Page 1

ACI MAIS FORTE DO QUE NUNCA Edição Especial de Aniversário

INFOMATIVO MENSAL DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

InfoACI Especial 77 Anos.indd 1

08/08/2012 14:57:18


SUMÁRIO

FALA EMPRESÁRIO, UM PROJETO DE SUCESSO

NOVO CENTRO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS P04

P07

PERFIL: JOSÉ DE MELLO CORREA

CME PROMOVE CAMPANHA EM DEFESA DA MULHER P08

P12

02

EXPANSÃO DA CAMPANHA ESTACIONE FÁCIL

ACI CELEBRA 77 ANOS DE HISTÓRIA COM GRANDE BAILE P10

P13

ESPAÇO GASTRÔNOMICO

77 ANOS TRABALHANDO POR VOCÊ

P19

P13

EXPEDIENTE Informativo Mensal da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos (12) 3904-4000 CNPJ: 60.179.769/0001-40 Jornalista Responsável Bianca Totti MTB 31.410 Textos e fotos CódigoBR Comunicação Comentários e sugestões: presidencia@acisjc.com.br Rua Francisco Paes, 56 - Centro São José dos Campos - SP www.acisjc.com.br

Arte da capa e diagramação Ivens Ribeiro Impressão Jac Editora 2.500 exemplares

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 2

08/08/2012 14:57:26


UMA NOVA ERA PARA O COMÉRCIO DE NOSSA CIDADE

A

cidade de São José dos Campos assiste com empolgação a grande fase de desenvolvimento dos nossos shoppings. Obras de ampliação, novas lojas de renome internacional, mais e mais vagas de estacionamento e praças de alimentação vêm para reafirmar sua posição de centro regional de compras. Mas não podemos nos esquecer do maior shopping da cidade, que é o shopping de rua. Com o Plano Estratégico Centro Vivo, a Prefeitura e o Ipplan fazem as suas partes na requalificação da região central no que se refere aos prédios, praças e locais públicos. E o privado? O que temos feito? Os empresários têm que vender mais, ter lucro cada vez maior para atrair os consumidores e se destacarem por seus diferenciais. Para ajudar nessa

missão, a ACI contratou um escritório de arquitetura e urbanismo que vai diagnosticar os projetos arquitetônicos das empresas e, se os empresários considerarem interessante, poderão revitalizar suas fachadas com um dos financiamentos mais baratos do mercado, da Caixa Econômica Federal. Esse é o projeto Bela Fachada, recém-lançado pela ACI e que tem tido boa aceitação das empresas que querem progredir. Nesta fase de comemoração dos seus 77 anos, a ACI presta mais um importante serviço ao comércio local e a todas as empresas associadas com objetivo de deixar nossa cidade mais bela, mais pujante e mais equilibrada. Em nome de toda diretoria, deixo aqui meus cumprimentos a todas as mais de duas mil empresas que fazem a força da nossa Associação Comercial e Industrial.

03

FELIPE CURY PRESIDENTE ACI www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 3

08/08/2012 14:57:28


PROJETO BELA FACHADA

NOVO CENTRO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

04

O

centro comercial de São José dos Campos está passando por diversas mudanças estruturais nas principais praças, calçadas e prédios públicos para melhorar a circulação de pedestres e qualidade de vida dos usuários, além de dar vida e reutilização a esses espaços. As reformas realizadas estão inseridas no Plano Estratégico Centro Vivo, elaborado pelo IPPLAN (Instituto de Pesquisa, Administração e Planejamento), em parceria com a prefeitura, que objetiva a requalificação da região central de São José dos Campos. A primeira intervenção aconteceu em 30 de abril, quando os comerciantes informais saíram das praças e calçadas para receber como novo endereço os Centros de Comércio Popular. Com essa medida, a população recebe de volta para o uso esses espaços, tornando-os ainda mais agradáveis e disponíveis para o lazer. O Centro Vivo é um plano estratégico de requalificação que objetiva não só unificar diagnósticos como estabelecer a cooperação mútua entre setor público e privado na realização das ações de curto, médio e longo prazo. Para que esse processo de mudança seja completo, se faz também necessária a revitalização do setor privado do Centro, o comércio.

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 4

08/08/2012 14:57:29


“A vitrine é uma ferramenta importantíssima para o comércio e não pode ser deixada para trás no Centro de São José”

Mudanças no Comércio Para dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos foi criado o projeto “Bela Fachada”, que surgiu de uma iniciativa da ACI com o suporte técnico dos arquitetos e urbanistas Fernando Fernandes e Fernando Breviglieri, do estúdio Óxua Soluções Empresariais, e IPPLAN. O projeto objetiva revitalizar as frentes das lojas do Centro e estimular a vendas do comércio com um layout mais atraente. Para Felipe Cury, presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, as reformas são necessárias para uma mudança de visão do comércio “Como todos nós queríamos, o Centro de São José já começa a avançar rumo à funcionalidade, à modernidade e à beleza. Os estabelecimentos comerciais precisam agora acompanhar esse desenvolvimento, não podem cair na inércia”, afirmou Cury. O estúdio Óxua oferecerá uma análise e diagnóstico inicial gratuito, além de descontos especiais na elaboração dos projetos de iluminação

Fernando Breviglieri

e fachada para associados da ACI, em parceria com a Caixa Econômica Federal, que dará informações sobre possíveis financiamentos das obras com juros reduzidos. Fernando Breviglieri, arquiteto e urbanista, explica que as empresas precisam aprender a criar artifícios para atrair os clientes. Durante o diagnóstico serão avaliados fatores que influenciam na decisão de compra como o visual da loja, comparativo de qualidade e disponibilidade de produtos. “A ACI está fazendo total diferença com esse projeto, porque ela representa a visão do comércio. A vitrine é uma ferramenta importantíssima para o comércio e não pode ser deixada para trás no Centro de São José”, afirmou Breviglieri. Cynthia Gonçalo, diretora do IPPLAN, acredita que as reformas no Centro são o primeiro passo de uma grande mudança. “As ações realizadas e a criação desse projeto mostram a preocupação com o joseense e com os comerciantes que vivem de negócios no Centro”, afirmou Cynthia.

“A vitrine é o cartão de visitas da loja e há muito tempo sei da necessidade de ter uma boa fachada, mas só agora surgiu a oportunidade de mudar” Sônia Maria

05

A loja Nova Mania, que participa ativamente dos projetos desenvolvidos para a revitalização do Centro, já deu início ao diagnóstico com o estúdio Óxua para a mudança do layout da fachada. Sônia Maria, proprietária do comércio, afirma que desde o início

teve certeza de que participaria desta ação. “Quando o cliente vê a loja do lado de fora, não faz ideia do que pode encontrar lá dentro. A vitrine é o cartão de visitas da loja e há muito tempo sei da necessidade de ter uma boa fachada, mas só agora surgiu a oportunidade de mudar”, afirmou Sônia

Imagens IPPLAN

Andamento

Óxua Soluções Comerciais

12 3207-8545 www.oxua.com.br

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 5

08/08/2012 14:57:33


“Gosto de concluir um trabalho e ver que plantei uma sementinha positiva nas pessoas, fazendo-as entender o mundo atual” Solange Nunes

“Esse jogo de cintura para fazer duas coisas ao mesmo tempo é nato da mulher. Nesses casos, gerenciar o tempo é o grande desafio” Valéria Vasquez

MULHERES EMPREENDEDORAS

SOLANGE NUNES Consultora na Ponto de Referência

06

VALÉRIA VASQUEZ Proprietária da Cartório Postal

S

olange Nunes trabalha com treinamento e capacitação em gestão de atendimento há sete anos. Antes de entrar na empresa, ela reuniu experiência em gerenciamento de pessoas durante muitos anos na área comercial, passando por empresas de diferentes setores, de roupas à telefonia móvel. Por sugestão do pai, Solange fez o curso de computação no ITA, mas não chegou a atuar na área. Depois de se dedicar a carreira de mãe, esperou os dois filhos entrarem na idade escolar e já começou a atuar na área comercial e, sempre de olhos nas tendências e áreas promissoras, ela traçou uma carreira de sucesso na área de gestão de pessoas. Solange se considera uma facilitadora de treinamento na área comportamental, já que seu objetivo não é somente ensinar, mas sim estimular e despertar nas pessoas o interesse em aprender e desenvolver

A

empresária Valéria Vasquez comanda a franquia Cartório Postal que está há dois anos e meio em São José dos Campos e há dois anos em Taubaté, prestando serviços de documentação pública e trabalhos imobiliários para pessoas físicas e jurídicas. Antes de ser empresária, Valéria foi administradora de contratos na Embraer, onde também trabalhava seu marido e, hoje, seu sócio na franquia. A vontade de investir em um negócio próprio cresceu depois do nascimento de sua primeira filha, Luiza, hoje com três anos. “Senti a necessidade de ter um horário mais flexível para poder administrar meu tempo e ter sucesso na carreira como mãe e como empresária”, diz Valéria. Ao sentir uma carência no Vale do Paraíba em relação à prestação de serviços de documentação, ela optou pela franquia que é conhecida nacionalmente. Hoje seu principal foco são as construtoras e in-

suas qualidades e habilidades. “Gosto de concluir um trabalho e ver que plantei uma sementinha positiva nas pessoas, fazendo-as entender o mundo atual, as incentivando e motivando, trazendo a tona um entusiasmo que já existe dentro delas”, diz. Hoje ela trabalha principalmente no treinamento de pessoas com cargos gerenciais e função de liderança. Ela destaca que para poder conversar sobre excelência em atendimento e postura profissional é necessário estar ciente de que existem diferenças nas culturas, nos valores e nas crenças. “Antes de treinar uma pessoa, foi fundamental trabalhar meu autoconhecimento e por isso fiz vários cursos e me dediquei à questão”, diz. Além de seu trabalho na Ponto de Referência, Solange atua no Conselho da Mulher Empreendedora da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos nas áreas de Formação e Projetos. corporadoras, para as quais a Cartório Postal oferece o serviço de montagem de dossiê imobiliário. Valéria conta com uma equipe com oito pessoas que, segundo ela, é o grande segredo para o sucesso de sua empresa. Ela afirma que lidar com pessoas é desafiador. “É necessário cativar os colaboradores diariamente para que eles acreditem no serviço que estão realizando”, diz. Ela destaca que a maior dificuldade que enfrenta como empreendedora é apresentar o serviço para as empresas. “Eu trabalho com prestação de serviço, que é um produto intangível e, além disso, é inédito na região. Sinto um pouco de resistência em conseguir ter esse primeiro contato”, revela. Em outubro nasce sua segunda filha, Alice, e para isso Valéria já está se preparando para intensificar sua rotina. “Esse jogo de cintura para fazer duas coisas ao mesmo tempo é nato da mulher. Nesses casos, gerenciar o tempo é o grande desafio”, afirma.

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 6

08/08/2012 14:57:34


“Como atuamos nessa região é interessante apoiar iniciativas que incentivem o crescimento dela. Isso é positivo para os comerciantes”

Alexandre Vergueiro Guimarães

FALA EMPRESÁRIO

FALA EMPRESÁRIO, UM PROJETO DE SUCESSO

07

O

Projeto Fala Empresário, criado em 2011 pela ACI para unir comerciantes associados de uma determinada região, fazer um levantamento das necessidades de mercado e realizar ações de comunicação que fortaleçam o grupo, já conta com duas campanhas realizadas, a ‘Compre Bem na Adhemar’ e a ‘Andrômeda Mais’, implantadas na avenida Adhemar de Barros e avenida Andrômeda, respectivamente. A ‘Compre Bem na Adhemar’, realizada durante os meses de setembro e outubro de 2011, reuniu 56 estabelecimentos da avenida Adhemar de Barros e criou com os comerciantes cartilhas de sustentabilidade e pesquisas de opinião para identificar as necessidades da região. Essas iniciativas deram base para a execução do guia da Adhemar de Barros e do programa Visual Merchandising, criado em parceira com o

Sebrae para distribuir aos participantes materiais educativos de capacitação e orientação sobre técnicas de merchandising e organização de loja. A campanha ‘Andrômeda Mais’, que será realizada até o fim do ano, unirá logistas e lançará um guia de promoções da Andrômeda para ajudar a contruir uma identidade competitiva para o local, atraindo assim mais consumidores. Alexandre Vergueiro Guimarães, proprietário da loja Casa Minha Casa, situada na região, aderiu à campanha e acredita que o projeto visa o melhoramento das vendas para todos os comerciantes locais. “Como atuamos nessa região é interessante apoiar iniciativas que incentivem o crescimento dela. Isso é positivo para os comerciantes”, afirmou Guimarães. Interessados em participar podem procurar a ACI pelo telefone 3904-4012 ou pelo email jeane@acisjc.com.br.

Foi realizada a campanha ‘Compre Bem na Adhemar’ e a próxima será a ‘Andrômeda Mais’, na Avenida Adhemar de Barros e Avenida Andrômeda, respectivamente.

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 7

08/08/2012 14:57:35


“Essa luta do Conselho da Mulher Empreendedora é muito importante e favorece a punição daqueles que infringirem o bom ambiente familiar.” Júlio Aparecido Costa Rocha

“A criação da Vara de Combate à Violência promove a defesa dos direitos da mulher em casos de agressão física, moral, sexual e psicológica” Janaina Dias

CONSELHO DA MULHER EMPREENDEDORA

CME PROMOVE CAMPANHA EM DEFESA DA MULHER

08

Conselho da Mulher Empreendedora

S

ão José dos Campos está entre as 32 cidades mais populosas de todo o país, e como não poderia ser diferente, o número da população feminina está acima da população masculina. São pouco mais de 320 mil mulheres para menos de 308 mil homens. Mesmo sendo a maioria em todo o país e em nossa cidade, as mulheres ainda estão longe de uma realidade digna quando se trata de respeito e não à violência. Estatísticas apontam que o índice de violência contra mulher vem aumentando consideravelmente em São José dos Campos, seguindo a realidade nacional. Só no ano passado, a Delegacia de Defesa da MulherDDM - registrou 3.592 denúncias de violência contra a mulher e a SOS Mulher realizou, um total de 2.375

atendimentos (sociais, psicológicos e jurídicos), representando um aumento de 7,3% em relação ao ano de 2010. Diante desta realidade, o Conselho da Mulher Empreendedora (CME), vinculado à ACI, vem elaborando um projeto com bases na Lei Maria da Penha, que propõe ao poder judiciário a criação de uma Vara exclusiva para o combate à violência contra a mulher, principalmente para agilizar o andamento dos processos. No mês de maio, um encontro marcou o início de uma luta pela implantação da Vara. Neste encontro, o Conselho apresentou os direitos judiciários das mulheres e debateu a importância do tema, em razão do grande número de ocorrências no município. O Conselho da Mulher Empreendedora entende que, além de conhecer os

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 8

08/08/2012 14:57:36


direitos judiciários, é importante que as mulheres recebam informações. “A criação da Vara de Combate à Violência promove a defesa dos direitos da mulher em casos de agressão física, moral, sexual e psicológica e o próximo passo para essa grande realização é a comprovação de sua necessidade por meio de uma campanha de conscientização de toda a população. Para isso, vamos lançar uma grande campanha de sensibilização, pois o que viabilizará a criação da Vara será o número de denúncias, que todos nós sabemos ser infinitamente menor do que o número de ocorrências diárias”, explicou Janaína Dias, coordenadora do CME. Esta campanha de conscientização será realizada em parceria com a agência de comunicação BZ Propaganda, que será responsável pela identidade visual da campanha. Júlio Aparecido Costa Rocha, presidente da 36ª Subseção da OAB de São José dos Campos, participa ativamente dos debates a respeito do tema e é favorável à iniciativa. “Essa luta do Conselho da Mulher Empreendedora é muito importante e favorece a punição daqueles que infringirem o bom ambiente familiar”, afirmou.

SOS Mulher Registro de denúncias 3.592 denúncias (Fonte: DDM)

Atendimentos

2.375 atendimentos (sociais, psicológicos e jurídicos) (Fonte: SOS Mulher)

De segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h30. Rua Dolzani Ricardo, 69, Centro. Telefone (12) 3941.3003. Para participar do Conselho da Mulher Empreendedora basta ser associada e frequentar às reuniões. Consulte as datas e tire suas dúvidas pelo telefone: 3904.4012 ou pelo email: jeane@acisjc.com.br.

09

SUA MELHOR ESCOLHA Uma das Big 5 Líder no middle market Nas principais cidades do país Audit | Tax | Advisory

Visite nosso site

www.facebook.com/bdobrazil www.twitter.com/bdobrazil www

www.bdobrazil.com.br

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 9

08/08/2012 14:57:38


Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 10

08/08/2012 14:57:39


“Esses momentos servem de motivação para o dia a dia da equipe. É a hora de comemorar o trabalho desenvolvido por toda a equipe aos associados” Janaina Dias

“A comemoração dos 77 anos da ACI é a celebração de todos os importantes serviços prestados ao comércio local e a todas as empresas associadas” Felipe Cury

77º ANIVERSÁRIO DA ACI

ACI CELEBRA 77 ANOS DE HISTÓRIA COM GRANDE BAILE O evento reunirá as mais importantes personalidades empresariais e políticas de nossa cidade

A

Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos comemora 77 anos de existência, sempre trabalhando pelos comerciantes e industriários de São José, e convida todos os associados e amigos a participarem do baile de aniversário no dia 31 de agosto. A data será celebrada em grande estilo com a presença das mais importantes personalidades empresariais e políticas de nossa cidade e os serviços dos melhores fornecedores de São José dos Campos. O baile de aniversário, promovido por uma iniciativa do Conselho da Mulher Empreendedora, acontecerá no Espaço Boa Nova, um empreendimento conceituado para a realização de eventos empresariais da região do Vale do Paraíba, e para decorar o espaço, além de aproveitá-lo da melhor forma, Ricardo Makoto, diretor da empresa De Flor em Flor e florista profissional, planejará e executará a decoração, fazendo com que este seja um momento único para todos os que estiverem presentes. “O evento será elaborado com mobiliário rústico, mas fino, aconchegante, com materiais de

demolição, peças de cristal para mesa de doces, tecidos encorpados para estação e flores do laranja queimado ao vermelho”, conta o florista. O cerimonial será realizado pela empresa La Cava e o cardápio elaborado pelo buffet Mônica Wermelinger, que proporcionará equilíbrio entre sabores e texturas nas duas opções de pratos principais, além das ilhas de coquetéis espalhadas pelo salão. O diferencial deste ano será a utilização de madeiras de demolição, vidros, tecidos e lounds entre as mesas para a decoração, com foco na harmonia e melhor espaço para circulação. A diversão está garantida com o apoio da empresa F3 Entretenimento no som e iluminação, além da performance da banda The Flavours, uma das mais concorridas do mercado de eventos, e DJ para agitar a pista. Janaina Dias, coordenadora do Conselho da Mulher Empreendedora acredita que este é mais que um momento social. “É importante valorizar e comemorar as vitórias. Esses momentos servem de motivação para o dia a dia da equipe. É a hora de comemorar o trabalho desenvolvido por toda a equipe aos associados”, disse.

11

Venha brindar conosco nesta noite memorável! Os convites serão vendidos por R$140. Mais informações com Janaína Dias ou Simone Zonzini pelo email: eventos@acisjc.com.br ou telefone: (12) 3904-4015.

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 11

08/08/2012 14:57:40


“A ACI promove iniciativas e projetos fundamentais, que incentivam o desenvolvimento e o crescimento dos setores”

José de Mello Correa

PERFIL

O 12

JOSÉ DE MELLO CORREA Secretário de

Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de São José dos Campos

Secretário de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de São José dos Campos, José de Mello Correi, 51 anos, atuou na presidência da ACI durante dois mandatos, entre 2006 e 2008, e deixa nesta matéria especial suas impressões sobre a situação do comércio e indústria da cidade. Formado em Engenharia Elétrica, pela Faculdade de Engenharia de São José dos Campos, Mello conta que depois de se tornar empresário no setor da construção civil, acompanhou de perto o crescimento da indústria e do comércio e verificou que São José dos Campos tornou-se, principalmente na última década, uma cidade com grandes empreendimentos comerciais. Ele conta ainda que a ACI, neste contexto, oferece um excelente tratamento e proximidade com as empresas, através de um relacionamento que tem por objetivo ampliar e desenvolver o comércio e a indústria, ampliar o associativismo e a cooperação da entidade com o setor empresarial da cidade. ACI – Qual é a atuação da Prefeitura Municipal em relação ao estímulo para investimentos? Mello - A prefeitura estimula os empresários a investirem em melhorias por meio de um trabalho que é constante e que tem como foco o apoio aos empreendedores, através da resolutividade das demandas, da capacidade de atender e de dar respostas satisfatórias aos problemas provenientes deste público. A prefeitura mantém uma linha de comunicação permanente para facilitar a vida das empresas e ampliação daquelas que já estão instaladas em São José dos Campos. ACI - Em qual setor do comércio e da indústria o índice de crescimento se destaca? Mello - O comércio de uma maneira geral vem se destacando nos

últimos anos como grande agente de fomento da economia joseense. Vemos as ampliações dos shoppings, com a contratação de novos funcionários e a geração de mais renda para a nossa população. Já na indústria, os setores aeroespacial e de tecnologia da informação e da comunicação vivem um grande momento, através de seus clusters, formados por cerca de 100 empresas aeroespaciais e 36 do setor de Tecnologia da Informação. ACI - Existe uma migração de empresas de São José para outras cidades próximas? Mello - Não vejo desta forma. Nos últimos 4 anos, diversas empresas internacionais foram atraídas para a cidade. Além delas, tivemos um aumento de 12% no número de empresas constituídas em 2011, em relação a 2010. De acordo com levantamento feito pela Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), no ano passado foi registrado um total de 5.436 novos empreendimentos na cidade, frente a 4.916, em 2010. Desse total, 91% representam micro e pequenas empresas (4.998). ACI - Como secretário, qual é a sua avaliação sobre os trabalhos desenvolvidos pela ACI? Mello - Avalio como extremamente positivo o desempenho da ACI para o comércio e a indústria em São José dos Campos, pois além de prestar suporte às necessidades e dificuldades dos empresários, a ACI promove iniciativas e projetos fundamentais, que incentivam o desenvolvimento e o crescimento desses setores. A entidade está sempre aberta para acolher os associados, debater ideias e soluções, o que torna a ACI uma entidade que traduz, na prática, a promoção para o desenvolvimento econômico da cidade, a defesa dos interesses das empresas e sua integração e responsabilidade com a nossa sociedade.

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 12

08/08/2012 14:57:41


“A campanha busca informar e criar soluções práticas aos problemas das vagas nas regiões mais movimentadas de São José. É um bom exemplo a ser seguido” Felipe Cury

ESTACIONE FÁCIL

EXPANSÃO DA CAMPANHA ESTACIONE FÁCIL REGIÃO CENTRAL

ADHEMAR

Estabelecimentos 27 estacionamentos particulares

Estabelecimentos 11 estacionamentos particulares

Número de vagas 1.613 vagas

Número de vagas 397 vagas

Vagas para mensalistas 48% possui Tempo de permanências dos veículos 30min até 2 horas Presença de manobristas 59% Valor primeira hora R$3 a R$5 Valor horas adicionais R$2 a R$5

Vagas para mensalistas 90% possui Tempo de permanências dos veículos 30min até 4 horas Presença de manobristas 82% Valor primeira hora R$1,50 a R$4 Valor horas adicionais R$1 a R$3

N

o início deste ano a ACI lançou a Campanha Estacione Fácil, uma iniciativa que tem como objetivo facilitar a vida do consumidor joseense, além de melhorar a qualidade do trânsito do município. Os levantamentos realizados no Centro de São José e na Avenida Adhemar de Barros, analisam a disponibilidade e utilização das vagas de estacionamentos particulares destes locais, além de fazerem um levantamento de valores e resultarem em um mapa para consulta pública no site da ACI (www.acisjc. com.br). Ao acessar as informações o motorista pode verificar qual o melhor lugar e o melhor custo para estacionar o carro antes de sair de casa, reduzindo assim o tempo gasto para encontrar vagas, obtendo mais comodidade e mais segurança. Felipe Cury, presidente da ACI, acredita que a campanha faz parte de um processo de melhorias na cidade. “As pesquisas realizadas para darem embasamento ao lançamento da Campanha Estacione Fácil, buscam informar e criar soluções práticas aos problemas das vagas em algumas das regiões mais movimentadas de São José”, afirmou Cury. Além das duas regiões já participantes, a Associação dará continuidade ao projeto entre agosto e setembro na Avenida Andrômeda, região sul da cidade. Os levantamentos realizados antes de cada etapa da Campanha são divulgados em forma de pesquisa no site da ACI e alguns dados podem ser consultados junto ao mapa.

13

TODA A INFORMAÇÃO QUE VOCÊ PRECISA, POR MENOS DE R$1,00 POR DIA. Ligue e assine: 0800 770 3909

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 13

08/08/2012 14:57:43


“A ACI cada vez mais precisa se firmar como a casa do empresário, atendendo os anseios do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Ela precisa ser baluarte no desenvolvimento de São José” Felipe Cury, Presidente

OPINIÃO

14

77 ANOS TRABALHANDO POR VOCÊ

D

urante os 77 anos de existência, a ACI buscou oferecer produtos e serviços da melhor qualidade aos associados e comerciantes de São José dos Campos. Mas para que tudo isso acontecesse foi necessária a participação de uma equipe dedicada. Conheça o que nosso presidente, vices e diretores acreditam que será o futuro da ACI.

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 14

08/08/2012 14:57:43


“É fundamental que a ACI, sendo uma associação, continue nas mãos de pessoas sérias e idôneas como nosso presidente Felipe Cury e seus diretores. Assim, vejo a ACI cada vez mais preparada para os desafios de São José dos Campos como o Carro chefe da Região Metropolitana”

Rogério Humberto Ribeiro Penido, Vice-presidente de serviços e liberais

“Vejo uma ACI forte, mostrando sua opinião e sugerindo caminhos. Somos uma entidade representativa de classe, empregamos e fazemos rodar boa parte do dinheiro de São José. Precisamos apontar as dificuldades de nosso setor e, principalmente, sermos ouvidos.” João Carlos Siqueira Scarpa, Vice-presidente do comércio

“Que a ACI seja uma guardiã dos interesses de seus associados em sintonia com o desenvolvimento sustentável de nossa cidade” Francisco Humberto de Oliveira Roxo, diretor de patrimônio

“Nós temos um futuro promissor com tantas oportunidades no Brasil em razão dos eventos esportivos que estão chegando. Nós, como empresários, temos que estar preparados para essas oportunidades. É necessário mostrar pró-atividade para uma São José promissora” Célia Aparecida Silva N. Moscardi, diretora vogal

“Uma ACI mais próspera”

José Humberto Linhares Dutra, Vice-presidente executivo

“Nós iniciamos um trabalho de reengenharia na administração interna da ACI, esperando ter um futuro ainda mais promissor para nossa entidade. Nosso futuro será não só de crescimento ordenado, mas de muito trabalho! Fabiano Bazzo da Silva, Vice-presidente administrativo e financeiro

“A ACI precisa criar um plano de ação que aproxime os sócios e consiga atrair novos associados, além de criar mais produtos para os mesmos”

15

Andrea Rodrigues Maia, diretora de eventos

“A ACI precisa ser referência, levantar a bandeira do pequeno e médio empresário, que representam 85% das empresas em São José, e defender o interesse dos mesmos” Bruno Alvim, Diretor administrativo e financeiro

“Que a ACI possa aprimorar seu serviço para a comunidade e colaborar com a administração da cidade. O Trabalho da ACI para ser ainda maior tem que ser realizado em parceria com o poder público, independente de quem esteja no comando” Benedito Vieira Pereira, Vice-presidente da indústria

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 15

08/08/2012 14:57:44


“A certificação digital permite que as empresas desenvolvam mecanismos de proteção. Ela mostra quem somos para os sistemas de informação” Cláudio Mendonça

CERTIFICAÇÃO DIGITAL

MAIS UM SERVIÇO DA JUCESP

N 16

os dias atuais a utilização de computadores e internet para o processamento de dados e troca documentos entre pessoas ou empresas está cada vez mais difundida. Porém, essas transações eletrônicas precisam adquirir mecanismos de segurança que possam garantir autenticidade, confidencialidade e integridade às informações utilizadas. A certificação digital é a tecnologia que possibilita estes mecanismos. Ela contém o nome, um número público exclusivo denominado chave pública e muitos outros dados que mostram quem somos para os sistemas de informação. Todas as empre-

sas devem ter a certificação digital e os sócios da ACI podem receber até 23% de desconto para adquirir o serviço. Com a certificação é possível utilizar a internet como meio de comunicação alternativo para a disponibilização de diversos serviços com maior agilidade, facilidade de acesso e substancial redução de custos. Além disso, a utilização do Certificado Digital é uma forma eficaz de evitar fraudes. O Documento Eletrônico atesta, com valor jurídico, a identificação do usuário e garante a transmissão sigilosa de dados, otimizando processos empresariais, gerando aumento na produtividade e diminuindo a burocracia.

O documento eletrônico de identidade e-CPF ou e-CNPJ foi criado também para facilitar o relacionamento entre os contribuintes brasileiros e a Secretaria da Receita Federal-SRF. Ele é utilizados para garantir a veracidade dos remetentes, destinatários e dados online, assegurando sua inviolabilidade. O certificado passou a ser utilizado na Conectividade Social e exigido pela Caixa Econômica Federal para o recolhimento do FGTS dos funcionários de pessoa jurídica, sendo obrigatório desde dezembro de 2011. Para obter a certificação pela ACI basta acessar o site: www.acisjc. com.br e agendar a validação.

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 16

08/08/2012 14:57:45


“O otimismo apresentado no índice é importante para o sucesso das empresas e fica evidente a razão de São José ser tão pujante comercialmente.” João Scarpa

PESQUISA DE MERCADO

PESQUISA APONTA ÍNDICE DE CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO

U

ma pesquisa sobre a confiança do empresário joseense realizada em junho pela ACI, em parceria com o Instituto de Pesquisa Métrica, apontou o índice de 3,35, numa escala de 1 a 5, representando que os empresários joseenses acreditam que a economia municipal deve permanecer a mesma com leve tendência ao otimismo. O Índice de Confiança do Empresário Joseense é uma forma de identificar mudanças na tendência do mercado, além de auxiliar na previsão de investimentos, uma vez que empresários confiantes

ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESÁRIO JOSEENSE

tendem a aumentar o investimento e a produção. Este cálculo será realizado de três em três meses. João Scarpa, vice-presidente do comércio da ACI, acredita que a pesquisa mostra o espírito empreendedor do empresário joseense. “O otimismo apresentado no índice é importante para o sucesso das empresas e fica evidente a razão de São José ser tão pujante comercialmente”, afirmou Scarpa. A primeira mensuração entrevistou 135 empresários, num universo de 5.125 estabelecimentos comerciais. Os resultados apresentados mostraram que os empresários joseenses têm um nível de

3,48

Expectativa para as condições gerais do município

2,83

Economia brasileira nos últimos 6 meses

3,14

Condições gerais do município nos últimos 6 meses

3,18

Condição da empresa nos últimos 6 meses

3,40

Expectativa para a economia brasileira

3,48

Expectativa para as condições gerais do município

confiança maior na gestão do próprio negócio do que no cenário econômico brasileiro. No entanto, verificou-se que há um grande otimismo em relação à melhora da economia brasileira para o próximo semestre. Também há um otimismo para a projeção das vendas para o próximo semestre. Ângelo Ferreira, sócio e proprietário da Eletro Codex, participou da pesquisa e acredita que essa mensuração trimestral é ótima. “É importante realizar esse levantamento, pois ele servirá de termômetro para a empresa. Assim posso saber como estamos em relação aos demais empresários”, afirmou.

3,22

Resultados de venda nos últimos 6 meses

3,26

Possibilidade de novos investimentos na empresa

3,20 Acesso a crédito

17

3,91 Expectativa para

as condições gerais da empresa

3,95 Projeção de vendas para os próximos 6 meses

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 17

08/08/2012 14:57:45


PARCERIAS ORTHOCLIN LTDA

Oferece consultas e tratamentos especializados em ortodontia com desconto de 10% para associados e dependentes da ACI. A clínica fica localizada na rua Esperança, Ed. Med Center, nº 282, sala 41 - Vila Jaci. Contato: (12) 3921-5399 ou silortho@orthoclin.com.

ENGENHARIA & GESTÃO EMPRESARIAL LTDA.

Oferece de 10% a 20% de desconto para associados e dependentes em serviços de engenharia elétrica, segurança e saúde ocupacional gerenciando, otimizando recursos e controlando atividades essenciais para sua empresa. Mais informações: (12) 3633-4242/ 9773-1929.

ALLTOMATION

Empresa voltada ao desenvolvimento de soluções para os segmentos de automação comercial e industrial. Oferece desconto de 48% para associados e dependentes da ACI. Mais informações: www.alltomation.com.br ou (12) 3923-1112.

RCA CONTABILIDADE

A RCA Contabilidade oferece descontos de 10% no fornecimento de serviço de Contabilidade para associados e dependentes da ACI. A empresa fica localizada na rua República do Líbano, nº 203 - Jardim Oswaldo Cruz. Contato: (12) 3943-2685.

18

ESPAÇO JURÍDICO A 10ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou uma fabricante de refrigerantes e outras empresas organizadoras de um sorteio ao pagamento de indenização por danos morais a uma moradora de Pindamonhangaba, notificada de que teria sido contemplada com um carro de R$ 52 mil, porém ganhou apenas um cartão de crédito de R$ 1 mil. Em ação indenizatória de danos morais e materiais, ela requereu receber o valor correspondente ao veículo, pedido julgado improcedente pelo Juízo de 1ª instância, haja vista que não foi a real ganhadora do bem. A autora apelou, argumentando que foi exposta a vexame público e que as rés têm ampla responsabilidade pelo erro na comunicação do prêmio, em especial por serem pessoas jurídicas de grande porte. O desembargador Coelho Mendes, relator do processo, reformou a sentença e fixou o valor de R$ 10,4 mil como reparação pelos danos morais ocasionados. O julgamento foi unânime e integraram a turma julgadora também os desembargadores João Carlos Saletti, Roberto Maia e João Batista Vilhena. (Apelação nº 001125367.2007.8.26.0445). Comunicação Social TJSP

Agosto 2012 www.acisjc.com.br

InfoACI Especial 77 Anos.indd 18

08/08/2012 14:57:46


“Tem sido total satisfação reencontrar os clientes e receber deles as boas vindas e saber que sentiram saudades dos produtos e forma de elaboração de cada prato” Vanderci Ribeiro

ESPAÇO GASTRONÔMICO: A FONTE

O

restaurante com quase 20 anos de história acaba de voltar para São José dos Campos. A Fonte, localizada no hotel Blue Tree Towers, é uma área destinada a um público amplo e familiar com um atendimento especial também nos almoços. De segunda a sexta-feira, o restaurante serve massas, peixes e carnes a La Carte. Sábado é dia de feijoada completa e domingo é servido a paella. O chef e proprietário do local, Vanderci Ribeiro, explica que tem sido recebido com muito carinho pelo público joseense. “Tem sido satisfatório reencontrar os clientes e receber deles as boas vindas. Saber que sentiram saudades dos produtos e da elaboração de cada prato”, diz. A gastronomia do bistrô está direcionada a um público adulto e gourmet, que usufrui não somente das iguarias, mas também de um ambiente tranquilo e, para acompanhar as refeições, as mais famosas águas e vinhos servidos em taças de cristais austríacas. O restaurante a Fonte fica no Hotel Blue Tree, na rua Engenheiro Francisco José Longo, nº 511. Reservas pelo telefone (12) 9786 2732.

Camarões Gratinados com Brie President para 4 pessoas Ingredientes 20 camarões grandes 5 camarões médios picados 200grs de brie President em fatias ½ xícara de chá de creme de leite do chefe, (que não talha quando aquecido) ½ xícara de chá de vinho branco. 3 colheres de sopa de manteiga 2 colheres de azeite 1 cebola bem picada ou ralada 1 dente de alho amassado e picado 1 talo de alho poró bem picado ou ralado 1 talo de salsão bem picado ou ralado 1 colher de sopa de shoyo 3 tomates maduros picados, sem pele e sementes. Salsinha, cebolinha, pimenta do reino branca, sal ½ xícara de parmesão de boaqualidade (ex. grana padano ou regiano)

A FONTE RETORNA COM REQUINTE PARA SÃO JOSÉ 19

Modo de preparo A cebola, dente de alho, talo de alho poró e talo de salsão devem ser bem picados e refogados com a manteiga e o azeite em fogo lento.

Camarões Gratinados com Brie President

www.acisjc.com.br Agosto 2012

InfoACI Especial 77 Anos.indd 19

08/08/2012 14:57:48


InfoACI Especial 77 Anos.indd 20

08/08/2012 14:57:50

Info ACI Especial 77 Anos  

Revista Info ACI Especial 77 Anos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you