abolsamia 127 (jul/set 21)

Scroll for more

Page 41

PRODUÇÃO ANIMAL

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA O CONTROLO DO STRESS TÉRMICO Existem várias estratégias para ajudar as vacas durante períodos quentes. Qual é a solução ideal para a minha exploração? Bem, isso vai depender das instalações, do maneio do efetivo e do orçamento do produtor. Talvez, por isso, existam tantas soluções disponíveis. Não falta por onde escolher. Ora vejamos…

VENTOINHAS VERTICAIS

E

sta é a solução mais popular. Movem o ar horizontalmente se estiverem montadas perpendicularmente ao chão. Todavia, devem ser montadas ligeiramente na diagonal, seguindo as orientações de cada marca. Quando estão numa posição perfeitamente vertical, fazem o ar circular horizontalmente, em túnel, sobre os animais, pelo que a sensação de frescura sentida pela vaca é marginal. Tecnicamente, uma ventoinha destas ventila uma distância igual a 10 vezes o seu diâmetro, pelo que é esse o indicador ideal do espaçamento entre ventoinhas. Ou seja, ao instalar ventoinhas com 1 metro de diâmetro numa manjedoura com 50 metros de comprimento, devemos encomendar 5. E ainda ficam a faltar as ventoinhas sobre as camas…

PONTOS FORTES Mais versáteis na instalação; compatíveis com sistemas de refrigeração de gota grossa, se atingirem os 3 m/ segundo de velocidade.

PONTOS A CONSIDERAR Mais barulhentas. Maior consumo, principalmente nas mais antigas; A instalação de variadores de frequência permite poupar energia, mas diminui a velocidade do ventilador; Instaladas frequentemente em número insuficiente; Movem ar quente/ nãorefrigerado; A sua limpeza e manutenção são aspetos a ter em conta e que são frequentemente negligenciados.

www.abolsamia.pt

VENTOINHAS HORIZONTAIS Nos últimos anos, tem havido uma “explosão” nas vendas deste tipo de ventoinhas. Estão colocadas suspensas no tecto, numa posição central no pavilhão. A italiana CMP patenteou o sistema que introduziu na linha Zefiro, o qual permite grandes economias e menores necessidades de manutenção. Ainda assim, mesmo as concorrentes obtêm eficiências muito superiores no volume de ar movimentado face às ventoinhas horizontais. A título de exemplo, a inovadora ventoinha horizontal Cyclone 360º, da francesa Bioret Agri, move 80 000 m3 de ar/ hora, ventilando uma área de 18 metros de diâmetro.

PONTOS FORTES Mais silenciosas; movem grandes quantidades de ar com menores gastos energéticos;

PONTOS A CONSIDERAR Menor velocidade do ar, pelo que não são adequadas para sistemas de gota grossa; instaladas frequentemente em número insuficiente nas vacarias; movem ar quente/ não-refrigerado;

julho/setembro 2021

abolsamia

41