Issuu on Google+

BÁSICO DO HIV/VIH Você Precisa Saber


O QUE É O HIV/VIH E A AIDS/SIDA? •

HIV/VIH é o vírus que causa a AIDS/SIDA.

HIV pode ser conhecido como VIH (Vírus de Imunodeficiência Humana).

AIDS é também chamada SIDA (Síndrome da Immunodeficiência Adquirida).

AIDS é o estágio avançado do HIV que provoca danos severos ao sistema imunológico.

UMA PESSOA COM O HIV/VIH SEMPRE TEM AIDS/SIDA? Não. As pessoas podem viver muitos anos com o HIV/VIH sem apresentar sintomas da AIDS/SIDA. Além disso, atualmente há medicamentos que ajudam a aumentar a expectativa de vida e que diminuem a carga viral para níveis indetectáveis, contribuindo para redução de risco de transmissão e uma vida saudável.


EXISTE CURA PARA O HIV/VIH? Não. Nem o HIV/VIH ou a AIDS/SIDA tem cura. Contudo, o tratamento médico está disponível para tratar a doença. Os medicamentos têm salvo muitas vidas. É também a melhor forma para atingir uma carga viral indetectável.

SEXO SEM PRESERVATIVOS E OUTRAS DOENÇAS Sempre que você tem relações sexuais sem preservativo, existe a possibilidade de contrair ou transmitir o HIV/VIH e também outras doenças sexualmente transmissíveis (DST) como: gonorréia, sífilis, clamídia ou herpes. As pessoas com alguma DST podem infectar-se e/ou transmitir o HIV/VIH com mais facilidade. O contato direto com o sangue de outra pessoa também pode transmitir a hepatite B ou C.


ALTO RISCO DE TRANSMISSÃO DO HIV/VIH Através do sangue, do sêmen, das secreções vaginais ou anais e do leite materno. Sexo vaginal ou anal, sem o uso de preservativos. Compartilhando seringas para injetar drogas ou anabolizantes. O contato entre cortes expostos e o sangue da pessoa que vive com o HIV/VIH. As mulheres que vivem com o HIV/VIH podem transmitir o vírus para o bebê durante o parto ou também durante a amamentação. Mas com acompanhamento médico as chances do bebê ser infectado são mínimas.


BAIXO OU ZERO RISCO DE INFECÇÃO Uma pessoa que vive com o HIV/VIH pode ter uma vida social como qualquer outra pessoa. O vírus não é transmitido pelo abraço, aperto de mão ou compartilhando uma bebida. Nem mesmo através da tosse e/ou do espirro de outra pessoa. Sexo oral sem preservativo e sem contato direto com o semém ou secreção vaginal, apresenta baixo risco de infecção. Sexo com uma pessoa que vive com o vírus, apresenta baixo risco de transmissão quando utiliza-se preservativo. O risco é menor quando a pessoa com HIV usa os medicamentos recomendados.


COMO POSSO DIMINUIR O MEU RISCO DE CONTRAIR O HIV/VIH? Use preservativos e lubrificante a base de água, pois não causam danos ao preservativo. Evite contato direto com o semém ou secreções vaginais e anais. Fale com seu parceiro(a) sobre sexo seguro. Se vocês decidirem ter uma relação sexual sem o uso de presevativo, façam o teste antes e estejam conscientes dos riscos. Caso seu parceiro(a) seja positivo(a), aconselha-se que ele inicie o tramento o quanto antes. O uso regular dos medicamentos, diminui a carga viral* para níveis indetectáveis na corrente sanguínia, contribuindo para a redução no risco de transmissão. A forma mais eficaz de prevenção ao vírus do HIV/VIH, entre casais soro discordante (casais em que uma pessoa é HIV positivo e a outra não), é a combinação do uso de preservativo com carga viral indetectável. *Carga viral: refere-se à quantidade de HIV que circula no sangue. É usada para monitorizar a progressão da doença e ajudar os médicos a tomarem decisões com relação ao tratamento de um paciente.


ALGUMAS COISAS QUE VOCÊ PODE FAZER Descubra seu estado de HIV/VIH e de doenças sexualmente transmissíveis (DST), tanto o seu como de seu parceiro(a). Saber é melhor do que ignorar. Se o seu parceiro(a) é HIV/VIH Positivo, converse com seu médico de família ou os profissionais do ACT para saber mais sobre sexo seguro. Lembre-se: o uso regular dos medicamentos, combinado com hábitos de vida saudável aumentam a expectativa de vida. Converse com seu parceiro(a) sobre práticas de sexo seguro.

AS MULHERES QUE VIVEM COM O HIV/VIH PODEM TER FILHOS HIV/VIH NEGATIVOS? Sim. Se a mãe receber acompanhamento médico e usar os medicamentos para reduzir a carga viral, ela e o bebê terão uma vida mais saudável. Desta forma, as chances de transmissão do vírus para o bebê são menores de 2%. Durante a amamentação, o leite materno deve ser substituído pelo leite formulado.


POR QUE DEVO FAZER O TESTE DO HIV/VIH? O teste é a única forma de saber com certeza se você tem HIV/VIH. As pessoas podem transmitir o HIV/VIH mesmo quando elas não apresentam sintomas. Quando você sabe o resultado do seu exame, você pode evitar a transmissão para o seu parceiro(a) praticando sexo com preservativo e tomando os medicamentos recomendados. Quanto antes você souber o seu estado, mais cedo você pode iniciar o tratamento, garantindo uma vida mais saudável. A lista completa de clínicas para fazer o teste está no website actoronto.org/portugues. Se você é HIV/VIH negativo, mas pratica sexo sem o uso de preservativo, faça o teste de HIV/VIH regularmente. Aconselha-se fazer o teste 3 semanas (1 mês) após cada vez que você deixou de usar preservativo. Se o resultado for negativo, é importante repetir o teste novamente em 3 meses para certificar-se.


NÃO TENHO CARTÃO DE SAÚDE. POSSO FAZER O TESTE DO HIV/VIH? ONDE? Sim. O teste de HIV/VIH é anônimo, gratuito sem a necessidade de qualquer documento de imigração, em algumas clínicas de saúde sexual. Para fazer o teste procure uma das clínicas de saúde sexual. As clínicas oferecem profissionais qualificados para orientá-lo, caso você precise de auxílio. A lista completa de endereços está disponível no website actoronto.org/portugues. Você também pode optar pelo teste convencional, através do seu médico de família ou “Walk-In Clinic.” As clínicas de saúde sexual também fazem testes para outras doenças sexualmente transmissíveis (DST) gratuitamente.


PREZE PELA SUA SAÚDE! Muitas pessoas deixam de fazer o teste com medo do resultado. Aproximadamente 26% das pessoas que tem o HIV/VIH, não sabem que estão vivendo com o vírus. Isto significa que elas podem estar transmitindo a doença, sem saber. Cuide de sua saúde e de seu parceiro. Faça o teste. Se você sente-se depressivo ou ansioso ou está preocupado com o seu uso de drogas ou álcool, converse com um amigo ou profissional. O ACT também oference grupos de apoio para ajudá-lo.

PARA VOLUNTARIAR COM O ACT O Programa de Educação Sexual para Homens de Língua Portuguesa do ACT, oferece oportunidades de trabalho voluntário. Para saber como ajudar, participe no Ponto de Encontro, evento de orientação para voluntários. As datas do evento estão disponíveis no website actoronto.org/portugues.


The AIDS Committee of Toronto (ACT) Programa de Educação Sexual para Homens de Língua Portuguesa do ACT T: 416 340 8484 x 242 W: actoronto.org/portugues E: portugues@actoronto.org f facebook.com/ACT.Portugues Thank you to our volunteers for their support. Obrigado aos nossas voluntárias pelo suporte. Veja em nosso website outras campanhas para download, freqüentes perguntas e respostas e a lista de entidades que prestam assistência em Português, na cidade de Toronto. Developed with the support of the City of Toronto, AIDS Prevention Community Investment Program April 2013


Basico do HIV/VIH