Issuu on Google+


ESTE FOLHETO É PARTE INTEGRANTE DO ACERVO DO BEHETÇOHO EM FORMATO DIGITAL, SUA UTILIZAÇÃO É LIMITADA. DIREITOS AUTORAIS PROTEGIDOS.


INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO O Acervo Eletrônico de Cordéis do Behetçoho é uma iniciativa que pretende dar consequências ao conceito de (com)partilhamento dos artefatos artísticos do universo da oralidade, com o qual Behetçoho e Netlli estão profundamente comprometidos.

INFORMAÇÕES SOBRE A EQUIPE A equipe de trabalho que promoveu este primeiro momento de preparação e disponibilização do Acervo foi coordenada por Bilar Gregório e Ruan Kelvin Santos, sob supervisão de Edson Martins.

COMPOSIÇÃO DA EQUIPE Isabelle S. Parente, Fernanda Lima, Poliana Leandro, Joserlândio Costa, Luís André Araújo, Ayanny P. Costa, Manoel Sebastião Filho, Darlan Andrade e Felipe Xenofonte


JOSÉ SOARES

A MORTE DE ELVIS PRESLEY

1977


Elvis Presley foi um mito Que nos Estados Unidos Morreu deixando um suspense De gritos dores e gemidos Choros e ataques histéricos Muita gente contundido Desde o ano de mil Nevecentos e vinte e seis Naquele mês agourento Mês de agosto talvez Que Rodolfo Valentino Faleceu naquele mês

Após 51 anos A história se repetiu A 16 de agosto A profecia se cumpriu Causando grande tumulto Quando a notícia eclodiu


A rádio e televisão A primeira a anunciar A morte de Elvis Presley Outro ídolo popular Conhecido Rei do Rock Estrela de terra e mar

Foi na cidade de Menphis Que no hospital Batista A 16 de agosto Faleceu aquele artista Um senhor seu empresário Foi testemunha de vista O senhor Joe Esposito Que era seu empresário Que depois interpelado Não quis tecer comentário Pois Elvis Presley pra ele Era um santo relicário


Elvis Presley de pijamas Nesta mesma ocasião Em um dos 23 quartos Que a sua mansão Que do seu caso não fez Nenhuma composição

Pois a sua causa morte Ninguém não suponharia Que fosse uma overdore Ou cardíaca arritmia Tudo era suposição Só isso aí se previa

Diversas crises histéricas Com gemido barulhento Aquele caso de morte Trasia constrangemento Um senhor deu um ataque Morreu no mesmo momento


Priscila sua ex-esposa De Elvis divorciada Da filhinha Lisa Marie Por quem era acompanhada Viram o marido e o pai Seguis pra última morada Acompanhou o enterro A viuva Jaqueline Joham Wayne e Bobe Hope Sua filha Caroline Cada qual usava o traje Mais decente da vitrine Já tinha 32 filmes Que foram feitos por ele Outro indiretamente Teve participação dele Com lucros extravagantes Não tinha esse nem aquele


Elvis jĂĄ tinha um fĂŁ clube Espalhado pelo mundo NĂŁo tinha competidores Foi primeiro sem segundo Principalmente na terra De onde foi oriundo

No tupelo onde nasceu Dia 8 de janeiro Casou-se e foi desquitado A 20 de fevereiro Era astro valoroso Em todo paiz inteiro Continha 3 guarda costas Que guarnecia o cantor, Disseram que ele usava Cocaina em desabor, E isso ajudou bastante Na morte do seu senhor.


Disseram que ele tomava Pílulas para trabalhar, Pílulas para dormir, Pílulas para acordar, Pílulas para emagrecer, Pílulas para engordar. Falavam também que ele Só vivia perturbado, A sua mente avisando Que seria assassinado, Esse fato imaginário O deixava acabrunhado.

O cantor Presley morreu Envelhecido e inchado, Só com 42 anos, Mas era um homem acabado, Dizia que para a vida, Estava realizado.


Com 20 anos de carreira Elvis Presley faleceu, Foi aclamado do povo Em todo show que ele deu, Em vendas de gravação, Todos os recordes bateu. 250 milhões Em cópia de gravação, Trabalhou em 32 filmes De grande repercussão Era homem de teatro, De rádio e televisão.

Elvis vivia assombrado Com medo de um acidente, Muito embora prevenido, Mas, um pouco descontente Tinha 16 pistolas De calibre diferente.


Em um show ele conheceu Tom Parker, um coronel, Dez vezes milionário, Honrado e muito fiel, Foi ele que ajudou-o Desempenhar seu papel. No ano 58 Elvis fora convocado Para servir ao exército E ele como soldado Defendeu sua pátria Com muito zêlo e cuidado

No dia do seu enterro Acabou-se muita gente De emoção e ataque De crises e acidente Coisa que nos grandes casos Já se tornou comumente


O mundo é vale de lágrimas A morte temos por certo Nossa vida é por enquanto Nosso túmulo vive aberto Contente Presley vivia Porque ainda não sabia Que a morte estava tão perto Terminei caros leitores Nada mais tenho a dizer O triste acontecimento Estou disposto a vender Pelos jornais escrevi Porém lá não assisti Melhor não posso fazer.

FIM



A morte de elvis presley