Page 1

Ciranda “Professor Versos”

2012


Un profesor es pìlar, pleno de gran maestría... es mérito valorar su enorme sabiduría. Alicia Borgogno

A vida já me ensinou, tal qual um bom professor, que, quase tudo que eu sou, aos outros devo o favor! Amilton Maciel Monteiro

2


O professor É sacerdócio, não é profissão, É um dar-se, a si próprio, por amor, Com prazer de ensinar, o professor Sempre se entrega de alma e coração. A sua vontade e a sua ambição É ultrapassar todos os escolhos E, aos alunos, fazer abrir os olhos P’ra vida, para o sonho e p’ra razão. O professor só pensa que é mais nobre Ensinar tanto o rico como o pobre Com a força da fé, por si, sentida. Sem nunca se cansar ou esmorecer, Seu destino será, até morrer, Sempre a preparar homens para a vida. António Barroso (Tiago)

3


Amor tem três dimensões: É pai, mãe e professor. Mas pai, mãe são ligações, Professor, só puro amor. Antonio Cabral

Meu amigo professor, moldaste o meu coração. Contigo aprendi que Amor é sempre a maior lição! A. A. de Assis

4


IDEAL DE NORMALISTA Quando entrei no Magistério Pensava mudar o Mundo! Ensinar era Mistério Dos maiores, mais profundos! Quarenta anos depois Vejo meus sonhos perdidos... Mas tentei com mil ou dois E alguns não foram vencidos: Houve uns que conseguiram Conhecimento alcançar. Superaram-me! E seguiram E hoje podem me ensinar! Entretanto muitos outros Ficaram pelo caminho Com conhecimentos rotos Embora roupa de arminho! Penso então, eu, muitas vezes Se fiz tudo o que podia?!... - Entre vitórias, revezes, Esforcei-me todo o dia! Professora Normalista Eu amei o que fazia! Alegra-se minha vista Quando me vêem e: “Bom dia!” Uma coisa tenho certa Mil amigos! Eu os fiz!... Abri-lhes a porta certa E, por eles... Sou feliz!... BereniceGuedes 5


Professor, ó professor! Único: artista seleto! Desobnubilador dos saberes és completo! Cristina Cacossi

Vejo os mestres, no passado, e me enche a alma de dor ver hoje, tão humilhado, o antes... Senhor Professor! Dorothy Jansson Moretti

6


Triste destino bizarro de um país na contramão: alunos chegam de carro; professor, de lotação. Eliana Jimenez

Ser Professor Ser professor é uma arte Aquele que a tem, é abençoado por DEUS Quem sabe a verdadeira arte de ensinar envolve o educando Com sua maestria e magia e jamais é esquecido. Portanto, Ensinem com amor e vocês serão sempre lembrados Nas mentes e nos corações de quem teve a felicidade de têlo(a) como professor(a) Farick

7


O pó que emana do giz e o salário sem valor, tornam bem mais infeliz a vida do professor! Francisco José Pessoa

Quando há talento divino, compromisso e bem- querer, o professor faz do ensino a razão do seu viver. Glória Tabet Marson

8


SAPIÊNCIA Aprendi a vida inteira, desde o momento em que fui concebida no planeta. Aprendi com os meus pais, meus avós, meus professores. Aprendi com os meus alunos, meus amigos, meus vizinhos. Aprendi e aprendo sempre com os meus filhos, com o mundo em qualquer ocasião, a toda hora, o tempo todo, sem cessar... Aprendi a vida inteira. E continuo aprendendo. Sou um eterno aprendiz porque sei que o meu saber é tão pouco, quase nada. Sei muito perante a quem? Nada, em relação a quê? Sou múltiplo... e sou único. Sou sábio... e não sei tudo. Heloisa Crespo 9


Anjos danados Um dois, um dois! Lá vão os anjinhos pra sala de aula! Senta Ana Paula! Quem atirou esse papel? Foi você Isabel? Já estou perdendo minha calma! Meu Deus do céu que confusão! Alexandre termina logo essa lição! Ricardo para de conversar! Caroline senta em seu lugar! Olha o sinal do recreio, Vinicius sai daí do meio! Não quero bagunça no corredor, Vê se respeita o inspetor! Olha o sinal outra vez E lá vão os anjinhos de volta pra sala! Para de berrar Camila! Leonardo entra na fila! Igor volta pro seu lugar! Juliana para de empurrar! Deus do céu!!! Aguentar tudo isso não é brincadeira “Ainda bem que já é sexta-feira” E acredite quem quiser Apesar de tanto banzé, Almas puras sem maldade, Dois dias longe deles E o “Professor”... Quase morre de saudade! Ivan Ferretti Machado 10


DIA DO PROFESSOR Aquellos que me enseñaron mucho, poco, regular, mi eterno agradecimiento porque me han hecho pensar. Me mostraron el camino de la vida que se abría, era un gran interrogante así ya lo presentía. La mesa estaba servida debíamos elegir porque de ello dependía el futuro porvenir. Primero fueron los padres con su ejemplo director, ahí empezó la tarea cuanto más chicos mejor. Después llegó la MAESTRA muy cálida y maternal, quién con las primeras letras nos dió el puntapié inicial. Luego vino el PROFESOR para indicarnos los pasos como llegar a la meta evitando los fracasos. Fueron muchos y variados pedagogos que pasaron, cada cuál en su materia con paciencia algo dejaron. Por eso vayan las gracias a nuestros educadores, siempre los recordaré, estarán con mis amores. José Héctor Rodriguez 11


Bom professor tem prazer em fazer da profissão de ministrar o saber, ideal, cruz e missão. Por tanto haver me ensinado, registro aqui o louvor ao amigo dedicado, meu querido professor. Lóla Prata

Professor Com seu salário garantido, autoridades sem valor, deixam o ensino esquecido abandonam o professor! Sem ânimo, sem coragem, entra em aula o professor. transmite toda mensagem, com alegria e com amor! O mestre é o professor, sem ele ninguém caminha, ninguém chega a vencedor, na ignorância, se aninha!... Lora

12


À MESTRA QUE ME ENSINOU “ Quando as letras, numa página vazia, Abraçaram-se às palavras que eu formava, Percebi que o meu olhar se diluía No sorriso da mestra que me ensinava. Indeléveis emoções de um sentimento, Onde os olhos da minha professorinha Embalaram a leveza de um momento De um menino preenchendo cada linha. Cada frase era uma forma colorida Dando vida a uma folha de caderno E a minha professora, tão querida, Me olhando com seu jeito puro e terno. Tanto tempo se passou e a cada dia Que um aluno me chama de professor, O meu coração, então, faz moradia Em alguém que me ensinou com tanto amor. Hoje em dia, há tanta afronta e desrespeito, Injustiça, indisciplina e Intransigência Contra alguém que sempre busca um novo jeito De passar bem mais que a própria experiência. Mesmo assim quando me sinto deprimido Agradeço à mestra que me ensinou Porque deu à minha vida outro sentido Transformando-me no mestre que hoje sou. E me pego, visitando minha escola, Os meus livros, meus cadernos... minha história... Ponho os sonhos de menino na sacola, Fecho os olhos... tenho nova trajetória. Que saudade desse tempo onde o ensino Transformava um menino em cidadão Construindo, no amor desse menino, A essência da palavra educação. Luiz Poeta 13


O professor incansável que edifica uma nação por seu trabalho admirável é digno de gratidão. Malu

Ser professor... é ter força para agarrar o vento... Ser professor é deter a maresia Sorrir a cada momento... Ser professor é inventar o mundo Ser professor é percorrer o universo Ser professor é caminhada Ser professor é matar a sede Ser professor é amar uma criança É dominar as letras, é uma arte Estar na aula e em qualquer parte Maria José Fraqueza

14


OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO Seus dias são mais brilhantes Por mais nublados que estejam. Porque não julgam nem condenam! Buscam antes, o saber, o conhecimento! Seus sentimentos são mais alegres, Não por suas remunerações. Mas, pela partilha das boas ações, Na formação de futuros cidadãos! Convictos e firmes em seus propósitos Os profissionais da educação. . . Têm por meta os valores universais; Por objetivo, os princípios cristãos! Todos os dias em algum lugar. . . Alguém se lembra de seu professor. Daquele que fez brilhar o seu dia, Que o escutou, com carinho e amor! Ser profissional da educação. . . Não é mera escolha, é pura vocação. Do que se lembram e são reconhecedores?! É da postura e dedicação, dos educadores! Mifori

15


Ser professor, que alegria: plantar em todas lições amor e sabedoria no fundo dos corações... Milton Souza

SER PROFESSOR É... Espalhar o saber e a verdade, tendo por prioridade partilhar a educação. Sonhar com um mundo de igualdade onde impere fraternidade e onde não haja exclusão. Ensinar o respeito à natureza, a ver, da vida, a beleza e a viver em comunhão. Fazer do dia-a-dia um poema, do educando, o tema, do seu trabalho, missão. Receber das mãos do Criador um coração pleno de amor e esgotá-lo em doação. Marina G.S.Valente 16


A Palmatória dessa História Um dia A profissão que era alegria Um pânico virou, Sem saber onde estava Por que vim Se é ruim? Sempre respeitado Transformou-se em coitado Relegado, rejeitado Humilhado! Saindo rezando, No dia começando... Por estar desesperado! Com toda violência Todos têm ciência Do que acontece E tudo permanece. Todos se escondem É um horror! Só fica o professor. Pois é a Palmatória Dessa História Que ninguém sabe Como vai terminar... Marcelo de Oliveira Souza 17


Ser professor, que alegria: plantar em todas lições amor e sabedoria no fundo dos corações... Milton Souza

Profesor el artesano amoroso del saber. Conocimiento en la mano para motivar al ser. Agradezco de por vida la enseñanza recibida. Despertó mi alma dormida esa lámpara encendida Maria Cristina Fervier

18


O PROFESSOR O professor, com sua lente de aumento, está sempre buscando encontrar a verdade... É como o sol, diariamente pontual, a espalhar seu esplendor, sua claridade... Que importa lhe fechem, do dia, todas as portas para a manhã não entrar... Ele sempre construirá o amanhã com as próprias mãos, até sangrar... 19


Que importa lhe ponham no sorriso a mordaça do desalento... Ele sempre trará um rouxinol na garganta e asas no pensamento! Que importa lhe amarrem o olhar com a venda da desesperança e lhe roubem a estrela da ilusão... Ele trará sempre acesa a tocha azul do porvir na alma e no coração... Além de tudo, o porvir jamais deixará de ter sol e um rouxinol a cantar! Myrthes Mazza Masiero

Ninguém pode se esquecer: Professor tem seu valor; boa conduta a manter, ser de fato educador! Nadir Giovanelli

20


Ai que saudade me dá do primeiro professor, que ensinou-me o “b-a-bá”, e me fez compositor! Todo dia é da Criança e também do Professor: ela, aprende com confiança, e ele, ensina com amor. Nei Garcez

21


PROFESSOR Professor ensina, corrige, encaminha e orienta Deixa à mostra os conhecimentos e a sabedoria É como o bom pastor, suas ovelhas apascenta E as conduz sobre os caminhos, sem hipocrisia. Professor aciona, aponta, dirige, sugere e induz A raciocínio de fatos particulares, para conclusão genérica. Faz fluir coisas concretas do mundo abstrato; De língua estrangeira, ensina através de ações e hábitos. Não pode ser frágil, desarmônico e imprudente Embora com suas conquistas áridas Conduz o alunado a acreditar em ser capaz Absorver o conteúdo e se deleitar em margens pláscidas. Professor confere, mas facilita, aconselha, sugestiona e inspira. É como bálsamo que faz do tempo privilégio e avalia. Também fere como flecha, atinge o lugar certeiro Quando os seus anjos invertidos mostram apatia. Odete Bin 22


E O ALUNO CHOROU... Primeira professora, quanta saudade! Eu menino, aluno do curso primário... Dela, tudo pra mim era um relicário; Encantava-me ver a facilidade Com que ela ensinava à classe o abecedário Eu vibrava neste convívio diário... Conversar com ela era a felicidade! Aluno deslumbrado, na tenra infância, Tinha Dona Magali no coração. Por ela, fiz da escola uma obrigação, Via em seus gestos a força da elegância: Sem dizer nada, dava-me educação, Preparava-me pra ser um cidadão... Com aulas de civismo, em exuberância! A vida correu muito e o tempo passou... Dona Magali, lembrança de alegria, Que esteve em meu coração-menino um dia; Paixão descabida que ela nem notou... Num sábado, vi que o carteiro trazia Para meus pais mensagem daquela "tia". Convite, casamento... O aluno chorou... Ógui Lourenço Mauri 23


Formei-me professor para espalhar estrelas, verbos e versos, flor, a quem nunca os tinha tido. Formei-me professor para espelhar estilos, vídeos, Vinicius, cor, a quem nunca os tinha visto. Formei-me professor para explicar estrofes, formas e vozes, dor, a quem nunca os tinha ouvido. Formei-me professor para esboçar estudos, músicas, musa e amor, a quem nunca os tinha tido. Formei-me professor para escutar a sala, não para estar em casa, sem quem nunca me tenha visto. Olivaldo Júnior

24


Mestres da vida Dos tempos de escola Até antes deles em casa Onde nossos pais nos ensinam E que em qualquer situação Marcam nossas vidas. Já pensou em um mundo sem eles? Música não haveria Livro não surgiria Poesia não se cantaria. Sem eles nada existiria Afinal quem ensinaria? Nem sempre compreendidos Muitas vezes desvalorizados Mesmo assim lutam E estão ao nosso lado. Crescemos e vivemos rodeados Por vocês e suas lições Somos contagiados. Mesmo sabendo de tudo isso Poucas vezes dizemos: Obrigado, professor amado. Pedro Oten

25


Ao repensar minha história, encontrei com emoção, por trás de cada vitória, um mestre no coração! Renato Alves

Mundo de saber Sobre o espaço A mão ágil desliza Criando um mar de letras e números A plateia silente Contempla a contínua criação Indagando apenas resultados Catedrais de sonhos Guarnecem desejos passíveis de glória Circunscritos pelo querer Crivado no signo do conhecimento O estigma do ensinar Jamais o abandona Um poderoso adjetivo o define Professor Sandro J Erzinger 26


Salve, salve o Professor que na Vida se dedica com ternura e muito amor, sua lição sempre fica !... Sônia Ditzel Martelo

Professor Mediador por excelência Promessa e missão General da própria vida Ensina com o coração Líder e pertinente Um país pede socorro Seu exército está na frente Lançando águias em coro Respeito e honra ao Mestre Monitor presente e feliz Se hoje existem medalhas Nesta vida devo-as a ti Amigo e mestre querido Meu aplauso e gratidão Que Deus esteja contigo Do fundo do coração Telma Motter

27


Professora viga mestra, que sustenta a educação, regendo afinada orquestra do saber e da instrução... Vanda Alves da Silva

Desenvolvendo a pesquisa para o ensino do saber o professor realiza evolução no aprender. Vânia Ennes

28


SANGUE EM PÓ I

Risco de giz é meu destino pálido, numa época em que o giz posto é de lado; são novos métodos ao estudo consagrado, deixou de ser a cal o traço cálido, porque o risco de giz sempre é apagado com fácil deleção, nem é mais válido esperar que permaneça seu esquálido pó de cor fútil no solo derramado. Assim é a vida minha, pura poeira: piso minhas cinzas de outra encarnação, sou comprimido em barras, como giz e logo sou varrido, em polvadeira, levado para o lixo, sem paixão, só porque em lousas escrever-me quis.

29


SANGUE EM PÓ II Contudo, o progresso que nos trouxe o pobre giz comprimido nessa barra, que tanta vez professorinha agarra e estraga as unhas, a que cuidado doce na véspera dedicou, sem qualquer farra, no seu esforço em que a cuidar dispôs-se, salário menor que faxineira fosse, para mostrar-se bem, mesmo na marra... E então seus dedos vão batendo numa lousa, quadro-negro, quadro-verde, em arranhado, qualquer que seja seu ensino preparado o mais que pôde e os dedos que ela pousa deixam certo Deeneá depositado em cada olhar que nele assim repousa. SANGUE EM PÓ III Porque quem sabe é só Nossa Senhora o sacrifício que lhe custa vir à escola, mas seu giz é como tiro de pistola: soa apenas uma vez e escoa embora, quer acerte, quer erre, nessa hora, ele sempre se desgasta, pobre mola de mil grãozinhos a quem ninguém da bola... (Ainda se houvesse uma máquina lá fora e a faxineira o levasse ao zelador, para o apertar em tiros seminovos!) Mas é apenas posto fora e até aos pedaços, igual que o tempo que escorre sem rancor, gastando as vidas dos homens e dos povos, até que sobre só a poeira dos abraços... 30


SANGUE EM PÓ IV O giz é o sangue de muitas gerações, amalgamadas em grãos bem comprimidos; são as barras de rancores desvalidos, a esperança esmagada em simples grãos. É a farinha da vida em ocasiões, conhecimentos errôneos transmitidos, pedacinhos lançados contra ouvidos, listras perdidas de antigas maldições. São os nomes repetidos dos heróis, as datas das antigas tradições, a falsidade oficial de toda a glória, na sempre baça poeira dos faróis, a provocar até revoluções, na impermanência impávida da história. SANGUE EM PÓ V O giz é o sangue escorrido pelos dedos, que se espalhou à juventude em transfusão, velha cultura para um novo coração, pulverizada na noite dos segredos. E se copiaram assim antigos medos, quais novos ramos da antiga brotação. Cada um pensando ter criado outra ilusão, mas são sementes da palha dos degredos. Contudo o sangue escorre como pó e penetra pela fímbria do pulmão, não é a poeira acumulada pelo chão, mas esse pólen, que se evolou sem dó e fica em trança inquieta com o sol, que a cada grão destaca em seu farol. 31


SANGUE EM PÓ VI E são depois as almas comprimida sem novas barras de qualquer cultura; foi marchetado o peito de loucura ou buriladas as mentes escolhidas. Porém as poeiras foram absorvidas e nuns garantirão colheita pura, nascendo em outros só os brotos da amargura, por cada sangue em suas nuances coloridas. Igual que o giz escorre na moldura, escorre a ideia sem qualquer contemplação. Igual que tudo desmancha o apagador, cada governo sua ideologia procura, não por ideal, mas por dominação, usando o povo igual que um borrador. William Lagos

32


Lembro-me de um professor, em que jogava confete. Eu lhe tinha tanto amor! Doutor Milton Grandinete... Zé de Uberaba

Ser professor Ser professor me engrandece É minha doce missão; E se o aluno reconhece, Dá-me paz ao coração. Eduardo Domingos Bitencourt

33


Professor Se paramos para pensar O que é um professor? Daríamos bem mais valor. Professor é aquele que Mesmo recebendo pouco Não deixa de ensinar e educar. É aquele que perde noites, Feriados e finais de semana Corrigindo nossas provas e nossos trabalhos. É aquele que tem paciência De nos ensinar várias vezes Se for preciso. É aquele que suporta Bolinhas de papel na cabeça, As conversas paralelas, As voltinhas fora da sala, As críticas. Professor não é apenas Aquele que ensina e educa. E sim, um amigo Que nos incentiva e crescer na vida! Amanda Giacomossi

34


Poetas Participantes:

A. A. de Assis Alicia Borgogno Amanda Giacomossi Amilton Maciel Monteiro António Barroso (Tiago) Antonio Cabral BereniceGuedes Cristina Cacossi Dorothy Jansson Moretti Eduardo Domingos Bitencourt Eliana Jimenez Francisco José Pessoa

Glória Tabet Marson Heloisa Crespo Ivan Ferretti Machado Lóla Prata Lora Luiz Poeta Marcelo de Oliveira Souza Maria Cristina Fervier Maria José Fraqueza Marina G.S.Valente Mifori Milton Souza Myrthes Mazza Masiero Nadir Giovanelli Nei Garcez Ógui Lourenço Mauri Olivaldo Júnior Pedro Oten Renato Alves Sandro J Erzinger Sônia Ditzel Martelo Telma Motter Vanda Alves da Silva Vânia Ennes William Lagos Zé de Uberaba

Organização e Programação Visual: Heloisa Crespo Rua José do Patrocínio, 106, Campos dos Goytacazes/RJ. 28010-385, Brasil. Telefone (22) 9832 3202 – E-mail: heloisacrespo@gmail.com

Campos dos Goytacazes/RJ/Brasil 2012

35


Fonte das Imagens: Geogle images

36


apresentação da ciranda * Profª Heloisa Crespo - 2013  

A Ciranda Professor em Versos é uma singela homenagem dos seus autores realizada pela Profª Heloisa Crespo em 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you