Page 1

Informativo

9

th

Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital

Publicação Bimestral - ano 7 - número 57 - Set/Out 2016

Porto Alegre Virtual Eventos

Virtual Eventos

recebe etapa regional do 14º CertForum

Abertura conduzida pelo diretor de Auditoria, Fiscalização e Normalização do ITI, Pedro Paulo Lemos

Após três anos, o CertForum retornou ao Sul do País. No dia 05 de outubro, a capital gaúcha recebeu a etapa regional do 14º Fórum de Certificação Digital (CertForum). O evento teve como destaque a apresentação de projetos e sistemas implementados no estado do Rio Grande do Sul, que fazem uso do certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) e ajudam na desburocratização do serviço público, na economia de insumos e na segurança da informação. A abertura foi conduzida pelo diretor de Auditoria, Fiscalização e Normalização do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Pedro Paulo Lemos e contou com a participação do diretor de Tecnologia da Informação do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), Jorge Krug e do

presidente da Comissão Especial de Direito da Tecnologia da Informação da OAB/RS, Filipe Pereira Mallmann. Com foco no uso do Certificado Digital, a programação reuniu cinco palestrantes com temas diversos. O analista da Área de Certificação Digital da Unidade de Gestão Corporativa do Banrisul, Carlos Eduardo Wagner, apresentou o tema “Certificado Digital no Banrisul”. A analista de Sistemas da Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), Cynthia Anzanello, falou sobre adoção da tecnologia de certificação ICP-Brasil na administração pública estadual do estado. Os serviços da Jucergs que fazem uso do certificado digital foram apresentados pelo Presidente da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul (Jucergs), Paulo Roberto Kopschina, seguido do Advogado

Parabéns às

ASSOCIADAS, EU FAÇO PARTE 3M do Brasil A.E.T. Europe B.V. Akiyama Corporação Alterosa Card Solutions Biológica Sistemas Boa Vista SCPC

Participantes no coffee break.

Casa da Moeda do Brasil Certisign CR Consultoria Entrust Datacard Gemalto Giesecke & Devrient América do Sul

do escritório Mattos Filho, Júlio César Fonseca que apresentou a experiência do escritório Mattos Filho com uso do certificado ICP-Brasil. Finalizando o dia, o uso do certificado ICP-Brasil no Instituto-Geral de Perícias do Rio Grande do Sul (IGP/RS), foi apresentado pelo Chefe da Divisão de Tecnologia da Informação do Instituto-Geral de Perícias do Rio Grande do Sul – IGP/RS, André Luiz Assis. O 14º CertForum, etapa Porto Alegre, foi realizado pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) e organizado pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (Abrid). O evento contou com apoio Institucional do Banrisul e com o patrocínio das empresas Certisign, Safeweb Autoridade Certificadora e Soluti Certificação Digital.

Fonte: Ascom ABRID com informações do ITI

por mais um ano

de sucesso! IAFIS Brasil ICE Cartões Especiais Infineon Technologies IntelCav LuminoChem Mako Montreal

NEC Brasil NXP Semiconductors Oberthur Technologies OVD Kinegram Corporation SABIC Safran

Serasa Experian Sicpa Smartrac Thomas Greg & Sons do Brasil Valid Vision-Box


ARTIGO

Os Jogos Olímpicos de 2016 foram fantásticos para a tecnologia wearable, mas 2020 pode ser ainda melhor

Ernesto Haikewitsch, diretor de marketing e comunicação da América Latina da Gemalto

Os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro foram espetaculares, proporcionando momentos de inspiração, demonstrações técnicas de cair o queixo, força e velocidades explosivas. Estrangeiros como Usain Bolt e Michael Phelps se superaram. O Brasil teve seu melhor desempenho em toda a história olímpica: Robson Conceição ganhou seu primeiro ouro do boxe e a dupla Martine Grael e Kahena Kunze foram campeãs olímpicas na vela. O judô se consolidou com o título de Rafaela Silva. Por trás de cada medalha, uma impressionante história de superação. Mas os atletas não foram as únicas estrelas dos jogos deste ano. As Olimpíadas proporcionaram o teste perfeito para as mais recentes tecnologias provarem o seu sucesso. A RioCard, operadora de emissão de bilhete de transportes do Rio de Janeiro, lançou um piloto da pulseira de pagamento sem contato para os visitantes dos Jogos. Este dispositivo wearable, quando massivamente implantado, será uma ferramenta incrível e ajudará os cidadãos a se locomoverem facilmente na cidade maravilhosa. Mas os projetos tecnológicos não terminaram por aí, a Visa ofereceu um revolucionário anel de pagamento sem contato aos atletas. Um chip seguro e uma antena são incorporados dentro de uma argola de cerâmica, que permitiu aos esportistas comprar alimentos dentro da vila dos atletas e em outros locais próximos. O acessório foi recebido com entusiasmo pelos competidores, pois com a constante troca de kits de treinamento, eles se tornam vulneráveis e acabam perdendo suas carteiras. O anel podia ficar no dedo do atleta o tempo inteiro, permitindo que os competidores se concentrassem no que realmente importava: a conquista do Ouro!

Esses testes já estão concluídos, mas é importante lembrar da sua importância. Os Jogos de Londres 2012 foram saudados como a primeira grande competição sem contato, e o compromisso com a tecnologia deu efetivamente o pontapé inicial para uma revolução na Grã-Bretanha. Agora, a tecnologia sem contato está se tornando o método principal de escolha para o transporte e pagamentos, e há grande esperança no impacto dos Jogos Olímpicos no Rio sobre a tecnologia wearable. Os esportes são realmente a área ideal para os wearables. A Internet das Coisas está sendo muito bem aplicada no boxe, rugby, tênis e futebol americano por meio de sensores wearables. Os progressos desta tecnologia também estão começando a causar um efeito profundo sobre a experiência dos torcedores. O clube inglês de rugby, Saracens, permite que os seus fãs utilizem uma pulseira de pagamento sem contato com sua marca permitindo ir e voltar dos jogos, além de pagamento de produtos do clube. No campeonato de futebol europeu deste ano, a cidade-sede de Lille também ofereceu aos torcedores pulseiras de pagamento sem contato para o pagamento de transporte pela cidade. Essas pulseiras continuam a funcionar nos ônibus, trens e metrô, apesar do torneio ter terminado há algum tempo. A revolução wearable continuará e, em Tóquio 2020, há esperanças de que ela estará ainda mais avançada. Os planos indicam que será possível chegar aos jogos em um carro sem motorista e entrar nas arenas com um dispositivo wearable de acesso. O reconhecimento facial poderá verificar os portadores de bilhetes e os apps poderão guiar os torcedores para os seus assentos em seu próprio idioma. Os visitantes poderão até mesmo realizar compras com sua impressão digital. É importante ressaltar que, na última vez que o Japão sediou os Jogos Olímpicos em 1964, eles lançaram o mundialmente famoso trem-bala de forma a coincidir com a abertura. Esse investimento em infraestrutura de transporte ajudou a impulsionar a economia do país e permitiu que o Japão se tornasse um líder global no setor de transporte ferroviário de alta velocidade. Com carros sem condutor, a Internet das Coisas, a biometria e os dispositivos wearables controlando os meios de pagamento em Tóquio, os Jogos de 2020 poderão continuar o legado da inovação tecnológica.

EDITORIAL Setembro é o mês da ABRID! Fundada em 2007, a ABRID acaba de completar nove anos de existência. Ao longo desses anos, muitas foram as parcerias firmadas e vários os projetos executados. Destaque para a incansável luta em defesa do cumprimento da Lei 9454/1997 que instituiu o Registro de Identidade Civil – RIC. A ABRID continua acreditando ser essa a solução mais adequada para a modernização do documento de identificação do brasileiro. Infelizmente, a Lei do RIC está sob ameaça de revogação desde a apresentação do Projeto de Lei 1775/2015 que institui o Registro Civil Nacional (RCN). Sempre deixamos claro que não somos contrários ao RCN. Somos contrários à revogação de uma Lei sancionada e regulamentada e o consequente descarte de um trabalho de anos, desenvolvido pelas mais respeitadas instituições de segurança do País. O relator do PL 1775 apresentou seu parecer à Comissão Especial, no qual deixa claro que o RIC é fundamental para o Brasil e deve ser mantido. Mas, o texto substitutivo contraria essa afirmação, mantendo sua revogação. Faz-se necessário transparência na execução dos processos de interesses públicos. Recentemente, nosso presidente executivo, Célio Ribeiro, escreveu artigo onde pede justamente a TRANSPARÊNCIA na condução desse PL, no que tange à revogação do RIC. Por que o texto substitutivo contraria o relatório apresentado? Por que revogar uma Lei, sancionada e regulamentada que prevê inúmeros benefícios aos cidadãos e instituições públicas e privadas? Infelizmente ainda seguimos sem respostas. Também em setembro as Associadas se reuniram em Assembleia Geral Ordinária (AGO), necessariamente para aprovação das contas do exercício anterior, além da apresentação da previsão de gastos para o ano vindouro. Caminhamos rumo à primeira década de existência da ABRID. Também em 2017, a Lei do RIC completará duas décadas desde a sua publicação. Como acreditamos num futuro melhor e num País governado com transparência e em prol do bem comum, alimentamos a esperança de termos muitos motivos para comemoração em nosso próximo setembro.


EVENTO

ABRID na Expo Pharma

Nos dias 21 e 22 de setembro, o Rio de Janeiro foi palco para a realização da Expo Pharma, a mais completa Feira de Negócios dedicada ao crescimento do setor farmacêutico.

O evento reuniu indústrias, distribuidores, prestadores de serviços, proprietários e gestores de farmácias, para o lançamento de produtos e serviços direcionados ao crescimento do setor. Na ocasião, a ABRID - representada pelo Gerente de desenvolvimento de Negócios da Associada Infineon Technologies, Luiz Guimarães - apresentou uma palestra cujo tema foi “Tecnologia: um importante remédio para o setor farmacêutico”.

Grande público assistiu à apresentação. “A Expo Pharma tem um público diferente do que estamos acostumados no setor de identificação, por isso a presença na palestra me surpreendeu positivamente, muitos demonstraram interesse pelo assunto questionando sobre as tecnologias e custos implicados para o ponto de venda. Certamente é um mercado a ser explorado”, ponderou Guimarães. Fonte: Ascom ABRID

Luiz Guimarães, gerente de desenvolvimento de Negócios da Infineon Technologies

Auditório durante palestra da ABRID

14º CertForum: Confira os vídeos da etapa Brasília no You Tube

As apresentações do 14º CertForum, etapa Brasília, encontram-se disponíveis no canal do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação - ITI no You Tube. Considerado o mais importante evento sobre certificação digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas

Brasileira (ICP-Brasil), o Fórum reúne, anualmente, integrantes dos setores público e privado, usuários ou potenciais usuários do Certificados Digital, pesquisadores, estudantes e demais profissionais da área de tecnologia da informação e identificação digital.

Calendário 2016 DATA

Informações no site da ABRID - www.abrid.org.br EVENTO

08 a 10 de novembro 2º Biometrics HITech 15 a 18 de dezembro Feira Internacional de Tecnologia – FITIC 2016 Apoio Institucional

LOCAL Centro Fecomercio de Eventos R. Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista, São Paulo/SP São Paulo Expo Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 - São Paulo/SP


3M comemora 15 anos entre as melhores empresas para se trabalhar A 3M foi reconhecida como uma das 80 melhores empresas de grande porte (com mais de 1.000 funcionários) para se trabalhar no Brasil em 2016 segundo pesquisa conduzida pelo Great Place to Work em parceria com a revista Época, da editora Globo. Esta é a 15ª vez que a multinacional – que celebra 70 anos no país neste ano – está presente no ranking, que completa 20 edições no Brasil. O resultado da maior pesquisa do País de satisfação de funcionários reflete os esforços da 3M em oferecer, cada vez mais, um bom ambiente de trabalho e ampliar a conexão com seus colaboradores. Da Universidade Corporativa até os programas de diversidade e inclusão,

passando pela a recém-inaugurada Alameda Saber Viver, na sede da companhia em Sumaré, no interior de São Paulo, a 3M investe continuamente no crescimento, desenvolvimento e bem estar de seus colaboradores. “Somos reconhecidamente uma empresa inovadora, mas também está no nosso DNA a preocupação em oferecer qualidade de vida e bem estar aos nossos funcionários”, afirma Fernando do Valle, diretor de Recursos Humanos da 3M do Brasil. Com a proposta de oferecer mais facilidade ao dia a dia de seus funcionários, a 3M inaugurou em abril a Alameda Saber Viver, na fábrica em Sumaré. Instalado em local estratégico e de fácil acesso,

praticamente no centro da unidade, o espaço reúne serviços de conveniência como salão de beleza, barbearia, hortifrúti com produtos orgânicos, a loja 3M, papelaria e van para comercialização de carnes e outros produtos de açougue e congelados. Íntegra da notícia Fonte: 3M

NEC faz piloto de virtualização com a Vivo e ambiciona mercado de IoT Aumentar a competitividade brasileira a partir do investimento em Tecnologia como infraestrutura básica para toda e qualquer vertical de negócios deveria ser a prioridade do Estado, observa o presidente da NEC Brasil, Daniel Mirabile. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, ele disse que há ações que podem ampliar a eficiência e a produtividade nacional. "Temos a telemedicina, a teleeducação. A tecnologia é o caminho para chegar a mais pessoas", diz. Em tempos de orçamentos restritos, acrescenta ainda Mirabile, flexibilidade vira

prioridade para fornecedores e operadoras. No caso da NEC, os negócios ficam centrados na virtualização, onde há um piloto em andamento com a Vivo. "A virtualização se alia à computação em nuvem, à Internet das Coisas e, por consequência, exige Segurança da Informação", observa o presidente da NEC Brasil. A integração com a Arcon, recentemente adquirida pela NEC, acontece em ritmo veloz. "Nossas áreas se completam. Governo e empresas estão vivendo a explosão de dados e sabem que é preciso preservá-los não apenas com dispositivos,

mas, principalmente, com inteligência. É ser reativo aos ataques", afirma. Para 2017, a expectativa é de retomada dos negócios em TI e Telecom. "Chegamos ao fundo do poço. Agora é reagir". Assistam a entrevista. Fonte: Convergência Digital

CEO da Valid é destaque em ranking internacional Carlos Affonso D´Albuquerque, CEO global da Valid, foi eleito o terceiro melhor CEO da América Latina no setor de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações pela publicação internacional especializada em mercado de capitais Institutional Investor. A lista é resultado da opinião de 144 investidores e analistas de mercado de

EXPEDIENTE

capitais que votam analisando os dados financeiros das empresas, o acesso à alta administração, capacidade de resposta de RI, autoridade e conhecimento de RI. Apenas 22 empresas fazem parte do ranking. Fonte: Valid

Presidente: Célio Ribeiro • Edição/ Revisão: Ascom ABRID • Periodicidade: bimestral • Projeto Gráfico e Diagramação: Brunoteles.com • Contato: ascom@abrid.org.br - (61) 3234-6282

Info57  

Setembro é o mês da ABRID! Fundada em 2007, a ABRID acaba de completar nove anos de existência. Ao longo desses anos, muitas foram as parcer...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you