Page 1

PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

www.actualsintra.com

Director: Bruno Maia

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2012

ANO VI | Nº 134 | Distribuição Gratuita

Propostas de fusão extinguem 9 freguesias A Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território deu a conhecer, a 2 de Novembro, duas propostas para o concelho de Sintra. Em ambos os casos, das

20 freguesias actualmente existentes, vão ficar apenas 11. O mapa ilustra a hipótes considerada como mais adequada. Página 9

7 de Novembro

Anúncio a 1 de Dezembro

Marco Almeida avança Escolas celebraram para corrida à Câmara Dia Internacional Página 9

do Eco-Escolas

Página 6

Este domingo

Associação Viver Sintra promove Caminhada Página 3 Solidária PUB


2

Abertura

Sexta-feira9deNovembro2012

(*) Francisco de Queiroz francisco.queiroz.actualsintra@gmail.com

Por Bruno Maia(*)

Pedagogia e bom senso A Junta de Freguesia de São Marcos promoveu, a 26 de Outubro, uma iniciativa de carácter “formativo e pedagógico”, em articulação com a PSP e os Bombeiros Voluntários. O exercício, simulado, deixou a nu as consequências resultantes do comportamento pouco correcto e da falta de civismo de muitos dos moradores que estacionam as suas viaturas em locais impróprios, para ficar mais perto de casa, mesmo que, a escassos metros, haja um amplo estacionamento, com muitos lugares vagos. O problema não é, pois claro, exclusivo de São Marcos, mas transversal a todas as áreas urbanas das mesmas características onde, sobretudo ao final do dia, se acumula um elevado número de viaturas. Mas o exemplo que chegou desta freguesia mostra um problema que devemos passar a olhar com preocupação e bom senso. Tal atenção pode resultar na diferença entre uma eficaz actuação de bombeiros ou autoridades e uma tragédia imensa e evitável - no limite, entre a vida e a morte. Este simulacro deixou-nos uma boa lição de como viver em comunidade e uma oportunidade para que não tenhamos que aprendê-lo da pior maneira. As conclusões retiradas, e propostas subsequentes, já foram alvo de discussão, como damos conta nesta edição.

(*) Director do Actual Sintra

O preço do amanhã Belo filme assisti nesse feriado de novembro. O título em português se chama “O preço do amanhã”, estrelado por Amanda Seyfried e Justin Timberlake. Trata-se de um enredo que se dá em um futuro próximo onde o envelhecimento passou a ser controlado para evitar a superpolução. As pessoas crescem até os 25 anos e daí em diante não envelhecem mais, no entanto terão que trabalhar muito para comprar “anos de vida” o que se torna a ser a moeda de troca para se comprar alimentos, roupas, lazer, etc. Enfim, tudo o que se comprar terá que ser pago com horas, dias, meses e até anos de sua vida. O interessante desse filme é que, assim como na vida real, os pobres têm que trabalhar intensamente para poder comprar mais alguns dias de vida enquanto que o trabalho deles enriquece ainda mais os ricos, que detêm séculos e até milhares de anos de vida, tudo ganho com a exploração dos que vivem no gueto. Quando Will Salas (Justin Timberlake)

recebe uma misteriosa doação - de cem anos de vida - passa a ser perseguido pelos guardiões do tempo por um crime que não cometeu. Ele se alia a Sylvia (Amanda Seyfried), filha de um magnata e juntos tentam quebrar esse sistema perverso que determina quem pode viver mais e quem não pode. O problema é que quando eles roubam um milhão de anos de vida (isso tudo dentro de um moderno equipamento sofisticado) e distribuem no gueto onde moram, tal fato faz com que o custo de vida aumente, inflacionado agora pela grande quantidade de dinheiro (anos de vida) implantada nas pessoas comuns, colocando em risco todo o sistema. Deixando o filme de lado gostaria de fazer um comparativo com a nossa realidade, que segundo a minha ótica não está tão distante assim. O sistema do filme é muito parecido com o sistema que controla as nossas vidas no dia a dia. Temos ricos e pobres espalhados no mundo inteiro, no entanto, a grande maioria está na pobreza e essa tem que traba-

FICHA TÉCNICA DIRECTOR: Bruno Maia (bruno.maia.@actualsintra.com) SECRETARIADO: Fabíola Inácio DEPARTAMENTO COMERCIAL: Alberto Parente (alberto. parente.actualsintra@gmail.com), Clara Castro e Helena Martins (helena.martins@actualsintra.com) COLABORADORES: Cátia Tavares, Cristóvam Augusto (caviolao@yahoo.com.br), Desidério Zeffir, Domingos Elias, Francisco de Queiroz (francisco.queiroz.actualsintra@gmail. com), Hugo Miguel (hugo.miguel.actualsintra@gmail.com), João Pereira (joao.pereira.actualsintra@gmail.com), Luís Geirinhas, Nuno Cruz (nuno.cruz.actualsintra@gmail.com) e Sandra Cruz DIRECÇÃO DE ARTES E PAGINAÇÃO: Fabiano Rodrigues EDIÇÃO ON-LINE E INFORMÁTICA: Magnólia Pontes PUBLICIDADE: comercial@actualsintra.com ADMINISTRADOR: António Maia (antonio.maia@actualsintra.com) DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE: Sérgio Folgado IMPRESSÃO: GRAFEDISPORT - Impressão e Artes Gráficas, SA

TIRAGEM MÉDIA MENSAL: 30.000 exemplares PROPRIEDADE: Centrais a Cores - Publicações Periódicas e Artes Gráficas, Lda. Registo: ICS- 125276 NIPC – 508290600 Inscrito na CRC Castelo Branco. Capital Social: 5.000€ Depósito Legal: 265617/07 REDACÇÃO E PUBLICIDADE: Avenida do Brasil, nº 27, Loja C 2735-668 São Marcos Telefone: 309 973 189 Fax: 309 973 190 E-mail: geral@actualsintra.com comercial@actualsintra.com

lhar muito para que os ricos possam viver em seus iates de luxo e suas mansões e também possam usufruir com viagens para conhecer o mundo inteiro. Os pobres não vivem, simplesmente sobrevivem, enquanto que as pessoas de classe média têm que dar duro no seu trabalho para poder, às vezes, dar um pouco de conforto a sua família. Seria hipocrisia de minha parte e até burrice se disser aqui nessas linhas que a pobreza não deve existir, afinal, sempre teremos pessoas em condições de vida melhores que outras. Até a própria bíblia nos fala que a riqueza é boa, desde que empregada com boas intenções, favorecendo principalmente aqueles que estão excluídos da sociedade. Assim como o mundo sempre precisará de pessoas de classes inferiores para que possam desempenhar trabalhos e funções que outros de nível intelectual superior não o farão. Isso sempre existirá e se faz necessário essas diferenças sociais. O que não é admissível são essas diferenças serem tão gritantes a ponto de haver um verdadeiro abismo entre as classes sociais. Ora, é legítimo que os operários trabalhem em indústrias e as façam dar lucro para os seus proprietários (capital + força de trabalho), mas em contrapartida os trabalhadores têm direito a educação, segurança e saúde gratuita e de qualidade, coisa que não acontece. Portanto, a existência da riqueza e dos ricos não é o problema a ser resolvido, mas sim, essa grande lacuna que existe entre as pessoas ricas e os que vivem na pobreza e que não tem dignidade, lar, escola e até muitas vezes não têm sequer o que comer.

(*) Escritor Brasileiro

Cristóvam Augusto(*) caviolao@yahoo.com.br

Processos de apreensão dos saberes

Um dos aspectos fundamentais do desenvolvimento humano associa-se diretamente com a incessante busca de conhecimentos no mundo sensível. Nesse contexto, as conquistas intelectuais surgem à luz do movimento de aproximação dos objetos, numa dinâmica que não permite a manutenção de processos situados à margem da reflexão. Reflexão que tem no desenvolvimento do hábito da leitura uma força propulsiva fundamental que nutre o campo das ideias, o próprio estabelecimento da condição humana. A leitura proporciona o surgimento de

espaços intelectuais e a produção de conhecimentos efetivos. Portanto, torna-se extremamente importante fomentar esse excelente hábito nos diversos níveis do desenvolvimento humano e nas diversas camadas da sociedade. Ação aqui concebida enquanto ferramenta fundamental para o aprimoramento das capacidades reflexivas individuais. Independentemente de qualquer situação, temos que nos resgatar dos processos de alienação impostos na sociedade e que geram barreiras enormes ao desenvolvimento das capacidades individuais.

Trata-se de um resgate fundamental que pode assegurar a formação de gerações reflexivas, nem sempre garantidas no campo educacional... Há que se escavar, portanto, processos de aquisição dos conhecimentos. Escavação que pode ser individual ou por intermédio de uma honesta ação educacional, à luz de aspectos socioculturais e da valorização de perspectivas eminentemente relacionadas com próprio homem. Não obstante, deve-se ainda considerar uma importante problemática que envolve o uso da linguagem, veículo fundamental

que possibilita a aquisição dos saberes. Pois o não domínio da linguagem representa uma grande barreira à produção do conhecimento. Mas, a aquisição do conhecimento passa também por uma postura pessoal de desejar verdadeiramente o saber. Sentido que nos faz olhar para a nossa própria condição individual, afinal de contas, nesse processo, o que tem que ser feito ninguém o fará por nós. (*) Musicólogo Brasileiro http://lattes.cnpq.br/5139071381170084


Destaque

Sexta-feira9deNovembro2012

3

No próximo domingo

“Viver Sintra” caminha por solidariedade A Associação “Viver Sintra”promove este domingo, dia 11 de Novembro a caminhada “Mexe-te por Solidariedade”. No evento deverão estar cerca de meio milhar de participantes, que darão o seu contributo em alimentos não perecíveis destinados à população mais carenciada.

A

tor desta estrutura deixou o apelo para a “participação dos nossos munícipes, que se envolvam e façam o percurso, porque a causa é positiva, é de solidariedade”. “Há muita expectativa, as inscrições estão a correr a bom ritmo”, informou o autarca, a meio da semana, altura em que já se verificava a adesão de cerca de 400 pessoas. Apesar das inscrições terem data limite de 6 de Novembro, por razões organizativas, “quem quiser chegar no dia, pode participar, é só estar no local de partida à hora agendada”, esclareceu. A “Viver Sintra” dará seguimento ao seu plano de actividades em Janeiro, mês em que promove o Congresso do Associativismo do concelho de Sintra, com o intuito de mobilizar todas as instituições do concelho para reflectir sobre o valor e os desafios do associativismo.

primeira caminhada solidária promovida pela Associação “Viver Sintra” está agendada para o próximo domingo. A iniciativa terá lugar a partir das 10h00 no Jardim Central da Barota, em Massamá Norte, local de partida e de chegada do percurso com cerca de 3200 metros. A associação liderada por Marco Almeida destaca que “a solidariedade entre gerações é uma das bases da convivência em sociedade e na actual conjuntura urge contribuir para minorar as dificuldades dos mais vulneráveis”. Neste sentido, a caminhada pretende sensibilizar e mobilizar a comunidade para apoiar os mais necessitados através da angariação de bens alimentares não perecíveis, que posteriormente, “por via das Juntas de Freguesia, serão distribuídos por quem mais necessita”, referiu Marco Almeida. O men-

Propostas remetidas à CMS

Simulacro em São Marcos evidencia necessidade de correcções Depois do simulacro realizado no passado dia 26 de Outubro, a Junta de Freguesia de São Marcos, os Bombeiros, a PSP e a Protecção Civil estiveram reunidos para analisar as conclusões do exercício. Assinalados os problemas, foram avançadas propostas no sentido de minimizar os problemas.

O

presidente da Junta de Freguesia de São Marcos, Nuno Anselmo, reuniu, no passado dia 30 de Outubro, com o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Agualva Cacém, Luís Pimentel e com a PSP, que se fez representar pelo Comandante da Divisão de Sintra, o Subintendente Hugo Palma, pelo Comissário António Pinheiro dos Santos, responsável pela ligação com a Protecção Civil e pelo Comissário Toni Pinto, Comandante da esquadra de São Marcos. No encontro, Nuno Anselmo ouviu a análise feita pelo Comandante dos bombeiros e pelo Comissário da PSP ao simulacro efectuado na freguesia, exercício que decorreu a 26 de Outubro, tendo ficado claras “as dificuldades sentidas pelos meios de socorro ao intervirem nesta zona central da freguesia”, explicou a Junta. Das conclusões, pode ainda retirar-se “que foi a falta de civismo de alguns, que ao deixar o carro mal estacionado, a principal causa das dificuldades. É que, de acordo com os dados apurados, o par-

JFSM

O simulacro realizado permitiu retirar conclusões e avançar com propostas para evitar problemas futuros que de estacionamento com 200 lugares nas traseiras estava ocupado a apenas 25%. Neste sentido, e após nova visita ao local, verificou-se “a necessidade de se proporem alterações naquela via, por

forma a obviar as dificuldades sentidas”, informou a mesma fonte. Assim, foi decidido remeter aos serviços da Câmara Municipal as alterações propostas por consenso entre os Bombeiros e a Polí-

cia, que “mereceram a concordância do presidente da Junta de São Marcos, que destacou o espírito de entreajuda que se verificou em toda a operação de simulacro”, referiu ainda a Junta de Freguesia.


DR

4

Local

Sexta-feira9deNovembro2012

Receitas revertem para novas instalações

Rápidas

Conservatório de Sintra lança segundo CD para bebés D

São Martinho promove tradicional magusto

A Unidade Pastoral de Sintra, a Junta de Freguesia de São Martinho e a Comissão de Festas da Vila Velha de Sintra vão promover, este domingo, dia Dia de São Martinho, um magusto. Os festejos terão início pelas 12h00, e incluem tasquinhas de comes e bebes, rifas e artigos de artesanato, animação musical com o Grupo de Música Popular Tradicional “Sons da Terra”, da Rinchoa, o Grupo de Cantares Populares da Associação de Proprietários e Moradores da Serra da Silveira e claro, muitas castanhas e água-pé. Pelas 19h00, terá lugar uma Eucaristia presidida pelo D. Joaquim Mendes, antecedida por Cortejo Litúrgico desde a Capela da Misericórdia. O magusto continua na Vila Velha, ás 20h00, com a habitual distribuição gratuita de castanhas e água-pé, oferecidas pela Junta de Freguesia de São Martinho.

Sementinha Musical II, um disco de canções infantis, idealizado pelo músico e professor Paulo Cordeiro, será lançado amanhã, às 16h00, na Biblioteca Municipal de Sintra – Casa Mantero, numa sessão que, para além do autor, contará com a presença dos músicos que participaram na gravação. Os lucros obtidos destinam-se às novas instalações do Conservatório.

ando continuidade ao primeiro projecto discográfico, há muito esgotado, este segundo volume pretende, de acordo com o Conservatório de Sintra, “proporcionar a professores, educadores, pais e avós um meio de partilha de momentos lúdicos e únicos com os seus bebés”. Integralmente composto com sons acústicos e reais, o disco apresenta um repertório de 29 melodias originais associadas a letras inéditas e tradicionais portuguesas, divididas em duas versões: acompanhadas pela voz de Ana Isabel Santos ou apenas em formato instrumental para que os educadores possam, também eles, adaptarem ou criarem novas letras, a partir dos padrões musicais sugeridos. Na companhia de personagens como o Gato Mitz, o cãozinho Totó ou o Patinho Tonto, os bebés aprendem a identificar sons, palavras e gestos, ao mesmo tempo que trazem para o universo da canção outros elementos que fazem parte das suas vidas. Aos adultos é pedido que se entreguem à brincadeira com a mesma curiosidade e imaginação. Pois, afi-

“Altares de Muertos” e espetáculo noturno em Monserrate nal, o processo de interconhecimento e partilha é mútuo. Este ano o disco terá ainda duas apresentações ao público, no dia 17 de Novembro, na sede do Conservatório de Música de Sintra, na Rinchoa e, a 16 de Dezembro, no Centro de Ciência Viva de Sintra, ambas às 11h15. Todas as sessões terão uma vertente prática e destinam-se a famílias com bebés ou crianças até 5 anos.

As receitas obtidas com a venda deste disco reverterão na totalidade para a construção das novas instalações do Conservatório de Música de Sintra, entidade com a qual os músicos que abraçaram o projecto colaboram regularmente. Localizada na freguesia de Rio de Mouro, há 37 anos, esta escola é a única do concelho com ensino artístico de música especializado da Música reconhecido pelo Ministério da Educação.

Decisão da Câmara de Sintra

Casino de Sintra recupera nome original C

asino de Sintra. É assim que doravante se irá novamente chamar o edifício onde se encontra instalado o Museu de Arte Moderna. A Câmara Municipal de Sintra decidiu, em reunião do Executivo do passado dia 5 de Novembro, devolver o nome original a um dos mais emblemáticos espaços do concelho. Com construção concluída a 27 de Julho de 1924, o Casino de Sintra representava uma nova dinâmica de expansão urbana, iniciada em finais do Séc. XIX com a construção da linha de caminho de ferro. Obra do arquitecto Norte Júnior, era constituído por um salão de exposições, outro de bailes/ festas e ainda um mais pequeno para leitura e repouso de jogador. Durante anos, tempos de glória e glamour, foi espaço de recitais de poesia, de soirés dançantes, chás e jantares-concerto, comemorações oficiais ou entrega de prémios.

psf

A Parques de Sintra, em parceria com a Embaixada do México, terá patente, no Palácio de Monserrate, em Sintra, entre os dias 1 e 30 de Novembro, a exposição “Altares de Muertos”. A mostra, baseada na conhecida tradição mexicana de celebração dos mortos (Património Imaterial da Humanidade), conta com um Altar criado pela Embaixada do México dedicado à memória do escritor mexicano Juan Rulfo, que soube expressar a singularidade da cultura mexicana em relação aos entes queridos e à morte; e com seis altares erguidos pelo público com um carcáter mais intimista, de forma a demonstrar como esta tradição continua viva. Associado à temática da exposição, terá lugar, dia 10 à noite, um jantar buffet com petiscos mexicanos, seguido de uma peça de teatro.

PSP faz 3 detenções por furto de combustível

O executivo municipal decidiu retomar o nome original do edifício Remodelado na década de 40, foi adquirido na de 50 pela Câmara de Sintra que aqui pretendia instalar serviços administrativos, decisão que viria a dividir os sintrenses.

Após anos de polémica,foi finalmente reutilizado como Liceu, Repartição de Finanças, de Registo Civil tornando-se, mais tarde, Museu de Arte Moderna.

A PSP de Sintra procedeu, no dia 3 de Novembro, à detenção de três homens, com idades compreendidas entre os 16 e os 25 anos, pelo crime de furto de combustível. Os Polícias que efectuavam patrulhamento na área de Queluz foram informados de que estaria a ocorrer uma situação de furto de combustível a uma viatura que se encontrava estacionada na Praceta Walter dos Santos. Os três detidos, todos com antecedentes criminais e em que um deles, menor de 16 anos, tinha pendente o cumprimento de dois Mandados de Detenção, foram presentes ao Tribunal da Comarca de Sintra para interrogatório Judicial e aplicação das respetivas medidas de coacção.


Local

Sexta-feira9deNovembro2012

São Martinho inicia actividades de Outono

Monserrate acolhe teatro, música e exposições em Novembro

A Parques de Sintra agendou, para o mês de Novembro, uma série de actividades dedicadas ao Outono. As acções começam com o Magusto de domingo, dia de São Martinho, e prosseguem com a encenação da Branca de Neve, passando pela participação nas tarefas de Quintinha, bem como por exposições, demonstrações de cavalos, teatro e música. PSML

A

11 de Novembro, no próximo domingo, decorre o Magusto, no Parque de Monserrate. A encenação da lenda de São Martinho terá lugar entre os centenários castanheiros da Serra de Sintra e o lanche será temático, não faltando as castanhas assadas e cozidas. No dia 24 de Novembro, a Quintinha de Monserrate recebe uma viagem aos usos e costumes saloios, descobrindo as tradições da região, com mais pequenos a participar nas tarefas da Quinta, desde a confecção, e também e degustação, do pão até aos jogos tradicionais, e conhecendo a horta, pomar, zona de aromáticas e, claro, os animais. Nos dias 15 e 28 de Novembro tem lugar a encenação da Branca de Neve. Nesta adaptação da história dos irmãos Grimm, a história não parou de mudar com o tempo, dando-nos uma nova e divertida perspetiva deste conto. Ao longo de todo o mês, às quartas-feiras, no Parque da Pena, continuam a

ter lugar as demonstrações de trabalhos florestais com os cavalos Ardennais, também disponíveis para agendamento de passeios de charrete. Decorrerá, igualmente durante o mês de Novembro, a exposição Altares de Muertos, no Palácio de Monserrate, dedicada ao tema mexicano da celebração dos mortos. Neste âmbito terá lugar, a 10 de Novembro, a encenação da peça “Caveiras de Açucar”, antecedida de um jantar buffet em Monserrate. Continua ainda no Palácio da Pena a exposição “Vitrais e Vidros: um gosto de D. Fernando II, que permite conhecer a mais eclética colecção de vitrais em Portugal, recentemente restaurados, bem como vidros da colecção do Palácio. No espaço Info Parques de Sintra (à entrada o centro histórico), é também possível ver todos os Sábados o documentário “A Sinfonia”, sobre a biodiversidade da Serra.

PUB

5


6

Local

Sexta-feira9deNovembro2012

«Resultado à Vista!» decorre até Janeiro

Sintra recebe nova campanha de Educação Ambiental E

As escolas de Sintra recebem uma nova campanha de Educação Ambiental promovida pela HPEM em parceria com a Câmara Municipal de Sintra e a SUMA. A acção «Resultado à Vista!» teve início em Outubro e vai prolongar-se até 30 de Janeiro de 2013.

sta iniciativa vai abordar os temas da prevenção e da valorização partindo de uma questão aparentemente simples «Resíduos: desperdício ou recurso?». A aposta na Educação Ambiental “é um investimento no desenvolvimento sustentável e na melhoria da vida das populações. No actual contexto de crise é cada vez mais importante para as famílias rentabilizar todos os recursos da melhor forma possível e criar a consciência de que muitos dos objectos que são deitados fora podem ser reciclados e reutilizados, resultando em poupança”, refere o porta-voz da HPEM, Nuno da Câmara Pereira. Os objectivos da campanha «Resultado à Vista!» passam por “expor a problemática dos resíduos como uma questão que diz respeito a todos e facultar informações e ferramentas que conduzam a uma reflexão neste âmbito. A finalidade é contribuir para a alteração de comportamentos individuais na produção e no encaminhamento de resíduos no município de Sintra”, explicam as entidades promotoras.

HPEM

Esta açcão vai relembrar os procedimentos de triagem e acondicionamento para recolha selectiva dos materiais mais comuns (papel, embalagens de plástico e vidro, pilhas, óleos alimentares usados, pequenos eletrodomésticos e resíduos orgânicos). A campanha lança também o alerta para elevada percentagem (70%) de resíduos com potencial de aproveitamento e que actualmente são enviados para os aterros bem como para os seus respetivos tempos de degradação. Ao conhecer os ganhos em recursos, energia, tempo e espaço, que estes resíduos representam quando aproveitados os participantes serão levados a reavaliar o impacto dos seus hábitos em termos ambientais e económicos. O potencial de transformação dos materiais será ainda abordado com recurso a exemplos práticos. As ideias chave desta campanha serão consolidadas junto dos alunos através da distribuição de estojos com a mensagem da campanha inscrita e folhetos informativos.

Concelho quer continuar “exemplo a nível nacional”

Actividades celebram Dia Internacional do Eco-Escolas O Dia Internacional do Eco-Escolas foi assinalado, no dia 7 de Novembro, no concelho de Sintra. As Secundárias Miguel Torga e Ferreira Dias, em Monte Abraão e Agualva, promoveram, ao longo do dia, várias actividades que envolveram professores e alunos em torno das preocupações ambientais.

A

última quarta-feira, dia em que se comemorou o Dia Internacional das Eco-Escolas, foi marcada por diferentes acções promovidas pelos estabelecimentos de ensino envolvidos neste projecto, no concelho de Sintra. Em Monte Abraão, a Escola Secundária Miguel Torga promoveu diversas actividades, com a colaboração dos alunos, que contaram com a visita do vice-presidente da Câmara Municipal de Sintra, Marco Almeida e da presidente da Junta de Freguesia de Monte Abraão, Fátima Campos. O dia teve início com o hastear da bandeira verde do programa, decorrendo ainda uma venda de produtos biológicos e outra, de objectos usados e reutilizáveis. Neste caso, as receitas reverteram para a aquisição de leite para bebés de famílias mais carenciadas, através da Junta de Freguesia de Monte Abraão. Em Agualva, a Secundária com 3º Ciclo de Ferreira Dias também promoveu várias actividades. «Um dia para todos» foi o mote escolhido por Isabel Timóteo, professora do Núcleo de Ciências e coordenadora do pro-

AS

Fátima Campos e Marco Almeida marcaram presença nas comemorações

grama Eco-Escolas. Ao longo de todo o dia, foram realizadas palestras de vários oradores convidados, especialistas em questões do ambiente, uma acção de divulgação do livro «Portugal a Quente e Frio», das jornalistas Filomena Naves e Teresa Firmino, entre outras acções pedagógicas. Marco Almeida, vice-presidente da Câmara Municipal, que esteve presente em várias das iniciativas, ao longo do dia, destacou que o município de Sintra é o que, “desde há 3 anos para cá, tem conseguido obter o maior número de escolas inscritas e galardoadas”. Este ano, foram 83 escolas que obtiveram o galardão, pelo que o autarca enfatiza “o trabalho e o envolvimento de muitas pessoas, as direcções das escolas, os professores e os alunos” neste projecto que “tem a vantagem de passar para as nossas crianças e jovens valores na área do ambiente”. Por essa razão, “a Câmara Municipal tem apostado muito, quer através do apoio técnico, quer material e financeiro que damos às escolas para a promoção deste projecto”, no sentido de “continuarmos a ser um bom exemplo a nível nacional”.


Local

Sexta-feira9deNovembro2012

Rápidas

No dia 27 de Outubro

São Marcos aposta em “Promoção para a Saúde”

JFMA

Monte Abraão celebra Mês do Idoso em Peniche

A Junta de Freguesia de Monte Abraão, em parceria com a empresa de consultoria e lazer Sénior Mais Passeio, realizou, no passado dia 23 de Outubro, uma visita à cidade de Peniche. O itinerário, inscrito nas comemorações do Mês do Idoso, contou com a presença de 31 participantes. Durante o percurso, foi possível visitar a freguesia de Atouguia da Baleia, o seu Centro Interpretativo e a Igreja de São Leonardo. Depois do almoço, a visita passou ainda pelo Forte de Peniche, usado como prisão durante a ditadura. A viagem terminou com uma passagem pelo Cabo Carvoeiro e pela costa de Peniche.

C.E.C.D. Mira Sintra presente em Simpósio Internacional

A convite da Fundação Montepio, o C.E.C.D. Mira Sintra participou no Simpósio Internacional de Voluntariado - “Simpósio de Outono do CEV” (European Volunteer Centre), que decorreu nos dias 19 e 20 de Outubro, no Seminário Torre d’Aguilha, em São Domingos de Rana, no concelho de Cascais. O evento teve como anfitriã a Confederação Portuguesa do Voluntariado que, em parceria com a Fundação Montepio, acolheu cerca de 150 participantes de toda a Europa. Enquanto Cooperativa de Solidariedade Social sem fins lucrativos, o C.E.C.D. Mira Sintra esteve presente, lado a lado, com demais instituições congéneres, apresentando a sua dinâmica de funcionamento e a cultura de proximidade que tem procurado promover através do Voluntariado.

Utentes do IEFP com estacionamento gratuito

7

Os utentes do IEFP, Centro de Emprego de Sintra podem agora beneficiar de uma hora de estacionamento gratuita no Parque do Edifício Sintra, junto ao Centro Cultural Olga de Cadaval. Apenas será necessária a apresentação da respectiva declaração de comparência no Centro de Emprego e a EMES, E.M. oferece a primeira hora de estacionamento.

A iniciativa “Promoção para a Saúde”decorreu no último sábado, dia 27 de Outubro, no Centro Comercial de São Marcos. Durante todo o dia, a acção da Junta de Freguesia voltou a promover junto da população hábitos de vida saudáveis. Os presentes puderam ainda realizar, gratuitamente, diversos rastreios.

O

Centro Comercial de São Marcos acolheu, a 27 de Outubro, entre as 10h00 e as 18h00, mais uma acção promovida pela Junta de Freguesia designada “Promoção para a Saúde. A Junta presidida por Nuno Anselmo explica que os principais objetivos desta iniciativa foram “a promoção da saúde, hábitos de vida saudáveis, e a divulgação da importância da actividade física e do movimento, para uma vida mais saudável”. Neste sentido, foi apresentado aos visitantes um programa diversificado, que incluiu actividades desportivas no âmbito do projeto “São Marcos com o Coração”, como ténis de mesa, remo indoor e Btt, e ainda uma Caminhada Avós e Netos que decorreu durante a manhã, assim como demonstrações de aulas de fitness, com a presença de profissionais desta área. Em simultâneo, decorreram, quer no interior, quer no exterior do Centro Comercial, vários rastreios de saúde (IMC, Tensão Arterial, Pulsação, Glicemia, Perfil Lipídico) e, pela primeira vez neste tipo de iniciativas, a realização de exames de electrocardiogramas, que contou com a presença de técnicos de saúde de diferentes áreas. No espaço, estive-

JFSM

O programa apresentado incluiu a promoção da prática desportiva e rastreios ram ainda presentes dentistas, terapeutas da fala, massageistas, stands de promoção do desporto e, durante a tarde, o autocarro do Instituto Português do Sangue esteve no local, a realizar colheitas de sangue. A organização desta iniciativa esteve a cargo da Junta de Freguesia de São Marcos, e contou com a colaboração e apoio de diversas

entidades: Clinica Jovem, Centro de Saúde do Olival Adexo, Abbott, Farmácia Clotilde Dias, Instituto Portugês do Sangue, Liga Portuguesa contra o Cancro, Acústica Médica, Optica Good Look, Companhia dos Dentes, farmodietica, Viva Fit de São Marcos, BodyFitness de São Marcos, Centro Comercial de São Marcos, SRSM e CMSintra.

Assinalado a 11 de Novembro

Colares celebra Dia Europeu do Enoturismo N

o próximo domingo, dia 11 de Novembro, celebra-se a 4ª Edição do Dia Europeu do Enoturismo. Comemorado pela Rede Europeia das Cidades do Vinho (RECEVIN) e a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), este dia é assinalado em Sintra com duas iniciativas que visam a promoção do vinho de Colares. Assim, na vila de Sintra, a efeméride será celebrada com venda e provas gratuitas do vinho de Colares, nos dias 10 e 11 de Novembro. As acções terão lugar nos Edifícios do Turismo na Vila de Sintra e no Cabo da Roca. Em simultâneo, também alguns dos melhores restaurantes e alojamentos turísticos da freguesia de Colares aderiram a esta iniciativa, promovendo menus/pacotes criados especialmente para este fim-de-semana gastronómico.

DR

A iniciativa vai incluir venda e provas gratuitas do vinho de Colares


8

Publicidade

Sexta-feira9deNovembro2012


Manchete

Sexta-feira9deNovembro2012

9

Unidade técnica avança propostas concretas para o concelho

Concelho de Sintra passa a ter onze freguesias Fusão das freguesias de São Marcos e Cacém; Agualva e Mira-Sintra; Almargem do Bispo, Montelavar e Pêro Pinheiro; São João das Lampas e Terrugem; Santa Maria e São Miguel, São Martinho e São Pedro de Penaferrim; Massamá e Monte Abraão; Queluz e Belas, e manutenção dos territórios de Algueirão-Mem Martins, Rio de Mouro, Colares e Casal de Cambra. Esta é a proposta preferida da Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território, avançada em 2 de Novembro.

A

Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território (UTRAT) deu a conhecer, num documento datado de 2 de Novembro, duas propostas concretas para aplicação no concelho de Sintra. Referindo que “a Assembleia Municipal de Sintra não se pronunciou”, quanto a esta matéria e que, de acordo com a lei, a deliberação “que não promova a agregação de quaisquer freguesias é equiparada, para efeitos da presente lei, a ausência de pronúncia”, a UTRAT avança com as propostas concretas, tendo em conta que, face às suas características, deverá, no concelho de Sintra “alcançar-se a redução de 9 freguesias”. Neste sentido, esta Unidade Técnica considerou adequada a elaboração de duas hipóteses, sendo a primeira correspondente “à estrita aplicação das percentagens e proporções previstas” no quadro legal. Na segunda proposta, da qual resulta a redução do mesmo número de freguesias, são tidas em conta as “especificidades territoriais do Município de Sintra”. Para a UTRAT, esta é “a resposta mais adequada para a reorganização administrativa pretendida para o município”.

AS

mantinham-se como actualmente São João das Lampas, Terrugem, Algueirão Mem Martins e Colares.

Proposta B

A UTRAT diz que a posição da Câmara foi “uma ausência de pronúncia” Proposta A

Na primeira proposta, a UTRAT cinge-se à aplicação estrita das percentagens e proporções, com vista à redução das actuais 20 para as pretendidas 11 freguesias. Neste sentido, as fusões seriam entre as freguesias de

Queluz e Belas; Massamá e Monte Abraão; São Marcos, Agualva e Cacém; Rio de Mouro e Mira Sintra; Santa Maria e São Miguel, São Martinho e São Pedro de Penaferrim; Pero Pinheiro e Montelavar; Almargem do Bispo e Casal de Cambra. Neste enquadramento,

Relativamente a uma segunda hipótese avançada por esta Unidade Técnica, os critérios preconizam a fusão das freguesias de São Marcos e Cacém; Agualva e Mira-Sintra; Almargem do Bispo, Montelavar e Pêro Pinheiro; São João das Lampas e Terrugem; Santa Maria e São Miguel, São Martinho e São Pedro de Penaferrim; Massamá e Monte Abraão; Queluz e Belas, mantendo-se nas actuais fronteiras Algueirão-Mem Martins, Rio de Mouro, Colares e Casal de Cambra. As novas unidades resultantes das fusões serão designadas por “União das Freguesias”, seguindo-se o nome das freguesias que se agregam. Para a UTRAT, esta é a solução que melhor se aplica ao concelho de Sintra, atendendo às suas especificidades territoriais. De acordo com informações obtidas pelo Actual Sintra, a Câmara Municipal deverá agendar nova Assembleia Municipal a fim de tomar uma posição definitiva sobre esta matéria.

Autárquicas 2013

Marco Almeida apresenta-se dia 1 de Dezembro Depois de ter dito, há já algum tempo, que era “quase, quase certo que seria candidato à Câmara Municipal de Sintra” nas eleições de Outubro do próximo ano, o actual vice de Fernando Seara vai apresentar-se como candidato no próximo dia 1 de Dezembro.

O

s dados concretos são,por enquanto,ainda escassos, e o próprio Marco Almeida ainda não esclarece em que circunstâncias, com ou sem apoio partidário, se vai apresentar à liderança do município de Sintra. Em declarações ao Actual Sintra prestadas ontem, Marco Almeida apenas esclareceu que “ambiciono uma candidatura suprapartidária”, não deixando claro se isso poderá acontecer como candidato do PSD, da Coligação Mais Sintra, ou mesmo como independente. Sabe-se do apoio da JSD e da própria concelhia Laranja, no entanto falta a posição oficial do PSD Nacional isto é, se os sociais-democratas avançam com um outro nome, e neste caso a Marco Almeida restava-lhe a opção de avançar como independente, ou se será ele mesmo o escolhido pelos órgãos nacionais do partido.

AS

Marco Almeida vai avançar para a corrida à Câmara Municipal de Sintra

No momento em que é praticamente certo que o candidato do PS será Basílio Horta, falta saber quem o acompanha nos boletins de voto. Como já se percebeu, a dúvida maior reside na escolha do PSD, uma vez que já vários nomes foram avançados como possibilidade, entre eles Moita Flores, que já se sabe que vai concorrer ao município vizinho de Oeiras, surgindo nos últimos dias o nome de António Capucho, que tinha o mandato suspenso em Cascais desde Janeiro de 2011 e que acabou mesmo por renunciar já no início deste ano alegando “motivos de saúde”. Nesta altura, a única coisa certa é que o nome da Marco Almeida vai figurar nos boletins de voto, faltando saber se com o apoio do PSD ou concorrendo contra quem for o escolhido pelo seu partido.


10

Local

Sexta-feira9deNovembro2012

Escola Básica do 1º Ciclo de Mem-Martins nº2

Rápidas

Projecto da “Piloto” seleccionado entre projectos de excelência No âmbito do Concurso Anual de Projectos de Excelência, que distingue boas práticas pedagógicas, o projecto “Bibliotecas ColorADD – Uma porta para a INCLUSÃO”, apresentado pelo Agrupamento de Escolas de Mem Martins, foi um dos seis selecionados. O objectivo é “promover a inclusão e proporcionar a todos, em igualdade de circunstâncias, os serviços educativos prestados pelas bibliotecas escolares”.

P

romovido desde 2005/2006 pela Câmara Municipal de Sintra, no âmbito do Programa de Apoio à Qualidade nas Escolas, o Concurso Anual de Projectos de Excelência pretende incentivar o desenvolvimento de projectos inovadores que promovam as boas práticas pedagógicas, que impulsionem novas dinâmicas, que sejam expoentes de qualidade e exemplos a seguir por outros estabelecimentos de ensino. Após exposição e análise das candidaturas apresentadas este ano, o júri, constituído por representantes da Escola Superior de Educação de Lisboa, da Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo e da Divisão de Educação da Câmara Municipal de Sintra, decidiu consensualmente, pela escolha de seis projetos que se destacaram pela sua conceção e coerência. A iniciativa “Bibliotecas ColorADD – Uma porta para a INCLUSÃO”, apresentada pelo Agrupamento de Escolas de Mem Martins, e defendido pelos professores bibliotecários desta recente agregação escolar, foi um dos seleccionados. De acordo com Sílvio Maltez, o professor responsável, “este projecto é alicerçado na pro-

EB12MM

O concurso pretende incentivar e distinguir as boas práticas pedagógicas blemática do daltonismo e nas necessidades que as bibliotecas escolares têm em, cada vez mais, promover a inclusão e proporcionar a todos, em igualdade de circunstâncias, serviços”. O “ADN” do projecto apresentado surgiu de um outro denominado “Biblioteca ColorADD”, na “Terra do Faz-de-Conta”, a biblioteca escolar da EB1 Mem Martins nº2 (Escola Piloto), no ano lectivo 2011-2012, a primeira no Mundo a adoptar o Sistema de Cores Para Daltónicos - ColorADD.

O projecto original, “acima e para além de todas as expectativas, ganhou projecção a nível nacional e internacional. É hoje referenciado em dezenas de meios de comunicação por ser pioneiro nos serviços educativos prestados pelas bibliotecas escolares”, sublinha o docente. No concelho de Sintra, várias são as bibliotecas que se mostram interessadas em seguir o exemplo desta escola, disseminando este conceito de inclusão.

São Marcos

Séniores visitam município de Santarém N

o âmbito das comemorações do Mês Sénior, promovido durante Outubro pela Junta de Freguesia de São Marcos, teve lugar, no passado dia 18, mais um passeio integrado na “Rota dos Saberes”, desta vez ao município de Santarém. No total, foram mais de 50 seniores, que participaram numa visita guiada pela cidade, nomeadamente pelas edificações religiosas, onde ficaram a conhecer melhor a história e algumas lendas da região. Ao longo do dia, os visitantes passaram pelo Santuário do Santíssimo Milagre (santuário internacional de turismo religioso), pela Igreja de Marvila (catedral do azulejo), pela torre das Cabaças, pela Igreja da Graça, culminando a manhã a contemplar a cidade do miradouro. Depois do almoço, retomaram o percurso pedonal, desta vez até ao Convento e Igre-

JFSM

Agualva assinala Dia Mundial da Poupança

De modo a comemorar o Dia Mundial da Poupança, que teve lugar no dia 31 de Outubro, a Junta de Freguesia de Agualva convidou o Serviço Municipal de Apoio ao Consumidos da CMS para apresentar a palestra “Gestão de Orçamento e Educação Financeira”. A iniciativa decorreu nas instalações daquela instituição e o objetivo principal foi o de “ajudar a nossa população, na descoberta de novas ideias e táticas para gerir as suas finanças, e estando presentes também várias turmas escolares do secundário, foi abordada uma nova perspetiva real que é necessário existir para a gestão dos bens monetários”, explicou a Junta presidida por Rui Castelhano.

Município promove passatempo de fotografia

Com o objectivo de valorizar a fotografia enquanto forma de expressão artística, a Divisão de Juventude e Desporto da Câmara de Sintra vai promover o passatempo “Revelações”, aberto à participação de todos os fotógrafos não profissionais. Os resultados do passatempo e a inauguração da exposição com os trabalhos selecionados serão apresentados numa cerimónia pública, no dia 14 de Dezembro, pelas 18h30, na Casa da Juventude, na Tapada das Mercês. O melhor trabalho será divulgado no Facebook da Divisão de Juventude e Desporto e será realizada uma exposição que percorrerá todos os Espaços Jovem Municipais de Sintra.

Doenças Cardiovasculares debatidas em Monte Abraão

A visita decorreu no âmbito das comemorações do Mês Sénior, em Outubro ja de São Francisco, passando pelo largo do Seminário onde puderam visitar a Sé Episcopal do séc. XVII, a Igreja da Piedade do Séc. XVII e Janela Manuelina. Por fim, e para

concluir esta actividade, os participantes puderam degustar alguns dos doces típicos de Santarém, como os arrepiados, pampilhos, celestes entre outros.

No âmbito das comemorações do Mês do Idoso, a Junta de Freguesia de Monte Abraão promoveu uma palestra dedicada à comunidade sénior sobre as doenças cardiovasculares e respectivos mandamentos para um envelhecimento activo e saudável. A palestra, realizada no dia 30 de Outubro, contou com a presença de Luís Negrão, médico da Fundação Portuguesa de Cardiologia. Estiveram presentes na iniciativa, que decorreu no Centro de Convívio da 3ª Idade da Igreja de Nossa Senhora da Fé, 37 pessoas, entre as quais os utentes e sócios do Centro de Convívio.


Local

Sexta-feira9deNovembro2012

Rápidas

Em Londres

Vinho de Colares promovido no World Travel Market

CMS

Construção de novo Parque Infantil avança em Queluz

A Câmara de Sintra deu início à construção do novo parque infantil do jardim Conde Almeida Araújo, em Queluz, obra que deverá ficar concluída num prazo de seis meses, com um orçamento de mais de 156 mil Euros. Este parque integra um espaço mais amplo, situado na zona mais central e dinâmica da freguesia de Queluz, no Jardim Conde Almeida Araújo, que foi já objecto de uma anterior obra de requalificação. A autarquia explica que se pretende “recriar a função de parque infantil outrora ali existente, dotando todo o espaço com as condições de segurança adequadas e mobiliário urbano confortável, oferecendo uma maior diversidade de equipamentos infantis, que estimulem a criatividade das crianças e permitam o maior número de actividades lúdicas e físicas”.

Nova iluminação permite poupança em Belas

Uma redução de 50% no consumo energético, que se traduz numa poupança de 560 Euros por ano, é o resultado da requalificação da iluminação pública feita no jardim 25 de Abril, em Belas, pela Câmara Municipal de Sintra em colaboração com a Agência Municipal de Energia de Sintra, a EDP e a Indal, em Janeiro. No total, a poupança representa um valor de cerca de 560 Euros, anualmente. De salientar como pontos fortes deste projecto o aumento da vida útil das lâmpadas com consequente redução dos custos de manutenção e reposição de lâmpadas, a redução do número de falhas prematuras das lâmpadas e os ganhos obtidos com a estabilização da tensão.

Monte Abraão promove Roteiro Turístico de Natal

11

A Junta de Freguesia de Monte Abraão vai promover, em parceria com a empresa Mais Passeio, um roteiro turístico de Natal à cidade de Alenquer, também conhecida por cidade presépio. Para participar no roteiro turístico, os interessados devem efectuar a sua inscrição, até ao dia 10 de Dezembro, nas instalações da Junta de Freguesia de Monte Abraão, de segunda a sexta-feira, no horário compreendido entre as 09h30 e as 12h30 ou no período da tarde, das 14h00 às 17h30.

C

Os vinhos de Colares marcaram presença na última edição do certame turístico World Travel Market, que se realizou em Londres, entre 5 e 8 de Novembro. Sintra esteve representada pelos vinhos da Adega Viúva Gomes e da Quinta das Vinhas de Areia.

omo tem sido hábito nas feiras de turismo internacionais, o stand do Turismo de Portugal contou, neste certame, com um balcão de provas e degustações de produtos portugueses de excelência, numa iniciativa enquadrada no âmbito do programa de promoção da gastronomia portuguesa Prove Portugal / Taste Portugal. Assim, decorreram pequenos momentos de degustação por região, assegurados por alunos e formadores das Escolas de Hotelaria e Turismo. Sintra, Capital do Romantismo e os Vinhos de Colares estiveram, deste modo, representados no World Travel Market, em Londres, com os vinhos da Adega Viúva Gomes e da Quinta das Vinhas de Areia – Soc. Agrícola, Lda. propriedade da Fundação Oriente / Fundação Stanley Ho, na iniciativa que decorreu entre os passados dias 5 e 8 de Novembro. A Adega Viúva Gomes deu a conhecer – e a provar - um Colares DOC branco de 2008, da casta Malvasia, um Colares DOC tinto de 2005, da casta Ramisco e um Colares DOC tinto de 1969, um Ramisco

DR

Os vinhos de Colares voltaram a apresentar a sua qualidade no estrangeiro envelhecido em cascos de carvalho nacional. Já a Quinta das Vinhas de Areia apresentou um DOC Colares branco de 2009, das castas Malvasia e Arinto e um DOC Colares tinto de 2006, da casta Ramisco. A Fundação Stanley Ho deu a conhecer o seu Stanley Chardonnay branco de 2010, um vinho mono casta, e o Stanley espumante bruto reserva

rosé, produzido exclusivamente a partir de uvas das castas Pinot Noir e Chardonnay. Os vinhos de Colares foram servidos nos dias 6 e 7 de novembro, entre as 13h30 e as 14h15, a acompanhar tapas e outras iguarias especialmente concebidas para acompanhar aqueles vinhos, pelos chefes das Escolas de Hotelaria presentes.

Workshop em Agualva

Participação cívica e intervenção social em debate “O

desenvolvimento sustentável no actual contexto das autarquias: Oportunidade ou retrocesso?” é o tema do Workshop de boas práticas de participação cívica e intervenção social a ter lugar no próximo dia 26 de Novembro, em Agualva. Com o objectivo de dar a conhecer projectos inovadores no âmbito de processos de Agenda 21 Local, de desenvolvimento sustentável e participação cívica, este workshop vai ter lugar no Centro Lúdico das Lopas, naquela freguesia. A iniciativa, promovida pela equipa da Agenda 21 Local de Agualva, pretende, de acordo com a Junta de Freguesia, “estimular a partilha de conhecimentos, ideias e projectos inovadores na área do desenvolvimento sustentável, numa perspectiva crítica relativamente ao actual contexto económico, financeiro

e social”. Neste sentido, uma das metas do workshop é a partilha de bons exemplos

de iniciativas e projectos, dando a conhecer formas criativas de implementar acções que se afigurem como respostas sustentáveis às necessidades locais dos cidadãos. Em cima da mesa, estarão questões como saber se a diminuição dos recursos financeiros disponíveis para os processos da Agenda 21 Local põe em causa a sustentabilidade dos projectos existentes e se o actual contexto económico inviabiliza a concretização de projectos futuros. Diversas autarquias e associações têm demonstrado ser possível trabalhar respostas alternativas às necessidades das populações com o uso de poucos recursos e vão partilhá-las neste workshop, que contará com a participação de entidades que desenvolvem trabalho na área, nomeadamente representantes e técnicos de autarquias, associações e outros promotores de processos de Agenda 21 Local.


12

Regional

Sexta-feira9deNovembro2012

No dia 3 de Novembro

Património Cultural Imaterial debatido em Cascais Ampliar e incentivar o conhecimento e valorização do património cultural e imaterial é um dos objectivos da Associação Portuguesa para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial que organizou o seu primeiro seminário no último dia 3, no Auditório da Casa das Histórias Paula Rego.

C

ascais foi o anfitrião escolhido pela associação para realizar esta primeira sessão de reflexão e debate que contou com a presença dos principais intervenientes no estudo e divulgação do Património Cultural Imaterial em Portugal,“pelo seu papel activo no estudo e divulgação deste património”, de acordo com a organização do evento. Com um programa “ambicioso”, este primeiro seminário, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Cascais e da Fundação D. Luís I, apresentou um painel de oradores integralmente constituído por elementos fundadores da associação, cujas intervenções abrangeram os principais intervenientes no estudo e divulgação do Património Cultural Imaterial (PCI) em Portugal, desde o Estado e autarquias, às associações, cidadãos, museus e universidades. Em análise estiveram os mais diversos temas que encontram lugar no universo do PCI, designadamente História, História da Arte, Arqueologia, Arquitetura Popular, Folclore e Folclorização, Museologia, Língua Mirande-

CMC

O evento teve lugar em Cascais, na Casa das Histórias Paula Rego sa, Teatralidades e outras Performances Tradicionais, Etnolinguística, Religião Popular, Medicina Popular e Cautelas Supersticiosas,

Gastronomia e Edição. Entre os oradores participantes, estiveram nomes de referência dos meios acadé-

mico e cultural português, como João David Pinto Correia, Diretor do Centro de Tradições Populares Portuguesas/Universidade Clássica Lisboa, Luís Raposo, Presidente ICOM – Secção Portuguesa do Conselho Internacional de Museus, Vítor Serrão, Diretor do Instituto de História da Arte da Faculdade Letras da Universidade Lisboa, ou Moisés Espírito Santo, Etnólogo/filólogo, Professor Catedrático Universidade Nova Lisboa. A Associação Portuguesa para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial é dirigida pelo antropólogo e investigador Luís Marques e foi criada com o intuito de ampliar e incentivar o conhecimento e valorização do PCI. Fazem parte dos seus objectivos incentivar a realização de programas, projectos e actividades de salvaguarda do PCI, desenvolver relações e acordos com instituições congéneres e agentes nacionais e internacionais, difundir o conceito de Património Cultural (enquanto realidade material e imaterial), bem como a interligação frequente entre os patrimónios Material, Imaterial e Natural. PUB


Regional

Sexta-feira9deNovembro2012

Rápidas

Odivelas

“Conversas em Rede” debate situações de risco dos jovens

DR

Tour Agarra a Vida decorre em Oeiras

A actividade Tour Agarra a Vida decorreu no dia 31 de Outubro, na Escola Básica 2,3 Professor Noronha Feio. A acção, promovida pela Academia dos Patins, tem por objectivo prevenir, sensibilizar e reduzir os riscos associados ao consumo de drogas e de estupefacientes, estimular a reflexão e o debate acerca das características, os efeitos e as consequências do consumo de substâncias, bem como promover estilos de vida activos e saudáveis. Este projecto, cuja implementação nas escolas de Oeiras remonta a 2003, recorre a demonstrações lúdico-desportivas de modalidades radicais, pretendendo, deste modo, captar o interesse dos jovens, mostrando que é possível correr riscos, passar momentos divertidos e sentir adrenalina de forma saudável e sem necessitar de drogas. PUB

13

No âmbito da iniciativa “Conversas em Rede, realizou-se, no passado dia 25 de Outubro, o quarto e último workshop, subordinado ao título “Proteger para Bem Crescer: Intervir com Crianças e Jovens em Perigo”. Na iniciativa, participaram meia centenas de pessoas que desenvolvem trabalho nesta área.

O

workshop“Proteger para Bem Crescer: Intervir com Crianças e Jovens em Perigo”, teve lugar nas instalações dac APCL (Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa) / Equipamento Casas da Granja – Centro Dr. José de Azeredo Perdigão, na Rua Gago Coutinho, em Odivelas e foi dinamizado pela presidente da Comissão de Protecção e Jovens de Odivelas, Ana Marques. Participaram nesta sessão cerca 50 pessoas, na sua maioria técnicos que desenvolvem trabalho de intervenção social, designadamente na área da Infância. No decurso do workshop foi possível identificar situações de crianças e jovens em perigo e foram apresentadas medidas de intervenção e análise de casos. A iniciativa “Conversas em Rede” enquadrou-se no Programa Municipal da Câmara Municipal de Odivelas para a celebração do

CMO

A iniciativa contou com a presença de diferentes profissionais desta área “Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações” e teve, de acordo com a organização, como principal objectivo “dinamizar a articulação entre os vários parceiros da Rede Social do concelho de Odi-

velas, fomentar a partilha de conhecimentos e experiências entre as várias entidades com intervenção social no concelho e divulgar, à comunidade e a todos os interessados, conhecimentos sobre temáticas específicas”.


14

Desporto

Sexta-feira9deNovembro2012

João Pereira

(*)

joao.pereira.actualsintra@gmail.com

Jovens volúveis

Por que tantos novos árbitros (novos na idade ou há pouco tempo na função, independentemente da idade), quando são convocados para prestar provas físicas e teóricas, faltam? Sendo assim, qual a motivação que os levou a tirar o curso de árbitro? Para as duas questões anteriores, levando em conta aquilo de que me fui apercebendo durante os anos em que fui árbitro, vinte e cinco, procure-se a resposta. O uso do singular foi usado de forma intencional. Seja por mea culpa assumida pelo dirigismo, também os árbitros com alguns anos de carreira na arbitragem, acreditam que a motivação (a sua falta) é a grande causadora do desinteresse dos jovens pela arbitragem. Motivação devia ser uma palavra ainda por inventar. Nunca as gerações anteriores deram conta de que ‘motivação’ existia. Falava-se em ‘obrigação’. Era a partir do ‘sentido de responsabilidade’, da ‘obrigação’, que eles tinham gosto pelo que faziam. ‘Obrigação’ e ‘sentido de responsabilidade’ são termos que fariam mais sentido num qualquer compêndio antigo de Psicologia. O termo “motivação”, é agora usado com outro sinónimo: passou a servir de desculpa aos eternamente irrealizados, insatisfeitos, etc.. Concretize-se: quem (se) deve motivar? Aquele que oferece, seja o que for, tornando aliciante o que oferece? Ou, os que, não estando ‘motivados’, esperam que sejam os outros a evitar-lhes a irrealização, a insatisfação, etc. Era de bom tom antigamente querer que os filhos fossem isto ou aquilo, independentemente da sua vontade. Alguém se preocupou com esses jovens? E não é que eles deram excelentes profissionais naquilo que foram ‘obrigados’ a ser? E outros, rebeldes como os jovens são, não abdicaram da família, das suas ordens, vindo a ser excelentes profissionais de uma qualquer ‘profissão menor’? Os jovens de hoje, monitorizados por uma sociedade em geral e pelos pais em particular, não sentem vocação para coisa nenhuma. Acham, estes, que a evolução tamanha da sociedade lhes permite formatar os filhos para aquilo que idealizam para eles. E estes acabam por não ter ‘obrigações’, mimados por uns pais que não fazem por mal, mas que não agem bem. Há futuro para a arbitragem. Parece-me, no entanto, que ela não será mais tal como existe. (*)Árbitro Licenciado da AFL

XADREZ

São Marcos promove “Torneio de Verão de São Martinho” O

O Grupo de Xadrez de São Marcos realiza, este sábado, o “Torneio de Verão de São Martinho”. A prova decorre no Centro Comercial de São Marcos, durante a tarde.

Centro Comercial de São Marcos será palco de mais um torneio de Xadrez, a decorrer durante a tarde de amanhã, dia 10 de Novembro. A prova, denominada “Torneio de Verão de São Martinho”, é organizada pelo Grupo de Xadrez local, com o apoio do Centro Comercial, sendo constituído por 7 partidas semi-rápidas, com 15 minutos de reflexão por jogador, e serão observadas as regras da FIDE e FPX. O início da prova está previsto para as 14h30.

As inscrições podem ainda ser efectuadas durante o dia de hoje, através do email gxsm@ sapo.pt, e são gratuitas para os sócios do Grupo. Os restantes participantes devem pagar 2 Euros para participar no evento, em que haverá prémios para todos os jogadores jovens,1º veterano, 1ª feminina e até ao quinto lugar da classificação geral. No próprio dia, as inscrições deverão ser feitas no local até às 14h00 com um custo acrescido de 50%.

PUB

PUB

AVISO Período de Discussão Pública do Pedido de Alteração da Licença de Operação de Loteamento

AVISO Período de Discussão Pública do Pedido de Alteração da Licença de Operação de Loteamento

Para efeitos, do disposto no artigo 22º do Decreto-Lei n. 555/99, de 16 de dezembro, alterado pelo Decreto-Lei n. 26/2010, de 30 de março e, pela Lei n. 28/2010, de 02 de setembro, e, com base, no disposto no artigo 77º do Decreto-Lei n. 380/99, de 22 de setembro, com a redação que lhe foi dada pelo Decreto-Lei n. 316/2007, de 19 de setembro, torna-se público que se irá proceder à abertura do período de discussão pública do projeto de loteamento ALT/8656/2011 – Registo SM/6948/2011, de Alteração ao Alvará de Loteamento n. 13/96, sito em Rinchoa, freguesia de Rio de Mouro, em nome de Palmira Rodrigues Ferreira Relvas, por um período de 15 (quinze) dias úteis, contados 8 (oito) dias úteis após a publicação do presente Aviso. O projeto do loteamento encontra-se disponível na Câmara Municipal de Sintra, Departamento de Urbanismo, Praça Afonso Henriques, na Portela de Sintra. Os interessados poderão consultar o projeto de alteração ao loteamento, informação técnica elaborada pelos serviços municipais, assim como, os pareceres, autorizações ou aprovações emitidos pelas entidades exteriores ao município, documentos que fazem parte integrante do processo, podendo elaborar as suas sugestões, observações e reclamações em requerimento dirigido ao Presidente da Câmara Municipal de Sintra. Para constar, se publica o presente aviso na II Série do Diário da República.

Para efeitos, do disposto no artigo 22º do Decreto-Lei n. 555/99, de 16 de dezembro, alterado pelo Decreto-Lei n. 26/2010, de 30 de março e, pela Lei n. 28/2010, de 02 de setembro, e, com base, no disposto no artigo 77º do Decreto-Lei n. 380/99, de 22 de setembro, com a redação que lhe foi dada pelo Decreto-Lei n. 316/2007, de 19 de setembro, torna-se público que se irá proceder à abertura do período de discussão pública do projeto de loteamento LT/2772/1972 – Registo SM/1950/2011, de Alteração ao Alvará de Loteamento n. 25/73, sito na Rua António Aleixo, n. 3, freguesia de Algueirão – Mem Martins, em nome de Maria Manuela de Oliveira Julião Victor Varandas, por um período de 15 (quinze) dias úteis, contados 8 (oito) dias úteis após a publicação do presente Aviso. O projeto do loteamento encontra-se disponível na Câmara Municipal de Sintra, Departamento de Urbanismo, Praça Afonso Henriques, na Portela de Sintra. Os interessados poderão consultar o projeto de alteração ao loteamento, informação técnica elaborada pelos serviços municipais, assim como, os pareceres, autorizações ou aprovações emitidos pelas entidades exteriores ao município, documentos que fazem parte integrante do processo, podendo elaborar as suas sugestões, observações e reclamações em requerimento dirigido ao Presidente da Câmara Municipal de Sintra. Para constar, se publica o presente aviso na II Série do Diário da República. Sintra, 19 de outubro de 2012

Sintra, 19 de outubro de 2012 O Diretor Municipal do Planeamento Estratégico e Urbanismo, Por delegação de competências (Despacho n. 51 – P/2010)

O Diretor Municipal do Planeamento Estratégico e Urbanismo, Por delegação de competências (Despacho n. 51 – P/2010)

Arq. Luís Ferreira

Arq. Luís Ferreira


Vida & Lazer

Sexta-feira9deNovembro2012

Destaques da semana DR

RITUAIS DA MORTE NO “CASINO DE SINTRA” “Diis Manibvs - Rituais da Morte durante a Romanidade” é o nome da exposição temporária que o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas apresenta no “Casino de Sintra”, de 2 de Novembro a 30 de Dezembro. Esta exposição terá como ponto de partida as atitudes do Homem perante a morte e dará a conhecer um importante conjunto de materiais arqueológicos descobertos na região de Sintra, com especial destaque para aqueles que testemunharam as várias práticas aqui utilizadas, naquele domínio, durante o largo período que se estende desde os inícios do Império até aos finais da antiguidade tardia. Patente no edifício Museu de Arte Moderna, agora designado como “Casino de Sintra”, com entrada gratuita. “XÊ” LA BELLE” COM BELLE DOMINIQUE No âmbito dos seus 35 anos de carreira, Belle Dominique regressa a Sintra para apresentar um espectáculo evocativo do seu trabalho, intitulado “Xê” La Belle”. Dentro do estilo cabaret-burlesque, este é um espectáculo de música e teatro, cheio de brilho e humor que subirá ao palco do Auditório Municipal António Silva, no Cacém, a 10 de Novembro, pelas 22h00. A personagem Belle Dominique marcou forte presença, quase no início da sua carreira e onde se manteve durante largos anos em actividade, actuando em vários espaços espalhados por todo o país. Este espectáculo, para maiores de 18 anos, tem uma componente lúdica e é essencialmente um musical de interação com o público, tendo também situações de humor e partes musicais com cantores ao vivo. Os bilhetes custam 10 Euros. OFICINA DE TEATRO JÚNIOR, ATÉ FEVEREIRO Neste ano lectivo, também os mais pequenos terão a oportunidade de desenvolver as suas capacidades expressivas e criativas, experienciando diferentes jogos dramáticos e explorando tanto a mímica como a palavra. As máscaras a as marionetas terão também lugar marcado nesta oficina, que tem como objetivo melhorar a autoestima, confiança e concentração de cada participante, num ambiente descontraído e de pura fruição. As inscrições deverão ser efectuadas na bilheteira do Centro Cultural Olga Cadaval, mediante pagamento do valor da primeira mensalidade e de uma caução no valor de 15 Euros. MEMORIAL DO CONVENTO ENCENADO EM SINTRA Ansiando por um filho que tarda, o rei D. João V é avisado por frei António de São José: «Mande V. Majestade fazer um convento de franciscanos em Mafra e Deus vos dará descendência». À construção do convento, juntam-se as histórias do amor trágico e maravilhoso de Baltasar e Blimunda e do sonho visionário de voar de padre Bartolomeu de Gusmão. A «Passarola», máquina voadora, mistura de barco e pássaro, nasce do saber científico de padre Bartolomeu, da força de trabalho de Baltasar e dos poderes de Blimunda, recolhendo as vontades humanas (as «nuvens fechadas»), que alimentarão a máquina etérea e a farão voar. Voar, no século XVIII, não sendo obra de Deus, só poderia sê-lo do demónio. Padre Bartolomeu de Gusmão é perseguido. Foge na «Passarola», com Baltasar e Blimunda. O fim trágico anuncia-se… Dia 16 de Novembro, às 22h00, no Olga Cadaval. A produção é da ÉTER.

Previsão do Tempo

Agenda Cultural

Horóscopo

Porto Coimbra Lisboa Faro

18º 09º 17º 08º 16º 10º 17º 08º

Sábado Porto Coimbra Lisboa Faro

16º 07º 14º 07º 17º 11º 18º 09º

Domingo Porto

15º 03º

Coimbra 14º 03º Lisboa Faro

16º 09º 16º 07º

Por Desidério Zeffir

CARNEIRO

Regente: MARTE – 21/3 a 20/4

Pedro Abrunhosa com “Canções” no Olga Cadaval “O

Amor: A vida está cheia de mudanças, há que manter-se esclarecido(a)... Trabalho: Não leve a sério propostas que lhe possam parecer arriscadas! Saúde: Possíveis estados de ansiedade.

DR

Coração dos meus espectáculos tem nome: Canção. E tem uma função: Contar Histórias, minhas e de outros, onde não há heróis nem vilões mas sim palavras que apetece cantar. A Canção bate por si ao ritmo fugaz que atravessa o tempo. Pode ser uma valsa francesa ou uma arriscada acrobacia de Dylan, mas todas as Canções empurram esse corpo fugidio a que se chama espectáculo para os braços do público. E, assim abraçados, celebramos juntos o pulsar de versos remotos, agora aprisionados pela nossa Voz comum. Este é o meu mundo. O mundo que visito todas as noites quando faço Canções”. Pedro Abrunhosa apresenta assim o espectáculo “Canções”, que sobe ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval no próximo dia 23 de Novembro, às 22h00.

Misty Fest apresenta B Fachada, amanhã O

novo disco de B Fachada chama-se “Criôlo” e fala - e toca e canta - de mestiçagens, procurando uma latitude mais tropical enquanto as palavras vão descobrindo sentidos e segundos sentidos com um prazer singular. É cheia de luz, a música de B Fachada que continua a surpreender em cada passo. O novo concerto que o cantautor vai levar ao Centro Cultural Olga Cadaval tem, por isso, bagagem reforçada, com o imenso material que há em discos como “Deus, Pátria e Família” ou “Há Festa Na Moradia” a fornecer argumentos para o palco. Mas afinal de contas, como explica em “Criôlo”, B Fachada pode recuar até 98 para traçar um percurso que não tem parado de crescer em termos de reconhecimento e de aplausos. Tem mais balanço este B Fachada de 2012, cada vez mais um autor de corpo inteiro que a partir dos ecos das obras de Sérgio Godinho, Fausto ou Zé Mário traçou a sua própria identidade. Amanhã, dia 10 de Novembro, às 22h00, no Olga Cadaval.

CONCERTOS PARA BEBÉS – SACABUXAS E FANFARRAS Os Concertos para Bebés são uma produção portuguesa pioneira no domínio das artes performativas para a primeira infância. Tiveram início em Novembro de 1998 numa cidade no centro de Portugal, Leiria, e é seu autor o professor e musicólogo Paulo Lameiro. Têm a sua origem no trabalho com bebés desenvolvido pela Escola de Artes SAMP desde 1991 no programa Berço das Artes e são fortemente inspirados pela Teoria de Aprendizagem Musical do professor e pedagogo norte-americano Edwin Gordon. Depois de percorrerem as principais salas de concerto portuguesas estão presentes na programação de algumas das principais salas de concerto da Europa. Dia 18 de Novembro, às 10h00 e 11h30, no Olga Cadaval. MATINÉ DANÇANTE RECRIA TRADIÇÃO EM SINTRA Reeditando antigas tradições de Sintra, que remontam ao final do século XIX, e com estreia no passado mês de Maio, as matinés dançantes do Centro Cultural Olga Cadaval apresentam-se em homenagem a todos aqueles que gostam de dançar, conviver e partilhar bons momentos. Os presentes em mais uma matiné dançante poderão contar com uma tarde divertida ao som de grandes temas musicais tocados ao vivo. A entrada tem o preço único de 4 Euros, valor que inclui lanche. Dia 18 de Novembro, das 15h00 às 19h00, no Olga Cadaval.

TOURO

Regente: VÉNUS – 1/4 a 20/5

Amor: Encontra-se a viver um período de mudança. Saiba aproveitar a vida e as pessoas. Trabalho: Possíveis alterações na sua carreira. Saúde: Procure fazer exames de rotina.

GÉMEOS

Regente: MERCÚRIO – 21/5 a 20/6

Amor: Possibilidade de alcançar novos horizontes ou algo que busca há muito! Trabalho: Pode confrontar-se com um rol de novas tarefas. Saúde: Mantenha-se o mais longe possível do tabaco...

CARANGUEJO

Regente: LUA – 21/6 a 21/7

Amor: Nem tudo corre da forma que mais desejamos. Esteja atento(a) a problemas com familiares ou amigos. Trabalho: Não conte com muitos elogios e concentre-se naquilo que faz. Saúde: Atenção aos estados de gripe.

LEÃO

Regente: SOL – 22/7 a 22/8

Amor: Poucas alterações no seu dia-a-dia. Faça mais planos... Trabalho: Período pouco favorável a novos investimentos. Saúde: Nada de importante a assinalar...

VIRGEM

Regente: MERCÚRIO – 23/8 a 22/9

Amor: Viva o seu dia-a-dia sem prestar atenção aos pormenores. Sem receios e sem culpa! Trabalho: Poderá ser surpreendido(a) com algo inesperado. Aproveite... Saúde: Tendência para estados depressivos!

BALANÇA

Regente: VÉNUS – 23/9 a 22/10

Amor: Tenha especial atenção à sua cara-metade e procure evitar situações duplas. Trabalho: Poderá viver estados de incerteza, que o(a) deixarão inseguro(a). Saúde: Procure o seu dermatologista.

ESCORPIÃO

OSSOS QUE CONTAM HISTÓRIA, ATÉ JANEIRO Esta é a exposição temporária que o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas apresenta até 12 de janeiro, cedida pela Direção Geral do Património Cultural – Laboratório de Arqueociências. Aqui se explica, com exemplos concretos, o que é a Arqueozoologia, disciplina que estuda os ossos dos animais recuperados em contexto arqueológico. Os visitantes irão constatar que o estudo dos ossos, além de possibilitar a identificação das espécies, permite ainda reconhecer outros tipos de indícios como marcas de corte, vestígios de fogo, ou a presença seletiva de apenas alguns elementos do esqueleto, indícios que dão a conhecer, com outra profundidade, a história do animal após a sua morte.

Regente: PLUTÃO – 23/10 a 21/11

Amor: Momentos de grande confiança, que o(a) deixam satisfeito(a) nesta fase. Trabalho: As suas tarefas serão realizadas com seriedade e grande atenção... Saúde: Faça mais exercício físico.

SAGITÁRIO

Regente: JÚPITER – 22/11 a 21/12

EXPOSIÇÃO DE ESCULTURA AO AR LIVRE NA VOLTA DO DUCHE A exposição de Escultura ao Ar Livre – Sintra Arte Pública, conta este ano com a 9ª edição. À semelhança de anos anteriores, tem lugar na Volta do Duche, em pleno centro histórico. Organizada pela Câmara de Sintra, em colaboração com o Centro Internacional de Escultura, esta exposição, este ano sob o tema “Os Mitos e a Mitologia”, apresenta trabalhos de 18 escultores de várias nacionalidades. Até 10 de Junho do próximo ano, será possível apreciar estas 18 esculturas, cuja matéria-prima é a pedra. Esta é mais uma iniciativa da autarquia de Sintra, enquadrada na estratégia de consolidação da marca “Sintra, Capital do Romantismo”. DINOSSAUROS DA LOURINHÃ NA AMADORA, ATÉ DEZEMBRO O Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira, apresenta uma exposição representativa do acervo paleontológico do Museu da Lourinhã. Entre as peças expostas contam-se fósseis originais e réplicas de fósseis de dinossauros do Jurássico Superior, período que decorreu há cerca de 150 milhões de anos, e que são parte de um património riquíssimo. Para os mais novos estão previstas várias atividades (caixa de areia, “laboratório” de paleontologia, entre outras). A exposição é complementada por uma mostra das melhores obras submetidas ao Concurso Internacional de Ilustração de Dinossauros. Este concurso é uma iniciativa do Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã e, ao longo de sete edições, já permitiu reunir 443 trabalhos, realizados por 187 artistas de 37 países, de todos os continentes. Com entrada livre, a mostra está patente até 15 de Dezembro, com entrada livre, no Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira, de segunda a sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

Sexta

15

EXPOSIÇÃO DE PAIVA CARVALHO, NA VERNEY A Livraria-Galeria Municipal Verney, em Oeiras, tem patente uma exposição do pintor Luís Paiva de Carvalho, até 13 de Outubro, de terça a sexta, das 10h00 às 18H00 e aos sábados das 14h00 às 18H00. Encerra aos feriados. Esta exibição conta com quadros cujas temáticas incidem, sobretudo, sobre África, onde o pintor viveu largos anos. Algumas obras são propriedade da viúva, Ana Paiva de Carvalho, outros cedidos por colecionadores particulares. Paiva de Carvalho está representado em museus angolanos, portugueses e canadianos e em numerosas colecções particulares. “INTERIORES: COLEÇÃO NEVES E SOUSA”, NA VERNEY, EM OEIRAS “Interiores: Coleção Neves e Sousa” é o título da exposição de aguarelas do pintor Neves e Sousa que é apresentada, de 28 de outubro a 30 de novembro, na Livraria Galeria Municipal Verney/ Colecção Neves e Sousa, em Oeiras. A mostra pode ser visitada pelo público de terça a sexta-feira, das 11h00 às 18h00 e aos sábados, das 14h00 às 18h00. Encerra aos feriados. A Livraria - Galeria Municipal Verney/ Coleção Neves e Sousa está localizada na Rua Cândido dos reis, 90/90 A, em Oeiras.

Amor: Os próximos dias serão marcados por momentos que vão reforçar os seus sentimentos... Trabalho: Saberá enfrentar com grande força todos os desafios. Saúde: Nada de importante a assinalar...

CAPRICÓRNIO

Regente: SATURNO - 22/12 a 20/1

Amor: Sentir-se-á apaixonado(a). Viva sem medos esta fase de grande paixão. Trabalho: Cuidado com os atrasos. Cumpra aquilo que lhe é exigido! Saúde: Possíveis enxaquecas.

AQUÁRIO

Regente: URANO – 21/1 a 19/2

Amor: Está a viver um período de indeferença. Pense nas pessoas que sejam realmente importantes. Trabalho: Momento de algum cansaço mas de grande esperança... Saúde: Consulte um dentista.

PEIXES

Regente: NÉPTUNO – 20/2 a 20/3

Amor: Sente-se amado(a) e está a viver um bom período... Trabalho: Tudo corre bem... mas nem sempre está totalmente satisfeito(a). Saúde: Possíveis dores ao nível das articulações.


16

Publicidade

Sexta-feira9deNovembro2012

Edição 134  

O Jornal Actual Sintra é uma publicação quinzenal, de distribuição gratuita, de informação generalista dos concelhos de Sintra, Cascais, Oei...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you