Issuu on Google+

:: Edição 05 - Ano I - 1º quinzena de Abril de 2010 - Distribuição gratuita ::

População e comerciantes pedem ao prefeito melhorias no trânsito MUDANÇAS NOS SENTIDOS DE ALGUMAS RUAS, REGULAMENTAÇÃO PARA CARGA E DESCARGA DE MERCADORIAS E REDUTORES DE VELOCIDADE FORAM ALGUNS DOS ASSUNTOS EM PAUTA. PÁG. 7 COLUNISTAS

Cidade: Vencedor de “O Aprendiz” realizou palestra em Cajamar. Pág. 3

Segurança: Comerciantes buscam viabilizar sistema de monitoramento com câmeras

Bianca Vilela

Consumo de ovos auxilia na redução de peso. Pág. 9

Pág. 6

15 vereadores em 2013 Pág. 10

Aprenda a preparar um saboroso pão caseiro Pág. 11

ACE defende mudanças na Lei dos Bares Pág. 7

Alvará provisório agiliza abertura de novas empresas O ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO QUE ANTES DEMORAVA DE 30 A 90 DIAS PARA SAIR, AGORA JÁ PODE SER RETIRADO EM DE CINCO A 10 DIAS. Com o Alvará Provisório, as empresas poderão dar início às suas atividades e adquirir a AIDF (Autorização para Impressão de Documentos Fiscais), além de Notas Fiscais Eletrônicas, Certidão Negativa de Débitos, Certidão de Inscrição Municipal e o Certificado do Alvará de Funcionamento Provisório. Pág. 8

Luciano Pires

Sobre chutes e previsões. Pág. 5


02

1ª Quinzena de Abril 2010

Rainhas da Presidência 2010

Amor de pai e mãe Eu posso falar, sou mãe e os pais também vão entender o que eu quero dizer. Sabe aquela criança que antes de nascer você já tem o maior carinho do mundo? Esse é o nosso filho, não sabemos nem ao certo se ele será homem ou mulher, mas o amor já está reservado, e que venha com saúde! E quando nasce, que alegria. O tempo passa, contando do comecinho já são 9 meses, até nascer, já pensou em quanto tempo dedicamos e o que temos certeza que teremos em troca? Nada, não temos certeza de nada, ele pode nos dar carinho ou não, mas pai e mãe não tem jeito; o seu filho é o melhor filho do mundo e estamos ali para fazer de tudo. Guardada as proporções eu quero chamar a sua atenção ao nosso trabalho junto a ACE, uma entidade que está à disposição para criar soluções, para fomentar o comércio local, defender os associados e acima de tudo estar de portas abertas para receber sugestões. E o que isso tem a ver com amor de pai e mãe? Ninguém sabe o que a ACE irá oferecer diretamente, definitivamente. O que nós precisamos encarar a necessidade de cuidar, participar, estar presente e fazer a nossa parte para que ela tenha formação, personalidade e força para encarar seus desafios.

Palestra para o setor automotivo É a primeira oportunidade de reciclagem para os profissionais do setor automotivo. Estamos realizando mais uma palestra, dando continuidade ao Projeto “Educação Continuada em Empresas de Reparação de Veículos”, em parceria com o SEBRAE-SP/SINDIREPA-SP . Tema: Evolução Tecnológica de Juntas de Cabeçote Palestrante: Pedro Bighetti. Data: 13/04/2010 às 19h30 Local: Sede da ACE R. Ver Mário Marcolongo, 207

Jordanésia É fundamental a participação do proprietário, que pode ser acompanhado por até 2 funcionários. Confirmação pelo email comercial@acecajamar. com.br

ou pelos telefones 11 4447-6476 / 6477


1ª Quinzena de Abril 2010

03

Aprendiz realizou palestra em Cajamar CLODOALDO ARAÚJO, VENCEDOR DE “O APRENDIZ 5 - O SÓCIO”, GANHOU 2 MILHÕES E UMA SOCIEDADE COM ROBERTO JUSTUS

”Eu comercializava suco de frutas de porta em porta”

No dia 25 de março, na Câmara Municipal de Cajamar, foi realizada a palestra “Seja sócio do seu sucesso”, ministrada por Clodoaldo Araújo, vencedor de “O Aprendiz 5 – O Sócio”. O evento foi realizado de forma gratuita, graças aos patrocínios da Urubupungá e da ACE (Associação Comercial e Empresarial de Cajamar). Na palestra Clodoaldo conta sua trajetória empreendedora, iniciada aos cinco anos de idade. “Eu comercializava suco de frutas de porta em porta e

aproveitava as embalagens descartadas para produzir mudas de frutas cítricas e também comercializá-las. Depois de muitos nãos eu comecei a entender e criar formas de abordar os clientes.” A partir de então, Clodoaldo não parou mais. Empreendeu diversos micro e pequenos negócios, graduou-se em engenharia mecânica e posteriormente em engenharia civil, mudou-se para os Estados Unidos, onde trabalhou e concluiu seu MBA com ênfase em Empreendedorismo, e ao

retornar ao Brasil começou a fazer grandes negócios. Sua garra, determinação, visão, liderança, fé e personalidade afável foram determinantes para que em 2008 Clodoaldo Araújo se consagrasse o grande vencedor do programa APRENDIZ 5 – O SÓCIO, da Rede Record de Televisão. Vitória essa que lhe rendeu o maior prêmio da televisão brasileira, 2 milhões de reais e uma sociedade com o grande e conceituado empresário Roberto Justus. Apesar da presença do público ter sido abaixo do es-

perado pelo organizador do evento, Edgar Brito, Clodoaldo agradeceu pela iniciativa e pelo acolhimento. “Existem pessoas ruins, padres ruins, políticos ruins, mas também existem pessoas boas, não é vereador?”, referindo-se ao Carlinhos da Padaria, autoridade presente no evento. “Mas também temos pessoas boas, políticos bons, gente querendo empreender e fazer algo de bom acontecer. Eventos como este devem ser valorizados e ter participação dos empresários”, finalizou Clodoaldo.

Vereador Carlinhos da Padaria, Clodoaldo e Denilson

Masatochi - Bazar Nova Real

Maryluz David DVD Advogados

Raul Iwamoto Nova Real Presentes

“A palestra foi dinâmica e cativante, o local oferece comodidade e boa acústica. Ele tem origem humilde, gostei também do vídeo da participação dele no Aprendiz 5 e comentários da estratégia adotada para vencer o programa.” “Achei a palestra do Clodoaldo muito boa. Tirei muitas conclusões e, uma delas foi que, além de sorte, a pessoa não deve desistir jamais dos seus sonhos e sempre encarar os desafios que aparecem sem medo de pagar micos. Muitas pessoas têm medo de pagar os famosos MICOS e deixam passar muitas.“ “Todos os pontos abordados pelo Clodoaldo foram interessantes. Assim como eu, outros que assistiram a palestra poderão por em prática profissionalmente e em sua vida pessoal para alcançar o seu sucesso.”


04

1ª Quinzena de Abril 2010

O mundo do “Além” Esta semana estreou com grande sucesso o filme do famoso espírita, Chico Xavier. Respeitado mundialmente por seu modo simples de viver e por suas cartas psicografadas, as quais dizia serem ‘ditadas’ por espíritos já desencarnados “mortos”. Perguntas: independente da questão religião, você acredita que espíritos ou almas trazem mensagens aos vivos? Você acredita na vida após a morte? Como você imagina que é este “outro lado” da vida? Psicografe aqui a sua opinião para os que ainda estão “vivinhos da silva”.

Acredito que de alguma maneira, as informações e mensagens cheguem até nós (os vivinhos das silva) em forma de energias captadas por algumas pessoas. Quanto a vida após a morte, se ela existe, certamente é uma forma de vida diferente da nossa. Nada carnal. Luiz Miranda, empresário

Flávia Florestano, veterinária

Amanda Campos, atendente

Acredito que haja sim um outro lado. Que haja um ser maior (Deus), que nos dá bastante sabedoria para desenvolvermos esses dons, de passar e receber mensagens, curas e outras necessidades que o mundo espiritual nos proporciona. Mas acima de tudo, está a fé de cada um.

Não acredito que exista alguma coisa do “outro lado”, nem esse “outro lado” existe. Para mim quando a pessoa morre, ali é fim: fim de papo! Acabou, já era. Não creio em possibilidade alguma de existir esses tipos de contatos entre vivos e “mortos”. Acho que tudo isso é uma mistura de saudade, com imaginação, devaneio e sonho. Tem que fazer valer enquanto ainda se está vivo.

Não acredito que as almas tragam mensagens aos vivos. Acredito muito na vida espiritual, mas não na material. Não consigo imaginar o outro lado da vida, porque matéria e espírito são incompatíveis, são coisas diferentes que não se misturam.

Joaquim Ferreira, comerciante

É de conhecimento dos

Comerciantes de Jordané-

moradores de Cajamar o

sia reclamam da falta de

problema que a cidade

atenção no que diz res-

enfrenta com o excesso

peito à iluminação pública.

de buracos. Os vereado-

Este serviço é precário,

res são cobrados pela

alguns comerciantes são

população, porém isso é

obrigados a deixar as lu-

de competência das dire-

zes acesas para garantir

torias de serviços públicos

a iluminação nas calçadas.

e de obras. Em sessão re-

Essa atitude poderia ser

alizada dia 31 de março,

diferente se as lâmpadas

na Câmara Municipal, os

fossem trocadas por ou-

vereadores, em coro, fi-

tras de maior poder de

zeram diversas indicações

iluminação, garantindo se-

de desabafos a respeito.

gurança a todos.


1ª Quinzena de Abril 2010

05

LUCIANO PIRES É PALESTRANTE, ESCRITOR E RADIALISTA

Sobre chutes e previsões PÔ, MEU, TESTEMUNHAR UM TSUNAMI AO VIVO? EU NÃO PERDERIA ESSA DE JEITO NENHUM. MAS ANTES, UMA HISTORINHA. Em 1971 o Clube de Roma, que estuda as consequencias do crescimento econômico mundial, previu que o crescimento da humanidade seria limitado pelo esgotamento de fontes de energia não-renováveis e de minerais importantes. O cobre, por exemplo. Usando um recurso sofisticado na época - computadores - levantaram a taxa de consumo de cobre nos vinte anos anteriores e projetaram os vinte anos futuros, contemplando as taxas de crescimento econômico esperadas. Conclusão: por volta do ano 2000 as reservas de cobre estariam esgotadas. O que o Clube de Roma não previu foi que, no final dos anos noventa, o sistema de cabeamento telefônico com fios de cobre passou a ser substituído por fibras óticas, de vidro, muitíssimo mais eficientes. E a matéria-prima para as fibras óticas é o silício. Grosseiramente dizendo: areia, um dos elementos mais abundantes na natureza. E o cobre não acabou. Os precisos cálculos matemáticos dos especialistas deixaram de fora um detalhe: a engenhosidade do homem, que a cada dia cria novas soluções para velhos problemas. Lembrei dessa história assistindo uma transmissão ao vivo da CNN que anunciava a chegada de um tsunami ao Havaí, após o terremoto que abalou o Chile no final de Fevereiro de 2010. A câmera mostrava uma bonita praia com as ondas batendo

Classe C no país já é 49% da população MESMO COM A CRISE EM 2009, PARTICIPAÇÃO NO TOTAL DA POPULAÇÃO AUMENTOU DE 45% PARA 49%, ENQUANTO CLASSES D/E ENCOLHERAM. NOS ÚLTIMOS CINCO ANOS, CLASSE C GANHOU 30 MILHÕES DE PESSOAS; ALTA RENDA AMPLIOU PARTICIPAÇÃO EM APENAS UM PONTO EM 2009, PARA 16%

tranquilamente enquanto o cialistas previssem. Previram locutor dizia que a qualquer no Havaí, não teve. Não preminuto o tsunami chegaria. viram no Chile, teve. As interações que envolE eu na expectativa. O povo debandou para lugares altos vem os sistemas econômicos, para escapar da onda gigante. ambientais e sociais são por E então surgiram mais umas demais complexas. Não existem fórmulas pronondinhas tas. Não existem e o locuOs precisos cálculos certezas, apenas tor disse: matemáticos dos dados que os ho“os espeespecialistas mens juntam para cialistas deixaram de fora tentar tirar concludisseram um detalhe: a sões. Mesmo com que já engenhosidade milhares de técnicomedo homem, que a cos, computadores, çou”. cada dia cria novas satélites, modelos Agora soluções para matemáticos e anos vem! E velhos problemas. acumulados de coassim nhecimento, os hofoi... “Agora vem! Já começou! A mens falham miseravelmente qualquer momento”... Até em suas previsões. Erros e que após mais de uma hora acertos, é assim que funcioa transmissão foi encerrada. na a ciência, o que explica o Sem tsunami no Havaí. Um tsunami que não chegou e o cobre que não acabou. O fiasco. E enquanto isso, no Chi- mundo da ciência, apesar da le, a história foi diferente. matemática e da física, não Um tsunami arrasou parte é exato. Lida com probabilido litoral, sem que os espe- dades e na maior parte das

vezes é surpreendido por um acontecimento novo, uma reação inesperada. Até mesmo pelo gênio dos homens. É no gênio que tira as conclusões da análise dos dados frios que reside o valor da ciência. Onde um medíocre nada vê, um gênio pode ver o futuro. Portanto, errar continua sendo muito humano. O problema é o que fazer depois do erro. Quem tem cérebro, aprende. Quem não tem, ou o tem a serviço de projetos de poder, projetos comerciais ou ideologias, faz diferente. Mesmo sem conseguir prever a chegada de um tsunami na esquina, continua dizendo que os oceanos vão ficar seis graus mais quentes daqui a cem anos.

Pois é. Quando não dá pra prever, o homem chuta.

Leia outros artigos no site: www.lucianopires.com.br

A classe C ampliou sua participação para 49% da população brasileira em 2009, ano marcado pela crise financeira global, ante 45% no ano anterior. Já as classes A/B subiram de 15% para 16%, enquanto as D/E caíram de 40% para 35% do total, de acordo com pesquisa divulgada nesta terça-feira pela Cetelem, financeira do grupo francês BNP Paribas, em conjunto com a Ipsos. Segundo o “Observador Brasil 2010”, a expansão da classe C chegou a 15 pontos percentuais, considerando os dados desde 2005, quando essa fatia da população representava 34% do total. Naquele ano, as classes A/B respondiam por 15% e as D/E por 51%. Nos últimos cinco anos, a classe C ganhou 30,2 milhões de consumidores. Já os segmentos D/E perderam 26,1

milhões. Entre 2008 e 2009, a renda familiar média mensal caiu nas classes A e B de R$ 2.586 para R$ 2.533, mas subiu na C (de R$ 1.201 para R$ 1.276) e nas D/E (de R$ 650 para R$ 733). As classes sociais utilizadas no estudo são as definidas pelo CCEB (Critério de Classificação Econômica Brasil), fornecido pela Abep (Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa). O conceito não considera a renda e leva em conta onze itens, entre os quais estão a posse de eletrodomésticos (TV a cores, rádio, aspirador de pó, máquina de lavar, DVD, geladeira, freezer), de carro para passeio, quantos banheiros há na casa e o grau de instrução do chefe da família.

Fonte: Folha Online


06

1ª Quinzena de Abril 2010

Comerciantes se reúnem para viabilizar sistema de monitoramento de câmeras ENCONTRO REÚNE AUTORIDADES E PROPÕE CRIAÇÃO DE COMISSÃO PARA TRATAR DO ASSUNTO Comerciantes e o capitão Luiz Lafaiete, comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar (26ª BPM/M), estiveram reunidos na sede da Associação Comercial e Empresarial de Cajamar para discutir assuntos de segurança. O foco foi a implantação de câmeras e um sistema de segurança que garantirá aos comerciantes, empresas e toda a população um monitoramento efetivo 24 horas por dia. Essa ação poderá ser realizada com o empenho dos comerciantes e empresários. O Vice-Presidente da ACE, Edgar Brito, teve a iniciativa desta reunião do Conseg, que não acontecia desde novembro de 2009. “Essas reuniões devem ser realizadas constantemente, pois a ACE precisa estar mais efetiva, não apenas cedendo o espaço; precisamos tomar uma postura

“A reunião foi interessante, pois tratou da segurança dos comércios, principalmente para os consumidores. Com isso nosso município ganhará reconhecimento e segurança.” Stéphani - Móveis Bonarte

“Espero com grande ansiedade a instalação e o monitoramento de toda área comercial de Jordanésia, gerando assim mais segurança e conforto a todos.” Alessander - Jumbinho da Sorte Edgar Brito (ACE), Capitão Lafaiete (PM) e Márcio Caramigo - Presidente do Conseg

mais participativa e vamos criar uma comissão, visitar outras cidades e trazer especialistas. Com certeza nossa participação irá motivar outros empresários e comerciantes a contribuir com a gente”, disse Edgar Brito. A Prefeitura de Cajamar está empenhada em viabilizar o

programa “Cidade Digital”, que abrangerá não apenas os serviços de câmeras como também de radares e outros sistemas de monitoramento de vias. O Prefeito Daniel Fonseca, que está em Brasília (30/03), nos atendeu: “Estamos empenhados em viabilizar esse progra-

ma, pois a participação do comércio e das empresas é fundamental. Mas estamos trabalhando nas questões técnicas e burocráticas para a implantação. O meu objetivo é buscar recursos do Ministério das Telecomunicações para custear todo esse projeto.”

“Apesar de não ter uma participação expressiva, acredito que demos um ‘pontapé inicial’ para o monitoramento,principalmente do centro comercial de Jordanésia.” Hermes Junior - Rodocar


1ª Quinzena de Abril 2010

07

Comerciantes e moradores pedem melhorias para o trânsito do Polvilho PREFEITO DANIEL FONSECA PARTICIPA DE REUNIÃO PROMOVIDA PELA ACE A ACE promoveu um encontro entre os comerciantes do bairro do Polvilho, o Prefeito Daniel Fonseca e as autoridades do serviço municipal de trânsito. Ismael Marques de Oliveira, Diretor de Trânsito da prefeitura, e Dorival Raimundo, responsável pelos agentes, estiveram presentes para ouvir dos munícipes as propostas de melhorias, e principalmente as necessidades no que se diz respeito ao trânsito. O vice-presidente da ACE, Edgar Brito, apresentou propostas semelhantes ao prefeito. “Em conversa com os comerciantes e após ouvir os pedidos, tomamos esta atitude, é a melhor forma de resolver os problemas do bairro, assim todos podem participar, e acima de tudo dar sugestões. Foram entregues mais de 80 convites aos comerciantes, pena que ainda

Reunião tem propósito de ouvir a sociedade para solucionar os problemas do bairro

não conseguimos mobilizar a maioria”, lamenta Edgar. Também foram encaminhados à Câmara dos Vereadores requerimentos para solução dos problemas, como exemplo, iluminação pública, sinalização em frete

às escolas, faixa de travessia de pedestres, alterações nos sentidos das ruas, todas “encabeçadas” pelo vereador Carlinhos da Padaria com o apoio de outros vereadores. Após a análise do prefeito foram avaliados os pedidos

e alguns atendidos. “Vamos trabalhar para atender todas as solicitações, a proposta de vocês convergem com o nosso projeto, já temos um estudo e vamos colocar em prática em toda a extensão da Avenida Tenente Marques e

isso irá sem dúvida favorecer o comércio e toda a sociedade”. As mudanças de trânsito serão avaliadas em paralelo com o projeto do governo, outras que poderão ser tomadas de imediato. “A Rua Apa-

recida terá o tráfego proibido para veículos pesados, colocaremos uma placa sinalizando, as lombadas da Rua Álvaro de Carvalho e da Creusa Souza Araújo tem prazo para até o final de abril” finalizou Ismael. A adaptação do bairro por conta do volume de tráfego e pelo desenvolvimento da cidade será inevitável, cabe a população, os comerciantes e o poder público participarem ativamente. A reunião foi proveitosa, outra será programada, na qual será apresentada a proposta do governo para o trânsito do Polvilho. A reunião foi restrita aos comerciantes do entorno das Ruas Flademir Lopes e Creusa Souza Araújo, o Prefeito Daniel Fonseca em sinal de aprovação a iniciativa da ACE convocou nova reunião para que mais pessoas possam participar.

ACE defende mudanças na Lei dos Bares TODOS CONCORDARAM COM O OBJETIVO DE DIMINUIR A VIOLÊNCIA E DAR O DIREITO AO SILÊNCIO APÓS O HORÁRIO DETERMINADO. POR OUTRO LADO PEDIRAM APOIO À “CASA DE LEIS” PARA QUE SEJAM REALIZADAS MODIFICAÇÕES. ENTENDA A LEI SECA:

Proprietários estão sendo obrigados a reduzir o quadro de funcionários após a lei

Em reunião realizada dia 26 de Março no gabinete do Presidente da Câmara Municipal João Missé, os comerciantes do ramo de pizzaria e choperia do bairro do Polvilho foram recebidos para tratar do horário de fechamento dos estabelecimentos. Questionados por João Missé sobre a importância da lei, todos concordaram com o objetivo de diminuir a violência e dar o direito ao silêncio após o horá-

rio determinado. Por outro lado pediram apoio à “Casa de Leis” para que sejam realizadas modificações. O proprietário da Choperia Vip comenta que seu estabelecimento além de sofrer com a queda de movimento foi obrigado a reduzir o quadro de funcionários. “Eu já tive mais de 12 funcionários, após a lei fui obrigado a demitir, hoje trabalho com apenas 5 colaboradores”, lamenta Antonio Jr. João Missé propôs levar

esse pedido ao conhecimento do Prefeito Daniel Fonseca, “Na próxima sessão iremos tratar do assunto e por intermédio da câmara notificar o prefeito para que avalie e situação” disse Missé. Estiveram presentes na reunião realizada dia 26, além dos comerciantes e o Presidente da câmara, o exvereador José Carlos Santos, que teve a iniciativa do encontro, e o Vice-Presidente da ACE, Edgar Brito, convidado pelos comerciantes.

O artigo 225, sobre perturbação do sossego público (lei municipal 070/2005), limita o horário de funcionamento de bares, traillers e similares. Estabelecimentos nos quais, além da comercialização de produtos e gêneros específicos aconteça a venda de bebidas alcoólicas para consumo imediato. Todos os bares, traillers e similares deverão fechar até às 23h. Ainda assim, mesmo dentro do horário permitido e, inclusive aos finais de semana, deverá respeitar os limites sonoros (55 decibéis) para áreas residenciais e mistas evitando-se algazarras e outras manifestações.

Assunto é pauta de Sessão Ordinária

João Missé, Presidente da Câmara Municipal Já no dia 31 de março, es- bas as partes, sem afetar tiveram presentes para acom- os munícipes, pois a negopanhar a Sessão Ordinária : ciação é a melhor solução, e Raimundo (Pizzaria Gui-Gui), que para isso ocorra devem Sr. Cruz (Pizzaria Alpes de ser ouvidos todas as autoriCajamar) e Edgar Brito (ACE). dades da cidade e também Em pauta o Requerimento nº uma comissão para analisar 21/2010 que expõe os dois este processo sem que haja lados em discussão, a dimi- prejuízos principalmente para nuição da violência e o preju- a comunidade cajamarense, ízo por parte dos comercian- e no final somente a cidade tes. O requerimento finaliza: de Cajamar possa ganhar e “Sendo que devemos chegar ser exemplo no cenário naem um ponto ideal para am- cional.”


08

1ª Quinzena de Abril 2010

Alvarás provisórios e isenções de taxas incentivam a abertura de novas empresas SERVIÇO DESBUROCRATIZA E FACILITA A ABERTURA E INSTALAÇÃO DE EMPRESAS, ESTABELECIMENTOS E ATIVIDADES ECONÔMICAS NO MUNICÍPIO; JÁ COM O MEI – MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL - É POSSÍVEL ABRIR UMA EMPRESA A CUSTO ZERO Por: Agnaldo Silva

Poder ter uma empresa funcionando rapidamente já emitindo nota fiscal, este é um dos objetivos da lei municipal que criou o Alvará Provisório em Cajamar. Hoje, uma das maiores dificuldades de quem abre uma empresa é justamente conseguir o alvará. O prazo antes era indeterminado e podia chegar até a um ano. O alvará permite que a empresa comece suas atividades regularmente, num primeiro momento. Com isso, a organização não precisa esperar a visita de todos os órgãos fiscalizadores, como Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Cetesb, entre outros, para começar a operar. De posse do documento de funcionamento a empresa poderá emitir a Nota Fiscal (Eletrônica), solicitar documentos para poder participar de processos licitatórios, como a Certidão Negativa de Débito, Certidão de Inscrição Municipal provisória. Tatiane Lopes Alves, chefe do Departamento de Receitas da Prefeitura de Cajamar, informa que o prazo para a liberação do documento provisório é de 10 dias, e cinco dias úteis para microempresa. O alvará tem prazo de validade e enquanto não vence, o processo é analisado pelas demais diretorias do município, que avaliará ou exigirá as vistorias necessárias. “O importante é que o empreendedor não vai precisar ficar correndo atrás da documentação, ou esperar todas as vistorias. Ele já poderá estar com as portas abertas fazendo negócio. Isso possibilita a empresa fazer caixa, inclusive já pagar as próprias taxas de abertura”, informa Tatiane. As Leis e decretos foram feitas em 2009, e a partir deste ano as pessoas estão tomando conhecimento. Já há na prefeitura vários pedidos de novas aberturas e a tendência é aumentar, informa a chefe da Receita.

Incentivos renderam título de Prefeito Empreendedor do Sebrae

Todos estes incentivos tributários fizeram parte uma série de itens que culminaram no prêmio o prefeito Daniel Fonseca recebeu no final de março o “Selo Prefeito Empreendedor”. Segundo Tatiane, Cajamar é pioneira na região nestes tipos de incentivos e confirma o espírito de vanguarda do prefeito em incentivar e disseminar a cultura do empreendedorismo na cidade. Tatiane: a desburocratização reduziu o prazo de abertura e instalaçao das empresas

Abertura de empresa a custo zero e isenção de taxas Conhecido como Micro Empreendedor Individual – MEI, nele são enquadrados as empresas cujo faturamento anual não ultrapasse R$ 36.000,00, média de R$ 3.000,00/mês; há o limite de um funcionário e de remuneração em um salário mínimo. A fim de incentivar e facilitar essa atividade empreendedora no município, no final de 2009, a prefeitura expediu a Lei Complementar 111, que inseriu um artigo no Código Tributário da cidade abolindo todos os custos e as taxas da Inscrição Municipal. O MEI é regido por uma

zero. Conlegislação clusão: federal. O MEI é regida por hoje uma custo menuma legislação sal, incluinpessoa do todos os pode abrir federal, o custo impostos e legalmenmensal incluindo e rápite até a Previtodos os dência, é de do uma impostos e até a R$ 57,00. empresa Previdência é de Além disso, a custo R$ 57,00. o Governo zero. Federal fez “Mesmo sendo um convênio com contadores de federal, o MEI tem que ser todo o país – em Cajamar há disciplinada pelos municípios, atualmente cinco escritórios e Cajamar fez a sua parte contábeis -, que fazem todo não cobrando taxa nenhuo processo de abertura da ma. Esta Lei veio para ajudar, empresa a um custo também principalmente, os empreen-

dedores que estão na informalidade”. Além da Lei de 2005 que isenta profissionais autônomos do ISS, esta mesma Lei, 111 de 2009, também isentou profissionais como cabeleireira, manicure, esteticista, entre outros da taxa de Vigilância Sanitária. Segundo Tatiane, tanto o alvará provisório como os incentivos para o MEI, promovem o formalismo, dando perspectiva futura de aposentadoria, disciplinando a atividade empresarial na cidade, pois em ordem e controle, todos ganham.

Alvará Provisório: agilidade e eficiência para o empreendedor Donizeti Aparecido Machado é o proprietário da Donni’s Bristô Restaurante, na Av. Deovair Cruz de Oliveira, em Jordanésia. O estabelecimento abriu em outubro de 2009 e atualmente passa por uma reforma de ampliação. “Não houve demora, foi tudo muito rápido. Enquanto tinha o alvará provisório já estava trabalhando normalmente. Hoje está tudo regularizado e em definitivo”, conta.

Para se conseguir o funcionamento provisório, são exigidos alguns documentos mínimos tanto de pessoa física, como jurídica. São eles: Pessoas Físicas: a)Declaração Cadastral de Pessoa Física em 2 (duas) vias; b)RG; c) CPF; d) Comprovante de Endereço; e) Carteira do Órgão de Classe, para profissionais liberais; f) Atestado Médico, para profissionais autônomos; g) Atestado de Antecedentes criminais, para profissionais autônomos; h) Declaração informando onde os veículos ficarão estacionados, para transportadores autônomos; i) Documento de Habilitação, para profissionais especializados.

Pessoas Jurídicas: a)Declaração Cadastral de Pessoa Jurídica, em 2 (duas) vias; b) Documento de Constituição da Pessoa Jurídica e Alterações; c) Cartão de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); d) RG dos sócios; e)CPF dos sócios; f) Comprovante de Endereço dos sócios; g) Capa do Carnê de IPTU; h) Contrato de Cessão de Uso de Imóvel Comercial, a título oneroso ou gratuito, e no caso de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optante pelo Sistema Tributário – Simples Nacional, previsto na Lei Complementar Federal n.º 123, de 14 de dezembro de 2006, poderão ainda, substituir tal documento por qualquer outro, desde que idôneo, que comprove o vínculo do proprietário do imóvel com a empresa. SERVIÇO: Mais informações poderão ser adquiridas: www.portaldoempreendedor.gov.br www.sebrae.com.br www.cajamar.sp.gov.br


1ª Quinzena de Abril 2010

09

Estudos revelam benefícios dos ovos para a redução de peso

Bianca Vilela é Personal Trainer e Fisiologista

UM DOS ESTUDOS TAMBÉM DERRUBA A IDEIA DE QUE O CONSUMO DE OVOS AUMENTA O COLESTEROL E AS GORDURAS SATURADAS Além de serem ingredientes cruciais de uma dieta saudável, os ovos ajudam a perder peso - de acordo com vários estudos divulgados durante uma reunião de biologia experimental em Washington. Um dos estudos também derruba a ideia de que o consumo de ovos aumenta o colesterol e as gorduras saturadas, que são as principais origens das doenças cardíacas. Segundo Nikhil Dhurandhar, professor do Departamento de Infecções e Obesidade do Centro Médico da Universidade da Louisiana, um grupo de mulheres, que consumiram dois ovos no café da manhã durante oito semanas, como parte de uma dieta, perdeu 65% a mais de peso. Além disso, a redução de massa de gordura na

Foto: www.sxc.hu

cintura foi 83% maior. Essas mulheres mostraram mais energia que outras, cujo café da manhã continha a mesma quantidade de calorias, mas sem ovos.

Outra pesquisa realizada por cientistas da Universidade Estadual de Iowa revelou que o consumo de colina é insuficiente entre a população americana. A

colina é um componente do ovo considerado como nutriente essencial para o funcionamento normal do cérebro e das células. O estudo acrescenta que

o consumo de colina entre mulheres grávidas, que precisam dessa substância para fortalecer o desenvolvimento dos fetos, é baixo. Calcula-se que dois ovos contêm 250 miligramas de colina, cerca da metade do total que o organismo necessita por dia. Outras fontes do nutriente são o fígado e o germe de trigo. Uma terceira pesquisa desafiou as restrições aplicadas ao consumo de ovos porque, supostamente, aumentam o risco de doenças coronárias, devido ao fato de serem fonte de colesterol e gorduras saturadas. De acordo com a análise realizada pela consultoria “Exponent”, a contribuição dos ovos para maior incidência de doenças cardíacas é “insignificante”. A pesquisa comparou o fator de risco dos ovos com

outros como idade, genética, hábito alimentar, tabagismo, consumo de álcool, pressão sanguínea, obesidade, diabetes e sedentarismo. Após uma revisão “exaustiva” dos principais estudos sobre as causas das doenças cardíacas, determinou-se que os ovos contribuem com apenas 0,5% para as doenças coronárias nos homens e em 0,4% nas mulheres. “Pesquisas como esta podem ajudar a mudar as limitações do consumo de ovos para evitar as doenças cardíacas, particularmente quando as contribuições nutritivas dos ovos são consideradas”, afirma o relatório.

Para mais informações e dicas de saúde acesse: www.biancavilela.com.br


10

1ª Quinzena de Abril 2010

Cajamar terá 15 vereadores em 2013 DOIS ANOS DEPOIS DE SUA INAUGURAÇÃO, A CÂMARA MUNICPAL JÁ FICOU PEQUENA. POR ESSE MOTIVO, UM PROJETO DE AMPLIAÇÃO JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO: CINCO NOVOS GABINETES E MAIS SEIS SALAS ADMINISTRATIVAS JÁ ESTÃO EM CONSTRUÇÃO A sede da nova Câmara Municipal de Cajamar foi um grande avanço no histórico do Legislativo cajamarense. Sua arquitetura é arrojada, moderna e estruturada realmente como uma Câmara. Dois anos após sua inauguração, a casa se vê na condição de dar mais um avanço em sua estrutura. A causa disso é que o espaço já ficou pequeno: a área administrativa pede uma reestruturação, pois nos dias de sessão os carros não cabem no estacionamento. Além disso, a PEC de 2009 institui para Cajamar a volta de mais cinco cargos eletivos. Em 2013, a Câmara de Cajamar será composta por 15 vereadores e, já pensando nisso, o presidente da Câmara, João Missé, resolveu dar início a um projeto de ampliação da casa. “Houve até uma expectativa de que esses cinco suplentes pudessem assumir o cargo ainda neste mandato, mas preferimos não correr o risco e nos adiantar, pra fa-

Média do público nas sessões aumentou

Construção dos novos gabinetes, arquivo e estacionamento com pavimentação

zer com calma e bem feito”, afirma. A reforma começou em dezembro de 2009 e a previsão é que se termine até o final deste ano. A área total que abrange a intervenção está em torno de 3.500 m². Serão construídos mais cinco novos gabinetes (com sala do assessor e banheiro), seis salas para a administração, uma sala para arquivo, novo estacionamento e pavimen-

tação da rua de acesso, na parte de trás do prédio. Após ficarem prontos os cinco novos gabinetes e até a chegada de seus novos ocupantes, em 2013, estas salas serão usadas pelas lideranças partidárias do município.

A expectativa de João Missé é que com essas reformas e ampliações, a casa seja ainda mais confortável para atender o público, como também seus servidores, que ali trabalham diariamente.

SERVIÇO: Câmara Municipal Telefones: 4446 - 6148/ 6054/ 6844/ 6866 Endereço: Av. Prof. Walter Ribas de Andrade, 555 - Centro

Segundo João Missé, um fato inédito e bom, e um dos incentivos desta reforma, é que quando a Câmara ‘desceu’ do antigo prédio na Rua Alexandrino Pinto da Silva, além do público ter acompanhado essa mudança, ele também cresceu e se renovou. Na antiga instalação, a média por sessão era de 20 pessoas. Hoje a média chega a 120 pessoas, lotando completamente o auditório. Ele atribui esse sucesso de participação popular às novas condições que a casa agora oferece: ar-condicionado, assentos, melhores condições audiovisuais, o que antes não acontecia. “Temos agora um ambiente aconchegante e convidativo para o cajamarense. Isso também é cidadania”, afirma. A frequência diária na sede do Poder Legislativo cajamarense também aumentou. “O vereador agora tem ‘endereço’. Antes o cidadão precisava se locomover até a

casa de seu vereador, ou nos encontros pela cidade falar rapidamente pelo vidro do carro. Agora ele pode frequentar a casa, falar com o vereador ou seu assessor.”. Além das visitações públicas, as instalações passaram a ser usadas não somente pelos vereadores, mas também para eventos e formaturas escolares, como foi o caso da Etec e das Escolas Anchieta. São utilizadas também pela prefeitura, por meio das Diretorias de Educação, Saúde, Meio Ambiente, e nas audiências públicas da Diretoria da Fazenda. Enfim, o lugar se tornou um espaço democrático. “Os eventos da prefeitura, que antes eram feitos no auditório da Natura, foram transferidos para o nosso auditório. A Câmara e a Prefeitura vão ser sempre gratas à Natura pelo tempo que nos atendeu. Agora temos o nosso próprio espaço e estamos melhorando cada vez mais”, finaliza o edil.


1ª Quinzena de Abril 2010

11

Pão caseiro

BEZÃO: APÓS TRABALHAR ANOS NO RAMO DE ENGENHARIA, MONTOU SUA PADARIA EM 99 A PADARIA PÃO GOSTOSO ACEITA ENCOMENDAS E FAZ ENTREGA EM DOMICÍLIO EM CAJAMAR E REGIÃO. E TAMBÉM ATENDE EVENTOS EMPRESARIAIS. INGREDIENTES

MODO DE PREPARO

1/2 xícara (chá) de leite

1) Bata os 5 primeiros ingredientes no liquidificador;

1 xícara (chá) de açúcar 1/2 xícara (chá) de óleo 1/2 colher (sopa) de sal 2 ovos 3 xícaras (chá) de farinha de trigo (sem fermento)

2) Coloque esse creme em uma vasilha e misture aos poucos a farinha de trigo e o fermento (dissolvido ou não, de acordo com o que diz o pacote), acrescente a mortadela ralada e misture; 3) Coloque em uma forma untada e enfarinhada e deixe em repouso por 2 ou 3 horas, até dobrar o volume da massa;

1 tablete ou pacote de fermento biológico

4) Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 20 minutos ou até que o pão esteja

Mortadela ralada a gosto.

corado, retire do forno e passe margarina.

Há 24 anos na cidade de Cajamar, Antonio Bezão (ou simplesmente Bezão), aos 53 anos comanda a Padaria Pão Gostoso no bairro do Polvilho. Bezão chegou na cidade por conta das ofertas de emprego na área industrial, onde atuou no ramo de condutores elétricos em projetos e engenharia de produção. Com participação efetiva na comunidade, conquistou muitos amigos atuando na Paróquia Nossa Senhora da Alegria, também no bairro do Polvilho. “Quando saí do ramo industrial, participei da implantação dos sucos de frutas

(néctar) no Brasil. Trouxemos o suco Del Valle, tomei gosto pelo comércio e montei meu próprio negócio.” Em 99 Bezão montou sua padaria, apostando no crescimento do ramo de panificação em Cajamar, Bezão atende pessoalmente seus clientes e amigos; seu comércio atende o varejo e atacado e faz entrega em diversas empresas da região. Apaixonado por futebol, Bezão comemora a fase excelente do Santos. SERVIÇO: Padaria Pão Gostoso Av. Tenente Marques, 1803 Tel.: 4448-0728


12

1ª Quinzena de Abril 2010

CELSO RUSSOMANO,53, É DEPUTADO FEDERAL, JORNALISTA E BACHAREL EM DIREITO

Dicas para utilizar os serviços de Hotel

SE OCORRER ALGUMA SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ PERCEBA QUE FOI ENGANADO, EXIJA QUE O SERVIÇO CONTRATADO SEJA CUMPRIDO Vamos às dicas para utilizar os serviços de um Hotel na sua próxima viagem: • procure pesquisar em revistas, guias especializados, e pela internet sobre a infra-estrutura do local, como, por exemplo, são as acomodações; os serviços de lazer, inclusive se possuem monitores para acompanhar as crianças nas atividades oferecidas; refeitório; sala de TV; etc.. Ainda assim, não acredite totalmente nas fotos divulgadas nos sites, pois elas podem não corresponder à realidade. Uma boa dica é conversar com os serviços de taxista, com a Secretaria do Município e a do Estado; • certifique-se de que no preço da diária esteja incluído o café da manhã. Pergunte também se há uma refeição por dia; • ao comprar um pacote turístico, peça, por escrito, o roteiro detalhado dos dias e horários, e daquilo que você

tigo 35 e incisos, do Código de Defesa do Consumidor - CDC). Na falta de acordo, reúna as provas que tiver em mãos (nota fiscal, fotos que registram as condições do hotel, e todo material de publicidade), e faça uma reclamação em um

Órgão de Defesa do Consumidor, como, por exemplo, o Inadec – Instituto Nacional de Defesa do Consumidor. Você poderá também ir a Delegacia de Polícia mais próxima do estabelecimento, e fazer um Boletim de Ocorrência.

FAÇA SUA PARTE

deve fazer a cada momento; • veja a classificação do hotel junto à EMBRATUR. Consulte o site: www.turismo.gov.br. Este sistema garante que seja cumprido o serviço que está sendo oferecido; • verifique o preço da diária, e o preço das despesas extras, como passeios, serviços de lavanderia, etc. Pergunte se é cobrada a taxa de

serviço, os 10% sobre o valor total da conta. Ela só pode ser cobrada se constar na Convenção Coletiva de Trabalho, homologada pelo Ministério do Trabalho ou em Juízo, e tem que estar à disposição do Consumidor. Caso contrário, não é obrigatório o pagamento. Se ocorrer alguma situação em que você perceba que foi enganado, como, por exemplo, o chuveiro não funciona, a

cama é desconfortável, etc., exija que o serviço contratado seja cumprido, ou pela sua re-execução (troca de apartamento dentro do período acertado e, na falta de vaga, pagamento de hospedagem em outro hotel), ou pela restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, ou pelo abatimento proporcional do preço (Amparo Legal: artigo 20 e incisos; ar-

Lembre-se: o estabelecimento comercial é obrigado a emitir a nota fiscal pelo serviço prestado. Constitui crime contra a ordem tributária não fornecer Nota Fiscal (Amparo Legal: artigo 1º, inciso V, da Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990 – Pena: reclusão, de dois a cinco anos, e multa). Importante: as afirmações falsas ou enganosas sobre o serviço, e as promessas publicitárias não cumpridas caracterizam crime (Amparo Legal: artigo 66, e 67, respectivamente, do CDC – Pena: detenção de três meses a um ano e multa). Fique atento: as provas são a sua garantia, na falta de acordo, de ingressar com uma ação na Justiça.


14

1ª Quinzena de Abril 2010

ANIMAIS NA AVENIDA - Cavalos pastam a beira da Avenida Tenente Marques, próximo ao grande fluxo de automóveis

Nota Fiscal Eletrônica será brigatória para 92 mil estabelecimentos em Abril A partir de 1/4 cerca de 92 mil estabelecimentos de São Paulo serão obrigados a emitir a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) em substituição à nota fiscal em papel modelo 1. Nesta fase, as empresas que estiverem enquadradas em 239 CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) serão credenciadas automaticamente no ambiente de produção da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo e, desta maneira, não poderão mais emitir notas em papel a partir desta data. São CNAE relativas, em grande parte, a setores econômicos que já estão obrigados à NF-e por conta das atividades efetivamente exercidas. As informações sobre a obrigatoriedade e credenciamento para emissão de NF-e estão disponíveis à pági-

HOTEL TURISMO PÃO PADARIA CÂMARA AMPLIAÇÃO RESTAURANTE CAFÉ COMERCIANTES ALVARÁ PREFEITO OVO MORUMBI APRENDIZ TSUNAMI TRÂNSITO POPULAÇÃO PALESTRA VEREADOR CAJAMARILDO CARDÁPIO

na www.fazenda.sp.gov.br/nfe. O calendário de obrigatoriedade entra em nova etapa em 1º/7 deste ano com o enquadramento de empresas de mais 68 CNAE que correspondem a 69,8 mil estabelecimentos e abrangem setores do comércio atacadista de

papel, fabricação de móveis, lâmpadas, entre outros. O cronograma se encerra em outubro 1º/10, com a inclusão na obrigatoriedade de mais 56,7 mil estabelecimentos enquadrados em 249 códigos de classificação de atividades econômicas referentes a se-

tores com os de lapidação de gemas, impressão de jornais e confecção de roupas íntimas, por exemplo. Desta maneira, até outubro de 2010, São Paulo terá cerca de 200 mil empresas emitindo notas fiscais eletrônicas. A Nota Fiscal Eletrônica é um projeto de âmbito nacional do qual participam todos os Estados, Distrito Federal e Receita Federal. Seu objetivo é reduzir custos, simplificar obrigações acessórias dos contribuintes e, ao mesmo tempo, possibilitar um controle em tempo real das operações pelo Fisco. Até o momento foram emitidas no país mais de 848 milhões de Notas Fiscais Eletrônicas sendo que, deste total, 281 milhões só no Estado de São Paulo. Fonte: http://www.fazenda.sp.gov.br


1ª Quinzena de Abril/2010

15

PALIO Gasolina, 1997, azul, 1.6, 4p, R$ 12.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 STRADA, FIRE Gasolina, 2005, branco, 1.3, 2p, R$ 20.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

CAMINHÃO FIAT 190 1985/1985 branco $ 45.000,00 cavalinho engatado ou não carreta randon sr grtr branca 1991/1991 – $ 20.000,00 com pneus. Tr. Kilma Tel.: 4407-1860 FIAT 190 1978/1978 branco, motor novo –engatado ou não r$ 35.000,00 carreta randon sr 1991/1991 vermelha – com pneus R$ 23.000,00. Tr. Kilma Tel.: 4407-1860 VOLVO / N 10 TURBO II 1987/1988 vermelho , câmbio novo – engatado ou não $ 55.000,00 carreta reb/ a guerra azul 1995/ 1995 . $ 30.000,00. Tr. Kilma Tel.: 4407-1860

CHEVROLET CORSA SEDAN 2002 Álcool, branco, 1.0, 4p, ac. R$ 15.990,00. Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 CORSA GL SEDAN Gasolina, 1996/1997, verde, 1.6, 4p, ar. Dir. Te r$ 14.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 CORSA WIND Gasolina, 2002, cinza, 1.0, 4p, al. Te. Lt. Dt, r$ 16.000,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 KADET GL 1995 Veremlho, 1.8, gás, 2p, rl R$ 7.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 MONTANA COMQUEST Flex, 2004, prata, 1.8, 2p, R$ 23.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 S10 ST Gasolina, 2000, prata, 2.2, 2p, R$ 20.000,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 VECTRA GL Gasolina, 2000, azul, 2.0, 4p, completo, R$ 19.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

FIAT DOBLO ELX Flex, 2007, preto, 1.8, 4p, completo, R$ 33.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 DOBLO FIRE Gasolina, 2002, verde, 1.3, 4p, dh.ve.te R$ 24.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 PALIO SELEBRATION Flex, 2008, preto, 1.0, 4p, R$ 25.000,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 PALIO WEEKEND Gasolina, 2000, verde, 1.0, 4p, R$ 12.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

STRADA FIRE Flex, 2008, branco, 1.4, 2p, R$ 23.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

R$ 13.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

SANTANA CLI Gasolina, 99, azul, 1.8, 4p, R$ 16.900,00

03 dorms (01 suíte), sala, cozinha, varanda, lavabo, garagem, despensa, salão de 100m², casa com 500m² de construção, 500m² de terreno.R$300.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

Aliança Imóveis – Fone: 44484518

– Fone: 4448-4518

ALPES DE CAJAMAR 175 m². R$35.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

ALUGUEL SALÃO DE COMERCIAL

JD.ADELAIDE R$80.000,00,Aceita permuta. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

ALPES DE CAJAMAR 302 m². R$90.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

JORDANÉSIA piso superior 160 metros quadrados tel: 4447-5450 falar com alceu. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

JD. MURIANO R$70.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

VENDA APARTAMENTOS

Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

SANTANA Gasolina, 2000, vermelho, 2.0, 4p, R$ 17.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

FORD FIESTA SUPERCHARGER Gasolina, 2007, preto, 1.0, 4p, dh.ve.te. al. dt, R$ 23.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 FUSION SEL Gasolina, 2006, prata, 2.3, 4p, complete, R$ 42.000,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

VENDA TERRENOS VENDA CASAS COLINAS DA ANHANGUERA 02 dorms, sala, cozinha, wc, lavanderia e garagem. R$110.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

KIA SPORTAGE Turbo diesel, 2001, preto, 2.0, 4p, completo, R$ 28.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

MITSUBISHI PAJERO TR4 Gasolina, 2000, prata, 1.8, 4p, completo R$ 28.000,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

RENAULT CLIO Gasolina, 2000, azul, 1.6, 4p, R$ 13.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

TOYOTA COROLA Flex, 2008, preto, 1.8, 4p, completo, R$ 39.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

VOLKSWAGEM FUSCA ITAMAR Bege, 1., gás, 2p, R$ 17.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 GOL G3 Gasolina, 2000, branco, 1.6, 4p, dh, R$ 16.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 GOL G4 Flex, 2006, cinza, 1.0, 4p, R$ 18.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 GOL G4 Flex, 2006, cinza, 1.0, 4p, R$ 18.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 GOL G4 Flex, 2006, cinza, 1.0, 4p, R$ 18.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 GOL MI SPECIAL Gasolina, 2003, preto, 1.0, 2p, R$ 13.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568 GOL MI Gasolina, 1998, cinza, 1.0, 2p, R$ 11.500,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

JARDIM ADELAIDE 04 dorms (01 suíte), sala 02 ambientes, cozinha, salão para festas, garagem, varanda, piscina, 600m² de área construída. R$ 300.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 CAPITAL VILLE 02 suítes c/ sacada, 01 dorm, sala de jantar, sala de TV, lavabo, dispensa, lavanderia, cozinha, área, 253m² de área construída. R$550.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA 03 dorms, 02 banheiros, 01 salão, 01 churrasqueira com fogão, sala, cozinha R$ 180.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 POLVILHO casa com 06 cômodos e um salão na frente, mais 01 cômodo e 01 banheiro R$130.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 COLINAS DA ANHANGUERA 03 dorms (01 suíte), 02 salas, 01 cozinha, 01 wc, 01 lavabo. R$300.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA R$ 110.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 POLVILHO 240 m² de área construída, piso térreo, 02 dorms, cozinha, 01 banheiro, lavanderia, piso superior, 02 dorms (sendo 01 suíte), 01 sala, 01 banheiro, 01 lavanderia e cozinha. R$170.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PANORAMA R$55.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE PARAÍSO parte inf: 01 cozinha, sala de jantar, 01 dormitório, 01 wc. parte sup: 02 dorms, cozinha, sala, wc. R$70.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

KOMB ST

Gasolina 2000, Branca, 1.6, 3p, R$ 17.900,00 Tel.: 4408-5562 / 4448-4568

PARATI CLI Gasolina, 98, verde, 1.6, 4p,

JARDIM PRIMAVERA 125m², 5x25, R$95.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE PARAÍSO

FAZENDINHA 5x50, 250,00 m², R$ 5.000,00 de entrada e o restante parcelado. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PANORAMA A partir de 125m² com financiamento!!! Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PORTAL DOS YPÊS 7x20, 140m², R$28.000,00 + transferência de dívida. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE DOS PINHEIROS R$28.000.00 + transferência de dívida. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE DOS PINHEIROS R$25.000,00 + transferência de dívida. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA 5x27,5 - 137 m². R$ 20.000,00 de entrada e o restante parcelado! Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA 5x27,5 - 137 m². R$ 22.000,00 de entrada e o restante parcelado! Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

ALPES DE CAJAMAR 02 dorms, sala, cozinha, banheiro, lavanderia. R$ 75.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 RESIDENCIAL VISTA VERDE R$28.000,00 de entrada mais r$46.000,00 de dívida. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 RESIDENCIAL VITÓRIA Com fianciamento pela caixa! R$90.000,00

VENDA DE CHÁCARAS PANORAMA casa com 03 dorms (02 suítes), sala, cozinha, churrasqueira, piscina, 1.500 m² de área total. R$250.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

ÁREA INDUSTRIAL POLVILHO 2.640 m² - R$280.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 FOREST VILLE À partir de R$55.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE DOS PINHEIROS Com construção e projeto! R$48.000,00 mais parcelas de R$520,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM PRIMAVERA 4 terrenos no total de r$500m ² R$120.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 CAPITAL VILLE 1.200 m², R$ 75.000,00. Com financiamento pela Caixa Econômica. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 JARDIM ADELAIDE 5x40, 200 m², R$30.000,00.

Grande variedade de cor e modelos. Belíssimas, com strass, nadador, últimas tendências. Ótimos preços e condições de pagamento. Pronta entrega. Não perca. Fone: 6394-5673

PONUNDUVA casa com 03 dorms, sala, cozinha, lavanderia, churrasqueira, espaço para piscina, toda varandada. R$160.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 CAMPO LIMPO PAULISTA Condomínio fechado, 1000m², casa de 03 dorms, sala, cozinha, banheiro, piscina, lavanderia, total infra estrutura! R$180.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 CHACARA NO PONUNDUVA 20X50, 1000 M², valor R$22.000,00. Aceita proposta e parcela.

ÁREA INDUSTRIAL POLVILHO 1.050 m² - R$130.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 ÁREA INDUSTRIAL POLVILHO 1.640 m² - R$150.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518

VENDO LINGERIES

LOCAÇÃO GALPÃO PARQUE PARAÍSO 840m², Energia 99kva, R$7.500,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE PARAÍSO 750m², Energia 99 kva, refeitório, vestiário, escritório. R$ 8.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 PARQUE PARAÍSO 450m², energia 99 kva, R$3.000,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 TENENTE MARQUES 300m². R$3.500,00. Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 GALPÃO PARA LOCAÇÃO NO GATURINHO 1200 M², valor R$12,00 O M². Aliança Imóveis – Fone: 4448-4518 GALPÃO PARA ENDA NO GUATURINHO 1200 M², VALOR R$1.500.000,00. Aliança Imóveis

ASSIST. FINANCEIRO Feminino, experiência em toda rotina. Trabalhar na Fazendinha. Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 MARCENEIRO Experiência em marcenaria para móveis finos, residir nas proximidades de Cajamar. Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 MOTORISTA Conhecimento em São Paulo, Grande São e interior, com curso MOOP. Disponibilidade de horário. Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 NUTRICIONISTA Experiência em cozinha Industrial, com Habilitação e disponibilidade para viagem. Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 SERRALHEIRO Com experiência em toda rotina. Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791 ELETRICISTA INDUSTRIAL Experiência em toda rotina, possuir curso (NR10). Trabalhar em Santana de Parnaíba. Contato: Néia Silva grh.empregos@uol.com.br Fone: 4448.1555 / 2330/ 1791


16

1ª Quinzena de Abril 2010

Jovem empreendedor apresenta seu cardápio refinado EMPRESÁRIO APOSTA NO CRESCIMENTO DA CIDADE E INVESTE PARA ATENDER CLIENTES EXIGENTES Leonardo Tribuna completará 27 anos dia 22 de abril, mas a pouca idade não corresponde à experiência que o jovem empresário conquistou ao longo de sua trajetória. Formado no curso superior de Gestão Executiva em Gastronomia pela FMU, há pouco mais de 2 anos, quando se mudou para Cajamar, teve a visão empreendedora e vontade de crescer. O proprietário do Café do Léo conta como adquiriu conhecimento para encarar o seu próprio negócio: “Estudava de manhã, fazia estágio no período da tarde e trabalhava como garçom a noite para pagar os estudos”, diz Léo. Chegando na cidade, seu atendimento limitava-se a servir cafés, bolos e doces. A esposa Paula, formada em nutrição cuida do preparo dos bolos e auxilia nas demais atividades do dia-a-dia. O que motivou o jovem

“Estudava de manhã, fazia estágio no período da tarde e trabalhava como garçom a noite para pagar os estudos” empreender em Cajamar foi a chance de ser pioneiro no ramo. “Aqui as pessoas tinham uma carência de um ‘Café’. Estabelecimentos como esses em São Paulo

são muito bem freqüentados e clientes com esse perfil tem em qualquer lugar, Cajamar não é diferente, e nossos produtos são preparados de forma caseira,

garantindo a satisfação do cliente”, diz Léo. Seus trabalhos em restaurantes conceituados e franquias de sucesso, sempre motivaram seus pensa-

mentos alçarem vôos mais altos. Hoje, além dos deliciosos bolos, doces, salgados e cafés, o ambiente bem decorado também serve almoço aos clientes. Léo prepara

tudo. “Pela manhã faço as compras, os produtos são frescos e a comida preparada na hora; não trabalho com cardápio, para garantir a qualidade eu ofereço o que encontro de melhor no mercado. Com os produtos que tenho, o cliente faz o pedido”, finaliza Léo. Apostando no potencial da cidade, Léo também participa de eventos e festas particulares. Seu empreendedorismo pretende alcançar os lares dos seus clientes, com o serviço de Personal Chef. Léo aposta que os jantares entre amigos terão um toque especial sem muito trabalho e com muito profissionalismo. Esse serviço consiste em fazer o jantar por completo e a negociação é flexível, de acordo com a necessidade do cliente. SERVIÇO: Café do Léo Bar e Grill Tel.: 7808-4219 / 8544-9303 Av. Ver Joaquim P. Barbosa, 174 A


ed 05 BOLETIM DA ACE