Page 1


INFORMATIVO DIGITAL ABRIL/2016 - Nº 017 BIRIGUI/SP - www.acibirigui.com.br

Comércio de Birigui promove ação Amor em Dobro A Acib (Associação Comercial e Industrial de Birigui) inicia a campanha “Amor em Dobro”, que comemora ao mesmo tempo duas importantes datas que têm o amor como base: Dia das Mães (8 de maio) e dia dos namorados (12 de junho). A ação sorteará uma moto Traxx 0 km, no dia 12 de junho, às 20h, na Praça Dr. Gama. Cupons estão sendo distribuídos em todas as lojas participantes, que também contam com urnas para depósitos. Para se tornar válido é necessário que o consumidor compre qualquer produto no comércio da cidade. Trata-se de mais uma ação do comércio de Birigui que visa homenagear os consumidores que optam por comprar em nossas lojas. A campanha foi legalizada pela Caixa Econômica Federal.


INFORMATIVO DIGITAL ABRIL/2016 - Nº 017 BIRIGUI/SP - www.acibirigui.com.br

Dê um F5 em seus negócios: Acesse o portal Atualize-se O canal Atualize-se foi criado exclusivamente para divulgar a você as diversas oportunidades de obtenção de conhecimento oferecidas em Birigui. Afinal, não existe desenvolvimento sem conhecimento. Como o próprio nome expressa, a plataforma possibilita ao empresariado local ficar por dentro de tudo o que acontece na cidade em termos de capacitação profissional. Birigui é uma cidade empreendedora e, por isso, é necessário oferecer aos gestores e colaboradores possibilidades de aprimorarem sua atuação. Com isso, a cidade só tem a ganhar, visto que o acesso a novos conhecimentos aguça a criatividade e amplia a visão. A Acib, juntamente aos parceiros, apresenta uma vasta gama de cursos, palestras, workshops e capacitações, conduzidos por renomados profissionais e instituições. As áreas são diversas e atendem às demandas do empresariado local: Atendimento ao cliente, técnicas de vendas, Campanhas de marketing, Mídia Social, Técnicas de negociação, Planejamento comercial e muito mais. Tudo pode ser conferido na nova plataforma. Acesse atualize-se.com e mantenha-se atualizado.


INFORMATIVO DIGITAL ABRIL/2016 - Nº 017 BIRIGUI/SP - www.acibirigui.com.br

Impeachment: o próximo passo Historicamente as associações comerciais sempre adotaram uma postura proativa na busca por mudanças e melhorias para a nossa sociedade. Na noite de 17 de abril, a Câmara dos Deputados decidiu encaminhar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff ao Senado, que deverá julgar o caso. Foram 367 votos a favor, 137 contrários, 7 abstenções e duas ausências. O presidente e o relator do colegiado, que terá 21 senadores titulares, deverão ser eleitos dentro do prazo de 48 horas. A reunião da comissão deve acontecer na quarta-feira (19), já que quinta-feira é feriado. Assim como na Câmara, será criada uma comissão, de 21 senadores, observada a proporcionalidade, com presidente e relator. O relator faz um parecer pela admissibilidade ou não, que precisa ser aprovado na comissão e depois ir ao plenário. Isso porque o STF, ao estabelecer o rito do processo de impeachment em dezembro do ano passado, definiu que o Senado tem o poder de reverter a decisão da Câmara. O plenário do Senado precisa aprovar por maioria simples (metade mais um dos presentes na sessão). Se aprovado no plenário, será considerado instaurado o processo e a presidente será notificada. É afastada por até 180 dias, recebendo a partir daí metade do salário de presidente (R$ 30.934,70). Ela poderá se defender e a comissão continuará funcionando. Haverá então a fase de produção de provas. Um novo parecer da comissão deverá analisar a procedência ou a improcedência da acusação. De novo, esse parecer tem que ser aprovado por maioria simples. Se aprovado, considera-se procedente a acusação e inicia a fase de julgamento, que é comandada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal. Para que a presidente perca o cargo, o impeachment tem que ser aprovado por dois terços dos senadores – 54 dos 81. Com informações do Portal G1


INFORMATIVO DIGITAL ABRIL/2016 - Nº 017 BIRIGUI/SP - www.acibirigui.com.br

5 dicas para melhorar a qualidade de vida na sua empresa Há algum tempo li uma pesquisa realizada na Inglaterra com enfermeiras de um hospital. Elas foram divididas em dois grupos: no grupo A, estavam as que achavam que recebiam um tratamento digno por parte do supervisor; e, no grupo B, as que diziam ser maltratadas pelo superior. Depois de certo tempo, a pesquisa revelou que o segundo grupo apresentava 40% mais chances de ter problemas cardíacos. Isso mostra como o ambiente de trabalho pode ser responsável pela qualidade de vida de uma pessoa, afetando até a saúde do funcionário. Ter uma boa qualidade de vida no trabalho significa uma força de trabalho mais saudável física e psicologicamente, o que possibilita ganhos também para a empresa, em termos de aumento de produtividade e qualidade de seus produtos e serviços. Se você concorda com essa premissa e deseja propiciar melhor qualidade de vida a seus colaboradores, aqui estão cinco ações que podem ser realizadas e que vão ao encontro desse objetivo: 1. Capacitar as lideranças: a empresa, ao promover um funcionário para um cargo gerencial, muitas vezes perde um excelente técnico, que poderia ser classificado como nota dez, e ganha um gerente nota um. O que significa que esse profissional, inicialmente, pode demonstrar falta de habilidade ao exercer sua função, criando sob seu comando um grupo de indivíduos apáticos, desmotivados ou, em outro extremo, pessoas indignadas e revoltadas com a falta de competência da liderança. Perdese em qualidade de vida e em produtividade. 2. Dar feedback: as pessoas querem crescer profissionalmente e, nesse aspecto, o feedback contínuo é essencial e serve como um guia para mostrar ao funcionário se ele está ou não no caminho certo. Isso faz com que ele se sinta bem orientado e seguro de que está na direção desejada pela chefia, melhore sua autoestima e tenha segurança no que faz.


INFORMATIVO DIGITAL ABRIL/2016 - Nº 017 BIRIGUI/SP - www.acibirigui.com.br

2. Dar feedback: as pessoas querem crescer profissionalmente e, nesse aspecto, o feedback contínuo é essencial e serve como um guia para mostrar ao funcionário se ele está ou não no caminho certo. Isso faz com que ele se sinta bem orientado e seguro de que está na direção desejada pela chefia, melhore sua autoestima e tenha segurança no que faz. 3. Reconhecimento: valorizar um trabalho bem-feito, parabenizar, elogiar. O ser humano gosta e se motiva quando recebe elogios. Entretanto, o que se vê na prática é o contrário, ou seja, profissionais que são criticados em público por suas falhas e raramente elogiados pelo bom trabalho realizado. Fica a dica: elogie em público, sempre que um funcionário fizer um bom trabalho. Reconheça, parabenize. Se tiver de criticar, faça-o em particular, jamais em público. 4. Condições de trabalho: propiciar um ambiente físico com mobiliário, conforto térmico, acústica e iluminação adequados. São fatores que não levam à motivação, mas que, em muitos casos, são fontes de severa insatisfação, o que faz diminuir a qualidade de vida e a produtividade da empresa. 5. Horário de trabalho: fazer cumprir rigorosamente o horário de entrada, de alimentação e de saída. As pessoas tendem a ser desorganizadas e, com isso, trabalham durante o horário em que deveriam descansar e se alimentar. Exija das pessoas mais planejamento e mais organização para a realização das tarefas. Isso fará com que elas trabalhem com mais qualidade de vida e façam mais, melhor e mais rápido. Alexandre Rangel é sócio-fundador da Alliance Coaching. FONTE: Exame

O Parceiro - Abril 2016  
Advertisement