Page 1

Squara Azzurra volta vermelha de vergonha NEM O JOGADOR ELEITO O MELHOR EM 2006 E CAMPEÃO NA COPA DA ALEMANHA, EVITOU A ELIMINAÇÃO DA ITÁLIA NA PRIMEIRA FASE DA COPA DA ÁFRICA. APÓS DOIS EMPATES E UMA DERROTA A EQUIPE AMARGA A PIOR CAMPANHA DA HISTÓRIA DA SQUADRA AZZURA. PAG. 07

NELSON E FERNANDO COMENTAM OS PROJETOS DA ONG E DISCUTEM O CENÁRIO AMBIENTAL ATUAL DE CAJAMAR. VÁRIAS AÇÕES E PROPOSTAS FAZEM PARTE DO OBJETIVO DA ERRE FIVE. PÁG. 05

Dunga dispara Luciano Pires contra a faz você imprensa. O refletir com que acontece os “Cérebros com o nosso Roídos”... treinador? Qual a sua opinião? Pág. 03

Café Brasil Pág. 04

Entenda as penalidades e como se caracteriza o assédio sexual Falando de Direito Pág. 05

Capacitação profissional na área de construção civil, em todo estado de SP Falando de Engenharia Pág. 05

As redes sociais podem e devem ser um meio inteligente de fazer negócio Tecnologia Pág. 08

Assistência Técnica é um direito seu! Não se deixe levar pela burocracia Direitos do Consumidor Pág. 08


2ª Quinzena de Junho 2010

2

Semana da moda Precisamos ter iniciativa e criar meios de fomentar o comércio local, valorizar o empresário, dentre outras ações que fazem parte do perfil da ACE. Fizemos duas reuniões em nossa sede, para viabilizar um evento que, sem dúvida, será muito importante para o ramo de moda. Tudo começou como “A semana da moda”. Um evento onde um artista seria a estrela principal e a população de Cajamar poderia, além de conhecer a estrela da TV, acompanhar os desfiles das novas coleções de roupas, calçados e acessórios, que as lojas de Cajamar participantes iriam apresentar. Em reunião com alguns interessados, chegamos aos moldes de um evento que tem data prevista para sexta-feira dia 08 de outubro, e será estendido para os dias 09 e 10. Com esse formato concentraríamos as lojas, as coleções e preços atrativos, além de contar com uma atração principal. Quando falamos em realização da ACE, falamos em participação das lojas e estamos vendo que essa é a principal barreira que iremos enfrentar. Precisamos da aceitação dos comerciantes, do interesse em fazer e a visão de que esse evento será importante para eles. Para a ACE sobrará o prestígio e o reconhecimento do dever cumprido. Para os comerciantes e empresários caberá o trabalho e o retorno do investimento, que dentro da nossa proposta de evento é bem atrativo.Você que tem interesse

em participar, fazer com que a cidade tenha um comércio forte e acredita em nosso empenho, venha conhecer melhor essa ideia e faça parte do evento. A nossa proposta é: “Tá na moda comprar em Cajamar”. Então não fique fora dessa moda.

Abigail Fernandes Meylan

ACE realizara jantar em 2010 Com data prevista para 29 de outubro, o jantar de comemoração do aniversário da ACE já está sendo planejado pela diretoria. Realizados nos anos de 2007 e 2008 o jantar sempre conta com a presença de empresário e autoridades da nossa cidade. As reservas já podem ser realizadas e o evento será divulgado em breve. O objetivo do jantar é de integrar as pessoas e fazer amizades. Para que esse evento seja de vez oficializado em nosso calendário, contamos com a presença de todos os nossos associados e amigos. Com certeza o que irá fazer com que o evento seja um sucesso será a presença de todos. Maiores informações: ACE - Cajamar Telefone: 4447-6476 Rua: Ver. Mário Marcolongo, 207 Jordanésia.

CHARGE - A bicharada está solta na Copa do Mundo 2010

Klabin investe para ampliar produtividade Por Carolina Marcondes SÃO PAULO (Reuters) - A Klabin, maior fabricante de papéis do Brasil, está voltando a investir após um ano de crise e foco na preservação do caixa. Os investimentos programados, todos em unidades já existentes, deverão reduzir o consumo de energia, aumentar em 6 por cento a produção de kraftliner em Santa Catarina e em quase 10 por cento a de papelão ondulado no país. “O objetivo principal é ampliar a competitividade da companhia”, afirmou o diretor-geral da Klabin, Reinoldo Poernbacher. Investimentos detalhados à Reuters pelo executivo nesta quinta-feira somam quase 146 milhões de reais. Em 2009, a Klabin --com 17 fábricas no Brasil e uma na Argentina-- investiu 247 milhões de reais, dos quais 98 milhões de reais na área florestal. A empresa não revelou ao mercado o investimento total para 2010, mas em fevereiro Poernbacher havia dito que o montante seria ligeiramente maior que no ano passado. Nesta semana, foi aprovada a modernização da unidade de evaporação da fábrica de Otacílio Costa (SC), por 35 milhões de reais, para reduzir o consumo de energia. Nessa mesma frente, a empresa está instalando uma caldeira de biomassa de 35 milhões de reais no local, que será concluída no início de 2011.

“A medida tem como objetivo consumir menos vapor e irá fazer com que a produção (de kraftliner) aumente em 20 mil toneladas por ano”, afirmou Poernbacher. A fábrica de Otacílio Costa produz hoje 340 mil toneladas de kraftliner por ano. A Klabin está investindo ainda na modernização da produção de papelão ondulado e na compra de novas impressoras. “Quando totalmente implantadas, as modernizações elevarão em 48 mil toneladas por ano a nossa capacidade total de produção de caixas, atualmente de 500 mil toneladas.” Em julho, entra em operação uma nova linha de produção de sacos industriais na unidade de Lajes (SC), para substituir máquinas antigas, com investimento de 15,6 milhões de reais. A companhia vai transferir as máquinas antigas para Goiana (PE), onde a Klabin já produz papel reciclado, caixas e sacos industriais, ampliando a capacidade nesse local. Além disso, a Klabin está aportando 60 milhões de reais em uma linha de transmissão da futura hidrelétrica Mauá (PR), da Copel e de uma subsidiária da Eletrobras. A Klabin será consumidora de parte da energia da hidrelétrica. INVESTIMENTOS NO PARANÁ Os dois próximos grandes investimentos da Klabin, ambos no Paraná, ainda não têm data: uma linha de

produção de celulose de 1,5 milhão de toneladas e uma máquina de papel de 400 mil toneladas de cartões por ano integradas. Também não há definição sobre qual projeto será executado primeiro. Uma opção seria a fábrica de celulose entrar em operação sozinha, com sua produção colocada integralmente à venda no mercado, segundo Poernbacher. Se ocorrer o inverso, com o investimento em cartões na frente, a Klabin comprará a celulose necessária para abastecer a nova produção de papel até que a linha de produção do insumo seja concluída. Conforme o executivo, a Klabin ainda não tem florestas plantadas suficientes para abastecer a fábrica de celulose. “Se a fábrica (de celulose) entrar em operação em 2015, seriam necessários mais 30 mil hectares de terras para o plantio de florestas, divididos entre eucalipto e pinus.” A base florestal da Klabin é de 220 mil hectares de florestas plantadas no Paraná, Santa Catarina, São Paulo e uma pequena parcela, de apenas 5 mil hectares para pesquisa, no Mato Grosso do Sul. Apenas no Paraná são 140 mil hectares.


2ª Quinzena de Junho 2010

03

É o fim da Máquina de fazer craques?

Dunga está pegando pesado com a imprensa? EM ENTREVISTA COLETIVA CEDIDA APÓS A VITÓRIA DO BRASIL SOBRE A SELEÇÃO DA COSTA DO MARFIM, O TREINADOR DISPAROU UM ARSENAL DE INJÚRIAS CONTRA UM DOS JORNALISTAS DA TV GLOBO. QUAL A OPINIÃO DAS PERSONALIDADES DO MEIO ESPORTIVO E DE INTERNAUTAS SOBRE O ASSUNTO?

René Simões Técnico de Futebol

A situação foi um destempero,ele não agiu de forma errada por ser o comandante da Seleção. Ele (Dunga),o técnico da seleção,é um personagem,e peço desculpas em nome de todos os técnicos. O resultado do jogo foi bonito e todos os brasileiros ficaram aborrecidos com aquela situação.

Tadeu Schmidt Jornalista

Dunga teve um comportamento imcompatível com o cargo que ele ocupa na seleção. Torcemos muito para que a seleção chegue a conquista de mais um título mundial, independente de quem esteja no comando. (Parte do texto editorial da Globo exibido no Fantástico 20/06)

Luiz Felipe Scolari Técnico de Futebol

Internautas Campanha contra Globo

Minha relação com a imprensa durante o Mundial foi espetacular. Eu trabalhei para o Brasil junto com a imprensa e a imprensa trabalhou para o Brasil junto comigo. Essa é a diferença que existe. Agora o ideal é todo mundo se desarmar e pensar no Brasil.

Vamos, como brasileiros e amantes do futebol, apoiar o técnico Dunga na campanha pelo Hexa! Vamos mandar apoio e não ficar criticando o trabalho do capitão! Ele merece nosso respeito e confiança! Se você, assim como eu, ama a Seleção, apoie esta campanha também!!!!

Há muito que, no Brasil, ter carreira e ser jogador de futebol não é propriamente uma escolha do jogador, quando criança. Talvez se tivesse condições sócio-financeiras, podendo escolher e pensar no futuro, seguiria os trilhos tradicionais de estudar, cursar faculdade e fazer carreira. Exemplo disso são os craques que vemos por aí, dificilmente vemos algum que saiu de dentro de bairros nobres e chiques de São Paulo, como o Morumbi, Jardins, Moema, do Alphaville... Geralmente vão pra lá depois. A maioria vem da periferia das cidades, ou seja, ser jogador se tornou uma oportunidade de burlar o caminho profissional e chegar lá na “frente” muito mais rápido e com muito mais grana, sem precisar estudar muito e sem marcar cartão. Constatamos que ser jogador é uma alternativa em meio à falta de oportunidade empregatícia no país. Claro que há exceções, o mundo glamuroso e rico do futebol encanta tanto quem está na favela, quanto em condomínios luxuosos. Mas notícias e estatísticas recentes apontam que este cenário escasso de emprego/oportunidade esta mudando. A máquina de gerar jogadores de futebol pode diminuir o ritmo. O Ministério do Trabalho informou nesta semana, que o saldo líquido de empregos criados com carteira assinada no Brasil, em maio, foi de 298.041. Todos os meses deste ano tiveram quebra de recorde também. O ministro Carlos Lupi ampliou sua meta de geração de empregos formais este ano de 2 milhões para 2,5 milhões, depois de sucessivos resultados recordes nos meses até então. A previsão de geração de emprego até o final do governo Lula é que seja de 14 milhões de vagas, nestes últimos oitos anos. E na quarta-feira, 23, a Abemi (Associação Brasileira de Engenharia Industrial) divulgou uma previsão de que a construção será responsável pela criação de 3,5 milhões de empregos em função da Copa 2014. Isso sem contar ainda as Olimpíadas. Será esse o preço que o país irá pagar por se desenvolver e gerar empregos? Irá gerar na outra ponta a escassez de meninos pobres vindos da periferia sem emprego, sem expectativa, que dão todo o seu sangue pelo sucesso no mundo da bola? Esperamos que não. Como dizem que o futebol já está no sangue do brasileiro, talvez tenhamos agora novos Pelés, Robinhos, Neymares, Ronaldos, Adrianos...Nascendo em lares e famílias estruturadas sócio-economicamente, inclusive educacional, em que ser jogador de futebol seja apenas uma mera vocação profissional: “Tá no sangue. Não na pobreza”.

@agnaldopontocom

Agnaldo Silva

Fortes chuvas já mataram 44 em Alagoas e Pernambuco A CIDADE DE RIO LARGO, UMA DAS MAIS AFETADAS DE ALAGOAS, FOI VIRTUALMENTE VARRIDA DO MAPA DEPOIS QUE UMA REPRESA SE ROMPEU E A ENXURRADA DESTRUIU TUDO O QUE ESTAVA EM SEU CAMINHO. Por Douglas Engle RIO LARGO (Reuters) Agentes do resgate corriam nesta quarta-feira para levar alimentos e água a moradores isolados e procuravam pessoas desaparecidas depois que inundações provocadas por fortes chuvas deixaram ao menos 44 mortos e destruíram várias cidades em Alagoas e Pernambuco. Os rios transbordaram, romperam barragens, inundaram povoados e deixaram mais de 40 mil pessoas desabrigadas, disseram funcionários da Defesa Civil. Militares e agentes do resgate utilizaram helicópteros e barcos para chegar às cidades isoladas pelas enormes inundações e entregar milhares de alimentos e outros produtos enviados pelo governo federal. A entrega da ajuda humanitária foi atrasada pela destruição de muitas ferrovias e rodovias.

Funcionários do Estado de Alagoas disseram que 600 pessoas estão desaparecidas, mas acrescentaram que o número é baseado em estimativas não verificadas

de moradores locais e poderia ser menor. A cidade de Rio Largo, uma das mais afetadas de Alagoas, foi virtualmente varrida do mapa depois que

uma represa se rompeu e a enxurrada destruiu tudo o que estava em seu caminho. Uma linha férrea retorcida, ruínas e lama é tudo o que sobrou da cidade, onde

moradores desesperados continuavam buscando sobreviventes nesta quartafeira. “Veio com muita força, levando as casas. A cidade

de Rio Largo está quase acabada”, disse Nelson Rodrigues de Franca, um morador da localidade. Antonio da Silva disse que teve sorte de escapar depois que sua casa, às margens do rio, foi completamente destruída. “Estou aqui, graças a Deus. O resto a gente pode resolver depois. Estou feliz por ter saído vivo”, disse. Na terça-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou uma reunião de emergência e o governo destinou 100 milhões de reais para os esforços de ajuda, além de enviar 20 mil cestas básicas, colchões e cobertores às vítimas dos dois Estados. Algumas áreas do Nordeste registraram mais de 40 centímetros de chuvas nos últimos quatro dias e a previsão é de que as tempestades continuarão a cair nos próximos dias, aumentando os temores de mais danos.


2ª Quinzena de Junho 2010

4

Cérebros Roídos Quando em 2001 decidi livro NÓIS. Ufa! Uma trabacomeçar uma cruzada pesso- lheira danada que recebeu al contra a miséria intelectual pouquíssima repercussão que assola o Brasil eu sabia na grande mídia. O baruque a briga seria dura, mas lho todo veio pela internet. que valeria a pena. De lá para Mas agora a coisa mudou! cá sabe o que Fui entrevistado na aconteceu? televisão, Tornei-me Questões ligadas para macolunista de programas de rátéria que à cidadania são foi ao ar dio. Lancei meu chatas, interessam no Jornal livro Brasileiros a uma minoria que, Pocotó. Realizei da Cultura! Vieram minhas palesprovavelmente, me entretras centenas de nem assiste vezes no Brasil vistar em televisão. e no exterior. meu escriFiz eventos de tório! Um lançamento de jornalista e dois téclivros em várias universidades. nicos! Vixe! Criei o programa de rádio Quando ligaram interessados Café Brasil que está em 27 na entrevista, fiquei excitado! rádios pelo país. Lancei seis Será que finalmente eu podeMelôs que foram assistidas ria tratar de meu trabalho de por centenas de milhares de combate ao emburrecimento pessoas no Youtube. Ampliei nacional? Falar das implicameu cadastro de “assinan- ções políticas de nossas detes” do site para mais de 125 cisões do dia a dia? Chamar a mil nomes. Viajei para o Acon- atenção para o vácuo de cidacágua e o Pólo Norte. Lancei dania que vivenciamos neste o podcast Café Brasil que já início de século? Comentar tem mais de 100 mil downlo- sobre a queda de conteúads/mês. Tornei-me colunista do no sistema educacional? de dezenas de jornais, revis- Discorrer sobre as raízes da tas e sites. Lancei meu novo corrupção em nossos peque-

LUCIANO PIRES É PALESTRANTE, ESCRITOR E RADIALISTA

nos atos diários? Discursar sobre a necessidade de enriquecer nosso repertório para refinar nossa capacidade de tomada de decisão? Argumentar sobre a importância de não ser um bovino resignado que simplesmente destila ressentimentos passivos? Conclamar o telespectador a conectar-se a outras pessoas interessadas em melhorar o estado das coisas? Provocar a todos pedindo que resistissem caso percebessem que o Brasil está ficando burro? Não. Essas questões não estão nas pautas. Eles estavam interessados por causa de meu artigo “Sobre unhas” em que eu comento que estou superando o hábito de roer unhas desde que comecei aprender a tocar viola caipira. Questões ligadas à cidadania são chatas, interessam a uma minoria que, provavelmente, nem assiste televisão. Para a televisão precisamos de coisas leves, como o hábito de roer unhas, por exemplo. Isso sim cabe em rede nacional e horário nobre. Extrapolando meu simplório @lucianopires

exemplo para as grandes questões nacionais, lembrome do mestre Rubem Alves dizendo: “Os homens da mídia vivem repetindo que o dever dos jornais e da televisão é dar a ‘notícia’. Mas ‘notícias’, há milhares delas espalhadas pelo mundo. O que me espanta é o critério que se usa para pinçar as notícias que serão servidas aos leitores como comida. Se o povo só se alimentar de comidas pútridas, ele passará a gostar do pútrido. E, ao final, também ficará pútrido.”” É claro que não existe nada de “pútrido” numa solução para o hábito de roer unhas. Talvez minha história ajude outras pessoas que também sofrem com o problema, o que é muito legal. Mas mais urgente que o roer de unhas é o roer do cérebro. É ele que está sendo destruído sem que percebamos. E o problema é que o estrago do cérebro não é visível como nas unhas. Não dói como as unhas. E na República das Banalidades o que não é visto e nem dói, não interessa. Luciano Pires www.portalcafebrasil.com.br

Nos últimos dias, a Avenida Tenente Marques, no Polvilho, recebeu o início das obras de recapeamento. Apesar do transtorno que a obra gera no dia-a-dia, com certeza irá melhorar a qualidade do fluxo e solucionar os problemas de buracos que prejudicam o trânsito e podem até ocasionar alguns acidentes. Uma via de acesso com tanto movimento merecia, assim como a população, um asfalto de qualidade. Panfletos da prefeitura mostram que a sinalização também será uma mudança prevista nas obras da avenida. Diversos semáforos serão instalados,e as vias nos sentidos do bairro para a avenida e vice-versa sofrerão alterações. A população terá que mudar alguns hábitos..

A ACE promoveu um encontro entre autoridades de trânsito e comerciantes no dia 06 de abril, onde algumas solicitações foram apresentadas. Dentre as propostas, a mais urgente, seria a instalação de lombadas na rua Creusa Souza Araujo, Polvilho, que foi aceita, e um compromisso de conclusão no final do mesmo mês foi firmado pelo Diretor de Trânsito, Ismael Marques. Já se passaram 2 meses e nenhuma iniciativa por parte do departamento foi notada. Além do pedido da associação, já houve pedidos de vereadores, do colégio e moradores, que não foram suficientes para sensibilizar o departamento de trânsito a fazer tal investimento na rua.


2ª Quinzena de Junho 2010

5

Oportunidade de capacitação na área da construção civil

UMA ONG DEDICADA AO MEIO AMBIENTE E À QUALIDADE DE VIDA DAS PESSOAS

SAIBA QUE A RECICLAGEM NÃO É A PRINCIPAL FORMA DE COLABORAR COM O MEIO AMBIENTE. A ONG Erre Five, em atividade desde 2007, desenvolve diversos trabalhos na área ambiental. Presidida pelo Sr. Fernando Espírito Santo, tem como projeto-piloto a coleta de óleo de fritura de residências, comércios e indústrias. O material recolhido nestes locais é descartado de forma correta, mas um possível descarte inadequado gera diversos impactos negativos ao meio ambiente. O óleo usado, ainda, pode ser utilizado como matéria-prima em diversas indústrias. Muitas pessoas ainda não tem a consciência de que esse descarte, que muitas vezes vai “pelo ralo” literalmente, seria reaproveitado e reciclado. Talvez pelo fato de a reciclagem estar mais relacionada ao alumínio, papel, plástico e produtos que tem maior exposição em campanhas, o óleo não tem a atenção devida. A Erre Five atua em alguns locais de maior concentração populacional, como, por exemplo, os condomínios, e oferece certificado para indústrias e comércios que participam do projeto.

Fernando comenta a necessidade da ampliação do projeto e da participação efetiva da população: “Começamos com o óleo. Esse foi o nosso primeiro projeto. Além da cidade de Cajamar, realizamos ações em outras cidades, em parceria com as associações de bairro, como Santana de Parnaíba, Ferraz de Vasconcelos e Jundiaí”. Cajamar, como outras cidades, precisa realizar um trabalho não apenas educacional, mas também social. O meio ambiente sofre com a degradação diariamente, fruto da ação antrópica. Nelson Brito, diretor da Erre Five, formado em Gestão Ambiental e PósGraduando em Direito Ambiental pela Universidade Anchieta, comenta: “Ações de proteção à natureza não cabem só ao poder público. A coletividade tem o dever de defender e preservar o meio ambiente para presentes e futuras gerações, conforme o artigo 225 da Constituição Federal”. O reciclado é uma fonte de renda e inclusão social. É necessário que as iniciativas públicas e privadas invistam

em projetos educacionais que incentivem a população a abraçar a causa e ter consciência do seu papel. A ONG alerta que antes da reciclagem, existem dois processos de maior relevância. O primeiro é a redução do consumo de produtos que geram excessivo descarte de embalagens, e a mesma redução cabe aos produtos eletrônicos. Outro processo que pode contribuir é a reutilização dos produtos. Essas duas ações garantem menor quantidade de materiais a serem reciclados. “Dessa forma podemos analisar que o maior erro quando falamos em preservação ambiental, é pensar primeiro na reciclagem. A ONG trabalha com os 5R’s: reeducação, redução, revalorização, reutilização e reciclagem”, disse Fernando. “Defendo que temos um modelo econômico movido pela indústria da propaganda, que nos leva ao consumo exagerado e compulsivo. As empresas devem aplicar a logística reversa, trabalhando em parceria com ONG´s, cooperativas e associações que garantiriam

o retorno do produto ao processo de industrialização, sem prejuízo ao meio ambiente, gerando renda, inclusão social e diminuindo a destinação de resíduos para os aterros sanitários”, completou Nelson. Atenta aos eventos, como a Semana do Meio Ambiente, por exemplo, e participativa no COMDEMA (Conselho Municipal do Meio Ambiente), a ONG trabalha em projetos para que a cidade possa ter melhor qualidade de vida, dentro dos aspectos defendidos pela Erre Five. A proposta da ONG é manter seu projeto de coleta de óleo e ampliá-la a toda população de Cajamar. “Para isso, dependemos de uma parceria com o poder público. O prefeito Daniel Fonseca tem nos recebido e demonstra muito interesse em trabalhar em prol do meio ambiente. Ações como o Projeto Cidade Limpa vem de encontro às intenções da ONG. Esbarramos sempre no mesmo erro: cuidar do meio ambiente não é só reciclar, contribuir para a limpeza da cidade também é um ato de cidadania”, finalizou Fernando.

Até o final de 2010 o Senai-SP tem o objetivo de capacitar 60 mil profissionais da área da construção civil. A ação é parte de um programa de apoio a indústria paulista do setor, que enfrenta déficit habitacional de moradias. As vagas oferecidas pela instituição serão direcionadas à preparação de mão de obra básica nas ocupações de: pedreiro assentador, pedreiro revestidor/azulejista, instalador hidráulico/encanador, pintor de obras, carpinteiro,instalador de painéis de vedação em gesso acartonado (drywall), leitura e interpretação de desenho de projetos de obras civis,eletricista instalador. As aulas serão ministradas por profissionais qualificados, em algumas escolas do Senai-SP e também em espaços cedidos por prefeituras parceiras. Os interessados podem conferir as unidades em que o projeto acontece, e assim obter mais informações, em www.sp.senai.br www.falandodeengenharia.com.br

@fdeengenharia falandodeengenharia@gmail.com

O ASSÉDIO SEXUAL A Lei nº 10.224/01, em vigor desde 16.05.2001, alterou o Código Penal e o assédio sexual passou a ser crime, definido como “constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerente ao exercício do emprego, cargo ou função”. A pena para quem comete é de 1 a 2 anos de detenção. É indispensável para a configuração do delito do artigo 216-A do Código Penal, que a pessoa que assedia se valha de determinadas circunstâncias que a coloquem em posição destacada e de superioridade em relação à vítima, seja em razão do seu emprego, cargo ou função. Deve haver insistência, importunação, sendo que o simples elogio ou gracejo não configura o crime. Como exemplos de assédio, podemos citar: comentários insistentes, perseguição, carícias, pedidos de favores sexuais indesejados e, além disso, ameaças, represálias, demissão ou outras injustiças, tendo como “motivo” a recusa da vítima. Importante destacar também, que se o superior hierárquico constranger o (a) funcionário (a) com aquela finalidade, mas fora do contexto de suas funções, poderá caracterizar outro delito, mas não o assédio sexual. A vítima, ao procurar o amparo do Poder Judiciário, tem que provar o fato, porém, devido à sua difícil comprovação por meio de testemunhas (uma vez que, em regra, o assédio ocorre sem a presença de terceiros), a palavra da vítima assume relevante importância, mas deverá ser complementada por outros elementos, ainda que somente por indícios. Isso na esfera trabalhista, porém, na esfera criminal, é necessária prova irrefutável. O Tribunal de Justiça de São Paulo já decidiu, em recurso julgado em 2005, referente à ação oriunda da Comarca de Sorocaba-SP, que “quando a vítima vem recebendo ‘cantada’ ou percebe o desvirtuamento da intenção de seu superior hierárquico e mesmo assim aceita convite para se encontrar com ele, deixa de ter direito a indenização por estar dentro de sua esfera de previsibilidade receber algum convite indecoroso por parte do mesmo (...)”. Fontes: Lei nº 10.224/2001, Código Penal e site www.tj.sp.gov.br

@alfbrito

Andresa L. Ferreira de Brito Advogada, pós-graduada em Direito do Trabalho


2ª Quinzena de Junho 2010

6

BOLSAS EDUCACIONAIS DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA O Rotary Club de Cajamar ou aperfeiçoamento profissional informa que receberá inscri- em país ou território no qual ções para o Programa de Bol- existam Rotary Clubs, mas não sas Educacionais da Fundação no país ou distrito patrocinador Rotária para 2011-2012, até (beneficiários de bolsas doadas 25 de agosto de 2010. podem estudar no distrito doaOs inscritos concorrerão dor). 6) Rotaractianos são elegía 01 Bolsa Educacional de 01 veis e incentivados a se inscreano. ver, desde que atendam todos Requisitos: 1) Ter completado pelo os critérios de elegibilidade. 7) Pessoas com deficiências menos dois anos de estudos de nível universitário quando do são elegíveis e, se possuírem as início da bolsa, ou concluído o qualificações para a bolsa, não segundo grau e trabalhado em devem ser desconsideradas. uma carreira reconhecida por, Com o apoio de rotarianos de distritos patrocinadores e anfino mínimo, dois anos. 2) Ser cidadão, de qualquer triões, bolsistas com deficiência idade ou sexo, de país no qual têm sido bem-sucedidos como embaixadores da boa vontade. existe um Rotary Club. 8) Deve ter conhecimento 3) Não ser rotariano, rotariano honorário, nem funcioná- da língua do país selecionado rio de um Rotary Club, distrito, com nível de proficiência para qualquer entidade rotária ou do prestar exames tipo Toefl, CamRotary International. Cônjuges, bridge, etc. 9) Taxa de Inscrição R$ descendentes diretos (filhos ou netos), cônjuges de descen- 50,00 dentes diretos e ancestrais de Para inscrever-se favor lipessoas nas categorias acima gar para: mencionadas também são ine- Silvia Cirilo – 4447-5570 ou legíveis. Esteja ciente de que 4447-2525. rotarianos e seus parentes são Ou comparecer à reunião inelegíveis para bolsas até 36 do Rotary Club de Cajamar tomeses após os primeiros have- das as quartas-feiras a partir rem deixado seus clubes. das 20:30 hs à Rua Vereador 4) Fazer a inscrição através Joaquim Soares de Araujo, de um Rotary Club do local de 104 ,Sala 28 (prédio da Lojas sua residência, trabalho ou ins- Yane). Silvia Regina de Moraes Cirilo tituição de ensino. Presidente 2009/2010 5) Realizar seus estudos

Picanha acebolada

Ingredientes: • 4 bifes de picanha (150 g cada) • pimenta-do-reino • sal • 1 colher (sopa) de molho inglês • 1 colher (sopa) de salsa picada • 2 colheres (sopa) de manteiga • 2 colheres (sopa) de óleo • 2 cebolas graúdas fatiadas finamente

Modo de Preparo: Tempere os bifes com sal e pimenta-do-reino. Reserve; Coloque o óleo numa frigideira (ou chapa) e leve ao fogo; Quando estiver quente, frite os bifes dos dois lados; Reserve mantendo-os aquecidos. Na mesma frigideira, acrescente a manteiga e as rodelas de cebola, fritando até que fiquem douradas; Adicione o molho inglês e misture; Coloque as cebolas sobre os bifes e salpique com a salsinha.

A EMPRESÁRIA DO RAMO DE MODA É OTIMISTA QUANDO O ASSUNTO É O CRESIMENTO DO COMÉRCIO. Zailde Pimentel é proprietára da ZGP, loja de moda localizada em Jordanésia. Apesar de atuar no comércio e ter uma vida agitada, sempre que pode coloca em prática seus dotes culinários e prepara deliciosos pratos em casa. “Eu não cozinho muito, mas sempre que posso preparo meu prato predileto, que é a picanha acebolada”, disse Zailde. Sua loja completará 04 anos em novembro, e a empresária não pretende focar seus esforços apenas no ramo de moda, mas também fazer com que sua receita possa ser referên-

cia na realização de outro sonho, que é abrir um restaurante. Natural de Aracajú, a também aposentada já foi secretária de grandes empresas do ABC. Atualmente, esta comerciante e moradora de Cajamar espera um futuro promissor para a cidade. “Gostaria muito de ver grandes empresas se instalando aqui. Isso geraria mais recursos para os moradores e os comerciantes seriam privilegiados”, completa Zailde. Serviços: ZPG Fashion R. Ver Joaquim S. de Araujo, 227 Jordanésia - Cajamar Telefone: 11 4447-3045


7

Eslováquia surpreende Itália, que cai na 1ª fase do Mundial

Cannavaro abraça Quagliarella, o mais abalado dos italianos, após a partida: derrota por 3 a 2 para a Eslováquia.

Por Mark Meadows JOHANESBURGO (Reuters) - A Eslováquia protagonizou nesta quinta-feira a maior zebra da Copa do Mundo da África do Sul ao derrotar a Itália por 3 x 2 e eliminar os atuais campeões do mundo ainda na primeira fase do torneio em uma partida eletrizante em Johanesburgo. Os surpreendentes eslovacos, que disputam sua primeira Copa do Mundo como país independente, abriram o placar aos 25 minutos com Robert Vittek. Vittek voltou a marcar aos 28 do segundo tempo, mas aos 36 Antonio Di Natale descontou e deu esperanças aos italianos. Quando Kamil

Kopunek fez o terceiro da Eslováquia aos 44 do segundo tempo, parecia que o destino estava selado. A Eslováquia, que fez quatro alterações para reforçar seu ataque sabendo que precisaria de uma vitória para ter chances de avançar, começou com brilho e mostrou uma velocidade em campo que faltou aos italianos em todos os jogos. “Assumo toda a responsabilidade pelo que aconteceu”, disse o técnico italiano Marcello Lippi. “Se um time chega para um jogo tão importante quanto o de hoje com terror no coração e nas pernas e é incapaz de expressar sua habilidade, é porque seu téc-

nico não treinou o time como deveria”. Exultante, Vittek disse em coletiva de imprensa: “É um enorme sucesso. Ampliamos os limites do futebol eslovaco. Não poderíamos ter sonhado com isso”. “Claro que não esperávamos dominar tanto. Fomos melhores durante a partida. Jogamos com o coração e foi isso que decidiu a partida hoje”. Fabio Quagliarella, que chegou a ter um gol anulado pelo árbitro Howard Webb, ainda fez o segundo dos atuais campeões nos acréscimos, mas já era tarde e a Itália se despediu do Mundial na última posição do Grupo F, que também tinha Paraguai e

Nova Zelândia. Somada a eliminação da França na quarta-feira, é a primeira vez que os dois finalistas do Mundial anterior deixam de ir às oitavas de final. O êxito da Eslováquia significou um final abrupto ao time do técnico Marcello Lippi, que, assim como Fabio Cannavaro e Gennaro Gattuso, se despede da seleção italiana. O Paraguai, com cinco pontos, chegou às oitavas de final como líder da chave, seguido pela Eslováquia, com quatro. A Nova Zelândia se despediu do Mundial invicta após três empates e a Itália volta para casa com apenas dois pontos.

Não preparei a Itália devidamente, afirma Lippi Por Mark Meadows JOHANESBURGO (Reuters) - O técnico italiano Marcello Lippi assumiu a responsabilidade pela humilhante eliminação na fase de grupos da Copa do Mundo nesta quinta-feira, dizendo não ter treinado o time bem o suficiente. Os detentores do título perderam de 3 x 2 para a debutante Eslováquia, classificada para as oitavas de final ao lado do Paraguai em um Grupo F que parecia fácil para a Itália. “Assumo toda a responsabilidade. Não preparei este time bem o suficiente”, disse Lippi em coletiva de imprensa sem sequer ser questionado. “Não achava que podí-

Técnico orienta a equipe no jogo de despedida da Copa

amos vencer a Copa, mas achava que faríamos melhor”. Fazendo uma avaliação surpreendentemente honesta sobre o que deu errado, Lippi se puniu durante 15 minutos. “Fracassei em treinar o

time, eles não estavam preparados para um jogo tão importante. Durante uma hora e 15 minutos, por razões psicológicas eu acho, nada funcionou”, disse ele. O treinador de 62 anos, heroi italiano quando levou a seleção à glória na Copa

de 2006, já havia anunciado que iria abandonar o cargo pela segunda vez após o Mundial. Ele será substituído por Cesare Prandelli. Lippi havia deixado o cargo após a Copa da Alemanha, mas retornou em 2008 após o fiasco italiano no Campeonato Europeu sob o comando de Roberto Donadoni. “Não me arrependo de ter voltado, voltei com muito entusiasmo”, acrescentou. Suas palavras francas desarmaram os repórteres italianos, que esperavam para massacrar uma campanha que começou com dois empates em 1 x 1. “Não pretendo voltar a treinar logo depois disso”, afirmou Lippi. “Vou tirar uns meses e depois veremos”.

Internet pode mobilizar pessoas #cajamar Alguém já “tuitou” assim? Sabia que muitas coisas poderiam ser realizadas via twitter? Desta vez, ao invés de colocar o tema e esperar algumas sugestões (que geralmente não são muitas), decidi partir para a mobilização. O que seria isso? Precisamos discutir e fazer os assuntos gerarem repercussão. Bem ou mal foi isso que fez a Geisy Arruda ganhar muito mais dinheiro que eu e muitas pessoas que estão lendo isso. Fizeram um videozinho para denegrir a imagem dela (não precisava tanto), mas a exposição gerou alguns contratos publicitários e outros benefícios à universitária. Onde pretendo levar esse diálogo? Temos o Orkut com mais de 2.500 internautas só na comunidade de Cajamar. Vejo sempre as mesmas pessoas comentando nos tópicos de discussão, participando das enquetes, etc. Por que não tirar proveito de tudo isso? Tantas pessoas que poderiam trocar informações e assuntos relevantes... Tem gente que tem por hábito não parti@edgarcbrito

cipar, não responder, por receio ou talvez falta de interesse. O problema é que a cidade gira em torno de política, do lado A ou do lado B... Ficamos presos a isto e não pensamos no bem comum. Temos que ressaltar que existem comentários legais, sim. Mas sabe aquela história da laranja podre? É assim que acontece quando alguém posta alguma coisa legal. Você tem twitter? Tá a fim de trocar ideias, falar da cidade, dar um toque sobre algum buraco na rua, serviço que não está sendo bem realizado? Podemos começar então #cajamar. Sabe o que iremos fazer com tudo isso? Mobilizar pelo menos o poder público (se é este o grande alvo de todas as críticas) a ter uma atenção melhor naquilo que a gente vai dizer na internet, e aí outras pessoas vão se animar e participar. A partir daí podemos contribuir para uma cidade melhor. Edgar Brito

“Quer ver aqui o seu twitter? Então tuita ai meu. Na próxima edição vou selecionar só twitter de Cajamar.” @edgarcbrito

“Quer ver aqui o seu twitter? Então tuita ai meu. Na próxima edição vou selecionar só twitter de Cajamar.” @edgarcbrito

“Quer ver aqui o seu twitter? Então tuita ai meu. Na próxima edição vou selecionar só twitter de Cajamar.” @edgarcbrito

“Quer ver aqui o seu twitter? Então tuita ai meu. Na próxima edição vou selecionar só twitter de Cajamar.” @edgarcbrito

“Quer ver aqui o seu twitter? Então tuita ai meu. Na próxima edição vou selecionar só twitter de Cajamar.” @edgarcbrito


2ª Quinzena de Junho 2010

8

Assistência Técnica zo, na forma da Lei, começa a partir de sua constatação (Amparo Legal: artigos 12 e 26, do CPDC). Se o equipamento estiver fora do prazo de garantia, ainda assim, procure por uma prestadora de serviços autorizada pelo fabricante, para garantir que as peças de reposição sejam originais, adequadas, novas e com as especificações técnicas do fabricante. Exija sempre um orçamento prévio. O orçamento é obrigatório (Amparo Legal: artigo 40, do CPDC). O que é obrigatório não pode ser cobrado (Amparo Legal: artigo 66, do CPDC – Pena: detenção de três meses a um ano e multa). No orçamento devem constar: preço; forma de pagamento; tempo de execução; tipo de material a ser empregado; datas de início e término do serviço; e o valor da mão-de-obra. Após

aprovado, o orçamento só poderá ter alguma alteração, mediante aceitação de ambas as partes. Atenção: na entrega do aparelho à prestadora de serviços, mesmo que seja apenas para elaboração de orçamento, peça um comprovante por escrito, com dados que possibilitem a sua identificação (discriminação do produto, cor, modelo, marca, número de série etc.), e as condições em que ele se encontra. Ao receber o produto após a conclusão dos reparos, teste o aparelho, e exija recibo ou nota fiscal. Se o problema do aparelho não foi sanado em 30 dias, você terá direito a reexecução do serviço sem custo adicional, ou à restituição imediata da quantia paga, atualizada monetariamente, ou, ainda, ao abatimento proporcional do preço (Amparo Legal: artigo 18, do CPDC).

Que as redes sociais estão avançando todo o mundo sabe. Que se tornou a forma mais eficaz de comunicação também, mas se é tão eficaz assim, por que as empresas de pequeno e médio porte ainda estão longe delas? E pergunto-me ainda, por que muitas pequenas e médias de Cajamar não ingressaram na era da Web 2.0? Medo, falta de informação ou visão fechada de que as redes sociais são parte de uma “modinha” e logo passa? Lamento! As pequenas teriam muitas oportunidades para “abocanharem” as grandes via redes sociais. Isso porque, a web 2.0 detêm o poder de comunicação. Os relacionamentos criados na internet abrem as portas para modelos de negócios que muitas companhias jamais pensariam em realizar. Se a Localiza, maior empresa de imóveis do Brasil, conseguiu vender um apartamento via redes sociais, por que você não pode vender uma camisa? A internet tornou-se um espaço democrático, onde é possível, vender, comprar, dar opinião sobre um produto ou serviço e encontrar pessoas. Talvez seja por esse motivo que as empresas tenham medo de ingressar nessa viagem. Uma vez que você entrou na web 2.0 é necessário saber se comunicar. Não basta criar perfil no Orkut, Twitter, Facebook, YouTube e não saber se relacionar. Se não há estratégia definida para o seu negócio na rede, você não vai conseguir vender. Um dos principais fatores que fazem as empresas desistirem do modelo é a falta de estratégia. Muitas vezes estão gastando tempo no Orkut, quando na verdade o seu público alvo está no Twitter. Dessa forma fecho minha opinião com dois conselhos: 1 - Para ingressar em redes sociais busque a ajuda de especialistas em comunicação. Seja ela uma assessoria de imprensa, um profissional de relações públicas ou até mesmo empresas de marketing, elas tem ajudado muito nesse mercado. Para contratar esse serviço não são necessários altos investimentos e o retorno pode ser muito mais rápido do que o esperado. 2 – Junto a esse especialista defina a sua estratégia e dirija a sua comunicação para o público com que você quer se relacionar. Se você vai vender geladeira, encontre nas redes pessoas que estejam a procura de geladeira e não aquela que está buscando um aspirador de pó. Fazendo isso, pode ter a certeza que ela vai bloquear a sua empresa e você perdeu um possível cliente.

@celsorussomanno

Celso Russomanno

@katiasilva_85 Amplitude Comunicação Empresarial

VOCÊ COMPROU UM APARELHO DE SOM QUE APRESENTOU DEFEITO, O QUE FAZER? O PRIMEIRO PASSO É VERIFICAR SE ELE ESTÁ DENTRO DO PRAZO DE GARANTIA. SE ESTIVER, LEVE-O A UMA ASSISTÊNCIA TÉCNICA AUTORIZADA PELO FABRICANTE. É A CERTEZA DE QUE SE O SERVIÇO PRESTADO LHE CAUSAR ALGUM DANO, VOCÊ PODERÁ ACIONAR O FABRICANTE

Importante: antes de procurar uma Autorizada consulte o manual do fabricante, ou ligue para ele e pergunte sobre sua rede de autorizadas. Se a empresa se apresentar como autorizada e não for, isto caracteriza crime por informação e publicidade enganosa (Amparo Legal: artigo 67, do Código de Proteção e Defesa do Consumidor – CPDC – Pena: detenção de três meses a um ano e multa). Fuja desse tipo de empresa e denuncie-a ao fabricante, e a um Órgão de Defesa do Consumidor, como o INADEC – Instituto Nacional de Defesa do Consumidor, situado na Rua Pedrália, n.º 98, São Paulo – SP, Telefones: 11 50626462 / 6418. Ao recorrer a uma oficina autorizada, leve o termo de garantia, que só tem validade se acompanhado da Nota Fiscal de Compra. O Termo de Garantia deverá ser preenchido no ato da compra, porque todo equipamento tem garan-

tia de fábrica. A falta desse termo constitui uma infração penal, de acordo com o artigo 74, do CPDC - Pena: detenção de um a seis meses ou multa. Lembre-se: se a empresa não lhe forneceu, no ato da venda, a Nota Fiscal do produto, isto constitui crime contra a ordem tributária (Amparo Legal: artigo 1º, inciso V, da Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990 - Pena: reclusão, de dois a cinco anos, e multa). Nunca abra o equipamento, pois você poderá perder a garantia. O prazo para reclamar consta no certificado de garantia do produto, que é complementar à garantia legal de 90 dias, conferida mediante termo por escrito. Se a garantia legal não constar nesse certificado, deverá ser somada ao prazo da garantia contratual. Esse prazo é contado a partir do recebimento do produto. Tratando-se de vício oculto, o chamado “defeito escondido”, constatado através de perícia, durante ou depois da garantia, o pra-

A difícil arte de se relacionar nas redes sociais CELSO RUSSOMANO,53, É DEPUTADO FEDERAL, JORNALISTA E BACHAREL EM DIREITO

Kátia Silva - Jornalista e Diretora da


2ª Quinzena de Junho 2010

10

RUAS ENFEITADAS: No bairro do Polvilho, a população pintou ruas e calçadas para torcer pelo Brasil na busca do hexa

Você Sabia ? Casa de Pedra: A primeira escola

Estudantes posam em frente a Casa de Pedra

Os antigos moradores do Bairro de Água Fria, em Cajamar Centro, contam que a Educação teve início ali por meio de uma espécie de escola itinerante. A cada dia, a professora levava o quadro-negro para um lugar diferente para dar as aulas. A solução encontrada foi construir uma instalação que passou a ser chamada de Casa de Pedra, onde começou a funcionar o Grupo Escolar Suzana Dias, considerada a primeira instituição educacional de Cajamar. As salas amplas e frias, que antes atendiam apenas alunos da 3ª e 4ª séries do Ensino Fundamental, logo se tornaram insuficientes para atender a população. Foi quando, na década de 1950, José João Abdalla doou o terreno para a construção da Escola Estadual.

ITÁLIA COPA BRASIL ESLOVÁQUIA ERRE FIVE VUVUZELA DUNGA GLOBO CRAQUES EMPREGO CÉREBROS RUÍDOS ASSÉDIO SEXUAL PICANHA ACEBOLADA ASSISTÊNCIA TÉCNICA IDIOMAS

A história de Cajamar no “Museu Casa da Memória” “Ninguém construiu a história sozinho, nem foi destruída por uma só pessoa. Porém, o resgate é responsabilidade de todos nós”, com esta frase o diretor de Cultura e Turismo de Cajamar, Adanias Sousa Silva, sintetiza a importância do Museu “Casa da Memória”, localizado no Paço Municipal, cuja formação contou com a participação da população. O material foi captado a partir de um trabalho da administração municipal junto aos cajamarenses realizado em 2003, que resgatou objetos como fotografias, livros e documentos, e também colheu relatos. Hoje o acervo que conta a história do município está aberto para visitação de segunda e sexta-feira, das 8 às 17 horas, e também aos sábados das 10 às 16 horas, na Praça José Rodrigues do Nascimento (Paço Municipal), em Cajamar-Centro. A entrada é franca. Mais informações: 4446-7699 ramal 7553, ou no e-mail casadamemoriacaj@hotmail.com


2ª Quinzena de Junho 2010

11

10.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Palio Fire Gasolina 2004 Branco 1.0 2p Lt. Dt + Cd R$ 14.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

CAMINHÃO FIAT 190 1985/1985

branco $ 45.000,00 cavalinho engatado ou não carreta randon sr grtr branca 1991/1991 – R$ 20.000,00 com pneus. Tr. Kilma Tel.: 4407-1868 FIAT 190 1978/1978

branco, motor novo –engatado ou não r$ 35.000,00 carreta randon sr 1991/1991 vermelha – com pneus R$ 23.000,00. Tr. Kilma Tel.: 4407-1868 VOLVO / N 10

turbo ii 1987/1988 vermelho, câmbio novo engatado ou não R$ 55.000,00 carreta reb/ a guerra azul 1995/1995 . $ 30.000,00. Tr. Kilma Tel.: 4407-1868 AUDI A-3 Turbo Gasolina 2004 Azul 1.8 4p Completo + Teto R$ 34.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 CHEVROLET Corsa Sedan Alcool 2002 Branco 1.0 4p Ac Te Dt R$ 15.990,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Corsa Super Gasolina 2000 Prata 1.0 4p Dh.Al. Te. Lt. Dt Cd R$ 14.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Corsa Wind Gasolina 2002 Cinza 1.0 4p Al. Te. Lt. Dt R$ 16.000,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Montana Conquest Flex 2004 Prata 1.8 2p R$ 23.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 FIAT Doblo Fire Gasolina 2002 Verde 1.3 4p Dh.Ve.Te R$ 24.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Idea Adventure Flex 2007 Prata 1.8 4p Completo R$ 35.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Palio Weekend Gasolina 1998 Verde 1.6 4p Dh. Ve.Te.Lt.Dt. R$12.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Palio Edx Gasolina 1997 Verde 1.0 4p Ve. Te. Le. Dt R$

Palio Edx Gasolina 1999 Verde 1.0 4p Dh Ve Al Te Lt Dt R$ 12.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Uno Fire Gasolina 2002 Prata 1.0 4p Ac. Al.Ve. Te.Lt.Dt R$ 14.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Strada Adventure Tryon 2007 Prata -alarme, ar condicionado, rodas de liga leve, cd player com bluetooth, d.h., trava, vidro elétrico, ar quente, capota marítima, cabine estendida com bancos e cintos de segurança R$ 33.000,00 Telefone: 9523-1374 FORD Ka Image Zetec Rocam Gasolina 2006 Preto 1.0 2p Dh.Al.Te. Ve.Lt.Dt R$ 16.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 MERCEDES BENZ Clk 200 Coupé Gasolina 2007 Preta 2.0 2p Completa Aut. R$ 160.000,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Sprinter Cdi 313 Turbo Diesel 2005 Branca 2.8 4p R$ 49.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 MITSUBISHI Pajero Full Hpe 4x4 Turbo Diesel 2008 Prata 3.2 4p Completo R$ 130.000,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 PEUGEOT

TOYOTA Corola Le Gasolina 1993 Prata 1.6 4p Completo R$ 12.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Hillux Sw4 Turbo 4x4 Diesel 1998 Verde 3.0 4p Completo R$ 38.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 VOLKSWAGEM Fox City Flex 2007 Preto 1.0 2p Al. Lt. Dt. + Rl 23.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Gol 16v Gasolina 1999 Vermelho 1.0 4p Lt. Dt R$ 12.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Gol I Gasolina 1996 Azul 1.0 2p R$ 9.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

JARDIM ADELAIDE

04 dorms (01 suíte), sala 02 ambientes, cozinha, salão para festas, garagem, varanda, piscina, 600m² de área construída. R$ 300.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 CAPITAL VILLE

02 suítes c/ sacada, 01 dorm, sala de jantar, sala de TV, lavabo, dispensa, lavanderia, cozinha, área, 253m² de área construída. R$550.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA

03 dorms, 02 banheiros, 01 salão, 01 churrasqueira com fogão, sala, cozinha R$ 180.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA

Gol G3 Gasolina 2001 Cinza 1.0 2p Al. Ve. Te. Lt. Dt. R$ 14.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Gol G3 Gasolina 2000 Branco 1.6 4p Dh Al Te R$ 16.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Gol Power G3 Gasolina 2003 Branco 1.6 4p Al.Ve Te. Lt. Dt R$ 19.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

R$ 110.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 POLVILHO

240 m² de área construída, piso térreo, 02 dorms, cozinha, 01 banheiro, lavanderia, piso superior, 02 dorms (sendo 01 suíte), 01 sala, 01 banheiro, 01 lavanderia e cozinha. R$190.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 JARDIM PANORAMA

Gol Power G3 Flex 2005 Prata 1.6 4p Completo + Dvd R$ 23.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Kombi St Gasolina 2001 Branca 1.6 3p R$ 18.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Parati 16v Gasolina 1999 Cinza 1.0 4p Al. Te. Lt. Dt R$ 13.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568 Parati Cli Gasolina 1998 Verde 1.6 4p Lt. Dt R$ 13.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

206 Presence Gasolina 2005 Preto 1.4 4p Dh.Ve.Te.Al.Lt.Dt. R$ 20.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

Santana Mi Gasolina 1999 Azul 2.0 4p Completo R$ 16.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

206 Hatch Gasolina 2004 Preto 1.0 2p Completo R$ 17.500,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

Santana Mi Gasolina 2004 Preto 2.0 4p Completo R$ 19.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

R$55.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 PARQUE PARAÍSO

parte inf: 01 cozinha, sala de jantar, 01 dormitório, 01 wc. parte sup: 02 dorms, cozinha, sala, wc. R$70.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA

01 salão comercial e 01 casa com 03 comodos Valor R$55.000,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 VENDA TERRENOS

JARDIM PANORAMA

03 dorms / sala / cozinha / WC / Lavanderia / Garagem R$200.000,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518

5X27,5 137,00 m² Valor para Venda R$35.000,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 VENDA APARTAMENTOS MARIA LUIZA R$ 35.000,00

Aliança Imóveis Fone: 4448-4518

A partir de 125m² com financiamento!!! Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 FOREST VILLE

À partir de R$55.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

garagem R$1.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 POLVILHO

03 dorms/ sala/ cozinha/ garagem R$600,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 COLINAS DA ANHANGUERA

03 dorms / sala / cozinha / banheiro/ garagem Valor R$800,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 SALÃO P/ LOCAÇÃO AVENIDA TENENTE MARQUES

(Próximo ao Supermercado Ricoy) R$1.600,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518

MARIA LUIZA MOBILIADO R$ 38.000,00

Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 RESIDENCIAL VITÓRIA Valor R$20.000,00 + transferência de divida

Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 VENDA DE CHÁCARAS CHACARA PONUNDUVA

20X50, 1000 M², valor R$22.000,00 Aceita proposta e parcela.

PARQUE PARAÍSO

307 Presence Pack Flex 2009 Prata 1.6 4p Completo + Teto R$ 42.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

Clio Rn Gasolina 2000 Azul 1.0 4p Ve. Te. Lt. Dt R$13.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

TERRENO PARA VENDA NO JARDIM PRIMAVERA

PARQUE PARAÍSO

5x50, 250,00 m², R$ 5.000,00 de entrada e o restante parcelado. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518

COLINAS DA ANHANGUERA

125 m² Valor R$ 55.000,00 escriturado com fin. Pela caixa econômica Aliança Imóveis Fone: 4448-4518

LOCAÇÃO GALPÃO

206 Hatch Gasolina 2002 Prata 1.0 2p Dh. Te. Al. Lt. Dt R$ 16.900,00 Tel: 4408-5562 / 4448-4568

RENAULT

TERRENO A VENDA NO PARQUE DOS PINHEIROS

125m², 5x25, R$95.000,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518

FAZENDINHA

VENDA CASAS

financiamento pela Caixa Econômica. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

750m², Energia 99kva, Refeitório/Vestiário/Escritório R$7.500,00. Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 GALPÃO NA AVENIDA TENENTE MARQUES

180 M² Valor p/ Locação R$ 2.000,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 APTOS. P/ LOCAÇÃO POLVILHO

RESIDENCIAL VITÓRIA 2 R$600,00 Aliança Imóveis Fone: 4448-4518 CASAS P/ LOCAÇÃO

CAPITAL VILLE

POLVILHO

1.200 m², R$ 75.000,00. Com

02 dorms/ sala/ cozinha/

AJUDANTE GERAL 40 VAGAS (Masculino ) Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 FERRAMENTEIRO Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 AJUDANTE DE SERRALHEIRO Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 AJUSTADOR MECÂNICO Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 AJUDANTE DE COZINHA (Fem) TRAB. NA FAZENDINHA Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 AUX./ ASSIST DE FATURAMENTO ( Masc/fem) TRAB. NA FAZENDINHA Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 LOMBADOR Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 REFILADOR (Masc/Fem ) Contato: Néia Silva grh. empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 AJUDANTE GERAL Contato: Néia Silva Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791


2ª Quinzena de Junho 2010

12

Prepare-se para a Copa de 2014 FALAR UM SEGUNDO IDIOMA, HOJE EM DIA É QUASE OBRIGAÇÃO. COM A CHEGADA DA COPA DO MUNDO DISPUTADA NO BRASIL, A PROCURA POR ESCOLAS ESPECIALIZADAS SÓ TENDE A CRESCER Estamos vivendo um clima de Copa do Mundo, assim, ninguém melhor do que nós “os brasileiros” para falar desse tema. Rivalidade, emoção, paixão e acima de tudo honrar o melhor país do futebol (nisso nós somos os melhores). Mas quando o assunto é empreendedorismo o negócio fica quase no mesmo nível. O brasileiro é criativo, e sempre busca novas alternativas para driblar a crise e assumir novos postos de trabalho, ou ainda, criar novas empresas. Foi assim que aconteceu com a Time Up, escola de idiomas: Inglês, Espanhol, Francês e Português. A escola está em Cajamar há mais de 02 anos, e as expectativas dos coordenadores são as melhores. “Atuo no mercado há mais de 08 anos. A oportunidade para o negócio surgiu com o crescimento da cidade, que proporciona um ambiente favorável”, comenta Eduardo Ramos, professor da Time Up, formado em letras com licenciatura em

Português e Espanhol. O Brasil será sede da próxima Copa em 2014, e o crescimento da Time Up estará atrelado a essa necessidade. “A maioria dos alunos que nos procuram de última hora sentem-se pressionados no mercado de trabalho por não ter

no seu currículo um segundo idioma, exigido na seleção ou até mesmo na empresa onde trabalha. Existe também o ‘false friend’ (falso amigo): você chega num local e na porta está escrito push (empurre) ou pull (puxe); muitas pessoas ainda não sabem diferen-

ciar um do outro”, diz Valéria Medeiros, professora da Time Up, formada em letras com licenciatura em Português e Inglês. Pensando nisso, a escola, que conta com um método baseado em universidade britânica, oferece cursos rá-

pidos voltados a profissionais. Em 02 anos de curso, com carga de 05 horas semanais, o aluno tem a possibilidade de adquirir fluência no idioma escolhido. A cidade de Cajamar atendeu a expectativa da escola, que pretende também esten-

der a marca para Jordanésia. Hoje no Polvilho, os coordenadores planejam cursos para atender a demanda da cidade, formando profissionais qualificados, que poderão aproveitar o mercado promissor que o Brasil terá no período do evento. A qualificação profissional requer muita dedicação, tanto nas escolas de base, cursos extracurriculares, entre outros, mas talvez um segundo ou terceiro idioma não faça parte da cultura do brasileiro. “Falta um incentivo na educação de base. Se o inglês ou o espanhol forem ensinados nesse período, isso irá incentivar desde jovem a busca pelo conhecimento e aprimoramento em idiomas, o que enriquece, qualifica e abre portas para os futuros profissionais”, finaliza Valéria. SERVIÇO: Time Up Idiomas Av. Tenente Marques, 2051 1º Andar – sala 08 Polvilho (em cima do HSBC) Telefone: 4448-1880

ed 10 BOLETIM DA ACE  

Nem o jogador eleito o melhor em 2006 e campeão na copa da alemanha, eveitou a eliminação da itália na primeira fase da Copa da África. Após...