Page 1

Nova indústria trará investimentos para São Borja A instalação da pelletizadora na cidade proporcionará aumento da oferta da mão de obra, além de aumento no PIB da cidade

A

planta de São Borja deverá produzir 10 mil toneladas de pellets por hora, sendo a maior indústria da América Latina. A maior planta industrial da Europa produz 30 mil toneladas por hora.

A produção do Brasil será voltada para venda na Europa e nos países asiáticos, sendo que somente na Itália existe uma defasagem de 2 milhões de toneladas de pellets por ano. Outras informações que mostram o valor do pellet vem do site da ABIPEL – Associação Brasileira de Indústrias de Pellets – que organizou em dois mapas sobre o crescimento das indústrias de pellets no Brasil. Em 2012 eram apenas nove indústrias, sendo que na Região Sul haviam apenas duas no Paraná e três em Santa Catarina. Já em 2013 o número de indústrias subiu para catorze, tendo ocorrido um salto na instalações desse tipo de organização na Região Sul: em Santa Catarina permaneceram as mesmas três indústrias, porém no Paraná o número subiu para cinco e no Rio Grande do Sul, uma foi inaugurada, na cidade de Farroupilha. A expectativa da ACISB é de que, em até dois anos, a indústria de pellets se torne uma das 10 empresas líderes do PIB em nossa cidade, ao lado de ceralistas como Pirahy Alimentos, Ciagro, Albaruska, Streck e São José, da ICR Cereais, do Posto Cavalhada, da Walmart e da UTE Geradora de Energia - esta trazida para São Borja também através de esforços da Agência de Desenvolvimento, apoiada pela ACISB e pela CDL. Para mais informações acesse o site da ABIPEL: http://www.abipel.com.br

A ACISB tem como Missão: “representar as empresas de todos os portes e segmentos prestar-lhes apoio e serviços e contribuir para o desenvolvimento local e regional”. ACISB – Visão de Quem Empreende


Troca de Experiências no Café da Manhã realiza o primeiro encontro do ano entre os empresários A manhã desta quarta-feira, 19, marcou a retomada dos Encontros Troca de Experiências no Café da Manhã, realizado pela ACISB em parceria com o Sistema “S”, Sindilojas e com o CRQ/SB. Nesta 68ª edição, o bate-papo entre os empresários contou com a intermediação de Fernanda Schann, consultora do Sebrae/RS. Seguindo o exemplo de sucesso do primeiro encontro realizado em 2013, os organizadores do Café da Manhã trouxeram a consultora do Sebrae para apresentar as suas perspectivas sobre o varejo para este ano. Abordando as observações realizadas durante a NRF 2014 – a maior feira do varejo do mundo, realizada em janeiro, nos Estados Unidos – Fernanda Schann abordou o tema “novas lojas para novos consumidores”, mostrando aos empresários como utilizar a tecnologia disponível no mercado para atrair os novos públicos. Destacou também que cada vez mais as organizações devem focar suas atividades em três eixos: a ‘geração XYZ’ (crianças que possuem poder de compra e decisão nas compras de seus pais), as mulheres (que estão cada vez mais independentes e buscam novos mercados consumidores) e a melhor idade (que já é abordada pelo setor de turismo). Outro dado apresentado por Fernanda foi o de que nos países mais desenvolvidos as lojas se tornaram voláteis, identificando quais os setores das lojas são mais procurados pelos consumidores para, em seguida, organizar a empresa para torná-la mais atrativa. Fernanda salientou também a grande participação da comitiva brasileira que foi aos Estados Unidos acompanhar a NRF: neste ano mais de dois mil brasileiros estiveram na Feira, sendo um deles o vice-presidente da área de comércio da ACISB, Cleudio Gloger, que se mostrou impressionado com o tamanho da feira: “são muitas palestras e atividades paralelas que não temos condições de acompanhar todas, tendo que escolher algumas para poder aproveitar os intervalos das atividades e conhecer os standes das multinacionais”, aponta o diretor.

A ACISB tem como Missão: “representar as empresas de todos os portes e segmentos prestar-lhes apoio e serviços e contribuir para o desenvolvimento local e regional”. ACISB – Visão de Quem Empreende


ACISB participa da apresentação da planta da indústria de pellets Instalação da nova indústria na cidade usará energia limpa. O mercado europeu é o foco da produção local Reunião realizada na última quarta-feira, 19, na Sala do Servidor da Prefeitura, contou com a participação de membros da diretoria da ACISB e da CDL para conhecer o projeto da indústria de produção de pellets que será instalada em breve na cidade. Estiveram presentes os presidentes das entidades, Guaraci Pletsch (da ACISB) e Eléssio Dal Ponte (da CDL) e o diretor da área econômicofinanceira da ACISB, Ismael Ramadan. O encontro foi promovido pelo presidente da Agência de Desenvolvimento, José Francisco Rangel, que trouxe o diretor comercial da empresa Construzioni Nazzareno, Francesco Stella, para apresentar modelos de planta industrial que estão em atividade na Europa e que foram construídos por sua empresa. A Construzioni Nazzareno (www.nazzareno.it) é a maior empresa neste ramo de plantas industriais da Europa e irá dirigir a implantação da indústria na cidade, tendo como referência instalações na França, Eslováquia, Áustria e Japão, entre outros países. A indústria local será abastecida por matéria-prima da Argentina e, conforme Francesco Stella, será aceita imediatamente nestes países por ser um produto com teor zero de emissão de gases do efeito estufa e sem a utilização de agentes químicos na secagem e transporte da matéria-prima. Outra vantagem do produto nacional é o teor de cinza produzida, que chegará ao máximo de produção de 0,5%. O pellet ainda é um produto que não é muito aproveitado no Rio Grande do Sul, no entanto na Europa está sendo comercializado nos supermercados, ao preço médio de sete euros, em pacotes de 15 kg que podem aquecer uma área de 130m² por 24 horas. O valor de compra da tonelada de pellets em 2005 era de 160 euros, subindo para 225 euros em 2013. Conforme informações do blog ‘Pellets de Madeira”(www.pelletsdemadeira.blogspot.com), um estudo publicado pelo Grupo Alliance, da Universidade de Amsterdã, revelou que o uso de pellets de madeira para aquecimento residencial (para um aquecedor de 7kw) pode emitir até um décimo do dióxido de carbono do petróleo e um sexto do gás natural. Veja as informações no gráfico ao lado: O presidente da ACISB, Guaraci Pletsch se mostra empolgado com a possibilidade do início das atividades da indústria na cidade: “além da diversificação da matriz econômica da cidade, a vinda de uma industria para São Borja irá trazer o aumento da oferta no mercado de trabalho. A ACISB está orgulhosa por ter tido a possibilidade de acompanhar o processo da instalação da fábrica desde seu início e continuará com o seu objetivo de desenvolver a matriz econômica do município”, declara o Presidente.

A ACISB tem como Missão: “representar as empresas de todos os portes e segmentos prestar-lhes apoio e serviços e contribuir para o desenvolvimento local e regional”. ACISB – Visão de Quem Empreende


Empresários mostram expectativa com a realização da Copa do Mundo no Brasil Mesmo faltando cerca de 90 dias para a realização da Copa do Mundo no Brasil, com jogos sendo realizados na capital gaúcha, as diretorias da ACISB e da CDL buscam formas de incrementar as vendas na cidade no período que antecede o maior torneio de futebol do mundo. Conforme a expectativa de empresários da cidade que tem suas organizações voltadas para o comércio de produtos esportivos, a margem de incremento nas vendas deverá ficar em torno de 20%. Entre as atividades programadas pelas entidades está a realização de um concurso de ornamentação de empresas e a realização das campanhas para o dia das mães e para o dia dos namorados. Estas ações estão envolvendo diretores e a força de trabalho da ACISB para sua organização e a comercialização dos pacotes que terá início já na primeira semana de abril. A intenção das entidades é fortalecer o espírito do torcedor brasileiro mesmo antes da chegada do período de torneio, tornando a cidade atrativa aos turistas que venham passar pela Ponte da Integração em direção à capital do Estado para acompanhar os jogos realizados em Porto Alegre. Na próxima edição da news da ACISB estaremos repassando mais informações sobre a participação no projeto “A Copa do Mundo é Nossa, com a sua Empresa não há Quem Possa!”. Comitê Regional da Qualidade em São Borja promove Curso de Capacitação inédito O CRQ/SB, que fica junto à ACISB, está promovendo uma capacitação inédita em nossa cidade: o Curso de Introdução do MEG irá abordar temas solicitados pelos participantes da 27ª Quinta da Qualidade. Os encontros serão realizados por três semanas, sempre às terças e quintas-feiras, a partir das 19:30h, na ACISB, a partir do dia 01 de abril, com duração de duas horas. Serão duas turmas, cada uma com 25 participantes cada. Nestes módulos serão abordados pelo facilitador Floriano Fontoura, o “Histórico do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade”, os “Fundamentos do PGQP” e os “Critérios de Avaliação” do programa. Empresas que já possuem outros programas de qualidade podem participar deste curso para conhecer os métodos adotados pelo PGQP. E as empresas que já aderiram ao programa são convidadas a participar para aprofundar seus conhecimentos e trocar experiências durante estes três dias. As inscrições já podem ser feitas com a secretária executiva do CRQ/SB, Mirela Ferreira, na ACISB, através do fone 3430 – 9595 ou do e-mail comunica@acisb.com ou ainda com os integrantes da diretoria do CRQ/SB.

GGI-MF conta com representação da ACISB O Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Fronteira (GGIMF) convocou reunião nesta sexta-feira, 21, pela manhã, com os seus integrantes para debater questões pertinentes ao pleno funcionamento das câmeras de vídeo-monitoramento da cidade. Estiveram presentes o diretor da área de serviços de crédito da ACISB, Wolmi Oliveira – que representa a entidade neste conselho – juntamente com o comandante do 2º Batalhão de Área de Fronteira, Major Edson Damião de Melo Ribas, o chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, Jeliolton Viana, o secretário de Segurança Pública e Trânsito, Major Elcio dos Santos Carvalho e o representante do 2º RC Mec, o 1º Sargento Sandro Alvin Nunes dos Santos. O principal tema do GGI-MF tem sido a manutenção das câmeras de vídeo-monitoramento, que está em processo de licitação para contrato com empresa especializada. Também foi abordada a importância da atualização dos integrantes do Gabinete, que deverá ter início na próxima reunião do grupo, marcada para a próxima sexta-feira, 28. A ACISB tem como Missão: “representar as empresas de todos os portes e segmentos prestar-lhes apoio e serviços e contribuir para o desenvolvimento local e regional”. ACISB – Visão de Quem Empreende


ONG Parceiros Voluntários dá início ao projeto Qualificação da Teia Social Porto Alegre Ação será desenvolvida ao longo do ano com as atividades distribuídas em 10 turmas. Ao longo dos 17 anos desde sua criação, a ONG Parceiros Voluntários se tornou especialista em levar conhecimento e capacitação para o Terceiro Setor, com iniciativas desenvolvidas no Rio Grande do Sul e em outros estados, como Bahia e Rio de Janeiro. Agora, essa expertise estará à disposição mais uma vez das Organizações da Sociedade Civil (OSC’s) de Porto Alegre, a partir do dia 17 de março, com o início do projeto Qualificação da Teia Social Porto Alegre. Ao todo, o programa contará com 10 turmas e atividades que se estenderão até dezembro deste ano. Os interessados poderão optar por um dos cinco tipos de capacitação voltadas para a qualificação da gestão das organizações da sociedade civil da Capital, fortalecendo institucionalmente essas entidades: Política Nacional de Assistência Social (PNAS); Elaboração de Projetos para Mobilização de Recursos e Indicadores; Formação de Coordenadores de Voluntários; Oficina de Aspectos Legais e Certificações; e Desenvolvimento de Lideranças para o Terceiro Setor. O projeto é uma iniciativa da ONG Parceiros Voluntários com o patrocínio do Instituto Cyrela e apoio do CIEE. As inscrições podem ser feitas pelo site www.parceirosvoluntarios.org.br. Para mais informações, basta entrar em contato pelo e-mail falapv@parceirosvoluntarios.org.br ou fone (51) 2101-9750. O trabalho de capacitação do Terceiro Setor, realizado pela Parceiros Voluntários, parte do entendimento de que a gestão de qualidade, com a busca por excelência nos processos administrativos, pode ser fundamental para as organizações buscarem novos apoiadores, ampliarem suas receitas, construírem novas parcerias e terem vida longa no atendimento a seus projetos sociais. “O Brasil possui 290 mil ONGs e a maior parte não sabe captar recursos e prestar contas. Elas precisam atingir a autossuficiência, ter uma gestão ousada e entender que, como unidades de negócios, devem se preocupar com produtividade e transparência”, frisa a Presidente (voluntária) da ONG Parceiros Voluntários, Maria Elena Pereira Johannpeter. Maria Elena acrescenta ainda que o trabalho da entidade converge para o fortalecimento do Capital Social junto às comunidades.

PROGRAME-SE SERVIÇO O quê? Curso de Introdução ao MEG Quem? 2 turmas de 25 pessoas cada Quando? 1ª turma: 01, 08 e 15 de abril (terças-feiras) 2ª turma: 04, 11 e 25 de abril (sextas-feiras) Horário? das 19:30h às 21:30h Onde? ACISB Investimento? R$ 60,00 inscrições: 3430-9595 (Mirela) Certificação de carga horária de 10 horas

Espaço do Associado

Armazém do Pepo: Agora sob nova direção!

Newsletter ACISB - edição nº 4/2014 - S.Borja, 22 de março de 2014  

Confira as principais notícias desta semana: - Nova indústria trará investimentos para São Borja; - Troca de Experiências no Café da Manhã r...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you