Page 3

editorial

Comemorações, desafios enfrentados e crença no futuro

F

oi com grande orgulho e alegria que comemoramos, em 7 de maio, os 60 anos da ACREFI. Tanto no jantar de comemoração, em que contamos com a presença de dezenas de pessoas que ajudaram a fazer essa história de sucesso, quanto na entrevista com jornalistas também alusiva à data, tivemos a oportunidade de rememorar a trajetória de tantos êxitos da nossa associação e, ao mesmo tempo, tratar do futuro promissor que vislumbramos para a entidade. Reconhecemos a importância de nossas associadas, colaboradores, consultores, Banco Central como regulador, associações congêneres, patrocinadores e parceiros institucionais, cujo espírito de colaboração e empenho foram fundamentais para nossa entidade construir sua história. Superamos tantos desafios nestas seis décadas e chegamos aos 60 anos com a sensação do dever cumprido e com muito entusiasmo para seguir em frente, contribuindo para o fortalecimento do sistema financeiro. Vocês poderão ver nesta edição registros do jantar do dia 8 de maio. Da mesma forma, a imprensa deu grande destaque à nossa entidade, lembrando as realizações do período e também nosso olhar em relação ao futuro. A entrevista com a mídia teve como um dos principais destaques nossa enfática defesa do Cadastro Positivo e da Cidadania Financeira, pois acreditamos que para termos um crédito cada vez mais sustentável, o nome do jogo é informação e conhecimento. No dia seguinte quem abriu os jornais ou acessou os portais noticiosos deparou-se com a manchete: “Congresso aprova texto-base do Cadastro Positivo”. Isto confirma que a ACREFI está totalmente alinhada com as prioridades do País. Também me senti honrado com a reeleição para a presidência da ACREFI, na gestão 2018/2020 e por representar os associados numa data tão marcante. Agradeço a todos os diretores da gestão 2016/2018 e ao mesmo tempo agradeço a diretoria que junto comigo tomou posse para os próximos dois

anos. Cresce a nossa responsabilidade de representar uma entidade com uma história tão bem-sucedida. Mas, como sempre foi demonstrado ao longo da história da ACREFI, contamos com pessoas acostumadas a desafios, com competência e disposição de sobra. O ambiente econômico e político continua muito desafiador, porém como temos o hábito de olhar a parte cheia do copo, iremos seguir em frente, com Hilgo Gonçalves os pés no chão. Por outro lado Presidente da ACREFI iremos buscar alternativas de potencializar as oportunidades. Para isto uma das ações será continuar o foco na “sustentabilidade do crédito” e, como bandeira da ACREFI, apoiaremos fortemente as ações da Cidadania Financeira, bem como a aprovação do Cadastro Positivo. O bom uso do dinheiro e o crédito consciente serão importantes protagonistas para o crescimento do Brasil. Somos sabedores dos inúmeros desafios que o nosso país precisa enfrentar, sendo a educação um dos principais, e de outro lado a responsabilidade fiscal, para gerar poupança e desenvolvimento. Diante disto destacamos que é mandatório que o próximo Presidente da República adote como uma das primeiras iniciativas o foco na reforma da Previdência e concentre esforços na reforma tributária, a exemplo do que aconteceu com a reforma trabalhista. Como educação deveria ser uma das principais ações do Governo e nós apoiamos, iremos fazer a nossa parte, incentivando a educação financeira, dentro do guarda-chuva maior da cidadania financeira. Se tivermos propósitos convergentes para o bem do Brasil, em que cada um procure ser protagonista na sua área, seguramente teremos melhores resultados e um futuro mais promissor. Nós acreditamos no Brasil. Boa leitura! f maio - junho 2018 I FINANCEIRO

3

Financeiro 109/Maio-Junho 2018  

A revista do crédito

Financeiro 109/Maio-Junho 2018  

A revista do crédito