Page 1

Ano 21 - edição 115 - Março - 2019 Distribuição Gratuita

Caçador 85 anos Aqui vivemos Aqui trabalhamos E nós da equipe Feeling temos Orgulho de fazer parte desta história Parabéns caçadorenses.



EDIÇÃO 115 Março 2019

Editorial Caros leitores:

Diretor Alcir Bazzanella (Jornalista-SC 1668 JP) Nesta edição em que a nosso município completa 85 anos de conquistas e glorias, não poderíamos deixar de lembrar os versos escritos pelo saudoso Oswaldo Olsen. Caçador é um Rio pequenino que deu nome à minha Cidade e você que aqui se encontra com certeza está bem a vontade. É Caçador Capital da indústria, das parreiras e dos pinheirais. Aqui eu vivo aqui eu trabalho e me orgulho até demais A juventude que na escola, no esporte e outras mil Desta terra tão querida, que é o recanto dos amigos do Brasil. Parabéns a este povo aguerrido Ano 21 - edição 115 - Março - 2019 Distribuição Gratuita

Criação/Diagramação EJR – Serviços de Comunicação Departamento Comercial Edumar Vergett Junior Tel.: (49) 99815 2233 edumarvjunior@hotmail.com revistafeelingedumar@hotmail.com Alcir Bazzanella Tel.: (49) 98809 7373 alcir@abonline.com.br Administrativo: Karine Silva Dias Capa: Rose Wartha/ Edumar Junior Revista Feeling é uma publicação da editora AB Revista e Jornal Impressos Ltda Rua Alcides Tombini – 256 – Bairro Paraíso Caçador – SC - CEP 89503-006 Fone: (49) 3567 1584 comercial@abonline.com

Caçador 85 anos Aqui vivemos Aqui trabalhamos E nós da equipe Feeling temos Orgulho de fazer parte desta história

Parabéns caçadorenses.

Todas as matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores. A opinião das pessoas não reflete necessariamente a opinião da revista. Todas as publicidades são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.


...

Alceu Zardo... Com toda a correria que vivemos no dia a dia, as vezes esquecemos que todas as atitudes tomadas no presente são determinantes para a construção do nosso futuro. Esquecemos que apesar de vivermos realmente o presente, não podemos deixar de pensar completamente naquilo que ainda está por vir. Espero que esta nova etapa de sua vida traga a você ainda mais conhecimento sobre a vida. Que todo seu esforço seja convertido em ótimos resultados e que a vida lhe proporcione inesquecíveis momentos de alegria. Torço para que o Grande Arquiteto do Universo esteja constantemente ao seu lado, iluminando as suas decisões e levando à sua vida muita saúde, paz, amor e felicidade. Que os seus mais íntimos sonhos sejam enfim realizados, e que sua fé e esperança em Deus jamais acabem.

Neste registro... Diogo Bazzanela acompanhado de, Eurico Ângelo de Oliveira Miranda, mais conhecido como Eurico Miranda, foi um político, jurista e dirigente esportivo brasileiro. Foi o mais conhecido presidente da história do Vasco da Gama, exercendo o mandato por duas vezes, de 2003 a 2008, e de 2015 a 2017. Polemico, porém foi um grande dirigente esportivo.

Caçador 85 anos Tenho orgulho de ser caçadorense, de pertencer a esta cidade, parabenizo a todos os munícipes que trabalham para que seus filhos possam sonhar com um futuro melhor. Tenho muito respeito e carinho pelo povo desse município, homens e mulheres que com suas mãos sabem valorizar o fruto da terra. Parabéns caçadorenses.



Relembrando Alcir Bazzanella

...

Em jantar de... Confraternização na década de 80 Lojas Maçônica Luiz Balster e a Loja Maçônica 15 de Novembro, ambas sediadas em Caçador. Vale dizer que a entidade Maçonaria, forma reduzida e usual de franco-maçonaria, é uma sociedade secreta e filosófica, filantrópica, iniciática e progressista. Dentro da realidade atual, entretanto, a instituição não poderá ser considerada senão como sendo uma sociedade discreta. De caráter universal, cujos membros cultivam o aclassimo, humanidade, os princípios da liberdade, democracia, igualdade, fraternidade e aperfeiçoamento intelectual. Seu adjetivo é maçônico ou maçônica.

Reunidos em... Noite de festa no ano de 1967, os jovens Oligário Gordes, Alcir Bazzanella, Jair Lemos este radialista da Rádio Nacional, do rio de Janeiro e pedimos escusas pois não temos como nominar os outros por falta de dados.

No registro... Do Padre Thomas Pieters, em 1967 Loreni Padilha, e o radialista Alcir Bazzanela nas proximidades da Catedral São Francisco de Assis e na época o Colégio Nossa Senhora Aparecida.



...

Invocação e ação de graças. Salmo 28 (27) O título aí posto retrata o conteúdo ou o procedimento da oração deste salmo.( Nós já colocamos isto em salmos anteriores: 'o título dos salmos é uma tentativa, feita não pelo salmista, mas pelo seu intérprete, na busca da compreensão do conteúdo).Assim sendo, o salmo 28 ,num primeiro movimento, se volta para Deus e pede, com insistência, para ser ouvido. Assim ele exclama: 'escuta a voz da minha oração, quando eu grito (termo que indica a força do pedido) para ti; quando eu levanto minhas mãos, Yahvé, para o santo dos santos'. O 'santo dos santos' é a parte do templo reservada para a presença de Deus, arca da Aliança, e na qual só os sacerdotes tem permissão para entrar. A expressão acima : 'quando eu levanto minhas mãos para o santo dos santos' revela um comportamento de todo judeu, até hoje mantido, de , na hora de sua oração, voltar o orante sua face e suas mãos na direção do Templo, o ´; único lugar da presença de Deus com todo seu Poder e Glória .( a palavra 'glória' indica o resplendor, o fulgor da presença divina, assim como as vestes são a expressão do poder da pessoa). Entre este movimento do salmo, o de invocar a Deus com veemência e a ação de graças, existe um pequeno, mas

forte, olhar de indignação contra os ímpios.( outra palavra que na Bíblia significa, literalmente: aquele que não crê e não aceita Deus na sua vida, quer dizer, vive e age como se Ele não existisse, tornando, assim, um inimigo de Deus. E como o salmista se identifica com Deus, porque ele o ama, ele, o salmista, tornando-se de certa forma 'um com Deus', o inimigo de Deus passa a ser inimigo do salmista. Não dizemos nós: ' o amigo do meu amigo, é meu amigo. Por isso, a justificativa dos ataques do salmista contra o ímpio'. Mas este movimento de atritos contra o ímpio, muito encontradiço nos salmos, logo termina, e irrompe numa ação de graças sentida e forte: ' Bendito seja Yahvé , porque Ele escuta a voz da minha oração'. E acrescenta um versículo que poderia ser o refrão deste salmo na hora da sua reza: 'eu recebi ajuda e minha carne refloresceu; de todo o meu coração eu rendo graças. 'Yahvé, força para o seu povo, fortaleza de salvação para seu messias( o rei ). E conclui este belo salmo de Ação de Graças: ' Yahvé, salva teu povo, bendize tua herança, conduze-os, lava-os (carrega-os) para sempre'.


Caçador, nossa terra, nosso lugar. Anos de vida, lutas e transformações. Que a garra deste povo guerreiro continue edificando ainda mais nossas raízes, com bons frutos e prosperidade a todos. Parabéns a todos os caçadorenses pelos, 85 anos desta grande cidade. Conexão Eletricidade


Caçador 85 anos... Na história do município encontra-se registrado como primeiro morador Francisco Correia de Mello. Este veio de Campos Novos e estabeleceu-se com sua família às margens do rio Caçador em 1881. A Francisco Correia de Mello seguiu-se em 1887 Pedro Ribeiro e, quatro anos mais tarde, Tomás Gonçalves Padilha, que chegou até o rio 15 de novembro. O nome Caçador, de acordo com a tradição local, foi dado por Correia de Melo, em referência à abundância de caça na região.

Com a chegada dos trilhos e o tráfego dos primeiros trens, a região de Caçador foi integrada em definitivo ao resto do território brasileiro. Não tardou e, em um movimento de imigração interna, novos moradores, vindos de cidades vizinhas e, principalmente, das colônias italianas do Rio Grande do Sul, passaram a intensificar a colonização de Caçador. Estes novos moradores tinham em sua maioria ascendência europeia, com uma dominância de italianos, alemães e eslavos, mas havia também muitos sírio-libaneses.

A atual região oeste dos estados de Santa Catarina e do Paraná era reivindicada pela Argentina, supostamente com base no Tratado de Madrid, de 1750.

Um número significante de pessoas, integrantes das turmas de construção da estrada de ferro, não retornou a suas regiões de origem, vindo a estabelecer-se também nas incipientes aglomerações urbanas ao redor das estações ao longo da ferrovia em toda a região. Nesta época Caçador fazia parte do distrito de Rio das Antas, município de Campos Novos . Rio das Antas era um núcleo de colonização planejado pela Brazil Railway Company, para o qual vieram muitos colonos teuto-brasileiros oriundos do litoral de Santa Catarina.

O presidente estadunidense Grover Cleveland, escolhido para arbitrar a questão, deu laudo inteiramente favorável ao Brasil em 5 de fevereiro de 1895, após analisar valiosa documentação reunida por José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco. Delimitada a fronteira Brasil - Argentina no Tratado de 1898, o governo da então jovem República do Brasil , para firmar a posse de suas novas terras, leva a cabo os planos para uma ligação ferroviária entre os estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul e ao Uruguai pelo interior. Os estados brasileiros de Santa Catarina e do Paraná passaram a disputar a região, cujo coração ficava na atual Caçador. Em 1910, quando da chegada das turmas de construção do trecho Porto União - Marcelino Ramos da Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande à região, a divisa entre os estados de Santa Catarina e do Paraná passava pelo rio do Peixe. Rio Caçador era o nome da estação ferroviária original, localizada no km 133 deste trecho à margem esquerda do rio do Peixe, em território catarinense.

A Guerra do Contestado e outros acontecimentos A contestação da doação das terras ao longo da estrada-de-ferro, feita, às custas dos agricultores que as habitavam, pelo jovem governo republicano do Brasil aos madeireiros e à Soutlern Brazil Lumber & Colonization Company, junto à pífia presença do poder público na região e ao fanatismo religioso, resultou num conflito armado conhecido como Guerra do Contestado. Entre outubro de 1912 a agosto de 1916, a guerra civil destruiu quase tudo o que havia de mais ou menos organizado na região, com incêndios de lugarejos inteiros.


Em janeiro de 1914, durante a campanha do Contestado, o exército brasileiro construiu, junto à estação ferroviária homônima, o Campo de Aviação de Rio Caçador. Este serviria de apoio aos voos de reconhecimento sobre as posições dos revoltosos e na regulação do tiro da Artilharia. Os aviadores eram Ricardo Kirk, 1º Tenente e comandante da operação, e Ernesto Darioli, aviador civil. Com o acordo de limites entre Santa Catarina e o Paraná em 1917, teve início um período de paz e a população pode reiniciar suas atividades. Em 1918 foi instalada a primeira agência postal, onde já existia um posto de rendas estaduais. Somente em 9 de janeiro de 1923 é que Rio Caçador foi elevado a distrito, ainda subordinado ao município de Campos Novos. As terras à direita do rio do Peixe, pertencentes ao município de Porto União, foram elevadas em 1928 a distrito, com o nome de Santelmo. Neste mesmo ano, ao 1° de outubro, o casal Dante e Albina Mosconi, preocupados com a inexistência de centros de ensino à população na região, fundou o Ginásio Municipal Aurora e o Instituto Comercial Catarinense. Em 1929 foi aberta a estrada Caçador - Curitibanos, impulsionando ainda mais o desenvolvimento da região, com a chegada de mais imigrantes e a instalação de novas serrarias

primeiro prefeito, Leônidas Coelho de Sousa, em 25 de março de 1934. Ainda no mesmo ano, em 25 de maio, foram criados os distritos de Caçador (sede municipal), São Luis, Taquara Verde, Rio Preto e Rio das Antas. A comarca de Caçador foi criada pelo decreto estadual 698, de 5 de novembro de 1934 e instalada em 26 de janeiro de 1935, sendo o seu primeiro juiz de Direito, Osmundo Wanderley da Nóbrega.

O então prefeito Leonidas Coelho de Souza com o Governador do Estado Aristiliano Ramos e demais autoridades. Caçador é um município brasileiro pertencente ao estado de Santa Catarina. Sua sede está localizada na foz do rio Caçador no rio do Peixe, a 920 m de altitude. Com uma população estimada em 77 863 habitantes, Caçador é o município mais populoso da Região Metropolitana do Contestado, o 15º de Santa Catarina e o 418º do Brasil. Estendendo-se por uma área de 984,285Km², Caçador detém o título de capital industrial do meio-oeste catarinense.(Fonte:Wikipedia)

Em divisão administrativa referente ao ano de 1932, Rio Caçador passou a figurar como distrito do município de Curitibanos. Em consequência do crescimento da população e de sua pujança econômica, Rio Caçador foi elevado a município em 22 de fevereiro de 1934, com território desmembrado de Campos Novos, Cruzeiro, Curitibanos e Porto União. A instalação do município deu-se, com a posse do


Caçador 85 anos Nada mais justo que parabenizar o povo caçadorense, gente de bem, guerreira, honesta e batalhadora que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município Parabéns a todos os municípes


...

Caçador em festa

Nivaldo Narã

nivaldonara@colunista.com.br

O município de Caçador comemora seus 85 anos de emancipação, com muitas conquistas que fazem de Caçador, a “Capital Industrial do Meio Oeste”. Destaque para o setor madeireiro, através de suas próprias florestas, o município produz madeira serrada, celulose, papel, papelão, mobília, entre outros derivados, contando ainda com indústrias de produção metal-mecânica, plástica, couro/calçadista e confecções. Na agricultura, destaca-se a cultura do tomate, maior produtor do Sul do Brasil, além da uva, vinho, pêssego, pimentão e milho. Figurando como 15ª Economia e 8º maior exportador de Santa Catarina. De colonização predominantemente Italiana e de outras etnias como, Alemã, Suíça, Japonesa, Árabe, Polonesa, Sírio-Libanesa, Ucraniana e Portuguesa. Foto by: Nivaldo Narã


...

Meio Ambiente

Mercado dinâmico, competitivo e saturado: como se destacar?

Com exceção de algumas áreas muito específicas, a realidade do mercado de trabalho atual é bem diferente de alguns anos atrás. Se antes um diploma da graduação era capaz de garantir uma boa colocação no mercado, hoje, apenas o conhecimento acadêmico não é mais o suficiente. Por isso, a atualização profissional tornou-se fundamental para garantir um lugar nesse mercado de trabalho competitivo, dinâmico e, por vezes, até saturado.

Se você perder o emprego hoje, você consegue outro amanhã ou vai precisar capacitar-se ainda mais? Embora a necessidade de manter-se atualizado não seja nenhuma novidade, afinal, estamos vivendo uma era marcada pela transformação digital, muitos profissionais ainda vivem no passado, sem entender a real importância de investir em conhecimento próprio e atualização profissional. Segundo especialistas, o erro cometido na maioria

das vezes é de começar a realizar cursos e outras melhorias, apenas quando se está desempregado ou buscando se realocar no mercado de trabalho, numa tentativa de correr atrás do tempo perdido. Por isso, o Projeto PAES em parceria com a SR4 Soluções em Certificação Florestal, que está com uma grande agenda de cursos para 2019, decidiu abordar o assunto nesta edição. Para André Rosa, Idealizador da empresa, com quase 20 anos de experiência no setor florestal, a busca por atualização profissional constante que fazia parte do perfil de todos da equipe, é que os motivou a estar do outro lado do jogo neste momento.

"Nós já realizamos esse tipo de evento outras vezes, mas em menor escala. Dessa vez preparamos uma estrutura mais abrangente, que atinge não só os profissionais do setor florestal, mas estudantes das áreas biológicas e ambientais, donos de empresas interessados em melhorar as práticas ambientais do seu negócio, bem como os que já possuem selos verdes e querem atualizar-se, turismólogos, pesquisadores, ONG's, e até, os amantes do meio ambiente", comenta André.

A l c i r

Sport

Business


Diferente dos cursos de pós-graduação, os quais levam um tempo maior para serem concluídos, os cursos de capacitação profissional de curta duração, a participação em workshops, participação em congressos, seminários, feiras, encontros e palestras são os meios mais eficientes para se ter contato a prática e com as novidades da sua área de atuação.

outras palavras, um processo que deve ser tão orgânico na sua vida como escovar os dentes. Ao incrementar seus conhecimentos, você amplia a sua visão de mundo e é capaz de antecipar-se às demandas do mercado, além de ampliar também a sua capacidade técnica para lidar com questões mais práticas do dia a dia de sua área. Com isso, você pode se tornar um profissional de vanguarda, agregar seu conhecimento a outras áreas e não se limitar à competitividade dos intermináveis processos seletivos. Além do mais, empreendedores de sucesso não apenas aumentam a própria renda e melhoram sua qualidade de vida, como também criam oportunidades de emprego e mudam a vida de outras pessoas. Pense nisso!

Além do que, a atualização profissional preenche lacunas deixadas pela universidade e aprimora conhecimentos. O que possibilita que o profissional atue mais estrategicamente e enfrente melhor os desafios da profissão. Por isso, a atualização profissional deve ser encarada como uma forma de educação continuada. Em

Seja qual for seu objetivo, investir em atualização profissional é o que fará diferença em sua carreira. Não hesite em se aprimorar constantemente. Plante agora a semente do conhecimento para colher os frutos da prosperidade num futuro próximo. O mercado precisa de profissionais arrojados e inovadores.


...

Você sabia que agora em Caçador tem Uber? A novidade do momento que se espalhou em Caçador no dia 11/03 é que a empresa Uber passará a operar em Caçador SC.

Segue abaixo o passo a passo: (Informações retiradas do site da Uber) PASSO 1 · O usuário abre o app O usuário insere seu destino na caixa “Para onde?” na parte superior da tela, toca nas opções de viagem para ver o tempo de espera, tipo de carro e preço e, depois de confirmar o local de partida, toca em Solicitar. PASSO 2 · O App encontra um motorista para o usuário Um motorista que está nas proximidades recebe e aceita a solicitação de viagem do usuário. Quando falta um minuto para a chegada do motorista, o usuário recebe um aviso.

A Uber é uma empresa que ajuda você a se locomover através da tecnologia, usando apenas um aplicativo no seu smartphone. De acordo com a empresa, o objetivo é criar um local de trabalho inclusivo e que represente a diversidade das cidades que atendemos, onde cada pessoa possa ser ela mesma e a autenticidade seja celebrada. Ao criar um ambiente em que pessoas de todos os perfis possam crescer, estamos tornando a Uber uma empresa melhor, tanto para os nossos colaboradores quanto para os nossos clientes. Se você está precisando de uma renda extra, basta entrar no site www.uber.com.br, conferir os requisitos e se cadastrar. Se por acaso não tem conhecimento de como usufruir desta novidade, não se preocupe a Uber explica para você.

PASSO 3 · O motorista encontra o usuário O motorista e o usuário confirmam os nomes um do outro e o destino. Depois, o motorista inicia a viagem. PASSO 4 · O motorista leva o usuário até o destino O App oferece instruções detalhadas de trajeto ao motorista. Assim, ele só precisa se concentrar em dirigir para que o usuário aproveite uma viagem confortável. PASSO 5 · O motorista e o usuário se avaliam mutuamente Quando a viagem termina, o motorista e o usuário podem avaliar um ao outro em uma escala de 1 a 5 estrelas. Os usuários podem também deixar elogios ao motorista. Em algumas cidades, eles também podem adicionar um valor extra como agradecimento.

Caçador


Uma grande cidade é aquela que recebe bem quem chega, deixa saudade, de quem parte e, principalmente cuida muito bem de quem fica. Caçador acolhe e abraça todos os que nela vivem.

Sentimos orgulho de estar aqui.

Parabéns Caçador

85 anos de conquistas e glórias


Núcleo de Psicologia inicia atendimentos O Núcleo de Psicologia da UNIARP inicia os atendimentos para crianças, adolescentes, adultos e idosos da comunidade. Também são atendidos acadêmicos e colaboradores da Universidade. Dentro do Projeto Despertar, o Núcleo também oferta atendimentos para alunos de escolas públicas de Caçador. Os atendimentos são gratuitos desde que preencham alguns pré-requisitos, como por exemplo, comprovar renda familiar de no máximo dois salários mínimos por mês. Todos os casos passam por uma triagem antes do encaminhamento. Os pacientes podem procurar o Núcleo de Psicologia de segunda à quinta-feira das 13h30min às 22h. Na sexta-feira o atendimento é das 9h às 12h e das 13h às 17 horas. É necessário apresentar documentos pessoais, comprovante de residência e de renda. Nos casos de menores de idade, os responsáveis deverão apresentar RG ou certidão de nascimento. A coordenadora do Núcleo, professora Madaline Ficagna Roveda explica que os atendimentos são realizados por acadêmicos do curso de Psicologia nos estágios de Psicologia Clínica, sempre com supervisão de profissionais. Em 2018, o Núcleo realizou mais de 800 atendimentos. No estágio organizacional foram realizados 5.864 atendimentos. Em atividades escolares o Núcleo foi responsável por mais de 25 mil atendimentos, divididos em 220 horas por acadêmico/estagiário. SERVIÇO: Mais informações no telefone (49) 3561 6252.

Projeto Despertar atua no fracasso escolar O projeto Despertar busca resgatar a autoestima e confiança no processo ensino-aprendizagem, identificando as variáveis que interferem no baixo rendimento escolar, prejudicando sobremaneira o sistema como um todo. Verifica ainda os estímulos internos e externos que interagem para que realmente ocorra ou prejudique a aprendizagem, imprescindível para o desenvolvimento normal do ser humano. O fracasso escolar é uma patologia recente onde não somente a exigência da sociedade moderna que causa o fracasso, mas também um sujeito que expressa seu mal-estar na linguagem de uma época em que o poder do dinheiro e o sucesso social são valores predominantes. O projeto visa identificar as causas que interferem no desenvolvimento da aprendizagem de crianças e ou adolescentes (06 a 12 anos) prevenindo e intervindo nos problemas e ou dificuldades de aprendizagem, abordando em conjunto a educação socioambiental.


Parabéns a todos caçadorenses e outros que aqui aportaram e que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do município;

Buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio de fazer mais e melhor; não perdendo de vista os anseios da comunidade, mostrando assim que não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos;

Existem sim barreiras e desafios que serão transpostas sempre que for da vontade daqueles que governam e principalmente, se for fruto do anseio do nosso povo.

Parabéns Caçador pelos 85 Anos



Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.