Page 1

TRADER ONLINE Como Fazer Neg贸cios com a China


Apresentação do Palestrante

Maurício Paiva de Minas Mais de 11 anos de experiência p atuando na área de Sourcing e Comércio Exterior em empresas globais como IBM, Phelps Dodge International, Usiminas e Jabil Circuit.


SUMÁRIO 1. Dados básicos e indicadores econômicos sobre o mercado Chi ê Chinês 2. Aspectos relevantes para negociações 3. Práticas usuais de negócios: formas de pagamento \ amostras \ prazos de entrega \ garantias 4. Como localizar produtos (via B2B) 5. Seleção ç de fornecedores e medidas de segurança g ç ((via B2B)) 6. Como localizar produtos (via Câmaras de Comércio) 7. Seleção de fornecedores e medidas de segurança (via Câmaras de Comércio) 8. Medidas para segurança e eficiência 9. Considerações importantes sobre logística 10 Dicas para as viagens de negócios à China 10.


Fase 1 Fase 1 9 Dados básicos e principais indicadores econômicoscomerciais.


A importação e consequente lançamento de novos produtos, de melhor qualidade e com p q preços ç competitivos p faz com q que o empresário p brasileiro se conscientize da importância da abertura da economia para o desenvolvimento do país, obrigando as indústrias a reformular seu parque industrial, completamente obsoleto, com o intuito de poder competir no novo mercado globalizado. Este é o grande legado da Importação ao nosso país. E hoje vamos abordar com maior profundidade o tema “China” onde a tendência mundial do comércio global nos leva.


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


CHINA: DADOS BÁSICOS E PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS


Fase 2 Fase 2 9 Aspectos relevantes para negociações


ASPECTOS RELEVANTES PARA NEGOCIAÇÕES

9 Aspectos Culturais – Guanxi 9 Planejamento 9 Aspectos comerciais


ASPECTOS RELEVANTES PARA NEGOCIAÇÕES 9 Aspectos Culturais – ™ Relacionamento importante e de longo prazo gera maiores negócios (e maiores descontos!) ™ os Chineses preferem realizar negócios com pessoas que eles conhecem e confiam. Artigo A ti na Forbes F b http://www.forbes.com/sites/languatica/2012/03/15/want-tohtt // f b / it /l ti /2012/03/15/ tt capitalize-on-china-you-better-have-good-guanxi/


ASPECTOS RELEVANTES PARA NEGOCIAÇÕES 9 Planejamento ™ Correta classificação do produto de acordo com a Tarifa Externa Comum (associando nomenclatura e alíquotas). A Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) foi baseada no “Sistema Harmonizado de Designação e Codificação de Mercadorias”, normalmente denominado Sistema Harmonizado (SH) ou “Harmonized Commodity Description and Coding System”, normalmente denominado Harmonized System (HS). ™ Volume da Importação \ Compra por atacado Fluxo de Caixa – investimento x prazo de retorno ™ Acordos econômicos para redução de impostos Mercosul \ Aladi


ASPECTOS RELEVANTES PARA NEGOCIAÇÕES 9 Aspectos comerciais ™ Ao realizar uma cotação, o produto deve ser corretamente discriminado (detalhamento do escopo), inclusive com a classificação NCM - sistema harmonizado. É importante levar em consideração a quantidade mínima por produto e por pedido (MOQ), o prazo de entrega (especialmente para produtos sazonais), as condições de pagamento e a modalidade de venda determinada (INCOTERMS). ™ Solicitar amostras ou catálogos técnicos para análise interna ou envio para laboratórios de análise qualitativa (exemplo: Falcão Bauer). ™ http://www.falcaobauer.com.br/html/index.asp


Fase 3 Fase 3 9 Práticas usuais de negócios: ™ ™ ™ ™

formas de pagamento amostras prazos de entrega garantias


FORMAS DE PAGAMENTO Pagamento Antecipado Nesta modalidade o importador envia, envia parcial ou totalmente, totalmente o valor da operação antes do embarque da mercadoria através de um simples contrato de câmbio. Argumentos do exportador: compra de matéria prima (e garantia de menor preço), contratação de mão de obra, garantia de não cancelamento do contrato por parte do importador. Argumentos do importador: menor impacto no fluxo de caixa, menor custo final do p produto (g (gerando vendas e novas aquisições q ç para este p fornecedor), demora na remessa do produto pago ou mesmo o não recebimento do pedido. Esta é a forma de pagamento mais comum realizada pelos importadores.


FORMAS DE PAGAMENTO Cobrança Bancária A cobrança documentária poderá ser realizada à vista ou a prazo. prazo Nesta condição, que é a mais barata para ambas as partes, o exportador produz a mercadoria, providencia seu embarque ao exterior e somente após a sua chegada ao país de destino é que o importador providencia a remessa das respectivas divisas ao exportador (à vista) ou dá aceite na cambial com pagamento no vencimento (a prazo). É importante ressaltar que o importador só tomará posse da mercadoria após a obtenção dos documentos junto ao banco. É um p processo mais burocrático q que o p pagamento g antecipado, p , p porém mais seguro.


FORMAS DE PAGAMENTO Carta de Crédito Na carta de crédito, crédito um banco agindo a pedido e em conformidade com instruções do seu cliente, compromete-se por escrito a pagar, aceitar ou negociar letras de câmbio, até um determinado valor, dentro de um prazo e contra a apresentação de determinados documentos. documentos Para se assegurar do pagamento, os bancos exigem uma garantia (contrato, título avalizado, duplicatas em caução ou depósito em espécie) da empresa importadora. O custo operacional de abertura desta carta de crédito, para o importador, é relativamente alto. Esta é a forma de p pagamento g mais segura g e g garantida p para ambas as partes.


AMOSTRAS Importação de Amostras Amostra sem valor comercial são produtos que não podem ser comercializados e que se apresentam em quantidade estritamente necessária para dar a conhecer sua natureza, espécie e qualidade. Numa importação de calçados, calçados por exemplo, exemplo são os pés isolados, isolados que vêm gravados no solado como amostra. A importação nesta condição tem isenção de tributos, pela Lei no 8.032/90 e artigo 135 do Regulamento Aduaneiro; porém, se a mercadoria tem valor comercial, será tributada normalmente, não se enquadrando no conceito de amostra. Não se deve esquecer de que a importação de amostra pode estar ou não sujeita j a LI. O importador deverá consultar a tabela de tratamento administrativo do Siscomex, a fim de verificar se existem exigências para importação do seu produto.


AMOSTRAS O conceito de amostra é muito claro, embora exista limite quantitativo para o tratamento tributário de amostras sem valor comercial; elas representam quantidade fragmentos ou partes de qualquer mercadoria, quantidade, mercadoria estritamente necessários para dar a conhecer sua natureza, espécie e qualidade. Caso contrário, será direcionado o processo para a modalidade consumo, e será exigido da empresa o recolhimento de todos os tributos. tributos Também é muito importante observar se o que você está negociando está de acordo com a Instrução Normativa SRF n nº 611, de 18 de janeiro de 2006, e suas alterações, Artigos 29 a 32. Decreto 6.759/09, Art. 132 a 136, e Lei nº 8.383/1991, Art. 70, e suas alterações. É importante saber que a importação pode ser com ou sem cobertura cambial. Essa questão será definida entre importador e exportador. Em geral, são feitas sem cobertura cambial, por se tratar de valores irrisórios.


AMOSTRAS Em caso de importação sem cobertura cambial: “Samples with no commercial value; value for Customs purposes only”. Em caso de importação onde há cobertura cambial, é importante vincular este contrato de câmbio à sua respectiva declaração. http://www.aduaneiras.com.br/perguntas_respostas/menu_area.asp http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/procaduexpimp/DespAduSimplifi c.htm (Despacho Simplificado sem Registro no Siscomex) Resumo: p para p pequenos q volumes e reduzido valor de frete,, os serviços ç Courier apresentam ótima solução. Para volumes maiores e de maior valor FOB e que necessitem LI, talvez seja necessário ser feito através de uma DI. Consulte seu despachante aduaneiro.


PRAZOS DE ENTREGA Na China China, poucos fornecedores possuem produtos para pronta entrega entrega. Até porque na maior parte dos produtos são realizadas pequenas customizações ou levam a marca do próprio importador (OEM*). Como regra geral, o “production lead time” (prazo de entrega da produção) é de cerca de 30 dias, podendo ser antecipado ou postergado, de acordo com a característica de cada produto e sua linha de produção. produção

Original Equipment Manufacturer = produtos OEM não têm a marca do fabricante impressa em si ou nas suas embalagens, ficando ao critério do revendedor colocar a sua própria marca ou vendê-los sem marca.


GARANTIAS Garantia é um assunto onde o guanxi será novamente abordado. abordado Poucos itens utilizam-se da garantia para retorno à fábrica e conserto. Via de regra, regra os itens avariados durante o transporte ou cujos defeitos podem ser associados a uma falha em sua fabricação são cobrados do exportador sem a necessidade da remessa do item avariado. Alguns exportadores solicitam complexos formulários com fotos e detalhamentos sobre lote e número de fábrica para que haja o ressarcimento. Mas com o desenvolvimento do guanxi junto ao seu fornecedor, parte desta burocracia pode ser eliminada. Na maior p parte dos casos,, um desconto na p próxima fatura ((com o valor dos itens avariados) pode ser a solução. Mas certifique-se de que o volume de avarias seja baixo, pois o fornecedor vai te oferecer um desconto no custo FOB, e este é muito mais baixo que o custo do produto após a nacionalização.


F Fase 4 4 9 Como localizar produtos (via B2B)


COMO LOCALIZAR PRODUTOS Para a melhor localização de produtos é necessário conhecimento globalizado de mercados, tendo em mente que muitos mercados já são tradicionalmente conhecidos como fornecedores de alguns produtos: Ferro e Aço (Inox): Brasil e India \ Componentes eletrônicos: Japão, Taiwan e USA \ Equipamentos e maquinários: Alemanha \ Café: Brasil e Colômbia Outra característica importante é abordar produtos cujos países possuem acordos econômicos com o Brasil para a redução de impostos, como o Mercosul e Aladi. A logística g também é um fator importante p ep países situados p próximos ao Brasil podem ofertar tarifas de fretes internacionais mais reduzidas, impactando no custo final da mercadoria.


COMO LOCALIZAR PRODUTOS Com base nestas informações, informações é possível selecionar os fornecedores agendando missões empresariais e participando de exposições internacionais, visitas a feiras e em rodadas de negócios. É possível realizar consultas e solicitações a entidades de classe (Federações da Indústria e/ou Comércio) ou instituições oficiais, tais como embaixadas consulados, embaixadas, consulados câmaras de comércio no Brasil e no exterior. exterior Sites de Business to Business também apresentam excelentes soluções para busca de produtos. Desta forma, é importante mapear os produtos de acordo com a demanda interna da sua organização. g ç


COMO LOCALIZAR PRODUTOS 9 Business to Business - B2B é o termo usado para nomear negócios de empresa para empresa. É associado a operações de compra e venda de equipamentos, equipamentos de produtos e de serviços através da Internet ou através da utilização de redes privadas partilhadas entre duas empresas. 9 Kevin M. McKelvie e Mark Simmonds definem como “um conjunto de tecnologias que proporcionam ao longo de toda a cadeia de suprimentos a integração e colaboração, partilha de informações, uma visibilidade ampla de atividades relacionadas com o planejamento, aquisição direta e a execução final.”


COMO LOCALIZAR PRODUTOS


COMO LOCALIZAR PRODUTOS


COMO LOCALIZAR PRODUTOS


Fase 5 Fase 5 9 Seleção de fornecedores e medidas de segurança (via B2B)


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


Fase 6 9 Como localizar p produtos ((via Câmaras de Comércio))


COMO LOCALIZAR PRODUTOS


COMO LOCALIZAR PRODUTOS As Câmaras de Comércio disponibilizam serviços de PESQUISA DE IDONEIDADE para as empresas brasileiras que se interessam em negociar com a China. Neste serviço são demonstradas informações relevantes para que se inicie um relacionamento comercial. A PESQUISA DE IDONEIDADE possui duas modalidades: 1) Uma pesquisa mais simples, e normalmente gratuita aos associados, onde d são ã disponibilizadas di ibili d informações i f õ básicas, bá i porém é cruciais, i i para aferir f i garantias da empresa chinesa, por exemplo, se a empresa possui registro, a partir de quando foi registrada, quais certificados a empresa possui e qual seu porte atual. atual 2) Um levantamento completo através de uma empresa chinesa terceirizada oferecendo um completo BUSINESS CREDIT REPORT, REPORT que relata os registros, patentes, descrições financeiras e de mercado de ações, inclusive principais acionistas, histórico organizacional, avaliação industrial e considerações finais. finais Este é um serviço pago. pago


MODELO 1) PESQUISA SIMPLES DE FORNECEDORES


CCIBC MODELO 2) COMPLETO BUSINESS CREDIT REPORT


Fase 7 9 Seleção de fornecedores e medidas de segurança (via Câmaras de Comércio) 9 Medidas para segurança e eficiência


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


SELEÇÃO DE FORNECEDORES E MEDIDAS DE SEGURANÇA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA Para assegurar a qualidade da produção, existem ferramentas seguras e modernas para controlar remotamente cada passo da sua produção terceirizada em solo chinês. Hoje em dia, existem diversas empresas especializadas que realizam o serviço de inspeção pré-embarque. Estas empresas são capacitadas para realizar inspeções durante a produção, no momento do carregamento dos containers ou mesmo monitorando todo o processo produtivo. Todo este monitoramento é feito e reportado em forma de extensos relatórios, com detalhamento de cada fase contratada.


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA Serviços de inspeção mais comuns: ¾ Inspeção p ç durante o p processo p produtivo - During g Production Inspection p (DPI) ¾ Inspeção pré-embarque - Pre-Shipment Inspection (PSI) ( ) ¾ Supervisão durante o carregamento de containers - Container Loading Supervision (CLS) ¾ Monitoramento do processo de produção - Production Monitoring (PM)


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA ¾ Inspeção durante o processo produtivo – DPI “During Production Inspection” A inspeção DPI é realizada quando aproximadamente 30% do pedido já está completo. Este procedimento pode detectar problemas num estágio primário da produção, permitindo tempo hábil para o retrabalho e correção. Também se torna útil para verificar se a produção está seguindo o cronograma definido e de acordo com a data estimada para embarque.


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA ¾ Inspeção pré-embarque – PSI “Pre-Shipment Inspection” A inspeção p ç PSI talvez seja j a mais efetiva forma de inspeção p ç para se p confirmar o nível de qualidade do embarque. Normalmente é realizada com pelo menos 80% da produção finalizada e embalada para exportação. As amostras são selecionadas aleatoriamente de acordo com os padrões definidos e o resultado da inspeção é informado nos relatórios com detalhamento realizado por fotos digitais.


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA ¾ Supervisão durante o carregamento de containers – CLS “Container Loading Supervision” Durante a inspeção CLS, os inspetores monitoram o processo de estufagem de containers, verificando a quantidade armazenada, as condições do container e assegurando g o correto manuseio de sua carga. g Uma checagem simples é realizada antes da estufagem para se assegurar o tipo de produto armazenado e os detalhes da embalagem de acordo com os padrões do importador. Uma das vantagens extras desta inspeção é evitar a multa por excesso de carga durante d t o aferimento f i t do d peso bruto b t total t t l pelo l porto t de d destino d ti no Brasil.


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA ¾ Monitoramento do processo de produção - Production Monitoring (PM) Durante o monitoramento do p processo p produtivo,, inspetores p ficam nas fábricas por semanas ou meses, analisando todo o processo produtivo. Normalmente feito em projetos com detalhamentos e controles sensíveis, pois é permitido monitorar desde o início da produção, supervisionando o controle de qualidade interno, realizando inspeções aleatoreas e reportando resultados diariamente.


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


MEDIDAS DE GARANTIA E EFICIÊNCIA


Fase 8 9 Considerações C id õ IImportantes t t sobre b L Logística í ti 9 Dicas para as Viagens de Negócios à China


CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES SOBRE LOGÍSTICA Antes de se estimar custos, é importante que o importador analise: - Se o p produto ((classificação ç fiscal)) faz p parte de algum g acordo internacional,, com alguma isenção ou redução de tributos para determinada origem; - Se o produto é proibido ou suspenso de se importar; se existe algum g outro impedimento ou tratamento especial para a importação desta origem; - Se o produto é sujeito a sobretaxas ou medidas de direito “antidumping”. Prática condenada pela Organização Mundial do Comércio (OMC), o dumping se caracteriza pela exportação de produtos a preços abaixo dos praticados ti d no país í d de origem. i O direito di it antidumping tid i é uma "medida " did clássica de defesa comercial". Para a aplicação de um direito antidumping, é realizada uma investigação prévia para a verificação da prática desleal de comércio é i sobre b d determinada t i d origem. i


CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES SOBRE LOGÍSTICA - Em caso de custos semelhantes entre fábricas situadas em países distintos, considere a possibilidade de se ter um frete internacional mais baixo,, evitando p países distantes. - Procure períodos fora do peak season, onde a flutuação dos custos de frete é sempre maior.


DICAS PARA VIAGENS DE NEGÓCIOS À CHINA - é obrigatório PASSAPORTE válido com visto. Recentemente a China acenou com a possibilidade de liberar visto de trânsito para estadias de até 3 dias. - Verifique as vacinas e certificados internacionais de vacinas necessárias antes de sua viagem. - Leve todo e qualquer medicamento que considerar necessário. É sempre muito difícil encontrar e conseguir comprar medicamentos no exterior. - A moeda local na China é Renmimbi e sua unidade é Yuan com câmbio aproximado de 7.5 a 8.5 Yuan por 1 US$. Em Hong Kong, o Hong Kong Dollar vale 8 HKD a cada 1 US$. É possível converter USD por moeda local nos grandes hotéis. - Desenvolva D l seu G Guanxii jjunto t a sua nova rede d d de contatos. t t L Leia i sobre b o assunto e procure se beneficiar desta importante ferramenta. - Sites Bloqueados http://www.greatfirewallofchina.org


DICAS PARA VIAGENS DE NEGÓCIOS À CHINA - quando sair do hotel sem um guia ou seu contato local, deve sempre levar a informação do destino escrito no idioma local (por exemplo “shopping pp g center” com nome em chinês,, em caracteres chineses)) p para ser mostrado ao motorista de táxi (que certamente não fala e nem lê caracteres ocidentais) tanto na ida como na volta. A volta será seu maior problema, sempre. - os hotéis disponibilizam cartões em ambos idiomas, ande sempre com alguns sempre à mão. Basta entregar ao taxista que ele vai entender para onde você quer ir. Corridas de táxi na China são muito baratas, mas dificilmente vai conseguir encontrar taxistas bilingues. - verifique sempre a previsão de tempo no destino. Apesar de a China ter temperatura amena durante todo o ano, pode se deparar com locais extremamente t t frios f i (principalmente ( i i l t ao norte t do d país). í ) - Use a mímica! Em muitas situações falar não resolve, mas se você fizer alguns desenhos com as mãos e apontar para algumas coisas, vale mais i que milil palavras l f l d faladas. C l l d Calculadoras t bé são também ã úteis. út i


Obrigado pela participação! • A aula é gravada e fica disponível no portal de ensino da ABRACOMEX. https://www.facebook.com/abracomexadm • Contatos: ‰ Palestrante: Maurício Minas – Skype: mauminas yp ‰ www.abracomex.org | atendimento@abracomex.org ‰ Telefones: 4062‐0660 Ramal:0405 / (11) 2171‐1528 / (27) 3345‐7349

Importação China  

Importação China

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you