Page 1

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

www.actualsintra.com

Director: Bruno Maia

Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2012

ANO VI | Nº 136 | Distribuição Gratuita DR

Autárquicas 2013

Está dado o tiro de partida Página 3

Agualva

Marco Almeida é o primeiro candidato a apresentar-se publicamente

Workshop debateu boas práticas cívicas e intervenção social Página 6

Monte Abraão

Feira das Sopas é mais uma ajuda para melhorar Salão Paroquial Página 4 PUB


2

Abertura

Sexta-feira7deDezembro2012

(*) Francisco de Queiroz francisco.queiroz.actualsintra@gmail.com

Por Bruno Maia(*)

É preciso ser o exemplo!

Quando a solidariedade faz mais sentido

Conta a História Mundial que certo dia Gandhi recebeu a visita de uma mulher acompanhada do seu filho para pedir conselhos ao mestre indiano. Quando o Mahatma perguntou em que podia servi-los, a mulher relatou que na sua casa todos haviam aderido ao pedido do seu mestre para não comer do sal, em protesto aos ingleses, que sufocavam o povo indiano com o seu poder colonizador. Gandhi pediu à mulher que retornasse no mês seguinte, sob alegação nenhuma. Ela, sem entender tal atitude do mestre, saiu entre curiosa e decepcionada. Passado algum tempo a mulher retorna a conversa com Gandhi e re-

Os eventos solidários sempre foram habituais na época que antecede o Natal, e o nosso povo sempre se mostrou muito participativo em acções que visam contribuir para proporcionar a quem mais precisa um pouco mais de dignidade numa época que, consumismo à parte, ainda se reveste de valores importantes. Mas os tempos conturbados que vivemos caracterizam-se por um inaudito aumento de pessoas em dificuldades, o que tem justificado uma crescente aposta em diferentes eventos e causas solidárias, promovidas por diferentes entidades e instituições, como as autarquias, IPSS’s, associações e clubes desportivos, entre outras. Recolha de alimentos, brinquedos, roupas ou outros bens estão na linha da frente destas acções e os resultados parecem evidenciar uma notável adesão das pessoas, registando quase sempre aumentos em comparação com os anos anteriores. Porque informar e apelar à participação nas boas e justas causas deve ser também uma função da Comunicação Social, o Actual Sintra tem procurado a constante divulgação destas acções, num momento em que, como nunca, ser solidário faz sentido.

satisfeita com a resposta do seu mestre. Ora, o que Gandhi fez foi simplesmente reconhecer que naquele momento ele não era exemplo a ser seguido, muito pelo contrário. Da mesma forma se vê exemplo parecido na Bíblia Sagrada, quando JESUS diz para aqueles que se preparavam para jogar pedras em Madalena: - Aquele que não tiver pecado algum atire a primeira pedra! Bem, o resultado é bastante conhecido. Um a um, soltaram a pedra que estava na mão e foram embora. Esses exemplos podem e devem estar presentes no nosso dia a dia. Sempre que a vaidade nos forçar a querer dar o bom exemplo, antes precisamos consultar a nossa consciência e perguntá-la se temos realmente tal gabarito para dar determinado exemplo. Se todos assim o fizessem teríamos um mundo mais caridoso e mais justo, no entanto, o que se verifica são pessoas sem pudor algum se valendo dos seus cargos no poder ou pela sua condição social tentando “ensinar” boas maneiras e apresentando a sua cartilha de como ser um cidadão exemplar. Infelizmente, tais figuras existiram em toda a história das civilizações e ainda soltam o seu veneno por toda a humanidade, causando efeitos maléficos para a população trabalhadora e honesta. Mas de uma coisa podemos ter certeza, podem enganar a nós, pobres mortais, mas não àquele que nos criou e que teremos que prestar contas, hoje, amanhã e sempre!

lembra para ele o pedido que havia feito no mês anterior. O Mahatma com aquele sorrido natural disse para o garoto que ele teria que deixar de comer sal, pelo menos até que a sua mãe o autorizasse a fazer o contrário. A mulher já ia saindo satisfeita, contudo, se virou e curiosa fez a pergunta que a estava intrigando: - Mestre, me desculpe a curiosidade mas por que o senhor não deu esse conselho naquele dia em que viemos aqui? - Por um simples e verdadeiro motivo: naquele momento eu também me alimentava de sal, e, por uma questão de consciência eu não estava à altura para aconselhar o seu filho. Dizem que a mulher saiu mais do que

FICHA TÉCNICA DIRECTOR: Bruno Maia (bruno.maia.@actualsintra. com) SECRETARIADO: Fabíola Inácio DEPARTAMENTO COMERCIAL: Alberto Parente (alber to.parente.actualsintra@gmail.com), Clara Castro e Helena Martins (helena.martins@ actualsintra.com) COLABORADORES: Cátia Tavares, Cristóvam Augusto (caviolao@yahoo.com.br), Desidério Zeffir, Domingos Elias, Francisco de Queiroz (francisco.queiroz. actualsintra@gmail.com), Hugo Miguel (hugo. miguel.actualsintra@gmail.com), João Pereira (joao. pereira.actualsintra@gmail.com), Luís Geirinhas, Nuno Cruz (nuno.cruz.actualsintra@gmail.com) e Sandra Cruz DIRECÇÃO DE ARTES E PAGINAÇÃO: Fabiano Rodrigues EDIÇÃO ON-LINE E INFORMÁTICA: Magnólia Pontes PUBLICIDADE: comercial@actualsintra.com ADMINISTRADOR: António Maia (antonio.maia@actualsintra.com)

(*) Director do Actual Sintra

DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE: Sérgio Folgado IMPRESSÃO: GRAFEDISPORT - Impressão e Artes Gráficas, SA TIRAGEM MÉDIA MENSAL: 30.000 exemplares PROPRIEDADE: Centrais a Cores - Publicações Periódicas e Artes Gráficas, Lda. Registo: ICS- 125276 NIPC – 508290600 Inscrito na CRC Castelo Branco. Capital Social: 5.000€ Depósito Legal: 265617/07 REDACÇÃO E PUBLICIDADE: Avenida do Brasil, nº 27, Loja C 2735-668 São Marcos Telefone: 309 973 189 Fax: 309 973 190 E-mail: geral@actualsintra.com comercial@actualsintra.com

(*) Escritor Brasileiro

Cristóvam Augusto(*) caviolao@yahoo.com.br

Processos de formação musical

Constantemente, surgem musicistas ligados aos mais variados estilos e gêneros, algo que tem certa relação com a formação de novos públicos. Os mecanismos socioculturais são significativos na consecução desses processos. Naturalmente, um dos aspectos importantes no fomento à cultura artístico-musical está na realização de eventos que proporcionem vivências, estímulos e trocas de conhecimentos efetivos, além da ludicidade. Percepção que nos permite compreender a extrema importância de se fomentar a música através de mecanismos institucionais e governamentais.

Ação que tende a gerar sistematizações em diversos níveis, inclusive, no âmbito do ensino, aqui concebido enquanto importante ferramenta de aprimoramento musical, um meio de resgate de sentidos humanos e perspectivas de vida, desde que fundamentado em práticas pedagógicas consistentes e promotoras da autonomia intelectual do sujeito. O estabelecimento de novas gerações no cenário musical da atualidade é um reflexo da força e representatividade inerente à arte dos sons. De fato, algo que deve ser valorizado, pois a música é um importante veículo de formação huma-

na, indubitavelmente. De modo que o estímulo musical adequado não se coaduna com o atendimento de interesses midiáticos simplesmente. Muito contrariamente, trata-se do fomento à produção, manutenção e resgate de valores históricos que contribuem de forma categorial para o desenvolvimento humano-social. Logo, a sociedade deve ser contemplada com a criação contínua de importantes espaços de desenvolvimento e circulação da arte musical. Perspectiva que tende a corroborar com o processo de formação de novas gerações, pela instauração de vivências diversas com especificidades

teóricas, estéticas e técnico-instrumentais. Não obstante, independentemente de qualquer coisa, fica aqui uma mensagem importante. Acredite profundamente na sua arte, na sua música. Busque sempre o aprimoramento que gera consciência em seu fazer. Siga o batimento do seu coração. Isso poderá lhe alçar para lugares inimagináveis, onde a realização humana certamente se faz presente, algo que não tem preço, absolutamente. (*) Musicólogo Brasileiro http://lattes.cnpq.br/5139071381170084


Manchete

Sexta-feira7deDezembro2012

3 DR

AUTÁRQUICAS 2013

Marco Almeida rompe com actual PSD e lança-se a Sintra Foi no Pavilhão da Secundária Gama Barros, no Cacém, no último sábado, que o actual vice da CMS apresentou a sua candidatura às eleições autárquicas que vão decorrer em Outubro do próximo ano. Na ocasião, e com a presença de mais de 1500 pessoas, Marco Almeida distanciou-se do partido do qual é militante e anunciou que a sua candidatura “é irreversível e parte das minhas próprias convicções”.

F

oram várias as figuras públicas e políticas que marcaram presença num pavilhão pintado a vermelho e branco e onde se destacavam as mensagens de Marco Almeida: coerência, compromisso, sensibilidade e credibilidade. Os actuais vereadores da coligação Mais Sintra Ana Duarte, Paula Simões e Luís Duque, passando pelos presidentes de Junta de Algueirão Mem Martins, Monte Abraão, Santa Maria e São Miguel, Massamá, Queluz, Colares, Casal de Cambra, São Pedro de Penaferrim ou São João das Lampas, compunham a primeira fila do anfiteatro montado propositadamente para a apresentação da candidatura e que contou um espectáculo que abriu com a actuação da Gimnoanima e em que participaram ainda o escritor José Fanha e vários artistas da Oficina de Teatro e Expressões (OTE). O ponto alto destes momentos prévios terá sido mesmo a voz Marina Sani, da OTE, quando interpretou AS

de forma brilhante e perfeita a canção “Amor a Portugal”, de Dulce Pontes. Foi o primeiro momento que obrigou os presentes a levantar da cadeira e a aplaudir de pé esta voz sublime. Foi num vídeo com pouco menos de 20 minutos que foi apresentada a história de vida do agora candidato Marco Almeida. Desde o nascimento na cidade do Lobito (Angola), em 1969, até à chegada a Portugal, com a família, em 1975, o candidato deu a conhecer também o seu percurso académico até entrar na política em 1991, vindo a filiar-se no PSD no ano seguinte. Mais um ano volvido e começava a desempenhar as suas primeiras funções autárquicas, na então freguesia de Agualva Cacém. De 2001 a esta parte é vice-presidente da autarquia sintrense, sempre ao lado de Fernando Seara, e por isso, diz, “sinto-me herdeiro da confiança que sempre mereci de Fernando Seara”. AS

Define-se como “um homem da comunidade, que procura estar atento e que conheço bem este nosso concelho”. Já a propósito de um tema tão actual no nosso país, mas em especial no concelho de Sintra, a tão badalada re-organização do território, que tudo leva a crer vai reduzir o número de freguesias no concelho de 20 para 11, o agora candidato foi bem claro, e declarou a sua opinião em jeito de pegunta: “se enquanto exerci funções autárquicas na então freguesia de Agualva Cacém colaborei na criação das 4 freguesias da cidade, como é que agora posso aceitar a reforma administrativa?”. Mais uma ocasião para ser aplaudido de pé por todos aqueles que o ouviam. Mas como não podia deixar de ser, o tema da apresentação teria que passar pelas actuais relações entre o candidato independente e o partido no qual é filiado vai para 20 anos. Também sobre este assunAS

to, Marco Almeida foi claro e não deixou margem para grandes desvios de opinião, afirmando que “sou do velho PSD, daquele partido que acreditava que as pessoas estão em primeiro lugar e que governar é transformar”. Não seria preciso mais explicações mas, ainda assim, conseguiu ser ainda mais claro ao dizer que “assumo claramente uma distância ideológica do actual PSD”. O que já muitos pensavam estava agora confirmado. Justamente na semana em que a Distrital de Lisboa do PSD anunciou o nome de Pedro Pinto, actual Deputado na AR e vice-presidente da estrutura partidária presidida por Pedro Passos Coelho, para liderar a lista Laranja à Câmara Municipal de Sintra. Marco Almeida, na qualidade de independente, deu o tiro de partida na corrida à presidência da CMS onde, para já, tem dois adversários declarados: Pedro Pinto, pelo PSD, e Basílio Horta, pelo PS. AS


DR

4

Local

Sexta-feira7deDezembro2012

PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA FÉ

A sopa também aproxima os fiéis Centena e meia de pessoas participaram ao final da tarde de sábado na 2ª edição da Feira das Sopas, no Salão Paroquial da Igreja de Nossa Senhora da Fé, em Monte Abraão. Com cinco variedades de sopa para oferecer, o Padre Abel Ferreira recebeu assim a segunda iniciativa da Paróquia desde que se tornou Pároco local, a 23 de Setembro último. com que os paroquianos se abraçam a Igreja”. Esta Feira das Sopas, que aconteceu poucas semanas depois da Noite Fados, insere-se numa estratégia de angariação de fundos para “conseguir melhorar as condições do Salão Paroquial, nomeadamente ao nível da iluminação, acústica e aquecimento”, refere o Pároco. Com estes dois eventos foram angariados cerca de 2 mil Euros, mas ainda não são conhecidos os números necessários para conseguir os melhoramentos. “Tenho agendada uma conversa com um arquitecto, e só a partir daí conseguimos saber o que temos

que fazer e quais os custos”, diz Abel Ferreira. Ainda assim, a Paróquia continua a perseguir os seus objectivos, e para Fevereiro está já agendada nova iniciativa, que a seu tempo será divulgada publicamente. Aproveitando esta Feira das Sopas, o Grupo de Motards Foge Com Elas, também

de Monte Abraão, ofereceu ao novo Pároco da Freguesia uma imagem de São Rafael, padroeiro de todos os adeptos das duas rodas. A imagem receberá a bênção do Padre no próximo mês de Janeiro para depois ser colocada no altar da Igreja de Nossa Senhora da Fé. AS

PUB

PUB

PUB

Evento recolheu fundos para o Salão Paroquial

PUB

opa de cação, da pedra, canja, caldo verde ou feijão e hortaliça, todas quentinhas e à disposição de quem escolheu alimentar-se com sopa à hora do jantar do último sábado. A segunda edição desta Feira, organizada por um dos 35 grupos de paroquianos de Nossa Senhora da Fé, o Grupo de Festas do Salão, recebeu cerca de 150 adeptos da sopa como base da alimentação. O Padre Abel Ferreira, anfitrião da iniciativa que também contou com o apoio da Junta de Freguesia de Monte Abraão, mostrou-se satisfeito com “a dedicação e vontade

PUB

S


Local

Sexta-feira7deDezembro2012

Olga Cadaval acolhe XI Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos A Amnistia Internacional Portugal – Grupo 19 | Sintra, em colaboração com o Centro Cultural Olga Cadaval, promove a realização, entre os dias 14 e 16 de Dezembro, da XI Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos. O objectivo da iniciativa é sensibilizar a comunidade para a necessidade de promoção e defesa dos Direitos Humanos.

O

s Invisíveis, de Marc Silver e Gael Garcìa Bernal, ou o drama de centenas de migrantes latino-americanos que se deparam com o rapto, a violação, o roubo e o assassínio no México, e Gandhi’s Children, um documentário as crianças da Índia nos dias de hoje, muitas décadas após o assassínio de Gandhi, são dois dos trabalhos a apresentar. Design atrás das Grades, de Margarida Leitão, rodado no Estabelecimento Prisional de Tires, um filme que junta algo de improvável num mundo que procura um futuro sustentável, The Price of Sex, da fotojornalista moldava Mimi Chacarova, Vou Contar para meus Filhos, de Tuca Siqueira, um documento-memória sobre 24 mulheres que estiveram detidas durante a ditadura militar brasileira, e La Ciudad de los Fotografos, de Sebastián Moreno, um trabalho que é em si mesmo uma homenagem a um grupo de repórteres fotográficos durante os anos de chumbo de Augusto Pinochet, no Chile, completam o cartaz deste ano. Será também passado um documentário sobre a Amnistia Internacional, que

comemorou, no ano passado, meio século sobre a data da sua fundação, em 1961, na sequência da condenação de dois estudantes portugueses, por terem feito um brinde à liberdade, a sete anos de prisão. O certame inclui ainda debates, com convidados, relacionados com os temas projectados e campanhas da AI. O Grupo 19 está em Sintra desde 1989. Desde então participou em inúmeras campanhas de promoção e defesa dos Direitos Humanos, na região e mesmo fora dela, abraçou dossiers de investigação, adoptou prisioneiros de consciência, promoveu debates, participou em manifestações de sensibilização ou protesto, desdobrou-se em sessões em escolas, em todo o concelho, distribuiu bibliotecas de Direitos Humanos a vários estabelecimentos de ensino. Contribuiu decisivamente para a libertação, em 2010, de oito presos de consciência da Guiné Equatorial. Trabalha neste momento sobre uma activista dos direitos humanos ameaçada de morte na Guatemala e vários prisioneiros de consciência angolanos.

PUB

De 14 a 16 de Dezembro

5


6

Local

Sexta-feira7deDezembro2012

26 de Novembro

Rápidas

Agualva mostra boas práticas de participação cívica e intervenção social A

Com o objectivo de debater e dar a conhecer projectos inovadores, no âmbito de processos de Agenda 21 Local, de desenvolvimento sustentável e participação cívica, a Junta de Freguesia de Agualva promoveu, a 26 de Novembro, um workshop de boas práticas nestas áreas.

iniciativa decorreu no Centro Lúdico das Lopas, em Agualva, contando com a presença de cerca de 80 participantes, vindos de municípios como Seixal, Barreiro, Oeiras, Loures, Cascais e Valongo, e de outras Juntas de Freguesia do concelho, como Casal de Cambra. Fernando Seara e Marco Almeida, respectivamente presidente e vice-presidente da Câmara de Sintra, também estiveram presentes. O Workshop de boas práticas de participação cívica e intervenção social incidiu sobre a temática “Desenvolvimento Sustentável no actual contexto das autarquias: Oportunidade ou retrocesso?”. A acção, promovida pela equipa da Agenda 21 Local de Agualva, pretendeu “estimular a partilha de conhecimentos, ideias e projectos inovadores na área do desenvolvimento sustentável, numa perspectiva crítica relativamente ao actual contexto económico, financeiro e social”, explicou esta Junta. No âmbito da iniciativa, decorreram diversas visitas na freguesia, dando aos presentes a possibilidade de conhecer a Loja Solidária, os Eco Percursos e os projectos Zelador de Bairro e Hortas Sustentáveis. No caso deste

AS

Durante o dia, os participantes conheceram vários projectos em Agualva último, a visita decorreu no terreno onde deverá ser implementado, após a realização do protocolo de cedência formal por parte da Câmara Municipal, o que deve acontecer “até ao final do ano”, explicou Rui Castelhano, presidente da Junta de Agualva, que sublinhou já existirem “mais de 100 pessoas inscritas interessadas em participar”. O autarca considerou o evento “marcada-

mente positivo”, salientando a possibilidade desta instituição “mostrar o que tem feito no âmbito da participação cívica e da cidadania activa”, para além do interesse nas “apresentações a respeito do melhor que é feito no país inteiro”. “Nesta área, às vezes não é preciso «inventar a roda», mas observar o bom que se faz na freguesia ou câmara vizinha, e aplicar ao nosso caso”, sustentou.

Inscrições em curso

Actividades de Natal animam São Marcos J

á estão em curso as inscrições para as “Actividades de Natal 2012”, uma iniciativa organizada pela Junta de Freguesia de São Marcos, que decorre nas instalações do Centro Carlos Paredes – Lúdico, Cultural e Desportivo, de 18 de Dezembro de 2012 a 4 de Janeiro de 2013. Do programa constam uma Exposição de Presépios de Natal, que estará patente entre os dias 18 de Dezembro e 4 de Janeiro. A mostra pode ser visitada no Centro Carlos Paredes, de terça-feira a sábado, entre as 10h00 e as 12h30, e as 14h00 e as 17h00, estando encerrada nos dias 24 e 31 de Dezembro. No mesmo espaço, haverá ainda lugar a actividades destinadas aos mais novos, como o “Natal Científico – Ateliers de Ciência”, nos dias 18 e 19 de Dezembro, às 15h00, numa iniciativa para crianças a partir dos 6 anos. No dia 20 de Dezembro, decorrerá o Peddypapper Natalício, a partir das 15h00, aberto à participação de crianças com mais de 6 anos. O teatro também está entre as actividades desenvolvidas e, nos dias 21 e 22 de Dezembro, pelas 11h00, será encenada a peça infantil “Branca de Neve e os Sete Anões”. Os jovens da freguesia dos 6 aos 12 anos poderão ainda participar nos Ateliers de Natal, que terão lugar de 27 a 29 de Dezembro, às 14h00. Os interessados poderão obter mais informações ou efectuar a sua inscrição no Centro Carlos Paredes – Lúdico, Cultural e Desportivo de São Marcos, até ao dia 18 de Dezembro, pelo telefone 910258226, ou através do email. atendimentoccp@jf-smarcos.pt ou geralccp@jf-smarcos.pt. As vagas são limitadas.

Passeios comemoram Sintra Património Mundial

O aniversário da classificação pela Unesco da Paisagem Cultural de Sintra Património Mundial é o mote para dois passeios, pedestre e de BTT, e um Raid de BTT, organizados pela Câmara Municipal de Sintra, no âmbito do projecto “Sintraventura”. Os passeios, gratuitos, marcados para dia 9 de dezembro, pelas 8h45, têm início marcado na Portela de Sintra. Os três eventos, a realizar-se com o apoio do “BTT Lourel”, vão decorrer em simultâneo: um Raid de btt de 40 Km, um passeio de btt de 20Km e um passeio pedestre de aproximadamente 10 Km.

Delegação Municipal de Mem Martins encerra temporariamente

A Delegação Municipal de Mem Martins, localizada no Centro Comercial Chaby Pinheiro, está temporariamente encerrada neste espaço, desde o dia 1 de Dezembro. De acordo com a autarquia, os restantes postos de atendimento do Gabinete Municipal de Apoio ao Munícipe e Controlo de Processos encontram-se em pleno funcionamento, em Sintra, no Largo Dr. Virgílio Horta, com entrada pela Rua Dr. Alfredo Costa; no Cacém, na Rua Nova do Zambujal, nº 9 R/C e em Queluz, na Rua 9 de Abril, nº 24 – B, R/C.

SMIC debate alterações do mercado energético

As recentes alterações do mercado energético foram o tema de uma sessão de sensibilização do consumidor que o Serviço Municipal de Informação ao Consumidor (SMIC) da autarquia realizou no dia 29 de Novembro, no auditório dos SMAS, em Sintra. Promovida pela DECO – Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores, em parceria com a ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, a iniciativa consistiu numa sessão de esclarecimento, no âmbito das recentes alterações do mercado energético, procurando contribuir para a informação dos consumidores, sobre os seus direitos no processo de extinção das tarifas reguladas e mudança de comercializador de energia.


Local

Sexta-feira7deDezembro2012

7

Monte Abraão

Rápidas DR

Secundária Miguel Torga é exemplo de solidariedade Numa época caracterizada pelas dificuldades e constrangimentos financeiros, a Escola Secundária Miguel Torga enfrenta os problemas com uma empenhada acção solidária, envolvendo toda a comunidade escolar. As respostas têm sido eficazes, num estabelecimento onde “30 a 40% dos alunos”enfrentam dificuldades.

Misericórdia de Sintra recolhe brinquedos e alimentos

No sentido de proporcionar um Natal mais feliz para as famílias desfavorecidas do concelho, a Santa Casa da Misericórdia de Sintra vai promover, de 10 a 14 de Dezembro, uma recolha de brinquedos ou géneros alimentares (como bacalhau, azeite, leite, arroz, massas e enlatados).As entregas podem ser feitas na na sede da instituição, no Centro Empresarial Sintra Nascente, Av. Almirante Gago Coutinho, Edificio 9, 2710-418 Portela de Sintra, das 10h00 às 19h00. Os interessados podem obter mais informações através do telefone 219 239 270, pelo email carla.barradas@misericordiadesintra.pt ou em www.misericordiadesintra.pt.

Comandos distinguidos com medalha de mérito

A Câmara de Sintra atribuiu a medalha de mérito municipal grau ouro ao Centro de Tropas de Comandos, numa cerimónia que se realizou a 21 de Novembro, no Palácio Valenças. De acordo com a autarquia, trata-se de “uma distinção que visa reconhecer a disponibilidade total dos Comandos para com o município de Sintra, estando permanentemente presentes no auxílio às populações, quando são solicitados, através do apoio material ou de amparo moral, designadamente aquando das operações desenvolvidas no âmbito da protecção civil”.

CECD Mira Sintra: Teatro Solidário supera expectativas

No dia 1 de Dezembro, a sala de espetáculos da Academia de Santo Amaro, em Lisboa, encheu para apoiar uma causa solidária: equipar a sala multisensorial do C.E.C.D. Mira Sintra (Centro de Educação para o Cidadão Deficiente), nas instalações do Centro de Actividades Ocupacionais do Pólo Pendão. Os 750 Euros de bilheteira foram superados com donativos adicionais, tendo sido alcançada a quantia total de 1100 Euros. A nova valência permitirá “desenvolver um trabalho de estimulação sensorial e de relaxamento com os clientes, principalmente aqueles que apresentam um quadro de deficiência intelectual moderada e grave”, explicou Diana Carmona, Coordenadora do Centro de Actividades Ocupacionais do Pólo Pendão.

C

om cerca de 1500 alunos, a Escola Miguel Torga é mais um estabelecimento de ensino que, à imagem de tantos outros, em todo o país, vê aumentar, diariamente, os problemas dos alunos, face às crescentes dificuldades económicas. Para contrariar o problema, que afecta, de acordo a directora Ana Paula Garganta, “30 a 40% dos alunos”, a Escola mantém “uma forte aposta no apoio social”. A docente refere que esta acção teve início “com uma campanha que começou por dar um agasalho, que decorria, normalmente em Novembro”. Na prática, a iniciativa é promovida por “professores e funcionários, que entregam uma peça de roupa ou várias, e nós sensibilizamos os alunos para as reutilizar”. Com o passar do tempo, a campanha passou a decorrer durante todo o ano, tendo sido criado o Gabinete de Apoio à Família (GAF), que assim, dá uma resposta mais consistente a esta questão. Os problemas, assinala, “são muitas vezes detectados pelos professores, que observam que os alunos estão mal agasalhados e muitos deles vão lá, e trazem roupa mais quente”. Mas a acção tem sido alargada. “Há muitas famílias também cá vêm”, “por vezes é detectada uma aluna que eventualmente ficou grávida, ou um familiar que necessita,

AS

As iniciativas da escola têm garantido ajuda dentro e fora do estabelecimento faz-se uma campanha e passado um dia ou dois, os professores têm cá quase um enxoval. Sempre que se pede, há resposta”, garante. Em simultâneo, “são sinalizados casos de problemas familiares e económicos, em que com a colaboração de todos, se compram alimentos”. “Toda a acção desenvolvida é baseada exclusivamente na solidariedade dos professores e funcionários. Nem tenho pedido outros apoios, porque ainda não foi necessário… aqui há muita solidariedade”, garante Ana Paula Garganta. A Miguel Torga assegura ainda outras

respostas aos seus alunos, com uma bolsa de empréstimo de manuais, ou o pagamento de refeições a alguns alunos mais carenciados. Além disso, mantém uma parceria com a Junta de Freguesia de monte Abraão. Na época de Natal, “há muita roupa encaminhada pelo GAF para lá. E fazemos um pedido de recolha de brinquedos, e também enviamos”. Pela segunda vez, teve também lugar uma Venda Solidária, em que foram vendidos vários artigos usados, com o valor recolhido a reverter para a compra de leite para recém nascidos, através da Junta.

Nos 3 primeiros sábados do mês

Palácios de Sintra recebem Concertos de Natal N

os três primeiros sábados do mês de Dezembro, dias 1, 8 e 15, os três Palácios Nacionais em Sintra vão receber concertos com repertório de Natal. Os espectáculos são abertos a todos os visitantes, que poderão assim desfrutar de música da época em locais únicos. “Os Violinhos”, o Coro Leal da Câmara e o Duo de Flauta Transversal e Guitarra Clássica do Conservatório de Música de Sintra, animarão os finais de tarde nestes monumentos. A iniciativa teve início no passado sábado, dia 1 de Dezembro, na capela do Palácio da Pena, com o concerto de flauta transversal e guitarra clássica com Pedro Camacho e Nuno Vasconcelos, Professores do Conservatório de Música de Sintra. Amanhã, dia 8 de Dezembro, a orquestra ‘Os Violinhos’ actua, às 17h30, na Sala do Trono do Palácio de Queluz. Criada em 2003, esta orquestra de crianças e jovens, sob a direção musical de Filipa Poêjo, conta com alguns dos melhores alunos de violino da Academia de Música de Lisboa.

PSML

A Orquestra “Os Violinhos” actua amanhã às 17h30, no Palácio de Queluz No dia 15 de Dezembro a iniciativa termina com o Coro Leal da Câmara, conhecido, entre outros, pelos seus tradicionais concertos de Natal. Fundado em 1993, o Coro

sob a direção do Maestro Humberto Cosme Castanheira, tem cerca de 25 elementos. O concerto terá lugar às 15h00, na capela do Palácio de Sintra.


8

Publicidade

Sexta-feira7deDezembro2012


Sexta-feira7deDezembro2012

Publicidade

9


10

Local

Sexta-feira7deDezembro2012

Monte Abraão

Esta quarta-feira

Freguesia apela à solidariedade na Quadra Natalícia PSP promove C

almoço solidário

Nos dias que antecedem o Natal, a Junta de Monte Abraão está a promover algumas iniciativas solidárias. As acções incluem a recolha de brinquedos e outros bens destinados às crianças, e também de alimentos, a ser entregues às famílias mais carenciadas da freguesia.

om o Natal mesmo a bater à porta, a Junta de Freguesia de Monte Abraão, com o apoio do Regimento de Artilharia Anti-Aérea Nº1 de Queluz, o Grupo de Motards Foge Com Elas, de Monte Abraão, o Núcleo Associativo de Pais do Agrupamento de Escolas Ruy Belo, a Criagente (Agrupamento de Escolas Ruy Belo) e a Escola Secundária Miguel Torga, está a organizar uma série de acções, entre as quais a recolha de bens de vestuário, brinquedos, livros, e jogos didácticos, para as crianças residentes na Freguesia de Monte Abraão. Neste contexto, a instituição presidida por Fátima Campos vai receber crianças e jovens com idades até aos 14 anos nas instalações da Junta, no próximo dia 20 de Dezembro, no horário compreendido entre as 10h00 e as 12h00 e, no período da tarde, das 14h30 às 17h00. Em simultâneo, está a decorrer, desde o dia 3 de Dezembro, a Campanha de Natal - Recolha de Alimentos, através da qual foi lançado um apelo à participação de toda

DR

DR

A

Com estas acções, a Junta de Freguesia quer ajudar as famílias carenciadas a comunidade local, particulares, e comerciantes, no sentido de colaborarem com bens alimentares não perecíveis. Os alimentos poderão ser doados directamente nas instalações da autarquia local, na Avenida da Liberdade, nºs 29 e 31, em Monte Abraão, no horário compreendido entre as 9h00 e as 12h30, as 14h00 e as 17h30.

A campanha vai decorrer até ao próximo dia 18 de Dezembro e o objectivo é, de acordo com a Junta de Freguesia “recolher o maior número possível de alimentos para o projecto Mercearia Solidária, de forma a proporcionar uma ceia de Natal mais aconchegante às famílias apoiadas pela Área Psicossocial desta Junta de Freguesia”.

Polícia de Segurança Pública (PSP) de Sintra promoveu, no dia 5 de Dezembro, um almoço solidário, na Quinta de santo António, Paiões, em Rio de Mouro. A iniciativa decorreu no âmbito do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade (MIPP e Programa - Apoio 65, e foi direccionada à comunidade Sénior do Concelho, integrada na comemoração do Ano Europeu do Envelhecimento Activo. De acordo com a PSP, o objectivo deste evento foi “dinamizar o contacto entre os idosos e os agentes policiais, contribuindo assim para o estreitamento de laços de confiança garantindo a promoção de conselhos de segurança no sentido de diminuir a exposição desta faixa etária a situações de risco. A acção pretendeu ser mais um passo no combate ao isolamento social”. Assim, foi proporcionada aos seniores uma tarde recheada de entretenimento, que incluiu a realização de um baile. PUB

fatura emitida pelas empresas que oferecem redes e serviços de comunicações eletrónicas no Município de Sintra.

AVISO Fernando Jorge Loureiro de Roboredo Seara, Presidente da Câmara Municipal de Sintra, ao abrigo da sua competência constante da alínea v) do n.º 1 do artigo 68.º e para os efeitos do estatuído no nº 1 do artº 91º da Lei 169/99, de 18 de setembro, com as alterações introduzidas pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de janeiro, nos termos do artigo 49º da Lei nº 2/2007, de 15 de janeiro e do artº 13º da Lei nº 53-E/2006 de 29 de dezembro, torna público que por deliberação da Assembleia Municipal de Sintra, tomada na sua 4ª Sessão Extraordinária de 23 de novembro de 2012, foi aprovado(a): I 1. - A fixação das seguintes taxas de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), para vigorar no ano de 2013, ao abrigo do nº 4 do artigo 112º do Decreto-Lei nº 287/2003, de 12 de novembro (Código doo Imposto Municipal sobre Imóveis), com a nova redação dada pelas respetivas alterações: a) - 0,6% para os prédios urbanos contemplados na alínea b) do nº 1 doo art. 112º do Código do Imposto Municipal sobre Imóveis; b) - 0,39% para os prédios urbanos contemplados na alínea c) do nº 1 do art. 112º do mesmo código. 2. - Nos termos e para os efeitos dos nºs 6 e 14 do artigo 112º do mesmo diploma, fixar uma minoração de 30% sobre a taxa aplicável a prédios urbanos que tenham sofrido obras de recuperação devidamente comprovadas em áreas objeto de reabilitação urbana; 3. - Nos termos e para os efeitos dos nºs 8 e 14 do artigo 112º do mesmo diploma, fixar uma majoração de 30% sobre a taxa aplicável a prédios urbanos degradados, considerando-se como tais os que, face ao seu estado de conservação, não cumpram satisfatoriamente a sua função ou façam perigar a segurança de pessoas e bens; 4. - Nos termos do artigo 12º do artigo 112º do diploma, fixar uma redução de até 50% da taxa a aplicar a prédios classificados como de interesse público, de valor municipal ou de património cultural, nos termos da legislação em vigor, desde que estes prédios não se encontrem abrangidos pela alínea n) do nº1 do artigo 40º do Estatuto dos Benefícios Fiscais; 5. - A listagem contendo as situações previstas no ponto 3. encontra-se integrada na deliberação municipal, para todos os efeitos legais, constando cada um dos imóveis de ficha/processo individual, existente nos serviços municipais. II A fixação da taxa municipal de direitos de passagem para o ano de 2013 em 0,25%, a aplicar sobre cada

III 1 - Autorizar o lançamento de uma derrama de 1,5% sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre o rendimento das pessoas coletivas (IRC), para o ano de 2013, respeitantes ao rendimento gerado na circunscrição territorial do Município de Sintra, para empresas que tenham tido um volume de negócios superior a € 150 000; e 2 - Ao abrigo do nº 4 do art. 14º da Lei nº 2/2007 de 15 de janeiro - Lei das Finanças Locais, e do nº 2 do art. 12º da mesma Lei, deliberou isentar de derrama sobre o lucro tributável sujeito e não isento de imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC), para o ano de 2013, respeitantes ao rendimento gerado na circunscrição territorial do município de Sintra, para empresas que tenham tido um volume de negócios inferior ou igual a € 150 000. IV Autorizar a participação no IRS dos sujeitos passivos com domicílio fiscal no Concelho de Sintra, relativamente aos rendimentos do ano de 2013, calculada sobre a respetiva coleta líquida das deduções previstas no nº1 do artº 78º do Código de IRS, de 4% para inclusão no Orçamento Municipal de 2014. V Levo ainda ao conhecimento de V.Exa. foram aprovados os seguintes Regulamentos Municipais: - Primeiras Alterações ao Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Sintra, acompanhado de Parecer da Comissão Permanente de Educação Juventude e Emprego; - Regulamento do Banco de Recursos de Apoio às Famílias do Município de Sintra, acompanhado de Parecer da Comissão Permanente de Assuntos Sociais. Os documentos constantes do Grupo V do Aviso, encontram-se, sem prejuízo da publicação do presente Aviso e da demais publicitação legalmente prevista, disponíveis ao público no Gabinete de Apoio ao Munícipe e Controlo de Processos, suas Delegações e na página da Câmara Municipal de Sintra na Internet em www.cm-sintra.pt. Paços do Concelho de Sintra, 26 de novembro de 2012


Regional

Sexta-feira7deDezembro2012

11

Escola da Polícia Judiciária

Rápidas DR

“Tardes no Museu” celebram Natal em Mafra

Aprender a fazer objectos decorativos de Natal - esta é a proposta da Câmara Municipal de Mafra para ocupação dos tempos livres das crianças dos 6 aos 10 anos. De 17 a 21 de Dezembro, realizam-se cinco oficinas pedagógicas no Museu Municipal Prof. Raúl de Almeida. Estão abertas inscrições para cinco oficinas pedagógicas, que pretendem desenvolver a aprendizagem de técnicas decorativas, através da realização de elementos executados com materiais reluzentes e reciclados. As acções são subordinadas aos temas sinos de Natal, Pinheirinho de Natal, Sapatinho da Chaminé, Coroas de Natal e Livro de Natal.

Oeiras: “Encontros com Sumo” esclarecem consumidores

As recentes alterações no mercado energético, com a extinção das tarifas reguladas e a mudança de comercializador de energia, exigem que o consumidor esteja mais informado para que no processo de transição tome as decisões conscientemente e defenda os seus direitos. De modo a informar os cidadãos sobre este assunto, no dia 5 de Dezembro teve lugar uma sessão de esclarecimento aos consumidores, na Livraria-Galeria Municipal Verney, no Centro Histórico de Oeiras). Esta sessão foi promovida pela DECO, no âmbito do ciclo de sessões “Encontros com Sumo”, em colaboração com a Câmara Municipal de Oeiras.

IV Semana do Voluntariado da Amadora

No âmbito da IV Semana do Voluntariado da Amadora, decorrem no Município duas iniciativas: o Encontro “Voluntariado e Empregabilidade”, que teve lugar no dia 5, e a Acção de Formação Geral de Voluntariado com Speed Dating de projectos de voluntariado pelas Organizações Promotoras de Voluntariado inscritas no Banco Local de Voluntariado da Amadora (BLVA), hoje, dia 7 de Dezembro. A IV Semana do Voluntariado da Amadora tem como objetivo promover e impulsionar a prática de voluntariado no Município, assim como divulgar o trabalho desenvolvido pelo BLVA e reconhecer o trabalho voluntário desenvolvido ao longo do ano.

Segurança em debate no 9º Encontro Sectorial do Município de Loures A

Realizou-se, no dia 20 de Novembro, no auditório da Escola da Polícia Judiciária, o 9º Encontro Sectorial do Município de Loures. O evento teve como tema a Segurança e contou com um vasto painel de especialistas nesta área.

sessão de abertura deste 9º Encontro Sectorial, evento organizado pelo Departamento de Actividades Económicas e Turismo da Câmara Municipal de Loures, em parceria com o IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação –, ficou a cargo de Carla Falua, Directora da Escola da Polícia Judiciária, que começou por fazer uma breve apresentação da quinta onde está instalada a Escola e explicar um pouco da missão da instituição. Emília de Figueiredo, vereadora responsável pelo Departamento de Actividades Económicas e Turismo da Câmara de Loures, afirmou que “a Câmara Municipal tem procurado desenvolver iniciativas que promovam novos caminhos para contornar a crise actual”. Exemplo disso, acrescentou, “foram cinco os encontros sectoriais organizados em 2011 e três encontros já realizados este ano, que têm como função a criação de um ambiente favorável e seguro para o crescimento das actividades económicas em Loures”. Prosseguindo, lembrou que “a segurança é um problema acrescido para as empresas e foi por essa razão que em 2006 a Câmara criou o Regulamento Municipal

CML

A autarquia quer “um ambiente favorável e seguro” para as empresas de Segurança que tem como objectivos o conhecimento da segurança no município, a formulação de projectos para a solução da marginalidade e a promoção de medidas de combate à criminalidade e à exclusão social. Já em Setembro de 2008, a autarquia aderiu ao Contrato Local de Segurança, um projecto em parceria com o Ministério da Administração Interna que engloba três freguesias e abrange mais de 50 mil munícipes”. Emília de Figueiredo mencionou ainda que “a crise económica limita e condiciona,

sendo que a segurança da sociedade está a ser afectada. Por isso, o tema deste encontro não poderia ser mais oportuno, permitindo a partilha de experiências e a minimização da insegurança das empresas”. “Em Loures existem mais de dez empresas de segurança, que empregam cerca de 2600 pessoas, mas o momento actual exige um esforço redobrado dos empresários que devem ter um diálogo permanente com as instituições públicas de modo a criar um ambiente favorável ao crescimento sustentável”, concluiu.

Odivelas

Encontro debate prevenção de comportamentos de risco S

ubordinado ao tema «Dependências (NÂO) Químicas», o IV Encontro Concelhio sobre Prevenção de Comportamentos de Risco realizou-se no passado dia 26 de Novembro, nos Paços do Concelho, em Odivelas. Dirigido em particular a técnicos de educação, saúde e intervenção social, mas também a pais, encarregados de educação ou público em geral, esta sessão debateu a promoção e o desenvolvimento de acções, projectos e programas de intervenção autárquicos no contexto do PECPT, nas diversas áreas de actuação, reforçando a acção municipal em matéria de Prevenção das Toxicodependências e Outros Comportamentos de Risco. Com este encontro, pretendeu a autarquia de Odivelas assegurar o acompanhamento técnico e logístico dos diversos projetos que, em 2012, integram o PECPT, promovidos por iniciativa dos Parceiros deste projecto ou outras instituições de âmbito

CMO

Prevenção foi a palavra chave do encontro de especialistas na matéria socioeducativo local. Desta forma, potenciam-se os efeitos produzidos, contribuindo para a qualidade e eficácia das ações dinamizadas. Participaram nesta iniciativa João Goulão e Fernanda Feijão, do Serviço de

Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências, Pedro Hubert, do Instituto de Apoio ao Jogador, Rita Veloso Mendes, do ISCTE, e Rui Pedro, do Centro de Respostas Integradas de Lisboa ocidental do IDT.


12

Regional

Sexta-feira7deDezembro2012

No Parque Delfim Guimarães

22ª Venda de Natal decorre até 30 de Dezembro A 22ª Venda de Natal, organizada pelo Centro Cultural Roque Gameiro em parceria com a Câmara Municipal da Amadora, está já a decorrer no Parque Delfim Guimarães. A iniciativa começou a 30 de Novembro, prolongando-se até a 30 de Dezembro, das 11h00 às 20h00, todos os dias incluindo sábados e domingos.

A

22ª edição da Venda de Natal do concelho da Amadora teve início no passado dia 30 de Novembro. A iniciativa, que está a decorrer, como habitualmente, no Parque Delfim Guimarães, prolonga-se até ao final do ano, terminando a 30 de Dezembro. De acordo com a organização do evento, promovido pelo Centro Cultural Roque Gameiro em parceria com a Câmara Municipal da Amadora, o objectivo fundamental desta Venda “visa manter activa e revitalizar a produção do artesanato, tendo em conta a sua importância ao nível do Património Cultural Nacional; promover a criação do próprio emprego, contribuindo também para o emprego temporário e criar espaços onde os artesãos possam escoar os seus produtos em alternativa ao mercado tradicional”. Por fim, é igualmente importante “dinamizar o Parque Delfim Guimarães e promover as potencialidades turísti-

DR

A Câmara da Amadora quer dinamizar e promover o artesanato

cas do município da Amadora, inserindo-o na rota das mais prestigiadas feiras da especialidade”. Esta grande mostra apresenta, como é tradição há mais de duas décadas, uma oferta de artesanato bastante diversificada, que inclui vitrofusão, louças regionais do Alentejo e Alcobaça, bijuteria em trapilho, artigos em pele, linhos, produtos naturais, artesanato internacional, os habituais doces regionais e conventuais, e ainda fumeiros, queijos, compotas, entre tantos outros produtos que ali serão exibidos. No total, são mais de meia centena de pavilhões patentes ao público que, além da venda, realizam também, diariamente, trabalho ao vivo, numa elucidativa demonstração de artesanato tradicional/ contemporâneo possível de ser observada e apreciada pela assistência que se deslocar ao recinto da Venda de Natal, no Parque Delfim Guimarães. PUB


Sexta-feira7deDezembro2012

Publicidade

13


14

Desporto

Sexta-feira7deDezembro2012

ESTE FIM DE SEMANA

Clubes do concelho apelam à solidariedade Estão agendados, para este fim de semana, vários eventos de carácter solidário, promovidos por clubes do concelho. Juventude Operária de Monte Abraão, Centro Shotokai de Queluz e Sintrense vão juntar associados e amigos em iniciativas que visam a angariação de fundos para fazer face às dificuldades do momento.

A

Juventude Operária do Monte Abraão (JOMA) vai promover um Jantar de Angariação de Fundos, amanhã, dia 8 de Dezembro, pelas 20h00 horas. A iniciativa, que terá lugar no Salão Paroquial de Monte Abraão, conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, da Junta de Freguesia de Monte Abraão e de outras freguesias do concelho. O clube, com um passado marcado por grandes sucessos no atletismo, encontra-se numa situação financeira difícil, e procura prosseguir as suas actividades, para as quais apenas conta com o apoio da

Câmara Municipal de Sintra e da Junta de Freguesia de Monte Abraão. No presente, o clube liderado por João Pedro Cardoso continua, mesmo assim, a sua aposta na formação, para além de participar activamente em diversos projectos sociais, muitas vezes em parceria com a Junta de Freguesia. Os interessados em participar neste jantar, que terá o valor único de 20 Euros, devem assegurar a sua presença através do telefone 309 875 430, ou através do email geral@clubejoma. com.pt. No mesmo dia, o Sport

União Sintrense (SUS) e a Paróquia de Sintra voltam a unir esforços numa causa solidária, através da realização do Lanche de Natal solidário. Este evento terá lugar às 15h30, no salão da Igreja de São Miguel. A acção, aberta ao público, tem como intuito adquirir receitas que reverterão na totalidade para a instituição Exercito de Salvação de Sintra, que acolhe crianças que foram retiradas dos pais, e para a Missão Guiné, destinada a angariar fundos para mulheres grávidas desnutridas. Noo domingo, dia 9 de Dezembro, o Centro Shotokai de Queluz também vai realizar um evento solidário. O “Shotokai Solidário” vai decorrer entre as 10h00 e as 13h00 e inclui a realização de aulas abertas e demonstrações de ginástica, dança e artes marciais. A acção terá um valor simbólico de ingresso de “2 solidariedades”, revertendo o valor total a favor de uma Instituição Soli-

dariedade Social do Concelho de Sintra. Este ano, o Centro de Educação para o Cidadão Deficiente (C.E.C.D. Mira Sintra) foi a instituição escolhida. De acordo com o CTQ, “a parceria entre ambas as instituições resulta do sentido de responsabilidade social do Centro Shotokai de Queluz que decidiu associar-se a uma instituição de carácter social”. O Centro Shotokai de Queluz está localizado na Avenida D. António Correia de Sá, nº 13, Queluz. Os interessados podem obter informações adicionais através do telefone 214 397 322 ou pelo email geral@ centroshotokai. com.

João Pereira(*) joao.pereira.actualsintra@gmail.com

A Crise e a Arbitragem (2) Desde há muito que a crise está instalada também na Arbitragem. A gravidade da situação que hoje em dia se vive no país, comparando uma e outra, não parece prometer futuros tempos áureos para Portugal, seja por escassez de talentos, seja pela dificuldade no recrutamento de gente de onde saiam esses talentos. Também a desconfiança com que quase todos olham para o futuro deste país em crise, em nada ajuda. Mas afinal, tudo está em crise.

Em todas as crises surgem os arautos da desgraça. Mas dessa cáfila de pregoeiros há sempre alguém que não afina pelo mesmo diapasão, e são esses que importa ouvir. A propósito disso, num seminário que decorreu há algum tempo, cujo tema foi «Liderança e Tomada de Decisões sob Pressão», o antigo árbitro Collina defendeu a intuição na tomada de decisões imediatas. Surpreendidos? E continuou, pondo em teoria o que certamente constituiu a

sua forma de apitar, afirmando para não se pensar demasiado, pois… nenhuma decisão se toma. Quando o árbitro comete um erro, prosseguiu, não deve de maneira nenhuma compensar a outra equipa contra a qual o cometeu, caso contrário há uma duplicação de erros. Não é isto que está a acontecer? Da arbitragem, sabemos que o engrossamento dos quadros de árbitros, que possibilitaria o despontar de novos valores é coisa que já está em crise há muito. Da

política, sabemos…o mesmo: à falta de candidatos a políticos (não se pense que o contrário é verdade), deriva um fraco despontar de valores. À semelhança da arbitragem, na política todos pensamos ter autoridade moral para criticarmos como criticamos, já que não ‘lhes vestindo a pele’, podemos dizer tudo, Sim, porque a crise fizemo-la nós. Achamos todos incompetentes. E nós? (*)Árbitro Licenciado da AFL


Vida & Lazer

Sexta-feira7deDezembro2012

Destaques da semana DR

Agenda Cultural Olga Cadaval apresenta “O Lago dos Cisnes” U

MARY POPPINS EM CENA NO TEATROSFERA Está em cena no Espaço Teatroesfera, em Monte Abraão até ao próximo dia 16 de Dezembro, a peça Mary Poppins – A mulher que salvou o mundo, com espectáculos na sexta-feira às 21h30, sábados às 16h30 e 21h30, domingos às 16h30. Mary Poppins - A mulher que salvou o mundo é um texto de Ricardo Neves-Neves, que estreou em Julho de 2012, em Barcelona - Espanha, em catalão e com actores catalães. Foi encenado pelo alemão Thomas Sauerteig, no contexto de um encontro internacional de jovens dramaturgos promovido pela Sala Beckett. A participação do autor português foi apoiada pelos Artistas Unidos e pela Fundação Calouste Gulbenkian. A peça é agora encenada pelo autor, numa co-produção entre o Teatro do Eléctrico e o Teatroesfera. LÚCIA MONIZ EM CONCERTO EM CARCAVELOS A cantora Lúcia Moniz é a protagonista deste ano do Concerto de Natal do Grupo Caseiro. A artista actuará na noite de dia 13 de Dezembro, quinta-feira, a partir das 22h00, na Sala Mil Sonhos do restaurante Caseiro do Arneiro (Largo do Chafariz, 42), Carcavelos, no concelho de Cascais. Será um espectáculo “caseiro, quente, intimista, orgânico”, bem ao jeito da talentosa artista que se estreia como convidada musical VIP nos espaços CASEIRO, um grupo de Restauração que, desde sempre, apostou na música-ambiente e nos espectáculos ao vivo de qualidade. RITUAIS DA MORTE NO “CASINO DE SINTRA” “Diis Manibvs - Rituais da Morte durante a Romanidade” é o nome da exposição temporária que o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas apresenta no “Casino de Sintra”, de 2 de Novembro a 30 de Dezembro. Esta exposição terá como ponto de partida as atitudes do Homem perante a morte e dará a conhecer um importante conjunto de materiais arqueológicos descobertos na região de Sintra, com especial destaque para aqueles que testemunharam as várias práticas aqui utilizadas, naquele domínio, durante o largo período que se estende desde os inícios do Império até aos finais da antiguidade tardia. Patente no edifício Museu de Arte Moderna, agora designado como “Casino de Sintra”, com entrada gratuita. OFICINA DE TEATRO JÚNIOR, ATÉ FEVEREIRO Neste ano lectivo, também os mais pequenos terão a oportunidade de desenvolver as suas capacidades expressivas e criativas, experienciando diferentes jogos dramáticos e explorando tanto a mímica como a palavra. As máscaras a as marionetas terão também lugar marcado nesta oficina, que tem como objetivo melhorar a autoestima, confiança e concentração de cada participante, num ambiente descontraído e de pura fruição. As inscrições deverão ser efectuadas na bilheteira do Centro Cultural Olga Cadaval, mediante pagamento do valor da primeira mensalidade e de uma caução no valor de 15 Euros.

Previsão do Tempo

Horóscopo CARNEIRO

XI Mostra sobre Direitos Humanos

Amnistia Internacional Portugal – Grupo 19, em colaboração com o Centro Cultural Olga Cadaval, promove a realização, entre os dias 14 e 16 de Dezembro de 2012, da XI Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos, com o objectivo de sensibilizar a comunidade para a necessidade de promoção e defesa dos Direitos Humanos. Durante três dias serão exibidos documentários, alguns deles inéditos, sobre temas distintos, sobre alguns dos desafios que se colocam aos Direitos Humanos na actualidade. O ano de 2011 foi rico de conflitos mas também de sinais de mudança. Mas o contraste entre a coragem dos cidadãos que saíram à rua em muitos países do mundo para exigir uma sociedade mais respeitadora dos Direitos Humanos, e por isso mais justa, e o fracasso das lideranças incapazes de responderem a esses apelos com acções concretas, deixou clara a necessidade do reforço da exigência no quadro de uma sociedade mais bem informada e formada.

Porto Coimbra Lisboa Faro

16º 03º 16º 07º 18º 10º 19º 10º

Porto Coimbra Lisboa Faro

15º 05º 15º 03º 15º 06º 18º 06º

Domingo Porto

13º 02º

Coimbra 13º 03º Lisboa Faro

15º 05º 16º 06º

TOURO

Regente: VÉNUS – 1/4 a 20/5

Amor: Período marcado pela incerteza, dúvida e instabilidade. Mantenha-se calmo(a)... Trabalho: Algumas situações poderão vir a ficar fora do seu controlo! Saúde: Deve procurar fazer mais exercício para o seu bem-estar físico.

GÉMEOS

Regente: MERCÚRIO – 21/5 a 20/6

Amor: O seu relacionamento pode estar a enfrentar uma das suas melhores fases. Aproveite... Trabalho: Durante os próximos dias, as suas tarefas chegarão a bom porto. Saúde: Procure o seu médico e faça exames...

CARANGUEJO

Regente: LUA – 21/6 a 21/7

Amor: O amor está no ar e ser-lhe-á fácil conjugar os seus desejos com os do seu par. Trabalho: O seu esforço será devidamente recompensado pelos seus superiores! Saúde: Cuidado com as mudanças repentinas de temperatura.

LEÃO

Regente: SOL – 22/7 a 22/8

CONCERTOS PARA BEBÉS – UM CONCERTO DE PRESÉPIOS Os Concertos para Bebés são uma produção portuguesa pioneira no domínio das artes performativas para a primeira infância. Tiveram início em novembro de 1998 numa cidade no centro de Portugal, Leiria, e é seu autor o professor e musicólogo Paulo Lameiro. Têm a sua origem no trabalho com bebés desenvolvido pela Escola de Artes SAMP desde 1991 no programa Berço das Artes e são fortemente inspirados pela Teoria de Aprendizagem Musical do professor e pedagogo norte-americano Edwin Gordon. Depois de percorrerem as principais salas de concerto portuguesas estão presentes na programação de algumas das principais salas de concerto da Europa. Dia 16 de Dezembro, às 10h00 e às 11h30, no Olga Cadaval. AS CANÇÕES DA MARIA, NO OLGA CADAVAL Depois do enorme sucesso do livro/CD «As canções da Maria» eis que chega a vez de apresentar o espetáculo ao vivo. O projecto, da autoria de Maria de Vasconcelos, atingiu já o galardão de ouro e mantém-se nos lugares cimeiros do top de vendas da AFP desde a data de edição, em Março passado. Maria de Vasconcelos tornou-se bem conhecida do público pela sua carreira na rádio onde foi, a par de Nuno Markl, umas das apresentadoras do estrondoso «O Homem que Mordeu o Cão» e dos programas da manhã da Rádio Comercial e da Best Rock. O espectáculo promete momentos de diversão para miúdos e graúdos, para ajudar a estudar como que a brincar, porque tudo é mais fácil a cantar! Dia 9 de Dezembro, às 16h00, no Auditório Jorge Sampaio.

“MEMÓRIAS” DOS COMANDOS NO CASINO DE SINTRA “Memórias” é o mote da exposição de pintura, desenho, fotografia e escultura realizada no âmbito da comemoração do 50º aniversário do Centro de Tropa Comandos, que inaugurou a 29 de Novembro. A mostra vai estar patente até ao próximo dia 30 de Dezembro, no Casino de Sintra (Museu de Arte Moderna). Trata-se de uma exposição com obras concebidas por militares e civis. A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, no horário entre as 10h00 e as 17h00. “UMA ESCOLA, TRÊS PERCURSOS”, ATÉ 30 DE DEZEMBRO Como se interliga o Design, a Fotografia e a Conservação e Restauro com a Salvaguarda do Património Português? A exposição “Uma escola, três percursos” procura responder a esta questão. Ficará patente até 30 de Dezembro nas instalações do Casino de Sintra, antigo Museu de Arte Moderna. A exposição que a Escola Profissional de Recuperação do Património, com um quarto de século de existência, leva agora a público visa exemplificar o modo de atuação que desenvolve nos três cursos que leciona. A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, no horário entre as 10h00 e as 17h00.

DINOSSAUROS DA LOURINHÃ NA AMADORA, ATÉ DEZEMBRO O Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira, apresenta uma exposição representativa do acervo paleontológico do Museu da Lourinhã. Entre as peças expostas contam-se fósseis originais e réplicas de fósseis de dinossauros do Jurássico Superior, período que decorreu há cerca de 150 milhões de anos, e que são parte de um património riquíssimo. Para os mais novos estão previstas várias atividades (caixa de areia, “laboratório” de paleontologia, entre outras). A exposição é complementada por uma mostra das melhores obras submetidas ao Concurso Internacional de Ilustração de Dinossauros. Este concurso é uma iniciativa do Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã e, ao longo de sete edições, já permitiu reunir 443 trabalhos, realizados por 187 artistas de 37 países, de todos os continentes. Com entrada livre, a mostra está patente até 15 de Dezembro, com entrada livre, no Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira, de segunda a sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00. Sábado

Amor: As situações difíceis devem sempre ser encaradas pelo casal numa tentativa de chegar à harmonia. Trabalho: Esta poderá ser uma fase não muito fácil a nível profissional. Saúde: Algum nervosismo!

DR

OSSOS QUE CONTAM HISTÓRIA, ATÉ JANEIRO Esta é a exposição temporária que o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas apresenta até 12 de janeiro, cedida pela Direção Geral do Património Cultural – Laboratório de Arqueociências. Aqui se explica, com exemplos concretos, o que é a Arqueozoologia, disciplina que estuda os ossos dos animais recuperados em contexto arqueológico. Os visitantes irão constatar que o estudo dos ossos, além de possibilitar a identificação das espécies, permite ainda reconhecer outros tipos de indícios como marcas de corte, vestígios de fogo, ou a presença seletiva de apenas alguns elementos do esqueleto, indícios que dão a conhecer, com outra profundidade, a história do animal após a sua morte.

Sexta

Por Desidério Zeffir

Regente: MARTE – 21/3 a 20/4

m dos bailados mais bonitos e famosos de Tchaikovsky regressa a Portugal depois do grande êxito alcançado em anos anteriores. Esta obra clássica leva-nos, através de uma impressionante coreografia, a um inesquecível conto de fadas. A jovem rainha Odette é vítima do feitiço do bruxo Von Rothbart, que a transforma em cisne e só lhe permite adotar uma forma humana durante a noite. O feitiço acaba quando um homem lhe jure amor eterno. Sigfrido apaixona-se por Odette, mas o malvado bruxo faz tudo o que está ao seu alcance para impedir este amor. Esta obra única é representada captando a essência, a beleza da história e a harmonia da música de Tchaikovsky, na versão coreográfica de Marius Petipa. Mais de 30 artistas em palco nesta maravilhosa versão da obra, de Marius Petipa. Dia 15 de Dezembro, às 18h00, no Auditório Jorge Sampaio.

A

15

EXPOSIÇÃO DE ESCULTURA AO AR LIVRE NA VOLTA DO DUCHE A exposição de Escultura ao Ar Livre – Sintra Arte Pública, conta este ano com a 9ª edição. À semelhança de anos anteriores, tem lugar na Volta do Duche, em pleno centro histórico. Organizada pela Câmara de Sintra, em colaboração com o Centro Internacional de Escultura, esta exposição, este ano sob o tema “Os Mitos e a Mitologia”, apresenta trabalhos de 18 escultores de várias nacionalidades. Até 10 de Junho do próximo ano, será possível apreciar estas 18 esculturas, cuja matéria-prima é a pedra. Esta é mais uma iniciativa da autarquia de Sintra, enquadrada na estratégia de consolidação da marca “Sintra, Capital do Romantismo”.

Amor: Procure novas formas de dar mais atenção à sua cara-metade... que bem precisa! Trabalho: Sentir-se-á com a energia necessária para resolver conflitos e pequenos pormenores que envolvam a sua actividade. Saúde: Evite as bebidas alcoólicas.

VIRGEM

Regente: MERCÚRIO – 23/8 a 22/9

Amor: Apesar das aparências, terá de lidar com situações inesperadas. Evite os ciúmes! Trabalho: Período marcado por algumas dificuldades que, em breve, serão solucionadas. Saúde: Nada de importante a assinalar...

BALANÇA

Regente: VÉNUS – 23/9 a 22/10

Amor: Não se obrigue a viver situações de dúvida e procure ser mais feliz... Trabalho: Neste período podem exigir mais de si! Esteja preparado(a). Saúde: Nada de importante a assinalar...

ESCORPIÃO

Regente: PLUTÃO – 23/10 a 21/11

Amor: Encontra-se a viver uma fase apaixonada da sua vida. Procure gerir o seu tempo da melhor forma... Trabalho: As perspectivas são de evolução positiva a nível financeiro. Saúde: Cuidado com o aparelho respiratório...

SAGITÁRIO

Regente: JÚPITER – 22/11 a 21/12

Amor: A este nível procure ser uma pessoa menos conflituosa e entenda as perspectivas dos que o(a) rodeiam! Trabalho: O tempo tem mostrado que nem todos os esforços valem mesmo a pena... Saúde: Possibilidade de dores musculares.

CAPRICÓRNIO

Regente: SATURNO - 22/12 a 20/1

Amor: Tende a ser companheiro(a) em todas as situações. Será devidamente recompensado(a)! Trabalho: Possibilidades de vir a ascender a uma boa posição na sua carreira. Saúde: Beba mais líquidos... se possível água.

AQUÁRIO

Regente: URANO – 21/1 a 19/2

Amor: O amor pelos seus é o mais importante para si... por isso não desista. Trabalho: Possibilidade de enfrentar dias de menor cansaço. Saúde: Tenha cuidado com os esforços ao nível da sua coluna vertebral.

PEIXES

Regente: NÉPTUNO – 20/2 a 20/3 Amor: O amor existe e você sabe disso. Tem sabido aproveitar e deve continuar a fazê-lo. Trabalho: Algum desânimo tem vindo a marcar os últimos dias. Não tente abarcar todas as tarefas! Saúde: Possibilidade de dores de estômago.


16

Publicidade

Sexta-feira7deDezembro2012

Edição 136  

O Jornal Actual Sintra é uma publicação quinzenal, de distribuição gratuita, de informação generalista dos concelhos de Sintra, Cascais, Oei...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you