas Promover a saúde e a qualidade de vida dos colaboradores é ação fundamental para o sucesso da empresa. Em 2014, o setor de desenvolvimento de recursos humanos realizou internamente várias campanhas sistemáticas de caráter educativo envolvendo todos os colaboradores das Unidades de Negócio, visando a prevenção de doenças através da incorporação de hábitos simples. Saúde e qualidade de vida é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, fruto do bem viver entre as pessoas em um ambiente saudável. As campanhas foram:

Diálogo de Segurança no Trabalho Dia mais saudável – saúde e bem estar

Amiga da Gestante (parceria com Unimed)

Outubro Rosa

Novembro Azul

Doe medula óssea (parceria com Unimed)

Integração social Programa Visita da Família na Empresa Um dia de trabalho diferente. Diferente para o colaborador, para seus familiares e para o ambiente corporativo. Esse dia é quando a empresa coloca em prática o seu programa Visita da Família na Empresa, ou seja, abre suas portas para que os filhos, pais e cônjuges de seus colaboradores possam conhecer de perto o seu local de trabalho. A integração entre a família e a empresa se configura como uma importante ferramenta de valorização dos colaboradores, visto que estimula o reconhecimento da importância do trabalho dos colaboradores e estagiários pelos seus familiares. Em 2014, recebemos 153 pessoas.

20


Relatรณrio de Sustentabilidade | 2014

21


Bem Viver Adami Desenvolvido e implantado a dois anos, o projeto Bem Viver Adami é uma iniciativa que visa maior interação e integração dos colaboradores e familiares, através da prática saudável do esporte e lazer, importante estratégia para o desenvolvimento social, além de promover lições de valores e cidadania. A empresa entende que ao estimular o desenvolvimento de atividades saudáveis, está contribuindo para o bem-estar, a qualidade de vida e a saúde de todos.

Dia do Trabalhador Adami A 2ª Edição da Festa do Trabalhador Adami faz parte do Projeto ‘Bem Viver Adami’, implantado em 2013. A festa desse ano, realizada no Pavilhão da Paróquia Cristo Redentor, foi exclusiva para os colaboradores e familiares, onde todos puderam participar de um bingo com ótimos prêmios, além de se divertir e interagir de forma descontraída.

22


Relatório de Sustentabilidade | 2014

2ª Corrida Rústica, Caminhada e Passeio Ciclístico Também integrante do Projeto “Bem Viver Adami”, em setembro, durante as comemorações de 72 anos da Adami S/A, aconteceu a 2ª Corrida Rústica, Caminhada e Passeio Ciclístico. O evento envolveu os públicos interno (colaboradores) e externo (comunidade e região). Foram 1294 inscritos e as primeiras mil pessoas inscritas ganharam uma camiseta personalizada da empresa.

23


Festa da Criança O Dia das Crianças é uma data especial para os colaboradores, pois oportuniza momentos de integração e interação (empresa – colaborador – família), além de proporcionar momentos agradáveis entre pais e filhos. O evento aconteceu no mês de outubro, no Complexo Esportivo do Sesi – Caçador, com diversas atrações que agradaram e encantaram o público infantil. Aproximadamente 1.200 crianças acompanhadas de suas famílias, curtiram uma linda tarde de sol e se divertiram com brinquedos infláveis, pintura facial, cama elástica, piscina de bolinha, palhaços interativos, além de outras atividades programadas. Cada filho de colaborador com idade até doze anos recebeu gratuitamente refrigerante, cachorro quente, picolé, pipoca, crepe suíço e um brinquedo.

24


Integração através do esporte A cada ano, cresce o índice de conquistas nos eventos esportivos organizados pelo SESI de Caçador, obtendo resultados cada vez mais significativos nas modalidades disputadas. Este ano, os colaboradores obtiveram conquistas em 24 modalidades, das 29 disputadas na categoria masculina e 12 na categoria feminina. A Adami S/A esteve muito bem representada pelos 1.154 colaboradores desportistas que treinaram e se dedicaram na busca de resultados expressivos em todas as modalidades que disputaram. O resultado foi a conquista de 34 troféus nas disputas de modalidades, troféu de campeão geral na categoria masculina e troféu rotativo. As conquistas não foram apenas de troféus e medalhas, mas sim de hábitos saudáveis, de qualidade de vida, de realizações, superando muitas vezes as próprias limitações.

25


Treinamentos e educação Para o desenvolvimento contínuo dos colaboradores a Adami S/A disponibiliza o programa de bolsas de estudo, para cursos técnicos, superiores e de especialização, e em parceria com o CEJA e SESI incentiva a formação na educação básica. Disponibilizamos treinamentos operacionais, de segurança, técnicos e comportamentais para qualificar nossos profissionais e atender as necessidades específicas de formação e capacitação de cada área da empresa. Em 2014 a média de horas/treinamento/homem/ano ficou em 19h52min. A média mensal de participação em Treinamento e Desenvolvimento foi de 805 participantes, com um total de 123.923 horas e investimento de R$ 1.228.096,64.

Média anual de treinamento (hora/homem)

Quantidade de horas de treinamento por categoria

39.070 horas

15h20

19h52

66.270 horas

2013

2014

18.582 horas

Treinamentos internos e externos Ensino fundamental e médio Bolsas de estudos (cursos técnicos profissionalizantes, graduação, especialização e idiomas)

Imagem de treinamento - aguardando Cristiano

26


Relatório de Sustentabilidade | 2014

58

56

32

40

Estagiários

104

Bolsistas (Crusos técnicos, graduação, especialização e idiomas)

129

Bolsistas (ensino médio e fundamental)

2013

2014

2013

2014

2013

2014

O Programa Crescer oferece oportunidades aos colaboradores de conhecerem as possibilidades de crescimento profissional, motivando-os a suprir suas competências técnicas e comportamentais, bem como suprir as expectativas pessoais na busca de objetivos profissionais. Com isto, a empresa passa a ter pessoas voltadas ao crescimento e motivadas a contribuir internamente. Obtém maior retenção do seu público interno, aumenta a produtividade, além de estimular o autodesenvolvimento dos colaboradores. Por meio do programa, que está disponibilizado na intranet, o colaborador consegue visualizar suas oportunidades internas e planejar a buscar de novos conhecimentos obtendo uma formação de acordo com a exigência do cargo pretendido.

191

Com os resultados das avaliações é possível visualizar a situação atual de cada departamento/setor e pode ser utilizado em processos de sucessão. Durante o ano de 2014, foram 53% dos colaboradores que se submeteram ao processo de Avaliação de Competências.

Promoções realizadas internamente

237

Para auxiliar no desenvolvimento das competências implantamos uma nova ferramenta de avaliação de competência 180º, onde o colaborador faz sua auto avaliação, o superior imediato avalia seus subordinados e posteriormente ocorre um consenso entre as partes. Esta nova sistemática foi implantada para que o colaborador tivesse a oportunidade de fazer sua auto avaliação, fazer um comparativo entre a visão do colaborador e de seu superior imediato, possibilitando um momento de feedback. Essa Avaliação possibilitou a proximidade entre lideranças e liderados.

2013

2014

27


Cargos e salários Categorias funcionais

125 04

Liderança

Administrativo

Técnico

Homens

Mulheres

1.349 249

73 36

Quantidade de colaboradores (por categoria funcional – 2014)

124 03

A Adami S/A dispõe de uma Política de Cargos e Salários que norteia todos os Departamentos em relação a remuneração do quadro funcional. Cada cargo tem remuneração específica e é composto por várias funções. Os colaboradores têm acesso a um sistema e podem visualizar todos os cargos existentes na estrutura, além dos requisitos necessários para assumi-lo. O colaborador que tem interesse em uma posição sabe exatamente o que precisa desenvolver para estar apto a assumir o cargo, assim ele planeja a sua carreira buscando especificamente o treinamento ou desenvolvimento necessário. Há uma tabela salarial, a qual é aplicável a todos os cargos componentes da categoria, considerando as diferenças de data-base e negociação coletiva.

Operacional

Ouvidoria A empresa mantém um relacionamento transparente e contínuo com seus públicos interno e externo. Por isso, há algum tempo colocou a disposição de todos um canal de diálogo e participação via 0800 (0800 644 3132), possibilitando a interação com sugestões, reclamações e/ou denúncias. A ideia é reforçar a confiança e ampliar a interação com a sociedade. Cada contato é registrado em formulário e repassado para o Gerente da Área citada. Dessa forma, a Adami S/A mantém a ética, o respeito e a valorização das pessoas.

Programa de aprendizagem Para oportunizar o futuro dos jovens, a empresa participa do Programa de Aprendizagem onde, atendendo efetivamente a legislação, promove o seu desenvolvimento profissional. Respeitando as idades próprias para o desenvolvimento das atividades, a Adami S/A respeita as leis brasileiras principalmente no que tange a maioridade para o trabalho.

28


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Práticas de segurança A Adami S/A segue o que está previsto na legislação em relação a segurança no trabalho, não somente para cumprir a lei mas para garantir a qualidade de vida de seus colaboradores. Todo o contingente passa por treinamentos específicos citados nas Normas Regulamentadoras que ditam os parâmetros, regras e precauções que as empresas são obrigadas a seguir visando garantir total segurança aos seus colaboradores. Toda a equipe recebe ainda outros treinamentos que são importantes para questões relacionadas a segurança, tanto no ambiente de trabalho, quanto fora dele. Em 2014, a empresa manteve um quadro funcional de 1963 colaboradores, sendo 17,4% de sua força de trabalho, representada em comitês de saúde e segurança, compostos por colaboradores de diferentes níveis hierárquicos que atuam nas questões preventivas, distribuídos em todas as Unidades de Negócio. Esse contingente recebe total apoio da Adami S/A para zelar pela saúde e segurança dos colaboradores, oferecendo-lhes condições favoráveis no desempenho das atividades. Em atendimento a legislação e ao seu papel social, a empresa busca oferecer um conjunto de ações preventivas, que além de apresentar cada vez mais segurança a todos, também tenha reflexo positivo nos resultados. Uma empresa sem acidentes demonstra que suas operações são consistentes, tem qualidade e sem interrupções nos processos.

29


A força de trabalho é composta por:

30

08 Profissionais (01 Médico do trabalho, 01 Engenheiro do trabalho, 01 Enfermeira do Trabalho e 05 Técnicos de Segurança).

Atuam diretamente na gestão e suporte de todo o contingente.

12 colaboradores compõe a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), sendo, 06 Membros efetivos eleitos (por meio de eleição interna) + 06 membros indicados pela empresa para representá-la.

Equipe atua preventivamente nas questões que envolvem riscos à saúde e integridade física dos colaboradores que pertencem às Unidades de Negócio Papel e Embalagem.

20 colaboradores compõe a CIPA, sendo, 10 membros efetivos eleitos (por meio de eleição interna) + 10 membros indicados pela empresa para representá-la.

Equipe atua preventivamente nas questões que envolvem riscos à saúde e integridade física dos colaboradores que pertencem às Unidades de Negócio Madeireira.

30 colaboradores compõe Comissão Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho Rural (CIPATR), sendo, 15 membros efetivos eleitos (por meio de eleição interna) + 15 membros indicados pela empresa para representá-la.

Equipe atua preventivamente nas questões que envolvem riscos à saúde e integridade física dos colaboradores que pertencem às Unidades de Manejo Florestal e Pasta Químico-Mecânica.

270 colaboradores compõe a Brigada de Emergência.

Receberam treinamentos sobre técnicas e procedimentos pra atuar nas situações previstas no Plano de Emergência. Durante todo o ano foi mantido um trabalho de sensibilização e conscientização sobre os riscos existentes.


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Programas de segurança Gerenciar os riscos relacionados aos colaboradores no ambiente de trabalho é oferecer um ambiente seguro e saudável. Com base nisso a Adami S/A mantém o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), uma obrigatoriedade que visa observar e resguardar a integridade física dos colaboradores. A Adami S/A possui uma equipe de profissionais especializados que desenvolvem, implantam e monitoram programas e ações, buscando continuamente a melhoria dos ambientes e as condições de trabalho, além de contribuir para a manutenção da saúde física e mental de todos. A empresa também mantém procedimentos que disciplinam a obrigatoriedade da realização dos exames de saúde ocupacional, avaliação da eficácia das medidas preventivas adotadas, programa de conservação auditiva, atendimento odontológico e prevenção dos riscos ambientais. Realizar um trabalho contínuo de orientação e prevenção, zelando sempre pela segurança e integridade física dos colaboradores sempre foi responsabilidade da empresa. Por isso, mantém uma equipe de profissionais qualificados e habilitados, atuando diretamente com as lideranças das Unidades de Negócio, desenvolvendo campanhas de sensibilização. A cada mês faz-se a disseminação de um tema diferente, visando manter um alerta contínuo sobre os perigos, evitando ao máximo ocorrências de acidentes no ambiente de trabalho e mostrando para as pessoas o quanto elas são importantes, não apenas para o negócio, mas também fora dele. Todo o aprendizado adquirido internamente pode ser aplicado no dia-a-dia em sua casa com sua família.

Saúde ocupacional A empresa mantém uma equipe de profissionais que atuam no monitoramento de todos os exames de saúde ocupacional necessários para tornar as pessoas aptas a desenvolverem suas funções, sempre com o objetivo de prevenir a ocorrência de doenças ocupacionais ou acidentes.

31


Indicadores sociais internos 2013

2014

Alimentação (refeições)

R$ 2.291.309,00

R$ 2.514.341,00

Plano de saúde

R$ 1.435.759,00

R$ 1.953.470,00

Cesta básica

R$ 1.422.786,21

R$ 1.436.394,00

Transporte de colaboradores

R$ 1.086.688,00

R$ 1.290.570,00

Educação, capacitação e desenvolvimento profissional

R$ 1.175.469,39

R$ 1.191.471,00

R$ 687.525,41

R$ 752.105,00

Seguro de vida em grupo

R$ 236.274,00

R$ 182.462,48

Brindes de Natal

R$ 196.753,33

R$ 202.384,00

Esporte e lazer

R$ 101.471,07

R$ 223.781,47

Atendimento odontológico

R$ 111.483,23

R$ 109.571,00

Ginástica laboral

R$ 35.054,24

R$ 53.478,04

Homenagem aos colaboradores

R$ 48.247,57

R$ 61.988,80

Festa da criança

R$ 38.007,43

R$ 37.781,31

Kit de material escolar

R$ 14.147,50

R$ 22.899,00

SESMT (atendimento saúde ocupacional)

R$ 8.880.975,38 R$ 10.032.697,10

TOTAL

A responsabilidade social vai além das obrigações legais e econômicas. A empresa tem compromisso assumido com seus colaboradores, familiares e sociedade através do apoio, incentivo e implantação de ações que visam melhorias da qualidade de vida, bem como estimulando mudanças fundamentais tanto para o favorecimento, quanto para o fortalecimento da responsabilidade ética, social, enaltecendo o exercício da cidadania em busca de um mundo cada vez melhor. O empenho na manutenção de melhores práticas de gestão adotadas, proporcionando aos seus colaboradores um ambiente de trabalho saudável, produtivo, com ferramentas que ajudam a garantir o equilíbrio entre desempenho e qualidade de vida, possibilitou à Adami S/A ocupar posição de destaque entre as melhores e maiores empresas reconhecidas pelos seus projetos e ações de responsabilidade social.

4 Santa Catarina Sirley Ceccatto Presidente da Câmara Municipal de Caçador

32

Sirley Ceccatto

Sirley Ceccatto

Presidente da Câmara Municipal de Caçador

Presidente da Câmara Municipal de Caçador


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Fornecedores Nossos fornecedores estão classificados dentro das curvas A, B e C, onde na curva A temos os fornecedores de aparas, papel, amidos, celulose (fibras) e paletes. Para os demais fornecedores nas curvas B e C, dividimos por carteiras de matérias-primas diversas, MRO (Manutenção Reparo e Operação), serviços e contratados, produtos importados e ativos.

33


FORNECEDORES Para se tornar um fornecedor, a empresa deve ser legalizada, com capacidade econômica, social e ambiental conhecida, visando a credibilidade no processo de suprimento. Dessa forma, evitamos problemas por atraso de entregas, documentação irregular e baixa qualidade do produto ou serviço. Busca-se sempre fazer parcerias com fornecedores que apresentam melhorias práticas de sustentabilidade, haja vista que se o fornecedor não possuí-las dificilmente atenderá o tripé entrega, qualidade e custo/benefício. Outro item enfatizado na escolha de fornecedores é em relação a manutenção dos direitos humanos das pessoas que se relacionam com eles. Assim como a Adami S/A preza pelo respeito às pessoas, exige que seus fornecedores tenham a mesma atitude. As negociações com os fornecedores basicamente passam por quatro avaliações: aprovação técnica da área solicitante, capacidade de entrega do fornecedor no prazo solicitado, produto com qualidade garantida pelo fornecedor e custo/benefício. Para avaliação dos fornecedores utilizamos o Índice de Qualificação de Fornecedores (IQF). Este indicador tem procedimento próprio e orientado por uma Instrução de Trabalho. A análise é feita por meio da documentação correta, qualidade do produto e/ou serviço, não conformidade, desempenho da entrega e cumprimento na data pactuada. A cada fornecimento em que ocorrem divergências nos itens avaliados o recebedor informa a divergência no sistema. Diariamente, o sistema envia e-mail ao fornecedor caso no dia anterior entregou um produto e/ou serviço com divergência. Neste e-mail é solicitado que o fornecedor informe qual ação irá tomar para não repetir o não atendimento do pactuado no Pedido de Compras. Todo dia 10 do mês o Sistema faz varredura de todos os fornecedores que tiveram o indicador abaixo de 100 pontos. Para estes fornecedores, é apresentado os dados e é solicitado um plano de ação para correção do problema, de forma a evitar reincidência. Caso o fornecedor por três meses consecutivos não apresentar uma justificativa e/ou plano de ação para o problema e repetir o fato, ele passa a receber não conformidade e fica passível de suspensão para fornecimento. Já está em processo adiantado de implantação um procedimento especial de avaliação de sustentabilidade. Temos como prioridade a aquisição de produtos e/ou serviços a nível estadual e região sul para o abastecimento e suprimento das Unidades de Negócio. Somente depois buscamos recursos em outros estados do país e, em última instância, importamos. No período de janeiro a dezembro de 2014, não houve nenhum relato de situações que provocaram impactos ambientais logísticos. Todo o transporte de produtos e colaboradores é terceirizado, no entanto, a empresa mantém contrato firmado para prestação de serviços e no documento constam cláusulas que exigem da prestadora de serviços um rigoroso controle desses impactos.

34


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Compras Anualmente o processo de compras passa por auditoria interna e externas. O acompanhamento e monitoramento de indicadores no Departamento de Compras são feitos semanalmente, onde reuniões com compradores visam avaliar todas as carteiras de compras (curvas A, B e C). Nestas reuniões avaliam-se o desempenho da carteira, desenvolvimento de fornecedores e/ou produtos, também formas de melhoria de desempenho tanto de processo de compras como de redução de custos. Mensalmente são avaliados os indicadores em reuniões gerenciais e reuniões de indicadores, sendo que na última existe participação efetiva da Diretoria. Quando há a aprovação de desenvolvimento de um novo fornecedor e/ou produto o Departamento de Compras solicita um lote do produto para teste. Este lote, em seu uso deverá ser aprovado tecnicamente e comercialmente, isso com base no motivo pelo qual gerou a necessidade de desenvolvimento. Com esta aprovação o fornecedor fica com a liberação para futuros fornecimentos do produto testado. Caso o produto e/ou serviço não seja aprovado, poderão ser programados novos testes, buscando a sua aprovação. Para produtos e/ou serviços onde não é possível testar, utilizam-se referências no mercado para a aprovação da primeira aquisição. Em nossa carteira de produtos não há compra de produtos proibidos.

35


Clientes No Departamento Comercial de Embalagens, a seleção dos clientes ocorre por meio de avaliação de itens como análise de crédito, região geográfica, pesquisa de satisfação de clientes, consumo aparente e ramo de atividade. A empresa busca continuamente a inovação e melhorias dos seus processos, através de ações inovadoras que impactam diretamente na segurança e qualidade dos produtos fabricados e oferecidos aos clientes. A cada ano, o Programa de Boas Práticas de Fabricação (BPF) se renova através de implementações cujo objetivo é o de atender as demandas dos clientes da indústria alimentícia, em relação a segurança alimentar. A empresa estabelece condições higiênico sanitárias essenciais para a fabricação, acondicionamento, armazenamento e transporte das embalagens de papelão ondulado.

36


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Satisfação do cliente O mundo dos negócios está cada vez mais competitivo motivo pelo qual é preciso ficar atento e saber efetuar uma leitura precisa do que o cliente espera em relação ao seu atendimento. Um dos fatores que promove a satisfação do cliente está ligado a aspectos inerentes ao produto e ao processo com o qual será produzido e entregue. Sabe-se que um cliente satisfeito com a qualidade do produto apresentado e o atendimento recebido, pode contribuir para a prospecção de novos clientes. Atentar para a rapidez da entrega também é fundamental para manter o cliente satisfeito e, assim, realizar novas compras. Por esse motivo, a empresa mantém canais de comunicação abertos e diretos com todos os clientes através de Pesquisa de Satisfação, a qual permite com o resultado, traçar um diagnóstico apontando caminhos de evolução, aprimoramento continuado dos processos internos, além da identificação das necessidades dos clientes e as melhores formas de orientação. A empresa mantém uma equipe de vendas e pós-vendas que concentra seus esforços para atender os clientes da melhor forma possível. Na Unidade de Negócio Embalagem a pesquisa de satisfação de clientes é realizada semestralmente e o resultado é composto pela pontuação média de cada pergunta inserida na pesquisa. A citação da nota ocorre em escala que vai de um a quatro pontos, em cada um dos itens avaliados. A pesquisa de Satisfação de Clientes é realizada com base nos seguintes conceitos: 01 – Ruim / 02 – Regular / 03 – Bom / 04 – Muito Bom 2013

2014

Qualidade do produto

3,42

3,40

Data de entrega

3,29

3,44

Atendimento

3,72

3,69

Transporte/ condições de recebimento

3,37

3,38

Comparativo com melhor fornecedor

3,26

3,39

Com relação aos produtos da marca Vert, o sistema de pesquisa de satisfação dos clientes passará a ser adotado a partir de 2015. Até dezembro de 2014, o nível de satisfação dos clientes era monitorado através de frequentes visitas realizadas pela equipe do Departamento Comercial da Vert.

37


Identificação dos produtos A empresa dispõe de procedimentos que descrevem os processos produtivos e especificações dos produtos fabricados, além de seguir os procedimentos especificados nas Normas do FSC® (Forest Stewardship Council®) e descritos nas Normas do Sistema de Gestão da qualidade. A empresa aderiu também ao Programa Setorial da Qualidade para Portas de Madeira para Edificações – PSQ/PME, que segue os parâmetros do PBQP-H, garantindo a conformidade dos produtos para construção civil. No Setor de Produção de Embalagens, utiliza-se o sistema de etiqueta, que contém todas as informações necessárias para identificação de cada lote de produto. Todas as informações contidas na etiqueta de identificação do palete constam na ficha técnica do produto, conforme dados enviados pelo cliente. Com esse sistema de rotulação ocorreu a otimização do processo de controle, facilitando a localização do produto em estoque.

Privacidade Não há reclamações de violação da privacidade em relação ao banco de dados dos clientes, pois efetua-se um rigoroso controle e monitoramento. Preservar as informações de seus clientes é uma das preocupações e diretrizes da Adami S/A. A Adami S/A sempre manteve-se atenta às leis e regulamentos que determinam as diretrizes para aplicação de penalidades e esse monitoramento foi fundamental para que não sofresse nenhuma sanção penal, proveniente de uma possível não conformidade. Integrado à área fabril, funciona o Setor de Controle da Qualidade que atua no monitoramento e controle dos processos, baseados na NBR ISO 9001:2008, de forma a garantir a qualidade e confiabilidade dos produtos que a empresa oferece aos seus clientes. Com esse monitoramento atua-se na prevenção de possíveis não conformidades que possam gerar a insatisfação dos clientes.

38


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Comunidades Objetivando cumprir com a sua responsabilidade social, a empresa mantém vários projetos sociais, além de uma série de benefícios já oferecidos aos seus colaboradores. Dessa forma, a Adami S/A contribui para o bem estar de todos e nas comunidades onde as Unidades de Negócio estão inseridas, a empresa realiza investimentos em infraestrutura e projetos de melhorias. A comunidade local e regional participa ativamente das atividades e projetos da empresa, pois todos acabam envolvendo parte da comunidade. Alguns projetos, mesmo sendo internos ou destinados aos colaboradores, acabam impactando a sociedade como um todo.

39


COMUNIDADES A Adami S/A mantém Unidades de Negócio instaladas nos estados de Santa Catarina – nos municípios de Caçador e Ponte Serrada, além de Unidades de Manejo florestal nos municípios de Lebon Régis, Matos Costa, Passos Maia, Ponte Serrada, Água Doce, Calmon, – e Paraná – Palmas e União da Vitória, contribuindo para gerar impactos positivos com a realização de ações focadas em benefícios às comunidades e ao meio ambiente. A presença das Unidades de Negócio no entorno destas comunidades permite manter um constante e harmonioso relacionamento, respeitando as demandas e mantendo canais de diálogo, oferecendo ainda emprego para a população de maior idade e renda através da arrecadação dos impostos.

Sustentabilidade e qualidade de vida A realização de investimentos como apoio e incentivo à iniciativa privada na região sul é uma condição que já se mantém por vários anos, através da aquisição do papel reciclado nas diversas comunidades, estimulando mudanças práticas de atitudes e formação de novos hábitos com relação à utilização desses materiais, favorecendo a responsabilidade ética e social do ser humano com o próprio planeta, além de reforçar um eficiente instrumento para a formação da consciência ambiental. Apoiar a coleta e reciclagem dos papéis usados é contribuir para a busca de soluções nas questões sociais e ambientais, potencializar o trabalho e o processo, reforçando assim, as ações de sensibilização e educação ambiental sobre reciclagem do papel. Durante o ano de 2014, foram adquiridas 118.868,300 toneladas de papéis reciclados, dentre as quais 17.000,760 toneladas foram de Caçador e região, atitude que visa eliminar a formação de lixeiras clandestinas em terrenos baldios, contribuindo de forma geral para melhorar a qualidade da vida urbana. O respeito aos costumes, as culturas locais, bem como ao empenho na educação e na disseminação de valores socioambientais já estão inseridos na política de envolvimento comunitário da empresa, resultado da compreensão de seu papel de melhorias e agente transformador. Por isso, várias ações com escolas e entidades são realizadas para conscientizar a sociedade com relação ao meio ambiente.

Parque Central José Rossi Adami Com o objetivo de melhorar a condição e qualidade de vida da população nas cidades, a empresa efetuou significativa contribuição para que a Prefeitura Municipal de Caçador construísse o Parque Central, um espaço destinado à cultura, lazer e desporto. O Parque Central construído no centro da cidade, leva o nome do fundador da empresa, José Rossi Adami, em homenagem a um dos pioneiros e responsável pelo crescimento econômico do município de Caçador.

40


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Saúde, educação e revitalização na comunidade de Campina do Paulista Na comunidade de Campina do Paulista, localizada em Ponte Serrada, onde estão inseridas as Unidades de Negócio Pasta Químico-Mecânica e Florestal, em parceria com a Prefeitura do município , mantém-se um Posto de Saúde para atendimento dos moradores e um automóvel em regime de plantão (24 horas), específico para o transporte de pessoas que necessitam de atendimento diferenciado do que o posto oferece. Essa parceria foi extensiva para a área de educação através de convênios para o transporte escolar e implementação de melhorias na escola Ubaldino de Araújo Bello que atende crianças desde o ensino pré-escolar até a quinta série do Ensino Fundamental I. Além disso, foi implantado um projeto de revitalização e manutenção dos jardins nas residências, com envolvimento de todos os colaboradores residentes nas casas da empresa. Depois da obtenção de um resultado positivo, no final do ano implantou-se o projeto de reformas das residências. Essas e outras ações influenciam diretamente na qualidade de vida dos moradores que, na maioria, são colaboradores da empresa.

41


Assentamento Passos Maia No município de Passos Maia, situado na região Oeste de Santa Catarina, está inserida a Unidade de Negócio Energia – PCH Victor Baptista Adami. Segundo o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e Secretaria de Agricultura Familiar, este município concentra elevado índice de pessoas no meio rural devido ao grande número de famílias assentadas pelo processo de Reforma Agrária, fruto das constantes ocupações organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). No total, cerca de 560 famílias estão assentadas, e sobrevivem do cultivo da terra e criação de gado leiteiro. Dentre as famílias que residem nos assentamentos, 19 pessoas trabalham na empresa, aumentando assim, a renda familiar.

Investimento e doação para creche em Calmon Em apoio ao desenvolvimento social da cidade vizinha a Caçador, efetuou-se investimentos em infraestrutura e doação de carteiras para a creche Victor Baptista Adami, localizada na cidade de Calmon. Com esse investimento, 204 crianças de zero a cinco anos, que frequentam Educação Infantil, foram beneficiadas.

Impacto positivo na sociedade Em relação as pessoas que estão ligadas à empresa, várias atividades realizadas internamente tem excelentes resultados na sociedade e beneficiam não somente os profissionais da empresa, mas suas famílias, impactando mais pessoas. Um dos exemplos mais significativos desse processo são as liberações de moradias gratuitas aos colaboradores por determinado tempo, o que possibilita a reorganização e melhor gerenciamento das finanças da família para a conquista da casa própria.

42


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Incentivos A Adami S/A apoia e incentiva instituições que desenvolvem trabalhos beneficentes, conforme abaixo:

R$ 21.500,00

R$ 35.000,00

R$ 22.500,00

R$ 35.000,00

Incentivo ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA)

R$ 140.000,00

Incentivo ao desporto (Kindermann)

R$ 90.000,00

Incentivo a cultura (Lei Rouanet)

2013

2014

2013

2014

2013

2014

R$ 20.000,00

R$ 35.000,00

2014

Incentivo ao Programa Nac. de Apoio à Atenção da saúde da pessoa com Deficiência (Pronas/PCD)

R$ 35.000,00

R$ 35.000,00

2013

Incentivo ao Programa Nac. de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon)

R$ 20.000,00

R$ 20.000,00

Incentivo ao Fundo do Idoso

2013

2014

2013

2014

43


ACIONISTAS A cada ano, o plano de negócios da Adami S/A é elaborado e alinhado de acordo com os objetivos e metas quantitativas estabelecidas pelos seus diretores, que conta com o apoio e total concordância de todos os acionistas, os quais estão em constante relacionamento com a empresa. Ao receberem os relatórios contendo as mais variadas informações sobre a empresa, os acionistas passam a ter visão e entendimento do todo o que permite uma análise detalhada do investimento realizado. Para a elaboração do plano de negócios, inicialmente se faz uma análise prospectiva da empresa, com base em cenários alternativos, procurando antecipar descontinuidades relevantes e possíveis ameaças ao retorno de uma remuneração justa pelo capital investido, indispensável para a realização de um processo de gerenciamento corporativo eficiente e que atenda às necessidades que os mercados atuais, extremamente competitivos impõem aos seus participantes. A manutenção de uma moderna gestão dos negócios permite gerar vantagem competitiva e com isso adicionar valor às marcas Adami e Vert.

44


GOVERNO A Adami S/A mantém-se efetivamente presente no que tange as questões das iniciativas externas, participando ativamente das principais entidades que ajudam a regulamentar e nortear as ações da empresa e de seus profissionais. A empresa faz parte do Sindicato das Indústrias de Celulose e Papel de Santa Catarina (SINPESC), da Associação Comercial e Industrial de Caçador (ACIC), além de manter ótimo relacionamento com todos os Sindicatos representantes dos Trabalhadores de todas as categorias, contribuindo na elaboração de pautas de convenções. O público interno tem total liberdade para decidir se quer ou não se associar em suas respectivas entidades de classe. Ao atuar não só no âmbito local, mas estender suas atividades a outros estados, a Adami S/A está sempre desenvolvendo bons relacionamentos no setor governamental – Poderes Executivo, Legislativo e órgãos nas esferas federal, estadual e municipal. Em suas práticas internas, mantém contato com as entidades que propiciam as políticas de meio ambiente e biodiversidade, sempre visando o desenvolvimento sustentável. Com a manutenção das Unidades de Negócio em várias comunidades, a empresa provoca impactos positivos através do desenvolvimento de programas e ações socioambientais, da geração de empregos, renda e recolhimentos de tributos, contribuindo para o desenvolvimento sustentável, além de reduzir a sobrecarga dos serviços inerentes ao atendimento público, iniciativas que resultaram nas conquistas do 16º prêmio Empresa Cidadã lançado pela ADVB/SC, Selo Social lançado pela Câmara de Vereadores do Município, posição de destaque entre as Melhores Empresas para Trabalhar Santa Catarina (GPTW), as 150 Melhores Empresas em Práticas de Gestão de Pessoas (PGPs), as 100 Melhores Empresas em Cidadania Corporativa e 100 Melhores Empresas em Indicador de Desenvolvimento Humano Organizacional (IDHO). Nosso compromisso e respeito com os órgãos governamentais vão além de um bom relacionamento. É por meio do compromisso e respeito às leis, normas e regulamentos desses órgãos que colocamos em prática nosso dever como empresa socialmente responsável, que luta por um país melhor. É por esse rigoroso cumprimento das leis que fazemos nossa parte no combate a corrupção e mantemos nossas ações norteadas totalmente em nosso código de ética.

45


Meio ambiente


Efluentes e resíduos As Unidades de Negócio Papel, Embalagem e Madeireira estão inseridas no Distrito de Castelhano – município de Caçador, nas imediações do Rio Castelhano, afluente que compõe a rede hidrográfica do Estado de Santa Catarina, pois desemboca na Sub-bacia do Rio do Peixe, em direção à Bacia do Rio Uruguai. A água utilizada no processo fabril é coletada no Rio Castelhano através do sistema de bombeamento. Para que isso fosse possível, efetuou-se uma série de medições, pesquisas e análises, obtendo resultados satisfatórios. Para uma cota de coleta diária equivalente a 0,434m³/s, a capacidade de vazão do rio comporta tranquilamente. A empresa também possui um sistema de monitoramento contínuo do corpo hídrico que possibilita a identificação de qualquer alteração na qualidade da água do rio, possibilitando a proposição e aplicação imediata de medidas de controle para que mantenha-se de acordo com parâmetros de sustentabilidade. O processo efetuado pela Estação de Tratamento de Efluentes consiste na coleta, utilização, tratamento e devolução da água na fonte, em melhores condições de oxigenação, de quando foi captada. Como não temos resíduos perigosos em nosso processo industrial e também no processo de transporte de produtos e/ou materiais usados nas operações, a natureza não é afetada por eles. Outra alternativa usada pela Adami S/A e que também deu certo foi a exploração de poços artesianos para fornecimento de água potável utilizada em praticamente todos os setores, principalmente nos vestiários. A empresa mantém um rigoroso controle da água, através de análises em laboratórios efetuadas periodicamente. Em 2014, houve o consumo de 18.309,000m³ de água potável.

2003 à 2008

48

2008 a 2014

Eram utilizados 1.920m3 de água/dia para a produção de 140 ton./dia de papel

Foram utilizados 3.000m3 de água para a produção de 300 ton/dia de papel

13,7m3 de água para a produção de uma tonelada de papel

10m3 de água para a produção de uma tonelada de papel

Meta para 2015 Chegar a 8,3m3 de água para a produção de uma tonelada de papel


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Efluentes industriais A Estação de Tratamento de Efluentes Industriais (ETE) é um importante empreendimento que incorpora o contínuo crescimento e aprimoramento dos processos produtivos de papel e embalagens de papelão ondulado, além de contribuir para a melhoria do meio ambiente e sustentabilidade da atividade industrial. Com capacidade equivalente a 160m3/h, compreende uma remoção de DBO5 (Demanda Bioquímica de Oxigênio) acima de 88%, índice considerado excelente e que atende os parâmetros legais estabelecidos pela legislação ambiental, que orienta sobre a frequência de análises e parâmetros dos efluentes. Periodicamente são enviados laudos de monitoramento aos órgãos ambientais, atendendo assim as determinações estabelecidas na legislação. No ano de 2014, iniciou-se a implantação de modernos equipamentos para fechamento do circuito de água, tornando ainda mais eficaz o seu específico consumo, reduzindo de 10 para 8m3 por tonelada de produção bruta de papel. Ainda durante todo o ano de 2014, efetuou-se a captação de 1.222.406,400m3 de água e, após sua utilização nos processos, foi tratada e devolvida à natureza.

Resíduos Preocupada com a manutenção do consumo consciente e o correto descarte dos resíduos provenientes do processo produtivo, foi implantado um moderno Aterro Industrial, que passou a armazenar tais sobras. A empresa mantém um controle com procedimentos específicos de coleta, armazenamento e destino correto de todos os resíduos gerados. A separação é realizada de acordo com a NBR 10.004/2004, classificando em resíduos de Classe I (perigosos), resíduos de Classe II (não inertes) e resíduos de Classe II-B (inertes), totalizando 10.143,64 toneladas/ano. Os resíduos de Classe II são destinados para tratamento térmico e aterros, já os resíduos de Classe I recebem tratamento específico realizado por empresas especializadas que efetuam a coleta, transporte e disposição para tratamento, devidamente licenciada e atendendo as exigências dos órgãos ambientais.

Resíduos Classe I Gerados 37,25m3 e 9.470 litros de óleo Coletados por empresas especializadas e certificadas

Resíduos Classe II Gerados 996,840 ton. Coletados por empresas especializadas e certificadas (aterro terceirizado)

Resíduos Classe II 2.597,660 ton. Resíduos utilizados na geração de energia

A cultura existente na Adami S/A com ações ecologicamente corretas no descarte dos resíduos gerados possibilitou a conquista do 16º prêmio Empresa Cidadã lançado pela ADVB/SC.

Resíduos Classe II 6.549,14 ton. Resíduos depositados no aterro industrial da Adami S/A

49


Energia Redução do consumo de energia A mais de uma década a empresa adotou como padrão a aquisição de motores de alto rendimento, os quais possuem uma eficiência energética maior. Além da aplicação dos mesmos em ampliações industriais, a substituição gradativa em aplicações existentes é frequente. Aplicações de inversores de frequência em processos industriais tais como exaustores de caldeiras, compressores de ar comprimido e estufas de secagem de madeira é outra medida adotada visando a economia de energia. Para a redução do consumo no sistema de iluminação, a principal ação realizada é a substituição de lâmpadas de vapor metálico por luminárias de LED e a instalação de sensores de luminosidade para controle automático das mesmas. Além disso, a Adami S/A vem investindo na produção de energia elétrica própria, colocando em operação as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), as quais geram energia elétrica limpa e renovável. A PCH Salto Santo Antônio está em operação desde 2005 e com uma potencia instalada de 1,736MW, fornece 100% da energia elétrica para as operações da Unidade de Negócio Pasta-Químico Mecânica. Em 2013, aprovamos junto a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, um novo projeto para a ampliação desta PCH, com uma nova casa de força, que elevará sua potencia instalada para 9,0 MW, sendo sua energia média firme de 4,5MW. Após ampliada, esta PCH será conectada ao Sistema Integrado Nacional (SIN) e sua energia será transportada via Linha de Transmissão – LT 138kV, da Subestação da PCH Victor Batista Adami (25MW), pertencente a Passos Maia Energética S/A, da qual a Adami tem participação societária de 50%, até a subestação da Copel em Palmas (PR). A conexão ao Sistema Integrado Nacional – SIN, possibilitará o ingresso ao Mercado Regular de Energia (MRE), garantindo o recebimento desta energia gerada em nossas unidades fabris, através de contrato de conexão de uso (CUSD/TUSD), com as concessionárias distribuidoras (Celesc, Copel). Ainda em 2014, a empresa investiu no aperfeiçoamento do projeto da PCH Amparo, tornando-a um empreendimento de baixo impacto ambiental, com um novo circuito adutor, casa de força e livre de problemas geológicos. Este projeto está em análise na FATMA-SC, aguardando a conclusão do Licenciamento Ambiental, para posterior encaminhamento junto a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, para aprovação e emissão da outorga/autorização. O início deste empreendimento está previsto para 2019. Unidade de Negócio Energia PCH Dr. Victor Baptista Adami Passos Maia/SC

50


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Mensuração de energia Matriz energética de consumo anual – Unidades de Negócio (MWh):

UNIDADES DE NEGÓCIO

Ambiente de Contratação Livre (ACL)

Ambiente de Contratação Regulado (ACR)

Auto Produção

Total

7.229,14

7.229,14

6.744,00

60.923,91

Pasta Químico-Mecânica Papel

54.179,91

Embalagem

11.097,09

Madeireira

15.792,00

11.097,09 3.527,69

19.319,69

98.569,83 A energia contratada no ACL (Ambiente de Contratação Livre) é fornecida integralmente pela Tractebel Energia Comercializadora Ltda. e a energia contratada no ACR (Ambiente de Contratação Regulada) pela concessionária Celesc Distribuição S.A., com a qual possui também contrato de uso do sistema de distribuição elétrico.

Uso da biomassa na produção de energia Outra preocupação é com relação ao consumo consciente de energia através da biomassa. A empresa possui caldeiras que produzem vapor a partir da utilização do cavaco de pinus, um processo de desenvolvimento economicamente sustentável e extremamente importante para uma boa eficiência térmica. Em 2014, os setores de produção das Unidades de Negócio Papel e Embalagem consumiram 310.153,400 toneladas de vapor geradas nas caldeiras. Esta energia limpa tem baixo impacto no meio ambiente, pois é produzida a partir de água, ar e cavaco. A água se transforma em vapor no interior da caldeira, a partir do calor gerado pela combustão da mistura cavaco/ar dentro da fornalha e a biomassa é proveniente de reflorestamentos próprios.

Vapor produzido e utilizado dentro da organização/ano

310.153,400 toneladas

Emissões e controle de gases A Adami S/A se preocupa com as emissões de Dióxido de Carbono (CO2) liberado para a atmosfera, motivo pelo qual mantém um sistema de medição e controle dos mesmos, provenientes da energia gerada nas caldeiras de suas Unidades de Negócio. Os resultados obtidos são registrados e analisados criteriosamente objetivando atender a legislação (Resolução Conama 436/2011), como também, contribuir para a redução do aquecimento global. Paralelamente, a empresa mantém florestas naturais existentes em suas propriedades, compostas por centenas de espécies da flora regional, e também plantios de florestas comerciais bem manejadas, com o objetivo do sequestro de CO2.

51


Biodiversidade As áreas de influência dos empreendimentos florestais da Adami S/A estão localizadas em diversos municípios dos Estados de Santa Catarina e Paraná. Em algumas destas áreas a empresa realizou estudos de impactos ambientais da flora, fauna, mastofauna e outros, visando o conhecimento mais detalhado em relação ao meio ambiente em suas áreas de atuação.

Flora Foram registradas 260 espécies entre ervas, arbustos, palmeiras e árvores distribuídas em 184 gêneros e 71 famílias.

Fauna Herpetofauna Face ao mosaico existente nas propriedades com remanescentes de florestas de araucárias e campos limpos, com análise da literatura e de espécimes em coleções científicas permitem inferir que 42 espécies de anfíbios e 37 espécies de répteis ocorram na região.

Avifauna Provenientes das metodologias aplicadas para identificação, detectou-se 275 espécies de aves passíveis de ocorrência dentro ou no entorno das áreas da Adami S/A. Estas espécies estão agrupadas em 321 ordens e 58 famílias.

Mastofauna Para identificação da mastofauna realizou-se entrevistas com proprietários, colaboradores e moradores, como também uma vasta pesquisa biológica com base na literatura disponível, sendo que, como resultado é estimado que na área de influência das propriedades da Adami S/A existem 66 espécies, distribuídas em oito ordens, 21 famílias e 52 gêneros.

52


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Descrição Desta forma, a empresa dispõe de uma área equivalente a 41.949,16 ha, sendo 60,4% própria, que está dividida em área de produção (44,1%), conservação (39,2%) e outras atividades (16,7%). Os demais 39,6% de área total são arrendadas, que correspondem a 34% para produção, 28,9% conservação e 37,1% para outras atividades. Portanto, existe uma conscientização e política implantada dentro dos conceitos da Adami S/A visando a conservação da biodiversidade existente nas áreas de atuação da empresa.

Áreas arrendadas 39,6% Áreas próprias 60,4%

Outros 16,7% Outros 37,1%

Área de produção 34%

Área de conservação 28,9%

Área de produção 44,1% Área de conservação 39,2%

Florestas de Alto Valor de Conservação — FAVC Com a existência de vários remanescentes de florestas naturais considerada de grande importância ecológica nas unidades de manejo, realizou-se estudos com base no Guia para Florestas de Alto Valor de Conservação (ProForest), comprovando-se a existência de FAVC em áreas localizadas nos Municípios de Ponte Serrada, Passos Maia e Água Doce no estado de Santa Catarina. Este bloco é composto por uma área total de 12.493,50 ha, sendo que aproximadamente 50% de sua extensão é coberta por vegetação nativa e possui atributos como concentração significativa de valores relativos à biodiversidade em níveis regional, nacional e global, onde populações regionais de todas as espécies naturais ocorrem em padrões naturais de distribuição. O resultado dos estudos norteou a implementação de ações para monitoramentos Fenológico, Fitossociológico, Florístico e da Avifauna.

53


Medidas de proteção Visando promover a manutenção das FAVC, bem como das espécies raras e endêmicas existentes nas Unidades de Controles (UCs), juntamente com a redução dos impactos que possam ser provocados por diferentes ameaças, implementou-se várias medidas de proteção, sendo elas: › Contenção da invasão de Pinus spp., em áreas de proteção permanente, FAVC e RL; › Proibição da caça; › Proibição da retirada de produtos florestais; › Instalação de um sistema de combate a incêndios florestais; › Forma correta de colheita e determinação da época do ano adequada; › Distância mínima para abertura de ramais ou estradas durante a colheita; › Não interrupção de corredores ecológicos-biológicos; › Coletas de sementes controladas.

Impactos ambientais A Adami S/A em função de suas atividades da Unidade Florestal, objetivando a preservação ambiental, implantou o Plano de Gestão de todas as suas operações florestais, nas quais foram avaliadas quanto ao grau de impactação ambiental potencial, de acordo com o ranking de cores conforme tabela abaixo. Alto grau de impactação ambiental Médio grau de impactação ambiental Baixo grau de impactação ambiental

Junto a análise do nível potencial de impactação, para cada operação foram especificadas medidas preventivas e/ou mitigadoras, prática adotada a muito tempo pela empresa visando a minimização de possíveis impactos ambientais. As atividades ambientais com alto grau de impactação são monitoradas através de uma ficha de avaliação pré e pós-atividade, com os resultados submetidos a criteriosa análise.

54


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Objetivo do manejo florestal da Adami S/A Conservação da biodiversidade, da natureza, solos e ecossistemas inseridos em suas unidades de manejo. O constante aprimoramento e desenvolvimento na área social, bem como o plantio de florestas utilizando-se de técnicas adequadas, possibilitam atingir a melhor produtividade e qualidades físico-mecânicas da madeira.

Ação As operações são: preparo de solo – áreas novas e áreas de reformas, plantio – áreas novas e áreas de reformas, combate a formigas, roçadas, desbastes com motosserras, corte raso com motosserras e mecanizado, arraste mecanizado, construção e manutenção de estradas, áreas de empréstimos e cascalheiras, abastecimento e transporte de combustíveis, transporte e carregamento florestal, produção de mudas (pinus taeda L e espécies nativas), desbaste e baldeação mecanizada e poda de galhos. As análises dos impactos ambientais são baseadas nos resultados apresentados na matriz de cada impacto, juntamente com o comparativo efetuado em relação ao ano anterior. Cada operação apresenta uma descrição com aumento, redução ou diminuição do impacto ambiental, seguida de uma ação e a avaliação. Esse procedimento ocorre em todas as Unidades de Manejo Florestal. A Adami S/A adotou o sistema de avaliação de impactos ambientais baseado nos procedimentos de análises e avaliações descritos no documento interno denominado Plano de Gestão de Impactos Ambientais.

Monitoramento ambiental As atividades florestais são constantemente monitoradas e controladas por profissionais capacitados, responsáveis pelas informações, análises de dados e cumprimento dos procedimentos adotados pela organização. Este monitoramento objetiva controlar o desempenho ambiental, florestal e social, principalmente quanto aos compromissos assumidos pela empresa. O resultado depois de analisado deve ser sempre utilizado em prol da melhoria contínua do processo.

55


Espécies ameaçadas de extinção Flora Na flora remanescente, nas áreas de influência dos empreendimentos florestais da Adami S/A, identificou-se quatro espécies ameaçadas de extinção, sendo que, destas, três são de elevado valor econômico (duas madeiraveis e uma ornamental), respectivamente: Araucária – Araucaria angustifololia, Imbuia – Ocotea porosa) e Xaxim – Dicksonia sellowiana. Em relação ao butiá-da-serra – Butia eriospatha, a espécie encontra-se ameaçada devido a perda de habitats, mas presente em diversas áreas da empresa.

Fauna Na lista nacional de anfíbios e répteis considerados ameaçados de extinção (IBAMA, 2003), observa-se que nenhuma das espécies ora registradas nas áreas da empresa é considerada em extinção, embora a recente lista de espécies ameaçadas de Santa Catarina aparece pelo menos a perereca Vitreorana uranoscopa como espécie vulnerável e a rã-das-pedras Limnomedusa macrolossa e a perereca Hypsiboas curupi como espécies em perigo de extinção.

Avifauna Dentre as espécies de avifauna pode-se destacar algumas como: Gavião de penacho – Spizaetus ornatus – espécie considerada como em perigo nos estados do Sul; Papagaio do peito roxo – Amazona vinacea – Esta espécie é classificada como ameaçada de extinção na categoria vulnerável, em âmbito nacional; Curiango-do-banhado – Hydropsalis anômala – já é considerada espécie ameaçada em nível nacional, mas atualmente esta espécie figura entre as quase ameaçadas; Pica-pau-de-cara-canela – Dryocopus galeatus – espécie considerada vulnerável à extinção; Caminheiro-grande – Anthus nattereri – espécie de difícil identificação quando não há registro sonoro, sendo considerada como vulnerável no Brasil.

Mastofauna Oficialmente, Santa Catarina não possui uma lista regional de espécies ameaçadas de extinção. Mas segundo lista do IBAMA (2003), nas áreas de influência da Adami S/A, pode-se encontrar alguns mamíferos constantes da lista mencionada, somente podemos citar vulneráveis a ordem Artiodactyla e na ordem Carnívora o lobo guará, maracajá, jaguatirica, gato-do-mato-pequeno e da ordem Pilosa o tamanduá-bandeira.

56


Relatório de Sustentabilidade | 2014

Investimento em proteção ambiental Nas áreas de proteção e conservação ambiental a Adami S/A mantém investimentos equivalente a R$200 mil por ano, em diversos segmentos para manutenção de convênios e parcerias com Universidades, Institutos de Pesquisas, Instituições de Segurança, Polícia Ambiental, entre outros.

Análise ambiental Na Adami S/A é muito importante a identificação dos impactos ambientais pelos diversos segmentos ora desenvolvidos pela mesma. As avaliações são minuciosamente realizadas a cada operação de trabalho. Sempre se visa o equilíbio entre o ambiente natural com aquele que foi criado, identificando e analisando as possíveis alterações, tornando o quadro ambiental o mais positivo possível, dentro de um equilíbrio entre os fatores ambientais, promovendo a consolidação dos empreendimentos da Adami S/A. Assim, todos estamos constantemente buscando cumprir nossa visão, missão e valores.

57


www.adami.com.br

Profile for Adami

Relatorio2014  

Relatorio2014  

Profile for adami4
Advertisement