Page 1

Beatriz Azevedo ao vivo em Nova York


[música de Beatriz Azevedo sobre poema de Oswald de Andrade] Quando o português chegou Debaixo duma bruta chuva Vestiu o índio Que pena! Fosse uma manhã de sol O índio tinha despido O português * abertura com sample de Cantos Ameríndios

erro de português In: O Santeiro do Mangue e Outros Poemas, de Oswald de Andrade, Editora Globo, São Paulo


Coco de Pagu

[música de Beatriz Azevedo sobre poema de Raul Bopp]

in Poesia Completa de Raul Bopp, org. Augusto Massi, José Olympio Editora/Edusp, São Paulo

Pagu tem os olhos moles Uns olhos de fazer doer Bate-coco quando passa Coração pega a bater Passa e me puxa com os olhos Provocantíssimamente Mexe-mexe bamboleia Pra mexer com toda gente Dói porque é bom de fazer doer Dói porque é bom de fazer doer Toda gente fica olhando Seu corpinho de vai-e-vem Umbilical e molengo De não sei o que é que tem Quero porque te quero Como não hei de querer? Querzinho de ficar junto Que é bom de fazer doer Dói porque é bom de fazer doer Dói porque é bom de fazer doer Êh Pagu Êh! Êh Pagu Êh!


Editora: Tom Jobim/Tonga (BMG Publishing Bras)

Insensatez

[Tom Jobim + Vinicius de Moraes] arranjo Beatriz Azevedo A insensatez que você fez Coração mais sem cuidado Fez chorar de dor O seu amor Um amor tão delicado Ah, porque você foi fraco assim Assim tão desalmado Ah, meu coração quem nunca amou Não merece ser amado Vai meu coração ouve a razão Usa só sinceridade Quem semeia vento, diz a razão Colhe sempre tempestade Vai, meu coração pede perdão Perdão apaixonado Vai porque quem não Pede perdão Não é nunca perdoado


Comprarei o pincel do Douanier pra te pintar Levo pro nosso lar o piano periquito e o Reader’s Digest Pra não tremer quando morrer e te deixar Eu quero nunca te deixar quero ficar preso ao teu amanhecer

In: 0 Santeiro do Mangue e Outros Poemas, de Oswald de Andrade, Editora Globo, São Paulo

Toma conta do céu toma conta da terra toma conta do mar toma conta de mim

Cântico dos Cânticos

[música de Beatriz Azevedo sobre poema de Oswald de Andrade]


devora

[Beatriz Azevedo + Vinicius Cantuária] Vem cá Devora a vida agora E antes que passe... que passe a sua hora Não marca toca Não demora Não enrola Vem cá Devora a vida agora E antes que passe... que passe a sua hora Não come bola não demora não enrola

Não vá jogar seu tempo fora esperando a eternidade tão cansada de esperar… Não vá querer cair em conversa mole tão cheia de nove horas nhém nhém nhém e blá blá blá Não tema a aurora a despertar o que é teu não tarda a encontrar a flora não demora a aflorar e cada estação renova o luar Não tema a aurora a despertar o que é teu não tarda a encontrar a flora não demora a aflorar e cada paixão renova o olhar


toda sorte

[Beatriz Azevedo + Angelo Ursini] Já te procurei por toda parte toda sorte e desastre em cada astro a vagar eu te esperei em cada instante grão de areia, vão momento em cada lua a girar saiba que eu te amo a tanto tempo de um jeito tão intenso qu'eu nem vi o tempo passar olha este amor é tão imenso movimenta o firmamento a terra o sol e o mar Enquanto não te encontrar até o ar vai faltar e quando voce chegar até o ar vai faltar enquanto não te encontrar até o ar vai faltar e quando voce chegar eu só quero cantar


What is this thing called love? Editora Warner Chappel Ediçþes Musicais LTDA

[Cole Porter] arranjo Beatriz Azevedo What is this thing called love? This funny thing called love? Just who can solve its mystery? Why should it make a fool of me? I saw you there one wonderful day You took my heart and threw it away That's why I ask the Lawd in Heaven above What is this thing called love?


[Beatriz Azevedo + Matheus von Kruger] arr: Beatriz Azevedo e Pedro Manesco esteja lá onde estiver, lá... tudo está em seu lugar onde estará lá? ou virá o que estava, lá estava a esperar… aonde está você e tudo tudo vai começar até onde isto vai me levar? mas se agora tudo vai se encontrar aonde está você que eu vou te encontrar mas se agora tudo vai se encontrar aonde está você agora que eu vou te encontrar e se um dia isto tudo acabar?

tudo está


Gran


Navegação [Beatriz Azevedo + Angelo Ursini] O teu olhar me leva ao Oriente pimenta e seda pura especiarias da ilusão eu quero ir eu quero ir pacífica e atlântica nesta gran navegação pacífica e atlântica nesta gran navegação uma viagem em nau descoberta no oceano do teu olhar revelando a razão submersa dos mistérios do seu mar uma viagem e mil descobertas no oceano do teu olhar eu mergulho o meu coração nos mistérios do seu mar


BIS [Beatriz Azevedo + Deni Domenico] O rosto da atriz traduz o olho da atriz reluz o corpo da atriz seduz a vida da atriz pede bis a vida da atriz‌ flor de lis por um triz Ê flor de luz por um triz Ê flor de luz


alegria

[Beatriz Azevedo + Vinicius Cantuária]

tem hora que eu fico sozim com saudade da minha Alegria eu sei que eu gosto dela e fico esperando ela voltar Alegria, esperando ela voltar Alegria, eu tava quieta no meu cantim esperando ela voltar ela chegou "ocê quer saber meu nome?" meu nome é Alegria, Êh, Alegria, não vá embora e agora eu só quero é dançar não vá agora que é hora e eu esperando ela girar abre a roda e vem dançar e eu esperando ela girar Êh, Alegria, não vá embora não vá agora que é hora cai na roda e vem cantar

tem hora que o coração aperta um bucadim eu me lembro daquele z’oinho eu sei que eu gosto dela e fico esperando ela me olhar esperando ela me olhar esperando ela me olhar


[Beatriz Azevedo + Angelo Ursini] O dia passa lentamente O dia me ultrapassa O dia passa na minha frente São quatro horas da tarde O dia passa lentamente O dia me ultrapassa O dia passa na minha frente São cinco horas da tarde Eu quero que anoiteça bem depressa na minha casa O dia passa por cima da minha cabeça O dia me amassa O dia se afasta O dia me cansa… Eu almoço eu janto eu choro eu penso eu deito eu levanto


dias lentos


[Beatriz Azevedo] voce disse que eu sou egoísta egoísta é quem só pensa em si como é que eu posso ser egoísta se eu só penso em voce

egoísta

voce é muito vaidosa Não quer dar o braço a torcer voce é muito exigente já fez tanta gente sofrer voce nao sabe como me machuca quando diz essas coisas cruéis coloquei meu coração a seus pés conheci o perfume da dor voce tem tudo que quer e não quer tudo que tem muitos querem ficar com voce mas voce não é de ninguém mas voce não é de ninguém mas ninguém é de ninguém


[música de Beatriz Azevedo sobre poema de Oswald de Andrade] No baile da Corte Foi o Conde d'Eu quem disse Pra Dona Benvinda Que farinha de Suruí Pinga de Parati Fumo de Baependi É comê bebê pitá e caí É comê bebê pitá e caí

relicário In: Pau Brasil, de Oswald de Andrade, Editora Globo, Säo Paulo


ficha técnica Cristóvão Bastos [direção musical] Vinicius Cantuária [participação especial] Beatriz Azevedo [concepção e direção artística] Músicos: ANGELO URSINI [clarinete, flautas, sax, escaleta] BEATRIZ AZEVEDO [voz e violão] CRISTÓVÃO BASTOS [piano e wurlitzer] LEANDRO VASQUES [contrabaixo e vocais] MATHEUS VON KRUGER [guitarra e vocais] MAURICIO CHIARI [bateria] NANA CARNEIRO DA CUNHA [violoncelo e vocais] VINICIUS CANTUÁRIA [percussão e vocal]

O show antroPOPhagia estreou no Lincoln Center (Walter Reade Theater) em Nova York, a convite do festival Celebrate Brazil realizado por Film Society of Lincoln Center e ImageNation, em parceria com CrossPath Culture e Acrobeat. Gravado ao vivo por Justin Bias no Lincoln Center em Nova York. Gravações adicionais no estúdio Biscoito Fino, Rio. Engenheiros de Som Gustavo Krebs e Lucas Ariel Mixado por Gabriel Pinheiro Masterizado por Luiz Tornaghi www.beatrizazevedo.com.br www.amusicoteca.com.br www.biscoitofino.com.br


Direção Geral Kati Almeida Braga Direção Artística Olívia Hime Coordenação de Produção Marcela Maia Produção Executiva Acrobeat Management Fernando Cavalher Clearance Joana Hime Imagens no estudio Biscoito Fino: Erik Vesch e Rafaela Ferreira Criação do Projeto Gráfico: Beatriz Azevedo, Julia Rocha, Tiago Gonçalves, Web Mota Arte da Capa Julia Rocha Design Gráfico Tiago Gonçalves e Web Mota Finalização Tiago Gonçalves Fotos extraídas da filmagem do show Todas as composições de Beatriz Azevedo: editora ©Acrobeat / UBC.

Agradecimentos Film Society of Lincoln Center, The Walter Reade Theater, ImageNation, CrossPath Culture, Embaixador Luiz Felipe de Seixas Correa, Paulo Guilherme Monteiro Lobato Ribeiro, Washington Cavalcanti, Danilo Santos de Miranda, Ivan Giannini, Olívia Hime, Joana Hime, Cristóvão Bastos, Vinicius Cantuária, Cyro Baptista, Eleonora Alberto, Marília de Andrade, Sergio Bopp, Fernando Cavalher, Cannon Hersey, Moikgantsi Kgama, Justin Bias, Ana Paula Malteze, Gilberto Paschoal, Wagner Talasi, João Zilio, Marcela Maia, Isabella Duvivier, Patricia Kalil, Julia Rocha, Cecília Bocato, Fernando Magrin, Mônica Cavalcanti Lepri, Adil Lepri, Rafaela Ferreira, Erik Vesch, João Maia, Tatiane Vesch, Flavio Pereira, Joaquim Castro, Ricardo Rodrigues, Studio W, Selo de Controle, Brazoo.


01 ERRO DE PORTUGUÊS [BRPUI1400030] [música de Beatriz Azevedo sobre poema de Oswald de Andrade] 02 COCO DE PAGU [BRPUI1400031] [música de Beatriz Azevedo sobre poema de Raul Bopp] 03 INSENSATEZ [BRPUI1400032] [Tom Jobim + Vinicius de Moraes] arranjo Beatriz Azevedo 04 CÂNTICO DOS CÂNTICOS [BRPUI1400033] [música de Beatriz Azevedo sobre poema de Oswald de Andrade] 05 DEVORA [BRPUI1400034] [Beatriz Azevedo + Vinicius Cantuária] 06 TODA SORTE [BRPUI1400035] [Beatriz Azevedo + Angelo Ursini] 07 WHAT IS THIS THING CALLED LOVE [BRPUI1400036] [Cole Porter] arranjo Beatriz Azevedo 08 TUDO ESTÁ [BRPUI1400037] [Beatriz Azevedo + Matheus von Kruger] arranjo Beatriz Azevedo e Pedro Manesco 09 GRAN NAVEGAÇÃO [BRPUI1400038] [Beatriz Azevedo + Angelo Ursini] 10 BIS [BRPUI1400039] [Beatriz Azevedo + Deni Domenico] 11 ALEGRIA [BRPUI1400040] [Beatriz Azevedo + Vinicius Cantuária] 12 DIAS LENTOS [BRPUI1400041] [Beatriz Azevedo + Angelo Ursini] 13 EGOISTA [BRPUI1400042] [Beatriz Azevedo] 14 RELICÁRIO [BRPUI1400043] [música de Beatriz Azevedo sobre poema de Oswald de Andrade]

CD antroPOPhagia Beatriz Azevedo ao vivo em Nova York - Encarte  

Encarte do CD antroPOPhagia Beatriz Azevedo ao vivo em Nova York. Um lançamento Biscoito FIno, 2014.

CD antroPOPhagia Beatriz Azevedo ao vivo em Nova York - Encarte  

Encarte do CD antroPOPhagia Beatriz Azevedo ao vivo em Nova York. Um lançamento Biscoito FIno, 2014.

Advertisement