Issuu on Google+


Editorial O Cliente como Centro de nossas ações

ABS News Expediente ABS News é um informativo Institucional da ABS Pecplan ABS Pecplan Importação e Exportação Ltda. Rod. BR 050 - Km 196 - Delta MG / CEP 38108-000 (34) 3319-5400 - www.abspecplan.com.br Jornalista Responsável Adriana Dorazi dos Santos MTB 31570 assessoria@absnet.com.br Coordenação Livia França - Gerente de Comunicação Projeto Gráfico e Diagramação www.nativapropaganda.com.br

As duas novidades que o ABS News apresenta nesta edição irão, definitivamente, mudar a forma de olhar para o futuro do seu rebanho e todos os índices que podem afetar seu resultado econômico. Em tempos de custo de produção nas alturas, cada detalhe conta. E é exatamente esta a nossa preocupação. A primeira novidade é o ABS Monitor, um inovador sistema de gestão de rebanhos através do qual você poderá contar com ferramentas exclusivas na sua tomada de decisões. Com uma interface de utilização muito amigável, permitirá que qualquer produtor de leite usuário do programa possa ter o desempenho reprodutivo e produtivo do seu rebanho em um simples apertar de teclas e poderá tomar decisões de profundo impacto. A segunda novidade é o Índice Real Matinha, uma atitude de puro pioneirismo e inovação que o Rancho da Matinha e a ABS Pecplan disponibilizam de forma inédita. Índice econômico que seguramente irá gerar benefícios para toda pecuária nacional. O ABS Monitor e o Índice Real Matinha são frutos da determinação incansável da ABS Pecplan em levar a sério valores que definem com muita transparência o trabalho de nossa empresa. O primeiro e mais importante deles é a Centralidade do Cliente. Ainda nesta edição você poderá ver nossa maratona distrital  em agosto na qual, durante 4 semanas, recebemos cada  um dos 7 distritos da empresa no Brasil para planejar o futuro. Tenha a certeza que ele será brilhante para todos. Uma boa leitura!

Márcio Nery Diretor Geral ABS Pecplan Pág. 2


ÍNDICE

04 07 12 14 17 19

Associação Holstein EUA Lança Novo “True Type” & Mudanças no Sistema de Classificação de Tipo Leite Europeu

Banho de Leite ABS no torneio leiteiro AGROLEITE 2012! Agroleite 2012

ABS Pecplan marca presença no Congresso Mundial do Gir Leiteiro Congresso Leite

ABS Monitor: novo conceito em serviço de monitoramento de rebanhos leiteiros ABS Monitor

ABS presente: ASBIA realiza Simpósio sobre Inseminação Artificial durante a reunião da SBTE ASBIA

FY 2013: ABS Pecplan realiza as Convenções Distritais com balanço positivo Convenções 2012

24 31 36 38 42 44

Tour Corte ABS Pecplan 2012: grupo traz novas experiências na bagagem Corte Europeu

Simental Americano: A qualidade da raça é apresentada ao grupo de viagem da ABS Corte Europeu

Expointer termina com recorde de mais de R$ 2 bilhões em vendas Expointer

Decisões de Peso com perfume de flor Cliente do Mês

Rancho da Matinha lança o “Índice Real Matinha” durante o leilão da ExpoGenética ExpoGenética

Mega Leilão Matinha arrecada mais de R$ 2 milhões ExpoGenética

Pág. 3


LEITE EUROPEU

Associação Holstein EUA Lança Novo “True Type” & Mudanças no Sistema de Classificação de Tipo por Kátya Castro, Zootecnista, Técnica Leite ABS Pecplan

A 127ª. Reunião Anual de Negócios da Associação Holstein USA deixou sua marca na história do Gado Holandês dos Estados Unidos. Ocorrida em conjunto com a Convenção Anual da Raça, junho deste ano em Springfield, Mo. Além das discussões usuais sobre a indústria do leite e eleição de Diretores, resoluções de grande importância nos rumos da criação de Gado Holandês nos EUA foram determinadas. O grande destaque da reunião foi a divulgação dos quadros do novo Modelo Ideal de Vaca & Touro Holstein dos EUA , o chamado “True Type” - carinhosamente apelidados por sua artista criadora de “Romeu & Julieta” ! Conforme declarado pelo Presidente da

Uma obra de arte 125 anos em formação...

Holstein USA Chuck Worden, “A última vez em que as imagens do touro e da vaca holstein ideal foram atualizados foi nos anos 70. Queremos uma imagem que o produtor de leite de hoje possa associar a um animal que seja o reflexo de um animal moderno, eficiente e atrativo, que é o Holstein registrado dos EUA. “ O projeto todo demorou seis meses para criação e pintura executados pela renomada pintora Bonnie Mohr, que foi criada em fazenda de leite. No endereço do Blog a seguir há um vídeo muito interessante mostrando a perfomance da artista nas fases de criação deste grande projeto do início ao fim, vale a pena conferir: http://holsteinmasterpiece. blogspot.com.br

Pág. 4


“É um momento doce e amargo com certas pinturas quando você compara o projeto completo às suas expectativas e antecipação do que seria e com o que se pareceria. Contudo, eu sinto um prazer com ambas as pinturas da Vaca e do Touro Ideal. Minha jornada estará realmente completa quando alcançar a aprovação dos criadores de holandês e homens e mulheres da indústria do leite! Mais uma vez eu gostaria de agradecer a todos que me envolveram neste projeto e pela oportunidade que me foi dada” – destacou Bonnie Mohr como sendo o mais importante projeto de pintura de vaca de toda a sua carreira. Através do blog da pintora, futuramente cópias oficiais e autografadas poderão ser adquiridas, nas figuras acima vemos as pinturas originais do novo modelo “True Type” Holstein dos Estados Unidos.

Mudanças no sistema de classificação de tipo O sistema de Avaliação Genética da Hosltein USA é tido atualmente como o maior e mais representativo entre os testes de progênies realizados pelo mundo todo, devido ao grande volume de dados de produção e conformação computados pela Associação em conjunto com os órgãos de pesquisa agropecuária do governo Americano USDA e AIPL. Em 2011 foram registrados 360.149 animais, um aumento de mais de 20.000 registros sobre 2010. A Associação Holstein USA que tem como marca registrada o lema “Holstein USA registrado para lucratividade máxima”

informou que na última vez em que tais números foram alcançados existiam bem mais do que 120.000 fazendas de leite nos Estados Unidos e hoje essa marca em registros está sendo atingida com apenas metade delas. Em fevereiro de 2011 mudanças no padrão de Avaliação da Estatura de vacas no Sistema de Classificação de Tipo, já haviam sido anunciadas, segundo John Connor, Diretor da Avaliação de Tipo da Holstein USA, as estatísticas demonstraram que a vaca holandesa está ficando mais alta e problemas de remodelagem de estábulos e contenção de freestall e tiestall para acomodar as vacas maiores começam a ocorrer, por isso novas

Pág. 5


políticas estão sendo adotadas pela Associação. Estatura é a característica de maior herdabilidade mensurável “0,42” , por isso os efeitos da seleção continua para estatura e podem ser facilmente quantificados na população. Segundo dados da Associação, a média em STA da população de touros disponível em fevereiro de 2006 era +0,74 (Alto) e em dezembro de 2010 +1,33 (Alto). E ainda acrescentando os valores da mudança da Base Genética janeiro 2010 de +0,70 , a mudança real no STA Estatura é +1,29. Na Escala Linear esta conta nos mostra uma mudança muito significativa de +2,33 pontos lineares, ou seja, cerca de meia polegada a mais em menos de 5 anos. Para Connor a real mensagem de tudo isso é “Não desejamos que a raça Holstein siga continuamente progredindo numa direção que resultará em vacas extremamente altas que precisem ser alojadas e manejadas de forma diferente da maioria do rebanho, apenas para mantê-las no rebanho”. Algumas recomendações foram aprovadas nesta recente Conferência Nacional de Gado Holstein dos Estados Unidos, feitas pelo Comitê do Conselho de Tipo da Associação, e estão sendo alteradas no Programa de Classificação de Tipo dos EUA:

• Alteração da escala linear para Estatura no Sistema de Classificação de Tipo, onde 1,40m (56 polegadas) será igual a 25 pontos, valor intermediário na escala que vai de 1 a 50 pontos. • Mudança do peso do conjunto de Pés e Pernas no Score Final de Classificação para 20%, com 5% deduzido da avaliação do conjunto Trem Anterior/ Capacidade. • Classificadores farão redução nos pontos para Tetos Curtos e Tetos Posteriores Próximos. • O Comitê de Progresso Genético considera introduzir Comprimento de Tetos na fórmula do Composto de Úbere. *Fonte: http://www.holsteinusa.com/news/press_ release2012.jsp#pr2012_12

No encerramento da Convenção Anual Holstein, o Secretário Executivo da Associação John M. Meyer, comentou: “Ao refletir sobre as mudanças da indústria de leite do passado e pensar no que poderia ser iminente, meus pensamentos se voltam para o grande Walt Disney, que disse:” Sempre estar em estado de se tornar. “Eu gosto da citação, porque nos remete a buscar sempre pela excelência e a olhar para as oportunidades que se colocam entre os desafios.”Os novos padrões de Gado Holandês que estão sendo adotados pela Associação Holstein USA são provas de que o modelo ideal de vaca nos Estados Unidos realmente está mudando, e isso deverá alterar o rankeamento de Touros e Vacas por Tipo e TPI , bem como sua seleção. E também demonstram uma orientação clara que reflete a busca por uma vaca além de muito lucrativa, que facilite o manejo e agregue grande valor a sua criação, e pelo novo modelo já se mostra como uma vaca que tem em sua expressão um sistema mamário que alia capacidade de produção e longevidade além de muita força leiteira !

• 56 polegadas ou 1,40 m passa a ser o Ideal em estatura em Vacas Holstein de primeira cria, e que a estatura em vacas holstein primíparas seja avaliada como as Caracaterísticas de “Mão Dupla” onde o intermediário (mediano) é o valor “Ótimo”. • Vacas holstein de primeira cria terão um intervalo aceitável em estatura de 53-59 polegadas, ou seja, 1,32 a 1,475 m Pág. 6


AGROLEITE 2012

Banho de Leite ABS no torneio leiteiro AGROLEITE 2012! Vitrine da tecnologia do leite no Brasil, a 12ª edição da Agroleite foi realizada entre os dias 6 e 11 de Agosto em Castro, no Paraná. A feira bateu recorde de público e negócios, com mais de 80 mil pessoas presentes vindas de diversos estados do Brasil, Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, Canadá, Holanda, Áustria, Nova Zelândia entre outros países. A equipe do Departamento Leite da ABS Pecplan, em conjunto com os representantes regionais, fizeram o atendimento dos produtores no novo estande da empresa que ficou muito movimentado durante todos os dias do evento. Participaram neste ano Klaus Hanser de Freitas, Helio Vaz Rezende, Marcelo Mamedes, Edgard Neto, Rogério Pelissari, Wellian Sleutjes e Katya Castro, representando o corpo técnico. O Distrito Sul esteve presente com Fernando Custódio - PV Lapa, Lucas Yano - PV Paranavaí, Cleber Cruz - PV Realeza e os regionais Francisco Vanelli de Chapecó-SC, Diego da Regional Cascavel, Rogério Guanaes de Garça-SP e Ademilson, da Regional Castro, contando com apoio da Gerente de Marketing Livia França e do novo vendedor Mathias Rabe “Nossa participação foi um sucesso, com equipe e área maior, entrada mais próxima ao corredor de circulação do público. Nesse ano, pela primeira vez no Distrito Sul, contamos com a participação da Gerente Livia França que pode conhecer a feira de perto. Destaco também o profissionalismo e competência de Ana Paula e Dona Ana na

Pág. 7


administração do estande”, comenta Ricardo Koyama, Gerente de Negócios – Distrito Sul. “Recebemos delegações de vários locais do Paraná, caravanas de Santa Catarina e do Estado de São Paulo que compareceram em grande número. Nessa Agroleite lançamos o Gillespy, que foi um sucesso em vendas. Parabéns a todos e obrigado pela colaboração”, completa. Grandes Conquistas Pelo segundo ano consecutivo, a progênie de touros ABS “faturou” o grande campeonato geral no torneio leiteiro. Este ano as filhas dos touros TOUCHDOWN, SHOTTLE E BOLIVER foram destaque encabeçando as categorias de novilha, vaca jovem e vaca adulta. Marcello Mamedes, Técnico do Departamento Leite da ABS Pecplan, foi quem registrou das conquistas na raça Holandês. O animal FINI SHOTTLE NETTE 9570 foi Campeã da Categoria Novilha produzindo uma média de 67,67 kg/dia. NETTE foi um dos animais mais comentado do torneio visto a qualidade de seu sistema mamário, literalmente uma verdadeira usina de produzir leite em úberes espetaculares como pode ser visto ao lado.

Stand ABS

. Na categoria vaca jovem uma filha de BOLIVER ficou com o segundo lugar, trata-se de FINI BOLIVER MAAIKE 9496 com produção media de 63 kg/dia.

Já na categoria vaca adulta o animal FINI TOUCHDOWN NETTE 5564 ficou com o titulo de campeã vaca adulta e grande campeã geral do torneio com média de 84 kg/dia.

Detalhe da Touchdown, Shottle e Boliver

Pág. 8


CAMPEONATO BEZERRA MENOR

Jersey ABS

Campeã: LARISSA IATOLA CRISTINA EJL - JOÃO LUIZ CAVARALLI – COSMORAMA/SP

Juiz: Brian Carscadden – Canadá

4º. GRACYANE IATOLA DA WACA - NELCI MAINARDES – CASTRO/PR

9º. GARAIE FTD DE SIMÃO - MATEUS SIMÃO – CASTRO/PR

Pág. 9


CAMPEONATO BEZERRA JUNIOR 3º. TAQUARAL INDIA LEGAL 650 - ALBERT CRISTIAAN KOK – JAGUARIAIVA/PR

3º. V.F.O. IVANI FIFI IATOLA - JOÃO LUIZ CAVARALLI – COSMORAMA/SP

Reservada Campeã: RENATA IATOLA DA WACA NELCI MAINARDES – CASTRO/PR

CAMPEONATO NOVILHA MENOR

CAMPEONATO NOVILHA INTERMEDIÁRIA

Campeã: LELE BLADE RUNNER JERSY CONTENDA AGROBULL LTDA – LOANDA/PR

Campeã: SARYTA JURISDICTION DA WACA - NELCI MAINARDES –CASTRO/PR

CAMPEONATO BEZERRA INTERMEDIÁRIA 6º. MONTANA HALLMARK FTD DE SIMãO - MATEUS SIMãO – CASTRO/PR

Reservada Campeã: ATEQUENFIM BABY VINDICATION - JOÃO LUIZ CAVARALLI – COSMORAMA/SP CAMPEONATO NOVILHA JUNIOR

CAMPEONATO FÊMEA JOVEM Reservada Campeã: LELE BLADE RUNNER JERSY CONTENDA - AGROBULL LTDA – LOANDA/PR

Campeã: TSV ESTRELA IATOLA - CONDOMINIO JERSEY PARANA

CAMPEONATO BEZERRA SÊNIOR Reservada Campeã: MISTIKA IATOLA DA WACA NELCI MAINARDES – CASTRO/PR

Pág. 10


3º. LARISSA IATOLA CRISTINA EJL - JOÃO LUIZ CAVARALLI – COSMORAMA/SP

CAMPEONATO 3 ANOS JUNIOR 5º. TSV EXTREMA JURISDICTION - CONDOMINIO JERSEY PARANA

CAMPEONATO 1 ANO PARIDA 5º. 183 VIOLETA JUST IATOLA DE SIMAO - MATEUS SIMAO – CASTRO/PR

CAMPEONATO 2 ANOS JUNIOR

CAMPEONATO 3 ANOS SÊNIOR Campeã: GERDA VINDICATION GABRIELA DA CAPELA NOVA - FAZENDA CAPELA NOVA / SM AGROPECUARIA LTDA

3º. ELOYSE JURISDICTION DA WACA - NELCI MAINARDES – CASTRO/PR

CAMPEÃ TORNEIO LEITEIRO: 32 FANI RUEBEN DE SIMÃO, DO EXPOSITOR MATEUS SIMÃO (CASTRO/PR), com média diária de 48,91 litros.

4º. V.F.O. ISA BRENDA LEE IATOLA - JOAO LUIZ CAVARALLI – COSMORAMA/PR

5º. GRENDA M . S IATOLA DE SIMAO - MATEUS SIMÃO – CASTRO/PR

CAMPEONATO CAMPEÃ VACA JOVEM CAMPEONATO 2 ANOS SÊNIOR Reservada Campeã: ATEQUENFIM PINKY CRISTINA IATOLA - JOAO LUIZ CAVARALLI – COSMORAMA/PR

3ª. Melhor: GERDA VINDICATION GABRIELA DA CAPELA NOVA - FAZENDA CAPELA NOVA / SM AGROPECUARIA LTDA - ITAÚNA/MG

Pág. 11


CONGRESSO LEITE

ABS Pecplan marca presença no Congresso Mundial do Gir Leiteiro Nos dias 21, 22 e 23 de agosto a ABCGIL (Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro) e ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) reaIizaram o I Congresso Mundial do Gir Leiteiro. O evento foi realizado no Centro de Eventos “Rômulo Kardec de Camargos”, em Uberaba/MG, com a presença de grupos culturais da região na abertura, autoridades, profissionais, produtores do Brasil e diversos países. O ciclo de palestras iniciou-se com a explanação do Presidente da ABCGIL, Sr. Sílvio Queiroz Pinheiro, com o tema “O Gir Leiteiro no Contexto da Pecuária de Leite do Brasil”. O congresso foi composto por 16 palestras, sendo 07 delas ministradas por representantes da Bolívia, Venezuela, Equador, Panamá, Costa Rica, Guatemala e República Dominicana.

Pág. 12


Edgard R. da Cunha Neto, Técnico do Departamento Leite da ABS Pecplan, esteve presente no evento e destaca a importância do encontro. “Foram apresentados e discutidos temas como a evolução do Gir Leiteiro no Brasil, novos objetivos de seleção da raça, evolução do Teste de Progênie, Potencial do Gir Leiteiro na África, a vaca “show type”, dentre outros temas. O Congresso foi de muita importância para os participantes, pois ficamos atualizados do que está sendo feito para a continuidade da evolução da raça, vimos também o gigantesco potencial de comercialização de sêmen, embriões e animais para os países da América do Sul e América Central. Em 2015 teremos a 2ª edição do Congresso Mundial do Gir Leiteiro, certamente encontramos lá”, resume. Membros do Congresso em visita a Central ABS

Confira algumas das palestras:

- “O Gir Leiteiro como Alternativa para Produção de Leite nos Trópicos”; - “Programa Nacional de Melhoramento do Gir Leiteiro” - “Inventários Zootécnicos do Gir Leiteiro na ABCZ” - “Biótipo Leiteiro na Raça Gir”. - “Objetivos de Seleção para o Gir Leiteiro” - “Ações do Brazilian Cattle para Difusão do Gir Leiteiro”“Articulações e Ações da FEPALE nos Países Latino Americanos”.

Veja mais fotos e baixe o conteúdo das palestras: http://www.girleiteiro.org.br/congresso/downloads.php

Pág. 13


LANÇAMENTO ABS MONITOR

ABS Monitor: novo conceito em serviço de monitoramento de rebanhos leiteiros A partir deste mês de setembro os criadores de gado de leite ganham uma nova ferramenta para otimizar a eficiência reprodutiva do rebanho. A ABS Pecplan está lançando o ABS Monitor, serviço de monitoramento reprodutivo de rebanhos leiteiros, com atendimento técnico on line e ferramentas de fácil utilização com objetivo de melhorar os resultados reprodutivos nas propriedades. Desenvolvido no Brasil a partir da experiência prática da Equipe do Departamento de Serviços Técnicos da Genus ABS, esse serviço leva em conta as características de cada rebanho para apontar os pontos falhos na reprodução. “O ABS Monitor é a pedra fundamental de uma série de ferramentas interativas que dispomos aos nossos clientes, baseadas nas mais modernas tecnologias. De maneira muito simplificada, mostra ao produtor, técnico e equipe de manejo onde estão as oportunidades de melhorar os índices e a lucratividade da fazenda leiteira. A ABS trabalha orientada nas necessidades dos clientes, onde quer que estejam, qualquer que seja o sistema de produção e o tamanho da fazenda”, explica o médico veterinário Hélio Rezende, Gerente de Ferramentas de Serviços Técnicos da Genus ABS.

Pág. 14


Também fazem parte da equipe de desenvolvedores do ABS Monitor o médico veterinário Hernando Lopez, Diretor Global de Serviços Técnicos da Genus ABS e Bruno Guarato, da Spring - Business Innovation, desenvolvedor do sistema que gerencia os dados. “O ABS Monitor foi planejado para ser intuitivo e muito fácil de trabalhar. Do primeiro contato à interpretação dos resultados são usadas simbologias universais de cores, como nos semáforos, que facilitam o entendimento e agilizam as operações de cadastro de informações”, destaca Bruno. “Com o lançamento do ABS Monitor, teremos o diferencial do único programa de gerenciamento reprodutivo capaz de gerar um Benchmark (análise comparativa) global, por país, estado, região, etc, mostrando ao produtor como seus índices estão em relação à média de seus companheiros. Além disso, o ABS Monitor permite ao produtor uma consultoria em tempo real com a equipe técnica ABS ao redor do mundo”, completa Hernando. Como funciona? O ABS Monitor é dividido em duas partes, uma “off line” que é o programa básico para cadastro das informações e outra “on line”,

Apresentação do Sistema Monitor para a equipe comercial da ABS Pecplan durante as reuniões distritais com uma licença de utilização adquirida pelo cliente, para análise dos dados, resultados e suporte da equipe técnica da empresa. Dependendo da rotina de cada propriedade, esse cadastro é rápido mas precisa ser diário ou semanal, realizado com precisão, para garantir a confiabilidade das análises. Mesmo o produtor com poucos conhecimentos de informática conseguirá inserir os dados em apenas duas telas, com relatórios automáticos e de simples compreensão. “O ABS Monitor pode ser utilizado em rebanhos puros ou cruzados, em propriedades que trabalham mais de uma

raça, em qualquer sistema de produção de leite. Nosso intuito principal é produzir mais prenhezes e bezerros, já que sem isso, não dá nem pra começar a conversa’”, afirma Hélio. Hernando explica que o ABS Monitor é diferente dos outros programas do mercado principalmente pela facilidade de utilizar, sempre com foco reprodutivo. “Contando com o suporte da nossa equipe, o cliente poderá acompanhar detalhadamente os principais índices de reprodução que vão garantir ótimos resultados de aumento na produção de leite. Isso encurta as distâncias do atendimento

Pág. 15


especializado em um país tão grande como o Brasil, com grande demanda de melhorias em todas as regiões”, declara. Para facilitar! O ABS Monitor pode ser utilizado no computador, tablet ou smartphone. Não precisa ficar instalado em apenas um equipamento, os dados poderão ser armazenados e transmitidos com a ajuda de uma mídia como um pen drive. O lançamento do programa está sendo feito de forma conjunta com outros países nos quais a Genus ABS está presente. “Todas as ferramentas estarão integradas com o site de Serviços Técnicos (www. abstechservices.com). As dúvidas podem ser enviadas direto para

o técnico, pelo site, com respostas através do programa onde fica armazenado o registro de histórico de atendimento”, ressalta Bruno. Entre as principais análises estão relatórios reprodutivos das vacas, comentários técnicos baseados nos gráficos do programa, alerta de pontos críticos, listagem por categorias reprodutivas, exclusão (dos resultados) de “vacas com problemas”, busca e fichas individualizadas. “Os gráficos permitem para o dono, mesmo longe da fazenda, acompanhar a qualidade do trabalho prestado pelos profissionais envolvidos na reprodução. Os

gráficos são demonstrativos e detalhados da rotina, com cálculo de quantas prenhezes a fazenda deveria produzir para se manter, ou crescer, incluindo a estimativa de quantidade de inseminações necessárias para chegar à meta proposta”, detalha o Gerente do ABS Monitor. “É um orgulho enorme fazer parte desse time que se compromete completamente com a rotina e os resultados, levando nossa empresa a um nível de excelência no relacionamento com nossos clientes”, conclui Hélio. Para mais informações entre em contato diretamente: heliovaz@absnet.com.br

Pág. 16


ASBIA

ABS presente: ASBIA realiza Simpósio sobre Inseminação Artificial durante a reunião da SBTE

alto valor genético Dr. José Bento Ferraz – FZEA/USP - IATF: história, evolução e perspectivas Dr. Pietro Sampaio Baruselli FMVZ/USP – Brasil - Novidades da inseminação artificial em vacas de leite Dr. Milo Wiltbank – University of Wiscosin - EUA - Novas técnicas de avaliação da qualidade do sêmen Dr. Patrick Blondin – L’Alliance Boviteq Inc– Canadá

- Impacto da saúde reprodutiva e do manejo sanitário no sucesso de programas de IA e IATF Dr. Amauri Alfieri – UEL – Brasil Outro destaque da ASBIA no evento foi a apresentação do primeiro Manual de IATF, lançado este ano pela associação visando o fomento da técnica em todo país. “A prática da IATF atingiu em 2011 cerca de 6,5 milhões de matrizes inseminadas, representando um crescimento de 70 vezes em relação ao ano de 2002. Sem dúvida, grande parte desde sucesso deve-se à eficácia das atividades do Prof. Pietro

Entre os dias 30 de agosto e 02 de setembro a SBTE (Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões) realizou a 26ª reunião anual da entidade no Hotel Mabu, em Foz do Iguaçu/PR. A ASBIA – Associação Brasileira de Inseminação Artificial – aproveitou o público focado de veterinários e profissionais do setor agropecuário, para promover o 1º Simpósio ASBIA/SBTE de Inseminação Artificial. Esse simpósio reuniu uma programação abrangente, realizada no dia 30/08, com a participação de pesquisadores brasileiros e internacionais. A coordenação foi do Presidente da ASBIA, Lino Rodrigues Filho e do Dr. Pietro Sampaio Baruselli. Entre os temas debatidos nas palestras estiveram: - Mercado Mundial: tendências tecnológicas da inseminação artificial Dr. Eric Schmitt – IMV – França - Inseminação como ferramenta para a sustentabilidade da pecuária Dr. Lino Rodrigues Filho (Presidente da ASBIA e FEA/USP) - Impacto da inseminação artificial na multiplicação de indivíduos de

Pág. 17


e Departamentos de Reprodução Animal de diversas universidades também contribuem muito para o crescimento do número de produtores que utilizam a IA e a IATF, acelerando o melhoramento da nossa pecuária”, conclui o presidente da ASBIA. Mais informações sobre o Manual de IATF da ASBIA, acesse: www.asbia.org.br

e equipe na pesquisa, aprimoramento e, sobretudo, na divulgação da técnica nas diferentes regiões, mediante palestras, dias de campo e simpósios como este que certamente teve muito êxito”, destaca Lino. Para o Dr. Fernando Vilela Vieira, Gerente de Produção da Central ABS Pecplan, o evento merece ser repetido nos próximos anos. “Tivemos um grande público, pessoas focadas nos assuntos discutidos e palestras de alto nível. Fizemos questão de estar presentes para apoiar a iniciativa que traz muitos resultados positivos para o mercado”, destaca o médico-veterinário que também faz parte do Conselho Técnico da ASBIA. “A parceria da ASBIA com a SBTE, empresas, Centros de Pesquisa

Pág. 18


CONVENÇÕES 2012

FY 2013: ABS Pecplan realiza as Convenções Distritais com balanço positivo No início deste Ano Fiscal 2013 a ABS Pecplan dedicou todo mês de agosto à programação especial das Convenções Distritais. A diretoria e gerências estiveram reunidas com equipes técnicas e comerciais para apresentar o trabalho realizado no ano fiscal encerrado, determinar novas metas para o ano em curso e principalmente trocar experiências e estratégias que visam beneficiar os clientes da empresa em todo território nacional. Para o Diretor Geral da ABS Pecplan, Márcio Nery, o encontro com a equipe traz ótimos resultados. “Nossas Reuniões Distritais são um momento importante para iniciar o ano fiscal alinhando todas as metas da empresa com ações e produtos necessários para atingirmos nossos objetivos planejados. Outro ponto importante é a interação positiva que criamos entre os diversos departamentos e regiões, desenvolvendo e fortalecendo um importante senso de trabalho em equipe”, afirma. Na opinião do Gerente Nacional de Negócios, Alexandre Lima, as reuniões realizadas neste ano, resultaram em ações e estratégias específicas para cada mercado em conformidade com as demandas das diferentes regiões do país. “Foram contemplados ótimos resultados, premiando e reconhecendo eficiências, renovando o otimismo coletivo para cumprirmos as metas do novo ano fiscal já em vigor. Trabalhamos totalmente alinhados com a visão global da empresa, reforçando nossos valores e direcionando estratégias para garantir o crescimento da IA no Brasil”, confirma.

Pág. 19


Veja as fotos das equipes e os depoimentos dos supervisores de cada distrito: “É o primeiro ano que participo, mas não tenho dúvidas que nossa reunião do Distrito Oeste foi excelente! Este é um momento único para demonstrarmos nossas fortalezas e compartilhar as oportunidades de nosso mercado para o futuro. Quando entrei para o time, o trabalho já estava em andamento e o que vi foi muito empenho e comprometimento para honrar as metas, um esforço reconhecido e apoiado também pela diretoria da ABS. Parabéns TIME OESTE, certamente este novo ano será muito melhor” - Antônio Emílio G. Júnior

DISTRITO SUL

“A Convenção do Distrito Sul foi excelente. Foram dois dias de reunião onde apresentamos os resultados alcançados em FY12 que foram espetaculares e nossas estratégias para FY13. Buscaremos potencializar nossas ações de sucesso como licitações, presença de campo e parcerias com laticínios, cooperativas e técnicos do setor. Vamos com certeza fazer novamente um ano fiscal de muitas conquistas. Todos, sem dúvida, saíram motivados de nossa reunião, com total direcionamento para contemplarmos nossos objetivos”.

“Tivemos novamente nessa convenção uma descontraída partida de futebol com o Distrito Centro Norte que serviu para selar nossa união e espírito de grupo. Só tenho que agradecer a todos que contribuíram, desde a gerência de produtos, técnicos, departamentos de marketing, cobrança, faturamento, ao pessoal que organizou a festa de confraternização, à diretoria e principalmente ao Regionais e Promotores de Vendas do Time Sul que foram exemplares, em todos os sentidos, com muita presença de campo, dedicação e companherismo, que são a marca registrada desse fantástico time comercial da qual tenho muito orgulho em liderar”Ricardo Koyama

DISTRITO OESTE

Pág. 20


DISTRITO CENTRO NORTE

“A convenção é uma grande oportunidades de encontrarmos todos os representantes e alinharmos nossas ações e estratégias, além de ser um momento de alegria pois essa turma reunida sempre causa sorrisos. Representantes pequenos ou novos trocam experiência com os maiores e mais antigos, sendo um excelente network. Todos os gerentes posicionam seus produtos e serviços e passam sua mensagem em relação ao mercado e nosso posicionamento. Realmente é um momento muito importante para nós em especial supervisores e representantes que montam seus planos de negócios para o ano que se inicia. Fico sempre muito feliz com o resultado final de nossas reuniões que se encerra com uma ótima confraternização. Show de bola! - Wagner Carlos de Oliveira

DISTRITO NORTE E NORDESTE

“A reunião distrital deste ano foi, sem dúvida, mais um encontro de muito sucesso, se superou em organização e profissionalismo. No primeiro dia tivemos apresentações técnicas, nas quais nosso time teve a oportunidade de fazer uma atualização em produtos, serviços e conhecer novos programas, tudo transmitido com muita didática e competência pelos gerentes de produtos e gerentes técnicos. Tivemos mais dois dias de boas apresentações das regionais, quando cada representante evidenciou seu desempenho no ano fiscal 2012 e metas para 2013, analisando seus respectivos nichos de mercado e apresentando os objetivos para o novo ano fiscal. A reunião foi encerrada com a contemplação das regionais que alcançaram o prêmio de reconhecimento. Não temos dúvidas que todo time terminou este encontro motivado e voltam as suas respectivas bases com o objetivo de se superarem e focados em contribuir com os cinco elementos de valor da empresa. Aproveitamos para agradecer à diretoria, gerentes, funcionários e especialmente a equipe Norte e Nordeste que vem ano a ano vencendo os desafios! -Romero Rêgo Cavalcanti

Pág. 21


“As convenções são muito importantes para discutir o que podemos melhorar daqui para frente. É importante analisar o realizado, mas principalmente avaliar como podemos potencializar nossas forças, nos proteger contra ameaças e dar chance para as oportunidades acontecerem. É um trabalho de equipe, que deve estar em sintonia desde a equipe de campo até o diretor geral da empresa. Assim atingiremos nossas metas e enfrentaremos os desafios da melhor maneira possível” Marcelo Selistre DISTRITO RS

“A equipe comprometida e cada vez mais unida é o saldo desta reunião que também foi marcada por ano de muitos desafios vencidos. Aproveitamos essa ótima oportunidade para renovarmos nosso compromisso e nos prepararmos para oferecer, de forma ainda mais eficiente, a melhor da genética bovina aos nossos clientes” - Diego Alves Costa

DISTRITO SUDESTE

“Nossa reunião foi um sucesso, pois tivemos a participação de 100% da nossa equipe e pudemos avaliar os resultados do FY 2012 e principalmente discutir os objetivos e estratégias  para o FY 2013. Como ponto forte podemos ressaltar a união e comprometimento de todos. Quero aproveitar esse momento para agradecer a toda nossa equipe de vendas que se mobilizou para estar presente nos três dias de reunião e para toda a equipe da Central (diretoria, gerências, técnicos, equipe de produção e equipe administrativa) que não mediram esforços para que tudo corresse da melhor maneira possível. Quero fazer um agradecimento especial ao nosso presidente e amigo, Ricardo Campos, que nos honrou com sua presença em nossa reunião” - Odilon de R. Filho

DISTRITO MS

Pág. 22


Pรกg. 23


CORTE EUROPEU

Tour Corte ABS Pecplan 2012: grupo traz novas experiências na bagagem

Entre os dias 01 e 11 de agosto o Departamento Corte da ABS realizou a edição 2012 do Tour Técnico nos Estados Unidos. Este ano o grupo foi composto por 41 pessoas, de cinco estados brasileiros e mais cinco nacionalidades. Foram três mil quilômetros percorridos nos estados de Illinois, Indiana, Iowa, Ohio e Wisconsin para visitar produtores de genética Angus, confinamentos, a Universidade de Ilinois, a central da Genus ABS e o escritório da Certified Angus Beef.

Segundo o Gerente Global de Produto Corte da Genus ABS, Vasco Beheregaray Neto, que organizou a viagem, o objetivo foi mais uma vez atingido ao aproximar a empresa de clientes e profissionais do setor, construindo uma boa relação entre pessoas de lugares distantes. “O tour permite mostrar nosso trabalho no campo, ver a progênie de vários touros, conhecer e entender o sistema de seleção dos EUA, bem como ver pessoalmente

Pág. 24


os rebanhos de origem dos nossos principais touros”, explica. “Reforçamos a imagem da Genus ABS como central de tecnologia, mostrando nossas novas instalações, laboratórios e recursos modernos para produção de sêmen”, completa. Para o Técnico Plínio Queiroz, essa foi a primeira viagem técnica e o resultado foi uma bagagem cheia de novas experiências. “Eu gostei demais, pra mim foi uma realização

pessoal e profissional. Conhecer a central, fazendas e o berço do melhor Angus é ótimo para ampliar nossa visão de produtos e do mercado como um todo. Toda equipe estava focada e a viagem foi muito bem organizada, excelente”, afirma.

Para o Gerente de Produto Corte da ABS Pecplan, Marcelo Selistre, entre os pontos altos do Tour esteve a visita à progênie de vários touros da ABS, como Brilliance, Brave, Final Product, Frontman, Saugahatchee, Proficient. “Também pudemos ver como é conduzido o programa de Eficiência Alimentar, característica que está sendo muito buscada e cada vez toma mais importância, pois reflete eficiência de conversão alimentar, reduzindo custos de terminação dos animais”, relata. “Fico muito satisfeito de poder acompanhar produtores da América do Sul e perceber o quanto eles se impressionam com a pecuária dos EUA, principal fonte de genética do mundo, pois a partir de uma seleção muito bem fundamentada, provada e de alta acurácia, conseguem ser identificados animais realmente melhoradores para as características de importância econômica. Animais de alto desempenho, com baixo peso ao nascer, alto peso na desmama e ano, fortes características maternais e bons índices de carcaça, aliados aos índices de valor, onde a eficiência alimentar está presente”, detalha. “Tivemos uma excelente viagem e apesar do tamanho do grupo todas as atividades foram muito produtivas e bem conduzidas durante as visitas. Ao final do Tour tivemos um feedback muito positivo de todos participantes que opinaram sobre os temas técnicos apresentados durante a semana, bem como a pontualidade e organização do roteiro que cobriu várias etapas da produção da cadeia da carne. Ao fim, contamos como sempre com a enorme hospitalidade dos produtores americanos que sempre nos receberam muito bem”, finaliza Vasco. Pág. 25


Certified Angus Beef

Mais fotos: Clique Aqui

Champion Hill

Mais fotos: Clique Aqui

Maplecrest Ranch

Mais fotos: Clique Aqui

Pรกg. 26


Pedro’s Angus

Mais fotos: Clique Aqui

Ellis Farms

Mais fotos: Clique Aqui

University of Illinois

Mais fotos: Clique Aqui

Pág. 27


Dameron Angus

Mais fotos: Clique Aqui

Prairie View Farms

Mais fotos: Clique Aqui

Hadley Farms - Feedlot

Mais fotos: Clique Aqui

Pรกg. 28


JTW Angus

Mais fotos: Clique Aqui

Wildberry Farms

Mais fotos: Clique Aqui

Woodhill Farms

Mais fotos: Clique Aqui

Pรกg. 29


ABS GLOBAL

Mais fotos: Clique Aqui

ABS Dekorra

Mais fotos: Clique Aqui

Pรกg. 30


CORTE EUROPEU

SIMENTAL AMERICANO A qualidade da raça é apresentada ao grupo de viagem da ABS por Vasco Beheregaray Neto - Gerente Global de Produtos Corte Genus ABS

Pág. 31


Wildberry Farms foi mais uma parada importante do Beef Tour 2012 da ABS que neste ano teve 41 participantes de quatro nacionalidades diferentes. A Wildberry Farms é uma propriedade dedicada à produção de genética da raça Simental e tem a reputação de ser o melhor rebanho do estado de Illinois. Com mais de 30 anos de experiência na produção e comercialização de touros, Jim Berry está no comando da operação e recebeu o grupo de viagem da ABS para mostrar o seu trabalho e os resultados que sendo alcançados com o Simental Americano.

Qualidade acima de tudo é um dos seus lemas e faz questão de informar ao grupo que seu trabalho é testar seus animais em condições comerciais de produção sem os excessos e exageros que muitas vezes acontece com cabanheiros de pista. A fazenda tem muita disciplina para coleta de dados e na formação de grupos contemporâneos para gerar DEPs confiáveis que é base do seu programa de seleção. Com rebanho de 300 matrizes Simental e 100 Angus,

Jim Berry descreve o tipo de vaca que deve permanecer no sistema “uma vaca produtiva, versátil, estruturalmente correta e balanceada”. Esse rebanho mantém a característica leiteira do Simental e busca na avaliação genética animais com performance moderada, facilidade de parto e dados de qualidade de carcaça como marmoreio e área de olho de lombo. A multiplicação da boa genética ocorre não somente com a IA em todo rebanho como também de um intensivo programa de transferência de embriões.

Pág. 32


“Selecionamos animas de tamanho moderado com muito comprimento. Gostamos de animais largos e com facilidade de acabamento”, comenta Jim. “Fiz questão de mostrar ao grupo de viagem uma boa fazenda de Simental e todos ficaram impressionados com a qualidade dos terneiros pela alta performance, estrutura e alto peso de desmama com média de 320 kg. As vacas em geral têm um tamanho muito semelhante ao gado Angus e derrubam o mito de alguns que pensavam que iriam ver animais de tamanho grande”, destaca Vasco Beheregaray Neto - Gerente Global de Produtos Corte Genus ABS. Confira algumas fotos da produção na Fazenda Wildberry:

Pág. 33


Pรกg. 34


Pรกg. 35


EXPOINTER

Expointer termina com recorde de mais de R$ 2 bilhões em vendas Para surpresa até dos mais otimistas, a Expointer foi encerrada, no domingo dia dois de setembro, em Esteio/RS, com anúncio de faturamento recorde de R$ 2,036 bilhões, crescimento de 86,96% frente ao R$ 1,089 bilhão de 2011 e de 78,59% em relação à marca histórica de 2010. Na venda de animais, a expansão em relação a 2011 foi de 16,74%, num total de R$ 13,731 milhões para 2.081 exemplares. Mesmo com a chuva nos primeiros cinco dias da feira, a agricultura familiar cresceu de R$ 1,1 milhão para R$ 1,25 milhão em 2012. Após meses de estiagem, o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, vibrou. “Somos todos sorrisos, essa foi a maior Expointer, o maior investimento, uma feira fantástica”. (informações publicadas pelo Jornal Correio do Povo) Para a ABS Pecplan a feira também foi muito importante, especialmente para a equipe do Distrito Rio Grande do Sul, presente em peso. “Temos que comemorar as ótimas vendas durante a Expointer e o que esperamos continuar vendendo para toda safra. É uma feira de movimento nacional e internacional, tivemos visitas de estrangeiros de toda a parte, como americanos, ingleses, argentinos, uruguaios e de quase todas as regiões do

Pág. 36


Brasil, com maior presença de produtores de SC, PR, MS, MG e SP”, destaca Marcelo Selistre, Gerente de Produto Corte Europeu. “Queremos agradecer essa presença massiva da equipe ABS Pecplan, com funcionários e representantes de vários estados, além da ABS Uruguai e ABS Argentina, que proporcionou uma confraternização e integração muito positiva a todos”, completa.

Nas pistas, a ABS destacou-se com filhos de BRILLIANCE, BRAVE, HERDEIRO, PONTAL, TANQUE, COPER, entre outros. “Estivemos fazendo bonito nas filas, o que de certo modo nos surpreende, pois nosso foco principal são os animais de produção, provados, não uma seleção para tipo. Isto é importante porque nos mostra que os julgamentos estão mais voltados para características de produção, como deve ser”, reforça Selistre. Para o Gerente Global de Produto Corte, Vasco Beheregaray Neto, outro destaque é o touro MAGNATA, cuja filha foi a fêmea mais jovem com prenhez positiva da raça Charolesa. “Este resultado comprova a nova fase do Charolês, que busca um animal mais moderado, privilegiando características produtivas como facilidade de acabamento e precocidade sexual das fêmeas. Magnata é bom um representante do Charolês moderno que tem cada vez mais a forte presença da genética americana, influenciando os principais rebanhos da raça no país”, declara.

Brave

Tanque

Drake, Detective, Aftershock, Afirmed, Cumulus, Boliver e Bradley além de netas de Roy, Bolton e Seeley. “No Grande Campeonato destaque para filha do touro Drake em vaca Roy, como 3ª melhor fêmea. No Jersey houve participação de filhas de touros ABS em quase todas as categorias, parabéns a todos nossos clientes que estiveram presentes”, finaliza Sérgio Roque Eidt da ABS Pecplan em Porto Alegre.

Já na raça Holandesa foram 164 exemplares e o julgamento ficou a cargo do americano Larry Tande. Na pista a ABS foi bem representada em várias categorias com filhas de Shottle,

Magnata

Pág. 37


CLIENTE DO MÊS

Fazenda Cedron: Decisões de Peso com perfume de flor

Em um país de dimensões continentais como o Brasil, existem fazendas nas mais diferentes realidades. Rebanhos para todos os gostos ou necessidades. Seja onde e como for, uma coisa é unanimidade: esse ainda é um universo masculino. Mas, no meio de tantos homens poderosos, também há espaço para mulheres empreendedoras. Sem perder a beleza e a elegância, elas contribuem cada vez mais para o sucesso da pecuária nacional.

É o caso de Jussara Gomes Negrão, da Fazenda Cedron, no município de Anastácio, MS. Depois do falecimento do marido Fernando, em 2001, a criadora uniu-se à sogra, Dorcas Dias Negrão, para vencer os desafios. Com coragem, foi adquirindo experiência e amigos até chegar a um rebanho premiado, com mais de três mil

animais nelore e de cruzamento.Parceira da ABS Pecplan há quatro anos, ela pretende inseminar mais de 1000 vacas apenas este ano. “Foi o Diego que me convenceu a começar a fazer o cruzamento e os resultados são formidáveis.

Pág. 38


JUSSARA NEGRÃO Recebemos remuneração extra pela excelente qualidade da carne que entregamos. Conseguimos reduzir o ciclo da fazenda e aumentar o número de matrizes, estamos muito satisfeitos”, declara Jussara. “O sucesso de qualquer empresa depende das pessoas que nela trabalham e não poderia ser diferente na fazenda Cedron, pois a perseverança, paixão e dedicação da Sra. Jussara e D. Dorcas realmente fazem o diferencial. Numa pecuária cada vez mais exigente e com os lucros enxutos, tomamos a decisão de reduzir o tempo no ciclo de produção da propriedade. O cruzamento industrial foi sem dúvidas uma excelente estratégia para o garantir o êxito nesse sistema de produção”, comenta Diego Alves Costa, Gerente de Negócios do Distrito MS. “Paralelo a isso, iniciamos um trabalho de manejo genético para as vacas nelore, onde adotamos o acasalamento por geração, pois sem uma boa matriz não existe um bom produto - fruto da heterose da genética zebuína com a taurina. Enfim, é uma grande satisfação poder participar do sucesso da Fazenda Cedron”, completa.

Pág. 39


Resultados Positivos A Fazenda Cedron trabalha com sistema de cria, recria e engorda com terminação dos animais em sistema de confinamento. A capacidade estática é de mil animais, sendo os animais precoces abatidos com idade média de 22 meses e peso médio de 510 kg e os animais super-precoces abatidos com 14 meses de idade com peso médio de 476 Kg. “O confinamento também permite maior padronização, uma alternativa estratégica para produção de novilhos precoces, tanto para reduzir a lotação de pastagens,

quanto para aumentar a escala de produção da propriedade e permitir vendas na entressafra. O ganho diário do animal super jovem ficou na média de 1.700 kg/dia no ano de 2011”, relata a pecuarista. Os bons resultados do rebanho Cedron também estão nas pistas e leilões. Um dos reconhecimentos públicos mais recentes aconteceu no Mega Ranking Nelore MS, realizado durante a Expogrande 2012, quando a Associação Sul Mato Grossense dos Criadores de Nelore premiou com troféus os melhores

Pág. 40


lotes das categorias de Bezerros, Bezerras, Novilhas e Garrotes, em evento válido pelo Ranking do Criador. Jussara levou para casa o Troféu de Primeiro Lugar na Categoria Bezerros.   Cada dia melhor! “Sempre fui uma pessoa determinada, disciplinada e sem medo de arriscar. Não creio que seja predicado somente feminino, é a vontade de realizar o melhor, de fazer a diferença. Fiz vários cursos de aperfeiçoamento de gado de corte, de confinamento, de cruzamento industrial, produção de novilhos precoces, procurei visitar fazendas, gosto de participar de Dias de Campo, inclusive já fizemos dois eventos na fazenda. Existem canais de TV, jornais, revistas, todas voltadas exclusivamente para o meio rural. Hoje existem muitas informações disponíveis, só não se atualiza quem não quer”, destaca. Jussara também faz parte de diversos sindicatos rurais da região e da Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores de Novilho Precoce. Determinada, não sente diferença por ser mulher. “Felizmente eu nunca fui discriminada, sempre sou bem recebida. Na minha opinião o sexo ou a idade não impedem uma pessoa de provar a própria capacidade. Acredito que devemos ter sempre vontade de mudar e a melhor estratégia é adotar qualidade e eficiência, só assim conseguimos sucesso no sistema de produção. Sou muito agradecida a Deus por tudo na minha vida e principalmente pela minha família e amigos que são meu suporte”, finaliza.

Pág. 41


EXPOGENÉTICA

Rancho da Matinha lança o “Índice Real Matinha” durante o leilão da ExpoGenética

IR$

No domingo, dia 19 de agosto, dentro da programação da ExpoGenética 2012, o Rancho da Matinha fez o lançamento do Índice Real Matinha, primeiro índice econômico criado especificamente para raça nelore e a pecuária brasileira. Alguns animais comercializados no Leilão Megatouros Matinha, realizado no mesmo dia na fazenda, tiveram valores econômicos publicados o que contribuiu para a maior valorização dos lotes.

suas qualificações genéticas e no fluxo de caixa do sistema de produção de gado de corte do país. O uso da palavra real no nome, além de sinalizar que não se trata de um índice arbitrário (ele é econômico, de lucro), significa que sua unidade de medida é financeira, uma vez que ele é expresso em reais (R$)”, explica Luciano Borges, titular do Rancho da Matinha.

O Índice Real Matinha busca atender tanto pecuaristas que comercializam seus produtos na desmama, quanto aqueles que fazem o ciclo completo. Para criadores que vendem bezerros na desmama foi criado o IR$MD (Índice Real Matinha Desmama) que estima as diferenças de rentabilidades entre as progênies de dois ou mais touros. Estas diferenças são expressas em reais, para cada produto dos touros comparados. Focado em pecuaristas que fazem ciclo completo, o IR$MC (Índice Real Matinha Completo) estima as diferenças de rentabilidades ao final do ciclo das progênies de dois ou mais touros. Da mesma forma, expressas em reais por cabeça comercializada.

O Índice Real Matinha foi elaborado considerando a eficiência alimentar entre outras características genéticas de importância econômica fundamentais para promover o melhoramento genético do lucro do pecuarista. Trabalho que contou com a participação de vários pesquisadores brasileiros e internacionais, entre eles o geneticista Dr. Michael D. MacNeil, criador do índice que foi contratado pela Genus ABS, parceira neste projeto.

“Nosso objetivo com a criação desses índices é estimar o valor econômico do genótipo agregado dos animais com base em

Dr. Michael tem mais de 30 anos de experiência em estatísticas voltadas para a produção pecuária. Ele é o responsável pelos índices

econômicos de muitas das principais raças de corte da América do Norte, Austrália e Nova Zelândia. “Nos processamentos para o desenvolvimento dos índices foram considerados valores presentes e futuros dos custos dos insumos e produtos comercializados no país, além das avaliações fenotípicas e genéticas preditas para os animais. No índice desmama foram utilizados os valores das DEPs calculadas pela ANCP para as características efeito materno, peso aos 210 dias, probabilidade de parto precoce e stayability”, explica. “Para o índice de ciclo completo, além das características integrantes do índice desmama, foram consideradas as DEPs para as características ganho de peso pósdesmama, rendimento e terminação de carcaça e a ingestão de matéria seca, esta última calculada com a supervisão do geneticista Dr. Scott Newman, da Genus, com a colaboração do Dr. Mark Enns, da Colorado State University”, completa o geneticista. Para o professor Gordon Carstens, nutricionista

Pág. 42


da Universidade da Texas A&M University, EUA, presente ao evento de lançamento desses índices, o trabalho do Rancho da Matinha é único no mundo por testar uma grande porcentagem do rebanho, permitindo alta acurácia das análises. “Venho acompanhando trabalhos de medição de ingestão de alimentos em bovinos com o objetivo da melhoria genética em eficiência alimentar desde 2003 nos Estados Unidos. Mas estou muito impressionado com o que está sendo feito no Brasil porque permite que os resultados das pesquisas se transformem rapidamente em caminhos de melhoramento genético para os produtores. O Rancho da Matinha está à frente de muitos outros trabalhos semelhantes e merece todo nosso reconhecimento”, destaca. No dia anterior ao leilão, o Rancho da Matinha realizou também um treinamento na fazenda para técnicos, jornalistas e produtores com o objetivo de explicar como esse trabalho foi conduzido, como ele deve ser aplicado nas fazendas e quais as próximas etapas a serem realizadas. “O índice econômico é uma ferramenta usada há muitos anos no melhoramento genético de animais de produção em outros países. É usado para ranquear animais pelo valor econômico estimado da sua progênie, permitindo a seleção daqueles que serão pais melhoradores de lucro da próxima geração. Optamos pelo uso do Índice Real para facilitar o processo de decisão dos compradores dos touros do Rancho da Matinha já que agora a avaliação genética inclui a nova característica de “consumo de alimento” que é o maior custo relacionado à pecuária”, explica o geneticista Guy Prall, Gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios da Genus ABS. A avaliação de eficiência alimentar do Rancho da Matinha é realizada através do Sistema Growsafe, considerado o mais preciso para determinar o consumo de alimentos. Nos últimos dias Luciano Borges encerrou a avaliação do terceiro lote de animais do rebanho Matinha e os resultados de consumo serão incluídos nos cálculos das DEPs e os novos índices econômicos da Matinha em mais uma safra de touros jovens.

Pág. 43


EXPOGENÉTICA

Mega Leilão Matinha arrecada mais de R$ 2 milhões No domingo, dia 19/08, o Leilão Mega Touros Matinha colocou à venda 205 animais POs (puros de origem), quase todos da geração de 2010 da fazenda. A comercialização ultrapassou os R$ 2 milhões, para a média geral de R$ 10.071. As vendas começaram logo pela manhã com a comercialização de sêmen e animais direto da fazenda através do Canal Rural. A equipe da ABS Pecplan esteve presente, assim como consultores internacionais envolvidos nas pesquisas de eficiência alimentar desenvolvidas no Rancho da Matinha com a utilização do Sistema Growsafe.

“Foi a primeira vez que comercializamos sêmen de touros provados para eficiência alimentar e a aceitação do público foi muito grande. Primeiro falamos como é essa tecnologia, já bastante utilizada nas grandes agropecuárias e confinamentos dos EUA. Realmente causou surpresa o lançamento, pois o mercado já demonstrava demanda por esta informação nas raças zebuínas”, destaca Gustavo Morales Brito, Gerente de Produto Corte Zebu da ABS Pecplan. “Desenvolvemos um índice econômico dentro da realidade do nosso país e sistema de criação. Animais com maiores índices, tanto de desmama como de ciclo completo, como é o caso do Mandarin, Laredo e Playboy, tiveram incremento de 10% na valorização do sêmen, o que prova que o mercado reconheceu a característica de eficiência alimentar como de grande importância, que realmente o índice

Megatouros Matinha

trará uma nova forma de agregar economia no sistema de produção”, comenta Luciano Borges, titular do Rancho da Matinha. Durante o leilão, que durou toda a tarde do domingo, os lotes com melhores avaliações de consumo alimentar também repetiram a maior valorização. “Quem investiu no sêmen ou touros melhores avaliados em sua maioria são pecuaristas e grandes empresas que já utilizam tecnologia de ponta e dessa informação que existe no Angus e USA há mais de 20 anos, com resultados positivos comprovados”, ressalta Gustavo. O lance mais alto do evento, R$ 124.800 saiu para D4685 da MN. O touro, de três anos, está entre os Top 0,5% melhores animais nascidos da safra 2009 da Fazenda Mundo Novo, do criador Eduardo Cardoso. A compra do animal foi fechada pelos criatórios Eco Nelore e Vera Cruz. A ABS Pecplan também confirmou a contratação do touro durante o leilão.

Pág. 44


Pรกg. 45


Pรกg. 46


Pรกg. 47


MURAL

Criadores de MT em visita a ExpoGenética

Turma Curso IATF

Turma do Curso de IA agosto 2012

Turma do Curso de IA agosto 2012

Pág. 48


ABS NEWS - Setembro 2012