Page 3

EDITORIAL

3

HILGO GONÇALVES Presidente da ACREFI

AVANÇOS E DESAFIOS

O

Brasil vive um momento com muitos avanços e desafios. É certo que temos um longo caminho pela frente em direção ao desenvolvimento, mas a boa notícia é que nos últimos meses conquistas importantes nos deixam mais otimistas em relação ao futuro, principalmente no setor financeiro. Entre as novidades, merece destaque a sanção presidencial ao novo formato do Cadastro Positivo, que certamente será um divisor de águas no mercado de crédito. Essa inovação, defendida enfaticamente pela ACREFI trará, na estimativa da nossa entidade, um crescimento da relação crédito/PIB dos atuais 47% para algo entre 70% e 80% nos próximos anos. Mais ainda, conforme estimativa do economista-chefe da Serasa, Luiz Rabi, em evento da ACREFI realizado em maio, os benefícios previstos em 10 anos se aproximam de R$ 900 bilhões (ver reportagem nesta edição). O total equivale praticamente a uma Reforma da Previdência. Além disso, temos a Lei Geral de Proteção de Dados, outra iniciativa de fundamental importância, pois assegura uma integridade ainda maior no uso das informações dos cidadãos. A LGPD entra em vigor no próximo ano e pelo seu impacto e complexidade tem sido objeto de eventos, entre os quais o seminário promovido pela ACREFI para manter o setor informado dos detalhes da legislação. O Banco Central também divulgou a Agenda BC#, que alia a inovação tecnológica à agenda microeconômica da instituição com quatro dimensões: inclusão; competitividade; transparência; e educação financeira – trazendo no escopo a novidade do open banking e destacando cada vez mais a importância da educação financeira, agora com um foco ainda mais claro nas escolas. O objetivo é aumentar mais ainda a eficiência e a competição do Sistema Financeiro Nacional. A ACREFI sempre apoiou a agenda BC+ e na audiência que tivemos dia 31 de maio com o presi-

dente da instituição, Roberto Campos Neto, reafirmamos o nosso apoio à Agenda BC#. Essa atuação do BC está em linha com o compromisso da ACREFI. Como exemplo, citamos a cidadania financeira. Por isso, nossa entidade apoiou a 6ª Semana ENEF (Semana de Educação Financeira), realizada em maio, que teve mais de 15 mil ações e contou com a participação de milhões de pessoas. Como destacamos nesta edição, além do incentivo aos associados, a ACREFI participou ativamente da Semana ENEF, incluindo a realização do evento “Educação financeira agregada ao negócio” em maio, em São Paulo, em que especialistas debateram sobre o tema. Também em setores que têm relação com nosso segmento há notícias animadoras. A Anfavea prevê fechar o ano com 3,14 milhões de veículos produzidos, um crescimento de 9% a 12% em comparação a 2018. O presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, é personagem de capa desta edição. Em sua entrevista, teve a oportunidade de falar sobre as perspectivas desse importante segmento de nossa economia. É nesse ambiente favorável que a ACREFI prevê crescimento de 9% a 12% este ano nas linhas de recursos livres para pessoa física. Mais importante, a tomada de crédito tem se mostrado cada vez mais consciente, o que é fundamental para o nosso setor. O cenário, apesar de desafiador, sinaliza com avanços importantes, que nos fazem acreditar em tempos melhores. Mas, para isso precisaremos continuar buscando o protagonismo em cada área de atuação e não perder de vista a importância das reformas que estão em debate no Congresso e a necessidade de investir ainda mais na educação, ter foco nos colaboradores, na transformação digital, na inovação e na governança corporativa das nossas empresas e, principalmente, sermos resilientes para que consigamos construir um Brasil, a cada dia melhor para nós e para as gerações futuras. f

financeiro#115 maio - junho 2019

Profile for Acrefi

Financeiro 115 - Maio/Junho 2019  

A revista do crédito

Financeiro 115 - Maio/Junho 2019  

A revista do crédito

Profile for acrefi